*  Artéria carótida externa - Wikipedia
Nota: Para outras artérias com o mesmo nome, veja Artéria carótida. Na espécie humana a artéria carótida externa é um dos ramos da bifurcação da artéria carótida comum que se inicia na altura da 4ª vértebra cervical. Nessa parte média do pescoço a artéria carótida externa é mais medial e profunda, enquanto que a artéria carótida interna é mais lateral e superficial. A artéria carótida externa segue trajeto ascendente após a bifurcação da artéria carótida comum e saem dela em média oito ramos arteriais menores que vão irrigar a face e estruturas do pescoço, que em geral são: artéria tireoidiana superior (que vai irrigar a glândula tireoide), a artéria lingual (que irriga um ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Art%C3%A9ria_car%C3%B3tida_externa
*  Carótida primitiva - Wikipedia
Nota: Para outras artérias com o mesmo nome, veja Artéria carótida. As artérias carótidas primitivas ou comuns esquerda e direita são responsáveis por fornecer o sangue a toda a região da cabeça. A artéria carótida primitiva direita origina-se do tronco arterial braquiocefálico, enquanto a carótida primitiva esquerda origina-se directamente da crossa da aorta. Cada uma das carótidas primitivas dá origem a uma artéria carótida externa e uma artéria carótida interna. Artéria cerebral ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Car%C3%B3tida_primitiva
*  Artéria carótida interna - Wikipedia
Nota: Para outras artérias com o mesmo nome, veja Artéria carótida. A artéria carótida interna estende-se desde a bifurcação da carótida primitiva até à base do crânio, atravessa o canal carotídeo entrando dentro da caixa craniana. No seu trajecto extra-craniano, a carótida interna situa-se na face lateral do pescoço, atravessando, de baixo para cima, o espaço mandíbulo-faríngeo. Após entrar no crânio, percorre um curto trajecto sinuoso ( sifão carotídeo) e divide-se em artéria cerebral média, e artéria cerebral anterior. A artéria cerebral anterior participa do polígono de Willis. Depois de um trajeto vertical de 1 a 2 cm, a carótida interna eleva-se para dentro; depois, no espaço maxilo-faríngeo, dirige-se verticalmente até ao nível da massa lateral correspondente do atlas, obliquamente para cima e para trás. Finalmente, ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Art%C3%A9ria_car%C3%B3tida_interna
*  Lesões das Artérias Carótidas; Pseudoaneurisma Carotídeo; Traumatismos das Artérias Carótidas
... Assistente em linha para diagnóstico médico. Lista detalhada de doenças possíveis dados diversos sintomas ou uma história clínica completa. Se fornece uma medida da similaridade entre os sintomas e cada doença.
  https://lookfordiagnosis.com/mesh_info.php?term=Les%C3%B5es+das+Art%C3%A9rias+Car%C3%B3tidas&lang=3
*  EchoTalk blog agora é echotalkblog.com: Strain vascular. A nova moda que vai pegar.
Methods and results Two-dimensional carotid strain, carotid intima-media thickness (CIMT), stiffness index (β), Peterson's elastic modulus, and distensibility coefficient were evaluated in 47 patients. For all patients, cardiovascular risk scores were calculated. Peak systolic circumferential strain was significantly correlated with conventional indices of arterial stiffness and with the CIMT. Peak systolic circumferential strain adjusted for pulse pressure was the only parameter that showed a significant difference between the three cardiovascular risk groups in which patients were classified. Two-dimensional carotid strain showed an excellent reproducibility ...
  http://echotalk.blogspot.com/2011/07/strain-vascular-nova-moda-que-vai-pegar.html
*  Epistaxe tardia secundária a pseudoaneurisma intracavernoso de carótida interna
Post-traumatic pseudoaneurysm of the internal carotid artery is a very rare but potentially fatal cause of epistaxis. Early diagnosis is essential for an adequate management of this entity. The authors present a case of pseudoaneurysm of the internal carotid artery that developed massive epistaxis six months after skull base trauma ...
  http://h-vml029.epm.br/handle/11600/1884
*  'Shunt' da carótida durante cirurgia ainda sem respaldo de estudos científicos | Cochrane...
A carótida é a principal artéria que fornece sangue para o cérebro, e cerca de 20% dos casos de derrame (acidente vascular cerebral, ou AVC) acontecem porque a carótida fica estreita. Os médicos corrigem esse problema com uma operação de nome esquisito: endarterectomia. Mas essa cirurgia também é arriscada, já que esse procedimento também pode provocar um AVC, porque o médico precisa interromper temporariamente o fluxo de sangue dentro da carótida. Por causa disso, os cirurgiões podem usar um tubo de silicone, para fazer com que o sangue continue chegando ao cérebro por outro caminho durante a operação. Esse desvio, ou "shunt", também é chamado de "derivação".. O Centro Cochrane do Brasil acaba de traduzir e disponibilizar o resumo de uma revisão sistemática que avaliou se é realmente benéfico fazer esse desvio em todos os pacientes submetidos a essa cirurgia, fazer esse desvio somente em alguns pacientes ou nunca fazer esse desvio. A ...
  http://brazil.cochrane.org/news/shunt-da-car%C3%B3tida-durante-cirurgia-ainda-sem-respaldo-de-estudos-cient%C3%ADficos
*  Aneurisma do segmento oftálmico da artéria carótida interna: características clínicas, angiográficas e resultados do...
Na primeira década do século XXI, as novas modalidades de tratamento endosacular vem substancialmente revolucionando a terapêutica dos aneurismas do segmento oftálmico da carótida interna. Com o acelerado progresso obtido tanto na tecnologia dos materiais como nas técnicas endovasculares, o tratamento dos aneurismas intracranianos deixou de ser preferencialmente; uma área reservada à microcirurgia. A terapia endovascular parece ser cada vez mais segura e eficaz permitindo, entre outras vantagens, que os pacientes tenham acesso a um tratamento menos invasivo e com menor índice de complicações. Objetivo: Analisar retrospectivamente os resultados clínicos e angiográficos dos casos de aneurismas do segmento oftálmico da carótida interna tratados por via endovascular em um centro de referência, a Fundação Adolphe de Rothschild em Paris, França, durante um período de nove anos consecutivos. Casuística e métodos: A população do estudo incluiu 178 aneurismas do segmento ...
  http://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8199
*  arte como processo: Topics by WorldWideScience.org
Espessamento médio-intimal na origem da artéria subclávia direita como marcador precoce de risco cardiovascular Intima-media thickness in the origin of right subclavian artery as an early marker of cardiovascular risk. Directory of Open Access Journals (Sweden). Carlos Alberto Engelhorn. 2006-11-01. Full Text Available OBJETIVO: O espessamento médio-intimal (EMI na artéria carótida comum é considerado fator de risco cardiovascular e marcador de doença arterial coronariana precoce. O objetivo deste trabalho foi investigar a existência de correlação entre o EMI nas artérias carótidas e na origem da artéria subclávia direita, e avaliar o EMI na artéria subclávia como um marcador mais precoce para avaliação de risco cardiovascular. MÉTODOS: Cento e seis pacientes consecutivos, 52 homens e 54 mulheres, com média de idade de 51 anos, foram submetidos à avaliação das artérias ...
  https://worldwidescience.org/topicpages/a/arte+como+processo.html
*  Correlação entre resistência carotídea e autonomia funcional de mulheres idosas
MENESES, Yúla Pires da Silveira Fontenele de et al. Correlação entre resistência carotídea e autonomia funcional de mulheres idosas. Rev. bras. enferm. [online]. 2007, vol.60, n.4, pp.382-386. ISSN 0034-7167. http://dx.doi.org/10.1590/S0034-71672007000400004.. Este estudo objetivou correlacionar resistência da artéria carótida e autonomia funcional de idosas. Avaliou-se a resistência da artéria carótida pelo método de ultra-som Doppler e a Autonomia Funcional por testes relacionados a atividades da vida diária (Protocolo GDLAM). Para a descrição dos dados, calculou-se média e desvio padrão, em que a resistência da carótida interna direita obteve respectivamente (0,71 ± 0,07) e o Índice geral de Autonomia Funcional apresentou (30,40 ± 6,31). O coeficiente de correlação de Spearman mostrou forte associação entre as variáveis do estudo (r = 0,998; p = 0,000). Os resultados sugerem que quanto maior o índice de resistência da ...
  http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S0034-71672007000400004&lng=en&nrm=iso&tlng=pt
*  MUITO ALÉM DAS PALAVRAS E SENTIDOS: OS SEGREDOS OCULTOS DA CAPELA SISTINA
Outra imagem que revela estruturas anatômicas complexas aparece no quadro "O pecado original". Nesta cena, em que os personagens aparecem cometendo o pecado original e em seguida sendo expulsos do paraíso, os autores identificaram um complexo sistema de artérias. Segundo Barreto, um pequeno tronco junto ao dorso de Eva é uma descrição precisa do arco aórtico com as coronárias emergindo da base, o tronco braquicefálico, artéria carótida comum, artéria carótida interna e externa. As pistas que indicariam a intenção do pintor estariam no anjo que, ao ordenar a expulsão do casal, aponta a espada para a região cervical de Adão, que estica o pescoço, flexionando a cabeça para a esquerda. ...
  http://muitoalem2013.blogspot.com/2015/02/os-segredos-ocultos-da-capela-sistina.html
*  Luiz Viana em ação: Agosto 2011
Nesses casos, a forma mais correta de se diagnosticar a parada cardíaca será a VERIFICAÇÃO DO PULSO DA ARTÉRIA CARÓTIDA (As artérias carótidas são vasos sangüíneos que levam sangue arterial do coração para o cérebro. Cada indivíduo tem duas artérias carótidas. Elas têm sua origem no tórax (arco aórtico); passam através do pescoço, uma de cada lado, até alcançar o crânio), colocando-se as duas polpas digitais (do segundo e terceiro dedos) sob o ângulo da mandíbula com o pescoço. Não havendo pulso dê início às manobras de ressuscitação cárdio-pulmonar. ...
  http://luizvianaeducacaofisica.blogspot.com/2011/08/
*  Artéria esfenopalatina - Wikipédia, a enciclopédia livre
A artéria esfenopalatina é uma artéria da face que passa pela cavidade nasal, faz parte de uma ramificação da artéria maxilar, a qual provém da artéria carótida externa. Dá origem a dois ramos, o ramo lateral irriga a parede lateral da cavidade nasal e o ramo medial forma a Artéria Nasopalatina que irriga a região anterior do palato duro.. ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Art%C3%A9ria_esfenopalatina
*  Artéria angular - Wikipedia
A artéria angular é um ramo da artéria facial que anastomosa-se com a artéria oftálmica, formando uma anastomose entre as artérias carótida externa e interna ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Art%C3%A9ria_angular
*  Ecodoppler carotídeo e vertebral - Wikipedia
O Ecodoppler carotídeo e vertebral é um exame complementar de diagnóstico que utiliza os ultra-sons para estudar em tempo real a anatomia e circulação nas artérias carótidas e vertebrais (que fornecem sangue para o cérebro). Destina-se ao estudo do estado da parede arterial (pesquisa de estenoses por placas de aterosclerose) mas também avaliação do fluxo de sangue nas artérias carótidas e vertebrais, auxiliando no diagnóstico de doença aterosclerótica, aneurismas, angulações, dissecções, arterites e outras afecções que podem acometer as artérias carótidas e vertebrais. De modo indirecto, através do estudo da curva de velocidades doppler, podem ser avaliadas as resistências cerebrais. O exame está indicado, de modo preventivo em todo os indivíduos com mais de 50 anos, nos pacientes que tenham sido vítimas de ataque isquémico transitório ou de acidente vascular cerebral, ou naqueles em se detectem sopros na ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Ecodoppler_carot%C3%ADdeo_e_vertebral
*  Artéria oftálmica - Wikipedia
A artéria oftálmica é um ramo da artéria carótida interna que fornece ramos para vascularizar o olho e outras estruturas na órbita. Ela entra na órbita junto com o nervo óptico através do canal óptico ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Art%C3%A9ria_oft%C3%A1lmica
*  Mayra Lopes: Questões de Neurocirurgia: ISGH-HRC/CE
A) Nervo cranianos III, IV e VI, nervo craniano V1 com todos os 3 ramos (nasociliar, frontal e lacrimal), artéria meníngea anterior ( ramo orbitário), artéria lacrimal ( ramo meníngeo recorrente), veia oftálmica superior e fibras simpáticas da artéria carótida interna ...
  http://mayralopes.blogspot.com/2014/02/questoes-de-neurocirurgia-isgh-hrcce.html
*  Seu Corpo: Gordura ingerida atua diretamente no cérebro, segundo estudo
Logo no início de sua pesquisa, a equipe da Dra Clegg suspeitou que o cérebro estivesse envolvido no processo, pois é um órgão capa de absorver tanto gorduras saturadas como insaturadas. Para comprovar a tese, os pesquisadores expuseram roedores a variados tipos de gordura de diferentes maneiras: injetando diretamente no cérebro, colocando na artéria carótida ou alimentando os animais por um tubo estomacal três vezes ao dia. ...
  http://corpospbr.blogspot.com/2009/09/gordura-ingerida-atua-diretamente-no.html
*  Radiologia nota 10 é aqui Desde 2010: Arteriografia cerebral
1 Parte cavernosa da a. carótida interna direta; 2 a. cerebral anterior; 3 a.cerebral média; 4 Porção cervical da a. carótida interna direita ...
  http://radiologianota10.blogspot.com/2012/11/arteriografia-cerebral.html
*  carótida | OdontoUP
O sistema Circulatório contribui para o funcionamento de outros sistemas corporais, ele carrega substâncias como oxigênio, nutrientes e hormônios e leva embora resíduos não ...
  http://odontoup.com.br/tag/carotida/
*  SBACV DF - Cuida da sua s ude
As artérias carótidas, juntamente com as artérias vertebrais, localizadas no pescoço, fornecem o fluxo sangüíneo para o cérebro. A obstrução dessas artérias causará o acidente vascular cerebral, cujo quadro clínico dependerá da localização da isquemia e do tempo de duração, podendo se manifestar com perturbações visuais, paralisias transitórias e desmaios na evolução crônica ou o derrame (acidente vascular encefálico) na evolução aguda ...
  http://sbacvdf.com.br/sbacvdf/cuidado/9/acidente-vascular-cerebral
*  10 alimentos que você deve comer diariamente para limpar suas artérias - Sadestar
As artérias são vasos sanguíneos que transportam oxigênio e nutrientes de seu coração para as outras partes do seu corpo. As artérias saudáveis ​​são flexíveis, fortes, elásticas e sem depósitos.
  http://www.sadestar.com.br/2017/06/alimentos-para-limpar-arterias.html
*  Acidente vascular cerebral isquemico - derrame cerebral
O acidente vascular cerebral isquemico ou derrame cerebral, ocorre por obstrução das artéria cerebrais. Uma das causas é obstrução da carótida.
  http://varizes.net.br/acidente-vascular-cerebral-isquemico/
*  Clínica Saadi - Procedimentos e Intervenções - Procedimentos em Carótidas
As artérias carótidas são vasos que se iniciam na aorta (no tórax), percorrem o pescoço e entram no crânio. Elas levam sangue ao cérebro. Quando elas ficam comprometidas com placas de ateroma (gordura) no seu interior pode haver prejuízo para a circulação cerebral.
  http://clinicasaadi.com.br/sistema-cardiovascular/procedimentos-e-intervencoes/procedimentos-em-carotidas/
*  Descubra como limpar suas artérias com estes três maravilhosos ingredientes
Limpar as artérias é essencial para manter nossa saúde cardiovascular e geral em bom estado. Saiba como com estes três ingredientes fantásticos.
  https://melhorcomsaude.com/limpar-arterias-tres-ingredientes/