*  Sychronous colorrectal câncer: a case report and literature review
HNPCC), também denominada síndrome de Lynch; síndrome do carcinoma colorretal hereditário; polipose juvenil familiar; síndrome ... O adenocarcinoma mucinoso, em qualquer grau de diferenciação, é considerado fator localmente agressivo e de pior prognóstico (6 ... Mucosa intestinal adjacente sem alterações histológicas significativas. Invasão neoplásica em parede de íleo terminal. Tratava- ... O enema baritado não foi realizado, porém, mesmo que detectasse pólipo suspeito ou mesmo a polipose dos cólons, a biópsia só ...
  http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0101-98802007000100010&script=sci_arttext
*  Cancro do cólon
50 anos e aqueles com suspeita de cancro do cólon não polipose hereditária (HNPCC), polipose adenomatosa familiar (FAP) ou FAP ... Podem-se apresentar com quadro clínico de oclusão intestinal, perfuração intestinal, distensão abdominal, febre, náuseas ou ... Apesar disso, cerca de 50% dos doentes com adenocarcinoma colorrectal morrem devido a doença metastizada. ... história familiar de cancro colorrectal ou cancros relacionados com o cancro do cólon não polipose hereditária (HNPCC), ...
  http://www.alert-online.com/pt/medical-guide/cancro-do-colon
*  FAPESP
Investigação de mutação nos genes hMLH1 e hMSH2 em famílias que apresentam câncer colorretal hereditário sem polipose (HNPCC). ... Identificação do polimorfismo c936t do gene VEGF em portadores de adenocarcinoma colorretal.. Claudio Saddy Rodrigues Coy. ... Resistência à insulina e doença hepática gordurosa não alcoólica : influência da esplenectomia , da flora intestinal e do ... Estudo de mutação no gene APC em família com polipose adenomatosa familiar. Carmen Silvia Bertuzzo. UNICAMP - FACULDADE DE ...
  http://www.fapesp.br/emu/equipament.php?id=92
*  PROVA DE CIRURGIA GERAL - PDF
DOENÇA INFLAMATÓRIA INTESTINAL. Profª. Thais de A. Almeida Aula 21/05/13 DOENÇA INFLAMATÓRIA INTESTINAL Profª. Thais de A. ... Polipose Adenomatosa Familiar (FAP) Tumor desmóide e FAP Dra.Júnea Caris de Oliveira São Paulo 08 de maio de 2015 GETH REUNIÃO ... A) O carcinoma epidermóide é a mais comum neoplasia de esôfago, embora o adenocarcinoma venha aumentando em incidência nos ... Os critérios de Amsterdam são dados clínicos para o diagnóstico de câncer colorretal hereditário não polipóide (HNPCC). Deve-se ...
  http://docplayer.com.br/2804526-Prova-de-cirurgia-geral.html
*  Câncer colorretal - Bernard Levin | MedicinaNET
Polipose adenomatosa familiar (PAF). A polipose adenomatosa familiar (PAF) é um distúrbio autossômico dominante, caracterizado ... 105. Steele G Jr, Busse P, Huberman MS, et al: A pilot study of sphincter sparing man- agement of adenocarcinoma of the rectum ... Gordura da dieta. Muitos estudos experimentais mostraram que a tumorigênese intestinal é intensificada quando o conteúdo de ... 25. Vasen HF, Watson P, Mecklin JP, et al: New clinical criteria for hereditary nonpoly-posis colorectal cancer (HNPCC, Lynch ...
  http://medicinanet.com.br/conteudos/acp-medicine/5293/cancer_colorretal_%E2%80%93_bernard_levin.htm
*  GEDR: Cap polipose
Cap polipose é caracterizada por múltiplos pólipos inflamatórios distintivos que são predominantemente localizados na porção retossigmóide do intestino grosso (a partir do reto para o cólon distal). Até o momento, cerca de 20 pacientes (masculino e feminino) têm sido relatados na Europa e Japão, com a idade de apresentação variando de 12 a 82 anos. Os principais sintomas são mucóide aguda e diarréia sanguinolenta com dor abdominal e tenesmo. A constipação é muito freqüente. A patogênese da polipose cap permanece obscuro. Inflamação da mucosa, a isquemia da mucosa, motilidade colônica anormal, estresse mecânico e infecção ( por exemplo, Helicobacter pylori ) têm sido sugeridos para desempenhar um papel causal. Ocorrência familiar não tem sido relatada. O diagnóstico é baseado em características clínicas e finings endoscópica.Características típicas endoscópica incluem vários pólipos sésseis vermelho no reto e cólon sigmóide, situado nos ápices de ...
  http://estudandoraras.blogspot.com/2011/11/cap-polipose.html
*  Polipose adenomatosa familiar - Wikipédia, a enciclopédia livre
A formação de pólipos no intestino grosso, no geral, mil ou mais. Tais pólipos aparecem durante adolescência ou no começo da vida adulta e podem sangrar. Se não tratado os pólipos de transformam em um câncer colorretal geralmente entre os 30 e 50 anos (em média aos 39 anos). Na polipose atenuada o câncer demora mais para aparecer geralmente entre os 40 e 70 anos (média 55 anos). [2] O risco de câncer (carcinoma) do intestino delgado também é mais alto (4 a 12%).. ...
  https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Polipose_adenomatosa_familiar
*  Pólipo intestinal - Wikipedia
Pólipo intestinal ou pólipo colônico é um pequeno aglomerado de células das paredes do intestino, geralmente inofensivos, porém alguns pólipos podem conter um câncer colorretal. Como medida de segurança os médicos removem e analisam todos pólipos supeitos. Pólipos intestinais são bastante comuns em fumantes, obesos, maiores de 50 anos ou portadores de doenças inflamatórias intestinais. Existem vários tipos de pólipos do cólon, incluindo: Adenomas: A maioria dos pólipos são adenomatosos e a maioria dos adenomas nunca se tornam malignos, mas quase todos os pólipos que se tornam malignos são adenomatosos. Adenomas tubulares possuem um 5% de serem malignos enquanto os adenomas vilosos possuem 40% de serem malignos. Hiperplásicos ou serrilhados: O risco de câncer varia com o tamanho e localização. Pequenos pólipos serrilhados no cólon inferior, raramente são malignos. Pólipos serrilhados maiores que 1cm, tipicamente planos e difíceis de detectar, localizados no cólon ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/P%C3%B3lipo_intestinal
*  Polipectomia endoscópica - Wikipedia
A polipectomia endoscópica é o procedimento terapêutico mais comumente realizado na endoscopia digestiva alta (exame que tem como objetivo a observação do tubo digestivo alto, isto é, do esôfago, estômago e duodeno), em contexto ambulatório, consistindo na remoção de lesões - os pólipos - que se podem encontrar no interior do estômago, duodeno e raramente no esôfago. O risco de complicações importantes associadas à polipectomia, é baixo, entre 0,5 a 2%. Caso estas ocorram, a resolução poderá ser obtida por procedimento terapêutico efetuado durante o mesmo exame endoscópico, com eventual necessidade de posterior internamento. Em determinados casos, o tratamento da complicação poderá requerer intervenção cirúrgica e consequente internamento ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Polipectomia_endosc%C3%B3pica
*  DÚVIDAS PRÓTESE CAPILAR : Janeiro 2014
Pólipo é um tumor benigno, que pode parecer uma verruga, que se forma na mucosa do intestino (cólon e reto). Em geral, o pólipo começa bem pequeno e cresce lentamente no decorrer dos anos. Pouco mais da metade dos pólipos do intestino, quando avaliados em laboratórios, são do tipo "adenoma"- considerados "pré-malignos". Esse tipo de pólipo tem grande chance de se desenvolver em um câncer de intestino. Os outros tipos de pólipos não são preocupantes. Para saber se o pólipo é ou não um adenoma, é necessário fazer biópsia por meio de colonoscopia ou cirurgia para retirar o pólipo e análise laboratorial do pólipo. Ao contrário dos pólipos intestinais, os miomas no útero da mulher são tumores benignos que não se tornam malignos. Muitas mulheres podem ter miomas e nem saber que os tem. Os miomas podem aparecer em vários locais do útero, em diversos tamanhos, provocar ou não sintomas. O tratamento pode ser cirúrgico, mas em muitos casos pode-se apenas observar ...
  http://blogduv.blogspot.com.br/2014/01/
*  Fale com o Dr. Risadinha: O que é hemorragia gastrointestinal?
A hemorragia gastrointestinal consiste em um sangramento em qualquer porção ao longo do sistema digestivo. O sistema digestivo é um conjunto de órgãos que participam da digestão dos alimentos, incluindo boca, garganta (faringe), esôfago, estômago, intestino delgado, intestino grosso, reto e ânus. As principais formas de se perceber uma hemorragia gastrointestinal são: a presença de sangue em vômitos ou nas fezes, ou a eliminação de sangue pelo ânus. Algumas vezes, a presença de sangue nas fezes produz uma coloração muito escura, quase preta. As principais causas de hemorragia gastrointestinal são: úlceras (feridas no esôfago, estômago ou intestino), varizes esofágicas (veias dilatadas na região do esôfago), pólipos intestinais (lesões semelhantes a verrugas, que se projetam para dentro do intestino), doença diverticular (formação de pequenos saquinhos que se projetam para fora intestino), hemorroidas, doença ...
  http://www.drrisadinha.org.br/2017/08/o-que-e-hemorragia-gastrointestinal.html
*  Analysis of the prevalence of coloproctological conditions elderly patients of the colorectal unit in a university hospital
Comparando-se os dois grupos, verificou-se que as doenças mais frequentes nos idosos, em relação ao grupo controle, com diferença estatística relevante, foram: doença diverticular (p,0,0001); pólipos intestinais (p,0,0001); câncer colorretal (p,0,0001). Constipação, diarreia, retocele, colites inespecíficas, prolapso retal e megacólon, foram diagnósticos mais prevalentes nos pacientes acima de 60 anos. No entanto, a análise estatística não mostrou significância (p,0,05). As doenças orificiais foram mais diagnosticadas nos indivíduos do grupo controle. A doença hemorroidária, embora tenha sido o diagnóstico mais comum nos dois grupos, foi mais prevalente nos pacientes mais jovens (p=0,03). Também foram mais prevalentes, nesse grupo, com significância estatística, a fissura anal (p=0,0013) e a fístula perianal (p=0,015). Plicomas anais, síndrome do intestino irritável, condilomatose perianal e doença inflamatória intestinal foram mais frequentes nos pacientes mais ...
  http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-98802009000200001&lng=en&nrm=iso
*  Dicas de Alimentação | Portal Coloproctologia
Como já foi dito, cereais (farelos ou integrais) e outras fibras alimentares contidas em frutas, vegetais, legumes e castanhas podem reduzir a incidência de pólipos intestinais.. A carne vermelha, que contém grande teor de gorduras, deve ser consumida com cuidado.. As gorduras das carnes podem aumentar o nível de colesterol ruim. Outro problema relacionado com o consumo de carne é uma maior exposição ao câncer colorretal. Indivíduos que consomem carne com gordura e muito bem passada têm chance maior de ter câncer de intestino. Acredita-se que essa gordura modificada possa causar algum tipo de lesão no intestino e assim desenvolver câncer. Lembre-se de consumir mais frango e peixe.. Cada pessoa apresenta uma reação ao consumir diferentes tipos de alimentos. Por este motivo pode ser necessário que uma alimentação específica seja orientada por um profissional.. Não deixe de conversar com seu médico, especialmente se você nota algum desconforto quando consome certos alimentos ...
  http://portaldacoloproctologia.com.br/alimentacao/dicas-de-alimentacao/
*  Síndrome de Peutz-Jeghers - Wikipedia
A síndrome de Peutz-Jeghers' (SPJ), também denominada síndrome da polipose hereditária intestinal(SPHI) é uma doença genética caracterizada pelo desenvolvimento de pólipos hamartomosos no aparelho digestivo e manchas escuras nos lábios e na mucosa da boca. É uma doença genética rara, autossômica dominante, provavelmente por uma mutação do gene STK11 (LKB1) no Cromossoma 19 (humano), um gene que suprime o aparecimento de câncer. Por isso, o risco de desenvolver cânceres internos é muitas vezes maior nesses pacientes. Na infância aparecem os primeiros sintomas, que aumentam com a idade e incluem: Dor abdominal, Escurecimento da mucosa da boca, Sangramento intestinal, Pólipos (hamartomas) em tubo digestivo. O aumento nos índices de estrógeno ou testosterona podem estar associados a: Irregularidades menstruais, Puberdade precoce, Ginecomastia, Crescimento acelerado, Tumor testicular. A síndrome de Peutz-Jeghers tem uma ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/S%C3%ADndrome_de_Peutz%E2%80%93Jeghers
*  Polipose adenomatosa familiar - Wikipedia
Polipose adenomatosa familiar é uma neoplasia hereditária caracterizada pela formação de centenas de pólipos no intestino grosso. Os pólipos surgem das glândulas (ou seja, adenomatosos) e começam benignos, mas após vários anos alguns deles sofrem transformação maligna em adenocarcinoma (câncer de cólon). Afeta 1 em cada 10.000 habitantes. São conhecidas três variantes: Polipose adenomatosa familiar clássico: é a forma mais grave e o mais comum, com risco de 93% de desenvolver um câncer de cólon antes dos 50 anos de idade. É autossômico dominante causada por deleção dos genes APC no cromossomo 5. Polipose adenomatosa familiar atenuado ou Adenoma plano hereditário: também é autossômica dominante, mas causada por defeitos dos genes APC no cromossomo 5, que funcionam parcialmente. apenas algumas dezenas de pólipos, ao invés de centenas, mas o risco de desenvolver câncer de cólon antes dos 75 anos ainda é alto (70%). Polipose ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Polipose_adenomatosa_familiar
*  Neoplasias do Colo; Câncer de Colo; Câncer de Cólon; Câncer Colônico; Neoplasia do Cólon; Neoplasias do Cólon; Tumores de Colo;...
Neoplasias do Colo; Câncer de Colo; Câncer de Cólon; Câncer Colônico; Neoplasia do Cólon; Neoplasias do Cólon; Tumores de Colo; Tumores de Cólon. Assistente em linha para diagnóstico médico. Lista detalhada de doenças possíveis dados diversos sintomas ou uma história clínica completa. Se fornece uma medida da similaridade entre os sintomas e cada doença.
  https://lookfordiagnosis.com/mesh_info.php?term=Neoplasias+do+Colo&lang=3
*  Pólipos Colorretais
Os pólipos diagnosticados devem ser ressecados. Todos os pacientes que tiverem ressecados um ou mais pólipos adenomatosos colorretais devem ser acompanhados pela colonoscopia devido à possibilidade de novos adenomas. Não há consenso, no entanto, quanto ao intervalo dos exames. Após avaliação dos protocolos de acompanhamento da Sociedade Americana de Endoscopia Gastrointestinal, Sociedade Brasileira de Coloproctologia, Associação Brasileira de Prevenção do Câncer de Intestino, Sociedade Brasileira de Endoscopia, elaboramos e sugerimos o seguinte esquema, desde que a colonoscopia seja completa até o ceco, com colon limpo e sob inspeção cuidadosa: ...
  http://progastro.blogspot.com/2009/08/titulo-de-informacao-e-prestacao-de.html
*  GEDR: Polipose adenomatosa familiar (PAF)
Filhos de indivíduo afetado têm risco de 50% de herdar o gene. Após a identificação do paciente chamado ''índice'', a realização de teste genético facilita a identificação mais acurada dos familiares eventualmente acometidos, permitindo focar o rastreamento e o tratamento profilático somente naqueles com risco(21). Desta forma, assume fundamental importância a detecção precoce de pacientes com esta afecção, seu adequado tratamento pela colectomia profilática e o rastreamento de familiares para identificar eventuais portadores do defeito genético. ...
  http://estudandoraras.blogspot.com/2014/01/polipose-adenomatosa-familiar-paf.html
*  Itaigara Memorial
Colonoscopia é o exame endoscópico do cólon (intestino grosso) e muitas vezes também do íleo terminal (porção final do intestino delgado). Além da inspecção da superfície intestinal, a colonoscopia permite também a realização de biópsias que podem ser úteis no estabelecimento do diagnóstico. Procedimentos terapêuticos também podem ser realizados durante a colonoscopia e entre eles, o mais frequente é a polipectomia que é a remoção de pólipos.. Serviços Oferecidos: Colonoscopia para pacientes com idade entre 2 anos e 80 anos.. Procedimentos Realizados:. Colonoscopia (Inclui a Retossigmoidoscopia). Colonoscopia com Biopsia e/ou Citologia. Colonoscopia com Mucosectomia. Colonoscopia com Magnificação e Tatuagem. Polipectomia de Colon (Independente do Numero de Polipos). Endoscopia Digestiva Alta. Endoscopia Digestiva Alta com Biopsia e/ou Citologia. Polipectomia do Esofago Estomago e Duodeno. Retossigmoidoscopia Flexivel. Retossigmoidoscopia Flexivel com Biopsia e/ou ...
  http://itaigaramemorial.com.br/Especialidade.aspx?codigo=402
*  adenoma tubular
O fibroadenoma juvenil é uma lesão de crescimento rápido, que pode atingir a grande tamanho (até 15 centímetros) e ocorre em pacientes após a menarca. Caracteristicamente, as lesões são benignas e têm um com padrão de hipercelularidade do estroma. Depois de ressecadas não tendem a recorrer. A presença de atipias num fibradenoma juvenil, acompanhada por padrão hipercelular, pode levar a uma interpretação equivocada de existência de carcinoma in situ na lesão.. O hamartoma de mama, ou fibroadenolipoma, é uma lesão semelhante ao fibradenoma, mas que contém adipócitos em seu interior. Nela, diferentemente dos fibradenomas, as unidades lobulares da mama (ductos e lóbulos mamários ) estão bem representadas, especialmente na periferia da lesão. A tendência do hamartoma é ocorrer uma década mais tarde do que o fibradenoma. A presença de margens bem marcadas e lisas e a existência de gordura misturada aos elementos fibrosos e celulares que faz com que o diagnóstico ...
  https://mastologia.wordpress.com/tag/adenoma-tubular/
*  Câncer de cólon - AC-Gen Reading Life - Estudos genéticos
Síndromes de câncer de cólon são a síndrome de Lynch mais comum e polipose adenomatosa familiar. O seqüenciamento em massa oferece a possibilidade de analisar simultaneamente 15 genes associados a diferentes síndromes de câncer de cólon hereditário. Alguns desses genes também estão associados com maior risco de desenvolver outros tipos de câncer, como mama, ovário ou câncer de pâncreas ...
  http://br.ac-gen.com/cacircncer-de-coacutelon.html
*  Buceta raspadinha ganhando pau grosso ficando toda gozada | Novinha Gostosa: Videos Porno Gratis de Novinhas Caiu Na Net
Buceta raspadinha ganhando pau grosso ficando toda gozada traindo o marido com o melhor amigo deixando ele enfiar tudo dentro da xota pegando fogo com vontade
  http://www.novinhagostosa10.com/buceta-raspadinha-ganhando-pau-grosso-ficando-toda-gozada/
*  Revenda APC Rack PDU - MicroSafe
Revenda APC Rack PDU. A MicroSafe uma Revenda APC PREMIER Partner! Somos um parceiro certificado para lhe fornecer as melhores solu es APC. A APC/Microsol a mais conceituada e confi vel empresa de fornecimento de solu es de prote o de energia com os No-Breaks APC Smart-UPS e Back-UPS e solu es de Racks profissionais NetShelter
  https://www.microsafe.com.br/revenda_apc_rack_pdu.fab.html
*  Estabilizador Apc Cubic 300W Mono 115V Entrada 115V Saída Cubic300 - matron
Estabilizador APC Cubic 300W Mono 115V Entrada | 115V Saída | CUBIC300-BR, b Proteção com Estilo /b br O Estabilizador Microsol Cubic da APC by Schn
  http://www.matron.com.br/estabilizador_apc_cubic_300w_mono_115v_entrada__115v_saida__/p
*  Nobreak 600VA APC BZ600-BR Entrada e Saída 120V
|p|Equipamento de Alimentação Ininterrupta de Energia modelo APC Back-UPS 600VA/300W Entrada/Saida 115V - 04 tomadas; partida a frio; battery saver; carregador inteligente; estabilizador e filtro de linha inclusos; 3 LEDs indicadores de sta
  http://www.scarcom.com.br/nobreak-600va-apc-bz600-br-entrada-e-saida-120v