*  Iodo no sal :: LAEM FMV
A relação entre consumo de iodo e incidência de tireoidite ainda é controversa e seguramente não se trata de relação linear. Existem evidencias epidemiológicas e de pesquisa básica e clínica sugerindo que o consumo elevado de iodo pode ser uma das causas do aumento do número de casos de tireoidite de Hashimoto, mas outras causas também podem estar envolvidas, incluindo uma longa lista de disruptores tireoidianos químicos como os bisfenois, a exposição a radiação ionizante, o stress, vírus, etc.. O perigo da Deficiência de Iodo. Por outro lado, o consumo de iodo nos níveis preconizados como adequados, e que são fornecidos pela adição de 20 a 60mg de iodo a cada quilo de sal, previne a maior causa evitável de deficiência mental existente no mundo, que é o cretinismo endêmico, além de prevenir o bócio e, possivelmente o câncer de tiroide de formas mais agressivas como o carcinoma folicular da tireoide. O Brasil sofreu durante ...
  http://laem-fmv.webnode.com.br/news/iodo-no-sal/
*  SAÚDE também depende de VOCÊ: Anvisa aprova redução do teor de iodo no sal
Denise Resende, gerente geral de alimentos da Anvisa, explica que a decisão foi tomada em conjunto com o Ministério da Saúde, com entidades do setor do sal e com organizações internacionais. A proposta está baseada em estudos que identificaram níveis elevados de iodo na urina do brasileiro. O consumo excessivo do nutriente pode causar disfunções na glândula tireoide, que produz hormônios reguladores do metabolismo. A agência também usa dados do Ministério da Saúde que indicam que a inclusão do iodo no sal em patamares mais elevados, nas últimas décadas, teve o impacto desejado de reduzir a quantidade de pessoas com bócio (uma consequência da baixa ingestão de iodo). Nos últimos 15 anos, será a terceira alteração feita nas proporções de iodo que deve ser acrescido ao sal. Há especialistas que discordam da redução dos teores atuais e acreditam que a mudança terá impacto grande no país. "É uma decisão errônea que coloca em risco a saúde das ...
  http://saudetambemdependedevoce.blogspot.com/2013/04/anvisa-aprova-reducao-do-teor-de-iodo.html
*  Deficiência de iodo - Wikipedia
O iodo é um micronutriente essencial para humanos e animais, o que significa que não é produzido pelo nosso organismo e deve ser obtido através de fontes externas (alimentos, suplementos). O iodo tem papel importante na produção dos hormônios da glândula tiróide, responsáveis pelo crescimento físico e neurológico e pela manutenção do balanço energético. A deficiência de iodo ocorre naturalmente pela baixa ingestão de alimentos fonte, normalmente em regiões onde o solo é deficiente deste micronutriente, e também está relacionado ao uso de sal não iodado porém pode ter como consequências distúrbios com impactos relevantes no desenvolvimento humano, econômico e social. Alguns distúrbios relacionados a pobre ingestão de iodo serão citados nesta seção: 'Cretinismo endêmico : Síndrome caracterizada por retardo mental grave e irreversível e alterações auditivas. Pode ser dividido em dois tipos: Neurológico: com deficiência mental, espasticidade, ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Defici%C3%AAncia_de_iodo
*  'Cretinismo' em Doenças: Iodo -...
"Cretinismo" em Doenças: Iodo. IODO: a sua insuficiência no organismo é causa de graves doenças. com deficiência de iodo podem sofrer problemas neurológicos irreversíveis, incluindo o cretinismo. Além disso, o iodo materno insuficiente durante a gravidez pode resultar em um QI permanentemente baixo/reduzido
  http://pt-br.natvim.com/busca/doen%C3%A7as/Iodo-1610?q=Cretinismo
*  Pad de Iodo da China, lista de produtos de Pad de Iodo da China em pt.Made-in-China.com-página 6
Pad de Iodo da China, Encontrar produtos de Pad de Iodo da China e lista de fabricantes e fornecedores de Pad de Iodo da China em pt.Made-in-China.com-página 6
  http://pt.made-in-china.com/tag_search_product/Iodine-Pad_inienin_6.html
*  Sal iodado - Wikipedia
Sal iodado é sal de cozinha (composto principalmente por NaCl) misturado com pequenas quantidades de vários sais do elemento iodo. A ingestão de iodo previne a deficiência de iodo. Ao redor do mundo, deficiência de iodo afeta cerca de dois bilhões de pessoas e é líder das causas previníveis de deficiências mentais e intelectuais. A deficiência também causa problemas nas glândulas tiroides, incluindo bócio endêmico. Em muitos países, deficiência de iodo é um grande problema de saúde pública que pode ser facilmente tratado pelo acréscimo de pequenas quantidades de iodo ao cloreto de sódio. Iodo é um micronutriente e mineral que é naturalmente presente nos alimentos de algumas regiões, especialmente perto de costas, mas é geralmente bastante raro na crosta terrestre, já que iodo é um elemento pesado (tendo a maior massa atômica dos elementos necessários para a vida de ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Sal_iodado
*  Repositório Científico da Atlântica: A Importância do Iodo e a Necessidade de Suplementação em Idade Pediátrica
Nesta revisão bibliográfica pretende-se compreender e clarificar a importância do iodo no desenvolvimento humano. Sendo um oligoelemento fundamental no funcionamento da tiróide, torna-se fulcral a sua ingestão nas quantidades desejadas, o que na grande maioria dos casos só se consegue através da suplementação. É conhecido que o défice deste elemento durante o desenvolvimento embrionário causa graves problemas, no entanto em Portugal a suplementação de iodo não faz parte das prescrições médicas durante a gravidez. A suplementação adquire maior importância em idade pediátrica, fase de grande desenvolvimento neurológico do ser humano. Um défice deste mineral pode traduzir-se em graves complicações de saúde, sobretudo ao nível cognitivo e neurológico. A Organização Mundial de Saúde sugere várias recomendações para as quantidades de iodo em diferentes situações fisiológicas e, apesar de não ser unânime, são vários os países que apresentam valores ...
  https://repositorio-cientifico.uatlantica.pt/handle/10884/1098?locale=pt_PT
*  Repositório Científico da Atlântica: A Importância do Iodo e a Necessidade de Suplementação em Idade Pediátrica
Nesta revisão bibliográfica pretende-se compreender e clarificar a importância do iodo no desenvolvimento humano. Sendo um oligoelemento fundamental no funcionamento da tiróide, torna-se fulcral a sua ingestão nas quantidades desejadas, o que na grande maioria dos casos só se consegue através da suplementação. É conhecido que o défice deste elemento durante o desenvolvimento embrionário causa graves problemas, no entanto em Portugal a suplementação de iodo não faz parte das prescrições médicas durante a gravidez. A suplementação adquire maior importância em idade pediátrica, fase de grande desenvolvimento neurológico do ser humano. Um défice deste mineral pode traduzir-se em graves complicações de saúde, sobretudo ao nível cognitivo e neurológico. A Organização Mundial de Saúde sugere várias recomendações para as quantidades de iodo em diferentes situações fisiológicas e, apesar de não ser unânime, são vários os países que apresentam valores ...
  https://repositorio-cientifico.uatlantica.pt/handle/10884/1098?mode=full
*  Como preparar uma solução de Iodo | eHow Brasil
Como preparar uma solução de Iodo. O estoque comum de iodo, mais conhecido como Iodo de Lugol, pode ser usado para preparar soluções para testes laboratoriais, projetos de ciências e outros. A solução é criada usando equipamentos de química clássica, como béquer, chapa de aquecimento, cilindro graduado, proveta e bagueta, junto com as quantidades ...
  http://www.ehow.com.br/preparar-solucao-iodo-como_11511/
*  DUE: Falta de iodo na dieta materna durante a gravidez afeta inteligência das crianças em idade escolar, diz estudo
O conteúdo deste Blog tem apenas caráter informativo e expressa a opinião pessoal das autoras, não tendo nenhum interesse comercial, patrocínio ou parcerias com os fabricantes. É proibido, pelo Conselho Regional de Medicina e Fisioterapia, o uso da Internet para consulta ou prescrição médica e/ou fisioterapêutica, não devendo o conteúdo desse Blog substituir a avaliação (consulta) feita pelo especialista. ...
  http://clinicadue2.blogspot.com/2013/07/falta-de-iodo-na-dieta-materna-durante.html
*  TIREÓIDE DA MAMÃE Dr.João Santos Caio Jr et Dra Henriqueta V.Caio
O hipotireoidismo sub-clínico durante a gravidez é prejudicial à saúde materna e fetal e para o desenvolvimento intelectual futuro da criança. A gravidez tem um impacto profundo sobre a glândula tireóide e a função tireoidiana durante a gravidez e o pós-parto. Em essência, a gravidez é um teste de estresse para a tireóide, resultando em hipotireoidismo em mulheres com reserva tireoidianos limitada ou deficiência de iodo. Durante a gravidez, a glândula tireóide pode aumentar em 10% seu volume em países onde as fontes de iodo são suficientes, e aumentam em volume maior em países pobres em iodo. A produção de hormônios da tireóide e a necessidade de iodo aumentam aproximadamente 50% durante a gravidez. Dados clínicos mostram os efeitos nocivos da doença da tireóide subclínica, tanto no hipotireoidismo sub-clínico quanto no hipertireoidismo sub-clínico, durante gravidez na saúde materna e fetal. Dados de estudos em andamento estão elucidando a ...
  http://tireoidedamamae.blogspot.com
*  Fenômeno de Jod-Basedow - Wikipédia, a enciclopédia livre
O fenômeno de Jod-Basedow (também chamado síndrome de Jod-Basedow ou efeito Jod-Basedow) se refere ao hipertireoidismo seguido à administração de iodo ou iodeto, seja por meio de suplementos dietéticos ou de contraste iodado.[1]. Este fenômeno é, portanto, o hipertireoidismo induzido por iodo, apresentando-se tipicamente em pacientes com bócio endêmico (devido à deficiência de iodo) quando se mudam para áreas geográficas ricas em iodo. Pessoas com Doença de Graves, bócio multinodular tóxico ou vários tipos de adenoma de tireoide também estão sob risco do efeito Jod-Basedow quando ingerem doses extras de iodo. O fenômeno de Jod-Basedow também tem sido observado como um efeito colateral da administração de meios de contraste contendo iodo ou de amiodarona, um medicamento antiarrítmico. O efeito Jod-Basedow não ocorre em pessoas com tireoide normal que recebem doses extras de ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Fen%C3%B4meno_de_Jod-Basedow
*  Arquivos Riscos da insuficiência de iodo - SAÚDE EM ALTA
Essencial para o equilíbrio da produção dos hormônios secretados pela glândula tireoide, o iodo pode comprometer a saúde do organismo tanto em excesso (pode provocar intoxicação) quanto em escassez (causa do bócio). Basicamente, para que a glândula tireoide consiga funcionar adequadamente ela precisa de doses regulares de iodo. Essa necessidade se faz necessária para que ela possa produzir os volumes ideais dos hormônios denominados tiroxina (T3), e triiodotironina (T4 ...
  http://saudeemalta.net.br/tag/riscos-da-insuficiencia-de-iodo/
*  Arquivos Riscos associados à insuficiência de iodo - SAÚDE EM ALTA
Essencial para o equilíbrio da produção dos hormônios secretados pela glândula tireoide, o iodo pode comprometer a saúde do organismo tanto em excesso (pode provocar intoxicação) quanto em escassez (causa do bócio). Basicamente, para que a glândula tireoide consiga funcionar adequadamente ela precisa de doses regulares de iodo. Essa necessidade se faz necessária para que ela possa produzir os volumes ideais dos hormônios denominados tiroxina (T3), e triiodotironina (T4 ...
  http://saudeemalta.net.br/tag/riscos-associados-a-insuficiencia-de-iodo/
*  Hipotiroidismo - Wikipedia
Hipotiroidismo (português europeu) ou hipotireoidismo (português brasileiro) é uma doença do sistema endócrino em que a glândula tiroide não produz hormonas da tiroide em quantidade suficiente. A condição pode causar uma série de sintomas, como a falta de tolerância ao frio, fadiga, obstipação, depressão e ganho de peso. Em alguns casos pode ocorrer aumento de volume da parte da frente do pescoço devido a um bócio. Se o hipotiroidismo durante a gravidez não for tratado, pode causar atrasos no crescimento e desenvolvimento intelectual do bebé, uma condição denominada cretinismo. A causa mais comum de hipotiroidismo na generalidade do mundo é a deficiência de iodo na dieta. Nos países com iodo suficiente na dieta, a principal causa da doença é uma doença autoimune denominada tiroidite de Hashimoto. Entre as causas menos comuns estão um tratamento anterior com iodo radioativo, lesões no hipotálamo ou na adenoipófise, determinados medicamentos, hipotiroidismo ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Hipotiroidismo
*  Mauro de Almeida - Iridologia - Iridologie - Iridology.: A importância do Iodo em nossa Saúde - Suplemento Lugol 5%
As pessoas com problemas da tiroide têm dificuldades com os extremos de temperatura, demasiado calor e excessivo frio! A capacidade para produzir calor com o exercício e o respectivo arrefecimento após ter parado é um bom teste da tiroide. O Outono é uma estação particularmente difícil para o humor dos que sofrem da tiroide, devido as diferenças de temperaturas que podem acontecer em curto intervalo de dias. O hormônio da tiroide ajusta-se automaticamente a cada 7 dias (semi-vida do hormônio). O hormônio (T4) tem que ser convertido nas células na sua forma ativa (T3) e os nutrientes que suportam esta conversão são vitais: selênio, l-tirosina, magnésio, iodo, B12, e zinco. O uso de Lugol a 5% - 2 gotas/dia - irá suprir a deficiência de iodo e auxiliar o aumento da temperatura basal, o nível de energia, o humor e auxiliar a regular o peso corporal. ...
  http://maurodealmeidairidologia.blogspot.com/2017/01/a-importancia-do-iodo-em-nossa-saude.html
*  Inter-relação do iodo e do flúor no metabolismo de ovinos jovens
A suplementação mineral dos rebanhos é um fator que influi de forma relevante no índice de produtividade, porém, há carência de novos estudos relacionados à situação e interação dos elementos minerais nos rebanhos e nisso está alicerçado o objetivo do presente trabalho: avaliar a inter-relação do iodo (I) e do flúor (F) no metabolismo de ovinos jovens, através da avaliação do efeito do F sobre a glândula tireóide. Para tanto, foram realizados dois experimentos. O primeiro teve o objetivo de analisar a dinâmica da excreção urinária de I em ovinos. Assim, utilizaram-se cinco animais. Antes de iniciar o tratamento com I, coletou-se amostras de urina (grupo controle), posteriormente, os animais passaram a receber três diferentes tratamentos (0,05; 0,42 e 0,8 mg de iodo/kg de matéria seca), consecutivamente. Cada tratamento teve duração de 15 dias. Foram coletadas amostras de urina equivalente às 24 horas e amostras pontuais (intervalo de oito horas). Não houve ...
  http://repositorio.ufsm.br/handle/1/4137
*  Como remover adesivos e iodo da pele após a cirurgia | eHow Brasil
Como remover adesivos e iodo da pele após a cirurgia . Após uma cirurgia, você pode ter ataduras e um resíduo pegajoso que parece impossível de remover. A remoção dos resíduos de adesivos e o iodo de sua pele pode ser, muitas vezes, um desafio quando utilizado apenas água e sabão e irá requerer a ajuda de outros produtos. Felizmente, você pode remover esses materiais com cuidado e com o mínimo de dor ...
  http://www.ehow.com.br/remover-adesivos-iodo-pele-apos-cirurgia-como_98430/
*  vdd sobre o iodo !
e vdd que o iodo faz bem para a rouquidao para os canarios se vc pegar uma colher e colocar uma gota de iodo e o resto de agua e pegar o canario e colocar um po
  https://www.criadoresdepassaros.com/t26879-vdd-sobre-o-iodo
*  Será que podemos comer algas como os japoneses? - Mesa Marcada
O artigo é longo e bem escrito, vale a pena lê-lo na íntegra aqui, não vou resumi-lo. Basta dizer que, apesar de muitos nutricionistas verem nas algas um alimento com muitas propriedades importantes, há "um outro lado da moeda": o excesso de iodo. Se é verdade que no Japão elas são tradicionalmente muitos usadas, também é facto que a flora intestinal dos japoneses está preparada para eliminar esse excesso de iodo, algo que não acontece com outros povos, nomeadamente os europeus. Aliás, em 2015, a Agência Europeia para a Segurança Alimentar (EFSA) identificou as algas marinhas como um dos riscos para a saúde no nosso continente.. Não vou, evidentemente, entrar nas discussões científicas sobre um assunto sobre o qual não detenho nenhuma competência. Recomendo, de novo, a leitura do artigo, para quem quiser estar mais bem informado. No entanto, espanta-me a ligeireza com que desprezamos um hábito milenar das nossas sociedades (a não utilização de algas na alimentação) em ...
  http://mesamarcada.blogs.sapo.pt/sera-que-podemos-comer-algas-como-os-735902?view=2362270
*  Toninho Moré: Alimentação
Para saber como andam seus níveis de iodo, o caminho mais comum é solicitar ao seu médico um teste de urina. Outro modo simples de saber se você tem iodo suficiente é pedir ao seu médico uma prescrição de SSKI (iodo supersaturado de potássio). Aplique 3 gotas na sua pele e friccione no lugar uma vez ao dia. Se você tocar algo com a ponta dos dedos molhados e ficar uma mancha amarelada, significa que o iodo está na sua pele, e que você tem a quantidade suficiente de iodo. ...
  http://toninhomore.blogspot.com/2015/11/alimentacao_25.html
*  Disaster News: Excesso de sal e iodo na gestação pode causar hipotireoidismo
Penso que o ideal seria investir em políticas públicas para reduzir o consumo de sal da população, pois dessa forma você evita não apenas prejuízos à tireoide como também doenças cardiovasculares. Com a atual redução, por outro lado, não se tem garantia de que as pessoas vão ingerir quantidades ideais de iodo se diminuírem o sal na alimentação", avaliou ...
  http://adrianmarchi.blogspot.com/2013/11/excesso-de-sal-e-iodo-na-gestacao-pode.html
*  Anvisa quer reduzir quantidade de iodo no sal brasileiro - Blog Olhar Messiense
A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que a quantidade de iodo para cada quilo se situe entre 20 mg e 40 mg nos países em que a população consume uma média de 10 gramas de sal por dia. Dados do Ministério da Saúde indicam que o brasileiro consome, diariamente, 9,6 gramas de sal, mas o consumo total pode chegar a 12 gramas quando levados em consideração alimentos processados e consumidos fora de casa ...
  http://olharmessiense.blogspot.com/2011/07/anvisa-quer-reduzir-quantidade-de-iodo.html
*  E.E Camilo Bonfim Tema: Importância do Iodo para o organismo. - ppt carregar
Onde o elemento atua no organismo? O Iodo é um mineral importantíssimo para o desenvolvimento físico e mental das pessoas, ele é necessário para o funcionamento da glândula tireóide. Esta glândula fica no pescoço, e produz substâncias chamadas de hormônios.
  http://slideplayer.com.br/slide/396595/
*  'Atrofia' em Doenças: Iodo -...
"Atrofia" em Doenças: Iodo. Tireoide: conheça melhor essa glândula essencial. escura ou clara, queda de cabelo, descamação e rápido crescimento das unhas, náuseas e vômitos, atrofia muscular, tremor nas mãos, diarreia, pressão sanguínea alta, dor nos ossos, protusão dos olhos
  http://pt-br.natvim.com/busca/doen%C3%A7as/Iodo-1610?q=Atrofia