*  Exames vasculares - Fotopletismografia - Pletismografia venosa
Exames vasculares - pletismografia venosa de membros é um exame vascular, não invasivo, que auxilia na detecção da insuficiência venosa e falha na bomba periférica ( bomba muscular da panturrilha).
  http://www.angiocorcuritiba.com.br/fotopletismografia.html
*  Médicos alertam para risco de complicações vasculares no verão - capitanbado.com
Médicos alertam para risco de complicações vasculares no verão. Com o início do verão e o aumento das temperaturas, os cuidados com a saúde devem ser redobrados, afirmou o diretor da Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular (SBACV), Julio Peclat. Em parceria com a Sociedade de Cardiologia do estado do Rio de Janeiro (Socerj), a entidade está alertando a população sobre as mudanças fisiológicas que as elevadas temperaturas podem provocar no sistema cardíaco, além de vasodilatação, que ocasiona inchaço nos membros inferiores.. "Do ponto de vista vascular, o calor gera um fenômeno chamado vasodilatação. Você tem uma dilatação dos vasos e isso gera aumento da estase venosa, ou dificuldade de o sangue dos membros inferiores chegar ao coração. Isso se torna mais lento e, muitas vezes, esse sangue sai de dentro para fora do vaso. Isso leva ao inchaço, aos edemas dos membros inferiores", explicou.. De maneira geral, esse fenômeno é benigno mas pode, ...
  http://www.capitanbado.com/otros/medicos-alertam-para-risco-de-complicacoes-vasculares-no-verao/50812
*  Cirurgiões vasculares em Rio de Janeiro - Busque médico, marque consulta
Encontre os melhores Cirurgiões vasculares de Rio de Janeiro entre os 125 disponíveis. Veja 471 opiniões de pacientes, preços e marque uma consulta on-line.
  http://www.doctoralia.com.br/medicos/especialidade/cirurgioes+vasculares-1340/rio+de+janeiro-116704-1
*  Estados Unidos também é rico em biodiversidade - Planeta do Bem
Além das cerca de 17000 plantas vasculares existem dezenas de milhares de outras espécies de plantas e vegetais como algas, líquenes e outros fungos e musgos. Cerca de 3.800 espécies exóticas de plantas vasculares são registadas como estabelecidas em solo americano, bem como um número bem menor de plantas não vasculares que não são nativas. Os Estados Unidos possuem uma das floras temperadas mais diversas do mundo, só comparável a da China ...
  http://planetadobem.blogspot.com/2010/09/estados-unidos-tambem-e-rico-em.html
*  Lycopodiophyta - Wikipedia
Lycopodiophyta (algumas vezes chamada de Lycophyta) é uma divisão de plantas vasculares do Reino Plantae, possui de 10 a 15 gêneros e aproximadamente 1200 espécies. É a mais antiga divisão de plantas vasculares que ainda existe. Ela inclui algumas das mais primitivas espécies existentes. Essas espécies se reproduzem pela dispersão de esporos e possuem alternância de gerações macroscópica, embora algumas sejam homósporas enquanto outras são heterósporas. Diferem-se de todas as outras plantas vasculares por possuírem micrófilos, folhas que têm um único veio vascular ao invés dos muitos que possuem os megáfilos mais complexos encontrado em samambaias e plantas com semente. Existem três grupos principais na divisão Lycopodiophyta, algumas vezes separados no nível de ordem e algumas vezes em classe. Quando subdivididos em famílias, têm-se: Família Lycopodiaceae - Possui aproximadamente 400 espécies; basicamente 15 gêneros são reconhecidos, ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Lycopodiophyta
*  Chave dicotomica
lato" da ARIE Pé-de-Gigante. Com esta chave, espera-se facilitar a identificação rápida e evitando-se variações nas plântulas e indivíduos jovens. Tal chave foi baseada naquelas de MANTOVANI et al. A partir do material coletado. existem variações fisionômicas de cerrado que vão desde o campo sujo ao cerradão. bem como auxiliar a identificação das espécies vasculares em outras áreas de cerrado no estado de São Paulo. Os . dos quais 1060 ha constituem a ARIE Cerrado Pé-de-Gigante. (1999). Em seu interior. Entre setembro de 1995 e fevereiro de 1997. A área estudada possui 1269 ha. efetuou-se no local um levantamento florístico (BATALHA & MANTOVANI no prelo). (1985). foi construída uma chave indentada baseada em caracteres vegetativos para o cerrado "sensu lato". sob clima Cwag' de Köppen. em que foram amostradas as espécies de plantas vasculares ocorrentes nas fisionomias de cerrado.4 segura das espécies vasculares de plantas encontradas por pesquisadores que ...
  https://pt.scribd.com/doc/51176189/Chave-dicotomica
*  Embriófito - Wikipedia
Ver artigo principal: Plantae Embryophyta é um subreino pertencente ao reino Plantae, usado geralmente para designar as plantas terrestres (não aquáticas). É o grupo de plantas que nos é mais familiar, pois inclui árvores, musgos, fetos e muitas outras plantas terrestres, englobando assim plantas não vasculares, vasculares com semente e vasculares com flor. Consideram-se plantas terrestres porque estão adaptadas para a vida em terra, apesar de algumas serem secundariamente aquáticas. Uma novidade evolutiva fica por conta do embrião, o zigoto fica no interior do arquegônio onde há o desenvolvimento do esporófito pelo gametófito, e outra novidade é a presença de arquegônio, onde é produzido o gameta feminino a oosfera. São organismos eucariontes multicelulares com órgãos reprodutivos especializados. Na sua maioria as embriófitas obtêm a sua energia através da fotossíntese, sintetizando compostos orgânicos a partir do dióxido de carbono. Dividem-se entre: ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Embri%C3%B3fito
*  Micorriza arbuscular - Wikipedia
Uma micorriza arbuscular é um tipo de micorriza em que o fungo penetra as células corticais das raízes de uma planta vascular. As micorrizas arbusculares caracterizam-se pela formação de estruturas únicas como os arbúsculos e as vesículas por parte de fungos do filo Glomeromycota. Um fungo de micorriza arbuscular ajuda as plantas a absorver nutrientes como o fósforo e micronutrientes do solo. Crê-se que o desenvolvimento desta simbiose teve um papel crucial na colonização inicial da terra firme pelas plantas e na evolução das plantas vasculares. Diz-se que é mais fácil listar as plantas que não formam micorrizas que aquelas que o fazem. Esta simbiose é uma relação mutualista altamente evoluída entre fungos e plantas, e a mais prevalente forma de simbiose vegetal que se conhece, sendo encontrada em 80% das famílias de plantas vasculares dos nossos dias. Os grande avanços no estudo da fisiologia e ecologia das micorrizas ocorridos nos últimos 40 anos, ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Micorriza_arbuscular
*  Feixe vascular - Wikipedia
Um feixe vascular é um dos elementos que constituem o sistema de transporte das plantas vasculares. O transporte propriamente dito ocorre no tecido vascular, que existe sob duas formas, o xilema e o floema. Ambos os tecidos estão presentes no feixe vascular, que também inclui tecidos de suporte e de protecção. O xilema ocorre normalmente em disposição adaxial e o floema em disposição abaxial. Num caule ou numa raiz isto significa que o xilema está mais próxima do centro destas estruturas enquanto que o floema está mais próximo do exterior. Numa folha, a superfície adaxial será normalmente a parte superior, com a superfície abaxial do lado de baixo. É por essa razão que os afídios normalmente ocorrem do lado de baixo das folhas, uma vez que os açucares fabricados pela planta são transportados pelo floema, mais próximo da superfície inferior. A posição dos feixes vasculares, uns em relação aos outros, pode variar de maneira ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Feixe_vascular
*  Planta vascular - Wikipedia
Plantas vasculares são vegetais com tecidos especializados - nomeadamente xilema e floema, ausentes nas avasculares - no transporte de água e seiva que alimentam suas células. Tais estruturas estão presentes em ervas, arbustos e árvore e pertencem a essa divisão as Pteridófitas e as Espermatófitas. Nas plantas vasculares o esporófito é a forma de geração das plantas que estamos habituados a ver, enquanto que o gametófito é uma fase temporária: nas Pteridófitas, consiste num pequeno protalo, enquanto que nas Espermatófitas, o gametófito encontra-se nas flores das angiospérmicas ou nos cones ou pinhas das gimnospérmicas. Weathers, Kathleen; Likens, Gene; e Strayer, David (2015). Fundamentos de Ciência dos Ecossistemas. [S.l.]: Elsevier Brasil. 336 páginas. ISBN 9788535280517 !CS1 manut: Nomes múltiplos: lista de autores (link) Mário Guimarães Ferri (1984). Botânica: morfologia interna das plantas: anatomia. [S.l.]: NBL Editora. 113 páginas. ISBN 9788521300991 ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Planta_vascular
*  Revista Desafio's - Ano XII : Tratamento para doenças vasculares pode controlar...
Em 2004, pesquisadores do Daping Hospital, em Chongqing, na China, começaram a acompanhar 837 residentes com idades a partir de 55 anos que sofriam de deficiência cognitiva leve (MCI, na sigla em inglês), mas não de demência.. Deles, 414 apresentavam pelo menos um estado clínico que debilitaria a passagem do fluxo sanguíneo para o cérebro.. Depois de cinco anos, 298 participantes haviam desenvolvido o Mal de Alzheimer. Indivíduos que haviam tido pressão alta ou outros problemas vasculares no início do estudo tiveram duas vezes mais probabilidade de desenvolver demência, comparando-se com aqueles que não corriam qualquer tipo de risco, constataram os pesquisadores. Metade dos indivíduos que apresentavam riscos vasculares teve o Alzheimer evoluído, em comparação com apenas 36 por cento dos que não apresentavam.. Entre aqueles que sofriam de problemas vasculares, os que receberam tratamento tiveram uma propensão quase 40 por cento menor a desenvolver o Mal de ...
  http://revistadesafios.blogspot.com/2011/04/tratamento-para-doencas-vasculares-pode.html
*  Biogil: HISTORIA DA BIOLOGIA AO LONGO DO TEMPO
Durante o século XIII, Alberto Magno escreveu De Vegetabilis et Plantis (por volta de 1260) e De animalibus. Este autor deu especial relevância à reprodução e sexualidade das plantas e animais. Na primeira obra, há a destacar a diferenciação entre plantas monodicotilodóneas e dicotiledóneas e entre plantas vasculares e não vasculares. Alberto Magno foi beber dos conhecimentos de Aristóteles. Deles retirou o seu melhor, não se curvando sobre eles, mas adotando uma atitude crítica. Chega a afirmar que O objectivo da ciência natural não é simplesmente aceitar as afirmações de outros, mas investigar as causas que operam na natureza. Chega a dedicar um capítulo inteiro, numa de suas obras, ao que ele chamou de erros de Aristóteles. Tal como Roger Bacon, seu contemporâneo, Alberto Magno estudou intensivamente a natureza, utilizando de modo intensivo o método experimental. Em De vegetabilis relata que: A experimentação é o único meio seguro em tais investigações. Em termos ...
  http://biogilmendes.blogspot.com/2011/09/historia-da-biologia-ao-longo-do-tempo.html
*  Biogil: ESTRUTURA HIDROLÓGICA DE PLANTAS VASCULARES ENVOLVIDAS NA TRANSFERÊNCIA DE ÁGUA DO SOLO PARA A ATMOSFERA
Consiste em grupos superiores e inferiores de células vivas de paredes finas, em íntimo contato com os terminais de tubos mortos de paredes espessas que contêm poros no sentido lateral, o que permite comunicação entre eles e os outros tecidos nos caules. Na extremidade inferior do sistema, as células de paredes finas mais externas estão em contato com as camadas de água que envolvem as partículas do solo, enquanto que na extremidade superior as células de paredes finas formam os limites de cavidades de ar dentro das folhas; estas cavidades comunicam-se com a atmosfera externa através de poros, que se podem fechar ao receber estímulo apropriado. Assim, existe uma coluna contínua de água ligando a água do solo à atmosfera, tendo mecanismos de regulagem em ambas as extremidades (células vivas nas quais a passagem de água depende do potencial osmótico, de seu conteúdo e do potencial da água da atmosfera ou do solo), e um mecanismo secundário de regulagem (os estômatos) ...
  http://biogilmendes.blogspot.com/2016/05/estrutura-hidrologica-de-plantas.html
*  Leptóide - Wikipedia
Um leptóide é um tipo de célula condutora que existe nos caules de alguns musgos, tal como na família Polytrichaceae. Rodeiam fileiras de hidróides condutores de água. possuem semelhanças estruturais e desenvolvimentais com os elementos de tubo de plantas vasculares sem sementes. Quando maturas possuem paredes celulares no ápice inclinadas, com pequenos poros e núcleos degenerados. As células condutores dos musgos, os leptóides e hidróides, parecem semelhantes às dos protraqueófitos. No entanto, parecem não ser um estágio intermédio na evolução dos tecidos vasculares das plantas, mas sim uma origem evolutiva independente. Hidróide (botânica) Renzaglia,K.S., Schette, S. and Duff, R.J. (2007) Bryophyte phylogeny: advancing the molecular and morphological frontiers. Bryologist, '110, 179-213 ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Lept%C3%B3ide
*  Mácula - Wikipedia
Nota: Se procura outros significados, veja Mácula (desambiguação). Mácula ou mancha é uma lesão elementar da pele caracterizada por uma área delimitada de coloração distinta da pele ao redor, porém sem relevo ou espessamento perceptíveis. Pode ter origem pigmentar, vascular ou hemorrágica, respeitando a seguinte classificação: As máculas pigmentares decorrem de alterações na concentração de melanina, armazenada pelos melanócitos na pele, sendo que o excesso desse composto resulta em uma mácula hipercrômica e a ausência ou escassez em máculas acrômicas ou hipocrômicas, respectivamente. As máculas vasculares são produzidas por defeitos na microcirculação da pele. Ao serem comprimidas, devem desaparecer e depois retornar, o que as difere das máculas hemorrágicas. As telangiectasias e os eritemas são tipos de máculas vasculares. As manchas hemorrágicas, de acordo com sua forma e tamanho, podem ser classificadas como petéquias (formato de um ponto), víbices ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/M%C3%A1cula
*  Sistema Kubitzki - Wikipedia
O sistema Hubitzki é uma sistema de taxonomia vegetal, produto de um levantamento actual em plantas vasculares, intitulado The Families and Genera of Vascular Plants. O levantamento, em forma de enciclopédia, é um tratamento completo, em vários volumes, das plantas vasculares, com chaves de identificação e descrições de toda as famílias e géneros, efectuado na maioria por especialistas nesses grupos. Este sistema serviu com base para a classificação efectuada na obra Mabberley's Plant-Book, um dicionário de plantas vasculares. Em termos de arranjo das ordens e famílias, o sistema de classificação nos volumes iniciais de angiospérmicas aproxima-se do sistema de Dahlgren nas monocotiledóneas e do sistema de Cronquist nas dicotiledóneas, mas os volumes mais recentes foram influenciados por estudos recentes em filogenética molecular. O primeiro volume da série cobriu os licófitos, monilófitos e gimnospérmicas, tendo sido publicado em 1990. Em ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Sistema_Kubitzki
*  Cirurgiões vasculares Bradesco Saúde em Belo Horizonte - Busque médico, marque consulta
Encontra os melhores Cirurgiões vasculares de Bradesco Saúde em Belo Horizonte entre os 20 disponíveis. Consulte 141 opiniões de pacientes, preços e reserva hora on-line com seu Cirurgiões vasculares de Bradesco Saúde em Belo Horizonte.
  https://www.doctoralia.com.br/medicos/especialidade/cirurgioes+vasculares-1340/bradesco+saude-63-2/belo+horizonte-116720-1
*  Aneurismas cerebrais e outras malformações vasculares cerebrais - Fisioterapia Neurológica
Firmado o diagnóstico de aneurisma cerebral ou de outras malformações vasculares cerebrais, e, considerando os riscos da doença, com graves conseqüências, pode ser indicado tratamento neurocirúrgico. São consideradas três condutas médicas possíveis nos casos de aneurisma cerebral. A primeira, seria observação clínica apenas, com os riscos inerentes de rompimento do aneurisma a qualquer momento (risco estimado de 1% ano, cumulativo): morte e seqüelas (estimado em 40% dos casos) (MacDonald RL, Weir B, 1996). A Segunda conduta seria tratamento alternativo por meio de técnica endovascular, método relativamente novo e ainda controverso na literatura neurocirúrgica (Zubkov YN et al., 1996), e, geralmente indicada para pacientes que não apresentam condições para submeter-se à cirurgias. A terceira conduta seria o tratamento microcirúrgico, método convencional, realizado desde o início deste século (Yasargil MG, 1984). A Quarta, apenas para as malformações ...
  http://neurologia.facafisioterapia.net/2009/11/aneurismas-cerebrais-e-outras.html
*  Efeitos da administração de colecalciferol sobre as respostas vasculares de ratos espontaneamente hipertensos
O mecanismo responsavel pela reducao da pressao arterial em ratos espontaneamente hipertensos (SHR), apos o tratamento cronico com colecalciferol foi estudado. Apos 2 semanas de tratamento dos SHR com O,125 mg de colecalciferol por kg de peso por via oral observou-se significante reducao da pressao arterial sistolica e da pressao basal de perfusao do leito vascular mesenterico sob fluxo constante. Este tratamento tambem reduziu o efeito maximo da resposta induzida pela adrenalina, provavelmente devido a recuperacao de canais de K+ dependentes de Ca 2+ acoplados aos adrenoceptores a2.Este tratamento tambem normalizou o potencial de membrana das celulas de musculo liso das arterias mesentericas sem endotelio, bem como as respostas hiperpolarizantes induzidas por agonistas (a2, as quais estao inibidas em SHR nao tratados. Em aneis mesentericos com endoteiio os agonistas de adrenoceptores a2 causam respostas hiperpolarizantes similares em SHR, em ratos normotensos Wistar (NWR) e nos ratos Wistar ...
  http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16658
*  Arquivo para doenças vasculares prevenção - destaquesp
Quem sofre de doenças vasculares (ou apenas quer se precaver) poderá realizar exames e consultas grátis durante o 9º Dia Vascular de São Paulo - Prevenção de Doenças Venosas, Arteriais e Lin... Leia mais ...
  http://www.destaquesp.com/tag/doencas-vasculares-prevencao/
*  Gengivite severa ligada à impotência sexual - Sintomas e dicas
O estudo mostrou que 53% dos pacientes com disfunção erétil tinham gengivas inflamadas, em comparação com 23% das pessoas sem sinais de doença gengival. A eventual ligação entre problemas dentários e desempenho sexual é a saúde vascular. Ereções são criadas quando os sentidos do cérebro de estimulação sexual fazem com que os músculos do pênis aumentem o fluxo sanguíneo para o tecido esponjoso do órgão.. De fato, as doenças periodontais causam disfunção endotelial sistêmica, o que leva à patologia vascular, sendo que, as patologias vasculares são a causa mais comum de disfunção erétil. Estudos anteriores já haviam mostrado uma correlação entre a periodontite crônica e doenças vasculares sistêmicas, como doença coronariana, diabetes, acidente vascular cerebral e nascimentos prematuros. A disfunção erétil e periodontite crônica em humanos são causadas por fatores de risco semelhantes, tais como envelhecimento, tabagismo, ...
  http://sintomasedicas.com/gengivite-severa-ligada-a-impotencia-sexual/
*  Cirurgia vascular
... é a especialidade que cuida de doenças que acometem os sistemas arterial, venoso e linfático por meio do tratamento cirúrgico. A cirurgia vascular é uma especialidade muito ampla e atua junto à angiologia, especialidade responsável pelo tratamento clínico das doenças vasculares.. ...
  http://www.aliancaoncologia.com.br/multiespecialidades/cirurgia-vascular/
*  Expressividade do VEGF nos tecidos periodontal saudável, doente e associada a neoplasias de cavidade oral
O fator de crescimento endotelial vascular(VEGF) é um mitógeno altamente específico das células endoteliais vasculares. A expressão do VEGF é potencializada quando em condições de hipóxia, da presença deneoplasias, e de uma variedade de citocinas. O VEGF induz a proliferação da célula endotelial, promove a sua migração, e inibe a apoptose. A angiogênese é tão essencial para o crescimento das neoplasias, como para o tecido normal ou inflamatório, no transplante de nutientes pelo sangue às células. O VEGFcontribui, portanto, para o desenvolvimento das neoplasias primárias e metásteses, por sua habilidade de induzir a permeabilização dos vasos sanguíneos neoformados. O VEGF pode estar associado também a evolução da doença periodontal(DP). O objetivo deste estudo é avaliar a expressividade do VEGF no tecido periodontal de 10 indivíduos saudáveis (Grupo I), e correlacioná-la com a expressividade do VEGF na doenã periodontal em 10 ...
  http://h-vml029.epm.br/handle/11600/10455