Tromboflebite: Inflamação de uma veia associada com um coágulo sanguíneo (TROMBO).Trombose do Corpo Cavernoso: Formação ou presença de um coágulo sanguíneo (TROMBO) no SEIO CAVERNOSO do encéfalo. Estão associadas com este estado as infecções dos seios paranasais e estruturas adjacentes, TRAUMA CRANIOCEREBRAL e TROMBOFILIA. Entre as manifestações clínicas estão disfunção dos nervos cranianos III, IV, V, e VI, inchaço periorbital acentuado, quemose, febre e perda visual (Tradução livre do original: Adams et al., Principles of Neurology, 6th ed, p711).Infecções por Fusobacterium: As infecções por bactérias do gênero FUSOBACTERIUM.Síndrome de Lemierre: Superinfecção da mucosa orofaríngea por FUSOBACTERIUM NECROPHORUM que leva a TROMBOFLEBITE séptica secundária da veia jugular interna.Fusobacterium necrophorum: Espécie de bactéria Gram-negativa, não formadora de esporos, que é isolada das cavidades naturais do homem e outros animais, e de lesões necróticas, abscessos e sangue.Flebite: Inflamação de uma veia, frequentemente uma veia da perna. A flebite associada com coágulo de sangue é chamada TROMBOFLEBITE.Veias Jugulares: Veias do pescoço que drenam o cérebro, a face e o pescoço para as veias braquiocefálica ou subclávia.Varizes: VEIAS dilatadas e tortuosas.Cefapirina: Antibiótico do tipo cefalosporina que se liga parcialmente ao plasma, eficaz contra organismos Gram-positivos e Gram-negativos.Síndrome Pós-Flebítica: Afecção caracterizada por um membro cronicamente inchado, frequentemente uma perna com dermatite com estase e ulcerações. Esta síndrome pode aparecer logo após a flebite ou anos mais tarde. A síndrome pós-flebítica é o resultado de valvas venosas danificadas ou incompetentes, nos membros. Varizes tortuosas e distendidas geralmente estão presentes. A dor na perna pode aparecer após longo período em pé.Embolia Pulmonar: Bloqueio da ARTÉRIA PULMONAR ou um de seus ramos por um ÊMBOLO.Celulite Orbitária: Inflamação dos tecidos conjuntivos frouxos em torno da ÓRBITA (estrutura óssea em torno do globo ocular). É caracterizada por DOR, EDEMA da CONJUNTIVA, inchaço das PÁLPEBRAS, EXOFTALMIA, movimento limitado do olho e perda da visão.Cateterismo Periférico: Inserção de um cateter numa artéria periférica, veia ou vias aéreas, com fins diagnósticos ou terapêuticos.Veia Safena: Veia que drena o pé e perna.Síndrome de Behçet: Doença inflamatória crônica rara, de origem desconhecida, que envolve pequenos vasos sanguíneos. Caracterizada por ulceração mucocutânea (na boca e na região genital) e uveíte (com hipópio). A forma neuro-ocular pode causar cegueira e morte. Também podem ocorrer SINOVITE, TROMBOFLEBITE, ulcerações gastrointestinais, VASCULITE RETINIANA e ATROFIA ÓPTICA.Flebografia: Visualização radiográfica ou por registro, de uma veia após a injeção de um meio de contraste.Estanozolol: Esteroide sintético que tem propriedade anabólica e androgênica.Veia Femoral: Veia que acompanha a artéria femoral dividindo a mesma bainha. É continuação da veia poplítea e continua-se como veia ilíaca externa.Heparinoides: Derivados da heparina. O termo tem sido utilizado imprecisamente, incluindo os polissacarídeos altamente sulfatados naturais e sintéticos de estrutura similar. As preparações heparinoides têm sido utilizadas em um amplo espectro de aplicações, incluindo-se como anticoagulantes e anti-inflamatórios, sendo-lhes atribuídas propriedades hipolipidêmicas.Veias Mesentéricas: Veias que drenam sangue dos intestinos. A veia mesentérica inferior drena para a veia esplênica, enquanto que a veia mesentérica superior une-se à veia esplênica para formar a veia porta.Veias: Vasos que transportam sangue para fora do leito capilar.Trombose: Formação e desenvolvimento de um trombo ou coágulo no vaso sanguíneo.Extravasamento de Materiais Terapêuticos e Diagnósticos: Vazamento de materiais diagnósticos e terapêuticos do vaso onde foram introduzidos, para o tecido ou cavidade do corpo subjacente.Cateterismo Venoso Central: Colocação de um CATETER intravenoso na veia subclávia, jugular ou outra veia central.Ultrassonografia Doppler Dupla: Ultrassonografia aplicando o efeito Doppler combinado com uma imagem de tempo real. A imagem de tempo real é criada pelo movimento rápido do feixe de ultrassom. A grande vantagem dessa técnica é a habilidade em estimar a velocidade do fluxo de mudança de frequência do Doppler.Insuficiência Venosa: Fluxo de sangue venoso prejudicado ou retorno venoso (estase venosa), geralmente causado por valvas venosas inadequadas. Com frequência, a insuficiência venosa ocorre nas pernas e está associada com EDEMA e, às vezes, com ÚLCERA POR ESTASE VENOSA nos quadris.Cintilografia: Produção de uma imagem obtida por câmeras que detectam as emissões radioativas de um radionuclídeo injetado distribuído diferencialmente ao longo de tecidos no corpo. A imagem obtida de um detector em movimento é chamada de varredura, enquanto a imagem obtida de uma câmera estacionária é chamada de cintifotografia.Trombose Venosa: Formação ou presença de um coágulo sanguíneo (TROMBO) dentro de uma veia.Infecções Relacionadas a Cateter: Infecções resultantes do uso de cateteres. Técnicas de assepsia apropriadas, localização do cateter, composição do material e virulência do organismo são todos fatores que podem influenciar a possível infecção.Anticoagulantes: Agentes que impedem a coagulação.Síndrome: Complexo sintomático característico.Pernas: Parte mais baixa, na extremidade inferior, entre o JOELHO e o TORNOZELO.Ultrassonografia: Visualização de estruturas profundas do corpo por meio do registro dos reflexos ou ecos dos pulsos das ondas ultrassônicas direcionadas ao interior dos tecidos. A utilização de ultrassom para imagens ou fins diagnósticos usa frequências que variam de 1,6 a 10 mega-hertz.Heparina: Mucopolissacarídeo altamente ácido formado por partes iguais de D-glucosamina sulfatada e ácido D-glucurônico com pontes sulfamínicas. O peso molecular varia entre 6 a 20 mil. A heparina é encontrada e obtida do fígado, pulmões, mastócitos, etc., de vertebrados. Sua função é desconhecida, mas é utilizada para impedir a coagulação do sangue in vivo e in vitro sob a forma de muitos sais diferentes.Angiografia: Radiografia dos vasos sanguíneos após injeção de um meio de contraste.Sepse: Síndrome de resposta inflamatória sistêmica com uma etiologia infecciosa suspeita ou comprovada. Quando a sepse está associada com uma disfunção orgânica distante do local de infecção, é denominada sepse grave. Quando a sepse está acompanhada por HIPOTENSÃO apesar de uma infusão adequada de líquidos, é denominada CHOQUE SÉPTICO.Erros de Diagnóstico: Diagnósticos incorretos após exame clínico ou técnicas de procedimentos diagnósticos.Antibacterianos: Substâncias que reduzem a proliferação ou a reprodução de BACTÉRIAS.Tomografia Computadorizada por Raios X: Tomografia utilizando transmissão por raio x e um computador de algoritmo para reconstruir a imagem.Resultado do Tratamento: Estudos conduzidos com o fito de avaliar as consequências da gestão e dos procedimentos utilizados no combate à doença de forma a determinar a eficácia, efetividade, segurança, exequibilidade dessas intervenções.Complicações Pós-Operatórias: Processos patológicos que afetam pacientes após um procedimento cirúrgico. Podem ou não estar relacionados à doença pela qual a cirurgia foi realizada, podendo ser ou não resultado direto da cirurgia.

*  Tromboflebite e sua cura com SBA Tiens.

... A tromboflebite consiste num processo inflamatório de um segmento de uma veia , ... A tromboflebite pode desenvolver-se como complicação de varizes e em doenças dos vasos sanguíneos como a doença de Buerger. ... A tromboflebite consiste num processo inflamatório de um segmento de uma veia, geralmente de localização superficial (veia ...
tiens4yourbody.blogspot.com/2010/12/tromboflebite-e-sua-cura-com-sba-tiens.html

*  Pimentas em Conserva | Imaginação Ativa

... uma tromboflebite) de idoso apesar de ainda estar na faixa dos 40, e de parecer ter ao menos uns 50, andei buscando por aí ... Como o homem aqui de casa tem problemas circulatórios (uma tromboflebite) de idoso apesar de ainda estar na faixa dos 40, e de ...
https://imaginacaoativa.wordpress.com/2009/02/11/pimentas-em-conserva/

*  Meias Elásticas de Compressão Medi Elegance (até ao joelho) Classe I

Doença venosa inflamatória (tromboflebite superficial, varicoflebite) sem tendência significativa para edema. *Profilaxia da ...
universosenior.com/products/meias-elasticas-de-compressao-medi-elegance-ate-ao-joelho-classe-i/

*  Tromboflebite - Wikipedia

Em casos raros, a tromboflebite ocorre de formas repetidas e em locais diferentes, sendo conhecida como tromboflebite ... Tromboflebite superficial no caso de se tratar de uma veia superficial, Tromboflebite profunda ou trombose venosa profunda (TVP ... A tromboflebite pode desenvolver-se como complicação de varizes dos membros inferiores e em doenças dos vasos sanguíneos como a ... Tromboflebite superficial: A situação deve ser avaliada por ecodoppler. Como indicado acima, no caso de um quadro clínico grave ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Tromboflebite

*  Tromboflebite - O que é, Sintomas e Tratamentos | Dicas de Saúde

Alem disso, a tromboflebite é a inflamação de uma veia causada por um coágulo sanguíneo. ... Tromboflebite - O que é, Sintomas e Tratamentos que não devemos ignorar. Alem disso, a tromboflebite é a inflamação de uma veia ... O que Causa Tromboflebite: Um coágulo sanguíneo provoca tromboflebite. A inatividade, como ser acamada após trauma ou cirurgia ... Como é Tratada a Tromboflebite: Seu médico pode recomendar que você cuide sua condição em casa se você tiver tromboflebite ...
saudedica.com.br/tromboflebite-o-que-e-sintomas-e-tratamentos/

*  Perlutan ®

Geralmente podem ocorrer no tratamento com contraceptivos hormonais outras reações adversas tais como tromboflebite, trombose ... tromboflebite, trombose, embolia, sangramento genital de causa desconhecida, antecedentes de intolerância associada ao uso de ... tromboflebite superficial; talassemia; anemia falciforme; diabetes sem complicações; cirurgias grandes sem imobilização ...
https://pt.scribd.com/document/28407104/Perlutan

*  Veia - Wikipedia

Doenças mais comuns das veias: Varizes e tromboflebite. As veias pulmonares carregam sangue oxigenado (sangue arterial) dos ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Veia

*  Osteomielite - English

FASE CONGESTIVA:É uma tromboflebite localizada, com hiperemia também localizada, desenvolvimentodo germe e reação de defesa do ... 5. Disseminação para tecidos moles, produzindo tenossinovite, tromboflebite e artrite séptica. 6. Abscesso de BRODIE(fig.), ... é ricamente vascularizada.Trata-se de um processo de tromboflebite intra-óssea.E) EVOLUÇÃO LOCAL:A osteomielite aguda, como ...
https://slideshare.net/BrnaTorres/osteomielite

*  Antônio Branco Lefèvre - Wikipedia

Lefèvre A. B., Zaclis J., Valente M. I. Tromboflebite intracraniana em criança. Confirmação diagnóstica pela sinografia. Arq ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Antônio_Branco_Lefèvre

*  Trombose - Wikipedia

Nesse caso é chamada de tromboflebite superficial ou simplesmente tromboflebite ou flebite. Geralmente, a trombose é causada ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Trombose

*  Centro de Coluna Chapec /SC - Tratamentos - Tratamento P s-Operat rio

Tromboflebite. Coágulos formados e liberados podem ocasionar a interrupção do fluxo sangüíneo de um órgão vital. ...
centrodecoluna.com.br/tratamentos/-tratamento-pos-operatorio

*  Ecodoppler venoso dos membros inferiores - Wikipedia

Lastória, S., Sobreira, M.L. «Tromboflebite superficial: epidemiologia, fisiopatologia, diagnóstico e tratamento» (PDF). ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Ecodoppler_venoso_dos_membros_inferiores

*  Infecções perinatais por estreptococos do grupo B - Wikipedia

Nas parturientes, o S. agalactiae está associado à infecção urinária, tromboflebite séptica e meningite. As infecções que ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Infecções_perinatais_por_estreptococos_do_grupo_B

*  Trombose venosa - Wikipedia

Ecodoppler venoso dos membros inferiores Tromboflebite Trombose venosa profunda Trombose de veia porta Trombose. ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Trombose_venosa

*  Pesquisa: Como Usar os Medicamentos | MedicinaNET

t Tromboflebite (raro). t Dano hepático, t Nefrotoxicidade. t Osteopenia (raro), raquitismo (raro), hipocalcemia. Interações de ...
medicinanet.com.br/pesquisas/como_usar_os_medicamentos.htm

*  PROGRAMAS DE RESIDÊNCIA MÉDICA DO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO - PDF

Flebite ou Tromboflebite. Conceito: Doenças Vasculares Tromboflebiteé uma afecção na qual se forma um coágulo numa veia, em ...
docplayer.com.br/2805169-Programas-de-residencia-medica-do-hospital-universitario.html

*  Assine e coloque seu número de inscrição no quadro abaixo. Preencha, com traços firmes, o espaço reservado a cada opção na...

Flebite ou Tromboflebite. Conceito: Doenças Vasculares Tromboflebiteé uma afecção na qual se forma um coágulo numa veia, em ...
docplayer.com.br/8206085-Assine-e-coloque-seu-numero-de-inscricao-no-quadro-abaixo-preencha-com-tracos-firmes-o-espaco-reservado-a-cada-opcao-na-folha-de-resposta.html

*  O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE PÉ DIABÉTICO - PDF

Flebite ou Tromboflebite. Conceito: Doenças Vasculares Tromboflebiteé uma afecção na qual se forma um coágulo numa veia, em ...
docplayer.com.br/5824789-O-que-voce-deve-saber-sobre-pe-diabetico.html

*  AVALIAÇÃO DA DOENÇA CAROTÍDEA EM PACIENTES COM DOENÇA ARTERIAL PERIFÉRICA - PDF

Flebite ou Tromboflebite. Conceito: Doenças Vasculares Tromboflebiteé uma afecção na qual se forma um coágulo numa veia, em ...
docplayer.com.br/1592102-Avaliacao-da-doenca-carotidea-em-pacientes-com-doenca-arterial-periferica.html

*  Maria da Conceição Muniz Ribeiro - PDF

Flebite ou Tromboflebite. Conceito: Doenças Vasculares Tromboflebiteé uma afecção na qual se forma um coágulo numa veia, em ...
docplayer.com.br/12430400-Maria-da-conceicao-muniz-ribeiro.html

*  Escleroterapia - Wikipédia, a enciclopédia livre

Tromboflebite superficial ou profunda, por vezes com embolia pulmonar, quando são usados produtos mais potentes ... Tromboflebite - Doença de Paget-Schroetter - Varizes - Hemorroidas - Varizes esofágicas - Varicocele - Varizes gástricas - ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Telangiectasia

*  Trombose venosa profunda - Wikipedia

Trombose venosa Tromboflebite Tromboembolismo pulmonar. ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Trombose_venosa_profunda

*  Variz - Wikipedia

Por sua vez a drenagem muito lenta vai favorecer a coagulação do sangue dentro das veias ectásicas (tromboflebite ou ... E foi o primeiro a relatar a esclerose de uma veia varicosa, provavelmente após uma tromboflebite. Um conhecimento ... também chamado tromboflebite), nem com a presença de telangiectasias ou varicose reticular (também chamados derrames). Esta ... Sobrecarga do sistema venoso superficial secundária a um tromboflebite profunda, Fístulas artério-venosas ou Forçagem valvular ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Variz

Flegmasia: Flegmasia é o termo habitualmente usado para descrever o importante edema e dor nos membros inferiores em casos de tromboses venosas profundas que atingem as veias ilíacas e mesmo a veia cava inferior.Fusobacterium necrophorum: O Fusobacterium necrophorum é um bacilo gram-negativo, anaeróbio, comensal da flora oral, gastrointestinal e genital, é o agente causador mais frequentemente na Síndrome de Lemierre implicado em quase 81% dos casos, embora outras espécies de Fusobacterium ou mesmo outros gram-negativos possam estar envolvidos.Flebite: #REDIRECIONAMENTO TromboflebiteVeia: No sistema circulatório, uma veia é um vaso sanguíneo que leva o sangue em direção ao coração. Os vasos que carregam sangue para fora do coração são conhecidos como artérias.Angiografia pulmonar: Angiografia pulmonar (ou arteriografia pulmonar) é um procedimento medico cardiológico. Neste procedimento é utilizado raios-x sobre os vasos sanguíneos pulmonares para detectar malformações arteriovenosas.Ecodoppler venoso dos membros inferioresFlebografiaEstanozololVeia femoral: No corpo humano, a veia femoral é um vaso sanguíneo que acompanha a artéria femoral. Ela inicia no canal adutor (também conhecido como canal de Hunter) e é uma continuação da veia poplítea.Veia cubital mediana: Veia cubital mediana (ou veia basílica mediana), na anatomia humana, é uma veia superficial do membro superior. Ela conecta a veia basílica e a veia cefálica e freqüentemente é utilizada para punção venosa (retirar sangue).Trombo: Trombo é uma coagulação de sangue no interior do vaso sanguíneo. Ocorre pela agregação plaquetária, diferente do coágulo, que ocorre pela formação de polímeros de fibrinogênio (fibrina).Terapia intravenosaAnticoagulante: Os anticoagulantes são os fármacos usados para prevenir a formação de trombos sanguíneos. O sangue fora das veias sofre um processo chamado de coagulação, no qual aglomera os elementos figurados (sólidos) para impedir o vazamento do mesmo.SepseBacitracina: Bacitracina é um fármaco de utilização tópica com ação antibiótica.P.


venosa profunda


  • Já flebotrombose, seria secundária a um processo vascular, tal qual estase, aumento da coagulação e outras doenças vasculares Tromboflebite superficial no caso de se tratar de uma veia superficial, Tromboflebite profunda ou trombose venosa profunda (TVP) se a/as veias atingidas são veias profundas. (wikipedia.org)
  • A tromboflebite afeta as veias superficiais e é uma condição diferente da trombose venosa profunda (TVP). (saudedica.com.br)

venoso dos membros inferiores


  • Em presença de um paciente com sinais e sintomas sugestivos de tromboflebite deve ser efectuado em urgência um ecodoppler venoso dos membros inferiores. (wikipedia.org)

superficial


  • Tromboflebite superficial: existe uma tumefacção e vermelhidão marcadas ao longo do segmento de veia atingido, que é extremamante doloroso à palpação. (wikipedia.org)
  • As complicações podem ser graves se a tromboflebite superficial progredir para o sistema venoso profundo através das veias perfurantes ou das crossas das safenas. (wikipedia.org)
  • Tromboflebite superficial: A situação deve ser avaliada por ecodoppler. (wikipedia.org)
  • Dependendo da extensão da tromboflebite superficial podem ser utilizados anticoagulantes ou não. (wikipedia.org)
  • Sobreira, M.L. «Tromboflebite superficial» (PDF). (wikipedia.org)
  • Seu médico pode recomendar que você cuide sua condição em casa se você tiver tromboflebite superficial. (saudedica.com.br)
  • Seu médico pode precisar remover a veia se a pessoa com tromboflebite superficial se tornar permanentemente feia ou dolorosa, ou se você tem essa condição na mesma veia mais de uma vez. (saudedica.com.br)
  • Os pacientes com tromboflebite superficial geralmente não precisam de diluentes de sangue. (saudedica.com.br)
  • A tromboflebite consiste num processo inflamatório de um segmento de uma veia , geralmente de localização superficial (veia superficial), juntamente com formação de coágulos na zona afectada. (blogspot.com)
  • Nesse caso é chamada de tromboflebite superficial ou simplesmente tromboflebite ou flebite. (wikipedia.org)

veias


  • A tromboflebite pode ocorrer em veias perto da superfície da sua pele ou mais profunda, entre as camadas musculares. (saudedica.com.br)
  • Doenças mais comuns das veias: Varizes e tromboflebite. (wikipedia.org)

flebite


  • A tromboflebite, também chamada flebotrombose ou simplesmente flebite consiste na oclusão de um segmento ou da totalidade de uma veia decorrente da formação de um coágulo (trombo). (wikipedia.org)
  • As principais contra-indicações para o uso do produto são doenças do coração e do aparelho circulatório, antecedentes de flebite, tromboflebite, trombose, embolia, sangramento genital de causa desconhecida, antecedentes de intolerância associada ao uso de outros contraceptivos hormonais (comumente chamados 'pílulas'), gravidez e suspeita de gravidez. (scribd.com)

veia


  • Alem disso, a tromboflebite é a inflamação de uma veia causada por um coágulo sanguíneo. (saudedica.com.br)
  • Os sintomas da tromboflebite incluem inchaço, vermelhidão e sensibilidade sobre a veia afetada. (saudedica.com.br)

outras


  • Esta condição geralmente ocorre em suas pernas, mas é possível desenvolver tromboflebite em outras partes do seu corpo. (saudedica.com.br)

sintomas


  • Os sintomas da tromboflebite dependem em parte do tipo que você tem. (saudedica.com.br)

ocorre


  • Em casos raros, a tromboflebite ocorre de formas repetidas e em locais diferentes, sendo conhecida como tromboflebite migratória como acontece na doença de Buerger e nos casos de cancro, o chamado sinal de Trousseau de malignidade, que pode ser a primeira manifestação de um cancro, principalmente do pulmão e pâncreas, que são associados com estados de hipercoagulabilidade. (wikipedia.org)

aumento


  • Tromboflebite profunda: existe aumento de volume do membro afectado (edema), com dor, secundária à dificuldade ou impossibilidade de drenagem venosa, aumento da pressão venosa e passagem de água para o tecido intersticial. (wikipedia.org)