*  Fatores de Infertilidade Conjugal: Um guia completo | Gravidez e Saude da Mulher
Fator tuboperitoneal:. O principal causador de infertilidade conjugal. é representado pelas obstruções tubárias e deformidades na cavidade pélvica. São as chamadas aderências, cicatrizes de tecido conjuntivo formadas por qualquer processo infeccioso ou inflamatório que ocorra na cavidade pélvica feminina. Causas de aderências:. 1. Endometriose - doença causada pela localização extrauterina de tecido endometrial. Este tecido reage aos hormônios do ciclo menstrual com proliferação seguida de descamação com sangramento. Causa dor de forte intensidade e está bastante associada à infertilidade conjugal. 2. Doença inflamatória pélvica - infecção genital causada por microrganismos capazes de atingir o útero e trompas. Causam corrimento fétido, dor pélvica, febre, dor a relação sexual. Da mesma forma que a endometriose, é capaz de formar aderências pélvicas e obstruir as tubas uterinas.. 3. Cirurgias pélvicas - atuam como fatores de agressão aos tecidos da cavidade e ...
  https://gravidezesaudedamulher.com/2014/11/21/fatores-de-infertilidade-conjugal-um-guia-completo/
*  Bombeiroswaldo: Cavidade pélvica
Hidrantes de Parede e Coluna O sistema de proteção por hidrantes é uma rede hidráulica, que facilita o combate ao incêndio. Destina-se à ...
  http://bombeiroswaldo.blogspot.com/2013/10/cavidade-pelvica.html
*  Low colorectal anastomosis after pelvic exenteration for gynecologic malignancies: risk factors analysis for leakage
Toda la información sobre las últimas publicaciones científicas de la Clínica Universidad de Navarra. Low colorectal anastomosis after pelvic exenteration for gynecologic malignancies: risk factors analysis for leakage
  http://www.cun.es/pt/investigacao/publicacoes-cientificas/low-colorectal-anastomosis-after-pelvic-exenteration-for-gynecologic-malignancies-risk-factors-analysis-for-leakage
*  Anatomia da Pelve :: Femina Care
Anatomia. PELVE. A pelve ocupa uma posição intermediária entre os membros inferiores e o tronco. É constituída por dois ossos ilíacos,articulados posteriormente com o sacro e anteriormente entre si através da sínfise púbica.As paredes da cavidade pélvica afilam-se para baixo como um funil.O conjunto de ossos e músculos que ocupam a base desse anel tem formato de uma bacia.A cavidade inferior da bacia liga-se ao assoalho pélvico,sendo que este fixa às paredes pélvicas.. É importante lembrar que a estrutura óssea é inalterada e que os desenhos dos ossos pélvicos forma duas cavidades:a superior corresponde à falsa pelve,que contém os órgãos abdominais ;e a inferior ,é a pelve verdadeira,abrigando a bexiga,parte dos ureteres e do sistema genital,além da porção final do tubo digestivo,a qual é limitada posteriormente pelo sacro e cóccix,lateralmente pelos ossos ilíacos e anteriormente pelo ...
  https://feminacare.webnode.com/news/anatomia-da-pelve/
*  Aparelho reprodutor feminino - Wikipedia
Sistema ou aparelho reprodutor feminino é o sistema de órgãos da mulher envolvidos na reprodução. É constituído por dois ovários, duas tubas uterinas (trompas de Falópio), um útero, uma vagina, uma vulva. Ele está localizado no interior da cavidade pélvica. A pelve (ou pélvis) constitui um marco ósseo forte que realiza uma função protetora. Ver artigo principal: Vagina A vagina é um canal de 6 a 10 cm de comprimento, de paredes elásticas, que liga o colo do útero aos genitais externos. Contém de cada lado de sua abertura, porém internamente, duas glândulas denominadas glândulas de Bartholin, que secretam um muco lubrificante. A entrada da vagina é protegida por uma membrana circular - o hímen - que fecha parcialmente o orifício vulvo-vaginal e é quase sempre perfurado no centro, podendo ter formas diversas. Geralmente, essa membrana se rompe nas primeiras relações sexuais. A vagina é o local onde o pênis deposita os espermatozóides na relação sexual. Além de ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Aparelho_reprodutor_feminino
*  Sacro - Wikipédia, a enciclopédia livre
O sacro é um osso grande e triangular localizado na base da coluna vertebral e na porção superior e posterior da cavidade pélvica, onde está inserido como uma fatia entre os dois ossos do quadril. Sua parte superior se conecta com a última vértebra lombar, e sua parte inferior com o osso da cauda ou cóccix.. Ele é curvado em si mesmo e disposto obliquamente.. ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Sacro
*  Cavidade abdominal - Wikipedia
A cavidade abdominal está situada acima da abertura superior da pelve e é limitada superiormente pelo diafragma. É contínua inferiormente no estreito pélvico com a cavidade pélvica. A cavidade abdominal é ocupada pelo peritônio e vísceras abdominais. Em corte transversal, a cavidade abdominal tem a forma de um rim porque a coluna vertebral e os grandes vasos se projetam em seu interior. Na superfície desta cavidade encontramos os músculos da parede abdominal, que protegem essa mesma zona. Na parte anterior e nas laterais, sem limites precisos, a parede abdominal é composta por uma série de sucessivas camadas de diferente espessura, formadas por pele, lâminas de tecido conjuntivo, gordura e músculos. A pele tem uma certa espessura e é muito pouco aderente às camadas subjacentes, exceto na zona que rodeia o umbigo. A camada de gordura, ou tecido celular subcutâneo, tem uma espessura variável: fina nalgumas pessoas e muito densa noutras, já que depende do estado nutricional do ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Cavidade_abdominal
*  DESLOCAMENTOS PÉLVICOS E FISIOTERAPIA APLICADA :: Profa. Sandra Barbosa
DESLOCAMENTOS PÉLVICOS. A sustentação dos órgãos - uretra, bexiga, vagina e reto - dentro da cavidade pélvica é feita principalmente pela musculatura elevadora do ânus e pela musculatura coccígea e suas fáscias.. Nas mulheres, a presença dos orifícios da uretra, da vagina e do reto, provoca uma falha nessa musculatura que propicia a ocorrência de prolapsos dos órgãos pélvicos.. O prolapso é mais frequente no canal vaginal, região com menos fibras musculares e cujo tecido é mais sujeito a rupturas. Órgão mais acometido é a bexiga, pela fraqueza dos elementos que a fixam à pelve. O prolapso pode incidir em três compartimentos: no compartimento anterior (descem a uretra e a bexiga), no médio (desce o útero) e no posterior (desce o reto).. Prolapso genital = a mais importante causa é o aumento da pressão intrabdominal durante a gravidez e no trabalho de parto, porque a passagem do bebê provoca alterações no assoalho pélvico (rupturas nos ...
  http://sandrabarbosa.webnode.com.br/news/deslocamentos-pelvicos-e-fisioterapia-aplicada/
*  Blog do Edson Joel: Medicina cubana errou no diagnóstico de Chavez
O médico venezuelano José Rafael Marquina, que mora em Miami, já tinha afirmado que não se tratava de câncer de cólon e sim rabdomiossarcoma do músculo psoas, localizado na cavidade pélvica. Segundo ele o tumor não foi tratado corretamente com quimioterapia quando a rabdomiossarcoma responde melhor a radioterapia. A mudança de tratamento pode ter provocado mutação no turmor tornando-se mais resistente. Com radioterapia o tumor poderia ter sido até mesmo extirpado mas, ao contrário, houve uma recidiva muito rápida ...
  https://blogdoedsonjoel.blogspot.com/2013/03/medicina-cubana-errou-no-diagnostico-de.html
*  Hora de Adorar: Silas Malafaia - Sexualidade X Cristão
Deus criou as trompas de falópio, tubos finos que se estendem da cavidade peritonial ao útero. Através delas os óvulos liberados dos ovários chegam ao útero. Deus criou o útero, que é um órgão muscular em forma de pêra, situado no centro da cavidade pélvica, atrás da bexiga. Durante a gravidez, o útero aumenta consideravelmente, atingindo um comprimento que ultrapassa 30 centímetros. Por fim Deus criou a vulva, que é o conjunto dos órgãos genitais externos ...
  http://horadeadorar.blogspot.com/2009/10/silas-malafaia-sexualidade-x-cristao.html
*  Cavidade peritoneal - Wikipedia
A cavidade peritoneal se localiza dentro da cavidade abdominal, seu limite inferior é a cavidade pélvica. É um espaço virtual com espessura de capilar, fica entre as lâminas parietal e visceral do peritônio. Não sustenta nenhum órgão, porém contém o líquido peritoneal, composto de água, eletrólitos, e outras substâncias do LEC (líquido extracelular) que lubrifica a superficíe visceral e também por conter leucócitos e anti-corpos são resistentes a infecção. Moore, Keith L. Anatomia orientada para a clínica - Rio de Janeiro : Guanabara Koogan, 2007 ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Cavidade_peritoneal
*  DORES NA BARRIGA E SUAS CAUSAS | MediFoco
Quando o assunto é saúde o único fato é que se deve dar a máxima atenção possível. Toda dor é sinal de um desequilíbrio no organismo, ou seja, se ela aparece, significa que algo está errado em alguma parte do corpo. É muito comum se falar de dores abdominal ou, coloquialmente, dores na região da barriga. Elas são tão frequentes porque a região abdominal concentra uma grande quantidade de órgãos, sendo que qualquer desarranjo em qualquer um deles pode representar uma dor nessa região. Além do mais, os órgãos localizados na cavidade pélvica, quando com algum problema, também podem ocasionar dores na barriga.. ...
  http://medifoco.com.br/dores-na-barriga-e-suas-causas/
*  Ligamento largo do útero - Wikipedia
O peritônio (serosa que recobre toda a cavidade abdominal), desce e reveste o útero na cavidade pélvica, tomando o nome de Ligamento Largo. Embora o ovário fique dentro desse peritônio (intra-peritonial), não é revestido por ele, pois precisa liberar os óvulos. 1986; Gardner,Edward; Adaptado do livro Anatomia; Editora Guanabara ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Ligamento_largo_do_%C3%BAtero
*  LUCIANA MAGALHÃES PERSONAL TRAINER: * Fortalecendo a musculatura íntima
Na cavidade pélvica estão órgãos como útero, ovários e bexiga. Ela se estende da sínfise púbica (osso logo acima do clitóris) até o cóccix (pequeno osso logo acima do ânus, final da coluna vertebral). A cavidade pélvica é aberta na parte superior, onde se comunica com a cavidade abdominal, e inferiormente, onde forma uma abertura de cerca de 10 centímetros na mulher adulta, o que permite o parto. Esta abertura inferior é fechada por uma espécie de "cama elástica" chamada assoalho pélvico, que é perfurada por três canais: uretra, vagina e reto. O assoalho é formado por fáscias, ligamentos (que funcionam como elásticos biológicos) e músculos. Em seu conjunto, os 13 músculos que formam o assoalho pélvico são conhecidos como musculatura do assoalho pélvico (MAP ...
  http://lucianamagalhaespersonaltrainer.blogspot.com/2008/12/fortalecendo-musculatura-ntima.html
*  DESLOCAMENTOS PÉLVICOS :: Profa. Sandra Barbosa
DESLOCAMENTOS PÉLVICOS A sustentação dos órgãos - uretra, bexiga, vagina e reto - dentro da cavidade pélvica é feita principalmente pela musculatura elevadora do ânus e pela musculatura coccígea e suas fáscias. Nas mulheres, a presença dos orifícios da uretra, da vagina e do reto, provoca uma falha ...
  http://sandrabarbosa.webnode.com.br/deslocamentos-pelvicos/
*  Músculo pubococcígeo - Wikipedia
Músculo pubococcígeo, também é conhecido como PC, é um músculo encontrado em ambos os sexos, que se estende desde o osso púbico até o cóccix e que forma o assoalho da cavidade pélvica, apoiando os órgãos pélvicos. Ver artigo principal: Exercícios Kegel Os exercícios de Kegel são um conjunto de exercícios destinados a fortalecer e dar controle voluntário sobre o músculo pubococcígeo. Elas são muitas vezes referida apenas como "Kegel", em homenagem a seu inventor Dr. Arnold Kegel. Pode ajudar homens a controlar a ejaculação precoce e auxiliar no tratamento da incontinência urinária em ambos os sexos. Toque Sedutor. Valéria Walfrido, 2001. Editora Ediouro. ISBN 8500008873 Kama Sutra - Guia de Bolso. Anne Hooper, 2006. Editora Ediouro. ISBN 850063197X Idade Maior - Exercite-se para o prazer!: Site acessado em 6 de Agosto de 2009. Portal da ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/M%C3%BAsculo_pubococc%C3%ADgeo
*  Fisioterapêutico: Anatomo-Neurofisiologia da micção
A musculatura lisa da bexiga, a região uretro-trigonal, e a uretra proximal são inervadas por fibras do plexo-pélvico que está localizado profundamente na cavidade pélvica e é composto por fibras mescladas dos nervos pélvicos (parassimpático) e dos nervos hipogástricos (simpático). As fibras parassimpáticas originam-se na substância cinzenta da medula sacral (S2-S4), possuem vários gânglios próximos a bexiga e fibras pós-ganglionares curtas. Já os nervos hipogástricos (inervação simpática eferente) tem origem na região lateral da substancia cinzenta da medula entre T10 e L2. O nervo pudendo, que inerva o esfíncter uretral externo, tem sua origem no núcleo de Onuf, no corno ventral do segmento sacral da medula S2-S4. Todo controle somático (motor) dependente da vontade é exercido pelo nervo pudendo ...
  http://fisioterapeutico.blogspot.com.br/2010/11/anatomo-neurofisiologia-da-miccao.html
*  Casos de Ginecologia Patológica
Descrição microscópica: na biópsia do omento notam-se células epiteliais atípicas em arranjoglandular (Figura 1). Na peça cirúrgica havia pólipo da mucosa endometrial do tipo atrófico, revestido focalmente por epitélio com células volumosas e atípicas, constituindo o carcinoma endometrial intraepitelial ou carcinoma seroso mínimo (Figuras 2 e 3), lesão precursora do carcinoma seroso do endométrio, que frequentemente está associado a lesão extra-uterina. Na Figura 3 nota-se invasão superficial do estroma adjacente. Observa-se na região das fímbrias da tuba direita (Figuras 4 e 5) e no ovário direito (Figura 6) a mesma neoplasia serosa de alto grau ...
  http://anatpat.unicamp.br/casostgf/casos/caso087.html
*  Pelve Feminina e o Parto, a (2013 - Edição 1) - Compare, menor preço e onde comprar.
Descubra o menor preço de Pelve Feminina e o Parto, a (2013 - Edição 1), compare com um clique centenas de lojas e descubra as melhores ofertas e preços.
  http://www.macofertas.com.br/pelve-feminina-e-o-parto-a-2013-edicao-1-127601
*  Pélvis feminina, 3 partes H20/1 www.mcientifica.com.br
Pélvis feminina, 3 partes Modelo de três partes representando um conjunto original de uma pélvis óssea feminina, mostrando todos os detalhes das estruturas anatômicas: dois ossos da coxa, a sínfise púbica, sacro e cóccix, a quinta vértebra lombar com disco intervertebral. O corte através da seção sagital mediana pela quinta vértebra lombar, sacro e cóccix permite desmontar ambas as partes da pélvis, expondo parte da cauda eqüina no canal vertebral. A metade esquerda da quinta parte do corpo vertebral lombar é removível.|br||br| medidas e peso:|br| 19 x 27 x 19 cm 0.9 kg
  http://www.mcientifica.com.br/shop/pelvis-feminina-3-partes-h20-1.html
*  Pélvis Feminina, 2 partes H10 www.mogiglass.com.br
Pélvis Feminina, 2 partes Este modelo com corte mediano mostra todas as estruturas importantes da pélvis feminina. Uma metade dos órgãos genitais como bexiga e reto é removível para estudos mais detalhados. Disponível sobre base para montagem na parede.|br||br| medidas e peso:|br| 41 x 31 x 20 cm 2.2 kg
  http://www.mogiglass.com.br/shop/pelvis-feminina-2-partes-h10.html
*  Pélvis Masculina, 2 partes H11 www.mogiglass.com.br
Pélvis Masculina, 2 partes Este modelo com corte mediano mostra todas as estruturas importantes da pélvis masculina. Uma metade dos órgãos genitais como bexiga e reto é removível para estudos mais detalhados. Disponível sobre base para montagem na parede.|br||br| medidas e peso:|br| 41 x 31 x 17 cm 2.5 kg
  http://www.mogiglass.com.br/shop/pelvis-masculina-2-partes-h11.html
*  pequena quantidade de liquido livre em pelve - lookformedical.com
Envia-me um email nesse endereço se um comentário foi feito após o meu:Envia-me um email se um comentário for feito depois do meu ...
  https://lookformedical.com/answers/pt/30/pequena-quantidade-de-liquido-livre-em-pelve
*  6 MÁSCARAS FACIAIS PARA SALVAR A SUA PELE
Artigo Científico desenvolvido na Pós-Graduação em Estética Capilar, Facial e Corporal - Habilitação Clínica e Docência pela Especialista Maria José Alves.
  http://snegurochka1.ru/contra/mscaras-contra-pigmentao-de-pele.html
*  Jesiel Estêvão | Medicina Natural & Espaço Vital
São muitas as mulheres ainda que não sabem muito sobre a endometriose, simplesmente que sofrem de dor crônica nos períodos menstruais, mas nada sabem sobre a possibilidade de essa doença poder levar ao comprometimento dos órgãos internos como a bexiga e o intestino, levando muitas delas à infertilidade.. Endometriose é a presença do endométrio, que é a parte interna do útero, onde fica o óvulo fecundado, e que é eliminado todos os meses no período menstrual, fora do útero. Portanto, esse tecido, igual ao que fica dentro do útero, é estimulado pelas hormonas todos os meses, crescendo e sangrando, podendo atingir - enquanto inflamado ou infeccionado - vários órgãos, principalmente da região pélvica.. Esse fato é anormal para o organismo e, uma das respostas para o problema sem consenso, é a baixa imunidade da mulher, seja por factores externos, como poluição ou hábitos insalubres. A ligação genética, também é recorrente, mas não é uma explicação certa, já que ...
  http://jesielestevao.com