Permeabilidade do Canal Arterial: Defeito cardíaco congênito caracterizado por abertura persistente do CANAL ARTERIAL fetal que conecta a ARTÉRIA PULMONAR à AORTA DESCENDENTE, permitindo que o sangue desoxigenado desvie do pulmão e flua para a PLACENTA. Normalmente o canal se fecha logo após o nascimento.Canal Arterial: Vaso sanguíneo fetal que conecta a artéria pulmonar à aorta descendente.Patentes como Assunto: Direitos legais ou privilégios exclusivos aplicados a invenções, plantas, etc. (MeSH) As patentes representam, em maior medida, o produto da pesquisa tecnológica e empresarial, por quanto protegem conhecimentos com potencial valor econômico. Título que assegura ao autor de uma invenção, modelo de utilidade, ou desenho industrial, a propriedade e uso exclusivos de seu invento. (Dicionário Eletrônico Houaiss da Língua Portuguesa, 2002)Persistência do Tronco Arterial: Anomalia congênita causada pelo desenvolvimento incompleto do TRONCO ARTERIAL em AORTA e ARTÉRIA PULMONAR separadas. Caracteriza-se por um tronco arterial único que forma a saída para ambos os VENTRÍCULOS CARDÍACOS e dá origem às artérias sistêmica, pulmonar e coronária. Está sempre acompanhada por um defeito do septo ventricular.Recém-Nascido: Criança durante o primeiro mês após o nascimento.Prematuro: Lactente humano nascido antes de 37 semanas de GESTAÇÃO.Dispositivo para Oclusão Septal: Implante feito por meio de CATETER usado para o fechamento de orifícios anormais no sistema cardiovascular, especialmente DEFEITOS DOS SEPTOS CARDÍACOS, ou de vias de acesso feitas intencionalmente durante procedimentos cirúrgicos cardiovasculares.Indometacina: Anti-inflamatório não esteroidal (NSAID) que inibe a enzima ciclo-oxigenase necessária para a formação de prostaglandinas e outros autacoides. Também inibe a motilidade de leucócitos polimorfonucleares.Doenças do PrematuroTronco Arterial: Tronco arterial que surge do coração fetal. Durante o desenvolvimento se divide em AORTA e ARTÉRIA PULMONAR.Cateterismo Cardíaco: Procedimento em que se colocam CATETERES CARDÍACOS para a realização de procedimentos terapêuticos ou diagnósticos.Artéria Pulmonar: Vaso curto e calibroso que se origina do cone arterial do ventrículo direito e transporta sangue venoso para os pulmões.Ibuprofeno: Anti-inflamatório não esteroide com propriedades analgésicas utilizado na terapia de reumatismo e artrite.Sopros Cardíacos: Sons cardíacos causados por vibrações resultantes do fluxo de sangue através do coração. Os sopros cardíacos podem ser examinados pela AUSCULTAÇÃO CARDÍACA, e analisados pela sua intensidade (6 graus), tempo de duração (sístole, diástole, ou contínua), localização, transmissão, e qualidade (musical, vibratória, sopro, etc.).Endarterite: Inflamação da camada endotelial interna (TÚNICA ÍNTIMA) de uma artéria.Cardiopatias Congênitas: Anormalidades do desenvolvimento relacionadas a estruturas do coração. Estes defeitos estão presentes ao nascimento, mas podem ser descobertos mais tarde na vida.Ligadura: Aplicação de uma ligadura para atar um vaso ou estrangular uma região.Forame Oval Patente: Afecção em que o FORAME OVAL no SEPTO INTERATRIAL definha para fechar-se abruptamente após o nascimento. Isto resulta em comunicações anormais entre as duas câmaras superiores do coração. Um forame oval patente isolado sem outros defeitos estruturais cardíacos geralmente é de significância não hemodinâmica.Idade Gestacional: A duração da gestação é medida a partir do primeiro dia do último período menstrual normal. A idade gestacional é expressa em dias ou semanas completas (por ex.: eventos que ocorrem de 280 a 286 dias após o início do último período menstrual normal são considerados como ocorridos na marca de 40 semanas de gestação). A idade gestacional é frequentemente uma fonte de confusão quando os cálculos são baseados em datas menstruais. Para os propósitos de cálculos da idade gestacional a partir da data do primeiro dia do último período menstrual normal e a data do parto, deve-se ter em mente que o primeiro dia é zero e não o dia um; os dias 0-6 correspondem então à "semana zero completa", os dias 7-13 à "semana completa um", e a quadragésima semana da gravidez atual é sinônimo de "semana completa 39". Quando a data do último período menstrual normal não é disponível, a idade gestacional deve ser baseada na melhor estimativa clínica. Para evitar confusão, as tabulações devem indicar tanto semanas quanto dias. (CID-10, vol.2, 8a ed., rev. e ampl. 2008)Próteses e Implantes: Substitutos artificiais para partes do corpo, e materiais inseridos em tecidos para propósitos funcionais, cosméticos ou terapêuticos. As próteses podem ser funcionais, como no caso de braços e pernas artificiais, ou cosméticas, como no caso de um olho artificial. Os implantes, todos cirurgicamente inseridos ou enxertados no corpo, tendem a ser utilizados terapeuticamente. IMPLANTES EXPERIMENTAIS estão disponíveis para aqueles usados experimentalmente.Ecocardiografia Doppler em Cores: Ecocardiografia por aplicação do efeito Doppler, com a sobreposição do fluxo de informação em cores em uma escala graduada numa imagem de tempo real.Comunicação Interventricular: Anomalias no desenvolvimento em qualquer porção do SEPTO INTERVENTRICULAR resultando em comunicações anormais entre as duas câmaras inferiores do coração. A classificação dos defeitos do septo interventricular está baseada no local da comunicação, como defeitos perimembranoso, de entrada, de saída (infundibular), e muscular central, marginal, ou apical.Feto: Filhote por nascer de um mamífero vivíparo no período pós-embrionário, depois que as principais estruturas foram delineadas. Em humanos, [a idade gestacional] do filhote por nascer vai [é definida como sendo] do final da oitava semana após a CONCEPÇÃO até o NASCIMENTO, diferente do EMBRIÃO DE MAMÍFERO prematuro.Oclusão com Balão: Uso de um CATETER de balão para bloquear o fluxo do sangue ao longo de uma artéria ou veia.Recém-Nascido de muito Baixo Peso: Lactente cujo peso ao nascer é menos que 1500 gramas (3,3 lb), independentemente da idade gestacional.Ecocardiografia Doppler: Medida do fluxo sanguíneo intracardíaco por utilização de um ecocardiograma de sistema M e/ou um bidimensional (2-D) enquanto se registra simultaneamente o espectro do sinal Doppler audível (por exemplo, velocidade, direção, amplitude, intensidade, tempo), refletido do movimento das células sanguíneas vermelhas.Aortografia: Visualização radiográfica da aorta e suas ramificações pela injeção de um meio de contraste, utilizando punção percutânea ou procedimentos de cateterização.Gravidez: Estado durante o qual os mamíferos fêmeas carregam seus filhotes em desenvolvimento (EMBRIÃO ou FETO) no útero (antes de nascer) começando da FERTILIZAÇÃO ao NASCIMENTO.Circulação Pulmonar: Circulação do SANGUE através do PULMÃO.Coração Fetal: Coração existente de feto de qualquer animal vivíparo. Refere-se ao coração do período pós-embrionário e é diferenciado do coração embrionário (CORAÇÃO/embriologia) somente por uma questão temporal.Embolização Terapêutica: Método de hemóstase usando vários agentes [Gelfoam, Silastic, metal, vidro ou pellets plásticos, coágulo autólogo, gordura e músculo] como êmbolo. Tem sido usada nos tratamentos da medula espinal, MALFORMAÇÕES ARTERIOVENOSAS INTRACRANIANAS, fístulas arteriovenosas renais, sangramento gastrointestinal, epistaxe, hiperesplenismo, certos tumores altamente vascularizados, rupturas traumáticas de vasos sanguíneos e controle de hemorragia cirúrgica.Coartação Aórtica: Defeito de nascimento caracterizado por estreitamento da AORTA que pode ser de grau variado, e que em qualquer ponto do arco transverso em direção à bifurcação ilíaca. A coartação aórtica causa HIPERTENSÃO arterial antes do ponto de estreitamento e HIPOTENSÃO arterial após a porção estreitada.Ecocardiografia: Registro ultrassônico do tamanho, movimentação e composição do coração e estruturas adjacentes. O acesso padrão é transtorácico.Papio papio: Espécie de mandril (família CERCOPITHECIDAE) utilizada frequentemente como modelo de animal para estudos cognitivos.Aorta Torácica: Porção da aorta descendente que se estende do arco da aorta até o diafragma, eventualmente conectando-se com a AORTA ABDOMINAL.Comunicação Interatrial: Anormalidades desenvolvidas em qualquer porção do SEPTO INTERATRIAL resultando em comunicações anormais entre as duas câmaras superiores do coração. A classificação dos defeitos do septo interatrial está baseada na localização da comunicação e tipos de fusão incompleta do septo interatrial com os COXINS ENDOCÁRDICOS no coração fetal. Entre os defeitos estão ostium primum, ostium secundum, seio venoso, e defeitos do seio coronário.Ovinos: Qualquer mamífero ruminante com chifres curvados (gênero Ovis, família Bovodae) que possuem sulco lacrimal e glândulas interdigitais (ausentes nas CABRAS).Anormalidades MúltiplasUltrassonografia Pré-Natal: Visualização dos tecidos durante a gestação através do registro dos ecos das ondas ultrassônicas dirigidas para o corpo. O procedimento pode ser aplicado com referência à mãe ou ao feto e com referência aos órgãos ou à detecção de doença materna ou fetal.Procedimentos Cirúrgicos Cardiovasculares: Cirurgias feitas no coração ou vasos sanguíneos.Recém-Nascido de Peso Extremamente Baixo ao Nascer: Recém-nascido cujo peso ao nascer é menor que 1.000 gramas (2,2 lbs) indiferente da idade gestacional.Fármacos Cardiovasculares: Substâncias que afetam o ritmo ou a intensidade da contração cardíaca, o diâmetro dos vasos, ou ainda o volume sanguíneo.Síndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido: Afecção do recém-nascido caracterizada por DISPNEIA com CIANOSE, anunciada por sinais prodrômicos, como dilatação das asas do nariz, grunhido expiratório e retração da incisura supraesternal ou margens costais. Frequentemente ocorrem mais em lactentes prematuros, crianças de mães diabéticas e lactentes extraídos por cesariana e, às vezes, sem nenhuma causa predisponente evidente.Aneurisma: Evaginação patológica ou dilatação saculiforme na parede de qualquer vaso sanguíneo (ARTÉRIAS OU VEIAS) ou no coração (ANEURISMA CARDÍACO). Indica uma área delgada e enfraquecida na parede, que pode se romper posteriormente. Os aneurismas são classificados pela localização, etiologia, ou outras características.Doenças Fetais: Afecções fisiológicas do FETO no ÚTERO. Algumas doenças fetais podem ser tratadas com TERAPIAS FETAIS.Síndrome da Persistência do Padrão de Circulação Fetal: Síndrome de HIPERTENSÃO PULMONAR persistente no RECÉM-NASCIDO, sem CARDIOPATIAS evidentes. Esta afecção neonatal pode ser causada por uma vasoconstrição pulmonar grave (tipo reativo), hipertrofia do músculo pulmonar arterial (tipo hipertrófico) ou alterações desenvolvidas nas arteríolas pulmonares (tipo hipoplástico). Os pacientes recém-nascidos apresentam CIANOSE e ACIDOSE devido ao padrão circulatório fetal persistente de desvio do sangue da direita para esquerda, através da PERSISTÊNCIA DO CONDUTO ARTERIOSO e, às vezes, um FORAME OVAL PATENTE.Resultado do Tratamento: Estudos conduzidos com o fito de avaliar as consequências da gestão e dos procedimentos utilizados no combate à doença de forma a determinar a eficácia, efetividade, segurança, exequibilidade dessas intervenções.Velocidade do Fluxo Sanguíneo: Valor igual ao volume total do fluxo dividido pela área de secção do leito vascular.Displasia Broncopulmonar: Doença pulmonar crônica desenvolvida após OXIGENOTERAPIA ou VENTILAÇÃO MECÂNICA em certas crianças prematuras (PREMATUROS) ou recém-nascidos com síndrome do desconforto respiratório (SÍNDROME DO DESCONFORTO RESPIRATÓRIO DO RECÉM-NASCIDO). É caracterizada histologicamente por anormalidades incomuns dos bronquíolos, como a METAPLASIA, número reduzido de alvéolos e formação de CISTOS.Procedimentos Cirúrgicos Cardíacos: Cirurgias feitas no coração.Inibidores de Ciclo-Oxigenase: Compostos ou agentes que combinam com a ciclo-oxigenase (PROSTAGLANDINA-ENDOPERÓXIDO SINTASE) e assim impedem a sua combinação substrato-enzima com o ácido araquidônico, e a formação de eicosanoides, prostaglandinas e tromboxanos.Oliguria: Débito de URINA diminuído, abaixo da faixa normal. Oligúria pode ser definida como diurese igual ou menor que 0,5 ou 1 ml/kg/h, dependendo da idade.Complexo de Eisenmenger: Afecção associada com DEFEITOS DO SEPTO INTERVENTRICULAR e outros defeitos cardíacos congênitos que permitem a mistura de circulação sistêmica e pulmonar, aumento do fluxo sanguíneo no pulmão e respostas subsequentes ao baixo oxigênio no sangue. Este complexo é caracterizado por HIPERTENSÃO PULMONAR, HIPERTROFIA do VENTRÍCULO DIREITO, CIANOSE e ERITROCITOSE.Hipertensão Pulmonar: Aumento da RESISTÊNCIA VASCULAR na CIRCULAÇÃO PULMONAR, geralmente secundária a CARDIOPATIAS ou PNEUMOPATIAS.Deformidades Congênitas das Extremidades Inferiores: Anomalias estruturais congênitas da EXTREMIDADE INFERIOR.Alprostadil: Agente vasodilatador potente que aumenta o fluxo sanguíneo periférico.Unidades de Terapia Intensiva Neonatal: Unidades hospitalares que proveem assistência intensiva e contínua a recém-nascidos em estado grave.Angiografia: Radiografia dos vasos sanguíneos após injeção de um meio de contraste.Animais Recém-Nascidos: Refere-se a animais no período logo após o nascimento.Defeitos dos Septos Cardíacos: Anormalidades em qualquer parte do SEPTO CARDÍACO resultante de uma comunicação anormal entre as câmaras do coração, esquerda e direita. O fluxo sanguíneo anormal dentro do coração pode ser causado por defeitos no SEPTO INTERATRIAL, SEPTO INTERVENTRICULAR, ou ambos.Ligas: Mistura de elementos metálicos ou compostos com outros elementos metálicos e metaloides em proporções variadas.Enterocolite Necrosante: ENTEROCOLITE com ulcerações extensas (ÚLCERA) e NECROSE . É observada principalmente em RECÉM-NASCIDO DE BAIXO PESO.Septos Cardíacos: Esta estrutura inclui o septo interatrial muscular delgado entre os dois ÁTRIOS DO CORAÇÃO, e o septo interventricular muscular espesso, entre os dois VENTRÍCULOS DO CORAÇÃO.Traumatismos do Nervo Laríngeo Recorrente: Lesões traumáticas no NERVO LARÍNGEO RECORRENTE que podem resultar em disfunção das cordas vocais.Angiocardiografia: Radiografia do coração e dos grandes vasos após injeção de um meio de contraste.Estenose da Valva Pulmonar: Estreitamento patológico do orifício da VALVA PULMONAR. Esta lesão restringe o fluxo de sangue do VENTRÍCULO DIREITO à ARTÉRIA PULMONAR. O bloqueio é completo quando a valva trifoliada é fundida em uma membrana imperfurada.Fisiognomia: Avaliação da personalidade de uma pessoa com base em suas características externas facial e outros.Oxigênio: Elemento com símbolo atômico O, número atômico 8 e peso atômico [15.99903; 15.99977]. É o elemento mais abundante da Terra e essencial à respiração.Atresia Pulmonar: Defeito cardíaco congênito caracterizado pelo estreitamento ou ausência completa da abertura entre a ARTÉRIA PULMONAR e o VENTRÍCULO DIREITO. O sangue desoxigenado no ventrículo direito, não pode ser eficazmente bombeado no pulmão para oxigenação, pela ausência da VALVA PULMONAR normal. Entre as características clínicas estão respiração rápida, CIANOSE, atrofia do ventrículo direito, e sons cardíacos anormais (SOPROS CARDÍACOS).Tocólise: Qualquer modalidade de tratamento medicamentoso desenvolvida para inibir a CONTRAÇÃO UTERINA. Utilizada em gestantes com risco de trabalho de parto prematuro.Estudos Retrospectivos: Estudos nos quais os dados coletados se referem a eventos do passado.Síndromes do Arco Aórtico: Afecções resultantes de anomalias nas ramificações das artérias da AORTA ASCENDENTE, a porção curva da aorta. Estas síndromes são resultados de oclusão ou fluxo de sangue anormal da cabeça-pescoço ou região do braço, levando a defeitos neurológicos e fraqueza em um braço. Estas síndromes estão associadas com malformações vasculares, ATEROSCLEROSE, TRAUMA, e coágulos de sangue.Recém-Nascido de Baixo Peso: Recém-nascido que tem um peso de nascimento de menos de 2500 gramas (5.5 lb.), mas o termo RECÉM-NASCIDO DE MUITO BAIXO PESO está disponível para crianças que têm um peso de nascimento de menos de 1500 gramas (3.3 lb.).Seguimentos: Estudos nos quais indivíduos ou populações são seguidos para avaliar o resultado de exposições, procedimentos ou efeitos de uma característica, por exemplo, ocorrência de doença.Anti-Inflamatórios não Esteroides: Anti-inflamatórios não esteroidais. Além das ações anti-inflamatórias eles têm ações analgésicas, antipiréticas, e inibidoras de plaquetas. Eles bloqueiam a síntese de prostaglandinas inibindo a ciclo-oxigenase, que converte o ácido araquidônico em endoperóxidos cíclicos, precursores de prostaglandinas. A inibição da síntese de prostaglandinas explica as ações analgésicas, antipiréticas, e inibidoras de plaquetas; outros mecanismos podem contribuir para seus efeitos anti-inflamatórios.Tetralogia de Fallot: Combinação de cardiopatias congênitas que consistem em quatro características chaves, dentre as quais os DEFEITOS DO SEPTO INTERVENTRICULAR, ESTENOSE PULMONAR, HIPERTROFIA VENTRICULAR DIREITA e uma AORTA posicionada à direita. Nesta situação, o sangue de ambos os ventrículos (rico e pobre em oxigênio) é bombeado no corpo, frequentemente causando CIANOSE.Desenho de Equipamento: Métodos de criação de máquinas e dispositivos.Malformações Vasculares: Espectro de anormalidades congênitas, hereditárias ou adquiridas, nos VASOS SANGUÍNEOS, que podem prejudicar o fluxo sanguíneo normal em ARTÉRIAS ou VEIAS. A maior parte é constituída por defeitos congênitos, como comunicações anormais entre vasos sanguíneos (fístulas) que levam o sangue arterial diretamente para as veias desviando dos CAPILARES (malformações arteriovenosas), formação de vasos grandes dilatados cheios de sangue (angioma cavernoso) e capilares intumescidos (telangiectasias capilares). Em casos raros, malformações vasculares podem resultar de trauma ou doença.Aorta: O principal tronco das artérias sistêmicas.Fator de Transcrição AP-2: Família de proteínas ligantes de DNA que regulam a expressão de uma variedade de GENES durante a DIFERENCIAÇÃO CELULAR e a APOPTOSE. Membros desta família contêm um MOTIVO HÉLICE-VOLTA-HÉLICE carboxi-terminal básico altamente conservado envolvido na dimerização e na ligação a sequências específicas de DNA.Valva Pulmonar: Válvula localizada na entrada do tronco pulmonar no ventrículo direito.Toracotomia: Incisão cirúrgica na parede do tórax.Terceiro Trimestre da Gravidez: Último terço da GRAVIDEZ humana [que vai] do início da 29a até a 42a semana completa (197 a 294 dias) de gestação.Vasoconstrição: Estreitamento fisiológico dos VASOS SANGUÍNEOS por contração do MÚSCULO LISO VASCULAR.Cateterismo: Utilização ou inserção de um dispositivo tubular em um ducto, vaso sanguíneo, cavidade de um órgão ou cavidade corporal pela injeção ou retirada de fluidos para fins diagnósticos ou terapêuticos. Difere de ENTUBAÇÃO, em que um tubo é utilizado para restaurar ou manter a patência em obstruções.Artéria Subclávia: Artéria que do lado direito se origina do tronco braquiocefálico, e do lado esquerdo se origina do arco da aorta. Dirige-se para o pescoço, parede torácica, medula espinhal, cérebro, meninges e membros superiores.Hemodinâmica: Movimento e forças envolvidos no movimento do sangue através do SISTEMA CARDIOVASCULAR.Papio: Gênero de primatas da subfamília CERCOPITHECINAE, família CERCOPITHECIDAE, composto por cinco espécies denominadas: PAPIO URSINUS (babuínos chacma), PAPIO CYNOCEPHALUS (babuíno amarelo), PAPIO PAPIO (babuíno do oeste), PAPIO ANUBIS (babuíno anubis ou oliva), PAPIO HAMADRYAS (babuíno hamadryas). O gênero Papio está distribuído em florestas abertas, savanas, pastagens e elevações rochosas. Alguns autores consideram MANDRILLUS um subgênero do Papio.Tocolíticos: Fármacos que impedem o parto prematuro e o nascimento de crianças imaturas, suprimindo as contrações uterinas (TOCÓLISE). Entre as substâncias usadas para retardar a atividade uterina prematura se incluem o sulfato de magnésio, os beta-miméticos, os antagonistas da ocitocina, os inibidores dos canais de cálcio e os agonistas dos receptores adrenérgicos beta. O uso de álcool intravenoso como tocolítico é agora obsoleto.Doença da Membrana Hialina: Síndrome do desconforto respiratório em recém-nascidos, geralmente prematuros com SURFACTANTES PULMONARES insuficientes. A doença é caracterizada pela formação de uma membrana semelhante à HIALINA que recobre os espaços aéreos respiratórios terminais (ALVÉOLOS PULMONARES) e o subsequente colapso do pulmão (ATELECTASIA PULMONAR).Deformidades Congênitas das Extremidades Superiores: Anomalias estruturais congênitas da EXTREMIDADE SUPERIOR.Ultrassonografia Doppler: Ultrassonografia que aplica o efeito Doppler, com reflexões do ultrassom desviadas pela frequência, produzidas por alvos móveis (geralmente hemácias) na corrente sanguínea ao longo do eixo do ultrassom, diretamente proporcionais à velocidade de movimento dos alvos, para determinar tanto a direção quanto a velocidade do fluxo sanguíneo. (Stedman, 25a ed)Constrição Patológica: Afecção em que uma estrutura anatômica é contraída além das dimensões normais.Infecções Cardiovasculares: Estados patológicos do SISTEMA CARDIOVASCULAR causados por infecções.Anomalia de Ebstein: Defeito cardíaco congênito caracterizado por deslocamento descendente ou apical da VALVA TRICÚSPIDE, geralmente com os folhetos septal e posterior sendo fixados à parede do VENTRÍCULO DIREITO. Caracteriza-se por um ÁTRIO DIREITO enorme e um ventrículo direito pequeno e menos eficaz.Radiografia Intervencionista: Procedimentos diagnósticos e terapêuticos que são invasivos ou cirúrgicos, e requerem um radiologista especialmente treinado. Em geral, são mais invasivos do que uma imagem diagnóstica, mas menos invasivos do que a maioria das cirurgias. Geralmente envolvem cateterização, fluoroscopia ou tomografia computadorizada. Alguns exemplos incluem colangiografia percutânea trans-hepática, biópsia percutânea transtorácica, angioplastia de balão e embolização arterial.Estudos Prospectivos: Estudos planejados para a observação de eventos que ainda não ocorreram.Síndrome do Coração Esquerdo Hipoplásico: Afecção causada por subdesenvolvimento de toda a metade esquerda do coração. É caracterizada por hipoplasia das cavidades cardíacas esquerdas (ÁTRIO CARDÍACO, VENTRÍCULO CARDÍACO), AORTA, VALVA AÓRTICA, e VALVA MITRAL. Os sintomas graves aparecem no início da infância quando o CANAL ARTERIAL se fecha.Dinoprostona: Mais comum e a biologicamente mais ativa das prostaglandinas de mamíferos. Apresenta a maioria das atividades biológicas características das prostaglandinas e tem sido utilizada extensivamente como agente ocitócico. O composto também exibe efeito protetor na mucosa intestinal.

*  CID-10 Capítulo XVII: Malformações congênitas, deformidades e anomalias cromossômicas - Wikipedia

Q25.0 Permeabilidade do canal arterial Q25.1 Coartação da aorta Q25.2 Atresia da aorta Q25.3 Estenose da aorta Q25.4 Outras ... e do escroto Q55.3 Atresia do canal deferente Q55.4 Outras malformações congênitas do canal deferente, do epidídimo, das ... Q20.0 Tronco arterial comum Q20.1 Ventrículo direito com dupla via de saída Q20.2 Ventrículo esquerdo com dupla via de saída ... congênitas das pálpebras Q10.4 Ausência ou agenesia do aparelho lacrimal Q10.5 Estenose ou estreitamento congênito do canal ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/CID-10_Capítulo_XVII:_Malformações_congênitas,_deformidades_e_anomalias_cromossômicas

*  Persistencia do canal arterial - Pesquisas Científicas - Allenn

... representa a permeabilidade persistente do vaso que normalmenteconecta o sistema arterial pulmonar e a aorta, no feto.. A ... PERSISTÊNCIA DO CANALARTERIAL - PCA. JOÃO PESSOA. 2011. SUMÁRIO. Persistência do canal arterial ... 1. PERSISTÊNCIA DO CANAL ARTERIALConceitua-se a persistência do canal arterial como a manutenção de um vaso fetal funcionante ... PERSISTÊNCIA DO CANAL ARTERIAL - PCA. João Pessoa. 2011. ALLEN SUSANE. EWELYN FARIAS. EWERTON FARIAS. KARCIA DE SÁ. LEDA ...
trabalhosfeitos.com/ensaios/Persistencia-Do-Canal-Arterial/264267.html

*  Implante coclear - Wikipedia

Após o estágio do banco de filtros, cada canal é processado por um detector de envelope, ou um retificador de meia onda, e ... O retalho músculo-cutâneo pode ser realizado em forma de "C" ou "S" evitando-se lesar a irrigação arterial da região (veja ... Neste modelo a função de permeabilidade controla a liberação de neurotransmissores na fenda sináptica. A probabilidade de ... O correlograma do cocleograma será feito a partir da autocorrelação da saída em cada canal (ou eletrodo) para diferentes ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Implante_coclear

*  Glaucoma - Wikipedia

A malha trabecular então drena o líquido para o canal de Schlemm e finalmente para o sistema venoso. Todos os olhos possuem ... Se considera que a causa da pressão intraocular elevada nesses casos é causada pela redução da permeabilidade trabecular. O ... hipertensão arterial e obesidade. Indivíduos com PIO superior a 21 mmHg ou 2,8 kPa são considerados hipertensos oculares e, ... que faz a abertura de um novo canal para a circulação do líquido ocular. Para o glaucoma de ângulo fechado, na maioria das ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Glaucoma

*  Estímulo (fisiologia) - Wikipedia

Um estímulo interno que causa liberação de hormônios é a pressão arterial. A hipotensão, ou baixa pressão arterial, é uma ... A permeabilidade dos canais iônicos é a base para a conversão de um estímulo mecânico em um sinal elétrico. Estímulos químicos ... Em outras áreas do canal semicircular, especificamente na âmpula, uma estrutura conhecida como cúpula - análoga ao material ... Esta mudança na permeabilidade da membrana nos dendritos é conhecida como potencial graduado local e faz a voltagem da membrana ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Estímulo_(fisiologia)

*  Edital Concurso Prefeitura de Barueri - SP

Hipertensão Arterial Primária; Hipertensão Arterial Secundária; Uso de Medicamentos na Insuficiência Renal; Terapia Renal ... 2.3.4 Testes para avaliação da permeabilidade intestinal. 2.3.5 Exame coproparasitológico e de coprocultura. 2.3.6 Teste de ... 3.5.2 Diagnóstico ultra-songráfico: pâncreas, baço, mesentério, parede abdominal e peritônio, tubo gastrintestinal, canal anal ... Aspectos estruturais do coração idoso - inferências clínicas, principais cardiopatias, hipertensão arterial, vasculopatias, ...
https://concursosnobrasil.com.br/concursos/edital/edital-barueri.html

*  Fisioterapia pediatrica - Trabalhos de Conclusão de Cursos (TCC) - Claudianeri

Cirurgias cardíacas associadas à CEC têm como efeito adverso o aumento da permeabilidade capilar que gera o edema, o que ... a persistência do canalarterial (17%), aestenose pulmonar valvar (11,3%) e a coarctação da aorta.. Estatísticas:. As ... é a baixa quantidade de oxigênio no sangue arterial.). Stayer et al. [3] avaliaram as alterações na resistência e complacência ...
trabalhosfeitos.com/ensaios/Fisioterapia-Pediatrica/176230.html

*  Anestésico local - Wikipedia

O bloqueio do canal de sódio é proporcional à freqüência dos impulsos despolarizantes, que fazem com que mais canais inativados ... Hipotensão arterial Reacções alérgicas. Portal da farmácia Farmacologia clínica para dentistas; Lenita Wannmacher, Maria ... Com a ativação da membrana por qualquer estímulo físico, químico ou elétrico, aumenta progressivamente a permeabilidade ao ... A passagem de sódio através da membrana, ou seja, a condutância dos canais de sódio a este íon, depende da conformação do canal ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Anestésico_local

*  Choque circulatório - Wikipedia

Conforme a pressão arterial cai aparece: Palidez da pele e mucosas, Caída do pulso, Aumento da frequência respiratória, ... Doentes que tomam medicamentos: Bloqueadores de canal de cálcio, excesso de insulina, beta bloqueadores e diuréticos podem ... levando a hipotensão e aumento da permeabilidade capilar. Choque neurogênico: o sistema simpático regula a frequência cardíaca ... Bombeando menos sangue para o mesmo espaço, há queda da pressão arterial e dilatação da veias que não conseguem escoar o seu ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Choque_circulatório

*  31270631 4672874 Apostila de Protocolo Para TC Helicoidal

predominando o fluxo arterial. representa uma forma de aumentar o contraste entre áreas de les ões focais.Programação da Fase ... que é o ca nal de ligação entre os seios maxilares e etmóide. pois às vezes está tão avançada que pode estar invadindo alguma ... à permeabilidade. Ao se analisar a veia porta d evese prosseguir retrogradamente verificandose o aspecto das veias mesentérica ... H. Estruturas do canal vertebral com mo rfologia da normalidade.. L5S1. ¡ 9 - Coluna Lombar . Prof Tr Fátima Izonete de ...
https://pt.scribd.com/document/65132368/31270631-4672874-Apostila-de-Protocolo-Para-TC-Helicoidal

*  Soluções Irrigadoras | OdontoUP

Durante a remoção de obturações parciais do canal radicular.. *Soluções de hipoclorito de sódio a 0,5% (Dakin) e/ou 1,0% ( ... Isso faz aumentar a permeabilidade da parede celular bacteriana, permitindo a penetração da clorexidina no citoplasma do ... Desempenham a ação de limpeza, penetrando em todas as reentrâncias e canalículos do canal radicular, fazendo com que os restos ... BIOPULPECTOMIA: penetração mecânica asséptica ao interior do canal radicular. NECROPULPECTOMIA: neutralizar parcialmente ...
odontoup.com.br/solucoes-irrigadoras/

*  GFU -Aparelho Portátil de Eletroterapia - Equilibrando e Revitalizando: EXAME DE SANGUE - EXAME DE URINA - COMO ENTENDER SEU...

de linfa fluem a cada hora, através do canal torácico. Os gânglios linfáticos são formações que se dispõem ao longo do trajeto ... A extremidade arterial do capilar tem elevada pressão hidrostática e permite a saída de líquido do plasma para o espaço ... Por isso, a permeabilidade dos poros capilares varia de acordo com os diâmetros das moléculas de cada substância. ... Canais linfáticos emergem dos gânglios e se reunem para formar o canal torácico, que desemboca na veia subclávia esquerda.. O ...
gfugeradordefrequencia.blogspot.com/2011/03/9.html

*  Doenças de Notificação Compulsória - Fisioterapia

Persistência do canal arterial. Síndrome de Eisenmenger. Cardiopatias cianóticas. Tetralogia de Fallot. Anomalia de Ebstein. ... Como avaliar a permeabilidade do sistema de drenagem. Critérios para retirada do dreno. Cuidados no transporte de pacientes ... Pressão arterial. Circulação periférica e microcirculação. Fluxo e resistência. Resistência vascular e viscosidade. Resistência ... Hipertensão arterial sistêmica. Infarto agudo do miocárdio. O eletrocardiograma no diagnóstico das cardiopatias. Trombose ...
concursoefisioterapia.com/2008/12/doenas-de-notificao-compulsria.html

*  Protocolo para Constatação de Morte Encefálica - Fisioterapia

Persistência do canal arterial. Síndrome de Eisenmenger. Cardiopatias cianóticas. Tetralogia de Fallot. Anomalia de Ebstein. ... Como avaliar a permeabilidade do sistema de drenagem. Critérios para retirada do dreno. Cuidados no transporte de pacientes ... 2.1 - Certificar-se de que não há obstrução do canal auditivo por cerumem ou qualquer outra condição que dificulte ou impeça a ... Pressão arterial. Circulação periférica e microcirculação. Fluxo e resistência. Resistência vascular e viscosidade. Resistência ...
concursoefisioterapia.com/2009/01/protocolo-para-constatao-de-morte.html

*  Hanseníase e fisioterapia - Fisioterapia

Persistência do canal arterial. Síndrome de Eisenmenger. Cardiopatias cianóticas. Tetralogia de Fallot. Anomalia de Ebstein. ... Como avaliar a permeabilidade do sistema de drenagem. Critérios para retirada do dreno. Cuidados no transporte de pacientes ... No punho, após atravessar o canal de Guyon, divide-se em três ramos. O primeiro ramo vai para os músculos hipotênares e termina ... Pressão arterial. Circulação periférica e microcirculação. Fluxo e resistência. Resistência vascular e viscosidade. Resistência ...
concursoefisioterapia.com/2010/08/hanseniase-e-fisioterapia.html

*  Manualdeprocedimentosemenfermagem 121218181946-phpapp01 - Portugues

Em crianças, o lóbulo é puxado para baixo e para trás; 07- Com o auxílio de uma fonte de luz, examine o canal auditivo para ... Em medicações com ação anti hipertensiva, verificar a pressão arterial a cada 30 minutos por 2 horas em média. · Em casos de ... 11-Testar a permeabilidade e o posicionamento da sonda; 12-Adaptar seringa na sonda; 13-Injetar lentamente toda a medicação; 14 ... corporais; 06-Ajudar a tornar reto, de maneira apropriada, o canal auditivo para a instilação; 07- As secreções podem reduzir a ...
https://pt.slideshare.net/VilmarVilmar/manualdeprocedimentosemenfermagem-121218181946phpapp01

*  Sistema endócrino pablo - Portugues

O transportador de iodeto para dentro da luz folicular é a pendrina que realiza um canal de ânions, o mesmo que pode ser ... É vascularizada por sangue arterial de ramos da aorta, pelas artérias renais e artérias frênicas. Da parte venosa estão a veia ... Manutenção da volemia, pois diminui a permeabilidade do endotélio vascular e diminui a produção de prostaglandinas ... c) Emissão: Via sistema nervoso autônomo simpático, que é a contração do canal deferente e da ampola, da camada muscular da ...
https://pt.slideshare.net/vagnerpiresreis/sistema-endcrino-pablo

*  MONOGRAFIA SOBRE TOXEMIA GRAVÍDICA RESUMO

Isto pode explicar a eficácia de bloqueadores de canal de cálcio no tratamento da hipertensão na gravidez. ... A hipertensão maligna pode ser explicada pela lesão arterial hipertensiva de fatores humorais como hormônio antidiurético. ... A peroxidação lipídica aumenta a permeabilidade no cálcio. Sendo que esta concentração esta significativamente aumentada em ... evidências clínicas experimentais sugerem danos tanto arterial quanto arteriolar. ...
procurandodicas.com.br/2012/08/monografia-sobre-toxemia-gravidica.html

*  A Coordena o - Sistema nervoso e Sistema end crino - Biologia - Grupo Escolar

Em contato com o interior do cr nio e a parede do canal vertebral fica a dura-m ter. Entre elas fica a aracn ide, constitu da ... A adrenalina produz a contra o dos vasos sang neos, aumento da press o arterial e da freq ncia card aca, maior concentra o de ... O ADH (antidiur tico ou vasopressina) aumenta a permeabilidade gua pelas paredes dos t bulos renais. Com a reabsor o de parte ... A insulina aumenta a permeabilidade das c lulas glicose.. -> O glucagon atua no f gado, estimulando a despolimeriza o do glicog ...
grupoescolar.com/pesquisa/a-coordenacao--sistema-nervoso-e-sistema-endocrino.html

*  Do fundo do ventre - Serviços e Consultoria Materno infantil: 02/01/2012 - 03/01/2012

Durante a passagem pelo canal vaginal o corpo do bebê é massageado, fazendo com que ele desperte para o toque e não estranhe ... e permeabilidade de sua pele à água. O contato pele-a pele pode ocorrer imediatamente após - nascimento e durante a primeira ... a queda da pressão arterial e outros efeitos também sobre o bebê. No caso de se optar pela analgesia, ela deve ser a mais fraca ... bactéria que pode ser transmitida da mãe para o bebê no canal do parto, caso ela esteja infectada), iniciou-se o uso do nitrato ...
dofundodoventre.blogspot.com/2012/02/

*  MANUAL DE EMERGÊNCIAS CORPO DE BOMBEIROS

Estas contrações destinam-se a dilatar o canal de expulsão (canal do parto) e não a expelir o feto. Cordão Umbilical A placenta ... menos vivo que o arterial.. o que permite a interrupção do fluxo de sangue e favorece a formação de coágulo. tórax ou abdome. ... É imperativo manter a permeabilidade das vias aéreas para garantir a oxigenação do sangue. Na vítima inconsciente a queda da ... Limpar o canal do parto (quando as membranas se rompem). lavando-o e lubrificando-o. parto prematuro e abortamento. No final da ...
https://pt.scribd.com/doc/41648002/MANUAL-DE-EMERGENCIAS-CORPO-DE-BOMBEIROS

*  Apostila de estágio v

Instrumentação do canal mais volumoso - 2 /3 do canal  Instrumentação do canal mais volumoso - 2 à 3mm aquém do ápice - se ... Pacientes que tomam medicamentos anti-hipertensivos, pois podem aumentar a pressão arterial.  Podem chegar a competir com os ... ESTÁGIO V 20  Nutritiva  Sensorial  Defesa o A permeabilidade dentinária varia: - Idade do dente - Grau de mineralização dos ... Atenção: Não ir somente até os 2/3 e sim até o CPT para não perder o canal. Instrumentar (Sem forçar as limas) os 2/3 do canal ...
https://pt.slideshare.net/rayssa_mendonca/apostila-de-estgio-v

*  Desvendando a patologia: 2010

O conceito mais recente de hipertensão arterial baseia-se na idéia proposta por Weber, que a hipertensão não pode ser entendida ... Esse tipo corresponde aos efeitos dos fenômenos vasculares-exsudativos: vasodilatação arteriolar; aumento de permeabilidade ... a qual passa por um canal chamado colédoco, até chegar ao intestino e encontrar o alimento.. A remoção da vesícula biliar não ... Atribui ao fato do fígado ser a maior víscera sólida do organismo, recebendo grande fluxo sangüíneo arterial e venoso, pois ...
patologiaja.blogspot.com/2010/

*  Enfermagem Profissão de Fé: Fisiologia do Sistema Tegumentar

PERMEABILIDADE SELETIVA DE H2O A pele e o rins são responsável pela regulação do líquido corporal. A queratina que se encontra ... As Glândulas Sebáceas se concentram no folículo piloso, onde abrem-se diretamente no canal do pêlo. Estas glândulas não existem ... Estimulação na Área Septal causam alterações na pressão arterial e no ritmo respiratório, mostrando seu papel na regulação das ...
luzidamasceno.blogspot.com/2008/07/fisiologia-do-sistema-tegumentar.html

*  Revista Guarulhos - Edição 42 by Carleto Editorial - issuu

Infecções e problemas gengivais e canal não tratado ou mal tratado: doença de gengiva aumenta o risco de infartos e derrames. O ... É causada normalmente por hipertensão arterial, diabetes mal controlado, sedentarismo, obesidade, tabagismo entre outros ... para que haja aumento de permeabilidade do solo. Desligue as luzes ao sair do ambiente iluminado ou adote sensores de presença. ... O programa FJR Sustentabilidade vai ao ar aos domingos, das 7h às 7h30, na TV Bandeirantes, canal 13. ...
https://issuu.com/revistaweekend/docs/rg-42

Canal arterial: O canal arterial, ou ductus arteriosus (latim), é um pequeno canal (pequeno vaso sanguíneo) que só existe fisiologicamente no feto. É indispensável à vida fetal.Ducto venoso: Ducto venoso hepático (Arantius) é um vaso sanguíneo fetal. Estabelece no feto a comunicação entre a veia porta esquerda e a veia cava inferior, obliterando-se total ou parcialmente, após o nascimento.InvençãoIbuprofenoSopro sistólico: O sopro sistólico é um tipo de sopro cardíaco que ocorre durante a sístole do coração.Cardiopatia congênitaIdade gestacional: A idade gestacional é o tempo, medido em semanas ou em dias completos, decorrido desde o início da última menstruação (ou data da última menstruação - DUM) da mulher grávida.Ministério da saúde brasileiro- definições da OMSComunicação interventricularAortografia: Exames por raios X da aorta e de seus principais ramos, após injeção de um contraste radiopaco.Fast Future Generation: Fast Future Generation é um "rockumentary" sobre os Good Charlotte noComunicação interatrial: A comunicação interatrial é uma cardiopatia congênita caracterizada por uma abertura no septo interatrial, que permite a passagem do sangue do átrio esquerdo (alta pressão) para o átrio direito (baixa pressão).Lacaune (ovelha)Epicanto: Epicanto ou dobra epicântica é uma prega de pele da pálpebra superior (do nariz até ao lado interior da sobrancelha), cobrindo o canto interior (canto medial) do olho. A dobra epicântica está por vezes presente na maioria das pessoas de ascendência da Ásia Oriental como os mongóis (e também coreanos, japoneses e etc), do Sudeste Asiático (vietnamitas, indonésios, malaios e etc), dos originários da Ásia Central, e ainda inuítes, indígenas americanos, khoisans na África e Madagáscar.OligúriaEmil ErlenmeyerCuproníquel: O cuproníquel é uma liga metálica de cobre e níquel com até 30% de níquel. Oferece uma boa resistência à corrosão e à fadiga, geralmente usado na manufatura de moedas, condensadores e equipamentos de destilação.Valvopatia: Valvopatias ou valvulopatias é a designação de um conjunto de doenças que se relacionam com as válvas cardíacas.Fisiognomia: Fisiognomia ou fisiognomonia teve sua origem na Índia, quando antigos habitantes daquele país estudavam rugas no corpo, as causas e as origens das mesmas. Mais tarde foi levada para a China, onde foi estudada e desenvolvida como diagnóstico e hoje é tida como uma subdivisão da medicina chinesa.Oxigénio dissolvido: Oxigénio dissolvido (OD ou DO), ou por vezes saturação em oxigénio, é uma medida relativa da quantidade de oxigénio que está dissolvido num determinado fluido ou é por ele transportado. A unidade padrão é em geral miligramas por litro (mg/l) ou partes por milhão (ppm).CelecoxibMalformação vascular: Malformação vascular é uma anomalia vascular morfo-estrutural de vasos sanguíneos de diversos tipos. Pode ser formada por vasos linfáticos, veias, artérias, capilares, ou uma combinação destes tipos vasculares.Toracotomia: Por toracotomia compreende-se qualquer abertura da cavidade torácica visando examinar as estruturas expostas cirurgicamente, seja para a coleta de material para diagnóstico laboratorial ou remoção/correção de partes lesadas.Tocolítico: Tocolíticos são medicações utilizadas para suprimir um trabalho de parto prematuro. Suprimem contracções uterinas.Anomalia de Ebstein


sangue


  • que é a baixa quantidade de oxigênio no sangue arterial. (trabalhosfeitos.com)
  • A capacidade das trocas entre o sangue e os líquidos dos tecidos se darem é dependente da pressão do sangue dentro dos vasos: a pressão arterial. (wikipedia.org)
  • A perda de sangue leva à caída perigosa da pressão arterial. (wikipedia.org)
  • Choque distributivo: incapacidade de distribuir o sangue adequadamente, associado a problemas em regular a pressão arterial. (wikipedia.org)

aumento


  • Os fatores de risco ao glaucoma incluem o aumento da pressão intraocular (PIO), histórico familiar, enxaqueca, hipertensão arterial e obesidade. (wikipedia.org)
  • Conforme a pressão arterial cai aparece: Palidez da pele e mucosas, Caída do pulso, Aumento da frequência respiratória, Extremidades frias, Retenção de líquidos, Aumento da frequência cardíaca e palpitações, Declínio cognitivo. (wikipedia.org)
  • Choque anafilático: causado por uma reação anafilática severa a um alérgeno, antígeno, fármaco ou proteína estranha causando a liberação de histamina que causa vasodilatação generalizada, levando a hipotensão e aumento da permeabilidade capilar. (wikipedia.org)

sistema


  • A malha trabecular então drena o líquido para o canal de Schlemm e finalmente para o sistema venoso. (wikipedia.org)

pode ser


  • A hipertensão maligna pode ser explicada pela lesão arterial hipertensiva de fatores humorais como hormônio antidiurético. (procurandodicas.com.br)

parede


  • Isso faz aumentar a permeabilidade da parede celular bacteriana, permitindo a penetração da clorexidina no citoplasma do microrganismo, ocasionando sua morte. (odontoup.com.br)
  • Em contato com o interior do cr nio e a parede do canal vertebral fica a dura-m ter. (grupoescolar.com)

Exame


  • 2.1 - Certificar-se de que não há obstrução do canal auditivo por cerumem ou qualquer outra condição que dificulte ou impeça a correta realização do exame. (concursoefisioterapia.com)

fatores


  • Vários fatores têm sido relacionados com a persistência do canal arterial. (trabalhosfeitos.com)

cardiopatias


  • O canal arterial pode surgir isoladamente ou associado a outras cardiopatias. (trabalhosfeitos.com)
  • As cardiopatias congênitas mais frequentes no estudo de Miyague foram as anomalias acianóticas, tais como, comunicação interventricular (30,5%), a comunicação interatrial (19,1%), a persistência do canalarterial (17%), aestenose pulmonar valvar (11,3%) e a coarctação da aorta. (trabalhosfeitos.com)

associado


  • O canal arterial representa cerca de 12% das cardiopatas congênitas, com maior incidências nos recém-nascidos pré-termo, principalmente quando associado a sofrimentorespiratório (Macruz,1984). (trabalhosfeitos.com)

Quais


  • Na gravidez, mulheres normotensas previamente podem desenvolver rapidamente hipertensão severa a niveis das quais, evidências clínicas experimentais sugerem danos tanto arterial quanto arteriolar. (procurandodicas.com.br)
  • Sua principal indicação é em situações nas quais haja prejuízo na manutenção da permeabilidade das vias aéreas. (blogspot.com)

formas


  • Histologicamente, o canal difere das grandes artérias, pois estas são constituídas por várias camadas de fibras elásticas, distribuídas de formas circunferencial. (trabalhosfeitos.com)
  • Ela é formada por duas camadas de lipídios e por proteínas de formas d Dizemos, assim, que a membrana plasmática tem permeabilidade seletiva, isto é, capacidade de sele necessidades da célula. (slideshare.net)