Pentalogia de Cantrell: Síndrome deformante congênita e rara caracterizada por uma combinação de cinco anormalidades como resultado de defeito no tubo neural. As cinco anormalidades são: defeito na parede abdominal mediana supra-ubilical (ex.: HÉRNIA UMBILICAL), defeito no ESTERNO inferior, defeito congênito intracardíaco, defeito no DIAFRAGMA anterior e defeito no PERICÁRDIO diafragmático (ex.: DERRAME PERICÁRDICO). Também são conhecidas variantes destes defeitos com combinações incompletas e variáveis. A ECTOPIA CORDIS, a FENDA LABIAL e a FISSURA PALATINA encontram-se, com frequência, associadas a esta síndrome.Hérnia Umbilical: HÉRNIA devida ao fechamento imperfeito ou fraqueza do anel umbilical. Aparece como uma protrusão coberta de pele no UMBIGO durante o choro, tosse ou fazendo esforço. A hérnia geralmente consiste de OMENTO ou INTESTINO DELGADO. A grande maioria das hérnias umbilicais é congênita, mas podem ser adquiridas com uma intensa distensão abdominal.Esterno: Osso chato, comprido e estreito comumente conhecido por esterno que ocorre na seção mediana do segmento torácico anterior ou região peitoral, que estabiliza a caixa torácica e serve como o ponto de origem para vários músculos que movem os braços, a cabeça e o pescoço.Ectopia Cordis: Defeito raro de desenvolvimento em que o coração está, anormalmente, localizado parcial ou totalmente fora do TÓRAX. É o resultado da fusão defeituosa da parede anterior do tórax. Dependendo da localização do coração, a ectopia cordis pode ser torácica, toracoabdominal, abdominal e cervical.Anormalidades MúltiplasParede Abdominal: Margem externa do ABDOME que se estende da cavidade torácica osteocartilaginosa até a PELVE. Embora sua maior parte seja muscular, a parede abdominal consiste em pelo menos sete camadas: PELE, gordura subcutânea, FASCIA profunda; MÚSCULOS ABDOMINAIS, fascia transversa, gordura extraperitoneal e o PERITÔNIO parietal.Atresia Tricúspide: Ausência do orifício entre ÁTRIO DIREITO e VENTRÍCULO DIREITO, com a presença de um defeito atrial, através do qual todo retorno venoso sistêmico alcança o coração esquerdo. Como resultado, há HIPERTROFIA VENTRICULAR ESQUERDA, porque o ventrículo direito está ausente ou não funcional.


No FAQ disponível com os "Pentalogia de Cantrell"

Clique em um termo à esquerda