Neoplasias do Colo Sigmoide: Tumores ou câncer do COLO SIGMOIDE.Colo Sigmoide: Segmento do COLO entre o RETO e o colo descendente.Doenças do Colo Sigmoide: Processos patológicos na região do COLO SIGMOIDE do INTESTINO GROSSO.Volvo Intestinal: Torção no intestino (INTESTINOS que pode causar OBSTRUÇÃO INTESTINAL.Doença Diverticular do Colo: Inflamação do DIVERTÍCULO DO COLO, geralmente com formação de abscesso e subsequente perfuração.Divertículo do Colo: Bolsa ou saco que se abre no COLO.Cavidades Cranianas: Grandes canais venosos revestidos por endotélio, situados entre as duas camadas da DURA-MATER, as camadas endóstea e meníngea. Não têm válvulas e são parte do sistema venoso da dura-máter. Entre os principais seios cranianos estão o grupo póstero-superior (como sagital superior, sagital inferior, plano, transverso e occipital) e um grupo ântero-inferior (como cavernoso, petroso e plexo basilar).Colostomia: Construção cirúrgica de uma abertura entre o cólon e a superfície do corpo.Perfuração Intestinal: Abertura ou penetração através da parede do INTESTINO.Neoplasias Pancreáticas: Tumores ou câncer do PÂNCREAS. Dependendo dos tipos de CÉLULAS das ILHOTAS PANCREÁTICAS presentes nos tumores, vários hormônios podem ser secretados: GLUCAGON das CÉLULAS PANCREÁTICAS ALFA, INSULINA das CÉLULAS PANCREÁTICAS BETA e SOMATOSTATINA das CÉLULAS SECRETORAS DE SOMATOSTATINA. A maioria é maligna, exceto os tumores produtores de insulina (INSULINOMA).Obstrução Intestinal: Qualquer prejuízo (parada ou reversão) no fluxo do CONTEÚDO INTESTINAL no sentido do CANAL ANAL.Colectomia: Excisão de uma parte do colo ou de todo o colo. (Dorland, 28a ed)Mesocolo: Prega do peritônio pela qual o COLO liga-se à PAREDE ABDOMINAL posterior.Neoplasias: Crescimento novo anormal de tecido. As neoplasias malignas apresentam um maior grau de anaplasia e têm propriedades de invasão e de metástase quando comparadas às neoplasias benignas.Colonoscopia: Exame endoscópico, terapia ou cirurgia da superfície luminal do colo.Doenças do Colo: Processos patológicos na região do COLO do INTESTINO GROSSO.Neoplasias Císticas, Mucinosas e Serosas: Neoplasias contendo formações semelhantes a cistos ou produzindo mucina ou soro.Neoplasias Primárias Múltiplas: Dois ou mais crescimentos anormais de tecido que ocorrem simultaneamente e de origens supostamente separadas. As neoplasias podem ser histologicamente as mesmas ou diferentes e podem ser encontradas no mesmo local ou em locais diferentes.Reto: Segmento distal do INTESTINO GROSSO, entre o COLO SIGMOIDE e o CANAL ANAL.Neoplasias Cutâneas: Tumores ou câncer da PELE.Neoplasias do Apêndice: Tumores ou câncer do APÊNDICE.Colo: O segmento do INTESTINO GROSSO entre o CECO e o RETO. Inclui o COLO ASCENDENTE; o COLO TRANSVERSO; o COLO DESCENDENTE e o COLO SIGMOIDE.Neoplasias do Colo: Tumores ou câncer do COLO.Fístula Intestinal: Passagem anatômica anormal entre o INTESTINO e qualquer segmento do intestino ou outro órgão. A fístula intestinal externa está conectada à PELE (fístula enterocutânea). A fístula intestinal interna pode estar conectada a vários órgãos, como ESTÔMAGO (fístula gastrocólica), TRATO BILIAR (fístula colecistoduodenal) ou BEXIGA URINÁRIA do TRATO URINÁRIO (fístula colovesical). Entre os fatores de risco estão os processos inflamatórios, câncer, tratamento por radiação e acidentes cirúrgicos (ERROS MÉDICOS).

*  PROGRAMAS DE RESIDÊNCIA MÉDICA DO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO - PDF

... impossibilidade de diferenciar DDC de neoplasia e fístulas são indicações de tratamento cirúrgico na Diverticulite de sigmoide ... E) Segundo a classificação TNM, pode-se dizer que um indivíduo com adenocarcinoma de colo que atinge até a camada muscular e ... Neoplasias Gástricas. Pedro Vale Bedê Neoplasias Gástricas Pedro Vale Bedê Introdução 95% dos tumores gástricos são malignos 95 ... B) A incidência de neoplasia maligna colorretal sincrônica é, em média, de 4%, variando de 1% a 9%. (C) A ressecção local de ...
docplayer.com.br/2805169-Programas-de-residencia-medica-do-hospital-universitario.html

*  Departamento de Cirurgia da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo - PDF

Casa de São Paulo TRATAMENTO CIRÚRGICO DAS METÁSTASES HEPÁTICAS Carcinoma Metastático do Fígado METÁSTASES HEPÁTICAS Neoplasia ... CAPÍTULO 4 NEOPLASIAS CAPÍTULO 4 NEOPLASIAS Na CID-9-MC as Neoplasias são classificadas de acordo com o seu comportamento, ... ADENOCARCINOMA DE SIGMOIDE AVANÇADO: RELATO DE CASO ADENOCARCINOMA DE SIGMOIDE AVANÇADO: RELATO DE CASO Guth, G. Z. 1 ; Martins ... Atualidades na doença invasiva do colo uterino: Seguimento após tratamento Fábio Russomano IFF/Fiocruz Trocando Idéias 29 a 31 ...
docplayer.com.br/11351770-Departamento-de-cirurgia-da-faculdade-de-ciencias-medicas-da-santa-casa-de-sao-paulo.html

*  Prevalence of colorectal adenomas in patients with family history of colorectal cancer

No Brasil, os tumores de cólon e reto estão entre as seis neoplasias mais prevalentes entre o sexo masculino. Já, no sexo ... cólon sigmoide, reto e não informado), histologia do adenoma (tubular, túbulo-viloso e viloso), grau de displasia (alto grau, ... colo-proctol. vol.31 no.2 Rio de Janeiro Apr./June 2011. http://dx.doi.org/10.1590/S0101-98802011000200006 ARTIGO ORIGINAL ... O risco da doença maligna em famílias com esse tipo de neoplasia já está bem caracterizado; porém, tal afirmação não se mostra ...
scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-98802011000200006&lng=en&nrm=iso&tlng=en

*  Mayra Lopes: Fevereiro 2014

Existem variantes benignas e malignas nas neoplasias cranianas primárias. A sintomatologia geralmente resulta da compressão ... B) A veia anastomótica inferior drena, em geral, para o seio sigmoide.. ... B) Diâmetro do colo menor que 4 mm. C) Presença de ramo arterial originando no colo do aneurisma. ... a) Os hemangiomas são a neoplasia benigna mais comum da medula espinhal.. ...
mayralopes.blogspot.com/2014/02/


malignas


  • 28. Existem variantes benignas e malignas nas neoplasias cranianas primárias. (blogspot.com)

tumores


  • O câncer colorretal é um dos tumores sólidos mais comuns, sendo considerado o segundo mais prevalente no mundo e a terceira neoplasia mais diagnosticada nos Estados Unidos. (scielo.br)
  • No Brasil, os tumores de cólon e reto estão entre as seis neoplasias mais prevalentes entre o sexo masculino. (scielo.br)