MicosesInfecções Bacterianas e Micoses: Infecções causadas por bactérias e fungos, gerais, específicas ou inespecíficas.Dermatomicoses: As infecções superficiais da pele ou seus apêndices por um de vários fungos.Coccidioidomicose: Infecção por um fungo do gênero COCCIDIOIDES, endêmica no SUDOESTE DOS ESTADOS UNIDOS. Às vezes chamada de febre do vale, mas não deve ser confundida com a FEBRE DO VALE DE RIFT. A infecção é causada por inalação de partículas do ar, partículas fúngicas conhecidas como artroconidia, uma forma de ESPOROS FÚNGICOS. Uma forma primária é uma infecção respiratória aguda, benigna, autolimitada. A forma secundária é uma doença granulomatosa progressiva, virulenta, grave, crônica com envolvimento sistêmico. Pode ser detectada pelo uso de COCCIDIOIDINA.Antifúngicos: Substâncias que destroem fungos ao suprimir sua capacidade para crescer ou se reproduzir. Diferem dos FUNGICIDAS INDUSTRIAIS porque são defensores contra os fungos presentes em tecidos humanos ou de outros animais.Cromoblastomicose: Pápulas escamosas ou crescimento de verrugas, causados por cinco fungos, que se disseminam como resultado de lesões satélites que afetam a perna ou os pés. A extremidade pode se tornar inchada e, na sua porção distal, estar coberta por várias lesões nodulares, tumorosas, verrucosas que se assemelham a uma couve-flor. Raramente, a doença pode iniciar-se na mão ou no punho e acaba por envolver o membro superior como um todo.Histoplasmose: Infecção resultante da inalação ou ingestão de esporos de fungos (gênero HISTOPLASMA, espécie H. capsulatum). Estão espalhados mundialmente e frequentemente no médio oeste dos Estados Unidos. (Tradução livre do original : Dorland, 27th ed)Blastomicose: Infecção fúngica que pode aparecer sob duas formas: 1) lesão primária, caracterizada pela formação de pequeno nódulo cutâneo e pequenos nódulos ao longo dos linfáticos que podem melhorar dentro de vários meses e 2) lesões granulomatosas crônicas caracterizadas por crostas espessas, crescimento de verrugas, vasculatura rara e infecção dos lobos pulmonares médio ou superior.Paracoccidioidomicose: Micose que afeta pele, mucosas, nódulos linfáticos e órgãos internos. É causada pelo Paracoccidioides brasiliensis. Também é denominada de granuloma paracoccidioidiano. As semelhanças entre as lesões superficiais causadas por P. brasiliensis e Blastomyces brasiliensis (BLASTOMYCES) pode levar a erro diagnóstico.Arthrodermataceae: Família de fungos ascomicetos, ordem Onygenales, caracterizados por ascósporos lisos. Os gêneros da família incluem Arthroderma, Keratinomyces e Ctenomyces. Várias formas anamórficas bem conhecidas parasitam a pele.Esporotricose: A mais comum e menos grave das micoses profundas, caracterizada por lesões nodulares de tecidos cutâneos e subcutâneos. Ela é causada pela inalação de poeira contaminada ou pela infecção de um ferimento.Aspergilose: As infecções por fungos do gênero ASPERGILLUS.Zigomicose: Infecção em humanos e animais causada por fungos da classe Zigomicetos. Entre elas,a MUCORMICOSE e entomoftoramicose. A última é uma infecção tropical do tecido subcutâneo e seios paranasais, causada por fungos da ordem Entomophthorales. Ficomicose, intimamente relacionada à zigomicose, descreve a infecção com membros dos Ficomicetos, uma classificaçao obsoleta.Candidíase: Infecção por um fungo do gênero CANDIDA, especialmente C. albicans. Usualmente é uma infecção superficial das áreas cutâneas úmidas do corpo, embora se torne mais grave em pacientes imunocomprometidos. Mais comumente compromete a pele (candidíase cutânea), mucosas orais (sapinho), esôfago (esofagite), trato respiratório (candidíase pulmonar) e vagina (candidíase vaginal, uma forma de vaginite). Raramente há uma infecção sistêmica ou endocardite. (Dorland, 28a ed)Aspergilose Pulmonar Invasiva: Infecções no pulmão com as formas invasivas de ASPERGILLUS, geralmente após cirurgia, transplante, NEUTROPENIA prolongada ou tratamento com altas doses de CORTICOSTEROIDES. A aspergilose pulmonar invasiva pode progredir para ASPERGILOSE PULMONAR CRÔNICA NECROTIZANTE ou se espalhar por via hematogênica para outros órgãos.Miconazol: Agente imidazólico antifúngico usado topicamente e por infusão intravenosa.Anfotericina B: Antibiótico antifúngico macrolídeo produzido pelo Streptomyces nodosus obtidos do solo da região do rio Orinoco na Venezuela.Fungos: Reino de organismos eucarióticos e heterotróficos que vivem parasitariamente como sáprobios, incluindo COGUMELOS, LEVEDURAS, fuligens, bolores ou mofos, etc. Reproduzem-se sexuada ou assexuadamente e possuem ciclos de vida que variam de simples a complexo. Os fungos filamentosos, geralmente conhecidos como 'mofo', referem-se àqueles que crescem como colônias multicelulares.Meningite Fúngica: Meningite causada por agentes fúngicos que podem ocorrer como INFECÇÕES OPORTUNISTAS ou surgir em hospedeiros imunocompetentes.Antígenos de Fungos: Substâncias de origem fúngica, que apresentam atividade antigênica.Itraconazol: Antifúngico do tipo triazol que inibe as enzimas dependentes de P-450 necessárias para a síntese de ERGOSTEROL.Infecções Oportunistas: Infecção causada por um organismo que se torna patogênico sob certas situações como, por exemplo, durante imunossupressão.Criptococose: As infecções por fungos da espécie CRYPTOCOCCUS NEOFORMANS.Trichophyton: Gênero fúngico mitospórico e forma anamórfica de Arthroderma. Várias espécies atacam a pele, unhas e cabelos.Candida: Gênero de fungos mitospóricos, [da ordem] Saccharomycetales, semelhantes a leveduras, que se caracterizam por produzirem células levedurais, micélios, pseudomicélios e blastóforos. Normalmente faz parte da flora normal da pele, boca, trato intestinal e vagina, mas pode causar uma variedade de infecções, incluindo CANDIDÍASE, ONICOMICOSE, CANDIDÍASE VULVOVAGINAL e sapinho (veja CANDIDÍASE BUCAL).Micetoma: Infecção subcutânea progressiva crônica causada por espécies de fungos (eumicetoma) ou actinobactérias (actinomicetoma). É caracterizada por tumefação, abscessos e grânulos semelhantes a tumor que constituem microcolônias de patógenos, como os fungos MADURELLA e as bactérias ACTINOBACTERIA, com grânulos de diferentes cores.EsculinaSporothrix: Gênero fúngico de Ophiostomataceae mitospóricos, cuja espécie Sporothrix schenckii é um patógeno animal bem conhecido. Os conídios deste fungo terrestre podem ser aspirados, causando infecção pulmonar primária, ou podem infectar independentemente via punções cutâneas.Fluconazol: Antimicótico de triazol utilizado para tratar a CANDIDÍASE da orofaringe e MENINGITE criptocócica na AIDS.Coccidioides: Gênero fúngico mitospórico que causa COCCIDIOIDOMICOSE.Trichosporon: Gênero de fungos mitospóricos que causam infecções oportunistas, endocardite, fungemia, uma pneumonite por hipersensibilidade (ver TRICHOSPORONOSIS) e PIEDRA branca.Paracoccidioides: Gênero fúngico mitospórico. P. brasiliensis (anteriormente Blastomyces brasiliensis) é o agente etiológico de PARACOCCIDIOIDOMICOSE.Onicomicose: Infecção fúngica na unha geralmente causada por DERMATÓFITOS, LEVEDURAS ou bolores não dermatófitos.TriazóisAnticorpos Antifúngicos: Imunoglobulinas produzidas em resposta a ANTÍGENOS DE FUNGOS.Aspergillus: Gênero de fungos mitospóricos que contém por volta de 100 espécies e onze teleomorfos diferentes na família Trichocomaceae.Mananas: Polissacarídeos constituídos de unidades de manose.Infecções Oportunistas Relacionadas com a AIDS: Infecções oportunistas encontradas em pacientes que possuem teste positivo ao vírus da imunodeficiência humana (HIV). Entre as mais comuns estão PNEUMONIA POR PNEUMOCYSTIS, sarcoma de Kaposi, criptosporidose, herpes simples, toxoplasmose, criptococose e infecções com o complexo Mycobacterium avium, Microsporidium e Citomegalovírus.Candida albicans: Fungo unicelular de brotamento que é a principal espécie patogênica causadora de CANDIDÍASE (monilíase).Pneumopatias Fúngicas: Doenças pulmonares causadas por infecções por fungos, geralmente através de disseminação hematogênica.Micologia: Estudo da estrutura, crescimento, função, genética e reprodução dos fungos, e MICOSES.Hospedeiro Imunocomprometido: Humano ou animal cujo mecanismo imunológico é deficiente devido a um distúrbio da imunodeficiência ou outra doença, ou como resultado da administração de drogas ou radiação imunossupressora.Flucitosina: Análogo fluorado da citosina usado como agente antifúngico.Histoplasma: Gênero de fungos (Onygenales mitospórico) causador da HISTOPLASMOSE em humanos e animais. O 'Histoplasma capsulatum' é a única espécie que apresenta duas variedades: 'H. capsulatum var. capsulatum' e 'H. capsulatum var. duboisii'. Seu teleomorfo é o 'AJELLOMYCES capsulatus'.beta-Glucanas: Polímeros de glucose constituídos de um esqueleto de unidades de beta-D-glucopiranosil unidas por ligações beta-1,3 com cadeias laterais de vários comprimentos unidas por ligações beta-1,6. São os principais componentes da PAREDE CELULAR dos organismos e da FIBRA ALIMENTAR solúvel.Meningite Criptocócica: Inflamação das meninges causada por CRYPTOCOCCUS NEOFORMANS, uma levedura encapsulada que tende a infectar indivíduos com SÍNDROME DE IMUNODEFICIÊNCIA ADQUIRIDA e outros estados imunocomprometidos. O organismo entra no corpo através do trato respiratório, mas as infecções sintomáticas, normalmente são limitadas aos pulmões e sistema nervoso. O organismo também pode produzir lesões parenquimatosas no cérebro (torulomas). Clinicamente, o curso da doença é subagudo e pode ocasionar CEFALEIA, NÁUSEA, FOTOFOBIA, déficits neurológicos focais, CONVULSÕES, neuropatias cranianas e HIDROCEFALIA. (Tradução livre do original: Adams et al., Principles of Neurology, 6th ed, pp721-2).Doenças Endêmicas: Presença constante de doenças ou agentes infecciosos dentro de uma determinada área geográfica ou grupo populacional. Também pode se referir a uma prevalência de uma certa doença em uma área ou grupo. Inclui doenças holoendêmica e hiperendêmica. Uma doença holoendêmica é uma das quais o nível elevado de prevalência de infecção começa precocemente na vida e afeta a maioria das crianças de uma população, levando a um estado de equilíbrio como o que a população adulta mostra evidências muito menores da doença do que as crianças (malária em muitas comunidades é considerada uma doença holoendêmica). A doença hiperendêmica corresponde a uma presença constante com uma elevada taxa de incidência e/ou prevalência e que afeta todos os grupos igualmente. (Tradução livre do original: Last, A Dictionary of Epidemiology, 3d ed, p53, 78, 80)Equinocandinas: Hexapeptídeos cíclicos de prolina-ornitina-treonina-prolina-treonina-serina. A ciclização, com uma única ligação não peptídica, pode levá-los a serem incorretamente chamados de DEPSIPEPTÍDEOS, mas as equinocandinas não apresentam ligações éster. A atividade antimicótica se manifesta por inibição da produção de BETA-GLUCANAS pela sintase 1,3-beta-glucana.DNA Espaçador Ribossômico: Seguimentos intergênicos de DNA que estão entre os genes de RNA ribossômico (espaçadores transcritos internos) e entre as unidades de repetição em tandem de DNAr (espaçadores transcritos externos e espaçadores não transcritos)Autopsia: Exame "postmortem" do corpo.Aspergillus fumigatus: Espécie de fungo imperfeito a partir do qual o antibiótico fumigatina é obtido. Seus esporos podem causar infecção respiratória em aves e mamíferos.DNA Fúngico: Ácido desoxirribonucléico que forma o material genético de fungos.Cryptococcus neoformans: Espécie do fungo CRYPTOCOCCUS. Seu teleomorfo é Filobasidiella neoformans.Neutropenia: Diminuição no número de NEUTRÓFILOS encontrados no sangue.Neoplasias Hematológicas: Neoplasias localizadas no sangue ou em tecidos formadores de sangue (a medula óssea e o tecido linfático). As formas mais comuns são os vários tipos de LEUCEMIA, de LINFOMA e das formas potencialmente fatais e progressivas das SÍNDROMES MIELODISPLÁSICAS.Testes de Sensibilidade Microbiana: Qualquer teste que demonstre a eficácia relativa de diferentes agentes quimioterápicos contra micro-organismos específicos (isto é, bactérias, fungos, vírus).Sensibilidade e Especificidade: Medidas de classificação binária para avaliar resultados de exames. Sensibilidade ou taxa de recall é a proporção de verdadeiros positivos. Especificidade é a probabilidade do teste determinar corretamente a ausência de uma afecção. (Tradução livre do original: Last, Dictionary of Epidemiology, 2d ed)

*  B35-B49 Micoses

B48.7 Micoses oportunistas. Micoses causadas por fungos de baixa virul ncia que estabelecem uma infec o s como conseq ncia de ...
datasus.gov.br/cid10/V2008/WebHelp/b35_b49.htm

*  ENFERMAGEM: MICOSES PROFUNDAS

A história natural das micoses sistêmicas em área endêmica inicia-se na infância ou adolescência, quando acontece o primeiro ... Nos pacientes com SIDA, as micoses sistêmicas merecem atenção especial, pois tendem a se disseminar. ...
enfermeiropsf.blogspot.com/2010/05/micoses-profundas.html

*  Pitiríase versicolor - Wikipedia

Secção 3, Dermatologia; Micoses; cols. Jane Tomimori-Yamashita e Maurício M. A. Alchorne. http://www.webmd.com/skin-problems- ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Pitiríase_versicolor

*  Micose - Wikipedia

Micoses e medidas preventivas. Portal Banco de Saúde. Micoses e medidas preventivas. Adelaide University - Superficial mycoses ... As micoses subcutâneas geralmente começam quando esporos são inoculados ao ferir-se com plantas, madeira, pedras ou terra. São ... Micoses superficiais são 10 a 20% dos motivos para consultas com dermatologistas, mais comuns em homens, jovens e obesos. Podem ... Usado para tratar micoses graves, quando outros medicamentos menos tóxicos não são eficazes. Combinar com Flucitosina para ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Micose

*  Líquido Jequiti no Mercado Livre Brasil

Encontre Líquido Jequiti no Mercado Livre Brasil. Descubra a melhor forma de comprar online.
https://lista.mercadolivre.com.br/cuidado-personal-banho-e-higiene-sabonetes/corporal/liquido/jequiti/

*  Micologia médica - Wikipedia

Como agentes diretos de infecções ou micoses. Como produtores de reações de hipersensibilidade. Como agentes de micetismo. Como ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Micologia_médica

*  Acelga - Wikipedia

Pode ser aplicada em micoses, cicatrizes e cálculos biliares. Age como antioxidante, auxilia o fígado e é utilizada para o ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Acelga

*  Filtro de barreira - Wikipedia

Juan Piñero Maceira, et al; Emprego da imunofluorescência e autofluorescência no estudo histopatológico das micoses; Anais ... como na análise histológica de micoses, tanto na medicina quanto na fitopatologia, na angiografia de fluorescência, e nas ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Filtro_de_barreira

*  Patogenicidade - Wikipedia

... micoses,...) Biossegurança e controle de infecção cruzada, em consultórios odontológicos; Santos, livraria editora; Jayro ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Patogenicidade

*  Mucorales - Wikipedia

Outros podem causar micoses, geralmente em pacientes afligidos por outras doenças. Os esporangiósporos são mitósporos (formados ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Mucorales

Micose: Micose é o nome genérico dado a várias infecções causadas por fungosMicoses e medidas preventivas. Portal Banco de Saúde.CoccidioidomicoseCromoblastomicoseHistoplasmoseBlastomicose: A Blastomicose também conhecida como Blastomicose Norte-Americana,Doença de Chicago ou Doença de Gilchrist é uma doença pulmonar causada pelo fungo Blastomyces dermatitidis. É pouco frequente em humanos, gatos e cachorros.MiconazolItraconazol: Itraconazol é um derivado do imidazol de nova geração usado principalmente como antifúngico. Quimicamente é um derivado de triazol, como fluconazol, cetoconazol e voriconazol.Criptococose: Criptococose é uma micose causada pelo fungo Cryptococcus neoformans ou pelo Cryptococcus gattii. São as únicas levedura encapsulada que causam doenças conhecidas atualmente, um fator importante para seu diagnóstico com microscópio.Trichophyton mentagrophytes: Trichophyton mentagrophytes (sensu stricto) (Syn. T.Sporothrix schenckii: Sporothrix schenckii é uma espécie de fungo dimórfico da família Ophiostomataceae. S.FluconazolCoccidioides immitis: Coccidioides immitis é uma espécie de fungo da família Onygenacea. Ocorre na América do Norte, em partes do sudoeste dos Estados Unidos e norte do México.Onicomicose: A onicomicose é uma infecção fúngica que atinge as unhas, tanto das mãos quanto dos pés.http://www.Triazol: Triazol (Htrz) refere-se a qualquer um dos pares de compostos químicos isoméricos com fórmula molecular C2H3N3, com um anel de cinco membros de dois átomos de carbono e três átomos de nitrogênio.Aspergillus parasiticus: Aspergillus parasiticus é um fungo (bolor) conhecido por produzir aflatoxina,Britannica embora existam estirpes que não produzem esse carcinogénico. Por vezes é encontrado em azeitonas pretas.Micologia: Micologia ou micetologia é a ciência que estuda os fungos. Os micólogos (micologistas ou micetologistas) pesquisam taxonomia, sistemática, morfologia, fisiologia, bioquímica, utilidades, e os efeitos benéficos e maléficos das espécies de fungos, que podem ser parasitas, saprófitos ou decompositores.Histoplasma: Histoplasma é um gênero de fungos da família Ajellomycetaceae.Equinocandina: Equinocandinas são drogas antifúngicas que inibem a síntese de glicanos na parede celular através de inibição não competitiva da enzima 1,3-β glicano sintase sendo chamados, consequentemente, da "penicilina dos antifúngicos"http://www.clevelandclinicmeded.Aspergillus fumigatus: Aspergillus fumigatus é um fungo da família Trichocomaceae. É agente etiólogico da aspergilose.Cryptococcus neoformans: Cryptococcus neoformans é uma levedura encapsulada que pode viver tanto em plantas como em animais. O seu teleomorfo é Filobasidiella neoformans, um fungo filamentoso da classe Tremellomycetes.Neutropenia cíclicaExame complementar de diagnóstico: Nas ciências da saúde, são denominados exames complementar de diagnóstico aqueles exames (laboratoriais, de imagem, etc.) que complementam aos dados da anamnese e do exame físico para a confirmação das hipóteses diagnósticas e tratamento.


Outras


  • Outros podem causar micoses, geralmente em pacientes afligidos por outras doenças. (wikipedia.org)
  • Ao contrário de outras micoses sistêmicas, a paracoccidiomicose é comum em pacientes imunocompetentes. (wikipedia.org)
  • Geralmente, é diagnóstico diferencial de tumores, micoses pulmonares e outras doenças nodulares do pulmão. (wikipedia.org)

superficiais


  • Micoses superficiais são 10 a 20% dos motivos para consultas com dermatologistas, mais comuns em homens, jovens e obesos. (wikipedia.org)
  • Possui espectro de ação amplo contra micoses superficiais e as que atingem a vagina. (wikipedia.org)

geralmente


  • As micoses subcutâneas geralmente começam quando esporos são inoculados ao ferir-se com plantas, madeira, pedras ou terra. (wikipedia.org)

tumores


  • Por sua aparência, frequentemente são confundidos com tumores ou micoses e tratados erroneamente. (wikipedia.org)

pacientes


  • Nos pacientes com SIDA, as micoses sistêmicas merecem atenção especial, pois tendem a se disseminar. (blogspot.com)

versicolor


  • O diagnóstico diferencial deve considerar tinha(micoses), vitiligo, pitiríase versicolor e uso de cremes corticoides. (wikipedia.org)

medicamento


  • O medicamento apresenta ótima absorção vaginal, nos casos de micoses nesta região. (wikipedia.org)