Centros de Traumatologia: Instalações hospitalares especializadas que fornecem diagnóstico e serviços terapêuticos para pacientes traumatizados.Traumatismo Múltiplo: Múltiplos traumatismos ou danos físicos que ocorrem simultaneamente.Índices de Gravidade do Trauma: Sistemas para avaliar, classificar e codificar lesões. Esses sistemas são utilizados em registros médicos, sistemas de vigilância e registros estaduais e nacionais para ajudar na coleta e relato do trauma.Ferimentos não Penetrantes: Ferimentos causados por impacto com um objeto cego, em que não há penetração da pele.Traumatismos Craniocerebrais: Lesões traumáticas envolvendo o crânio e estruturas intracranianas (i. é, CÉREBRO; NERVOS CRANIANOS; MENINGES e outras estruturas). As lesões podem ser classificadas de acordo com o crânio ser penetrado ou não (i. é, penetrante vs. não penetrante), ou se houver hemorragia associada.Escala de Gravidade do Ferimento: Escala de severidade anatômica, baseada na Escala Resumida de Ferimentos (EAF/AIS) e desenvolvida especificamente para escores de ferimentos traumáticos múltiplos. Tem sido usada como um preditor de mortalidade.Traumatologia: Especialidade médica que se ocupa dos FERIMENTOS E LESÕES, assim como das incapacidades e transtornos resultantes de traumas físicos.Ferimentos Penetrantes: Ferimentos causados por objetos que penetram na pele.Transtornos de Estresse Pós-Traumáticos: Classe de transtornos de estresse traumático com sintomas que perduram por mais de um mês. Há várias formas de transtornos de estresse pós-traumático, dependendo do tempo de início e a duração destes sintomas estressantes. Na forma aguda, a duração dos sintomas está entre 1 a 3 meses. Na forma crônica, os sintomas persistem por mais de 3 meses. Com o início tardio, os sintomas se desenvolvem mais que 6 meses após o evento traumático.Acidentes de Trânsito: Acidentes em ruas, estradas e rodovias envolvendo condutores, passageiros, pedestres ou veículos. Estes acidentes referem-se a AUTOMÓVEIS (carros para passageiros, ônibus e caminhões), BICICLETAS e MOTOCICLETAS, mas não VEÍCULOS RECREACIONAIS A MOTOR, FERROVIAS nem veículos para neve.Traumatismos Oculares: Dano ou trauma causado no olho por instrumentos externos. O conceito inclui ambas as lesões de superfície e lesões intraoculares.Ferimentos por Arma de Fogo: Rompimento da continuidade estrutural do corpo como resultado da descarga de armas de fogo.Ferimentos Perfurantes: Ferimentos penetrantes causados por um objeto pontiagudo.Traumatismos da Coluna Vertebral: Traumatismos envolvendo a coluna vertebral.Traumatismos Cardíacos: Traumatismos gerais ou inespecíficos do coração.Lesões do Pescoço: Traumatismos gerais ou inespecíficos do pescoço. Estão incluídos traumatismos da pele, músculos e outros tecidos moles do pescoço.Traumatismos Faciais: Lesões gerais ou inespecíficas aos tecidos macios ou porções ósseas da face.Traumatismos Cranianos Fechados: Lesões traumáticas do crânio, cuja integridade não é comprometida e nenhum fragmento ósseo ou outros objetos penetram o cérebro ou a dura-mater. Frequentemente, resulta em lesão mecânica sendo transmitida às estruturas intracranianas que podem produzir lesões cerebrais traumáticas, hemorragias ou lesões dos nervos cranianos. (Tradução livre do original: Rowland, Merritt's Textbook of Neurology, 9th ed, p417)Fraturas Cranianas: Fraturas do crânio que podem resultar de traumatismos penetrantes ou não penetrantes ou, raramente, de DOENÇAS ÓSSEAS (ver também FRATURAS ESPONTÂNEAS). As fraturas do crânio podem ser classificadas por localização (ex., FRATURA DO CRÂNIO BASILAR), aparência radiográfica (ex., linear) ou baseadas na integridade craniana (ex., FRATURA DO CRÂNIO COM AFUNDAMENTO).Traumatismos Dentários: Os danos traumáticos ou de outro tipo que afetam os dentes, incluindo fraturas (FRATURAS DENTÁRIAS) ou luxações (LUXAÇÕES DENTÁRIAS).Serviços Médicos de Emergência: Serviços especialmente preparados (recursos humanos e equipamento) para prestar cuidados de emergência a pacientes.Traumatismos Encefálicos: Lesões agudas e crônicas (ver também LESÃO ENCEFÁLICA) ao encéfalo, incluindo os hemisférios cerebrais, CEREBELO e TRONCO CEREBRAL. As manifestações clínicas dependem da natureza da lesão. O trauma difuso ao encéfalo é frequentemente associado com LESÃO AXONAL DIFUSA ou COMA PÓS-TRAUMÁTICO. As lesões localizadas podem estar associadas com MANIFESTAÇÕES NEUROCOMPORTAMENTAIS; HEMIPARESIA ou outras deficiências neurológicas focais.Acontecimentos que Mudam a Vida: Os eventos, incluindo os sociais, os psicológicos e os ambientais, que exigem um ajustamento do indivíduo ou causam uma mudança no seu padrão de vida.Escala de Coma de Glasgow: Escala que avalia a resposta aos estímulos em pacientes com lesões craniocerebrais. Os parâmetros são abertura dos olhos, resposta motora e resposta verbal.Resgate Aéreo: Aviões ou helicópteros equipados para transporte aéreo de pacientes.Estudos Retrospectivos: Estudos nos quais os dados coletados se referem a eventos do passado.Traumatismos Maxilofaciais: Traumatismos gerais ou inespecíficos envolvendo a face e mandíbula (tanto superior, inferior ou ambas).Ressuscitação: A restauração à vida ou consciência de alguém aparentemente morto; inclui medidas tais como respiração artificial e massagem cardíaca. (Dorland, 28a ed)Maus-Tratos Infantis: Abuso de crianças na família ou demais instituições.Fraturas das CostelasChoque Hemorrágico: Hemorragia aguda ou perda excessiva de líquido resultando em HIPOVOLEMIA.Triagem: A separação e classificação de pacientes ou casualidades para determinar prioridade de necessidades e tratamento em local apropriado (MeSH/NLM). Seleção e classificação de vítimas através da aplicação de critérios que determinam sua probabilidade de sobrevivência (Material IV - Glosario de Protección Civil, OPAS, 1992)Cuidados de Suporte Avançado de Vida no Trauma: Cuidados iniciais básicos de suporte à vida em pacientes seriamente feridos.Serviço Hospitalar de Emergência: Serviços hospitalares especificamente designados, equipados e dotados de pessoal para atendimento de emergência.Lesões dos Tecidos Moles: Lesões de outros tecidos que não sejam ossos. O conceito é normalmente geral e não se refere normalmente a vísceras ou órgãos internos. O significado completo se refere a regiões ou órgãos em que os tecidos moles (músculos, gordura, pele) devem ser diferenciados de ossos ou tecidos ósseos, como "lesões dos tecidos moles da mão".Medicina de Emergência: Ramo da medicina envolvido com a avaliação e tratamento inicial de problemas médicos de urgência e emergência, como os causados por acidentes, traumas, doenças súbitas, envenenamentos ou desastres. A assistência médica de emergência pode ser fornecida em hospital ou em locais fora de instalações médicas.Fraturas Ósseas: Fraturas em ossos.Ruptura: Fratura ou rompimento traumático ou forçoso de um órgão ou outra parte macia do corpo.Adultos Sobreviventes de Maus-Tratos Infantis: Pessoas que quando crianças foram vítimas de violência e abuso, inclusive mau-trato físico, sexual ou emocional.Acidentes: Evento não planejado, não necessariamente causador de lesões ou danos, que interrompe uma atividade, invariavelmente insegura ou pela combinação de ato e/ou condições inseguras.Transtornos Dissociativos: Alterações repentinas e temporárias das funções normalmente integradoras da consciência.Queimaduras: Traumatismos aos tecidos causados pelo contato com calor, fumaça, agentes químicos (QUEIMADURAS POR AGENTES QUÍMICOS), eletricidade (QUEIMADURAS POR CORRENTE ELÉTRICA), ou similares.Contusões: Lesões que resultam em hemorragias, geralmente manifestadas na pele.Transtornos da Coagulação Sanguínea: Transtornos trombóticos e hemorrágicos que ocorrem como consequência de anormalidades da coagulação sanguinea, devido a uma variedade de fatores, como TRANSTORNOS DE PROTEÍNAS DE COAGULAÇÃO, TRANSTORNOS PLAQUETÁRIOS, TRANSTORNOS DAS PROTEÍNAS SANGUÍNEAS ou condições nutricionais.Lacerações: Ferimentos dilacerados.Escala Resumida de Ferimentos: Sistema de classificação para avaliar o impacto da severidade dos ferimentos, desenvolvido e publicado pela Associação Americana de Medicina Automotiva. É o sistema de escolha para codificar ferimentos únicos e é a base para métodos de avaliação de ferimentos múltiplos ou para avaliação dos efeitos cumulativos de mais de um ferimento. Estes incluem ERL Máximo (ERLM/MAIS), Escore da Severidade do Ferimento (ESF/ISS) e Escore da Probabilidade de Morte (EPM/PODS).Estudos Prospectivos: Estudos planejados para a observação de eventos que ainda não ocorreram.Lesões do Sistema Vascular: Danos aos vasos sanguíneos casusados por laceração, contusão, perfuração ou esmagamento e outros tipos de lesões. Os sintomas variam de acordo com o local e modo das lesões e podem incluir sangramento, escurecimento, inchaço, dor e dormência. Não inclui lesões secundárias a funções patológicas ou doenças como ATEROSCLEROSE.Guerra: Conflito hostil entre grupos organizados de pessoas.Traumatismos da Perna: Traumatismos gerais ou inespecíficos envolvendo a perna.Traumatismos do Sistema Nervoso: Lesões traumáticas do cérebro, nervos cranianos, medula espinhal, sistema nervoso autônomo ou sistema neuromuscular, incluindo lesões iatrogênicas induzidas por procedimentos cirúrgicos.Resultado do Tratamento: Estudos conduzidos com o fito de avaliar as consequências da gestão e dos procedimentos utilizados no combate à doença de forma a determinar a eficácia, efetividade, segurança, exequibilidade dessas intervenções.Hemorragia: Sangramento ou escape de sangue [a partir] de um vaso.Acidentes por Quedas: Quedas devido a escorregões ou tropeços que podem resultar em lesão.Tratamento de Emergência: Primeiros socorros ou outras intervenções imediatas para acidentes ou condições médicas que requerem cuidado imediato e tratamento antes de um tratamento médico e cirúrgico supervisionado e definitivo ser procurado.Violência: Comportamento agressivo individual ou grupal que não é aceitável socialmente, turbulento e muitas vezes destrutivo. Ele é precipitado por frustrações, hostilidade, preconceito, etc.Avulsão Dentária: Deslocamento parcial ou completo de um dente de seu suporte alveolar. É frequentemente o resultado de trauma. (Tradução livre do original: Boucher's Clinical Dental Terminology, 4th ed, p312)Fatores de Tempo: Elementos de intervalos de tempo limitados, contribuindo para resultados ou situações particulares.Transporte de Pacientes: Transporte de indivíduos doentes ou lesados de um lugar a outro.Laparotomia: Incisão lateral no abdome entre as costelas e a pelve.Ortopedia: Especialidade cirúrgica que utiliza métodos médicos, cirúrgicos e físicos para tratar e corrigir deformidades, doenças e lesões no sistema esquelético, em suas articulações e estruturas associadas.Insuficiência de Múltiplos Órgãos: Afecção progressiva normalmente caracterizada por insuficiência combinada de vários órgãos, como os pulmões, fígado, rim, simultaneamente com alguns mecanismos de coagulação, normalmente pós-lesão ou pós-operatório.Vértebras Cervicais: As primeiras sete vértebras da COLUNA VERTEBRAL, correspondendo às vértebras do PESCOÇO.Primeiros Socorros: Medidas específicas de socorro imediato a uma vítima, desenvolvidas por pessoal adestrado, enquanto se aguarda a chegada do médico ou equipe especializada que a conduza ao hospital. (Material III - Ministério da Ação Social, Brasília, 1992)Períneo: Região do corpo que existe entre a área genital e o ÂNUS na superfície do tronco e até o compartimento superficial que se aprofunda nesta área que é inferior ao DIAFRAGMA PÉLVICO. Na mulher, compreende a região entre a VULVA e o ânus e no homem, entre o ESCROTO e o ânus.Traumatismo Cerebrovascular: Lesões traumáticas penetrantes e não penetrantes em um vaso sanguíneo intra ou extracraniano, que abastece o encéfalo. Estão incluídas as ARTÉRIAS CARÓTIDAS, ARTÉRIAS VERTEBRAIS, ARTÉRIAS MENÍNGEAS, ARTÉRIAS CEREBRAIS, veias e seios venosos.Delitos Sexuais: Qualquer violação dos códigos legais ou morais estabelecidos a respeito do comportamento sexual.Ossos Pélvicos: Conjunto dos ossos que constituem cada metade da cintura pélvica em VERTEBRADOS, formados pela fusão do ÍLEO, ÍSQUIO e OSSO PÚBICO.Transtornos Traumáticos Cumulativos: Transtornos dolorosos e prejudiciais causados pelo uso excessivo ou atividade excessiva de alguma parte do sistema musculoesquelético, geralmente resultante de atividades físicas relacionadas ao trabalho. Caracterizam-se por inflamação, dor ou disfunção de articulações, ossos, ligamentos e nervos envolvidos.Auxiliares de Emergência: Pessoal paramédico treinado para prover cuidados básicos de socorro e manutenção da vida sob a supervisão de médicos e/ou enfermeiras. Estes cuidados podem ser prestados no local da ocorrência, na ambulância ou em uma instituição de saúde.Fraturas Mandibulares: Fraturas da mandíbula inferior.Fatores de Risco: Aspecto do comportamento individual ou do estilo de vida, exposição ambiental ou características hereditárias ou congênitas que, segundo evidência epidemiológica, está sabidamente associado a uma condição relacionada com a saúde considerada importante de ser prevenida.Hemoperitônio: Acúmulos de sangue na CAVIDADE PERITONEAL devido a HEMORRAGIA interna.Traumatismos da Medula Espinal: Lesões penetrantes e não penetrantes da medula espinal resultantes de forças externas traumáticas (ex., FERIMENTOS POR ARMAS DE FOGO, TRAUMATISMOS EM CHICOTADAS, etc.).Emergências: Situações ou condições que requerem intervenção imediata para evitar resultados adversos sérios.Traumatismos por Explosões: Lesões que ocorrem quando uma pessoa é atingida por partículas projetadas com força violenta provenientes de explosão. A explosão causa concussão e hemorragia pulmonar, laceração de outras vísceras torácicas e abdominais, ruptura dos tímpanos e efeitos menores no sistema nervoso central. (Tradução livre do original: Dorland, 28th ed)Síndrome do Bebê Sacudido: Lesões cerebrais resultantes de agitações vigorosas de um lactente ou criança jovem segurada pelo tórax, ombros ou extremidades que causam aceleração craniana extrema. É caracterizada por hemorragias intracranianas e intraoculares sem trauma externo evidente. Casos graves podem resultar em morte.Abuso Sexual na Infância: Abuso sexual de crianças ou menores.Fraturas dos Dentes: A quebra ou ruptura de um dente ou raiz dentária.Fraturas Maxilares: Fraturas do maxilar superior.Cuidados para Prolongar a Vida: Assistência prestada a pacientes que requerem medidas terapêuticas excepcionais para a manutenção e prolongamento de suas vidas.Incidentes com Feridos em Massa: Eventos que desarmam os recursos de HOSPITAIS locais e provedores de saúde. Podem impor uma demanda contínua aos SERVIÇOS DE SAÚDE em vez de desastres habituais pequenos e intensos como desastres em escalas menores.Fraturas do Fêmur: Fraturas do fêmur.Choque: Afecção manifestada por falha na perfusão ou oxigenação de órgãos vitais.Procedimentos Ortopédicos: Procedimentos utilizados para tratar e corrigir deformidades, doenças e lesões do SISTEMA MUSCULOSQUELÉTICO, articulações e estruturas associadas.Hematoma: Acúmulo de sangue fora dos VASOS SANGUÍNEOS. O hematoma pode estar localizado em um órgão, espaço ou tecido.Ambulâncias: Veículo equipado para transportar os pacientes que necessitam de cuidados de emergência.Sistema Musculoesquelético: Os MÚSCULOS, ossos (OSSO E OSSOS) e cartilagens (CARTILAGEM) do corpo.Distúrbios de Guerra: Reações neuróticas a um estresse militar inusual, grave ou assolador.Traumatismos do Nascimento: Trauma anóxico ou mecânico, provocado no recém-nascido durante o trabalho de parto ou nascimento.Tromboelastografia: Uso de um tromboelastógrafo, que fornece um registro gráfico contínuo da forma física de um coágulo durante a formação de fibrina e subsequente lise.Cirurgia Geral: Especialidade em que procedimentos manuais ou cirúrgicos são usados no tratamento de doenças, lesões, ou deformidades.Traumatismos em Atletas: Traumatismos que ocorrem durante a participação em esportes competitivos ou não competitivos.Fraturas Orbitárias: Fraturas dos ossos da órbita, que incluem partes dos ossos frontal, etmoidal, lacrimal e esfenoide no maxilar e zigoma.Medicina Militar: A arte e a ciência da medicina, que inclui, em particular, cuidados críticos, cirurgia de emergência e traumatologia aplicadas em situações de feridos em massa, condições nas frentes de batalha e no atendimento às necessidades dos soldados.Tempo de Internação: Período que um paciente permanece confinado em um hospital ou outra instituição de saúde.Transfusão de Sangue: A introdução de sangue total ou componente de sangue diretamente dentro da corrente sanguínea. (Dorland, 28a ed)Toracotomia: Incisão cirúrgica na parede do tórax.Técnicas Hemostáticas: Técnicas para controle de sangramento.Procedimentos Cirúrgicos Operatórios: Operações conduzidas para correção de deformidades e defeitos, reparos de lesões e diagnóstico e cura de certas doenças.Hérnia Diafragmática Traumática: Tipo de HÉRNIA DIAFRAGMÁTICA causada por TRAUMA ou lesão, normalmente no ABDOME.Militares: Pessoas (incluindo soldados) envolvidas com as forças armadas.Corpos Estranhos no Olho: Objetos inanimados que ficam retidos no olho.Mortalidade Hospitalar: Registro ou coleta de dados referentes à mortalidade por quaisquer causas em grupos de indivíduos hospitalizados.Hemotórax: Hemorragia dentro da cavidade pleural.TurquiaEstupro: Intercurso sexual ilegal sem o consentimento da vítima.Seguimentos: Estudos nos quais indivíduos ou populações são seguidos para avaliar o resultado de exposições, procedimentos ou efeitos de uma característica, por exemplo, ocorrência de doença.Unidades de Terapia Intensiva: Unidades hospitalares que proveem assistência intensiva e contínua a pacientes em estado grave.Hidratação: Terapia cujo objetivo básico é restaurar o volume e a composição dos líquidos corporais aos níveis normais, relacionados ao EQUILÍBRIO HIDROELETROLÍTICO. Os líquidos podem ser administrados por via intravenosa, oral, gavagem intermitente ou por HIPODERMÓCLISE.Tortura: Qualquer ato pelo qual são infligidos dor e sofrimento físico e mental a uma pessoa, para se obter uma confissão ou uma informação, para punir um ato cometido por ela ou por alguma outra suspeita, para intimidar, degradar ou exercer pressão; ou por qualquer motivo discriminatório, quando essa dor e esse sofrimento são infligidos por um servidor público a alguma outra pessoa em nome de um oficial, com ou sem o consentimento deste - Convenção contra a Tortura das Nações Unidas, 1984. A Anistia Internacional é a principal organização que atua contra a tortura.Traumatismos em Chicotada: Lesão de hiperextensão do pescoço, geralmente como resultado de ter sido atingido por trás por um veículo em alta velocidade, em um acidente automobilístico. (Tradução livre do original: Segen, The Dictionary of Modern Medicine, 1992)Epilepsia Pós-Traumática: Ataques recidivos de causa relacionada a TRAUMA CRANIOCEREBRAL. O início dos ataques pode ser imediato, porém tipicamente ocorre vários dias após a lesão, podendo não ocorrer por até dois anos. A maioria dos ataques tem um início focal que se correlaciona clinicamente com o local do traumatismo cerebral. As lesões do córtex cerebral causadas por objeto estranho penetrante (trauma craniocerebral penetrante) são mais prováveis de serem associadas com epilepsia que os TRAUMATISMOS CRANIANOS FECHADOS. As convulsões concussivas são fenômenos não epilépticos que ocorrem imediatamente após um traumatismo craniano e são caracterizadas por movimentos tônicos e clônicos. (Tradução livre do original: Rev Neurol 1998 Feb;26(150):256-261; Sports Med 1998 Feb;25(2):131-6)Sistema de Registros: Sistemas e processos relativos ao estabelecimento, manutenção, administração e operação de registros e cadastros como por exemplo, registros de doenças.Exsanguinação: Perda rápida e extrema de sangue que leva a um CHOQUE HEMORRÁGICO.Fixação de Fratura: Utilização de dispositivos metálicos dentro ou através do osso para sustentar uma fratura em uma posição assentada e alinhada enquanto o osso cicatriza.Questionários: Conjunto de perguntas previamente preparadas utilizado para a compilação de dados.Complicações Pós-Operatórias: Processos patológicos que afetam pacientes após um procedimento cirúrgico. Podem ou não estar relacionados à doença pela qual a cirurgia foi realizada, podendo ser ou não resultado direto da cirurgia.Resiliência Psicológica: Habilidade humana de se adaptar diante de tragédias, traumas, adversidades, privações e de fatores estressantes significativos e corriqueiros da vida.Balística Forense: A ciência do estudo de projéteis em movimento, a balística, sendo aplicada à lei. Balística em projéteis de armas de fogo, tais como balas, incluem o estudo do que acontece dentro da arma, durante a trajetória do projétil e quando o projétil atinge o alvo, como o tecido corporal.Cuidados Críticos: Tratamento de saúde prestado a pacientes em estado crítico.Índice de Gravidade de Doença: Níveis dentro de um grupo de diagnósticos estabelecidos por vários critérios de medição aplicados à gravidade do transtorno de um paciente.Infecção dos Ferimentos: A invasão do local de trauma por microrganismos patogênicos.Hospitais Militares: Hospitais que prestam assistência a pessoal militar e usualmente a seus dependentes.Toracostomia: Procedimento cirúrgico que envolve a criação de uma abertura (estoma) na cavidade peitoral para drenagem. Usado no tratamento da DERRAME PLEURAL, PNEUMOTÓRAX, HEMOTÓRAX e EMPIEMA.Estados UnidosFraturas da Coluna Vertebral: Ossos quebrados na coluna vertebral.Motocicletas: Veículos a motor dirigíveis com duas rodas.LuxaçõesTransfusão de Componentes Sanguíneos: Transferência dos componentes sanguíneos (como eritrócitos, leucócitos, plaquetas e plasma) de um doador para um receptor (ou de volta ao próprio doador). Difere dos procedimentos realizados na PLASMAFERESE e em alguns tipos de CITAFERESE (PLAQUETOFERESE e LEUCAFERESE), pois após a remoção do plasma ou de componentes celulares específicos, o restante é transfundido de volta ao doador.Refugiados: Migrantes involuntários, vítimas de condições políticas, guerras ou catástrofes naturais. (Tradução livre do original: Popline, 2002)Intubação Intratraqueal: Procedimento que envolve a colocação de um tubo na traqueia através da boca ou do nariz a fim de proporcionar oxigénio e anestesia ao paciente.Patologia Legal: Aplicação da patologia para as dúvidas da lei.IraqueEstresse Psicológico: Quadro mórbido característico, de natureza basicamente psíquica, onde inexistem causas orgânicas capazes de serem evidenciadas pelos meios usuais de exame médico, que aparece em condições especiais, de trabalho ou de guerra. Apresenta quadro predominante psíquico acompanhado de repercussões orgânicas. A sintomatologia é múltipla e polimorfa com cefaleias, tonturas, anorexia, tremores de extremidades, adinamia, dificuldades de concentração, crises de choro.Terrorismo: Uso ou ameaça da força ou a violência contra pessoas ou propriedades, com violação das leis criminais, com propósitos de intimidação, coerção ou resgate, em apoio de objetivos políticos ou sociais.Terapia Intensiva: Cuidado avançado e altamente especializado prestado a pacientes clínicos ou cirúrgicos, cujas condições ameaçam a vida e requerem amplos cuidados e constante monitorização. É geralmente administrado em unidades especialmente equipadas de instituições de cuidados de saúde.Traumatismos da Mão: Traumatismos gerais ou inespecíficos da mão.Fraturas da TíbiaEquipe de Respostas Rápidas de Hospitais: Equipe multidisciplinar mais frequentemente composta por pessoal treinado em UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana para avaliação de pacientes que desenvolvem sinais ou sintomas de decadência clínica grave.Estado Terminal: Doença ou estado no qual a morte é possível ou iminente.Programas Médicos Regionais: Coordenação das atividades e programas de diferentes instituições de assistência à saúde para uma determinada área geográfica visando a melhoria da qualidade e da prestação dos cuidados de saúde.Transferência de Pacientes: Transferência de pacientes interinstalação ou intra-hospitalar. A transferência intra-hospitalar é geralmente para obter um tipo específico de cuidado e a transferência interinstalação geralmente é por razões econômicas, ou pelas características do cuidado fornecido.Incidência: Número de casos novos de doenças ou agravos numa determinada população e período.Imobilização: Restrição do MOVIMENTO do corpo ou partes do corpo por meios físicos (RESTRIÇÃO FÍSICA), ou quimicamente por ANALGESIA ou uso de TRANQUILIZANTES ou AGENTES NÃO DESPOLARIZANTES NEUROMUSCULARES. Inclui protocolos experimentais usados para avaliar os efeitos fisiológicos de imobilidade.Admissão do Paciente: Processo de admissão de pacientes que inclui a aceitação de pacientes para assistência médica ou de enfermagem em um hospital ou outra instituição de saúde.Fixação Interna de Fraturas: Utilização de dispositivos internos (placas metálicas, pregos, hastes, etc.) para sustentar a posição de uma fratura no alinhamento apropriado.Órbita: Cavidade óssea que segura o globo ocular e seus tecidos associados e apêndices.Esplenectomia: Procedimento cirúrgico que envolve a extirpação parcial ou inteira do baço.Hemorragia Cerebral Traumática: Sangramento em um ou ambos os HEMISFÉRIOS CEREBRAIS devido a TRAUMA. A hemorragia pode envolver qualquer parte do CÓRTEX CEREBRAL e os GÂNGLIOS DA BASE. Dependendo da gravidade da hemorragia, entre as características clínicas podemos incluir CONVULSÕES, AFASIA, TRANSTORNOS VISUAIS, TRANSTORNOS DE MOVIMENTO, PARALISIA e COMA.Vítimas de Crime: Indivíduos sujeitos e desfavoravelmente afetados por atividade criminal.Traumatismos Cranianos Penetrantes: Traumatismos cranianos caracterizados por comprometimento do crânio e dura mater. Podem resultar de ferimentos por armas de fogo (FERIMENTOS POR ARMAS DE FOGO), ferimentos por facas (FERIMENTOS POR FACAS) e outras formas de trauma.Fatores Etários: Idade como um elemento ou influência que contribui à produção de um resultado. Pode ser aplicável à causa ou efeito de uma circunstância. É usado com os conceitos humano e animal, mas devem ser diferenciados de ENVELHECIMENTO, um processo fisiológico, e FATORES DE TEMPO que se refere somente ao transcurso do tempo.Lavagem Peritoneal: Lavagem externa da cavidade peritoneal. O procedimento é uma técnica diagnóstica, bem como terapêutica, que se segue a um trauma abdominal ou inflamação.Síndromes Compartimentais: Afecções em que o aumento de pressão dentro de um espaço limitado compromete a CIRCULAÇÃO SANGUÍNEA e a função do tecido dentro daquele espaço. Algumas das causas de aumento de pressão são o TRAUMA, vestimentas apertadas, HEMORRAGIA e exercício. Entre as sequelas estão a compressão do nervo (SÍNDROME DE COMPRESSÃO NERVOSA), PARALISIA e CONTRATURA ISQUÊMICA.Hemostáticos: Agentes que agem interrompendo o fluxo sanguíneo. Os hemostáticos absorvíveis interrompem o sangramento formando um coágulo artificial ou provendo uma matriz mecânica que facilita a coagulação, quando aplicados diretamente à superfície da hemorragia. Estes agentes funcionam mais em nível capilar, não sendo efetivos para estancar uma hemorragia arterial ou venosa (sob pressão intravascular significante).Hemorragia Retiniana: Sangramento [a partir] dos vasos da retina.Sepse: Síndrome de resposta inflamatória sistêmica com uma etiologia infecciosa suspeita ou comprovada. Quando a sepse está associada com uma disfunção orgânica distante do local de infecção, é denominada sepse grave. Quando a sepse está acompanhada por HIPOTENSÃO apesar de uma infusão adequada de líquidos, é denominada CHOQUE SÉPTICO.Técnicas de Sutura: Técnicas para juntar as bordas de uma ferida com alças de fio ou materiais semelhantes (SUTURAS).Modelos Animais de Doenças: Doenças animais ocorrendo de maneira natural ou são induzidas experimentalmente com processos patológicos suficientemente semelhantes àqueles de doenças humanas. São utilizados como modelos para o estudo de doenças humanas.Hemopneumotórax: Acúmulo de ar e sangue na cavidade pleural.Desastres: 1) Calamidades que produzem grandes danos, perda de vidas e desgraça. Incluem aquelas que são resultados de fenômenos naturais e de fenômenos originados pelo homem. As condições normais de existência são interrompidas e o nível de impacto supera a capacidade da comunidade afetada. 2) Resultado de eventos adversos, naturais ou provocados pelo homem, sobre um ecossistema vulnerável, causando danos humanos, materiais e ambientais e consequentes prejuízos econômicos e sociais. Os desastres classificam-se quanto à Evolução, Intensidade e Tipologia. Quanto à Evolução, podem ser: Súbitos ou de Evolução Aguda, de Evolução Crônica e Gradual e Por Somação de Efeitos Graduais. A intensidade do desastre é definida, em termos absolutos, a partir da proporção entre necessidade/possibilidade de meios disponíveis na área, para responder ao problema. Dessa forma, caracterizam-se: Acidentes, quando os danos e os prejuízos são de pouca importância; Desastres de Médio Porte, quando solucionados com recursos locais; Desastres de Grande Porte, quando exigem reforço de recursos regionais e algum apoio central; Desastres de Muito Grande Porte, quando exigem a intervenção coordenada dos três níveis do Sistema Nacional de Defesa Civil. Quanto à Tipologia, classificam-se: a) Natural, provocado por fenômenos e desequilíbrios da natureza e gerados por fatores de origem externa que atuam independentemente das ações humanas; b) Humano, provocado pelas ações ou omissões do homem, de origem interna, enquanto resultante da atividade humana, provocadora de desajustes políticos ou sociais, de desequilíbrios ambientais ou da redução de padrões de segurança coletiva; c) Misto, quando as ações ou omissões humanas contribuem para intensificar ou complicar os efeitos dos desastres naturais (Material III - Ministério da Ação Social, Brasília, 1992)Equipe de Assistência ao Paciente: Cuidados prestados a pacientes por uma equipe multidisciplinar comumente organizada sob a direção de um médico; cada membro da equipe tem responsabilidades específicas e toda a equipe contribui para a assistência ao paciente.Escalas de Graduação Psiquiátrica: Procedimentos padronizados baseados em escalas de avaliação ou roteiros de entrevistas conduzidos por profissionais da saúde para a avaliação do grau de doença mental.Modelos Logísticos: Modelos estatísticos de risco de um indivíduo (probabilidade de contrair uma doença) em função de um dado de fator de risco. O modelo logístico é um modelo linear para a logística (logaritmo natural dos fatores de risco) da doença como função de um fator quantitativo e é matematicamente equivalente ao modelo logístico.Holocausto: Massacre em massa, principalmente o extermínio em massa de judeus europeus, nos campos de concentração nazistas, antes e durante a 2a Guerra Mundial.Ataques Terroristas de 11 de Setembro: Terrorismo no 11 de setembro de 2001 contra alvos em Nova York, o Pentágono na Virgínia e um ataque abortado que terminou na Pensilvânia.Terremotos: 1) Deslizamentos repentinos em uma falha (geológica) e o tremor de terra e radiação da energia sísmica resultantes causados pelos deslizamentos, ou por atividade vulcânica ou magmática, ou outras alterações perturbadoras repentinas na TERRA (PLANETA). Falhas são fraturas ao longo das quais os blocos de crosta terrestres em ambos os lados se moveram relativamente uma sobre a outra em paralelo com a fratura. 2) Repentino deslocamento de áreas de terra com fendas causando massiva destruição física afetando uma população (Repidisca/CEPIS). Movimento súbito do terreno, ocasionado por passagem de ondas sísmicas. Os terremotos mais frequentes são originados por processos naturais, como a ruptura de um bloco de rochas através de uma falha geológica. Explosões artificiais, erupções vulcânicas, deslocamento de terrenos e escorregamento de taludes podem provocar sismos menores. Os terremotos podem ser causados por explosões, impacto de meteoritos, grandes escorregamentos ou erupções vulcânicas. Os terremotos naturais, de efeito mais destrutivo, estão associados a processos tectônicos, quando ocorrem pela liberação repentina de tensões acumuladas no interior da crosta terrestre (Ministério da Ação Social, Brasília, 1992)Imagem por Ressonância Magnética: Método não invasivo de demonstração da anatomia interna baseado no princípio de que os núcleos atômicos em um campo magnético forte absorvem pulsos de energia de radiofrequência e as emitem como ondas de rádio que podem ser reconstruídas nas imagens computadorizadas. O conceito inclui técnicas tomográficas do spin do próton.Ossos Faciais: Esqueleto facial, constituído pelos ossos situados entre a base do crânio e a região mandibular. Alguns consideram que dos ossos faciais devem fazer parte os ossos hioide (OSSO HIOIDE), palatino (PALATO DURO) zigomático (ZIGOMA), a MANDÍBULA e a MAXILA. Embora excluindo o hioide, outros incluem os ossos nasais e lacrimais, a concha nasal inferior e o vômer. (Tradução livre de: Jablonski, Dictionary of Dentistry, 1992, p113).Concussão Encefálica: Termo não específico usado para descrever alterações transitórias ou perda de consciência após traumatismos cranianos fechados. A duração da INCONSCIÊNCIA geralmente dura alguns segundos, porém podendo persistir por várias horas. As concussões podem ser classificadas como leve, intermediária e severa. Os períodos prolongados de inconsciência (geralmente definidos como maior que 6 horas de duração) podem ser referidos como COMA PÓS-TRAUMATISMO DA CABEÇA. (Tradução livre do original: Rowland, Merritt's Textbook of Neurology, 9th ed, p418)Protetores Bucais: Dispositivos ou peças de equipamento colocados dentro ou em volta da boca ou fixos a instrumentos para proteger tecidos externos ou internos da boca e dentes.Desbridamento: A remoção de um material estranho e tecido desvitalizado ou contaminado de ou adjacente a uma lesão traumática ou infectada até que tecido sadio circundante seja exposto. (Dorland, 28a ed)Pneumotórax: Acúmulo de ar ou gás na CAVIDADE PLEURAL, que pode ocorrer espontaneamente ou como resultado de trauma ou processo patológico. O gás pode ser introduzido deliberadamente durante a PNEUMOTÓRAX ARTIFICIAL.Área Programática (Saúde): Área geográfica definida e servida por um programa ou instituição de saúde.Contratransferência (Psicologia): Reação emocional (consciente ou inconsciente) do terapeuta em relação ao paciente, que pode interferir no tratamento. (Tradução livre do original: APA, Thesaurus of Psychological Index Terms, 8th ed.)Distribuição por Idade: Agrupamento de indivíduos segundo idade ou faixa etária. O conceito não é restrito a humanos.IsraelProcedimentos Cirúrgicos Torácicos: Cirurgia feita nos órgãos torácicos, mais comumente nos pulmões e coração.Recém-Nascido: Criança durante o primeiro mês após o nascimento.Artes Marciais: Atividades nas quais os participantes aprendem autodefesa principalmente através do uso do combate corpo-a-corpo. O judô implica em arremessar um oponente ao solo, enquanto o karatê (que inclui kung-fu e tae-kwon-dô) envolve chutar e socar um oponente.Consolidação da Fratura: Restauração fisiológica do tecido e função óssea após uma fratura. Inclui a formação de CALO ÓSSEO e a reposição normal do tecido ósseo.Comorbidade: Presença de doenças coexistentes ou adicionais com relação ao diagnóstico inicial ou com relação à doença índice que é o objetivo do estudo. A comorbidade pode afetar o desempenho de indivíduos afetados e até mesmo a sua sobrevivência. Pode ser usado como um indicador prognóstico para a duração da hospitalização, fatores de custos e de melhoria ou sobrevivência.Complicações do Trabalho de Parto: Problemas médicos associados com TRABALHO DE PARTO, como APRESENTAÇÃO PÉLVICA, TRABALHO DE PARTO PREMATURO, HEMORRAGIA ou outros. Estas complicações podem afetar o bem-estar da mãe, do FETO ou de ambos.Distribuição por Sexo: Número de homens e mulheres numa dada população ou grupo.Prevalência: Número total de casos de uma dada doença em uma população especificada num tempo designado. É diferenciada de INCIDÊNCIA, que se refere ao número de casos novos em uma população em um dado tempo.Fraturas Fechadas: Fraturas em que a quebra no osso não é acompanhada de um ferimento externo.Procedimentos Cirúrgicos Vasculares: Procedimentos cirúrgicos para o tratamento de distúrbios vasculares.Traumatismos Mandibulares: Traumatismos do osso da mandíbula inferior.Boxe: Esporte praticado por duas pessoas no qual os punhos são habilidosamente utilizados para atacar e defender.Corpos Estranhos: Objetos inanimados que ficam encerrados no corpo.Estudos de Coortes: Estudos em que os subconjuntos de uma certa população são identificados. Estes grupos podem ou não ser expostos a factores hipotéticos para influenciar a probabilidade da ocorrência de doença em particular ou outros desfechos. Coortes são populações definidas que, como um todo, são seguidos de uma tentativa de determinar as características que distinguem os subgrupos.Recuperação de Função Fisiológica: Retorno parcial (ou completo) ao normal (ou a atividade fisiológica adequada) de um órgão (ou parte) após doença ou trauma.Manuseio das Vias Aéreas: Avaliação, planejamento e uso de uma gama de procedimentos e dispositivos para a manutenção e restauração da ventilação de um paciente.Falso Aneurisma: Não se refere a um aneurisma, mas a um acúmulo bem definido de sangue e TECIDO CONJUNTIVO fora da parede de um vaso sanguíneo ou do coração. É a contenção de um vaso sanguíneo ou do coração rompidos, como que selando uma ruptura do ventrículo esquerdo. O falso aneurisma é formado por TROMBO organizado e HEMATOMA no tecido circundante.Radiografia Abdominal: Visualização radiográfica do corpo, na região entre o tórax e a pelve, isto é, no interior da cavidade peritoneal.Hemorragia Intracraniana Traumática: Sangramento dentro do CRÂNIO induzido por lesões traumáticas penetrantes e não penetrantes, inclusive hemorragias nos tecidos do CÉREBRO, TRONCO ENCEFÁLICO e CEREBELO, como nos espaços epidural, subdural e subaracnóideos das MENINGES.Ossificação Heterotópica: Desenvolvimento de substância óssea em estruturas normalmente moles.Procedimentos Cirúrgicos Reconstrutivos: Procedimentos utilizados para reconstruir, restaurar ou melhorar estruturas defeituosas, danificadas ou perdidas.Acidentes de Trabalho: Ocorrências imprevistas, especialmente lesões ou traumatismos durante atividades relacionadas ao trabalho.Adaptação Psicológica: Estado de harmonia entre as necessidades internas e as exigências externas, e os processos usados na conquista desta condição. (Tradução livre do original: APA Thesaurus of Psychological Index Terms, 8th ed).

*  Isokinetic assessment of muscle strength in female professional soccer athletes
Palavras-chave: força muscular, dinamômetro de força muscular, futebol, traumatismos em atletas, medicina preventiva, medicina ... muscular tanto em atletas e indivíduos não atletas. O balanço muscular, determinado pela razão entre a musculatura agonista e a ... de força muscular de quadril e tronco em atletas. O objetivo deste estudo é descrever os valores de força muscular em atletas ... confirmando que existem diferenças entre atletas amadores e atletas de elite de futebol quanto à força de flexo-extensão de ...
  http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-86922010000100006&lng=en&nrm=iso&tlng=pt
*  dor nas costas e abdomem
Traumatismos em Atletas. 1. + +. 33. Fraturas por Osteoporose. 1. + +. 34. Escoliose. 1. + +. ...
  http://www.lookfordiagnosis.com/results.php?symptoms=dor+nas+costas+e+abdomem&lang=3&parent=/&mode=F
*  Revistas
Palavras-chave: Traumatismos dentários. Dente. Traumatismos em atletas.. *. abstract. Colagem autógena de fragmento coronário ...
  http://www.dentalpresspub.com/br/jcdr/v12n3
*  tornozelo inchado e manchas avermelhadas nas pernas
Traumatismos em Atletas. 4. + +. 15. Instabilidade Articular. 4. + +. 16. Artropatias. 4. + +. 17. Artropatia Neurogênica. 3. + ...
  http://www.lookfordiagnosis.com/results.php?symptoms=tornozelo+inchado+e+manchas+avermelhadas+nas+pernas&lang=3&parent=/&mode=F
*  dor de cabeça lado direito e dor no olho direito
Traumatismos em Atletas. 1. + +. 292. Ruptura Espontânea. 1. + +. 293. Melanose. 1. + +. 294. Síndrome Endotelial Iridocorneana ...
  http://www.lookfordiagnosis.com/results.php?symptoms=dor+de+cabe%C3%A7a+lado+direito+e+dor+no+olho+direito&lang=3&parent=/&mode=F
*  Tchoukball - Wikipedia
Hermann Brandt constatou que as lesões ou os traumatismos dos atletas eram decorrentes de movimentos inadequados à fisiologia ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Tchoukball
*  ingua nas axilas , dor nas pernas
Traumatismos da Medula Espinal. 1. + +. 75. Dermatopatias Vasculares. 1. + +. 76. Traumatismos em Atletas. 1. + +. ...
  http://www.lookfordiagnosis.com/results.php?symptoms=ingua+nas+axilas+,+dor+nas+pernas&lang=3&parent=/&mode=F
*  Artrose: da prevenção ao tratamento cirúrgico | Saúde e Bem Estar - Edição Online
Nos atletas mais velhos e naqueles com antecedentes de traumatismos de repetição, a incidência é ainda maior. ... No desporto e na alta competição, é normal encontrarmos atletas com processos de artrose, principalmente nos desportos de ...
  https://saudebemestar.com.pt/artrose-da-prevencao/
*  Quais cuidados com a pele os atletas devem ter quando praticam esporte?
... porém os principais fatores de risco são o uso de sapatos fechados por períodos prolongados e traumatismos que fazem com que a ... Corredor precisa sofrer com a micose intertrigo, o famoso 'pé de atleta'?. "Pé de Atleta". O intertrigo ou "pé de atleta", como ... Atletas também devem ter cuidado com a pele durante a prática esportiva(Foto: Arte/Eu Atleta) ... No atleta, ocorre por exposição a ambientes quentes e úmidos ou pelo uso de roupas sintéticas, que aumentam a umidade por ...
  http://globoesporte.globo.com/eu-atleta/saude/noticia/2016/06/quais-cuidados-com-pele-os-atletas-devem-ter-quando-praticam-esporte.html
*  Fisiologia da dor: Sistema fisiológico de supressão da dor
Com frequência, os indivíduos não percebem imediatamente a dor causada por traumatismos, como no caso de atletas no caso de uma ...
  http://fisiologiadador.blogspot.com/2010/11/teoria-do-portao-foi-elaborada-em-1965.html

DistensãoOnirologia: A Onirología (do grego ὄνειρος, sonho, e λouγος logos, estudo, ciência) é o estudo científico dos sonhos.Designações de mísseis ar-superfície da Organização do Tratado do Atlântico Norte: Aqui está uma lista com as designações usadas pela OTAN para referenciar os mísseis ar-superfície usados pela extinta União Soviética.Traumatismo cardíaco: São traumatismos cardíacos quaisquer injúrias traumáticas ao coração.Paramédico: Paramédicos são profissionais habilitados da carreira do socorro pré-hospitalar, cuja categoria profissional lhes permite a aplicação de técnicas médicas em ambiente extra-hospitalar.Traumatismo cranioencefálico: Os traumatismos cranioencefálicos (TCE) são um tipo de traumatismo craniano que responde à quarta principal causa de mortalidade nos EUA nos últimos 40 anos. TraumatismoAmniorrexe prematuraTranstorno dissociativoQueimaduraCoagulopatia: O termo coagulopatia refere-se, de uma maneira geral, à distúrbios da coagulação sanguínea.Guerra contra as drogasViolência antiaborto: A violência antiaborto é a violência cometida contra indivíduos e organizações que prestam a interrupção voluntária da gravidez.. Resultados desta violência incluem a destruição de propriedade, na forma de vandalismo, e até crimes contra a pessoa, incluindo sequestro, perseguição, agressão, tentativa de assassinato e assassinato, incluindo também danos a ambas, pessoas e propriedades, bem como incêndios e explosões de bombas.Laparotomia: Laparotomia é uma manobra cirúrgica que envolve uma incisão através da parede abdominal para aceder à cavidade abdominal. É também conhecida como celiotomia.Garrote: * Garrote vil - que se executa o estrangulamento sem suspensão do corpo do supliciado, que é mantido preso a um assento.TetraplegiaSíndrome do bebê cinzento: Síndrome do bebê cinzento é um sintoma causado pelo uso do cloranfenicol (antibiótico) na gravidez, que pode levar a essa síndrome, independente da dose em que se usa, pois o bebê não possui conjugantes presentes na fase II da biotransformação hepática, o que faz com que o cloranfenicol se deposite nos tecidos do bebê deixando-o com aspécto cinzento.Choque circulatórioSistema locomotor: O sistema locomotor, ou sistema esquelético, sustenta e protege os órgãos internos, armazena minerais e íons e produz células sanguíneas. O crânio é a estrutura mais complexa do esqueleto, sendo este constituído por 27 ossos, e ele está compreendendo o neurocrânio, que protege o encéfalo, e o cionocrânio, que forma a face.Isaac Newton LewisSangramento gastrointestinalToracotomia: Por toracotomia compreende-se qualquer abertura da cavidade torácica visando examinar as estruturas expostas cirurgicamente, seja para a coleta de material para diagnóstico laboratorial ou remoção/correção de partes lesadas.


  • futebol
  • Poucos estudos descrevem valores de força para diferentes articulações em atletas de elite do futebol feminino. (scielo.br)
  • Para isso, 23 atletas da seleção brasileira de futebol feminino, em preparação para as Olimpíadas de 2004, foram avaliadas nos movimentos de flexo-extensão de tronco, rotação interno-externa do quadril e flexo-extensão dos joelhos no dinamômetro isocinético Cybex 6000 (Lumex Inc. Ronkonkoma, NY). (scielo.br)
  • estudos
  • A partir de seus estudos, o Dr. Hermann Brandt constatou que as lesões ou os traumatismos dos atletas eram decorrentes de movimentos inadequados à fisiologia do indivíduo e às numerosas formas de agressões presentes em alguns esportes. (wikipedia.org)
  • Cegueira
  • Incluem atletas com deficiências físicas (de mobilidade, amputações, cegueira ou paralisia cerebral), além de deficientes mentais. (wikipedia.org)