Traumatismos Craniocerebrais: Lesões traumáticas envolvendo o crânio e estruturas intracranianas (i. é, CÉREBRO; NERVOS CRANIANOS; MENINGES e outras estruturas). As lesões podem ser classificadas de acordo com o crânio ser penetrado ou não (i. é, penetrante vs. não penetrante), ou se houver hemorragia associada.Traumatismos Cranianos Fechados: Lesões traumáticas do crânio, cuja integridade não é comprometida e nenhum fragmento ósseo ou outros objetos penetram o cérebro ou a dura-mater. Frequentemente, resulta em lesão mecânica sendo transmitida às estruturas intracranianas que podem produzir lesões cerebrais traumáticas, hemorragias ou lesões dos nervos cranianos. (Tradução livre do original: Rowland, Merritt's Textbook of Neurology, 9th ed, p417)Traumatismos Encefálicos: Lesões agudas e crônicas (ver também LESÃO ENCEFÁLICA) ao encéfalo, incluindo os hemisférios cerebrais, CEREBELO e TRONCO CEREBRAL. As manifestações clínicas dependem da natureza da lesão. O trauma difuso ao encéfalo é frequentemente associado com LESÃO AXONAL DIFUSA ou COMA PÓS-TRAUMÁTICO. As lesões localizadas podem estar associadas com MANIFESTAÇÕES NEUROCOMPORTAMENTAIS; HEMIPARESIA ou outras deficiências neurológicas focais.Cabeça: Parte superior do corpo humano, ou a parte da frente ou da parte superior do corpo de um animal, tipicamente separado do resto do corpo por uma pescoço, e que contém o cérebro, a boca, e alguns dos órgãos dos sentidos.Ferimentos e Lesões: Danos infligidos no corpo como resultado direto ou indireto de uma força externa, com ou sem rompimento da continuidade estrutural.Fraturas Cranianas: Fraturas do crânio que podem resultar de traumatismos penetrantes ou não penetrantes ou, raramente, de DOENÇAS ÓSSEAS (ver também FRATURAS ESPONTÂNEAS). As fraturas do crânio podem ser classificadas por localização (ex., FRATURA DO CRÂNIO BASILAR), aparência radiográfica (ex., linear) ou baseadas na integridade craniana (ex., FRATURA DO CRÂNIO COM AFUNDAMENTO).Dispositivos de Proteção da Cabeça: Dispositivos individuais para proteção da cabeça contra impactos, penetração de objetos, choques elétricos e queimaduras leves.Escala de Coma de Glasgow: Escala que avalia a resposta aos estímulos em pacientes com lesões craniocerebrais. Os parâmetros são abertura dos olhos, resposta motora e resposta verbal.Escala de Gravidade do Ferimento: Escala de severidade anatômica, baseada na Escala Resumida de Ferimentos (EAF/AIS) e desenvolvida especificamente para escores de ferimentos traumáticos múltiplos. Tem sido usada como um preditor de mortalidade.Traumatismos Cranianos Penetrantes: Traumatismos cranianos caracterizados por comprometimento do crânio e dura mater. Podem resultar de ferimentos por armas de fogo (FERIMENTOS POR ARMAS DE FOGO), ferimentos por facas (FERIMENTOS POR FACAS) e outras formas de trauma.Concussão Encefálica: Termo não específico usado para descrever alterações transitórias ou perda de consciência após traumatismos cranianos fechados. A duração da INCONSCIÊNCIA geralmente dura alguns segundos, porém podendo persistir por várias horas. As concussões podem ser classificadas como leve, intermediária e severa. Os períodos prolongados de inconsciência (geralmente definidos como maior que 6 horas de duração) podem ser referidos como COMA PÓS-TRAUMATISMO DA CABEÇA. (Tradução livre do original: Rowland, Merritt's Textbook of Neurology, 9th ed, p418)Traumatismos em Atletas: Traumatismos que ocorrem durante a participação em esportes competitivos ou não competitivos.Neoplasias de Cabeça e Pescoço: Tumores de tecido mole ou câncer que surge nas superfícies da mucosa dos LÁBIOS, cavidade oral, FARINGE, LARINGE e esôfago cervical. Podem surgir em outros lugares como NARIZ e SEIOS PARANASAIS, GLÂNDULAS SALIVARES, GLÂNDULA TIREOIDE, GLÂNDULAS PARATIREOIDES, e como MELANOMA e cânceres da pele que não são melanomas da cabeça e pescoço. (Tradução livre do original: Holland et al., Cancer Medicine, 4th ed, p1651)Índices de Gravidade do Trauma: Sistemas para avaliar, classificar e codificar lesões. Esses sistemas são utilizados em registros médicos, sistemas de vigilância e registros estaduais e nacionais para ajudar na coleta e relato do trauma.Acidentes de Trânsito: Acidentes em ruas, estradas e rodovias envolvendo condutores, passageiros, pedestres ou veículos. Estes acidentes referem-se a AUTOMÓVEIS (carros para passageiros, ônibus e caminhões), BICICLETAS e MOTOCICLETAS, mas não VEÍCULOS RECREACIONAIS A MOTOR, FERROVIAS nem veículos para neve.Traumatismos da Medula Espinal: Lesões penetrantes e não penetrantes da medula espinal resultantes de forças externas traumáticas (ex., FERIMENTOS POR ARMAS DE FOGO, TRAUMATISMOS EM CHICOTADAS, etc.).Inconsciência: Perda da capacidade em manter consciência de si próprio e do ambiente, combinados com uma resposta acentuadamente reduzida a estímulos ambientais. (Tradução livre do original: Adams et al., Principles of Neurology, 6th ed, pp344-5)Traumatismo por Reperfusão: Mudanças metabólicas ou estruturais, função adversa, em tecidos isquêmicos resultantes da restauração de fluxo de sangue do tecido (REPERFUSÃO), inclusive inchaço, HEMORRAGIA, NECROSE, e danos de RADICAIS LIVRES. O exemplo mais comum é o TRAUMATISMO POR REPERFUSÃO MIOCÁRDICA.Epilepsia Pós-Traumática: Ataques recidivos de causa relacionada a TRAUMA CRANIOCEREBRAL. O início dos ataques pode ser imediato, porém tipicamente ocorre vários dias após a lesão, podendo não ocorrer por até dois anos. A maioria dos ataques tem um início focal que se correlaciona clinicamente com o local do traumatismo cerebral. As lesões do córtex cerebral causadas por objeto estranho penetrante (trauma craniocerebral penetrante) são mais prováveis de serem associadas com epilepsia que os TRAUMATISMOS CRANIANOS FECHADOS. As convulsões concussivas são fenômenos não epilépticos que ocorrem imediatamente após um traumatismo craniano e são caracterizadas por movimentos tônicos e clônicos. (Tradução livre do original: Rev Neurol 1998 Feb;26(150):256-261; Sports Med 1998 Feb;25(2):131-6)Lesões do Pescoço: Traumatismos gerais ou inespecíficos do pescoço. Estão incluídos traumatismos da pele, músculos e outros tecidos moles do pescoço.Esqui: Esporte de neve que usa esquis para deslizar sobre a neve. Não inclui esqui aquático.Lesão Axonal Difusa: Sequela relativamente comum de traumatismos cranianos contundentes, caracterizada pelo rompimento global de axônios através do cérebro. Os sinais clínicos associados podem incluir MANIFESTAÇÕES NEUROCOMPORTAMENTAIS; ESTADO VEGETATIVO PERSISTENTE; DEMÊNCIA e outros transtornos.Hematoma Subdural: Acúmulo de sangue no ESPAÇO SUBDURAL entre as camadas DURA-MATER e aracnoide das MENINGES. Esta afecção ocorre principalmente sobre a superfície de um HEMISFÉRIO CEREBRAL, mas pode desenvolver no canal espinhal (HEMATOMA SUBDURAL ESPINHAL). O hematoma subdural pode ser classificado como forma aguda ou crônica, com início de sintoma imediato ou tardio, respectivamente. Entre os sintomas podemos incluir perda de consciência, CEFALEIA grave, e estado mental degenerado.Escala Resumida de Ferimentos: Sistema de classificação para avaliar o impacto da severidade dos ferimentos, desenvolvido e publicado pela Associação Americana de Medicina Automotiva. É o sistema de escolha para codificar ferimentos únicos e é a base para métodos de avaliação de ferimentos múltiplos ou para avaliação dos efeitos cumulativos de mais de um ferimento. Estes incluem ERL Máximo (ERLM/MAIS), Escore da Severidade do Ferimento (ESF/ISS) e Escore da Probabilidade de Morte (EPM/PODS).Ferimentos não Penetrantes: Ferimentos causados por impacto com um objeto cego, em que não há penetração da pele.Motocicletas: Veículos a motor dirigíveis com duas rodas.Traumatismos Faciais: Lesões gerais ou inespecíficas aos tecidos macios ou porções ósseas da face.Traumatismos Torácicos: Traumatismos gerais ou inespecíficos da área torácica.Hemorragia Cerebral Traumática: Sangramento em um ou ambos os HEMISFÉRIOS CEREBRAIS devido a TRAUMA. A hemorragia pode envolver qualquer parte do CÓRTEX CEREBRAL e os GÂNGLIOS DA BASE. Dependendo da gravidade da hemorragia, entre as características clínicas podemos incluir CONVULSÕES, AFASIA, TRANSTORNOS VISUAIS, TRANSTORNOS DE MOVIMENTO, PARALISIA e COMA.Movimentos da Cabeça: Movimento voluntário ou involuntária da cabeça, que pode ser dependente (relative) ou independente do [movimento do] corpo; inclui animais e humanos.Traumatismos da Perna: Traumatismos gerais ou inespecíficos envolvendo a perna.Traumatismos da Coluna Vertebral: Traumatismos envolvendo a coluna vertebral.Pressão Intracraniana: Pressão dentro da cavidade craniana. É influenciada pela massa cefálica, pelo sistema circulatório, pela dinâmica do LCR (CSF), e pela rigidez do crânio.Lesão Pulmonar: Lesão a qualquer compartimento do pulmão causada por agentes físicos, químicos ou biológicos, que caracteristicamente desencadeia uma reação inflamatória. Estas reações inflamatórias podem ser agudas e dominadas por NEUTRÓFILOS, ou crônicas e dominadas por LINFÓCITOS e MACRÓFAGOS.Coma: Estado profundo de inconsciência associado a depressão da atividade cerebral da qual o indivíduo não pode ser despertado. O coma geralmente ocorre quando há disfunção ou lesão envolvendo ambos os hemisférios cerebrais ou a FORMAÇÃO RETICULAR do tronco cerebral.Dano Encefálico Crônico: Afecção caracterizada por disfunção ou dano encefálico de longa duração, geralmente com duração de três meses ou mais. Entre as etiologias potenciais estão: INFARTO ENCEFÁLICO, certos TRANSTORNOS NEURODEGENERATIVOS, TRAUMATISMOS CRANIOCEREBRAIS, ANÓXIA ENCEFÁLICA, ENCEFALITE, certas síndromes de NEUROTOXICIDADE, transtornos metabólicos (ver DOENÇAS ENCEFÁLICAS METABÓLICAS) e outras afecções.Acidentes: Evento não planejado, não necessariamente causador de lesões ou danos, que interrompe uma atividade, invariavelmente insegura ou pela combinação de ato e/ou condições inseguras.Neurocirurgia: Especialidade cirúrgica voltada para o tratamento de doenças e de distúrbios do cérebro, da medula espinhal e do sistema nervoso periférico e simpático.Traumatismos do Braço: Traumatismos gerais ou não específicos que envolvem o braço.Cabeça do Fêmur: Superfície articular hemisférica na extremidade superior do osso da coxa. (Stedman, 25a ed)Traumatismos Abdominais: Traumatismos gerais ou não específicos envolvendo órgãos da cavidade abdominal.Traumatismo Múltiplo: Múltiplos traumatismos ou danos físicos que ocorrem simultaneamente.Traumatismo Encefálico Crônico: Afecções caracterizadas por dano ou disfunção encefálica persistente, como sequela de trauma craniano. Este transtorno pode resultar de LESÃO AXONAL DIFUSA, HEMORRAGIAS INTRACRANIANAS, EDEMA ENCEFÁLICO e outras afecções. Os sinais clínicos podem incluir DEMÊNCIA, deficiências neurológicas focais, ESTADO VEGETATIVO PERSISTENTE, AFASIA ACINÉTICA ou COMA.Delirium, Demência, Transtorno Amnéstico e Outros Transtornos Cognitivos: Transtornos cognitivos que incluem o delirium, a demência e outros. Estes podem ser resultantes do uso de substâncias, traumas ou outras causas.Ciclismo: O uso da bicicleta para transporte ou recreação. Isto não inclui o uso da bicicleta no estudo das respostas corporais aos exercícios físicos (TESTE ERGOMÉTRICO DE BICICLETA ver TESTE DE ESFORÇO).Tomografia Computadorizada por Raios X: Tomografia utilizando transmissão por raio x e um computador de algoritmo para reconstruir a imagem.Traumatismos Oculares: Dano ou trauma causado no olho por instrumentos externos. O conceito inclui ambas as lesões de superfície e lesões intraoculares.Serviço Hospitalar de Emergência: Serviços hospitalares especificamente designados, equipados e dotados de pessoal para atendimento de emergência.Lesões dos Tecidos Moles: Lesões de outros tecidos que não sejam ossos. O conceito é normalmente geral e não se refere normalmente a vísceras ou órgãos internos. O significado completo se refere a regiões ou órgãos em que os tecidos moles (músculos, gordura, pele) devem ser diferenciados de ossos ou tecidos ósseos, como "lesões dos tecidos moles da mão".Amnésia: Perda completa ou parcial da capacidade de recordar experiências passadas (AMNÉSIA RETRÓGRADA) ou de formar novas memórias (AMNÉSIA ANTERÓGRADA). Este estado pode ser de origem orgânica ou psicológica. As formas de amnésia orgânica normalmente estão associadas com disfunção do DIENCÉFALO ou HIPOCAMPO. (Tradução livre do original: Adams et al., Principles of Neurology, 6th ed, pp426-7)Escala de Resultado de Glasgow: Escala que avalia o resultado de lesões craniocerebrais graves, baseada no nível da função social recuperada.Lesão Pulmonar Aguda: Lesão no pulmão caracterizada por infiltrados pulmonares bilaterais (EDEMA PULMONAR) ricos em NEUTRÓFILOS e na ausência de INSUFICIÊNCIA CARDÍACA clínica. Isto pode representar um conjunto de lesões pulmonares, endoteliais e epiteliais, devido a inúmeros fatores (físicos, químicos ou biológicos).Acidentes por Quedas: Quedas devido a escorregões ou tropeços que podem resultar em lesão.Golfe: Jogo cujo objetivo é fazer cair uma bola em cada um de 9 ou 18 buracos sucessivos em um campo de golfe usando o menor número de tacadas possível.Lesão Renal Aguda: Redução abrupta da função renal. A lesão renal aguda abrange o espectro inteiro da síndrome, incluindo a falência renal aguda, NECROSE TUBULAR AGUDA e outras afecções menos graves.Fatores de Tempo: Elementos de intervalos de tempo limitados, contribuindo para resultados ou situações particulares.Traumatismos por Explosões: Lesões que ocorrem quando uma pessoa é atingida por partículas projetadas com força violenta provenientes de explosão. A explosão causa concussão e hemorragia pulmonar, laceração de outras vísceras torácicas e abdominais, ruptura dos tímpanos e efeitos menores no sistema nervoso central. (Tradução livre do original: Dorland, 28th ed)Traumatismos da Mão: Traumatismos gerais ou inespecíficos da mão.Síndrome do Bebê Sacudido: Lesões cerebrais resultantes de agitações vigorosas de um lactente ou criança jovem segurada pelo tórax, ombros ou extremidades que causam aceleração craniana extrema. É caracterizada por hemorragias intracranianas e intraoculares sem trauma externo evidente. Casos graves podem resultar em morte.Cabeça do Espermatozoide: Parte anterior do espermatozoide (ESPERMATOZOIDES), contendo principalmente o núcleo (com CROMATINA altamente compacta).Hematoma Epidural Craniano: Acúmulo de sangue no ESPAÇO EPIDURAL entre CRÂNIO e DURA-MATER, frequentemente resultante de sangramento das ARTÉRIAS MENÍNGEAS associado com fratura óssea parietal ou temporal. O hematoma epidural tende a se expandir rapidamente, comprimindo a dura e o encéfalo subjacente. Entre as características clínicas estão CEFALEIA, VÔMITO, HEMIPARESIA e deficiência da função mental.Contusões: Lesões que resultam em hemorragias, geralmente manifestadas na pele.Estudos Retrospectivos: Estudos nos quais os dados coletados se referem a eventos do passado.Futebol: Jogo no qual uma bola inflável arredondada é avançada por chutes ou é propelida com qualquer parte do corpo, exceto mãos ou braços. O objetivo do jogo é colocar a bola no gol oposto.Hemorragia Encefálica Traumática: Sangramento dentro do encéfalo resultante de TRAUMA CRANIOCEREBRAL penetrante e não penetrante. As hemorragias induzidas traumaticamente podem ocorrer em qualquer área do encéfalo, inclusive CÉREBRO, TRONCO ENCEFÁLICO (ver HEMORRAGIA DO TRONCO ENCEFÁLICO TRAUMÁTICA) e CEREBELO.Traumatismos do Joelho: Traumatismos do joelho ou junção do joelho.Traumatismos em Chicotada: Lesão de hiperextensão do pescoço, geralmente como resultado de ter sido atingido por trás por um veículo em alta velocidade, em um acidente automobilístico. (Tradução livre do original: Segen, The Dictionary of Modern Medicine, 1992)Centros de Traumatologia: Instalações hospitalares especializadas que fornecem diagnóstico e serviços terapêuticos para pacientes traumatizados.Ferimentos Penetrantes: Ferimentos causados por objetos que penetram na pele.Hematoma: Acúmulo de sangue fora dos VASOS SANGUÍNEOS. O hematoma pode estar localizado em um órgão, espaço ou tecido.Acidentes DomésticosHipertensão Intracraniana: Pressão elevada dentro da abóbada craniana. Pode resultar de várias afecções, incluindo HIDROCEFALIA, EDEMA CEREBRAL, massas intracranianas, HIPERTENSÃO sistêmica grave, PSEUDOTUMOR CEREBRAL e outros transtornos.Simulação de Doença: Simulação proposital dos sintomas de uma doença ou de um ferimento, com a intenção de atingir uma meta, como por exemplo, uma alegação de doença física com o objetivo de não comparecer a uma convocação a júri.Traumatismos Cardíacos: Traumatismos gerais ou inespecíficos do coração.Ferimentos por Arma de Fogo: Rompimento da continuidade estrutural do corpo como resultado da descarga de armas de fogo.Estudos Prospectivos: Estudos planejados para a observação de eventos que ainda não ocorreram.Necrose da Cabeça do Fêmur: A necrose avascular ou asséptica da cabeça do fêmur. Os tipos principais são idiopáticos (primários), como uma complicação de fraturas ou deslocamentos e a DOENÇA DE LEGG-CALVE-PERTHES.Traumatismo por Reperfusão Miocárdica: Lesão do MIOCÁRDIO resultante da REPERFUSÃO MIOCÁRDICA (restauração do fluxo sanguíneo a áreas isquêmicas do CORAÇÃO). A reperfusão ocorre quando há trombólise espontânea, TERAPIA TROMBOLÍTICA, fluxo colateral de outros leitos vasculares coronários ou reversão de vasospasmo.Lesões nas Costas: Traumatismos gerais ou não específicos da parte posterior do tronco. Incluem traumatismos dos músculos das costas.Encéfalo: A parte do SISTEMA NERVOSO CENTRAL contida no CRÂNIO. O encéfalo embrionário surge do TUBO NEURAL, sendo composto de três partes principais, incluindo o PROSENCÉFALO (cérebro anterior), o MESENCÉFALO (cérebro médio) e o ROMBENCÉFALO (cérebro posterior). O encéfalo desenvolvido consiste em CÉREBRO, CEREBELO e outras estruturas do TRONCO ENCEFÁLICO (MeSH). Conjunto de órgãos do sistema nervoso central que compreende o cérebro, o cerebelo, a protuberância anular (ou ponte de Varólio) e a medula oblonga, estando todos contidos na caixa craniana e protegidos pela meninges e pelo líquido cefalorraquidiano. É a maior massa de tecido nervoso do organismo e contém bilhões de células nervosas. Seu peso médio, em um adulto, é da ordem de 1.360 g, nos homens e 1.250 g nas mulheres. Embriologicamente, corresponde ao conjunto de prosencéfalo, mesencéfalo e rombencéfalo. Seu crescimento é rápido entre o quinto ano de vida e os vinte anos. Na velhice diminui de peso. Inglês: encephalon, brain. (Rey, L. 1999. Dicionário de Termos Técnicos de Medicina e Saúde, 2a. ed. Editora Guanabara Koogan S.A. Rio de Janeiro)Modelos Animais de Doenças: Doenças animais ocorrendo de maneira natural ou são induzidas experimentalmente com processos patológicos suficientemente semelhantes àqueles de doenças humanas. São utilizados como modelos para o estudo de doenças humanas.Futebol Americano: Esporte de competição por equipes jogado em um campo retangular. Esta é a versão americana ou canadense do jogo e também inclui a forma conhecida como rugby. Não inclui o futebol não americano (FUTEBOL).Traumatismos Ocupacionais: Lesões adquiridas em incidentes durante atividades laborais.Doença Hepática Induzida por Drogas: Variação de doenças hepáticas clínicas que vão desde anormalidades bioquímicas brandas até FALÊNCIA HEPÁTICA AGUDA, causada por medicamentos (ou drogas), metabólitos de medicamentos (ou drogas) e compostos químicos do ambiente.Fratura do Crânio com Afundamento: Fratura craniana caracterizada pela depressão interna de um fragmento ou seção de um osso craniano, geralmente comprimindo o cérebro e a dura mater subjacentes. As fraturas cranianas com afundamento caracterizadas por ferimentos de pele abertos que se comunicam com fragmentos de crânio são chamadas de fraturas cranianas com afundamento compostas.Edema Encefálico: Aumento do líquido intra ou extracelular em tecidos cerebrais. O edema encefálico citotóxico (inchaço devido ao aumento do líquido intracelular) é indicativo de um distúrbio do metabolismo celular e normalmente associado com lesões isquêmicas ou hipóxicas (ver HIPÓXIA ENCEFÁLICA). Um aumento no líquido extracelular pode ser causado por aumento na permeabilidade capilar encefálica (edema vasogênico), um gradiente osmótico, bloqueio local das vias de líquidos intersticiais, ou por obstrução do fluxo de CSF (ex. HIDROCEFALIA obstrutiva). (Tradução livre do original: Childs Nerv Syst 1992 Sep; 8(6):301-6)Craniotomia: Qualquer operação no crânio; incisão no crânio. (Dorland, 28a ed)Incidência: Número de casos novos de doenças ou agravos numa determinada população e período.Hemorragia Retiniana: Sangramento [a partir] dos vasos da retina.Lesões das Artérias Carótidas: Danos às ARTÉRIAS CARÓTIDAS causados por trauma penetrante e contundente, como TRAUMA CRANIOCEREBRAL, LESÕES TORÁCICAS e LESÕES DE PESCOÇO. Artérias carótidas danificadas podem levar a TROMBOSE DAS ARTÉRIAS CARÓTIDAS, FÍSTULA CAROTÍDEO-CAVERNOSA, formação de pseudo-aneurismas e DISSECAÇÃO DA ARTÉRIA CARÓTIDA INTERNA (Tradução livre do original: Am J Forensic Med Pathol 1997, 18:251; J Trauma 1994, 37:473).Síndrome Pós-Concussão: Distúrbios orgânicos e psicogênicos observados após TRAUMATISMOS CRANIANOS FECHADOS. A síndrome após concussão inclui queixas físicas (i. é, cefaleia, vertigem), alterações cognitivas, emocionais e comportamentais. Estes distúrbios podem ser crônicos, permanentes ou de manifestação tardia.Hemorragia Subaracnoídea Traumática: Sangramento no ESPAÇO SUBARACNOIDE devido a TRAUMA CRANIOCEREBRAL. As hemorragias menores podem ser assintomáticas e as moderadas a severas podem estar associadas com HIPERTENSÃO INTRACRANIANA e VASOESPASMO INTRACRANIANO.Traumatismos dos Nervos Periféricos: Lesões nos NERVOS PERIFÉRICOS.Traumatismos do Tornozelo: Lesão ou ferida do tornozelo ou junção dos tornozelos, normalmente causada por uma fonte externa.Exame Neurológico: Avaliação das reações e reflexos motores e sensoriais usada para detectar uma doença do sistema nervoso.Cefaleia Pós-Traumática: Cefaleia secundária atribuída a TRAUMA da CABEÇA e/ou do PESCOÇO.Fatores de Risco: Aspecto do comportamento individual ou do estilo de vida, exposição ambiental ou características hereditárias ou congênitas que, segundo evidência epidemiológica, está sabidamente associado a uma condição relacionada com a saúde considerada importante de ser prevenida.Ratos Sprague-Dawley: Linhagem de ratos albinos amplamente utilizada para propósitos experimentais por sua tranquilidade e facilidade de manipulação. Foi desenvolvida pela Companhia de Animais Sprague-Dawley.Lesões do Sistema Vascular: Danos aos vasos sanguíneos casusados por laceração, contusão, perfuração ou esmagamento e outros tipos de lesões. Os sintomas variam de acordo com o local e modo das lesões e podem incluir sangramento, escurecimento, inchaço, dor e dormência. Não inclui lesões secundárias a funções patológicas ou doenças como ATEROSCLEROSE.Hemorragia Cerebral: Sangramento em um ou ambos os HEMISFÉRIOS CEREBRAIS, inclusive GÂNGLIOS DA BASE e o CÓRTEX CEREBRAL. Está frequentemente associada com HIPERTENSÃO e TRAUMA CRANIOCEREBRAL.Prevenção de Acidentes: Esforços e projetos para reduzir a incidência de eventos indesejáveis não previstos em vários ambientes e situações.Equipamentos Esportivos: Equipamento necessário para se ocupar de um esporte (como bolas, bastões, raquetes, esquis, patins, cordas, pesos) e dispositivos para a proteção de atletas durante o desempenho deles (como máscaras, luvas, protetores de boca).Equipamentos de Proteção: Dispositivos destinados à proteção individual contra agressões a indivíduos expostos a riscos na indústria, esportes, aviação ou em suas atividades cotidianas.Seguimentos: Estudos nos quais indivíduos ou populações são seguidos para avaliar o resultado de exposições, procedimentos ou efeitos de uma característica, por exemplo, ocorrência de doença.Emergências: Situações ou condições que requerem intervenção imediata para evitar resultados adversos sérios.Traumatismos do Nascimento: Trauma anóxico ou mecânico, provocado no recém-nascido durante o trabalho de parto ou nascimento.Fraturas Ósseas: Fraturas em ossos.EscóciaTestes Neuropsicológicos: Testes projetados para a avaliação da função neurológica associada a certos comportamentos. São utilizados no diagnóstico de disfunção ou dano cerebral e dos transtornos ou lesões do sistema nervoso central.Hospitalização: Confinamento de um paciente em um hospital.Traumatismos Maxilofaciais: Traumatismos gerais ou inespecíficos envolvendo a face e mandíbula (tanto superior, inferior ou ambas).Traumatismos do Pé: Traumatismos gerais ou inespecíficos envolvendo o pé.Traumatismos dos Dedos: Traumatismos gerais ou inespecíficos envolvendo os dedos.Acidentes de Trabalho: Ocorrências imprevistas, especialmente lesões ou traumatismos durante atividades relacionadas ao trabalho.Recuperação de Função Fisiológica: Retorno parcial (ou completo) ao normal (ou a atividade fisiológica adequada) de um órgão (ou parte) após doença ou trauma.Queimaduras: Traumatismos aos tecidos causados pelo contato com calor, fumaça, agentes químicos (QUEIMADURAS POR AGENTES QUÍMICOS), eletricidade (QUEIMADURAS POR CORRENTE ELÉTRICA), ou similares.Ferimentos Oculares Penetrantes: Ferimentos intraoculares do tipo puntiforme ou profundamente perfurante.Hemorragia Intracraniana Traumática: Sangramento dentro do CRÂNIO induzido por lesões traumáticas penetrantes e não penetrantes, inclusive hemorragias nos tecidos do CÉREBRO, TRONCO ENCEFÁLICO e CEREBELO, como nos espaços epidural, subdural e subaracnóideos das MENINGES.InglaterraResultado do Tratamento: Estudos conduzidos com o fito de avaliar as consequências da gestão e dos procedimentos utilizados no combate à doença de forma a determinar a eficácia, efetividade, segurança, exequibilidade dessas intervenções.Osso Frontal: Osso que forma o aspecto frontal do CRÂNIO. Sua parte achatada forma a testa, que se articula inferiormente com o OSSO NASAL e com o ZIGOMA em cada lado da face.Distribuição por Idade: Agrupamento de indivíduos segundo idade ou faixa etária. O conceito não é restrito a humanos.Maus-Tratos Infantis: Abuso de crianças na família ou demais instituições.Coma Pós-Traumatismo da Cabeça: Inconsciência prolongada da qual o indivíduo não pode ser despertado, associada com lesões traumáticas ao CÉREBRO. Pode ser definido como inconsciência persistindo por 6 horas ou mais. O coma resulta de traumatismos em ambos hemisférios cerebrais ou na FORMAÇÃO RETICULAR do TRONCO CEREBRAL. Os mecanismos contribuintes incluem LESÃO AXONAL DIFUSA e EDEMA CEREBRAL.Jogos e Brinquedos: Atividades recreacionais espontâneas ou voluntárias procuradas para divertimento e acessórios ou equipamentos usados nas atividades; inclui jogos, brinquedos, etc.Boxe: Esporte praticado por duas pessoas no qual os punhos são habilidosamente utilizados para atacar e defender.Quartos de Pacientes: Quartos ocupados por um ou mais indivíduos durante sua permanência em uma instituição de saúde; inclui aspectos relativos ao ambiente, arquitetura, cuidados ou economia.Recém-Nascido: Criança durante o primeiro mês após o nascimento.Air Bags: Dispositivos de segurança automotiva consistindo de uma bolsa desenhada para inflar sobre colisão e prevenir os passageiros de cabeçada para a frente.Osso Occipital: Parte do dorso e da base do CRÂNIO que envolve o FORAME MAGNO.Fatores Etários: Idade como um elemento ou influência que contribui à produção de um resultado. Pode ser aplicável à causa ou efeito de uma circunstância. É usado com os conceitos humano e animal, mas devem ser diferenciados de ENVELHECIMENTO, um processo fisiológico, e FATORES DE TEMPO que se refere somente ao transcurso do tempo.Admissão do Paciente: Processo de admissão de pacientes que inclui a aceitação de pacientes para assistência médica ou de enfermagem em um hospital ou outra instituição de saúde.Imagem por Ressonância Magnética: Método não invasivo de demonstração da anatomia interna baseado no princípio de que os núcleos atômicos em um campo magnético forte absorvem pulsos de energia de radiofrequência e as emitem como ondas de rádio que podem ser reconstruídas nas imagens computadorizadas. O conceito inclui técnicas tomográficas do spin do próton.Hematoma Subdural Crônico: Acúmulo de sangue no ESPAÇO SUBDURAL com sintomas neurológicos de início tardio. Entre os sintomas podem-se incluir perda de consciência, CEFALEIA grave, e degeneração do estado mental.Traumatismos dos Nervos Cranianos: Disfunção de um ou mais nervos cranianos, de causa relacionada a uma lesão traumática. TRAUMA CRANIOCEREBRAL penetrante e não penetrante, LESÕES DO PESCOÇO e traumas à região facial são afecções associadas com traumatismos dos nervos cranianos.Epilepsia Tônico-Clônica: Transtorno convulsivo generalizado caracterizado por convulsões motoras maiores recidivantes. A fase tônica breve inicial é marcada por flexão do tronco, seguida de extensão difusa do tronco e extremidades. A fase clônica caracteriza-se por contrações flexoras rítmicas do tronco e membros, dilatação pupilar, elevação da pressão arterial e pulso, incontinência urinária e mordida da língua. Esta fase é seguida de um estado profundo de depressão da consciência (estado pós-ictal), progredindo gradualmente de minutos a horas. O transtorno pode ser criptogênico, familiar ou sintomático (causado por um processo de doença identificado).Serviços Médicos de Emergência: Serviços especialmente preparados (recursos humanos e equipamento) para prestar cuidados de emergência a pacientes.Diuréticos Osmóticos: Compostos que aumentam o volume da urina ao aumentar a quantidade de soluto osmoticamente ativo na urina. Os diuréticos osmóticos também aumentam a osmolaridade do plasma.Distribuição por Sexo: Número de homens e mulheres numa dada população ou grupo.Artes Marciais: Atividades nas quais os participantes aprendem autodefesa principalmente através do uso do combate corpo-a-corpo. O judô implica em arremessar um oponente ao solo, enquanto o karatê (que inclui kung-fu e tae-kwon-dô) envolve chutar e socar um oponente.Patinação: Usando patins de gelo, patins de rodas ou pranchas em corrida ou outra competição ou para recreação.Transtornos Cognitivos: Distúrbios do processo mental relacionados com o aprendizado, pensamento, o raciocínio e o julgamento.Osso Etmoide: Osso leve e esponjoso (pneumatizado) que fica entre a parte orbital do OSSO FRONTAL e a parte anterior do OSSO ESFENOIDE. O osso etmoide separa a ÓRBITA do SEIO ETMOIDAL. Consiste de uma placa horizontal, uma placa perpendicular e dois labirintos laterais.Fiji: República que consiste em um grupo de ilhas na Melanésia, no sudoeste do Oceano Pacífico. Sua capital é Suva. Foi descoberta por Abel Tasman em 1643 e visitada pelo Capitão Cook em 1774. Era usada por condenados que escapavam da Austrália já em 1804. Foi anexada pela Grã-Bretanha em 1874, mas alcançou independência em 1970. O nome Fiji é de origem incerta. Em sua forma presente pode representar Viti, a ilha principal do grupo.Ferimentos Penetrantes Produzidos por Agulha: Ferimentos cortantes, penetrantes, causados por agulhas. São concernentes especialmente a trabalhadores da área de saúde, uma vez que tais lesões os colocam em risco de desenvolverem doença infecciosa.Aceleração: 1) Um aumento na taxa de velocidade (MeSH). 2) Variação da velocidade em função do tempo. Utiliza-se na engenharia sísmica para definir o movimento vibratório do solo ou das estruturas; expressa-se em fração de gravidade (g) (Material II - IDNDR, 1992)Escalas de Wechsler: Testes projetados para medir o funcionamento intelectual em crianças e adultos.Prognóstico: Predição do provável resultado de uma doença baseado nas condições do indivíduo e no curso normal da doença como observado em situações semelhantes.Lesão por Inalação de Fumaça: Lesão pulmonar seguida à inalação de fumaça tóxica proveniente de materiais queimados, como plásticos, produtos sintéticos, materiais de construção, etc. Esta lesão é a causa mais frequente de morte em pacientes queimados.Traumatismos por Eletricidade: Traumatismos causados por correntes elétricas. O conceito exclui queimaduras por eletricidade (QUEIMADURAS POR CORRENTES ELÉTRICAS), mas inclui choque elétrico e eletrocussão acidental.Streptococcus milleri (Grupo): Sub-grupo de STREPTOCOCCI VIRIDANS, porém as espécies deste grupo diferem em relação ao padrão hemolítico e às doenças que causam. Estas espécies são geralmente beta-hemolíticas e causam infecções piogênicas.Procedimentos Neurocirúrgicos: Cirurgia feita no sistema nervoso ou suas partes.Transtornos da Consciência: Transtornos mentais orgânicos em que há deficiência da capacidade em manter consciência de si próprio e do ambiente, e em responder a estímulos ambientais. A disfunção dos hemisférios cerebrais ou da FORMAÇÃO RETICULAR do tronco cerebral pode resultar nesta afecção.Fraturas Orbitárias: Fraturas dos ossos da órbita, que incluem partes dos ossos frontal, etmoidal, lacrimal e esfenoide no maxilar e zigoma.Circulação Cerebrovascular: Circulação do sangue através dos VASOS SANGUÍNEOS do ENCÉFALO.Automóveis: Veículo automotivo normalmente com quatro rodas projetado para transporte de passageiros e comumente impulsionado por um motor de combustão interna que usa um combustível volátil.Cintos de Segurança: Cintos restritivos presos à estrutura de automóveis, aeronaves ou outros veículos, e presos em volta da pessoa que ocupa o assento no carro ou avião, planejado para prevenir a pessoa de ser deslocada para adiante ou para fora do veículo em caso de desaceleração súbita.LuxaçõesRinorreia de Líquido Cefalorraquidiano: Derrame de líquido cefalorraquidiano através do nariz. Etiologias comuns incluem trauma, neoplasias e cirurgias prévias, embora tal afecção possa ocorrer espontaneamente. (Tradução livre do original: Otolaryngol Head Neck Surg 1997 Apr;116(4):442-9)Camundongos Endogâmicos C57BLGuias de Prática Clínica como Assunto: Orientações ou princípios apresentando regras de política atuais ou futuras para o praticante de cuidados de saúde, para assisti-lo nas decisões de cuidados ao paciente a respeito de diagnóstico, terapia ou circunstâncias clínicas relacionadas. Os guias podem ser desenvolvidos por agências governamentais em qualquer nível, instituições, sociedades profissionais, juntas governamentais ou reuniões de especialistas para discussão. Os guias formam a base para avaliação de todos os aspectos de cuidados e distribuição da saúde.Traumatismo do Nervo Abducente: Lesão traumática do sexto nervo craniano ou abducente. Lesões deste nervo resultam em fraqueza ou paralisia do músculo reto lateral. O nervo pode ser danificado por TRAUMA CRANIOCEREBRAL penetrante ou fechado, ou por trauma facial envolvendo a órbita.Análise de Variância: Técnica estatística que isola e avalia a contribuição dos fatores incondicionais para a variação na média de uma variável dependente contínua.Fármacos Neuroprotetores: Fármacos usados com a intenção de impedir lesões encefálicas ou medulares devidas a isquemia, acidente vascular cerebral, convulsões, ou traumatismos. Alguns devem ser administrados antes que o evento ocorra, mas outros podem ser eficazes durante algum tempo depois. Agindo por meio de diversos mecanismos, de modo direto ou indireto, eles frequentemente minimizam a lesão produzida pelos aminoácidos excitatórios endógenos.Crânio: O ESQUELETO da CABEÇA; compreende também os OSSOS FACIAIS e os que recobrem o CÉREBRO.Índice de Gravidade de Doença: Níveis dentro de um grupo de diagnósticos estabelecidos por vários critérios de medição aplicados à gravidade do transtorno de um paciente.Estado Vegetativo Persistente: Estado vegetativo referente à posição neurocognitiva de indivíduos com dano cerebral grave, nos quais as funções fisiológicas (ciclos dormir-despertar, controle autônomo e respiração) persistem, mas o estado de consciência (incluindo todas as funções e emoções cognitivas) é abolido.Otorreia de Líquido Cefalorraquidiano: Derrame de líquido cefalorraquidiano através do meato auditivo externo ou através da tuba auditiva para dentro da nasofaringe. Normalmente está associada com TRAUMA CRANIOCEREBRAL (ex., FRATURAS CRANIANAS envolvendo o OSSO TEMPORAL), PROCEDIMENTOS NEUROCIRÚRGICOS ou outras afecções, mas pode, raramente, ocorrer de maneira espontânea. (Tradução livre do original: Am J Otol 1995 Nov; 16(6):765-71)Reabilitação Vocacional: Treinamento de deficientes físicos ou mentais em trabalhos especializados para que estas pessoas possam empregar-se regularmente com o ofício aprendido.Segurança: Ausência de exposição a perigo e proteção contra a ocorrência ou risco de lesão ou perda. Sugere precauções ideais no ambiente de trabalho, na rua, no lar, etc., e inclui segurança pessoal assim como a segurança de propriedade.Tempo de Internação: Período que um paciente permanece confinado em um hospital ou outra instituição de saúde.Traumatismos dos Tendões: Traumatismos das cordas fibrosas do tecido conjuntivo que unem músculos aos ossos ou outras estruturas.Carcinoma de Células Escamosas: Carcinoma derivado de células epiteliais escamosas (ver CÉLULAS EPITELIAIS). Também pode ocorrer em áreas em que o epitélio glandular ou colunar estejam normalmente presentes. (Tradução livre do original: Stedman, 25a ed)Traumatismo Cerebrovascular: Lesões traumáticas penetrantes e não penetrantes em um vaso sanguíneo intra ou extracraniano, que abastece o encéfalo. Estão incluídas as ARTÉRIAS CARÓTIDAS, ARTÉRIAS VERTEBRAIS, ARTÉRIAS MENÍNGEAS, ARTÉRIAS CEREBRAIS, veias e seios venosos.Traumatismos Dentários: Os danos traumáticos ou de outro tipo que afetam os dentes, incluindo fraturas (FRATURAS DENTÁRIAS) ou luxações (LUXAÇÕES DENTÁRIAS).Imuno-Histoquímica: Localização histoquímica de substâncias imunorreativas utilizando anticorpos marcados como reagentes.Entorses e Distensões: Termo coletivo para lesões de ligamentos e músculos, sem deslocamento ou fratura. Um entorse é uma lesão de articulação em que algumas das fibras de um ligamento de suporte são rompidas, mas a continuidade do ligamento permanece intacta. Uma distensão é um superesticamento ou tarefas excessivas de alguma parte da musculatura.Corpos Estranhos: Objetos inanimados que ficam encerrados no corpo.Osso Temporal: Cada um de um par de ossos compostos formando as superfícies laterais (esquerda e direita) e a base do crânio, contendo os órgãos da audição. É um osso grande formado pela fusão das partes escamosa (parte anterossuperior achatada), timpânica (parte anteroinferior curva), mastoide (porção posterior irregular) e petrosa (a parte na base do crânio).Hipóxia Encefálica: Redução no suprimento de oxigênio encefálico devido a ANOXEMIA (quantidade reduzida de oxigênio sendo transportado no sangue pela HEMOGLOBINA), ou a uma restrição do suprimento sanguíneo ao encéfalo, ou ambos. A hipóxia grave refere-se a anóxia e é uma causa relativamente comum de lesão ao sistema nervoso central. A anóxia encefálica prolongada pode levar à MORTE ENCEFÁLICA ou a um ESTADO VEGETATIVO PERSISTENTE. Histologicamente esta afecção é caracterizada pela perda neuronal que é mais proeminente no HIPOCAMPO, GLOBO PÁLIDO, CEREBELO e olivas bulbares.Hipotermia Induzida: TEMPERATURA CORPORAL anormalmente baixa induzida intencionalmente por meios artificiais em animais de sangue quente. Em humanos, a hipotermia suave ou moderada tem sido usada para diminuir danos teciduais, particularmente após lesões cardíacas ou na medula espinal e durante cirurgias subsequentes.Estudos de Coortes: Estudos em que os subconjuntos de uma certa população são identificados. Estes grupos podem ou não ser expostos a factores hipotéticos para influenciar a probabilidade da ocorrência de doença em particular ou outros desfechos. Coortes são populações definidas que, como um todo, são seguidos de uma tentativa de determinar as características que distinguem os subgrupos.Ajustamento Social: Adaptação de uma pessoa ao ambiente social. O ajuste pode ocorrer por adaptação do indivíduo (self) ao ambiente ou por transformação do ambiente (Tradução livre do original: Campbell, Psychiatric Dictionary, 1996).Traumatismos do Punho: Traumatismos do punho ou das articulações do punho.Hematoma Subdural Agudo: Acúmulo de sangue no ESPAÇO SUBDURAL associado com sintomas neurológicos de início agudo. Entre os sintomas podem-se incluir perda de consciência, CEFALEIA grave, e degeneração do estado mental.Violência: Comportamento agressivo individual ou grupal que não é aceitável socialmente, turbulento e muitas vezes destrutivo. Ele é precipitado por frustrações, hostilidade, preconceito, etc.Transferência de Pacientes: Transferência de pacientes interinstalação ou intra-hospitalar. A transferência intra-hospitalar é geralmente para obter um tipo específico de cuidado e a transferência interinstalação geralmente é por razões econômicas, ou pelas características do cuidado fornecido.Causalidade: Processo de relacionar causas com os efeitos que elas produzem. Causas são qualificadas como necessárias sempre que devem preceder um efeito e suficientes quando elas iniciam ou produzem um efeito. (Tradução livre do original: Last, 2001)Terapia Intensiva: Cuidado avançado e altamente especializado prestado a pacientes clínicos ou cirúrgicos, cujas condições ameaçam a vida e requerem amplos cuidados e constante monitorização. É geralmente administrado em unidades especialmente equipadas de instituições de cuidados de saúde.Medição de Risco: Métodos e técnicas aplicadas para identificar os fatores de risco e medir a vulnerabilidade aos perigos potenciais causados por desastres e substâncias químicas.Hematoma Subdural Intracraniano: Acúmulo de sangue no ESPAÇO SUBDURAL sobre o HEMISFÉRIO CEREBRAL.Respiração Artificial: Qualquer método de respiração artificial que emprega meios mecânicos ou não mecânicos para forçar a entrada e saída de ar dos pulmões. A respiração ou ventilação artificial é usada em indivíduos que sofreram parada respiratória ou têm INSUFICIÊNCIA RESPIRATÓRIA para aumentar sua captação de oxigênio (O2) e a liberação de dióxido de carbono (CO2).Lesão Pulmonar Induzida por Ventilação Mecânica: Lesão pulmonar causada por efeitos adversos da utilização de VENTILADORES MECÂNICOS. A alta frequência respiratória e o grande volume corrente produzidos por um ventilador mecânico pode causar ruptura dos alvéolos e EDEMA PULMONAR.Osso Parietal: Osso de um par de ossos quadrilaterias de forma irregular situados entre o OSSO FRONTAL e o OSSO OCCIPITAL, que, juntos, formam as partes laterais do CRÂNIO.Medicina Legal: Aplicação do conhecimento médico às perguntas da lei.Criança Hospitalizada: Criança hospitalizada para cuidados de curta duração.Monitorização Fisiológica: Medida contínua dos processos fisiológicos, pressão sanguínea, batimento cardíaco, débito renal, reflexos, respiração, etc., em pacientes ou animais experimentais; inclui monitorização farmacológica, dosagem de drogas administradas ou seus metabólitos no sangue, tecidos ou urina.Emirados Árabes Unidos: Federação de sete estados na porção sudeste da península Árabe: Abu Dhabi, Ajman, Dubai, Fujairah, Ras al-Khaimah, Sharjah e Umm al-Qaiwain. Em 1820 um tratado de paz foi concluído entre a Grã-Bretanha e os soberanos nativos. Durante o século XIX os soberanos aceitaram a supressão do comércio de escravos e restrição de relações estrangeiras de acordo com a Grã-Bretanha. O Conselho da Trégua foi estabelecido em 1952 e terminados os tratados de defesa com a Grã-Bretanha. Em 1971 foi formada uma federação de seis membros independentes, com Ras al-Khaiman unindo-se à federação em 1972.Centro Cirúrgico Hospitalar: Departamento hospitalar que administra todas as funções departamentais e proporciona o diagnóstico cirúrgico e serviços terapêuticos.Encefalopatias: Afecções que acometem o CÉREBRO, composto de componentes intracranianos do SISTEMA NERVOSO CENTRAL. Este inclui (mas não se limita a estes) CÓRTEX CEREBRAL, substância branca intracraniana, GÂNGLIOS DA BASE, TÁLAMO, HIPOTÁLAMO, TRONCO ENCEFÁLICO e CEREBELO.Reprodutibilidade dos Testes: Propriedade de se obter resultados idênticos ou muito semelhantes a cada vez que for realizado um teste ou medida. (Tradução livre do original: Last, 2001)

*  Traumatismos Cranianos Fechados - lookfordiagnosis.com

Traumatismos Cranianos Fechados. Novo Tópico Pesquisar Pesquisa avançada 1 tópico • Página 1 de 1 ...
https://lookfordiagnosis.com/portugueseforum/viewforum.php?f=1621

*  dores intestinais, enxaqueca, enjoo, boca amarga,dor no estomago

Traumatismos Cranianos Fechados. 1. + +. 253. Dermatoses da Mão. 1. + +. 254. Poli-Hidrâmnios. 1. + +. ...
lookfordiagnosis.com/results.php?symptoms=dores intestinais, enxaqueca, enjoo, boca amarga,dor no estomago&lang=3&parent=/&mode=F

*  dilatação das veias frontais cerebro, dor lobo frontal, queimação nuca

Traumatismos Cranianos Fechados. 3. + +. 92. Amnésia Retrógrada. 3. + +. 93. Transtornos Mentais. 3. + +. ...
lookfordiagnosis.com/results.php?symptoms=dilatação das veias frontais cerebro, dor lobo frontal, queimação nuca&lang=3&parent=/&mode=F

*  Atrofias Olivopontocerebelares - lookfordiagnosis.com

Traumatismos Cranianos Fechados. * Traumatismos Cranianos Penetrantes. * Transtornos Da Audição. * Perda Auditiva. * Perda ...
https://lookfordiagnosis.com/portugueseforum/viewforum.php?f=2860

*  Reabsorção Da Raiz - lookfordiagnosis.com

Traumatismos Cranianos Fechados. * Traumatismos Cranianos Penetrantes. * Transtornos Da Audição. * Perda Auditiva. * Perda ...
https://lookfordiagnosis.com/portugueseforum/viewforum.php?f=3489

*  Granulomatose De Wegener - lookfordiagnosis.com

Traumatismos Cranianos Fechados. * Traumatismos Cranianos Penetrantes. * Transtornos Da Audição. * Perda Auditiva. * Perda ...
https://lookfordiagnosis.com/portugueseforum/viewforum.php?f=4181

*  Reflexo De Babinski - lookfordiagnosis.com

Traumatismos Cranianos Fechados. * Traumatismos Cranianos Penetrantes. * Transtornos Da Audição. * Perda Auditiva. * Perda ...
https://lookfordiagnosis.com/portugueseforum/viewforum.php?f=3388

*  Infecções Por Adenophorea - lookfordiagnosis.com

Traumatismos Cranianos Fechados. * Traumatismos Cranianos Penetrantes. * Transtornos Da Audição. * Perda Auditiva. * Perda ...
https://lookfordiagnosis.com/portugueseforum/viewforum.php?f=87

*  Transtornos Da Cefaléia Secundários - lookfordiagnosis.com

Traumatismos Cranianos Fechados. * Traumatismos Cranianos Penetrantes. * Transtornos Da Audição. * Perda Auditiva. * Perda ...
https://lookfordiagnosis.com/portugueseforum/viewforum.php?f=1619

*  Doenças Dos Animais - lookfordiagnosis.com

Traumatismos Cranianos Fechados. * Traumatismos Cranianos Penetrantes. * Transtornos Da Audição. * Perda Auditiva. * Perda ...
https://lookfordiagnosis.com/portugueseforum/viewforum.php?f=228

*  Anodontia - lookfordiagnosis.com

Traumatismos Cranianos Fechados. * Traumatismos Cranianos Penetrantes. * Transtornos Da Audição. * Perda Auditiva. * Perda ...
https://lookfordiagnosis.com/portugueseforum/viewforum.php?f=236

*  Transtorno De Movimento Estereotipado - lookfordiagnosis.com

Traumatismos Cranianos Fechados. * Traumatismos Cranianos Penetrantes. * Transtornos Da Audição. * Perda Auditiva. * Perda ...
https://lookfordiagnosis.com/portugueseforum/viewforum.php?f=4307

*  Doenças Da Glândula Tireóide - lookfordiagnosis.com

Traumatismos Cranianos Fechados. * Traumatismos Cranianos Penetrantes. * Transtornos Da Audição. * Perda Auditiva. * Perda ...
https://lookfordiagnosis.com/portugueseforum/viewforum.php?f=3880

*  Sarcoma De Células Pequenas - lookfordiagnosis.com

Traumatismos Cranianos Fechados. * Traumatismos Cranianos Penetrantes. * Transtornos Da Audição. * Perda Auditiva. * Perda ...
https://lookfordiagnosis.com/portugueseforum/viewforum.php?f=3528

*  Ceratoconjuntivite Infecciosa - lookfordiagnosis.com

Traumatismos Cranianos Fechados. * Traumatismos Cranianos Penetrantes. * Transtornos Da Audição. * Perda Auditiva. * Perda ...
https://lookfordiagnosis.com/portugueseforum/viewforum.php?f=2084

*  Fraturas De Cartilagem - lookfordiagnosis.com

Traumatismos Cranianos Fechados. * Traumatismos Cranianos Penetrantes. * Transtornos Da Audição. * Perda Auditiva. * Perda ...
https://lookfordiagnosis.com/portugueseforum/viewforum.php?f=1414

*  Hiperostose Esquelética Difusa Idiopática - lookfordiagnosis.com

Traumatismos Cranianos Fechados. * Traumatismos Cranianos Penetrantes. * Transtornos Da Audição. * Perda Auditiva. * Perda ...
https://lookfordiagnosis.com/portugueseforum/viewforum.php?f=1881

*  Hemorragia Da Coróide - lookfordiagnosis.com

Traumatismos Cranianos Fechados. * Traumatismos Cranianos Penetrantes. * Transtornos Da Audição. * Perda Auditiva. * Perda ...
https://lookfordiagnosis.com/portugueseforum/viewforum.php?f=725

*  Plagiocefalia Não Sinostótica - lookfordiagnosis.com

Traumatismos Cranianos Fechados. * Traumatismos Cranianos Penetrantes. * Transtornos Da Audição. * Perda Auditiva. * Perda ...
https://lookfordiagnosis.com/portugueseforum/viewforum.php?f=3140

*  Anormalidades Craniofaciais - lookfordiagnosis.com

Traumatismos Cranianos Fechados. * Traumatismos Cranianos Penetrantes. * Transtornos Da Audição. * Perda Auditiva. * Perda ...
https://lookfordiagnosis.com/portugueseforum/viewforum.php?f=844

*  Complicações Do Trabalho De Parto - lookfordiagnosis.com

Traumatismos Cranianos Fechados. * Traumatismos Cranianos Penetrantes. * Transtornos Da Audição. * Perda Auditiva. * Perda ...
https://lookfordiagnosis.com/portugueseforum/viewforum.php?f=2837

*  Síndrome Da Vibração Do Segmento Mão-Braço - lookfordiagnosis.com

Traumatismos Cranianos Fechados. * Traumatismos Cranianos Penetrantes. * Transtornos Da Audição. * Perda Auditiva. * Perda ...
https://lookfordiagnosis.com/portugueseforum/viewforum.php?f=1605

*  Hepatite C Crônica - lookfordiagnosis.com

Traumatismos Cranianos Fechados. * Traumatismos Cranianos Penetrantes. * Transtornos Da Audição. * Perda Auditiva. * Perda ...
https://lookfordiagnosis.com/portugueseforum/viewforum.php?f=1736

*  Infecções Atípicas Por Mycobacterium - lookfordiagnosis.com

Traumatismos Cranianos Fechados. * Traumatismos Cranianos Penetrantes. * Transtornos Da Audição. * Perda Auditiva. * Perda ...
https://lookfordiagnosis.com/portugueseforum/viewforum.php?f=2627

*  Cárie Radicular - lookfordiagnosis.com

Traumatismos Cranianos Fechados. * Traumatismos Cranianos Penetrantes. * Transtornos Da Audição. * Perda Auditiva. * Perda ...
https://lookfordiagnosis.com/portugueseforum/viewforum.php?f=3488

Traumatismo cranioencefálico: Os traumatismos cranioencefálicos (TCE) são um tipo de traumatismo craniano que responde à quarta principal causa de mortalidade nos EUA nos últimos 40 anos. TraumatismoTrauma físico: O traumatismo (do grego traûma: "ferida") é uma lesão ou ferida mais ou menos extensa, produzida por ação violenta, de natureza física ou química, externa ao organismo.Concussão (medicina): Concussão caracteriza-se pela presença de sintomas neurológicos sem nenhuma lesão identificada, mas com danos microscópicos, dependendo da situação, reversíveis ou não."Facts about Concussion and Brain Injury and Where to Get Help".TetraplegiaMike RobertsonHematoma subduralMahindra Racing: Mahindra Racing é uma equipe de automobilismo indiana que disputa a Fórmula E.Pressão intracraniana: Pressão intracraniana (PIC) é pressão exercida pelo crânio sobre o tecido cerebral, fluido cerebroespinhal e sangue circulante do cérebro. A PIC decorre da compressão exercida nas paredes da caixa craniana devido as alterações no volume das estruturas do encéfalo e tem uma variação fisiológica de 5 a 15 mmHg e reflete a relação entre o conteúdo da caixa craniana e o volume do crânio.NeurocirurgiaLionel CoxGolfe nos Jogos Olímpicos de Verão de 1904: right|100 pxSíndrome do bebê cinzento: Síndrome do bebê cinzento é um sintoma causado pelo uso do cloranfenicol (antibiótico) na gravidez, que pode levar a essa síndrome, independente da dose em que se usa, pois o bebê não possui conjugantes presentes na fase II da biotransformação hepática, o que faz com que o cloranfenicol se deposite nos tecidos do bebê deixando-o com aspécto cinzento.Tim HowardDano moral: Considera-se dano moral quando uma pessoa se acha afetada em seu ânimo psíquico, moral e intelectual, seja por ofensa à sua honra, na sua privacidade, intimidade, imagem, nome ou em seu próprio corpo físico, e poderá estender-se ao dano patrimonial se a ofensa de alguma forma impedir ou dificultar atividade profissional da vítima.Traumatismo cardíaco: São traumatismos cardíacos quaisquer injúrias traumáticas ao coração.Designações de mísseis ar-superfície da Organização do Tratado do Atlântico Norte: Aqui está uma lista com as designações usadas pela OTAN para referenciar os mísseis ar-superfície usados pela extinta União Soviética.Arco (desambiguação): * Arco (arma), arma portátil de metal, madeira ou outro material, destinada ao arremesso de setas ou de flechas.John Mackey:
New York City, New York
Traumatismo craniano: O traumatismo craniano é um tipo de contusão ou ainda lesão na cabeça, pode ocorrer imediatamente ou se desenvolver lentamente no decorrer de várias horas, podendo ainda constituir-se num traumatismo cranioencefálico.Incidência: Usada em estatística e em epidemiologia, a Incidência pode referir-se a:Hemorragia retinalNeurotmese: Neurotmese é um trauma físico envolvendo o sistema nervoso periférico, com ruptura parcial ou completa do axónio e das fibras nervosas e nervos vinculadas.Entorse: Entorse é a perda momentânea da congruência articular (cápsula articular e/ou ligamentos) de uma articulação. Também pode ser definida como uma lesão traumática de uma articulação, com alongamento, arrancamento ou rotura de um ou mais ligamentos, sem deslocamento das superfícies articulares.


No FAQ disponível com os "Traumatismos Cranianos Fechados"

Clique em um termo à esquerda