Órgão Elétrico: Encontrada em aproximadamente 250 espécies de peixes elétricos, esta estrutura consiste de fibras musculares esqueléticas, formando placas multinucleadas em formato de discos, organizadas em pilhas como baterias em série, que estão inseridas em um matriz gelatinosa. Uma raia torpedo grande pode conter quinhentas mil placas. Músculos de diferentes regiões do corpo podem estar modificadas, por exemplo, o tronco e cauda na enguia elétrica, o aparato hiobranquial na raia elétrica, e os músculos oculares extrínsecos nos peixes da família Uranoscopidae. Órgãos elétricos poderosos que emitem pulsos em breves descargas várias vezes por segundo. Funcionam para debilitar a presa e afastar predadores. Uma raia torpedo grande pode produzir um choque de mais de 200 volts, capaz de atordoar um humano.Campos Eletromagnéticos: Região do espaço (field) [onde] forças elétricas e magnéticas atuam conjuntamente.Gimnotiformes: Ordem de peixes elétricos neotropicais encontrados principalmente nas águas da América do Sul. Eles emitem continuamente fracas descargas elétricas, as quais utilizam para localização e comunicação. A espécie mais vulgar de interesse biológico é a enguia elétrica ( ELECTROPHORUS electricus).Estimulação Elétrica: Uso de correntes ou potenciais elétricos para obter respostas biológicas.Traumatismos por Eletricidade: Traumatismos causados por correntes elétricas. O conceito exclui queimaduras por eletricidade (QUEIMADURAS POR CORRENTES ELÉTRICAS), mas inclui choque elétrico e eletrocussão acidental.Instalação Elétrica: Arranjo de fios para distribuir eletricidade.Condutividade Elétrica: Capacidade de um substrato permitir a passagem de ELÉTRONS.Torpedo: Gênero (família Torpedinidae) composto por várias espécies, cujos membros possuem poderosos órgãos elétricos e são comumente chamados de arraias elétricas.Fontes de Energia Elétrica: Dispositivos que controlam o fornecimento de corrente elétrica para o funcionamento de equipamentos elétricos.Eletroporação: Técnica na qual pulsos elétricos de intensidade em quilovolts por centímetro e de duração de micro a milissegundos, causam uma perda temporária da semipermeabilidade das MEMBRANAS CELULARES, levando então a uma perda dos íons, de metabólitos e maior captação de drogas pelas células, sondas moleculares e DNA.Impedância Elétrica: Resistência ao fluxo da corrente elétrica (alternada ou direta).Queimaduras por Corrente Elétrica: Queimaduras produzidas pelo contato com corrente elétrica ou de uma descarga súbita de eletricidade.Eletroquimioterapia: Modalidade terapêutica que utiliza pulsos de corrente elétrica para permeabilizar as membranas celulares (ELETROPORAÇÃO) e assim aumentar a captação de agentes quimioterapêuticos, vacinas ou genes nas células do organismo.Electrophorus: Gênero de peixe (família GYMNOTIFORME) capaz de gerar choque elétrico que imobiliza peixes e outras presas. A espécie Electrophorus electricus é também conhecida como enguia elétrica, embora não seja uma enguia verdadeira.Terapia por Estimulação Elétrica: Aplicação de corrente elétrica no tratamento, sem geração de calor perceptível. Inclui estimulação elétrica de nervos ou músculos, passagem de corrente no corpo, ou o uso de corrente ininterrupta de baixa intensidade para elevar o limiar de dor da pele.Eletroquímica: Estudo das transformações químicas resultantes da ação elétrica e, [também inversamente] da atividade elétrica resultante das transformações químicas.Comunicação Animal: Comunicação entre animais que envolve a emissão, por parte de um animal, de um sinal químico ou físico que influencia o comportamento daquele que o recebe.Birrefringência: Propriedade dos meios não isotrópicos (como são os cristais) pela qual um feixe único de luz incidente atravessa o meio [comportando-se] como [se houvesse] dois feixes, cada qual polarizado planarmente, sendo os planos perpendiculares entre si.Centrais Elétricas: Unidades que convertem algumas formas de energia em energia elétrica.Fenômenos Eletromagnéticos: 1) Características da ELETRICIDADE e do magnetismo, como partículas carregadas, e as propriedades e o comportamento de partículas carregadas e outros fenômenos relacionados ou associados ao eletromagnetismo. (MeSH) 2) Fenômenos envolvendo imãs, correntes elétricas (através de condutores) e os campos elétricos e magnéticos assim produzidos (como [ocorre] nos motores elétricos).Raias: Nome vulgar para todos os membros da família Rajidae. Raias e arraias são membros da mesma ordem (Rajiformes). As raias possuem órgãos elétricos fracos.Eletrochoque: Indução de uma reação de estresse em sujeitos experimentais por meio de um choque elétrico; se aplica a estados convulsivos ou não convulsivos.Potenciais da Membrana: Diferenças de voltagem através da membrana. Nas membranas celulares são computados por subtração da voltagem medida no lado de fora da membrana da voltagem medida no interior da membrana. Resultam das diferenças entre as concentrações interna e externa de potássio, sódio, cloreto e outros íons difusíveis através das membranas celulares ou das ORGANELAS. Nas células excitáveis, o potencial de repouso de -30 a -100 mV. Estímulos físico, químico ou elétrico tornam o potencial de membrana mais negativo (hiperpolarização) ou menos negativo (despolarização).Biofísica: Estudo dos FENÔMENOS FÍSICOS e PROCESSOS FÍSICOS aplicáveis aos seres vivos.Receptores Colinérgicos: Proteínas de superfície celular que se ligam à acetilcolina com alta afinidade e desencadeiam alterações intracelulares influenciando o comportamento de celular. Os receptores colinérgicos são divididos em duas classes principais, os receptores muscarínicos e os nicotínicos, divisão baseada originalmente na afinidade desses receptores pela nicotina e muscarina. Cada grupo ainda é subdividido baseado na farmacologia, localização, modo de ação e/ou biologia molecular.Implantes Cocleares: Dispositivos auditivos eletrônicos tipicamente usados em pacientes cuja função das orelhas externa e média é normal, mas a da orelha interna está comprometida. Na CÓCLEA, as células ciliadas (CÉLULAS CILIADAS VESTIBULARES) podem estar ausentes ou danificadas, porém há fibras nervosas residuais. O dispositivo estimula eletricamente o NERVO COCLEAR para criar sensação sonora.Eletroforese: Processo eletroquímico no qual macromoléculas ou partículas coloidais com uma rede elétrica carregada migram em uma solução sob a influência de uma corrente elétrica.Peixes: Grupo de vertebrados aquáticos de sangue frio que possuem brânquias, nadadeiras, endoesqueleto ósseo ou cartilaginoso e corpos alongados cobertos com escamas.Fenômenos Biofísicos: Processos e características físicas dos sistemas biológicos.Eletrofisiologia: Estudo do comportamento e da geração de cargas elétricas nos organismos vivos, particularmente no sistema nervoso, e dos efeitos da eletricidade nos organismos vivos.Eletro-Osmose: Deslocamento de um líquido através da membrana (ou tampão ou capilar) consequente à aplicação de um campo elétrico através da membrana. (Tradução livre do original: Oxford Dictionary of Biochemistry and Molecular Biology, 2001)Eletricidade Estática: Acúmulo de uma carga elétrica em um objeto.Cardioversão Elétrica: Corrente elétrica aplicada ao CORAÇÃO para terminar um distúrbio de seu ritmo, ARRITMIAS CARDÍACAS (Tradução livre do original: Stedman, 25th ed).Enguias: Nome vulgar de peixes (ordem Anguilliformes) teleósteos vorazes e alongados (forma de serpente).Íons: Átomo ou grupo de átomos que têm uma carga elétrica positiva ou negativa devido a ganho (carga negativa) ou perda (carga positiva) de um ou mais elétrons. Átomos com carga positiva são conhecidos como CÁTIONS e, aqueles com carga negativa são ÂNIONS.Matemática: Estudo dedutivo de forma, quantidade e dependência. (Tradução livre do original: McGraw-Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 6th ed)Capacitância Elétrica: Capacidade de um substrato reter uma carga elétrica.Potenciais de Ação: Mudanças abruptas no potencial de membrana, que percorrem a MEMBRANA CELULAR de células excitáveis em resposta a estímulos excitatórios.Modelos Biológicos: Representações teóricas que simulam o comportamento ou a actividade de processos biológicos ou doenças. Para modelos de doença em animais vivos, MODELOS ANIMAIS DE DOENÇAS está disponível. Modelos biológicos incluem o uso de equações matemáticas, computadores e outros equipamentos eletrônicos.Fatores de Tempo: Elementos de intervalos de tempo limitados, contribuindo para resultados ou situações particulares.Simulação por Computador: Representação feita por computador de sistemas físicos e fenômenos como os processos químicos.Membrana Celular: Membrana seletivamente permeável (contendo lipídeos e proteínas) que envolve o citoplasma em células procarióticas e eucarióticas.Permeabilidade da Membrana Celular: [Conjunto de] propriedades (quality) das membranas celulares que permite a passagem de solventes e de solutos para dentro e para fora das células.Acetilcolinesterase: Enzima que catalisa a hidrólise da ACETILCOLINA em COLINA e acetato. No SISTEMA NERVOSO CENTRAL, esta enzima participa da função das junções neuromusculares periféricas. EC 3.1.1.7.Desenho de Equipamento: Métodos de criação de máquinas e dispositivos.Análise de Elementos Finitos: Método, baseado em computador, para simular ou analisar o comportamento de estruturas ou componentes.Microeletrodos: Eletrodo com uma ponta extremamente pequena, usado em uma pinça de voltagem ou como aparelho para estimular ou registrar potenciais bioelétricos de células isoladas, intra ou extracelularmente. (Dorland, 28a ed)Magnetismo: Estudo dos FENÔMENOS MAGNÉTICOS.Cinética: Taxa dinâmica em sistemas químicos ou físicos.Teste da Polpa Dentária: Investigações realizadas sobre a saúde física dos dentes que envolve a utilização de uma ferramenta que transmite corrente elétrica quente ou fria na superfície de um dente e que podem determinar problemas com esse dente dependendo das reações às correntes.Utensílios Domésticos: Vários objetos materiais e artigos no lar. Inclui maquinário temporário ou permanente e eletrodomésticos. Não inclui móveis ou mobiliário de interiores. (MÓVEIS ver DECORAÇÃO INTERIOR E MOBILIÁRIO; MOBILIÁRIO INTERIOR ver DECORAÇÃO INTERIOR E MOBILIÁRIO).Modelos Teóricos: Representações teóricas que simulam o comportamento ou atividade dos sistemas, processos ou fenômenos. Eles incluem o uso de equações matemáticas, computadores e outros equipamentos eletrônicos.Eletrônica: Estudo, controle e aplicação da condução da ELETRICIDADE através de gases ou do vácuo, ou através de materiais semicondutores ou condutores. (Tradução livre do original: McGraw-Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 6th ed)Sensação: Processo no qual CÉLULAS RECEPTORAS SENSORIAIS transduzem estímulos periféricos (físicos ou químicos) em IMPULSOS NERVOSOS que são, então, transmitidos para os vários centros sensoriais no SISTEMA NERVOSO CENTRAL.Células Receptoras Sensoriais: Neurônios aferentes especializados capazes de transduzir estímulos sensoriais em IMPULSOS NERVOSOS que são transmitidos ao SISTEMA NERVOSO CENTRAL. Algumas vezes os receptores sensoriais para os estímulos externos são chamados exteroceptores; para estímulos internos, são chamados interoceptores e proprioceptores.Calefação: Transferência (application) de calor para elevar a temperatura do meio, ambiente ou local, ou os sistemas [necessários] para obter este efeito. É diferente de CALOR, a propriedade física e energia (principle) da física.Estimulação Acústica: Uso do som para extrair uma resposta no sistema nervoso.Ondas de Rádio: Ondas eletromagnéticas com frequências que variam entre 3 quilohertz (frequências muito baixas - VLF) e 300.000 mega-hertz (frequências extremamente altas - EHF). São usadas em difusão de televisão e rádio, sistemas de comunicação terrestres e via satélite, radionavegação, radiolocalização e DIATERMIA. As mais altas frequências de ondas de rádio são as MICRO-ONDAS.Nervo Coclear: Parte coclear do VIII par de nervos cranianos (NERVO VESTIBULOCOCLEAR). As fibras do nervo coclear se originam de neurônios do GÂNGLIO ESPIRAL e se projetam perifericamente para as células ciliadas cocleares e centralmente para os núcleos cocleares (NÚCLEO COCLEAR) do TRONCO ENCEFÁLICO. Elas mediam o sentido da audição.Técnicas Eletroquímicas: Utilização de corrente elétrica para medir, analisar ou alterar compostos químicos ou reações químicas em solução, células ou tecidos.Prótese Dentária: Substituição artificial de um ou mais dentes naturais ou parte de um dente, ou estruturas associadas, variando de uma parte de um dente a uma dentadura completa. A prótese dentária é utilizada por razões cosméticas ou funcionais, ou ambas. DENTADURAS e tipos específicos de dentaduras também estão disponíveis.Membranas Artificiais: Membranas produzidas artificialmente, como as membranas semipermeáveis usadas na DIÁLISE RENAL artificial, membranas monomoleculares e bimoleculares usadas como modelos para simular MEMBRANAS CELULARES biológicas. Estas membranas também são usadas no processo da REGENERAÇÃO TECIDUAL GUIADA.Implante Coclear: Inserção cirúrgica de um dispositivo auditivo eletrônico (IMPLANTES COCLEARES) com os eletrodos no NERVO COCLEAR da orelha interna para criar uma sensação sonora em pacientes com fibras nervosas residuais.Fenômenos Eletrofisiológicos: Propriedades elétricas características dos seres vivos, e os processos de organismos ou suas partes envolvidos na geração de cargas elétricas e nas respostas a elas.Modelos Neurológicos: Representações teóricas que simulam o comportamento ou a atividade dos sistemas, processos ou fenômenos neurológicos; inclui o uso de equações matemáticas, computadores, e outros equipamentos eletrônicos.Utensílios de Alimentação e CulináriaNanoporos: Pequenos orifícios de dimensões nanométricas em uma membrana, que podem ser usado como detectores moleculares exclusivos. Os poros podem ser biológicos ou sintéticos.Fontes de Energia Bioelétrica: Dispositivos de fornecimento de energia elétrica que convertem energia biológica, como a energia química do metabolismo ou a energia mecânica de movimentos periódicos, em energia elétrica.Periplaneta: Gênero da família Blattidae contendo diversas espécies, sendo a mais comum P. americana, a barata americana.Processos Eletrofisiológicos: Funções e atividades de organismos vivos ou suas partes envolvidos na geração e na resposta às cargas elétricas.Terminações Nervosas: Terminações especializadas das FIBRAS NERVOSAS, NEURÔNIOS sensoriais ou motores. As terminações dos neurônios sensoriais são o começo da via aferente para o SISTEMA NERVOSO CENTRAL. As terminações dos neurônios motores são as terminações dos axônios nas células musculares. As terminações nervosas que liberam neurotransmissores são chamadas TERMINAÇÕES PRÉ-SINÁPTICAS.Membranas Sinápticas: Membranas celulares associadas com sinapses. Incluem tanto as membranas pré-sinápticas quanto as pós-sinápticas juntamente com suas especializações, completa ou firmemente associadas, a fim de promover a liberação ou recepção de transmissores.Elasmobrânquios: Subclasse de peixes cartilaginosos composta por TUBARÕES, arraias, raias (RAIAS, PEIXE) e peixe-serra. Elasmobrânquios são tipicamente predadores que se guiam mais pelo cheiro (suas cápsulas olfatórias são relativamente grandes) que pela visão (seus olhos são relativamente pequenos) para obter seu alimento.Propriedades de Superfície: Características ou atributos dos limites externos dos objetos, incluindo moléculas.Bicamadas Lipídicas: Camadas de moléculas lipídicas que são duplas. Os sistemas de bicamadas são frequentemente estudados como modelos de membranas biológicas.Nanotecnologia: Desenvolvimento e emprego de técnicas para estudar fenômenos físicos e estruturas construídas em escala nanométrica ou menor.Compostos de PiridínioEletrodos Implantados: Condutores elétricos alocados por cirurgia em um ponto específico dentro do corpo através dos quais uma ESTIMULAÇÃO ELÉTRICA é liberada ou a atividade elétrica é registrada.Monitoramento de Radiação: Medida sistemática da radiação ambiental.Fenômenos Fisiológicos da Pele: Funções da pele no corpo humano e no do animal. Inclui a pigmentação da pele.Bacteriorodopsinas: Rodopsinas encontradas na MEMBRANA PURPÚREA das archaea halofílicas, como o HALOBACTERIUM HALONIUM. As bacteriorodopsinas atuam como transdutores de energia, convertendo a energia luminosa em energia eletroquímica via BOMBAS DE PRÓTONS.Concentração de Íons de Hidrogênio: Normalidade de uma solução com relação a íons de HIDROGÊNIO, H+. Está relacionada com medições de acidez na maioria dos casos por pH = log 1/2[1/(H+)], onde (H+) é a concentração do íon hidrogênio em equivalentes-grama por litro de solução. (Tradução livre do original: McGraw-Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 6th ed)Modelos Químicos: Representações teóricas que simulam o comportamento ou a atividade de processos ou fenômenos químicos; compreende o uso de equações matemáticas, computadores e outros equipamentos eletrônicos.Eletrólitos: Substâncias que se dissociam em dois ou mais íons, de certa maneira, em água. Assim, soluções de eletrólitos conduzem corrente elétrica e podem ser decompostas por ela (ELETRÓLISE).Surdez: Termo geral para perda completa da habilidade em ouvir por ambas as orelhas.Nível de Percepção Sonora: Dimensão da sensação auditiva que varia de acordo com a frequência (ciclos por segundo) do estímulo sonoro.Neurônios: Unidades celulares básicas do tecido nervoso. Cada neurônio é formado por corpo, axônio e dendritos. Sua função é receber, conduzir e transmitir impulsos no SISTEMA NERVOSO.Luz: Parte do espectro eletromagnético nas faixas visível, ultravioleta e infravermelha.Audição: Habilidade ou ação da sensação e da transmissão da ESTIMULAÇÃO ACÚSTICA ao SISTEMA NERVOSO CENTRAL.Comportamento Animal: A resposta observável de um animal diante de qualquer situação.Campos Magnéticos: Áreas de força de atração ou repulsão que circundam os ÍMÃS.Correção de Deficiência Auditiva: Procedimentos para corrigir TRANSTORNOS DA AUDIÇÃO.Oscilometria: Medida de frequência ou alterações de oscilação.Potenciometria: Titulação de uma solução na qual o ponto final é lido das variações do potencial do eletrodo com as concentrações do potencial de determinação de íons.Processamento de Sinais Assistido por Computador: Processamento assistido por computador de sinais elétricos, ultrassônicos ou eletrônicos para interpretar funções e atividades.Limiar Auditivo: O limite de audibilidade para discriminar a intensidade e o tom de um ruído.Músculos: Tecidos contráteis que produzem movimentos nos animais.Análise de Falha de Equipamento: Avaliação de incidentes envolvendo a perda de função de um equipamento. Estas avaliações são usadas para uma variedade de propósitos para determinar as taxas de insucessos, as causas de falhas, os custos das falhas e a confiança e durabilidade dos dispositivos.Corantes Fluorescentes: Agentes que emitem luz após excitação luminosa. O comprimento de onda da luz emitida geralmente é maior que o da luz incidente. Os fluorocromos são substâncias que causam fluorescência em outras substâncias, ou seja, corantes usados para marcar ou diferenciar outros compostos com etiquetas fluorescentes.Técnicas Analíticas Microfluídicas: Métodos que utilizam os princípios da MICROFLUÍDICA para manipulação de amostras, mistura de reagentes e separação e detecção de componentes específicos em líquidos.Audiometria da Fala: Medida da habilidade para ouvir a fala em várias condições de intensidade e interferência de ruídos utilizando campos de som assim como fones de orelha e osciladores ósseos.Exposição Ocupacional: Exposição a agentes químicos, físicos ou biológicos potencialmente prejudiciais, que ocorre como resultado da ocupação profissional.Soluções: Misturas homogêneas formadas ao se misturar uma substância (soluto) sólida, líquida ou gasosa em um líquido (solvente), do qual as substâncias dissolvidas podem ser recuperadas através de processos físicos.Órgãos dos Sentidos: Órgãos especializados adaptados para a recepção de estímulos pelo SISTEMA NERVOSO.Resposta Galvânica da Pele: Alteração da resistência elétrica da pele que ocorre com as emoções e em outras situações determinadas.Prótese Parcial: Dentadura substituindo um ou mais (mas não todos) dentes naturais. É suportada e retida por tecido subjacente e alguns ou todos os dentes remanescentes.Acetilcolina: Neurotransmissor encontrado nas junções neuromusculares, nos gânglios autonômicos, nas junções efetoras parassimpáticas, em algumas junções efetoras simpáticas e em muitas regiões no sistema nervoso central.Temperatura Ambiente: Propriedade de objetos que determina a direção do fluxo de calor quando eles são posicionados em contato térmico direto. A temperatura é a energia dos movimentos microscópicos (translacionais e de vibração) das partículas dos átomos.Eletrocoagulação: Procedimentos que utilizam fio ou bisturi aquecido eletricamente para tratar hemorragias (por exemplo, sangramento de úlceras) e remover tumores, lesões de mucosas e arritmias refratárias. É diferente de ELETROCIRURGIA, que é usada mais para cortar tecido do que para destruí-lo e em que o paciente faz parte do circuito elétrico.Eletroforese em Microchip: Versão altamente miniaturizada de ELETROFORESE executada em um dispositivo microfluídico.Canais Iônicos: Glicoproteínas seletivas a íons com passagem controlada que atravessam a membrana. O estímulo para a ATIVAÇÃO DO CANAL IÔNICO pode ser uma variedade de estímulos, como LIGANTES, POTENCIAIS DA MEMBRANA, deformação mecânica ou por meio de PEPTÍDEOS E PROTEÍNAS DE SINALIZAÇÃO INTRACELULAR.Eletrocirurgia: Divisão de tecidos por corrente de alta frequência aplicada localmente com um instrumento metálico ou agulha. (Stedman, 25a ed)Bungarotoxinas: Proteínas neurotóxicas do veneno da "banded" ou krait de Formosa (Bungarus multicinctus, uma cobra elapídica). A alfa-bungarotoxina bloqueia os receptores nicotínicos da acetilcolina e tem sido usada para isolamento e estudo desses receptores; as beta- e gama-bungarotoxinas agem pré-sinapticamente causando liberação e esvaziamento [do estoque] de acetilcolina. As formas alfa e beta já foram caracterizadas, sendo a forma alfa semelhante à neurotoxina maior (large), longa ou do tipo II, dos outros venenos elapídicos.Percepção da Fala: O processo pelo qual uma fala é decodificada em uma representação em termos de unidades linguísticas (sequencias de segmentos fonéticos que se combinam formando morfemas léxicos e gramaticais)Dermatoses FaciaisRelação Dose-Resposta à Radiação: Relação entre a dose administrada e a resposta do tecido à radiação.Eletrogalvanismo Intrabucal: Reação química que ocorre quando a saliva entra em contato com metais presentes nos enxertos dentários. Essa reação pode enviar corrente elétrica através do cérebro e causar sintomas negativos.DNA: Polímero desoxirribonucleotídeo que é material genético primário de todas as células. Organismos eucariotos e procariotos normalmente contém DNA num estado de dupla fita, ainda que diversos processos biológicos importantes envolvam transitoriamente regiões de fita simples. O DNA, cuja espinha dorsal é constituída de fosfatos poliaçucarados possuindo projeções de purinas (adenina ou guanina) e pirimidinas (timina e citosina), forma uma dupla hélice que é mantida por pontes de hidrogênio entre as purinas e as pirimidinas (adenina com timina e guanina com citosina).Percepção Sonora: O atributo perceptivo de um som, que corresponde ao atributo físico da intensidade.Dosagem de Radiação: Quantia de energia de radiação que é depositada em uma unidade de massa de material, como tecidos de plantas ou de animais. Em RADIOTERAPIA, a dosagem de radiação é expressa em unidades Gray (Gy). Em SAÚDE RADIOLÓGICA, a dosagem é expressa pelo produto da dose absorvida (Gy) e fator de qualidade (uma função de transferência de energia linear), e é denominada dose de radiação equivalente em unidades Sievert (Sv).Cálcio: Elemento fundamental encontrado em todos os tecidos organizados. É um membro da família dos metais alcalinoterrosos cujo símbolo atômico é Ca, número atômico 20 e peso atômico 40. O cálcio é o mineral mais abundante no corpo e se combina com o fósforo para formar os fosfatos de cálcio presentes nos ossos e dentes. É essencial para o funcionamento normal dos nervos e músculos além de desempenhar um papel importante na coagulação do sangue (como o fator IV) e em muitos processos enzimáticos.Microfluídica: O estudo de canais e câmaras de líquido de dimensões diminutas de dezenas a centenas de micrômetros e volume de nanolitros ou picolitros. É de interesse na MICROCIRCULAÇÃO biológica e usado na MICROQUÍMICA e TÉCNICAS INVESTIGATIVAS.Água: Líquido transparente, inodoro e insípido que é essencial para a maioria dos animais e vegetais, além de ser um excelente solvente para muitas substâncias. A fórmula química é óxido de hidrogênio (H2O). (Tradução livre do original: McGraw-Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 4th ed)Radiação Eletromagnética: Ondas de campos elétricos oscilantes e CAMPOS MAGNÉTICOS que se movem em ângulos perpendiculares entre si e para fora da fonte.Nadadeiras de Animais: Apêndice membranáceo de peixes e outros organismos aquáticos usados para locomoção ou equilíbrio.Eletroconvulsoterapia: CONVULSÕES induzidas eletricamente, usadas principalmente no tratamento de vários TRANSTORNOS AFETIVOS e ESQUIZOFRENIA.Compostos de Estanho: Compostos inorgânicos que contêm estanho como parte integral da molécula.Células Cultivadas: Células propagadas in vitro em meio especial apropriado ao seu crescimento. Células cultivadas são utilizadas no estudo de processos de desenvolvimento, processos morfológicos, metabólicos, fisiológicos e genéticos, entre outros.Terapia Aversiva: Tratamento que suprime o comportamento indesejável expondo o sujeito simultaneamente a consequências desagradáveis.Mecânica: Ramo da física que lida com a movimentação de corpos materiais, incluindo cinemática, dinâmica e estática. Quando as leis são aplicadas a estruturas vivas, como ao sistema locomotor, é considerado como FENÔMENO BIOMECÂNICO.Monotremados: Ordem de mamíferos dos quais só existem duas famílias, encontradas na Austrália, Nova Guiné e Tasmânia. São os únicos mamíferos ovíparos que existem em nossos dias. Têm a peculiaridade de possuírem apenas um orifício para expulsar a urina e os excrementos.Condicionamento (Psicologia): Termo genérico que se refere ao aprendizado de alguma resposta específica.Química Física: Estudo dos processos e FENÔMENOS QUÍMICOS em termos dos processos e FENÔMENOS FÍSICOS subjacentes.Receptores Nicotínicos: Uma das principais classes de receptores colinérgicos. Os receptores nicotínicos foram originalmente distinguidos pela sua preferência pela NICOTINA em detrimento à MUSCARINA. Eles são geralmente divididos entre os tipos muscular e neuronal (antigamente, ganglionar), baseados na farmacologia e na composição das subunidades dos receptores.Proteínas de Peixes: Proteínas obtidas de espécies de peixes (PEIXES).Permeabilidade: Propriedade das membranas e de outras estruturas que permitem a passagem de luz, calor, gases, líquidos, metabólitos, e íons minerais.Membrana Purpúrea: Regiões da membrana citoplasmática (funcional e estruturalmente diferenciadas) com pigmento púrpura, presentes em algumas cepas de Halobacterium halobium. Esta membrana se desenvolve em condições anaeróbicas, sendo formada quase que inteiramente pelo pigmento púrpura BACTERIORODOPSINA (Tradução livre do original: Singleton & Sainsbury Dictionary of Microbiology and Molecular Biology, 2a ed).Cromatóforos Bacterianos: Organelas de bactérias fototróficas as quais contêm pigmentos relacionados à fotossíntese, e que são formadas a partir de uma invaginação da membrana citoplasmática.Vesículas Sinápticas: Compartimentos, limitados por membranas, contendo moléculas transmissoras. As vesículas sinápticas estão concentradas nos terminais pré-sinápticos. Estas estruturas ativamente retiram do citoplasma as moléculas transmissoras. Em algumas sinapses, a liberação dos transmissores ocorre pela fusão destas vesículas com a membrana pré-sináptica, seguindo-se então a exocitose de seu conteúdo.Nanoestruturas: Materiais que têm componentes estruturados com pelo menos uma dimensão na faixa de 1 a 100 nanômetros. Entre eles estão NANOCOMPOSTOS, NANOPARTÍCULAS, NANOTUBOS, e NANOFIOS.Técnicas de Ablação: Remoção do tecido por vaporização, abrasão ou destruição. Os métodos usados incluem o aquecimento do tecido por líquidos quentes ou aquecimento por micro-ondas, congelamento (CRIOABLAÇÃO), ablação química e fotoablação com LASERS.Escovação Dentária: Ato de limpar os dentes com uma escova para remover placas e prevenir a deterioração do dente.Superfamília Shaker de Canais de Potássio: Canais de potássio de abertura dependente da tensão da membrana, cujas unidades primárias contêm seis segmentos transmembrana e formam tetrâmeros originando um poro com um sensor de voltagem. Estão relacionados com seu membro fundador, proteína shaker da Drosófila.Cicatrização: Restauração da integridade a tecido traumatizado.Eletroforese em Gel de Ágar: Eletroforese na qual um gel de ágar ou agarose é usado como meio de difusão.Sódio: Membro do grupo de metais alcalinos. Possui o símbolo Na, o número atômico 11 e peso atômico 23.Mascaramento Perceptivo: A interferência de um estímulo perceptivo com outro, causando uma diminuição da eficiência perceptiva.Modelos Cardiovasculares: Representações teóricas que simulam o comportamento ou a atividade dos sistemas, processos ou fenômenos cardiovasculares; inclui o uso de equações matemáticas, computadores e outros equipamentos eletrônicos.Gramicidina: Grupo de peptídeos antibióticos do BACILLUS brevis. A gramicidina C ou S é um decapeptídeo cíclico e as gramicidinas A, B e D são lineares. A gramicidina é um dos dois componentes principais da TIROTRICINA.Potássio: Elemento no grupo dos metais alcalinos com o símbolo atômico K, número atômico 19 e peso atômico 39,10. É o principal cátion do líquido intracelular das células musculares, entre outras. O íon potássio é um eletrólito forte e desempenha um papel significativo na regulação do volume celular e na manutenção do EQUILÍBRIO HIDROELETROLÍTICO.Halobacterium: Gênero de HALOBACTERIACEAE cujo crescimento requer alta concentração de sal. A fissão binária ocorre por constrição.Difusão: Tendência de um gás ou de um soluto a passar de um ponto de pressão ou concentração maior para um ponto de pressão ou concentração menor, e de distribuir-se no espaço disponível. A difusão, especialmente a DIFUSÃO FACILITADA, é um mecanismo importante de TRANSPORTE BIOLÓGICO.Microscopia de Fluorescência: Microscopia de amostras coradas com corantes fluorescentes (geralmente isotiocianato de fluoresceína) ou de substâncias naturalmente fluorescentes, que emitem luz quando expostas à luz ultravioleta ou azul. A microscopia de imunofluorescência utiliza anticorpos que são marcados com corante fluorescente.Vias Aferentes: Estruturas nervosas através das quais os impulsos são conduzidos da parte periférica em direção ao centro do sistema nervoso.Ativação do Canal Iônico: Abertura e fechamento de canais iônicos devido a um estímulo. Este pode ser uma alteração no potencial de membrana (ativação por voltagem), drogas ou transmissores químicos (ativação por ligante), ou deformação mecânica. Acredita-se que a ativação envolve alterações conformacionais (do canal iônico) que alteram a permeabilidade seletiva.Lipossomos: Vesículas artificiais, simples ou multilamelares (preparadas a partir de lecitina ou outros lipídeos), usadas para liberar uma variedade de moléculas ou complexos moleculares biológicos em células, por exemplo, liberação de drogas e transferência de genes. Usados também para estudar membranas e proteínas de membranas.Semicondutores: Materiais que possuem condutividade elétrica limitada e geralmente variável. São particularmente úteis na produção de dispositivos eletrônicos de estado sólido.Encéfalo: A parte do SISTEMA NERVOSO CENTRAL contida no CRÂNIO. O encéfalo embrionário surge do TUBO NEURAL, sendo composto de três partes principais, incluindo o PROSENCÉFALO (cérebro anterior), o MESENCÉFALO (cérebro médio) e o ROMBENCÉFALO (cérebro posterior). O encéfalo desenvolvido consiste em CÉREBRO, CEREBELO e outras estruturas do TRONCO ENCEFÁLICO (MeSH). Conjunto de órgãos do sistema nervoso central que compreende o cérebro, o cerebelo, a protuberância anular (ou ponte de Varólio) e a medula oblonga, estando todos contidos na caixa craniana e protegidos pela meninges e pelo líquido cefalorraquidiano. É a maior massa de tecido nervoso do organismo e contém bilhões de células nervosas. Seu peso médio, em um adulto, é da ordem de 1.360 g, nos homens e 1.250 g nas mulheres. Embriologicamente, corresponde ao conjunto de prosencéfalo, mesencéfalo e rombencéfalo. Seu crescimento é rápido entre o quinto ano de vida e os vinte anos. Na velhice diminui de peso. Inglês: encephalon, brain. (Rey, L. 1999. Dicionário de Termos Técnicos de Medicina e Saúde, 2a. ed. Editora Guanabara Koogan S.A. Rio de Janeiro)Verde de Metila: Tribenzeno-amônio (geralmente combinado com cloreto de zinco), utilizado como corante biológico e para tingimento e impressão têxtil.Movimento Celular: Movimento de células de um lugar para outro. Diferencia-se da CITOCINESE, que é o processo de divisão do CITOPLASMA de uma célula.Psicoacústica: A ciência que estuda a inter-relação dos fenômenos psicológicos com a resposta do indivíduo às propriedades físicas do som.Xenopus laevis: Espécie de "rã" com garras (Xenopus) mais comum e de maior abrangência na África. Esta espécie é utilizada intensamente em pesquisa científica. Há atualmente uma população significativa na Califórnia descendente de animais que escaparam de laboratórios.Bovinos: Animais bovinos domesticados (do gênero Bos) geralmente são mantidos em fazendas ou ranchos e utilizados para produção de carne, derivados do leite ou para trabalho pesado.Eletrólise: Transformação (destruction) pela passagem de corrente elétrica galvânica, como na desintegração de um composto químico em solução.Análise Numérica Assistida por Computador: Estudo assistido por computador de métodos para obtenção de soluções quantitativas úteis para problemas expressados matematicamente.FotoquímicaPeso Molecular: Soma do peso de todos os átomos em uma molécula.Membranas: Camadas delgadas de tecido que revestem partes do corpo, separam cavidades adjacentes ou conectam estruturas adjacentes.Coelhos: Espécie Oryctolagus cuniculus (família Leporidae, ordem LAGOMORPHA) nascem nas tocas, sem pelos e com os olhos e orelhas fechados. Em contraste com as LEBRES, os coelhos têm 22 pares de cromossomos.Canais de Sódio: Canais iônicos que permitem a passagem específica de íons SÓDIO. Uma quantidade variável de subtipos de canais de sódio está envolvida em desempenhar funções especializadas como sinalização nervosa, contração do MIOCÁRDIO e na função do RIM.Microscopia de Vídeo: Microscopia na qual câmeras de televisão são utilizadas para iluminar imagens ampliadas que estão de outra maneira, muito escuras para serem vistas a olho nu. É utilizada frequentemente em TELEPATOLOGIA.Vetorcardiografia: Registro momento-a-momento das forças eletromotrizes do coração em um plano da superfície corporal traçado como uma função vetorial de tempo.Física: Estudo dos aspectos de energia e matéria em termos de princípios e leis elementares. (Tradução livre do original: McGraw-Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 6th ed)Oxifenilbutazona: Droga anti-inflamatória não esteroidal. Os colírios de oxifenilbutazona têm sido utilizados em todo lugar no tratamento da inflamação ocular pós-operatória, em lesões oculares superficiais e episclerite. (Tradução livre do original: AMA, Drug Evaluations Annual, 1994, p2000). Tem sido utilizada por via oral em doenças reumáticas, como espondilite anquilosante, osteoartrite e artrite reumatoide, mas tais usos não mais se justificam devido ao risco de graves efeitos hematológicos colaterais. (Tradução livre do original: Martindale, The Extra Pharmacopoeia, 30th ed, p27)Fenômenos Físico-Químicos: Fenômeno físico que descreve a estrutura e as propriedades de átomos e moléculas, e seus processos de reação e interação.Grafite: Forma alotrópica de carbono que é usada em lápis, como lubrificante e em palitos de fósforo e explosivos. É obtido por mineração e seu pó pode causar irritação pulmonar.Ouro: Elemento metálico amarelo, cujo símbolo atômico é Au (número atômico 79 e massa atômica 197). É utilizado em joias, para banhar outros metais, como moeda e em restaurações dentárias. Em muitas de suas aplicações clínicas, por exemplo como ANTIRREUMÁTICOS, encontra-se na forma de sais.Alameticina: Antibiótico nonadecapeptídeo cíclico que atua como um ionóforo (carreador de íons) e é produzido por cepas de Trichoderma viride.Instrumentos Cirúrgicos: Ferramentas ou implementos manuais usados por profissionais de saúde para o desempenho de tarefas cirúrgicas.Venenos de Anfíbios: Venenos produzidos por rãs, sapos, salamandras, etc. As glândulas de veneno geralmente estão na pele das costas e contêm glicosídeos cardiotóxicos, colinolíticos, e vários outros materiais bioativos, muitos dos quais foram caracterizados. Os venenos (inclusive a bufogenina, a bufotoxina, a bufagina, a bufotalina, histrionicotoxinas, e a pumiliotoxina) têm sido usados em flechas.Vibração: Alteração periódica contínua em deslocamento em relação a uma referência fixa (Tradução livre do original: McGraw-Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 6th ed)Glândula Inter-Renal: Estruturas encontradas em peixes e que são homólogas ao tecido cortical da glândula adrenal de mamíferos. Estão em íntima proximidade ao rim ou inseridas neste órgão.Rádio: A transmissão e recepção de impulsos elétricos ou sinais por meio de ondas elétricas sem um fio conectado, ou o uso destas ondas para a transmissão sem fios de impulsos elétricos nos quais o som é convertido.CaudaTermodinâmica: Análise matemática rigorosa das relações [entre grandezas] energéticas (calor, trabalho, temperatura e equilíbrio). Descreve sistemas [e processos] cujos estados são caracterizados (determined) por parâmetros térmicos como a temperatura, além de parâmetros mecânicos e eletromagnéticos.Análise Espectral: Medida da amplitude dos componentes de um perfil de onda complexo ao longo do alcance da frequência do perfil de onda. (Tradução livre do original: McGraw-Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 6th ed)Microscopia Eletrônica: Microscopia que utiliza um feixe de elétrons, em vez de luz, para visualizar a amostra, permitindo assim uma grande amplificação. As interações dos ELÉTRONS com as amostras são usadas para fornecer informação sobre a estrutura fina da amostra. Na MICROSCOPIA ELETRÔNICA DE TRANSMISSÃO, as reações dos elétrons transmitidas através da amostra são transformadas em imagem. Na MICROSCOPIA ELETRÔNICA DE VARREDURA, um feixe de elétrons incide em um ângulo não normal sobre a amostra e a imagem é formada a partir de reações que ocorrem acima do plano da amostra.Modelos Anatômicos: Representação tridimensional para mostrar estruturas anatômicas. Para ensinar, praticar e estudar pode-se usar modelos no lugar de animais ou organismos intactos.Porosidade: Situação em que se tem poros ou espaços abertos. Refere-se frequentemente a ossos, implantes ósseos, ou cimentos ósseos, mas pode se referir ao estado poroso de qualquer substância sólida.Inibidores da Colinesterase: Drogas que inibem as colinesterases. O neurotransmissor ACETILCOLINA é rapidamente hidrolisado, e portanto inativado, pelas colinesterases. Quando as colinesterases são inibidas, a ação da acetilcolina liberada endogenamente nas sinapses colinérgicas é potencializada. Os inibidores da colinesterase são muito usados clinicamente pela sua potenciação das entradas colinérgicas para o trato gastrointestinal e a bexiga urinária, os olhos e músculos esqueléticos. Também são usados por seus efeitos no coração e no sistema nervoso central.Pessoas com Deficiência Auditiva: Pessoas com qualquer grau de perda de audição que tem um impacto em suas atividades de vida diárias ou que requerem ajuda especial ou intervenção.Espectrografia do Som: Registro gráfico da frequência e intensidade de sons, tais como fala, choro de criança e vocalizações animais.Roupas de Cama, Mesa e Banho: Artigos de tecido, geralmente algodão ou raiom e outros tecidos sintéticos ou combinados com algodão, utilizados em casas, hospitais, salas de exame médico, casas de tratamento, etc., para lençóis, capas de travesseiro, toalhas, uniformes, cortinas e similares.Sistema de Condução Cardíaco: Sistema que conduz impulso composto por músculo cardíaco modificado apresentando poder de ritmicidade espontânea e uma condução mais altamente desenvolvida que o resto do coração.Conformação Molecular: Forma característica tridimensional de uma molécula.Dotiepina: Antidepressivo tricíclico com alguma ação tranquilizante.Concentração Osmolar: Concentração de partículas osmoticamente ativas em solução, expressa em termos de osmoles de soluto por litro de solução. Osmolalidade é expressa em termos de osmoles de soluto por quilograma de solvente.Exposição Ambiental: Exposição de um indivíduo a agentes biológicos no ambiente ou a fatores ambientais como radiações ionizantes, produtos químicos e organismos patogênicos.Proteolipídeos: Combinações proteína-lipídicas abundantes no tecido cerebral, mas também presentes em uma ampla variedade de tecidos animais e plantas. Em contraste às lipoproteínas, elas são insolúveis em água, mas solúveis em misturas de clorofórmio e metanol. A porção proteica tem um alto conteúdo de aminoácidos hidrofóbicos. Os lipídeos associados consistem de uma mistura de GLICEROFOSFATOS, CEREBROSÍDEOS e SULFOGLICOESFINGOLIPÍDEOS, enquanto as lipoproteínas contêm FOSFOLIPÍDEOS, COLESTEROL e TRIGLICERÍDEOS.Engenharia: A aplicação prática de princípios físicos mecânicos e matemáticos. (Stedman, 25a ed). Inclui Engenharia Civil, Engenharia de Minas, Engenharia de Materiais e Metalúrgica, Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica, Engenharia Química, Engenharia Sanitária, Engenharia de Produção, Engenharia Nuclear, Engenharia de Transportes, Engenharia Naval e Oceânica, Engenharia Aeroespacial, Engenharia Biomédica.Oócitos: Células germinativas femininas derivadas dos OOGÔNIOS e denominados OÓCITOS quando entram em MEIOSE. Os oócitos primários iniciam a meiose, mas detêm-se durante o estágio diplóteno até a OVULAÇÃO na PUBERDADE para produzir oócitos ou óvulos secundários haploides (ÓVULO).

*  dores intestinais, enxaqueca, enjoo, boca amarga,dor no estomago

Queimaduras por Corrente Elétrica. 2. + +. 76. Síndrome de Pierre Robin. 2. + +. 77. Traumatismos por Explosões. 2. + +. ...

*  dor na ponta do penis

Queimaduras por Corrente Elétrica. 1. + +. 88. Extrofia Vesical. 1. + +. 89. Transtornos do Desenvolvimento Sexual. 1. + +. ...

*  dores no pé da barriga e de um lado esquerdo do pé da barriga .

Queimaduras por Corrente Elétrica. 1. + +. 84. Fraturas da Tíbia. 1. + +. 85. Ceratose. 1. + +. ...

*  anisocitose, dor nos musculos das pernas , calafrios

Queimaduras por Corrente Elétrica. 2. + +. 261. Esclerodermia Localizada. 2. + +. 262. Cisticercose. 2. + +. ...

*  MANUAL DE EMERGÊNCIAS CORPO DE BOMBEIROS

3. ao longo de todo o trajeto da corrente. Observam-se áreas de queimadura nos pontos de entrada e saída da corrente elétrica. ... Na produção da corrente elétrica há dispositivos que geram correntes que sempre fluem num mesmo sentido (corrente contínua) e ... Efeitos da corrente elétrica sobre o organismo: . maior o efeito. Duração da corrente: Quanto maior a duração. Natureza da ... esta diminui a resistência da pele e aumenta o fluxo da corrente pelo corpo. Efeitos da Corrente Elétrica Sobre o Organismo Os ...

*  Primeiros socorros

... corrente elétrica). - Queimaduras de 1o. e 2. graus devem ser tratadas com poma- da antibiótica. - Não use produtos como creme ... Capítulo 13 Queimaduras O que fazer no caso de QUEIMADURAS? Você vai precisar de: As queimaduras são classificadas de acordo ... à corrente elétrica, você deve verificar se a boca e a língua apre- Dependendo da intensidade da corrente e do tempo em que o ... 3). - Acidentes envolvendo água fervendo derramada sobre os animais resultam em queimaduras de 3º. grau. - Se a queimadura for ...

*  Elétrons Livre: Eletricidade

A corrente elétrica provoca graves queimaduras, lesa os tecidos nervosos e cerebrais, contrai os músculos, provoca coágulos, e ... ao passar pelo corpo humano molhado a corrente elétrica causa graves queimaduras.. Muitos são os relatos de pessoas que recebem ... O trajeto que a corrente elétrica perfaz no corpo humano e a intensidade da corrente. Além destes fatores devemos saber como a ... trazendo com isso mudanças na intensidade da corrente. Quanto maior a intensidade da corrente elétrica mais grave será a lesão ...

*  Queimaduras ( Acds. Roberto e Luana)

Queimadura Elétrica  Tipos de Correntes Corrente de Baixa Tensão Corrente Alternada Corrente de Alta Tensão Corrente Contínua ... Corrente de Baixa Tensão  Lesões menos extensas  Perigo de Fibrilação Ventricular Assistolia Queimadura ElétricaCorrente ... Queimadura elétrica  Conceitos Básicos / Unidades  Corrente elétrica - ampère (A)  Voltagem - Volts  (V) Resistência - ohms ... Efeito Joule Fotos de Queimaduras Elétricas Fotos de Queimaduras Químicas Fotos de Queimaduras Químicas Fotos de Queimaduras ...

*  ALTO SANTO É NOTÍCIA: CEARÁ registra mais de 24 mil raios

Ele lembra que os raios possuem forte corrente elétrica, podendo causar queimaduras e ferimentos ou até levar pessoas atingidas ...

*  MEDICINA: Alergia

Os acidentes causados por corrente elétrica podem provocar desde queimaduras, vertigens e desmaios, até a inconsciência ou ... No caso da criança ficar presa na corrente elétrica, é necessário desligar a fonte imediatamente e usando luvas de pástico ou ... Um choque elétrico pode provocar desde uma pequena queimadura no local do contato, até uma paragem cradíaca e respiratória. ... Também é indicado para diminuir o incômodo provocado pelas queimaduras do sol.. ...

*  Tags | WebCiência

Na pele, podem aparecer duas pequenas áreas de queimaduras (geralmente de 3º grau) - a de entrada e de saída da corrente ...

*  Choque elétrico - Wikipedia

Interrompa imediatamente o contato da vítima com a corrente elétrica: desligue o interruptor ou chave elétrica; afaste o fio ou ... Esta passagem de corrente pode causar um susto, podendo também causar queimaduras, parada cardíaca ou até mesmo a morte. ... depende da intensidade da corrente elétrica que atravessa o corpo da pessoa durante o choque e do caminho da corrente elétrica ... O choque elétrico (AO 1945: choque eléctrico) é a passagem de uma corrente elétrica através do corpo, utilizando-o como um ...

*  Raio (meteorologia) - Wikipedia

Equipamentos de proteção buscam dissipar a corrente elétrica para a terra de forma eficiente. O para-raios é um dos ... Em casos moderados, ocorrem ainda desordem metal, deficiências motoras, queimaduras de primeiro e segundo grau. A recuperação é ... Se um raio atingisse esse depósito, a corrente elétrica ficaria nessa camada exterior e não atingiria a parte interna. Esse ... O fio é vaporizado instantaneamente, mas o caminho percorrido pela corrente elétrica geralmente é retilíneo graças ao caminho ...

*  QUEIMADURAS. - ppt video online carregar

... podendo ocorrer também pelo frio intenso e por radiação solar e elétrica. Quando apenas a pele é afetada, chamamos de ... Se o tecido subcutâneo é comprometido, a queimadura é profunda, ficando a pele muito vermelha ou escura, podendo inclusive, ... Considerando a profundidade, as queimaduras são classificadas em: • Primeiro grau: quando a lesão é superficial. Aparecerão ... QUEIMADURAS As queimaduras são lesões causadas por calor, substâncias corrosivas, líquidos e vapores, ...

*  Projeto APE Coleção Falando de... Uso d e E ne n rg r ia 1 - PDF

8 QUEIMADURAS ELÉTRICAS A queimadura elétrica é uma lesão ocasionada por uma corrente elétrica que passa pelos tecidos. Esta é ... Este tipo de queimadura é especial, pois dependendo da corrente elétrica pode atingir órgãos internos na passagem da corrente ... 05 Queimaduras em cozinhas 05 Queimaduras em cozinhas As queimaduras mais comuns são as provocadas por líquidos e a maioria das ... EnErgia Elétrica Em tudo Ensino Fundamental I em tudo Energia elétrica Ensino Fundamental I Em tudo, energia elétrica. 1 Para ...

*  DISPOSITIVOS DE PROTEÇÃO

Portanto, não é difícil imaginar o que poderá causar de dano à saúde uma corrente elétrica externa, mais conhecida como choque ... queimaduras quase sempre graves; - parada respiratória com paralisia dos músculos torácicos responsáveis pela respiração (fatal ... quando a corrente elétrica externa paralisa o funcionamento do coração). Vale lembrar também que nas instalações elétricas ... são inúmeras e perigosas as possibilidades de se ter contato com a corrente elétrica. É conveniente lembrar que o Dispositivo ...

*  Auxiliar de Serviços Gerais - PDF

37 O choque elétrico é um dano causado por corrente elétrica sobre os tecidos orgânicos. Os efeitos do choque variam de acordo ... com a intensidade da corrente elétrica, causando formigamento, contração muscular intensa, queimaduras e, até mesmo, parada ... As queimaduras podem ser de: 1º grau (pele muito avermelhada); 2º grau (formação de bolhas); e, 3º grau (destruição dos tecidos ... 36 As queimaduras são lesões provocadas pelo calor, seja sob forma de raios solares, chamas de fogo, líquidos ou vapores ...

*  Choques elétricos

Dependendo da intensidade da tensão elétrica, o contato pode causar desde um simples formigamento na região, queimaduras e até ... já que em alguns casos a força da corrente elétrica pode arremessar a vítima. ... "Se a pessoa que recebeu a descarga está em uma situação de risco, em contato com a rede elétrica, é preciso solicitar o socorro ... Os efeitos do choque no corpo variam de acordo com a intensidade da corrente, duração da passagem pelo corpo, percurso através ...

*  Forno de micro-ondas - Wikipedia

A energia elétrica, na forma de uma corrente alternada (alta e baixa tensão) é transformada em corrente contínua por intermédio ... Líquidos quando colocados no forno micro-ondas podem superaquecer, causando queimaduras graves no usuário quando retirado do ... Objetos metálicos ou condutores quando aquecidos atuam como antenas, resultando em uma corrente elétrica. Qualquer objeto de ... A corrente que chega do transformador através do triplicador serve para alimentar o magnetron. O magnetron é constituído por um ...

*  1 primeiros socorros 03112005 (2)

Choque elétricoChoque elétrico É o fenômeno da passagem da corrente elétrica pelo corpo quando em contato com partes ... Queimaduras nos olhosQueimaduras nos olhos Primeiros socorros • Lavar os olhos com água em abundância durante vários minutos ... Choque elétricoChoque elétrico Primeiros socorros • Interromper imediatamente o contato da vítima com a corrente elétrica, ... QueimadurasQueimaduras Queimadura é uma lesão produzida no tecido de revestimento do organismo, por agentes térmicos, elétricos ...

*  Fundacentro eletrica (canteiro de obras)

Queimadura por choque elétrico A passagem da corrente elétrica pelo corpo humano gera calor produzindoqueimaduras, cuja ... 2.2 Efeito da corrente elétrica O efeito da corrente elétrica depende dos seguintes itens: • Intensidade da corrente; • Tempo ... RTP-05 2.4 Percurso da corrente elétrica através do corpo humano O percurso da corrente elétrica através do corpo humano ... Se a corrente elétrica permanece, o indivíduo perde a consciênciae morre sufocado. Fibrilação ventricular Se a corrente ...

*  Patrocínio Hoje

... e ainda havia corrente elétrica, quando sofreu um choque e sofreu graves queimaduras em ambas as mãos e em uma das pernas. ...

*  Desligar o quadro de força é a primeira tarefa a ser feita antes de limpar lustres, lâmpadas e acabamentos elétricos

Antes de tudo, desligue o quadro de força, certifique-se de que não há corrente elétrica no local e só depois inicie a limpeza ... Ela afirma, ainda, que a lâmpada deve estar fria, para evitar queimaduras. ...

*  Atrofias Olivopontocerebelares - lookfordiagnosis.com

Queimaduras. * Queimaduras Químicas. * Queimaduras Por Corrente Elétrica. * Queimaduras Por Inalação. * Bursite. * Bissinose ...

Teoria de gauge: As Teorias de Gauge, também chamadas de Teorias de Calibre, representam uma classe de teorias físicas baseadas na ideia de que as transformações de simetria podem ser locais ou globais. Essa ideia aplica-se não somente às teorias de campo, mas aos sistemas de dimensão finita, como alguns descritos por equações diferenciais ordinárias.Relação peso-potência: A relação peso-potência ou potência mássica é o rácio entre uma potência (W) e uma massa (kg).ALONSO, Marcelo.Ensaio (ciência)Eletroterapia: A Eletroterapia ou "eletricidade médica" como já foi designada consiste no uso de correntes elétricas para o tratamento de pacientes. Robertson, Val et al.Efeito Debye-Falkenhagen: O efeito Debye-Falkenhagen consiste na diminuição da resistência elétrica de um eletrólito quando aumenta a freqüência da corrente elétrica que o atravessa. O fenômeno se deve à diminuição da atmosfera de íons que cerca um determinado íon e que influencia a sua mobilidade.Barragem de Porjus: Umeå, SuéciaRelé: Um relé (do francês relais), ou, menos frequentemente, relê GuiadoHardware.net - Dicionário técnico: Relê (Relay)Carlos E.Chorão (cantor)Arma de eletrochoque: Uma arma de eletrochoque é uma arma de baixa letalidade que usa-se de uma descarga elétrica de alta tensão para imobilizar momentaneamente uma pessoa. Apesar de não apresentar grandes riscos à saúde de quem é atingido por ela, existem registros de mortes causadas pelo uso da arma de choque, por esse motivo, alguns especialistas preferem usar o termo "baixa-letalidade" para se referir ao potencial de mortalidade da arma.Grampeamento de voltagem: Grampeamento de voltagem ou (voltage clamp) é a técnica utilizada pelos pesquisadores Alan Lloyd Hodgkin e Andrew Huxley quando decidiram estudar as propriedades da membrana do axônio.Técnicas biofísicas: Técnicas biofísicas são métodos usados para obter-se informação sobre sistemas biológicos no um nível atômico ou molecular. Elas sobrepõe-se com métodos de outros campos da ciência.Espadarte: Espadarte (Xiphias gladius) , também designado por vezes como "peixe-espada" (que na verdade é o nome popular de outra espécie), é um peixe que pode atingir um tamanho máximo de 4,3 metros e um peso de 540 kg.Mastacembelus ellipsifer: Mastacembelus ellipsifer é uma espécie de peixe da família Mastacembelidae.Friedrich Risner: Friedrich Risner (Bad Hersfeld, ca. — ) foi um matemático alemão.Teoria de Chapman-Enskog: A teoria ou método de Chapman-Enskog apresenta fórmulas precisas para uma mistura gasosa multicomponente em equilíbrio térmico e químico. Em gases elásticos o desvio da distribuição de Maxwell-Boltzmann no equilíbrio é pequeno e pode ser tratado como uma perturbação.Membrana plasmática: A membrana plasmática, membrana celular ou plasmalema é a estrutura que delimita todas as células vivas, tanto as procarióticas como as eucarióticas. Ela estabelece a fronteira entre o meio intracelular, o citoplasma, e o ambiente extracelular, que pode ser a matriz dos diversos tecidos.Inibidor da acetilcolinesteraseConcentração de tensõesLula: A lula (ou calamar), ao contrário de outros animais do mesmo filo, não possui uma casca externa dura, mas um corpo externo macio e uma casca interna. Além disso, fazem parte ainda da classe dos cefalópodes ("pés na cabeça"), um grupo que também inclui o polvo, o choco e o náutilo.EnzimaMáquina de lavar louça: A máquina de lavar louça que é um aparelho eletrodoméstico cuja finalidade é de lavar dos apetrechos utilizados na cozinha, principalmente aqueles empregados no preparo e consumo das refeições. Muito comum nos países desenvolvidos, não é um eletrodoméstico popular no Brasil.Teorema de Equivalência de Lax: Em análise numérica, o Teorema de Equivalência de Lax é o teorema fundamental na análise do Método das diferenças finitas para a solução numérica de equações diferenciais parciais. O teorema diz que para um problema de valor inicial bem-posto e um método de discretização consistente, estabilidade é condição necessária e suficiente para a convergência.Componente eletrônico: Os componentes eletrônicos são a estrutura de um circuito eletrônico, isto é, são os componentes que fazem parte de qualquer circuito eléctrico ou eletrônico (desde os mais simples aos mais complexos) e que estão interligados entre si.Panela: As panelas são uma família de utensílios culinários consideradas por muitos como indispensáveis em qualquer cozinha. São geralmente de forma cilíndrica ou subesférica e normalmente têm uma tampa e uma ou duas pegas (cabos).Pilha: Pilha elétrica, célula galvânica, pilha galvânica ou ainda pilha voltaica é um dispositivo que utiliza reações de oxidorredução para converter energia química em energia elétrica. A reação química utilizada será sempre espontânea.Bicapa lipídica: A bicapa lipídica é formada pelo acoplamento de distintos lípidos anfipáticos, ou seja, que têm uma extremidade ("cabeça") hidrófila (pólo lipófobo) e uma "cauda" lipófila (pólo hidrófobo), que quando se encontram em um meio aquoso se orientam espacialmente, de tal maneira que as cabeças hidrofílicas se orientam até o exterior (até o meio aquoso) e as caudas hidrófobas se dirigem ao interior, formando uma região lipófila.NanotecnologiaBacteriorrodopsina: Bacteriorrodopsina é uma proteína utilizada pela Archaea, a mais notável Halobacteria. Atua como um bomba de protões, isto é, que capta a energia da luz e usa-a para mover protãos para fora da membrana da célula.Eletrólito: Eletrólito é toda a substância que, dissociada ou ionizada, origina íons positivos (cátions) e íons negativos (ânions), pela adição de um solvente ou aquecimento. Desta forma torna-se um condutor de eletricidade.Surdez prelinguística: A surdez prelinguística refere-se à deficiência auditiva de quem nasce com audição insuficiente para adquirir a fala normalmente, ou que perdeu a audição antes da idade em que a fala é adquirida.Estímulo (fisiologia): Do ponto de vista da fisiologia, estímulo é qualquer factor que provoca uma resposta fisiológica, ou comportamental num organismo.Alternador: Alternador é uma máquina que transforma energia mecânica em energia elétrica. É utilizado em diversas áreas, desde geradores de energia portáteis, em automóveis e até nas usinas hidrelétricas.Jacques ErreraDemodulação: Demodulação no caso da demodulação Amplitude Modulada (AM), o sinal de radiofreqüência é convertido pelo estágio de sintonia em FI (freqüência intermediária)e após este estágio, o sinal de FI é convertido em áudio .Corante traçante: Corante traçante é corante que se aplica para o acompanhamento e rastreamento de um fluxo e suas ramificações adicionado ao líquido em questão. O objetivo do rastreio pode ser uma análise do fluxo em si, do transporte de algo pelo fluxo ou dos objetos que transmitem o fluxo.PositiveID


graves

  • A corrente elétrica provoca graves queimaduras, lesa os tecidos nervosos e cerebrais, contrai os músculos, provoca coágulos, e pode paralisar a respiração. (blogspot.com)
  • Neste caso, podem ocorrer queimaduras graves ou até mesmo a eletrocussão. (blogspot.com)
  • A nossa pele é um bom isolante quando está seca, mas essa resistência cai muito quando molhada, assim, ao passar pelo corpo humano molhado a corrente elétrica causa graves queimaduras. (blogspot.com)
  • Os resultados são queimaduras, ferimentos graves e até mesmo a morte. (cemig.com.br)
  • As queimaduras elétricas geralmente são mais graves do que aparentam, mesmo aquelas em que o paciente procura ajuda especializada pessoalmente. (wikipedia.org)

causar queimaduras

  • Ele lembra que os raios possuem forte corrente elétrica, podendo causar queimaduras e ferimentos ou até levar pessoas atingidas à morte. (altosantoenoticia.com)
  • Esta passagem de corrente pode causar um susto, podendo também causar queimaduras, parada cardíaca ou até mesmo a morte. (wikipedia.org)
  • Além de paradas cardiorrespiratórias, um choque pode causar queimaduras sérias e até fraturas, já que em alguns casos a força da corrente elétrica pode arremessar a vítima. (saude.gov.br)

energia

  • Ao atender uma vítima de choque elétrico é necessário cuidar para não ficar na mesma situação: deve-se desligar a energia elétrica antes, ou usar alguma forma de isolamento elétrico, como algo feito de borracha, por exemplo. (wikipedia.org)
  • O corpo, no choque elétrico, serve como condutor da energia e ao mesmo tempo de resistência elétrica, causando os danos ao organismo. (wikipedia.org)
  • 14. Características básicas Os Dispositivos DR, Módulos DR ou Disjuntores DR de corrente nominal residual até 30mA, são destinados fundamentalmente a proteção de pessoas, enquanto os de correntes nominais residuais de 100mA, 300mA, 500mA, 1000mA ou ainda superiores a estas, são destinados apenas a proteção patrimonial contra os efeitos causados pelas correntes de fuga a terra, tais como: consumo excessivo de energia elétrica ou ainda incêndios. (scribd.com)
  • Vale lembrar também que nas instalações elétricas podem ocorrer fugas de corrente causadas por falhas de isolação, podendo se transformar em focos de incêndios, curtos-circuitos e perdas de energia aumentando o curtosconsumo. (scribd.com)
  • A energia elétrica, na forma de uma corrente alternada (alta e baixa tensão) é transformada em corrente contínua por intermédio de um circuito formado por um transformador, diodos e capacitores. (wikipedia.org)

contato

  • Além destes fatores devemos saber como a pessoa entrou em contato com a corrente elétrica, separei três maneiras e vamos utilizá-las para organizar nossa analise, as maneiras são: atingida por um raio, contato com um corpo eletrizado e contato com circuito energizado. (blogspot.com)
  • Quando uma pessoa recebe este choque, seus músculos são contraídos e ela pode ficar presa no condutor da corrente elétrica, aumentando o tempo de contato e agravando as lesões. (blogspot.com)
  • No contato com os fios energizados, o corpo serve de caminho para a corrente elétrica em direção à terra. (cemig.com.br)
  • Um toque no registro do chuveiro, no painel de uma máquina de lavar, na porta da geladeira, nas microondas enfim, são inúmeras e perigosas as possibilidades de se ter contato com a corrente elétrica. (scribd.com)
  • Dependendo da intensidade da tensão elétrica, o contato pode causar desde um simples formigamento na região, queimaduras e até uma parada cardiorrespiratória. (saude.gov.br)
  • Se a pessoa que recebeu a descarga está em uma situação de risco, em contato com a rede elétrica, é preciso solicitar o socorro do Corpo de Bombeiro para desativar a fonte antes de qualquer coisa", explica. (saude.gov.br)

intensidade

  • Os efeitos que a corrente elétrica pode causar no corpo humano dependem de vários fatores, os mais expressivos são: O trajeto que a corrente elétrica perfaz no corpo humano e a intensidade da corrente. (blogspot.com)
  • Na maioria das vezes este choque apenas causa um pequeno desconforto, mas, dependendo da intensidade da corrente, pode causar algumas queimaduras. (blogspot.com)
  • Nosso corpo conduz eletricidade e dependendo do percurso da corrente elétrica, a resistência do corpo pode mudar, trazendo com isso mudanças na intensidade da corrente. (blogspot.com)
  • Quanto maior a intensidade da corrente elétrica mais grave será a lesão, ou lesões que a pessoa terá. (blogspot.com)
  • Intensidade do Choque Elétrico Costuma-se associar o "estrago" que o choque pode causar com o nível de tensão, porém o correto é que depende da intensidade da corrente elétrica que atravessa o corpo da pessoa durante o choque e do caminho da corrente elétrica pelo corpo. (wikipedia.org)
  • Raio ou descarga elétrica atmosférica (DEA) é uma descarga elétrica de grande intensidade que ocorre na atmosfera, entre regiões eletricamente carregadas, e pode dar-se tanto no interior de uma nuvem (intra-nuvem), como entre nuvens (inter-nuvens) ou entre uma nuvem e a terra (nuvem-solo). (wikipedia.org)
  • Os efeitos do choque no corpo variam de acordo com a intensidade da corrente, duração da passagem pelo corpo, percurso através do mesmo e das condições em que se encontrava a vítima. (saude.gov.br)

podendo

  • 2 QUEIMADURAS As queimaduras são lesões causadas por calor, substâncias corrosivas, líquidos e vapores, podendo ocorrer também pelo frio intenso e por radiação solar e elétrica. (slideplayer.com.br)
  • Se o tecido subcutâneo é comprometido, a queimadura é profunda, ficando a pele muito vermelha ou escura, podendo inclusive, soltar água. (slideplayer.com.br)

pode causar

  • Dependendo do percurso da corrente no corpo humano ela pode causar muitas lesões e até a morte. (blogspot.com)

Choque

  • Choque elétrico é a passagem da corrente elétrica pelo corpo. (cemig.com.br)
  • O choque elétrico (AO 1945: choque eléctrico) é a passagem de uma corrente elétrica através do corpo, utilizando-o como um condutor. (wikipedia.org)
  • Sinalização ocorrente em locais onde há perigo de choque elétrico.De acordo com a Norma Regulamentadora número 10 (NR 10 - Segurança em serviços com eletricidade) do Ministério do Trabalho do Brasil, tensões menores que 50 V em corrente alternada e 120 V em corrente contínua são inofensivas. (wikipedia.org)
  • Portanto, não é difícil imaginar o que poderá causar de dano à saúde uma corrente elétrica externa, mais conhecida como choque elétrico. (scribd.com)

passagem

  • Diferentes graus de lesões externas visíveis podem cursar com rabdomiólise, uma necrose muscular profunda causada pela passagem da corrente elétrica. (wikipedia.org)

causadas

  • 6 QUEIMADURAS TÉRMICAS São aquelas causadas por agressão ao frio (congelamento) ou pelo calor (sólidos, líquidos, ou gases aquecidos), e são as mais frequentes. (docplayer.com.br)

grau

  • Classificação  Quanto a profundidade da lesão 1º Grau Não sangra , geralmente seca  Rosa e toda inervada  Não passam da Epiderme  Queimadura de Sol(exemplo)  Hiperemia(Vermelhidão)  Dolorosa Obs:Normalmente não chega na emergência  Fotos( 1º Grau) Classificação  Quanto a profundidade da lesão 2º Grau       Atinge derme Úmida Presença de Flictenas(Bolhas) Retirar ou não? (livrozilla.com)
  • A Rigor não se leva em conta as áreas com queimaduras de 1º grau Calculando a área queimada  Regra dos Nove  Rápido  Prático  Fácil de memorizar  Pouco preciso Calculando a área queimada LUND BROWDER   O mais avançado método de calculo de área queimada Leva em consideração as várias faixas de idade com precisão Obs. (livrozilla.com)
  • Na pele, podem aparecer duas pequenas áreas de queimaduras (geralmente de 3º grau) - a de entrada e de saída da corrente elétrica. (webciencia.com)
  • É o caso de uma queimadura de primeiro grau, que, por exemplo, pode atingir uma ampla área do corpo. (slideplayer.com.br)
  • Também procurar assistência em queimaduras de segundo grau em mãos ,pés,face e zonas genitais. (slideplayer.com.br)

parada

  • parada cardíaca (quando a corrente elétrica externa paralisa o funcionamento do coração). (scribd.com)

raio

maior

  • A maior parte ocorre na zona tropical do planeta e principalmente sobre as terras emersas, associados a fenômenos convectivos, dos quais, quando é intensa a atividade elétrica, resultam as trovoadas. (wikipedia.org)

Acidentes

  • 5 Chamamos a atenção para o fato de que 2/3 dos acidentes com queimaduras acontecem em casa, atingindo em sua maioria adolescente e crianças, sendo que os adolescentes se acidentam mais com líquidos combustíveis e as crianças com líquido superaquecido. (docplayer.com.br)

dependendo

  • Dependendo destes agentes as queimaduras podem ser classificadas em queimaduras térmicas, elétricas e químicas. (docplayer.com.br)

caso

  • Em caso de acidente com a rede elétrica, as solicitações de atendimento podem ser feitas pelo Fale com a Cemig, no telefone 116. (cemig.com.br)
  • Se o acidente for em uma residência pode-se tomar algumas atitudes antes da chegada do socorro como desligar a chave geral de força para interromper a corrente ou retirar o dispositivo da tomada, caso o cabo esteja encapado. (saude.gov.br)

eletricidade

  • s são lesões na pele e podem ser provocadas pelo calor, radiação, eletricidade, produtos químicos e certos animais e vegetais Embora seu significado literal englobe apenas as lesões térmicas, o termo queimadura vem sendo empregado para designar lesões traumáticas decorrentes também da exposição a agentes químicos, elétricos, biológicos ou radioativos. (docplayer.com.br)

morte

  • As lesões no organismo humano também se agravam quando a corrente elétrica passa por órgãos vitais, fazendo com que eles parem, na grande maioria dos casos, causando a morte. (blogspot.com)

causada

  • Esta descarga elétrica é causada por uma diferença de potencial entre a atmosfera e a superfície da terra, esta descarga acontece em pontos onde distância entre as partes for menor. (blogspot.com)

quase

  • É o único país com esta estatística, por um costume popular de se limpar tudo com álcool, sendo inclusive de fácil aquisição em qualquer supermercado, guardado em locais de fácil acesso às crianças: é responsável sozinho por quase 20% de todas as queimaduras em nosso país. (docplayer.com.br)

tratamento

  • É a "regra dos nove", que divide o corpo em áreas de aproximadamente 9%, utilizada para calcular a extensão da queimadura e decidir o tipo de tratamento, conforme a figura ao lado. (slideplayer.com.br)
  • Gilka Barbosa Lima Nery Coordenadora do Programa de atendimento ao queimado da Secretaria Estadual de Saúde do Estado de São Paulo - PAQ Coordenadora de tratamento de queimaduras na unidade de Santa Casa de São José dos Campos/SP Este material foi elaborado para o Projeto APE Ações Preventivas na Escola, e é de uso livre, desde que citado a fonte. (docplayer.com.br)
  • Neste mesmo período, o mel era associado a outras especiarias na conservação de múmias e utilizado no tratamento de queimaduras. (docplayer.com.br)

alternada

  • Tensões maiores que 50 V e menores que 1000 V em corrente alternada e entre 120 V e 1500 V em corrente contínua são chamadas de baixa tensão (BT), enquanto tensões de valores iguais ou maiores a 1000 V em corrente alternada e 1500 V em corrente contínua são chamadas de alta tensão (AT). (wikipedia.org)

pessoas

  • É conveniente lembrar que o Dispositivo DR atua em quaisquer umas das situações que envolva fuga de corrente, que causam riscos à vida das pessoas. (scribd.com)

envolvendo

  • Divirta-se com os jogos de segurança e aprenda como agir em situações de perigo envolvendo a rede elétrica! (cemig.com.br)

calor

  • O termo queimadura refere-se ao resultado da ação direta ou indireta do calor sobre o organismo. (docplayer.com.br)
  • AGENTES CAUSADORES (TIPOS) DE QUEIMADURAS: Físicos Tem origem no calor ou no frio, através de exposição, condução ou radiação eletromagnética. (docplayer.com.br)

agente

  • Quanto ao agente causador da lesão, crianças costumam se queimar com líquidos superaquecidos, enquanto a maioria dos adultos jovens sofre queimadura por líquidos inflamáveis. (docplayer.com.br)

pele

tecido

  • Cubra suavemente a queimadura com um pano limpo de tecido de algodão (lençol, fronha, fralda ou lenço). (slideplayer.com.br)

Brasil

  • No Brasil ainda são muito poucas as estatísticas sobre queimaduras. (docplayer.com.br)

circuito

  • O circuito protegido por este dispositivo necessita ainda de uma proteção contra sobrecarga e curto circuito que pode ser realizada por disjuntor ou fusível, devidamente coordenado com o Dispositivo DR. Disjuntor DR Dispositivo de seccionamento mecânico destinado a provocar a abertura dos próprios contatos quando ocorrer uma sobrecarga, curto circuito ou corrente de fuga à terra. (scribd.com)
  • Dispositivo destinado a ser associado a um disjuntor termomagnético adicionando a este a proteção diferencial residual, ou seja, esta associação permite a atuação do disjuntor quando ocorrer uma sobrecarga, curto circuito ou corrente de fuga à terra. (scribd.com)
  • Recomendado para instalações onde a corrente de curto circuito for elevada. (scribd.com)

terra

  • Dispositivo de seccionamento mecânico destinado a provocar a abertura dos próprios contatos quando ocorrer uma corrente de fuga à terra. (scribd.com)