Hiperplasia Endometrial: Proliferação benigna do ENDOMÉTRIO no ÚTERO. A hiperplasia endometrial é classificada de acordo com sua citologia e o tecido glandular. A hiperplasia pode ser simples, complexa (adenomatosa sem atipia) e atípica também representando um risco de se tornar maligna.Neoplasias do Endométrio: Tumores ou câncer do ENDOMÉTRIO, mucosa que reveste o ÚTERO. Estas neoplasias podem ser benignas ou malignas. Sua classificação e grau dependem dos diferentes tipos de células e da percentagem de células indiferenciadas.Hiperplasia: Aumento na quantidade de células em um tecido ou órgão, sem formação tumoral. Difere de HIPERTROFIA, que é aumento no volume, porém sem aumento no número de células.Endométrio: Membrana mucosa que reveste a cavidade uterina (responsável hormonalmente) durante o CICLO MENSTRUAL e GRAVIDEZ. O endométrio sofre transformações cíclicas que caracterizam a MENSTRUAÇÃO. Após FERTILIZAÇÃO bem sucedida, serve para sustentar o desenvolvimento do embrião.Progestinas: Compostos que interagem com RECEPTORES DE PROGESTERONA em tecidos alvos para provocar os efeitos semelhantes aos da PROGESTERONA. As principais ações das progestinas incluem esteroides naturais e sintéticos que estão no ÚTERO e na GLÂNDULA MAMÁRIA na preparação e manutenção da GRAVIDEZ.Doenças Uterinas: Processos patológicos envolvendo qualquer parte do ÚTERO.Pólipos: Discreta massa tecidual anormal que se projeta para o lúmen dos tratos digestório ou respiratório. Os pólipos podem ser estruturas esferoidais, hemisferoidais ou em forma de montículos irregulares conectados à MEMBRANA MUCOSA da parede do lúmen seja por uma haste, pedúnculo ou uma base larga.Carcinoma Endometrioide: Adenocarcinoma caracterizado pela presença de células semelhantes às células glandulares do ENDOMÉTRIO. É um tipo histológico comum de CARCINOMA ovariano e carcinoma endometrial. Há alta frequência de coocorrência desta forma de adenocarcinoma em ambos os tecidos.Levanogestrel: Hormônio progestacional sintético com ações semelhantes às da PROGESTERONA e cerca de duas vezes mais potente que o seu isômero racêmico ou (+-) (NORGESTREL). É usado na anticoncepção, controle de transtornos menstruais e tratamento da endometriose.Hemorragia Uterina: Hemorragia dos vasos sanguíneos do ÚTERO, às vezes, manifestada como sangramento vaginal.Endometrite: Inflamação do ENDOMÉTRIO, geralmente causada por infecções intrauterinas. Endometrite é a causa mais comum de febre pós-parto.Histerectomia: Excisão do útero.Dispositivos Intrauterinos Medicados: Dispositivos intrauterinos que liberam agentes contraceptivos.Curetagem: Raspagem, geralmente do interior de uma cavidade ou trajeto, para a remoção de neoformações ou outros tecidos anormais, ou para obter material para diagnóstico histológico, por meio de uma cureta, um instrumento em forma de colher. (Dorland, 28a ed; Stedman, 25a ed)Neoplasias Uterinas: Tumores ou câncer do ÚTERO.Anticoncepcionais Femininos: Substâncias ou agentes químicos com atividade anticoncepcional em mulheres. Use para agentes anticoncepcionais femininos em geral ou para aqueles que não tenham um título específico.Dilatação e Curetagem: Dilatação do cérvix uterino seguido por uma raspagem do endométrio com uma cureta.Linestrenol: Hormônio progestacional sintético usado com frequência em misturas com estrógenos como anticoncepcional oral.Lesões Pré-Cancerosas: Relativo a um processo patológico que tende a tornar-se maligno. (Dorland, 28a ed)Animais de ZoológicoHiperplasia Prostática: Aumento nas células constituintes da PRÓSTATA levando ao aumento do órgão (hipertrofia) e impacto adverso na função do trato urinário inferior. Pode ser causado por aumento na taxa de proliferação celular, taxa reduzida de morte celular ou ambos.Útero: Órgão muscular oco (de paredes espessas), na pelve feminina. Constituído pelo fundo (corpo), local de IMPLANTAÇÃO DO EMBRIÃO e DESENVOLVIMENTO FETAL. Além do istmo (na extremidade perineal do fundo), encontra-se o COLO DO ÚTERO (pescoço), que se abre para a VAGINA. Além dos istmos (na extremidade abdominal superior do fundo), encontram-se as TUBAS UTERINAS.Adenocarcinoma: Tumor epitelial maligno com organização glandular.Carcinoma in Situ: Lesão com características citológicas associadas com carcinoma invasivo, mas as células tumorais estão confinadas ao epitélio original, sem invasão da membrana basal.Histeroscopia: Exame endoscópico, terapia ou cirurgia do interior do útero.Imuno-Histoquímica: Localização histoquímica de substâncias imunorreativas utilizando anticorpos marcados como reagentes.Ratos Mutantes: Ratos que portam genes mutantes que são fenotipicamente expressos nos animais.Organização Mundial da Saúde: Agência especializada das Nações Unidas, designada como uma autoridade coordenadora no trabalho internacional de saúde. Sua intenção é promover o nível mais alto possível de saúde para todos os povos.Hiperplasia Suprarrenal Congênita: Grupo de transtornos hereditários das GLÂNDULAS SUPRARRENAIS, causados por defeitos enzimáticos durante a síntese de cortisol (HIDROCORTISONA) e/ou ALDOSTERONA, levando ao acúmulo dos precursores de ANDROGÊNIOS. Dependendo do desequilíbrio hormonal, a hiperplasia adrenal congênita pode ser classificada como perda de sal, hipertensiva, virilizante ou feminizante. Defeitos na ESTEROIDE 21-HIDROXILASE, ESTEROIDE 11-BETA-HIDROXILASE, ESTEROIDE 17-ALFA-HIDROXILASE, 3-beta-hidroxisteroide desidrogenase (3-HIDROXIESTEROIDE DESIDROGENASES), 3-OXO-5-ALFA-ESTEROIDE 4-DESIDROGENASE ou proteína regulatória esteroidogênica aguda, entre outros, são subjacentes a estas doenças.Leiomioma: Tumor benigno derivado de tecido muscular liso, também conhecido como um tumor fibroide. Raramente ocorre fora do ÚTERO e do TRATO GASTROINTESTINAL, mas pode ocorrer na PELE e nos TECIDOS SUBCUTÂNEOS, originando-se nesses tecidos provavelmente a partir de músculo liso de vasos sanguíneos pequenos.

*  Pesquisa: Progesterona | MedicinaNET

que serve amenorreia secundária; diminuir a incidência de hiperplasia endometrial em mulheres pós-menopausa que utilizam ... tem as vantagens de permitir a visualização direta da cavidade endometrial e da endocérvice, habilidade de visualizar ...

*  FEMOSTON CONTI 28 COMPRIMIDOS REVESTIDOS - CallFarma

Hiperplasia endometrial (proliferação da mucosa do útero) não tratada; • Tromboembolismo venoso sem causa conhecida prévio ou ...

*  Descomplicando a Histeroscopia | Mulher Descomplicada

... é necessário a realização do exame para excluir câncer ou hiperplasia endometrial, 80% dos casos o espessamento dessa camada ... Histeroscopia é um exame endoscópico que consiste na visualização da cavidade endometrial e canal cervical, ou seja, através da ... é o método que menos irá lesar tecido endometrial sadio; ... após a menopausa é um pólipo endometrial;. *Pólipos ... Espessamento endometrial - quando ocorre alteração na ecografia ...

*  Guilherme Novita Garcia - Precau es

Os principais efeitos colaterais do TMX e do RAL s o a hiperplasia endometrial e os fen menos tromboemb licos (TVP e TEP), ... em fun o da prolifera o endometrial causada pelo Tamoxifen. O TMX mais delet rio que o RAL, al m disto, ao contrario do que ... hiperplasia uterina havendo um maior percentual de pacientes que acabam sendo submetidas a histerectomia, ...

*  Neoplasias Do Córtex Supra-Renal - lookfordiagnosis.com

Hiperplasia Endometrial. * Neoplasias Do Endométrio. * Tumores Do Estroma Endometrial. * Endometriose. * Endometrite. * Fibrose ...

*  Coccidioidomicose - lookfordiagnosis.com

Hiperplasia Endometrial. * Neoplasias Do Endométrio. * Tumores Do Estroma Endometrial. * Endometriose. * Endometrite. * Fibrose ...

*  Doenças Dos Genitais Femininos - lookfordiagnosis.com

Hiperplasia Endometrial. * Neoplasias Do Endométrio. * Tumores Do Estroma Endometrial. * Endometriose. * Endometrite. * Fibrose ...

*  Helmintíase Do Sistema Nervoso Central - lookfordiagnosis.com

Hiperplasia Endometrial. * Neoplasias Do Endométrio. * Tumores Do Estroma Endometrial. * Endometriose. * Endometrite. * Fibrose ...

*  Linfoma De Burkitt - lookfordiagnosis.com

Hiperplasia Endometrial. * Neoplasias Do Endométrio. * Tumores Do Estroma Endometrial. * Endometriose. * Endometrite. * Fibrose ...

*  Resistência À Proteína C Ativada - lookfordiagnosis.com

Hiperplasia Endometrial. * Neoplasias Do Endométrio. * Tumores Do Estroma Endometrial. * Endometriose. * Endometrite. * Fibrose ...

*  Síndrome Da Boca Ardente - lookfordiagnosis.com

Hiperplasia Endometrial. * Neoplasias Do Endométrio. * Tumores Do Estroma Endometrial. * Endometriose. * Endometrite. * Fibrose ...

*  Febres Hemorrágicas Virais - lookfordiagnosis.com

Hiperplasia Endometrial. * Neoplasias Do Endométrio. * Tumores Do Estroma Endometrial. * Endometriose. * Endometrite. * Fibrose ...

*  Blastoma Pulmonar - lookfordiagnosis.com

Hiperplasia Endometrial. * Neoplasias Do Endométrio. * Tumores Do Estroma Endometrial. * Endometriose. * Endometrite. * Fibrose ...

*  Hematoma Subdural Agudo - lookfordiagnosis.com

Hiperplasia Endometrial. * Neoplasias Do Endométrio. * Tumores Do Estroma Endometrial. * Endometriose. * Endometrite. * Fibrose ...

*  Tuberculose Pleural - lookfordiagnosis.com

Hiperplasia Endometrial. * Neoplasias Do Endométrio. * Tumores Do Estroma Endometrial. * Endometriose. * Endometrite. * Fibrose ...

*  Nódulo Reumático - lookfordiagnosis.com

Hiperplasia Endometrial. * Neoplasias Do Endométrio. * Tumores Do Estroma Endometrial. * Endometriose. * Endometrite. * Fibrose ...

*  Colecistite Acalculosa - lookfordiagnosis.com

Hiperplasia Endometrial. * Neoplasias Do Endométrio. * Tumores Do Estroma Endometrial. * Endometriose. * Endometrite. * Fibrose ...

*  Metástase Neoplásica - lookfordiagnosis.com

Hiperplasia Endometrial. * Neoplasias Do Endométrio. * Tumores Do Estroma Endometrial. * Endometriose. * Endometrite. * Fibrose ...

*  Neoplasias Do Sistema Digestório - lookfordiagnosis.com

Hiperplasia Endometrial. * Neoplasias Do Endométrio. * Tumores Do Estroma Endometrial. * Endometriose. * Endometrite. * Fibrose ...

*  Leucemia Experimental - lookfordiagnosis.com

Hiperplasia Endometrial. * Neoplasias Do Endométrio. * Tumores Do Estroma Endometrial. * Endometriose. * Endometrite. * Fibrose ...

*  Megacolo Tóxico - lookfordiagnosis.com

Hiperplasia Endometrial. * Neoplasias Do Endométrio. * Tumores Do Estroma Endometrial. * Endometriose. * Endometrite. * Fibrose ...

*  Micose Fungóide - lookfordiagnosis.com

Hiperplasia Endometrial. * Neoplasias Do Endométrio. * Tumores Do Estroma Endometrial. * Endometriose. * Endometrite. * Fibrose ...

*  Calcificação Da Polpa Dentária - lookfordiagnosis.com

Hiperplasia Endometrial. * Neoplasias Do Endométrio. * Tumores Do Estroma Endometrial. * Endometriose. * Endometrite. * Fibrose ...

*  Fígado Gorduroso Alcoólico - lookfordiagnosis.com

Hiperplasia Endometrial. * Neoplasias Do Endométrio. * Tumores Do Estroma Endometrial. * Endometriose. * Endometrite. * Fibrose ...

*  Defeitos Do Septo Interventricular - lookfordiagnosis.com

Hiperplasia Endometrial. * Neoplasias Do Endométrio. * Tumores Do Estroma Endometrial. * Endometriose. * Endometrite. * Fibrose ...

Hiperplasia do endométrioHiperplasia: O termo hiperplasia é usado quando se quer mencionar o aumento do número de células num órgão ou num tecido. A hiperplasia ocorre se a população celular for capaz de sintetizar DNA permitindo, assim, que ocorra a mitose.Endométrio: O endométrio é a membrana mucosa que reveste a parede uterina, formado por epitélio cilíndrico simples, estromas e vasos. É estimulado pelos hormônios ovarianos: estrogênio (produzido pelos folículos) e progesterona (produzida pelo corpo lúteo ou amarelo), tem um aumento na sua espessura devido à grande concentração de progesterona (ocorrendo ao contrário no período menstrual, quando a progesterona decresce), sendo descamado e expelido através da menstruação.Pólipo (medicina): Pólipo é um crescimento anormal de tecido que protubera de uma membrana mucosa. O pólipo pode ser mole, carnoso ou fibroso, geralmente pediculado e piriforme, que se desenvolve nas cavidades revestidas por uma mucosa.Levonorgestrel: Levonorgestrel (L-norgestrel ou D-norgestrel) é um fármaco usado em contraceptivos hormonais de 2ª geração. É um tipo de progesterona sintética.Curetagem: A curetagem uterina é um procedimento médico executado em unidade hospitalar, sob anestesia geral ou locorregional, que objetiva retirar material placentário ou endometrial da cavidade uterina por um instrumento denominado cureta.Jardim zoológico: Bica|data = 11 de dezembro de 2012|acessadoem = 16 de novembro de 2015|autor = Desconhecido|publicado = Todos os Direitos Reservados para Bica - Parque Zoobotânico Arruda Câmara}}Um jardim zoológico, também chamado de zoológico ou simplesmente zoo, é um local específico para se manter animais selvagens,que podem ser exibidos ao público. Nele existem profissionais especializados, como veterinários e zootecnistas, que cuidam da alimentação, das jaulas, da saúde mental e física dos animais, entre muitas outras atividades.Transplante uterino: Transplante uterino é um procedimento cirúrgico no qual um útero é transplantado para outra pessoa.Adenocarcinoma: Adenocarcinoma é uma neoplasia maligna (câncer, cancro, tumor) que se origina em tecido glandular. Para ser classificado como um adenocarcinoma, as células não necessariamente precisam fazer parte de uma glândula, contanto que elas tenham características secretórias.Relatório Link: Relatório Link foi o nome dado pela imprensa brasileira da época a uma série de quatro cartas, três delas de 1960 e a quarta delas de 1961, que foram escritas pelo geólogo americano Walter K. Link.Mineralocorticoide: Mineralocorticóides são uma classe de hormonas esteróides, caracterizadas pela sua semelhança com a aldosterona e a sua influência no equilíbrio electrolítico (balanço de íons e água) do corpo.Leiomioma


tecido endometrial

  • A maioria dos casos de hiperplasia do endométrio resulta de altos níveis de estrogênio combinados com níveis insuficientes de hormônios progestágenos, que geralmente equilibram os efeitos proliferativos do estrogênio sobre o tecido endometrial. (wikipedia.org)
  • O diagnóstico da hiperplasia endometrial pode ser feito a partir da biópsia do endométrio, que pode ser realizada ambulatorialmente ou a partir da curetagem da cavidade uterina para a obtenção de tecido endometrial para análise histopatológica. (wikipedia.org)

sangramento

  • A rotina diagnóstica de doença endometrial pode ser realizada no sangramento uterino anormal ou na presença de células glandulares atípicas no citopatológico do colo uterino. (wikipedia.org)
  • As progestinas também são usadas para tratar amenorréia secundária, sangramento disfuncional uterino e endometriose, e como cuidado paliativo no tratamento de câncer endometrial, no carcinoma de células renais, câncer de mama e câncer de próstata. (wikipedia.org)

terapia

  • diminuir a incidência de hiperplasia endometrial em mulheres pós-menopausa que utilizam terapia de reposição de estrogênio. (medicinanet.com.br)
  • Os dois usos mais comuns das progestinas são a contracepção hormonal (tanto sozinhas, quanto combinadas com um estrogênio), e para prevenir a hiperplasia endometrial derivada da terapia de reposição hormonal por estrogênio. (wikipedia.org)

uterina

  • As pacientes tamb m referem maior irregularidade menstrual, queixas ginecol gicas, hiperplasia uterina havendo um maior percentual de pacientes que acabam sendo submetidas a histerectomia, em fun o da prolifera o endometrial causada pelo Tamoxifen. (guilhermenovitagarcia.com.br)

cavidade

  • Histeroscopia é um exame endoscópico que consiste na visualização da cavidade endometrial e canal cervical, ou seja, através da vagina, sem cortes, utilizando um espéculo, entramos com uma câmera dentro do útero para verificar alterações e tratá-las. (mulherdescomplicada.com.br)

menos

  • Os principais efeitos colaterais do TMX e do RAL s o a hiperplasia endometrial e os fen menos tromboemb licos (TVP e TEP), observados principalmente nas mulheres acima de 50 anos. (guilhermenovitagarcia.com.br)