Dor Lombar: Dor aguda ou crônica nas regiões lombar ou sacral podendo estar associada com ENTORSES E DISTENSÕES dos ligamentos dos músculos, DESLOCAMENTO DO DISCO INTERVERTEBRAL e outras afecções.Dor nas Costas: Dor aguda ou crônica localizada nas regiões posteriores do TÓRAX, REGIÃO LOMBOSSACRAL ou regiões adjacentes.Dor: Sensação desagradável induzida por estímulos nocivos que são detectados por TERMINAÇÕES NERVOSAS de NOCICEPTORES.Dor Crônica: Sensação de dor que persiste por mais do que poucos meses. Pode ou não estar associada com trauma ou doença e pode persistir depois que a lesão inicial estiver cicatrizada. Sua localização, características e periodicidade são mais imprecisas do que as da dor aguda.Medição da Dor: Escalas, questionários, testes e outros métodos utilizados para avaliar a severidade e duração da dor em pacientes ou animais experimentais, com o objetivo de ajudar no diagnóstico, terapêutica e estudos fisiológicos.Dorso: Superfície posterior de um primata na vertical a partir dos ombros até o quadril, ou a superfície dorsal de tetrápodes.Manejo da Dor: Forma de terapia que emprega uma abordagem coordenada e interdisciplinar para acalmar o sofrimento e melhorar a qualidade de vida de quem sente dor.Cervicalgia: Desconforto ou formas mais intensas de dor que estão localizadas na região cervical. Geralmente, este termo se refere à dor nas regiões posterior ou lateral do pescoço.Limiar da Dor: A quantidade de estimulação necessária para que a sensação de dor seja experimentada.Dor Aguda: Sensação de desconforto intenso, angustiante ou dolorosa associada com traumatismo ou doença, com local, hora e características bem definidos.Vértebras Lombares: Vértebras na região inferior do DORSO abaixo da VÉRTEBRA TORÁCICA e acima da VÉRTEBRA SACRAL.Dor Pós-Operatória: Dor durante o período após a cirurgia.Avaliação da Deficiência: Determinação do grau de desvantagem física, mental ou emocional. O diagnóstico é feito por pessoal legalmente habilitado visando benefícios e rendimentos sobre seguros de incapacidade e aptidão à Seguridade Social e compensação de benefícios de trabalhadores.Dor Intratável: Dor persistente, refratária a algumas ou a todas as formas de tratamento.Lesões nas Costas: Traumatismos gerais ou não específicos da parte posterior do tronco. Incluem traumatismos dos músculos das costas.Região Lombossacral: Região das costas que inclui as VÉRTEBRAS LOMBARES, o SACRO e estruturas adjacentes.Dor Pélvica: Dor na região pélvica de origem genital e não genital, e de etiologia orgânica ou psicogênica. As causas frequentes de dor são distensão ou contração de vísceras de cavidades, alongamento rápido da cápsula de um órgão sólido, irritação química, isquemia tecidual, e neurite secundária a processos inflamatórios, neoplásicos ou fibróticos em órgãos adjacentes.Dor Abdominal: Sensação de desconforto, mal estar ou agonia na região abdominal.Doença Crônica: Doenças que têm uma ou mais das seguintes características: são permanentes, deixam incapacidade residual, são causadas por alteração patológica não reversível, requerem treinamento especial do paciente para reabilitação, pode-se esperar requerer um longo período de supervisão, observação ou cuidado.Modalidades de Fisioterapia: Modalidades terapêuticas frequentemente utilizadas em FISIOTERAPIA por FISIOTERAPEUTAS para melhorar, manter ou restaurar o bem-estar físico e fisiológico de um indivíduo.Dor Referida: Tipo de dor percebida em uma área distante de onde surgiu a dor, como dor facial causada por lesão do NERVO VAGO, ou problema iniciado na garganta e mencionado como dor na orelha.Percepção da Dor: Processo pelo qual a DOR é reconhecida e interpretada pelo encéfalo.Quiroprática: 1) Disciplina ocupacional fundada por D.D. Palmer nos anos de 1890, baseada na relação da coluna vertebral com saúde e doença (MeSH). 2) Profissão de assistência à saúde que se ocupa do diagnóstico, tratamento e prevenção dos transtornos do sistema neuromusculosquelético e os efeitos desses transtornos sobre a saúde geral. Há uma ênfase nas técnicas manuais, inclusive o ajuste e/ou manipulação das articulações, com uma ênfase particular nas subluxações. (Tradução livre do original: WHO guidelines on basic training and safety in chiropractic: http://whqlibdoc.who.int/publications/2006/9241593717_eng.pdf).Manipulação da Coluna: Ajustamento e manipulação da coluna vertebral.Ciática: Afecção caracterizada por dor radiante na região das costas para dentro das nádegas e aspectos posterior/lateral da perna. A ciática pode ser uma manifestação de NEUROPATIA CIÁTICA, RADICULOPATIA (envolvendo as RAÍZES NERVOSAS ESPINHAIS L4, L5, S1 ou S2, geralmente associadas com DESLOCAMENTO DO DISCO INTERVERTEBRAL) ou lesões da CAUDA EQUINA.Deslocamento do Disco Intervertebral: DISCO INTERVERTEBRAL em que o núcleo pulposo protruiu-se através da fibrocartilagem adjacente. Isso ocorre com maior frequência na região lombar inferior.Disco Intervertebral: Qualquer uma das 23 placas de fibrocartilagem encontrada entre os corpos de VÉRTEBRAS adjacentes.Remoção: Mover ou trazer algo de um nível mais baixo para um mais elevado. O conceito envolve tensões biomecânicas resultantes do trabalho realizado ao se transferir objetos de um plano para outro, bem como os efeitos de técnicas variadas de manipulação e de transferência de pacientes.Doenças da Coluna VertebralDor Facial: Dor na região facial, incluindo dor orofacial e craniofacial. Afecções associadas incluem transtornos neoplásicos e inflamatórios locais além de síndromes neurálgicas envolvendo os nervos trigêmeo, facial e glossofaríngeo. As afecções que se caracterizam por dor facial persistente ou recidivante como manifestação primária da doença são chamadas SÍNDROMES DA DOR FACIAL.Questionários: Conjunto de perguntas previamente preparadas utilizado para a compilação de dados.Dor Musculoesquelética: Desconforto que surge a partir de músculos, LIGAMENTOS, tendões e ossos.Articulação Sacroilíaca: Articulação imóvel formada pelas superfícies laterais do SACRO e do ÍLIO.Doenças Profissionais: Doenças causadas por fatores que têm relação com o trabalho de uma pessoa.Dor de Ombro: A dor unilateral ou bilateral do ombro. Ela é causada frequentemente por atividades físicas que ocorrem durante a participação no trabalho ou em esporte mas, pode também ser patológica na sua origem.Terapia por Exercício: Regime ou plano de atividades físicas concebido e prescrito para alcançar objetivos terapêuticos específicos. Seu propósito é restaurar a função musculosquelética normal ou reduzir dores causadas por doenças ou lesões.Resultado do Tratamento: Estudos conduzidos com o fito de avaliar as consequências da gestão e dos procedimentos utilizados no combate à doença de forma a determinar a eficácia, efetividade, segurança, exequibilidade dessas intervenções.Articulação Zigapofisária: A articulação que se encontra entre as facetas dos processos articulares interior e superior das vértebras adjacentes.Coluna Vertebral: Coluna vertebral ou espinal.Licença Médica: Ausência do trabalho permitida por causa de enfermidade ou o número de dias por ano que um empregador concorda em pagar empregados que estão doentes.Degeneração do Disco Intervertebral: Alterações degenerativas no DISCO INTERVERTEBRAL devido a envelhecimento ou dano estrutural, especialmente nas placas vertebrais terminais.Analgésicos: Compostos que aliviam dor sem a perda de ESTADO DE CONSCIÊNCIA.Manipulação Quiroprática: Procedimentos usados por quiropráticos para tratar queixas de natureza neuromusculoesqueléticas.Postura: Posição ou atitude do corpo.Estudos Prospectivos: Estudos planejados para a observação de eventos que ainda não ocorreram.Absenteísmo: Ausência crônica ao trabalho ou a outras obrigações.Acupuntura: Disciplina ocupacional dos métodos tradicionais Chineses de TERAPIA POR ACUPUNTURA para tratar doenças através da inserção de agulhas ao longo de vias ou meridianos específicos.Discotomia: Excisão, parcial ou total, de um DISCO INTERVERTEBRAL. A indicação mais comum é deslocamento de disco ou herniação. Além da remoção cirúrgica padrão, pode ser feita por discotomia percutânea (DISCOTOMIA PERCUTÂNEA) ou por discotomia laparoscópica, a anterior sendo a mais comum.Manipulação Osteopática: Manipulação musculosquelética baseada nos princípios da MEDICINA OSTEOPÁTICA desenvolvida em 1874 pelo Dr Andrew Taylor Still.Terapia por Acupuntura: Tratamento de doenças por inserção de agulhas ao longo de vias específicas ou meridianos. A localização varia com a doença a ser tratada. Aquecimento (calor) ou moxibustão e acupressão podem ser usados em conjunto.Analgésicos Opioides: Compostos com atividade semelhante as dos ALCALOIDES OPIÁCEOS, atuando como RECEPTORES OPIOIDES. Entre as propriedades estão ANALGESIA ou ESTUPOR.Engenharia Humana: Estudo científico das relações entre o homem e o seu ambiente de trabalho. (Ambiente é considerado em seu aspecto mais global incluindo equipamentos, aparelhos, ferramentas, materiais, métodos de trabalho e a própria organização do trabalho)Avaliação de Resultados (Cuidados de Saúde): Pesquisa voltada ao monitoramento da qualidade e efetividade da assistência à saúde medida em termos da obtenção de resultados pré-estabelecidos. Inclui parâmetros como melhoria do estado de saúde, diminuição de morbidade e mortalidade e melhoria de estados anormais (ex: pressão sanguínea elevada).Estenose Espinal: O estreitamento do canal espinhal.Neuralgia: Dor intensa ou sofrível que ocorre ao longo do curso ou distribuição de um nervo craniano ou periférico.Discite: A inflamação de um DISCO INTERVERTEBRAL ou espaço de um disco que pode levar a uma erosão do disco. Até recentemente, discite definia-se como uma inflamação não bacteriana e tem sido atribuída a processos assépticos (p.ex., reação química a uma substância injetada). No entanto, estudos mais recentes fornecem evidência que a infecção pode ser uma causa inicial, porém não o agente promotor, da maioria dos casos de discite. Discite tem sido diagnosticada em pacientes após discografia, mielografia, punção lombar, injeção paravertebral e anestesia epidural obstétrica. Discite que se segue à quimionucleólise (especialmente com quimiopapaína) é atribuída à reação química por alguns e a introdução de microrganismos por outros.Injeções Epidurais: Injeção de medicamentos, na maioria das vezes analgésicos, no canal espinhal sem punção da dura máter.Síndromes da Dor Miofascial: Dor muscular em várias regiões do corpo que pode ser reproduzida por pressão em PONTOS-GATILHO, endurecimentos localizados no tecido muscular esquelético. A dor é referida em um local distante dos pontos-gatilho. Um ótimo exemplo é a SÍNDROME DA DISFUNÇÃO DA ARTICULAÇÃO TEMPOROMANDIBULAR.Sacro: Cinco vértebras fundidas que formam uma estrutura em forma de triângulo atrás da PELVE. Articula na parte superior com a VÉRTEBRA LOMBAR, na parte inferior com o CÓCCIX e anteriormente com o ÍLEO da PELVE. O sacro reforça e estabiliza a PELVE.Seguimentos: Estudos nos quais indivíduos ou populações são seguidos para avaliar o resultado de exposições, procedimentos ou efeitos de uma característica, por exemplo, ocorrência de doença.Doenças Musculoesqueléticas: As doenças dos músculos e dos seus ligamentos associados e outros tecidos conectivos e dos ossos e cartilagens vistos coletivamente.Massagem: Conjunto de manipulações sistemáticas e científicas dos tecidos corporais de melhor eficiência, com as mãos, com o propósito de influenciar os sistemas nervoso e muscular e a circulação geral.Síndrome Pós-Laminectomia: Afecção de dor e desconforto persistentes nas COSTAS e na PERNA após cirurgia lombar, frequentemente descrita em pacientes inscritos em CENTROS DE DOR.Fusão Vertebral: Imobilização ou ancilose operatória de duas ou mais vértebras, por fusão dos corpos vertebrais com um curto enxerto ósseo ou muitas vezes com discectomia ou laminectomia.Prevalência: Número total de casos de uma dada doença em uma população especificada num tempo designado. É diferenciada de INCIDÊNCIA, que se refere ao número de casos novos em uma população em um dado tempo.Manipulação Ortopédica: Manipulação planejada e cuidadosa da musculatura esquelética, extremidades e coluna vertebral, para aumentar o movimento. O termo é às vezes utilizado para denotar a sequência precisa de movimentos de uma articulação, para determinar a presença de alguma doença ou reduzir um deslocamento. No caso de fraturas, a manipulação ortopédica pode produzir um melhor posicionamento e alinhamento da fratura.Vértebras Torácicas: Grupo de doze vértebras conectadas às costelas que sustentam a região superior do tronco.Espondilolistese: Deslocamento para frente de um corpo vertebral superior sobre o corpo vertebral abaixo dele.Imagem por Ressonância Magnética: Método não invasivo de demonstração da anatomia interna baseado no princípio de que os núcleos atômicos em um campo magnético forte absorvem pulsos de energia de radiofrequência e as emitem como ondas de rádio que podem ser reconstruídas nas imagens computadorizadas. O conceito inclui técnicas tomográficas do spin do próton.Espondilólise: Desenvolvimento deficiente ou degeneração de uma porção das VÉRTEBRAS, geralmente na parte interarticular (a ponte óssea entre as facetas das articulações superior e inferior das VÉRTEBRAS LOMBARES), levando à ESPONDILOLISTESE.Manipulações Musculoesqueléticas: Várias manipulações dos tecidos corporais, músculos e ossos (por mãos ou equipamentos) para melhorar a saúde, circulação, alívio da fadiga e promoção da cicatrização.Catastrofização: Processos emocionais e cognitivos que englobam ampliação de estímulos relacionados com dor, sensações de desamparo e uma orientação geralmente pessimista.Amplitude de Movimento Articular: A distância e direção para qual uma articulação óssea pode ser estendida. A amplitude de movimento é uma função da condição das articulações, músculos e tecidos conjuntivos envolvidos. A flexibilidade da articulação pode ser melhorada através de EXERCÍCIOS DE ALONGAMENTO MUSCULAR apropriados.Estudos Transversais: Estudos epidemiológicos que avaliam a relação entre doenças, agravos ou características relacionadas à saúde, e outras variáveis de interesse, a partir de dados coletados simultaneamente em uma população. (Tradução livre do original: Last, 2001)Artralgia: Dor na articulação.Dor Nociceptiva: Dor contundente ou suave causada por NOCICEPTORES estimulados devido à lesão tecidual, inflamação ou doenças. Pode ser classificada como dor somática ou tecidual e DOR VISCERAL.Exame Físico: Inspeção sistemática e minuciosa do paciente para sinais físicos de doença ou anormalidade.Tronco: Parte central do corpo à qual o pescoço e os membros estão ligados.Doença Aguda: Doença relativamente grave de curta duração.Anestésicos Locais: Fármacos que bloqueiam a condução nervosa quando aplicados localmente (no tecido nervoso) em concentrações adequadas. Atuam em qualquer parte do sistema nervoso e em todos os tipos de fibras nervosas. Em contato com um tronco nervoso, estes anestésicos podem causar paralisia sensitiva e motora na área inervada. Sua ação é totalmente reversível. (Tradução livre do original: Gilman AG, et. al., Goodman and Gilman's The Pharmacological Basis of Therapeutics, 8th ed). Quase todos os anestésicos locais atuam diminuindo a tendência para a ativação dos canais de sódio dependentes de voltagem.Indenização aos Trabalhadores: Cobertura do seguro que estabelece compensação e benefícios médicos aos trabalhadores por danos ou doenças relacionados ao trabalho.Fatores de Tempo: Elementos de intervalos de tempo limitados, contribuindo para resultados ou situações particulares.Atividades Cotidianas: Realização das atividades básicas de cuidados pessoais próprios como vestir-se, caminhar ou comer.Fraturas da Coluna Vertebral: Ossos quebrados na coluna vertebral.Fenômenos Biomecânicos: Propriedades, processos e comportamento de sistemas biológicos sob ação de forças mecânicas.Índice de Gravidade de Doença: Níveis dentro de um grupo de diagnósticos estabelecidos por vários critérios de medição aplicados à gravidade do transtorno de um paciente.Recuperação de Função Fisiológica: Retorno parcial (ou completo) ao normal (ou a atividade fisiológica adequada) de um órgão (ou parte) após doença ou trauma.Traumatismos da Coluna Vertebral: Traumatismos envolvendo a coluna vertebral.Espondilartrite: Inflamação das juntas da COLUNA VERTEBRAL, as articulações intervertebrais.Bloqueio Nervoso: Interrupção da CONDUÇÃO NERVOSA pelos nervos periféricos ou pelos troncos nervosos por meio de injeção local de substâncias anestésicas (ex.: LIDOCAÍNA, FENOL, TOXINAS BOTULÍNICAS) para controlar ou tratar a dor.Fatores de Risco: Aspecto do comportamento individual ou do estilo de vida, exposição ambiental ou características hereditárias ou congênitas que, segundo evidência epidemiológica, está sabidamente associado a uma condição relacionada com a saúde considerada importante de ser prevenida.Analgesia: Métodos de alívio da DOR que podem ser usados com/ou no lugar de ANALGÉSICOS.Hiperalgesia: Sensação aumentada de dor ou desconforto produzida por estímulos minimamente danosos devido à lesões em tecidos moles contendo NOCICEPTORES ou lesão a um nervo periférico.Fibromialgia: Síndrome reumática comum, não articular, caracterizada por mialgia e pontos múltiplos de dor muscular focal à palpação (pontos desencadeantes). A dor muscular é tipicamente agravada por inatividade ou exposição ao frio. Este estado é frequentemente associado com sintomas gerais, como distúrbios do sono, fadiga, rigidez, CEFALEIAS e, ocasionalmente, DEPRESSÃO. Há uma sobreposição significativa entre fibromialgia e SÍNDROME DE FADIGA CRÔNICA. A fibromialgia pode surgir como um processo de doença primário ou secundário. É mais frequente em mulheres de 20 a 50 anos de idade. (Tradução livre do original: Adams et al., Principles of Neurology, 6a ed, p1494-95)Fisioterapeutas: Pessoas treinadas em FISIOTERAPIA para fazer uso das MODALIDADES DE FISIOTERAPIA a fim de prevenir, corrigir e aliviar as disfunções de movimento.Analgesia por Acupuntura: Analgesia produzida pela inserção de agulhas de ACUPUNTURA em certos PONTOS DE ACUPUNTURA do corpo. Estes pontos ativam as pequenas fibras nervosas mielinizadas no músculo que transmite impulsos à medula espinhal e, por sua vez, ativa três centros - medula espinhal, mesencéfalo e hipotálamo-hipófise - para produzir analgesia.Pessoas com Deficiência: Pessoas com deficiência física ou mental que afeta ou limita suas atividades de vida diárias e que podem requerer acomodações especiais.Laminectomia: Procedimento cirúrgico que recorre à remoção total (laminectomia) ou parcial (laminotomia) da lâmina vertebral selecionada para aliviar a pressão na MEDULA ESPINAL e/ou RAÍZES NERVOSAS ESPINHAIS. A lâmina vertebral é a parede posterior achatada e fina do arco vertebral que forma o forame vertebral através do qual passa a medula espinal e raizes nervosas.Comportamento de Doença: Conjunto de respostas comportamentais não específicas a um transtorno não psiquiátrico. Estas podem incluir perda de APETITE ou LIBIDO; desinteresse em ATIVIDADES DA VIDA DIÁRIA; ou distanciamento do convívio social.Qualidade de Vida: Conceito genérico que reflete um interesse com a modificação e a aprimoramento dos componentes da vida, ex. ambiente físico, político, moral e social; a condição geral de uma vida humana.Dor do Parto: Dor associada com TRABALHO DE PARTO durante o PARTO. É causada, inicialmente por CONTRAÇÕES UTERINAS, bem como, pressão no Colo, BEXIGA e TRATO GASTROINTESTINAL. A dor do parto ocorre, na maioria das vezes, no ABDOME, VIRILHA e COSTAS.Tração: Puxão em um membro ou de uma parte dele. A tração da pele (tração indireta) é aplicada pelo uso de uma bandagem para puxar sobre a pele e a faixa onde uma tração leve é requerida. A tração esquelética (tração direta), contudo, utiliza pinos ou fios inseridos no osso e é ligada a pesos, roldanas e cabos.Estimulação Elétrica Nervosa Transcutânea: Uso de eletrodos pequenos localizados especificamente para produzir impulsos elétricos através da PELE para aliviar a DOR. É utilizada menos frequentemente para produzir ANESTESIA.Injeções Espinhais: Introdução de agentes terapêuticos na região espinal usando agulha e seringa.Referência e Consulta: Prática de enviar um paciente para outro programa ou médico para provisão de serviços ou aconselhamento, os quais a fonte da referência não está preparada para fornecer.Método Simples-Cego: Método de estudo sobre uma droga ou procedimento no qual os grupos estudados desconhecem quem está recebendo o fator em questão, mas o investigador, sim. (Tradução livre do original: Last, 2001)Descompressão Cirúrgica: Operação cirúrgica para aliviar a pressão em um compartimento do corpo. (Dorland, 28a ed)Protocolos Clínicos: Projeto preciso e detalhado para o estudo de um problema médico ou biomédico e/ou projetos para um regime de terapia.Reprodutibilidade dos Testes: Propriedade de se obter resultados idênticos ou muito semelhantes a cada vez que for realizado um teste ou medida. (Tradução livre do original: Last, 2001)Fisioterapia: Profissão auxiliar de saúde que usa MODALIDADES DE FISIOTERAPIA para prevenir, corrigir e aliviar as disfunções de origem anatômica ou fisiológica.Síndromes da Dor Regional Complexa: Afecções caracterizadas por dor envolvendo uma extremidade ou outra região do corpo, HIPERESTESIA e disfunção autônoma, localizada seguida a lesões de tecidos moles ou nervos. A dor, normalmente é associada com ERITEMA, alterações DE TEMPERATURA CUTÂNEA, atividade sudomotora anormal (i. é, alterações na sudorese devido à enervação simpática alterada) ou edema. O grau da dor e outras manifestações são desproporcionais em relação àquelas esperadas do evento incitador. Dois subtipos desta afecção foram descritos: tipo I (DISTROFIA SIMPÁTICA REFLEXA) e tipo II (CAUSALGIA). (Tradução livre do original : Pain 1995 Oct;63(1):127-33)Raízes Nervosas Espinhais: Feixes pareados das FIBRAS NERVOSAS que penetram e partem de cada segmento da MEDULA ESPINAL. As raízes nervosas ventrais e dorsais unem-se para formar os nervos espinais mistos dos segmentos. As raízes dorsais são geralmente aferentes, formadas pelas projeções centrais das células sensitivas dos gânglios espinais (raiz dorsal), enquanto que as raízes ventrais são eferentes, compreendendo os axônios dos neurônios motores espinhais e FIBRAS AUTÔNOMAS PRÉ-GANGLIONARES.Curvaturas da Coluna Vertebral: Deformidades da COLUNA VERTEBRAL caracterizadas por curvatura ou flexura na coluna vertebral. Elas podem estar curvadas para frente (CIFOSE), para trás (LORDOSE) ou lateralmente (ESCOLIOSE).Psicofisiologia: O estudo das bases fisiológicas do comportamento animal e humano.Medo: A resposta afetiva a um perigo externo real, que desaparece com o fim da situação ameaçadora.Avaliação da Capacidade de Trabalho: Avaliação da capacidade física em relação às exigências do trabalho. Geralmente é feita pela medida de certas variáveis fisiológicas (por exemplo, circulatórias e respiratórias) durante o aumento gradual da carga de trabalho até a ocorrência de limitações específicas relativas àquelas variáveis.Dor Visceral: Dor que se origina de órgãos internos (VÍSCERAS) associada com fenômenos autônomos (PALIDEZ, SUDORESE, NÁUSEA e VÔMITO). Com frequência se torna uma DOR REFERIDA.Atenção Primária à Saúde: É a assistência sanitária essencial baseada em métodos e tecnologias práticas, cientificamente fundados e socialmente aceitáveis, postos ao alcance de todos os indivíduos e famílias da comunidade mediante a sua plena participação e a um custo que a comunidade e o país possam suportar, em todas e cada etapa do seu desenvolvimento, com um espírito de autorresponsabilidade e autodeterminação. (Declaração de Alma-Ata - Organização Pan-Americana da Saúde, 2003)Músculos Abdominais: Músculos que formam a PAREDE ABDOMINAL; entre eles: RETO DO ABDOME, músculos oblíquos (externo e interno), abdominal transverso e quadrado do abdome. (Tradução livre do original: Stedman, 25a ed)Neoplasias da Coluna Vertebral: Tumores e neoplasias localizados na coluna vertebral.Suporte de Carga: Estado físico de suportar uma carga aplicada. Refere-se frequentemente aos ossos ou articulações que sustentam o peso do corpo, especialmente os da coluna vertebral, quadril, joelho e pé.Movimento: Ação, processo ou resultado de passar de um lugar, ou posição, para outro. Difere de LOCOMOÇÃO no sentido de que esta se restringe à passagem do corpo inteiro de um lugar para outro, enquanto movimento compreende tanto a locomoção como a mudança na posição do corpo inteiro ou qualquer de suas partes. Movimento pode ser usado em relação a humanos, animais vertebrados e invertebrados, e micro-organismos. Distinguir também de ATIVIDADE MOTORA, movimento associado com o comportamento.Satisfação do Paciente: O grau pelo qual o indivíduo considera o serviço ou produto de saúde ou o modo pelo qual este é executado pelo provedor como sendo útil, efetivo ou que traz benefício.Estudos de Coortes: Estudos em que os subconjuntos de uma certa população são identificados. Estes grupos podem ou não ser expostos a factores hipotéticos para influenciar a probabilidade da ocorrência de doença em particular ou outros desfechos. Coortes são populações definidas que, como um todo, são seguidos de uma tentativa de determinar as características que distinguem os subgrupos.Educação de Pacientes como Assunto: Ensino e treinamento de pacientes em relação às suas próprias necessidades de saúde.Método Duplo-Cego: Método de estudo sobre uma droga ou procedimento no qual ambos, grupos estudados e investigador, desconhecem quem está recebendo o fator em questão. (Tradução livre do original: Last, 2001)Injeções Intra-Articulares: Métodos de administração de drogas em um espaço articular.Espondilose: Doença degenerativa da coluna vertebral que pode afetar qualquer parte das VÉRTEBRAS, o DISCO INTERVERTEBRAL, e o tecido mole circunjacente.Canal Vertebral: Cavidade dentro da COLUNA VERTEBRAL pela qual a MEDULA ESPINAL passa.Projetos de Pesquisa: Plano para se coletar e utilizar dados de forma que a informação desejada seja obtida com precisão suficiente, ou de forma que uma hipótese seja testada adequadamente.Saúde do Trabalhador: Promoção e manutenção no mais alto grau do bem-estar físico, mental e social dos trabalhadores em todas as ocupações; a prevenção entre os trabalhadores de doenças ocupacionais causadas por suas condições de trabalho; a proteção dos trabalhadores em seus labores, dos riscos resultantes de fatores adversos à saúde; a colocação e conservação dos trabalhadores nos ambientes ocupacionais adaptados a suas aptidões fisiológicas e psicológicas.Repouso em Cama: Confinamento de um indivíduo à cama, por razões terapêuticas ou experimentais.Retorno ao Trabalho: Retomada da rotina de trabalho normal seguida de um intervalo de ausência devido a um ferimento, incapacidade ou outros motivos.Trabalho: Atividades produtivas ou propositadas.Estudos Retrospectivos: Estudos nos quais os dados coletados se referem a eventos do passado.Técnicas de Exercício e de Movimento: Métodos ou programas de atividades físicas que podem ser usadas para promover, manter ou restaurar o bem-estar físico e fisiológico de um indivíduo.Carga de Trabalho: A quantidade total de trabalho a ser desenvolvido por um indivíduo, um departamento, ou outro grupo de trabalhadores em um período de tempo.Analgésicos não Entorpecentes: Subclasse de agentes analgésicos que tipicamente não se ligam a RECEPTORES OPIOIDES e não são viciogênicos. Muitos analgésicos não narcóticos são oferecidos como MEDICAMENTOS SEM PRESCRIÇÃO.Fluoroscopia: Produção de uma imagem quando os raios X encontram uma tela fluorescente.Espondilite: Inflamação da COLUNA VERTEBRAL. Inclui afecções artríticas e não artríticas.Anestesia Epidural: Procedimento em que um anestésico é injetado no espaço epidural.Pontos de Acupuntura: Localizações determinadas ao longo de nervos ou órgãos meridianos para inserção de agulhas de acupuntura.Espondilite Anquilosante: Estado inflamatório crônico que afeta as articulações axiais, como a ARTICULAÇÃO SACROILÍACA e outras articulações intervertebral ou costovertebral. Ocorre predominantemente em homens jovens e é caracterizada por dor e enrijecimento das articulações (ANQUILOSE) com inflamação nas inserções dos tendões.Músculos Paraespinais: Músculos das COSTAS cuja função é estender e rotacionar a COLUNA VERTEBRAL e manter a POSTURA. Consiste de esplênio, semiespinal, multífido, rotador, interespinais, intertransversais e sacrospinal.Abscesso Epidural: Coleção circunscrita de material supurativo que ocorre no ESPAÇO EPIDURAL espinhal ou intracranial. A maior parte dos abcessos epidurais ocorre no canal espinhal e estão associados à OSTEOMIELITE de um corpo vertebral, ANALGESIA EPIDURAL e outras afecções. As manifestações clínicas incluem dor local e radicular, fraqueza, perda sensorial, INCONTINÊNCIA URINÁRIA e INCONTINÊNCIA FECAL. Os abcessos epidurais cranianos são normalmente associados à OSTEOMIELITE de um osso craniano, SINUSITE ou OTITE MÉDIA.Fita Atlética: Fita adesiva com a força mecânica necessária para resistir ao estiramento. É aplicada na pele para apoiar, estabilizar e restringir os movimentos a fim de auxiliar a cicatrização e/ou impedir lesões no SISTEMA MUSCULOSQUELÉTICO.Cefaleia: Sintoma de DOR na região craniana. Pode ser uma ocorrência ou manifestação benigna isolada de uma ampla variedade de TRANSTORNOS DA CEFALEIA.Reabilitação Vocacional: Treinamento de deficientes físicos ou mentais em trabalhos especializados para que estas pessoas possam empregar-se regularmente com o ofício aprendido.Lidocaína: Anestésico local e depressor cardíaco utilizado como antiarrítmico. Suas ações são mais intensas e seus efeitos mais prolongados em relação à PROCAÍNA, mas a duração de sua ação é menor do que a da BUPIVACAÍNA ou PRILOCAÍNA.Pelve: Espaço ou compartimento rodeado pela cintura pélvica (pelve óssea). É subdividida em pelve maior e PELVE MENOR. A cintura pélvica é formada pelos OSSOS PÉLVICOS e o SACRO.Psicologia: A ciência voltada para o estudo dos processos mentais e do comportamento dos homens e animais.Discotomia Percutânea: Excisão percutânea de um DISCO INTERVERTEBRAL herniado ou deslocado pelo acesso póstero-lateral, sempre permanecendo do lado externo do canal espinhal. A nucleotomia percutânea foi primeiramente descrita por Hijikata, no Japão, em 1975. Em 1985 Onik introduziu uma nucleotomia percutânea automatizada que consiste na aspiração percutânea do núcleo pulposo. É feita sob anestesia local, reduzindo o insulto cirúrgico e requerendo hospitalização breve e geralmente sem hospitalização. Parece ser uma alternativa bem tolerada a discotomia cirúrgica e nucleólise por quimiopapaína.Clínicas de Dor: Instalações que proveem diagnóstico, serviços terapêuticos e paliativos para pacientes com dor crônica severa. Estas podem ser clínicas livres ou hospitais e servem populações ambulatoriais ou internadas. A proximidade normalmente é multidisciplinar. Estas clínicas são frequentemente chamadas de "serviços de dor aguda".Modelos Logísticos: Modelos estatísticos de risco de um indivíduo (probabilidade de contrair uma doença) em função de um dado de fator de risco. O modelo logístico é um modelo linear para a logística (logaritmo natural dos fatores de risco) da doença como função de um fator quantitativo e é matematicamente equivalente ao modelo logístico.Emprego: Ocupação em serviço púbico ou privado, com remuneração.Ensaios Clínicos Controlados Aleatórios como Assunto: Trabalhos sobre ensaios clínicos que envolvem pelo menos um tratamento teste e um tratamento controle, com matrícula simultânea e acompanhamento de grupos testes e de tratamento controle, e nos quais os tratamentos a serem administrados são selecionados por um processo randômico, como o uso de uma tabela de números randômicos.Transtornos Traumáticos Cumulativos: Transtornos dolorosos e prejudiciais causados pelo uso excessivo ou atividade excessiva de alguma parte do sistema musculoesquelético, geralmente resultante de atividades físicas relacionadas ao trabalho. Caracterizam-se por inflamação, dor ou disfunção de articulações, ossos, ligamentos e nervos envolvidos.Terapias Complementares: Todas as terapias podem ser consideradas complementares e/ou alternativas. Tanto a terapia tradicional quanto as demais podem prescindir de outras terapias atuando individualmente; neste caso a eleita será a terapia alternativa de tratamento. Quando todas elas, ao necessitarem do auxílio de outras, são consideradas terapias complementares.Anti-Inflamatórios não Esteroides: Anti-inflamatórios não esteroidais. Além das ações anti-inflamatórias eles têm ações analgésicas, antipiréticas, e inibidoras de plaquetas. Eles bloqueiam a síntese de prostaglandinas inibindo a ciclo-oxigenase, que converte o ácido araquidônico em endoperóxidos cíclicos, precursores de prostaglandinas. A inibição da síntese de prostaglandinas explica as ações analgésicas, antipiréticas, e inibidoras de plaquetas; outros mecanismos podem contribuir para seus efeitos anti-inflamatórios.Aptidão Física: Habilidade de desempenhar tarefas diárias e atividades físicas em um estado altamente funcional, frequentemente como resultado de condicionamento físico.Balneologia: Terapia pelo uso de vários banhos quentes ou mornos em águas minerais naturais, balneários ou curas. Abrange não só banhos, mas também a ingestão das águas, mas não inclui banhos em redemoinhos de água (HIDROTERAPIA).Ioga: Sistema ortodoxo principal da filosofia Hindu baseado em Sankhya (dualismo metafísico), mas diferindo disto por ser teísta e caracterizado pelo ensino de raja-ioga como um método prático de autoliberação. Inclui um sistema de exercícios para atingir o controle mental ou físico e bem-estar com autoliberação e união com o espírito universal.Medicina de Família e Comunidade: Especialidade médica voltada para a provisão contínua e integrada de cuidados primários de saúde para toda a família.Comorbidade: Presença de doenças coexistentes ou adicionais com relação ao diagnóstico inicial ou com relação à doença índice que é o objetivo do estudo. A comorbidade pode afetar o desempenho de indivíduos afetados e até mesmo a sua sobrevivência. Pode ser usado como um indicador prognóstico para a duração da hospitalização, fatores de custos e de melhoria ou sobrevivência.Indicadores Básicos de Saúde: Medidas-síntese que contêm informação relevante sobre determinados atributos e dimensões do estado de saúde, bem como do desempenho do sistema de saúde. Vistos em conjunto, devem refletir a situação sanitária de uma população e servir para a vigilância das condições de saúde. (adaptação OPAS)Guias de Prática Clínica como Assunto: Orientações ou princípios apresentando regras de política atuais ou futuras para o praticante de cuidados de saúde, para assisti-lo nas decisões de cuidados ao paciente a respeito de diagnóstico, terapia ou circunstâncias clínicas relacionadas. Os guias podem ser desenvolvidos por agências governamentais em qualquer nível, instituições, sociedades profissionais, juntas governamentais ou reuniões de especialistas para discussão. Os guias formam a base para avaliação de todos os aspectos de cuidados e distribuição da saúde.Tomografia Computadorizada por Raios X: Tomografia utilizando transmissão por raio x e um computador de algoritmo para reconstruir a imagem.Análise Custo-Benefício: Relação entre os benefícios gerados por um programa e seus custos. A razão benefício por custo é a medida do total esperado obtido por unidade de dinheiro dispendida.Análise de Variância: Técnica estatística que isola e avalia a contribuição dos fatores incondicionais para a variação na média de uma variável dependente contínua.Falência: O estado de insolvência legal com o patrimônio sendo cuidado por processo judicial tanto que pode ser distribuído entre os credores.Nociceptores: Neurônios aferentes periféricos que são sensíveis a lesões ou dor, geralmente causados pela exposição térmica extrema, forças mecânicas ou outros estímulos nocivos. Seus corpos celulares residem nos GÂNGLIOS DA RAIZ DORSAL. Suas terminações periféricas (TERMINAÇÕES NERVOSAS) inervam alvos nos tecidos e transduzem estímulos nocivos via axônios para o SISTEMA NERVOSO CENTRAL.Local de Trabalho: Local ou localização física do trabalho ou emprego.Valor Preditivo dos Testes: O valor preditivo de um teste diagnóstico é a probabilidade de um resultado positivo (ou negativo) corresponder a um indivíduo doente (ou não doente). Depende da sensibilidade e especificidade do teste (adaptação e tradução livre do original: Last, 2001)Espaço Epidural: Espaço entre a dura-máter e as paredes do canal vertebral.ÁxisFatores Etários: Idade como um elemento ou influência que contribui à produção de um resultado. Pode ser aplicável à causa ou efeito de uma circunstância. É usado com os conceitos humano e animal, mas devem ser diferenciados de ENVELHECIMENTO, um processo fisiológico, e FATORES DE TEMPO que se refere somente ao transcurso do tempo.Terapia por Estimulação Elétrica: Aplicação de corrente elétrica no tratamento, sem geração de calor perceptível. Inclui estimulação elétrica de nervos ou músculos, passagem de corrente no corpo, ou o uso de corrente ininterrupta de baixa intensidade para elevar o limiar de dor da pele.Palpação: Aplicação dos dedos com uma pressão suave na superfície do corpo para se determinar a consistência de partes inferiores em diagnósticos físicos; inclui palpação para a determinação dos contornos dos órgãos.Compressão da Medula Espinal: Afecções agudas e crônicas caracterizadas por compressão mecânica externa da MEDULA ESPINAL devido à neoplasia extramedular, ABSCESSO EPIDURAL, FRATURAS DA COLUNA VERTEBRAL, deformidades ósseas dos corpos vertebrais e outras afecções. As manifestações clínicas variam de acordo com o local anatômico da lesão e podem incluir dor localizada, fraqueza, perda sensorial, incontinência e impotência.Projetos Piloto: Pequenas escalas-testes de métodos e procedimentos a serem utilizados em uma escala aumentada se o estudo piloto demonstrar que esses métodos e procedimentos podem ser trabalhados.Equilíbrio Postural: POSTURA na qual é conseguida a distribuição ideal da massa corpórea. O equilíbrio postural provê a estabilidade na sustentação do corpo e condições para o funcionamento normal nas posições estática ou em movimento, tais como sentado, em pé ou durante o andar.Nervos Espinhais: Os 31 pares de nervos periféricos formados pela união das raizes espinhais dorsal e ventral de cada segmento da medula espinhal. Os plexos nervosos espinhais e as raizes espinhais também estão incluídos nesta definição.Adaptação Psicológica: Estado de harmonia entre as necessidades internas e as exigências externas, e os processos usados na conquista desta condição. (Tradução livre do original: APA Thesaurus of Psychological Index Terms, 8th ed).Polirradiculopatia: Doença ou lesão envolvendo múltiplas RAÍZES NERVOSAS ESPINHAIS. A polirradiculopatia se refere à inflamação de raizes nervosas espinhais múltiplas.Eletromiografia: Registro das alterações no potencial elétrico do músculo por meio de eletrodos de superfície ou agulhas.Estudos Longitudinais: Estudo no qual as variáveis relacionadas a um indivíduo ou grupo de indivíduos são acompanhadas por anos e com contato a intervalos regulares.Estatísticas não Paramétricas: Classe de métodos estatísticos aplicáveis a um grande grupo de distribuição de probabilidades utilizado para testes de correlação, localização, independência, etc. Na maioria dos testes não paramétricos, o escore original ou as observações são substituídas por outra variável contendo menos informação. Uma classe importante de testes utiliza informação sobre se uma observação está acima ou abaixo de algum valor fixado, tal como uma mediana, e uma terceira classe é baseada na frequência de ocorrência dos períodos no dado.Militares: Pessoas (incluindo soldados) envolvidas com as forças armadas.Músculos do Dorso: Musculatura do DORSO.Cuidado Periódico: Intervalo da assistência por uma instituição ou provedor de cuidado de saúde a uma afecção ou a um problema médico específico. Pode ser contínuo ou consistir de uma série de intervalos marcados por uma ou mais interrupções breves de assistência e pode também identificar a sequência de cuidados (ex. de emergência, internação, ambulatorial), servindo deste modo como uma medida do cuidado de saúde provido.Ocupações: Profissões, negócios, atividades ou outro meio de se ganhar a vida.ArtropatiasBraquetes: Aparelho ortopédico (órtese) usado para suportar, alinhar ou manter partes do corpo em posição correta. (Dorland, 28a ed)Medicina Baseada em Evidências: Abordagem da prática médica que tem o objetivo de melhorar e avaliar o cuidado com o paciente. Necessita de integração crítica das melhores evidências em pesquisa com os valores dos pacientes para tomar decisão sobre cuidado médico. Este método é usado para auxiliar os médicos a fazer diagnósticos apropriados, construir a melhor bateria de testes, escolher o melhor tratamento e metodologia para a prevenção de doença, bem como desenvolver orientações para grupos grandes de pacientes com a mesma doença. (Tradução livre do original: JAMA 296 (9), 2006)Região Sacrococcígea: Região do corpo entre (e adjacente) o SACRO e o CÓCCIX.Fatores Sexuais: Usado quando sexo é discutido como um fator em relação a algum assunto ou problema específico.Estresse Psicológico: Quadro mórbido característico, de natureza basicamente psíquica, onde inexistem causas orgânicas capazes de serem evidenciadas pelos meios usuais de exame médico, que aparece em condições especiais, de trabalho ou de guerra. Apresenta quadro predominante psíquico acompanhado de repercussões orgânicas. A sintomatologia é múltipla e polimorfa com cefaleias, tonturas, anorexia, tremores de extremidades, adinamia, dificuldades de concentração, crises de choro.Procedimentos Ortopédicos: Procedimentos utilizados para tratar e corrigir deformidades, doenças e lesões do SISTEMA MUSCULOSQUELÉTICO, articulações e estruturas associadas.Esteroides: Grupo de compostos policíclicos bastante relacionados bioquimicamente com os TERPENOS. Incluem o colesterol, numerosos hormônios, precursores de certas vitaminas, ácidos biliares, álcoois (ESTERÓIS), e certas drogas e venenos naturais. Os esteroides têm um núcleo comum, um sistema fundido reduzido de anel com 17 átomos de carbono, o ciclopentanoperidrofenantreno. A maioria dos esteroides também tem dois grupos metilas e uma cadeia lateral alifática ligada ao núcleo.Enfermagem: Campo da enfermagem voltado para a promoção, manutenção e restauração da saúde.Doenças da Medula Espinal: Afecções caracterizadas por disfunção ou danos a MEDULA ESPINAL, incluindo transtornos que envolvem as meninges e espaços perimeníngeos ao redor da medula espinal. Lesões traumáticas, doenças vasculares, infecções e processos inflamatórios/autoimunes podem afetar a medula espinal.

*  Dor nas costas salva político de queda de avião no Amazonas - Notícias - Cotidiano

Dor nas costas salva político de queda de avião no Amazonas. Arthur Guimarães. Do UOL Notícias. Em São Paulo. ... Estava com muita dor", lembra ele.. A aeronave que partiu do aeroclube de Manaus caiu logo após iniciar o voo, matando todos os ... Por conta de "fortes dores nas costas" causadas por uma hérnia, ele foi obrigado a cancelar a viagem. Tudo para conseguir uma ... Ontem de manhã, no entanto, as pontadas nas costas pioraram. "Normalmente, as decolagens são à 'tardinha', no começo da noite. ...
https://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2010/05/14/dor-nas-costas-salva-politico-da-queda-de-aviao-no-amazonas.htm

*  Dicas para evitar a dor nas costas (Lombalgia)

início > Saúde do homem > Dicas para evitar a dor nas costas (Lombalgia) ... Hoje, esse quadro mudou, pois o que está causando as dores nas costas das crianças são os mesmos fatores que causam nos adultos ... As lombalgias são dores nas costas, mais especificamente na região da coluna lombar, segmento que suporta o maior peso do nosso ... Antigamente, quando apareciam no consultório ortopédico crianças de 10, 12 anos com dores nas costas, pensava-se que era um ...
saudenainternet.com.br/portal_saude/dicas-para-evitar-a-dor-nas-costas--lombalgia-.php

*  Tire seus sapatos sem se preocupar com dor nas costas! (com vídeo) | ROCK'N TECH

Tire seus sapatos sem se preocupar com dor nas costas! (com vídeo) ... Chega de sofrimento com dores nas costas! Compre já o seu! 😉 Fala a verdade, este post está parecendo aquelas propagandas do ...
rockntech.com.br/tire-seus-sapatos-sem-se-preocupar-com-dor-nas-costas-com-video/

*  dor nas costas

Posts about dor nas costas written by fisiomais ... cifose criopreservação Cytothera dismetria dor nas costas ... Etiquetas: alongamento da cadeia muscular anterior, alongamento da cadeia muscular posterior, cifose, dismetria, dor nas costas ... Patologias Músculo-esqueléticas: Dor lombar com ou sem irradiação para os membros inferiores, Hérnia discal, escoliose e cifose ...
https://fisiomais.wordpress.com/tag/dor-nas-costas/

*  Como evitar a dor nas costas

Algumas das formas de evitar a dor nas costas são manter uma boa postura ao caminhar, sentar-se ... A dor nas costas geralmente é causada por estresse e má postura. ... A dor nas costas geralmente é causada por estresse e má postura. Algumas das formas de evitar a dor nas costas são manter uma ... Como evitar a dor nas costas. por Alisson em Qui Fev 14, 2013 2:30 pm ...
supinodobrasil.forumeiros.com/t776-como-evitar-a-dor-nas-costas

*  Arquivos evitar dor nas costas - Vertebrata

... dor lombar dor na coluna dor na coluna cervical dor na coluna lombar dor na lombar dor nas costas dor no nervo ciático dor no ... dor nas costas tratamento osteoporose tratamento para coluna tratamento para dores na coluna tratamento para dor nas costas ... Posts com a Tag evitar dor nas costas. O valor de um estilo de vida sadio para ter uma coluna saudável. 15 de dezembro de 2016 ... alongamento para coluna artrite reumatoide causas da hernia de disco causas da osteoporose causas dor nas costas cirurgia da ...
vertebrata.com.br/blog/tag/evitar-dor-nas-costas/

*  Dor nas costas

... crioterapia dedo do pé dedão do pé domiciliar domicilio dor dor aguda dor crônica dores celular Dor na coluna Dor nas costas ... Filed under Sem categoria Tagged with acupuntura, alzheimer, avc, crioterapia, domicilio, dor, dor aguda, dor crônica, Dor nas ... Filed under Sem categoria Tagged with Dor nas costas, Hérnia de disco, Má postura ... Nem sempre o local da dor é aonde esta o problema, por isso a importância de avaliar todo o corpo e observar todas as ...
https://cristianearruda.wordpress.com/tag/dor-nas-costas/

*  Coluna Legal: Dor nas Costas causa Fadiga ?

E então? a dor nas costas causa fadiga? Bem… dor nas costas, na verdade é algum problema ou doença que você pode ter na sua ... Technorati Marcas: dores,fadiga,cansaço,dor nas costas,coluna vertebral,doenças,fibromialgia ... A fibro é realmente estranha tive dor nos pontos, mas o pior era umas pontadas fortes por todo o corpo. Só não dá pra largar o ... Dor já é muito ruim, e com elas temos várias consequências como noites mal dormidas, stress emocional, maior desgaste físico, ...
colunalegal.com.br/2011/06/dor-nas-costas-causa-fadiga.html

*  Arquivos obesidade e dor nas costas - Vertebrata

... dores nas costas dor lombar dor na coluna dor na coluna cervical dor na coluna lombar dor nas costas dor no nervo ciático dor ... Posts com a Tag obesidade e dor nas costas. Dores nas Costas e Obesidade. 14 de setembro de 2016 , sem comentário , Categoria(s ... dor nas costas tratamento osteoporose tratamento para coluna tratamento para dores na coluna tratamento para dor nas costas ... alongamento para coluna artrite reumatoide causas da hernia de disco causas da osteoporose causas dor nas costas cirurgia da ...
vertebrata.com.br/blog/tag/obesidade-e-dor-nas-costas/

*  Arquivos dor nas costas no trabalho - Vertebrata

... dor lombar dor na coluna dor na coluna cervical dor na coluna lombar dor na lombar dor nas costas dor no nervo ciático dor no ... dor nas costas tratamento osteoporose tratamento para coluna tratamento para dores na coluna tratamento para dor nas costas ... Posts com a Tag dor nas costas no trabalho. Ergonomia básica preventiva para o local de trabalho. 14 de setembro de 2016 , sem ... alongamento para coluna artrite reumatoide causas da hernia de disco causas da osteoporose causas dor nas costas cirurgia da ...
vertebrata.com.br/blog/tag/dor-nas-costas-no-trabalho/

*  Dor nas costas | QuiroVida - Centro de Quiropraxia

... as dores nas costas são originadas por uma contratura muscular, um trauma ou por escoliose. A dor nas costas pode aparecer em ... as dores nas costas são originadas por uma contratura muscular, um trauma ou por escoliose. A dor nas costas pode aparecer em ... A dor nas costas pode ser causada por múltiplos fatores, dentre os quais se incluem a degeneração das vértebras, a sobrecarga e ... Quiropraxia Ajuste Quiroprático Ciática Coluna Vertebral Computador Câncer infantil Desvio da Coluna Dor dorsal Dor lombar Dor ...
quirovida.com.br/dor-nas-costas

*  Novo Tratamento para lombalgias e dor nas costas

O tratamento para dor nas costas depende do que causou a dor. Se foi por um mal jeito, seja na cadeira, seja uma dor ao ... Se a dor irradiada melhora mas fica a dor nas costas existe um tratamento novo, sem precisar tomar cortisona, baseado na mesma ... A dor nas costas tem bom resultado com aplicação das ondas de choque, mas não deve ser usado se estiver com crise do nervo ... Como é o tratamento para Dor nas costas sem injeções? Uma máquina alemã/Suiça, chamada Swiss Dolorclast gera uma onda mecânica ...
osteon.com.br/website/index.php/10001-news/138-novo-tratamento-para-lombalgias-e-dor-nas-costas

*  Arquivos dor nas costas em mulher grávida - Vertebrata

... dor lombar dor na coluna dor na coluna cervical dor na coluna lombar dor na lombar dor nas costas dor no nervo ciático dor no ... Posts com a Tag dor nas costas em mulher grávida. Dores nas Costas Durante a Gravidez. 14 de setembro de 2016 , sem comentário ... dor nas costas tratamento osteoporose tratamento para coluna tratamento para dores na coluna tratamento para dor nas costas ... alongamento para coluna artrite reumatoide causas da hernia de disco causas da osteoporose causas dor nas costas cirurgia da ...
vertebrata.com.br/blog/tag/dor-nas-costas-em-mulher-gravida/

*  Qi Zhen: 7 saídas para a dor nas costas

Uma dor nas costas pode ser apagada cinco minutos depois de o paciente se submeter a um raio de luz. Nada de mágica ou ficção ... Que tal enfrentar a dor nas costas praticando uma arte marcial? Não estamos falando de saltos e golpes, mas de uma técnica ... Antes, é preciso lembrar que qualquer dor nas costas exige investigação. "As causas são múltiplas: má postura, desgaste nas ... O travesseiro para a cabeça, aliás, deve formar um ângulo de 90 graus entre a cachola e o ombro, o que bota para correr a dor ...
qizentavares.blogspot.com/2012/03/7-saidas-para-dor-nas-costas.html

*  FISIOSENA E A DOR NAS COSTAS: Doi mais aonde??

Com uma pergunta simples qual a parte do seu corpo que sente dor, chegamos aos incríveis resultados que na minha visão ...
fisioricardosena.blogspot.com/2011/01/doi-mais-aonde.html

*  Raphael Rahmat - Planejamento: Descubra como evitar a dor nas costas

Dor nas costas é uma doença crônica comum no Brasil, segundo estudo da Escola Nacional de Saúde Pública. ... Mas se a dor vem e volta por mais de mês, o quadro é considerado crônico, e aí, meu amigo, tem de cuidar mesmo.. Fonte: Men's ... Isso porque, segundo os especialistas, a maioria dos casos de dores nas costas desaparece por si só em até quatro dias. "Dos ...
planejamento-raphaelrahmat.blogspot.com/2013/04/descubra-como-evitar-dor-nas-costas.html

*  Dor nas costas lado direito abaixo do ombro - Remedios Naturais

dor nas costas lado direito abaixo do ombro. Aqui encontraráCuras Caseiras, Remédios Naturais,e/ou outros artigos relacionados ... Dores nas Costas e Ciática. Músculos, Ossos e Articulações Os remédios de ervas podem aliviar os sintomas de articulações que ... dor Nas Costas Lado Direito Ombro. *dor Nas Costas Lado Direito Na Altura Do Ombro ... dor Nas Costas Lado Direito Perto Do Ombro. * ...
remedios-naturais.com/search/dor-nas-costas-lado-direito-abaixo-do-ombro/

*  FISIOSENA E A DOR NAS COSTAS: Massagem para dor lombar.

FISIOTERAPEUTA formação em Terapia manual e postural-QUIROPRAXIA CLÍNICA ,conferencista em algias vertebrais . Proprietário da clínica da coluna. Membro da SULBRAFITO. E-mail: ricsena@visaonet.com. ...
fisioricardosena.blogspot.com/2007/06/massagem-para-dor-lombar.html

*  Coluna Vertebral - Tudo sobre coluna vertebral e Dor na costas

A dor nas costas se torna mais comum com o passar da idade. Você pode começar a ter dor nas costas mais frequentemente após os ... A dor nas costas pode ser impedida?. As melhores coisas que você pode fazer para evitar a dor nas costas são: ... A tosse do fumante também pode causar dor nas costas. As pessoas que fumam recuperam-se lentamente e a dor nas costas pode ... Muito peso pode sobrecarregar as costas e causar dor.. • Algumas causas de dor nas costas, como a espondilite anquilosante, uma ...
ortopediabr.com.br/especialidade-ortopedica/coluna-vertebral

*  Efeito Saúde: Saiba evitar dor nas costas ao viajar de carro

Veja seis dicas para não deixar a dor estragar seu passeio. Viajar longas distâncias de carro pode prejudicar as costas e ... A Associação Americana de Quiropraxia dá sugestões de como afastar qualquer dor nas costas em viagens de carro. 1) Ajuste o ...
efeitosaude.blogspot.com/2011/05/saiba-evitar-dor-nas-costas-ao-viajar.html

*  Quais os Melhores Exercícios para Quem Sofre de Dor nas Costas?

... a dor nas costas.. Dor no ciático, hérnia e rigidez no pescoço são alguns dos problemas que podem se tornar crônicos e trazem ... em exercícios de fortalecimento, Atividade Física, dor nas costas Compartilhar no Facebook Whatsapp Twitter ... Antes de tudo, é preciso que pessoas que sofrem de dor nas costas obtenham autorização médica antes de começar a se exercitar. ... Há práticas que podem ser adotadas tanto para melhorar como para aliviar o quadro de dor nas costas, segundo o especialista. ...
saudecuriosa.com.br/quais-os-melhores-exercicios-para-quem-sofre-de-dor-nas-costas/

*  FISIOSENA E A DOR NAS COSTAS: Fisioterapia diminue afastamento em trabalho.

... nas costas, 215.000 apresentam MSD nos membro superiores e 96.000 nos membros inferiores, dos quais o campeão de ausencia em ... trabalho é a dor lombar baixa represetando 30% das abstenções. Estudos pela NHS(National Health system) em seis locais na ...
fisioricardosena.blogspot.com/2012/02/fisioterapia-diminue-afastamento-em.html

*  Como alongar a coluna para reduzir dor nas costas | eHow Brasil

... mas nem todos percebem que se alongar pode também ser um bom meio de reduzir a dor nas costas. Mais do que isso, o alongamento ... Como alongar a coluna para reduzir dor nas costas. Praticamente todo mundo sabe dos benefícios de se alongar antes de fazer ... Como alongar a coluna para reduzir dor nas costas. Como alongar a coluna para reduzir dor nas costas. Escrito por ehow ... Alongue sua coluna para reduzir a dor nas costas. * 1 Alongue-se de manhã antes de sair da cama. Sair de uma posição apoiada ...
ehow.com.br/alongar-coluna-reduzir-dor-nas-costas-como_83945/

*  dor ao urinar,urina muito, gases, intestino preso, dor nas costas

... dor nas costas. Assistente em linha para diagnóstico médico. Lista detalhada de doenças possíveis dados diversos sintomas ou ... dor ao urinar,urina muito, gases, intestino preso, ... dor ao urinar,urina muito, gases, intestino preso, dor nas ...
lookfordiagnosis.com/results.php?symptoms=dor ao urinar,urina muito, gases, intestino preso, dor nas costas&lang=3&parent=/&mode=F

*  Clínica Reacciona: Dor nas costas pode estar associada à hérnia de disco

Marcadores: clínica reacciona, DeCastro assessoria de imprensa, dor nas costas, dores, hérnia de disco, osteopatia, tratamento ... Uma simples (mas incômoda!) dor nas costas pode ser o resultado do rompimento do disco cartilaginoso, conhecido como hérnia ... causando dor somente na coluna ou dor irradiada e formigamento para braços e pernas", explica o osteopata da Clínica Reacciona ... "A dor melhorou em 90%, voltei a praticar tênis e até participei de um campeonato", comenta. ...
clinicareacciona.blogspot.com/2012/09/dor-nas-costas-pode-estar-associada.html

Lumbago: Denomina-se de Lombalgia ou Lumbago o conjunto de manifestações dolorosas que acontecem na região lombar, decorrente de alguma anormalidade nessa região. Conhecida popularmente como dor nas costas, a lombalgia é uma das grandes causas de morbidade e incapacidade funcional, tendo incidência apenas menor que a cefaléia entre os distúrbios dolorosos que mais acometem o homem.Dor crônica: A é uma dor relacionada a uma injúria recorrente ao organismo que já dura a pelo menos 3 meses.Doença não transmissível: Uma doença não-transmissível ou DNT; doenças não infecciosas; doenças crônicas não transmissíveis; doenças crônico degenerativas são terminologias usadas para definir grupos de patologias caracterizadas pela ausência de microrganismos, ou seja é uma doença não infecciosa, como também pelo longo curso clínico e irreversibilidade.Grelhado: Grelhar é uma técnica culinária que consiste em cozinhar os alimentos em lume vivo, como no churrasco, ou dentro de um forno. O nome desta técnica vem da grelha, o utensílio culinário mais usado para esta forma de cozinhar.Sacroileíte: A sacroileíte é uma lesão inflamatória das articulações sacroilíacas, que correspondem à ligação da parte inferior da coluna com a bacia. Tem por este nome pois nesta ligação existe a ligação articular do osso sacro da coluna vertebral e do osso ilíaco da bacia.Acupuntura: A acupuntura (do latim acus - agulha e punctura - colocaçãoSUSSMANN, David. J.Opiáceo: Os opiáceos são substâncias derivadas do ópio e, portanto, estão incluídos na classe dos opioides - grupo de fármacos que atuam nos receptores opioides neuronais. Eles produzem ações de insensibilidade à dor (analgesia) e são usados principalmente na terapia da dor crônica e da dor aguda de alta intensidade.Ergonomia: Ergonomia (ou "fatores humanos") é a disciplina científica relacionada ao entendimento das interações entre seres humanos e outros elementos de um sistema, e também é a profissão que aplica teoria, princípios, dados e métodos para projetar a fim de otimizar o bem-estar humano e o desempenho geral de um sistema.Estenose espinhalReflexoterapiaEspondilolistese: Espondilolistese é o deslocamento anterior de uma vértebra ou da coluna vertebral em relação à vertebra inferior.C. Aubrey SmithAnestésico local: ==Introdução==Mecanoquímica: A Mecanoquímica é o ramo da Físico-Química que se ocupa do comportamento químico dos materiais sob o efeito de forças mecânicas. Uma definição mais antiga foi oferecida por Wilhelm Ostwald: A mecanoquímica é o estudo das relações entre as formas de energia mecânica com a energia química.Hiperalgesia: Hiperalgesia pode ser sensibilidade exagerada à dor ou sensação elevada a estímulos dolorosos, podendo ser seguida de danos dos tecidos maciços contendo nociceptores ou lesão a um nervo periférico.FibromialgiaTuningDeficiência física: Deficiência física ou deficiência motora é uma limitação do funcionamento físico-motor de um ser humano ou animalhttp://pubsites.uws.Laminectomia: Laminectomia é o procedimento cirúrgico para a remoção de uma ou mais lâminas vertebrais. A laminectomia constitui o tempo operatório da maioria das intervenções na medula espinal que necessitam de uma exposição larga da dura-máter.


dores


  • Não raro, a paciente apresenta dores constantes na marcha e na posição sentada, que podem oscilar entre a dor pélvica posterior e a dor na sínfise púbica. (docplayer.com.br)
  • No entanto, com o passar do tempo surgem algumas dores incômodas, como por exemplo as dores nas costas . (hapvidaplanosdesaude.com.br)
  • E como a grávida vai aumentando de peso ao longo da gestação, também as dores nas costas se intensificam durante esse período. (hapvidaplanosdesaude.com.br)
  • Sem exagerar na temperatura, a grávida pode aliviar as dores momentâneas nas costas com um banho de água morna para quente, ou então pode-se colocar uma bolsa de água quente nas costas. (hapvidaplanosdesaude.com.br)
  • Postura errada provoca "barriga" e dores nas costas. (hapvidaplanosdesaude.com.br)
  • Todavia, alguns pesquisadores acreditam que 90% destas dores nas costas decorrem de uma síndrome de tensão nervosa e que são causadas por estresse emocional. (wikipedia.org)
  • O levantamento de carga ainda é necessário para muitas tarefas, sendo a principal causa de dores nas costas (Scotton, 2007). (blogspot.com.br)

parte inferior das costas


  • Crises agudas de dorsalgia ou uma das suas variantes, a lombalgia (que afecta a parte inferior das costas), são uma das principais causas de afastamento ao trabalho, algo que pode estar ligado a questões de postura. (wikipedia.org)
  • O manejo de uma carga pesada com a adoção de uma postura inadequada pelo trabalhador ocasiona a sobrecarga da coluna vertebral e um estresse físico aumentado na região lombar (parte inferior das costas). (blogspot.com.br)
  • Pode ocorrer ainda rigidez da nuca ou travamento da parte inferior das costas (lombar) em flexão, e dificuldade para caminhar. (blogspot.com.br)

pode


  • O uso contínuo pode levar à hipotrofia muscular gerando um círculo vicioso de dor. (encontrar.org.br)
  • A presença de dor no quadril pode prejudicar o parto normal? (docplayer.com.br)
  • Dorsalgia (ou "dor nas costas") pode provir dos músculos, nervos, ossos, articulações ou outras estruturas ligadas à coluna vertebral. (wikipedia.org)
  • A dor pode ser constante ou intermitente, localizada ou difusa. (wikipedia.org)
  • A dor cervical pode deslocar-se pelo braço e mão e parte superior das costas. (wikipedia.org)
  • Todavia, algumas vezes a dor nas costas pode ser experimentada mesmo quando nenhum problema anatômico subjacente é aparente. (wikipedia.org)
  • Embora seja raro, a dor nas costas pode ser o sintoma de um problema médico mais grave: Sinais de alerta típicos dum problema potencialmente ameaçador são incontinência intestinal ou incontinência urinária, ou fraqueza progressiva das pernas. (wikipedia.org)
  • O manuseio de carga com peso excessivo pelo trabalhador, especialmente o levantamento de carga, pode aumentar consideravelmente a incidência de lombalgia (dor lombar), devido principalmente às posturas inadequadas assumidas pelos trabalhadores durante a realização destas atividades, levando a um esforço muscular aumentado e a uma maior compressão entre as articulações da coluna vertebral. (blogspot.com.br)
  • Os sintomas dependem do local acometido (cervical ou lombar), no entanto, os mais comuns são: dor nas costas que pode se espalhar para os braços ou pernas, formigamento, diminuição da sensibilidade e da força muscular dos membros (braços ou pernas). (blogspot.com.br)

inferior


lombalgia


  • Lesões por esforço são de longe a causa mais comum de lombalgia, e a dor provocada por tais traumas geralmente retrocede em duas ou seis semanas. (wikipedia.org)
  • Quando a lombalgia dura mais do que três meses, ou acomentendo mais as pernas do que as costas, um diagnóstico mais específico deverá ser feito. (wikipedia.org)
  • Conhecida popularmente como dor nas costas, a lombalgia é uma das grandes causas de morbidade e incapacidade funcional, tendo incidência apenas menor que a cefaléia entre os distúrbios dolorosos que mais acometem o homem. (wikipedia.org)
  • O tipo mais conhecido de lombalgia é a de origem mecânica-degenerativa, caracterizada por distúrbio e/ou alteração funcional, sendo que a dor por um problema mecânico é causada pelo encurtamento dos músculos posteriores, ou seja, os músculos da região lombar, músculos posteriores da coxa e os músculos da perna. (wikipedia.org)
  • O levantamento de carga de forma incorreta provoca a deformação do disco intervertebral, podendo causar hérnia de disco e, quando o disco deixa de funcionar corretamente como amortecedor, ocorre uma degeneração da articulação intervertebral (artrose) e a formação de osteófitos (bico de papagaio), ocasionando dor nas costas, principalmente a lombalgia. (blogspot.com.br)

lombar


  • A lombociatalgia é a dor lombar que se irradia para uma ou ambas as nádegas e/ou para as pernas na distribuição do nervo ciático. (encontrar.org.br)
  • Somando-se a isso há inúmeras doenças sistêmicas não reumatológicas que podem manifestar-se com dor lombar. (encontrar.org.br)
  • A dor na região lombar e dor na região dorsal são como pão e manteiga para o profissional de Quiropraxia, já que esses são os problemas mais comuns que atingem as pessoas que frequentam a QuiroVida. (quirovida.com.br)
  • A compressão do disco entre as vértebras L5 e S1 é considerada como a principal causa de risco de dor lombar. (blogspot.com.br)

ocorre


  • A dor nas costas que ocorre após um trauma, como um acidente de carro ou queda, deve também ser prontamente avaliada por um profissional médico para verificar uma possível fratura ou outra lesão. (wikipedia.org)
  • Um dos aspectos mais relevantes da biomecânica do disco intervertebral é a variação de pressão que ocorre em sua estrutura nas diversas variações posturais (Natour, 2004). (blogspot.com.br)

intensidade da dor


  • Inicia-se repentinamente e caracteriza-se pela intensidade da dor. (wikipedia.org)

lidar com a dor


  • Sou Blogueira, motivada pelo diagnóstico da Artrite Reumatoide aos 26 anos, como profissional da enfermagem eu estava acostumada a lidar com a dor, porém, a dor dos outros e de repente a dor passou a ser minha companheira. (encontrar.org.br)

aguda


  • Os mesmos medicamentos da fase aguda podem ser usados e em alguns casos há benefícios importantes com o uso de algunmas classes de antidepressivos em baixas doses para controle da dor. (encontrar.org.br)
  • A maioria dos síndromes de dor nas costas devem-se a inflamações, especialmente na fase aguda, e duram tipicamente entre duas semanas e três meses. (wikipedia.org)
  • Vento e frio invadindo os meridianos: Dor aguda e rigidez no pescoço após exposição ao frio e/ou ao vento. (blogspot.com)

tratamento


  • O objetivo inicial do tratamento é o alívio da dor. (encontrar.org.br)
  • Geralmente, acredita-se que alguma forma consistente de alongamento e exercício seja um componente essencial da maioria dos programas de tratamento das costas. (wikipedia.org)
  • A percepção e o relato da dor pelo paciente e o grau resultante de disfunção e incapacidade são dependentes desses fatores, assim como a resposta do paciente ao tratamento. (wikipedia.org)
  • O tratamento fisioterapêutico consiste basicamente de técnicas para diminuir a dor e exercícios específicos de alongamento e fortalecimento muscular. (blogspot.com.br)

forte


  • Uma dor nas costas muito forte (suficiente para interromper o sono, por exemplo) e que ocorra com outros sintomas de enfermidade grave (tais como febre e perda de peso) podem também indicar um grave estado médico subjacente, tal como câncer. (wikipedia.org)
  • A dor é forte e aparece subitamente depois de um esforço físico. (wikipedia.org)

coluna


  • Entre 65% e 80% da população mundial desenvolve dor na coluna em alguma etapa de suas vidas, mas na maioria dos casos há resolução espontânea. (encontrar.org.br)
  • Como existe um grande número de estruturas na coluna (ligamentos, tendões, músculos, ossos, articulações, disco intervertebral) há inúmeras causas diferentes para a dor. (encontrar.org.br)
  • Achados anormais em um exame de imagem não necessariamente explicam a causa da dor, ou seja, pessoas sem qualquer sintoma podem apresentar em exames alterações estruturais na coluna que talvez nunca causarão dor ou outros sintomas assim como pessoas com sintomas de dor podem apresentar exames absolutamente normais. (encontrar.org.br)

sendo


  • Massajar a área que está sendo afetada pela dor é outra das formas de amenizar a dor de costas. (wikipedia.org)
  • A postura corporal mais comumente relacionada com o pegar ou manusear uma carga pesada é a que implica em curvar o tronco sem flexionar os joelhos, sendo esta a principal causa de dor nas costas. (blogspot.com.br)

seja


  • A necessidade da mudança de hábitos de vida, seja em relação à atividade física, vícios posturais ou atitude passiva em relação à dor deve sempre ser orientada. (encontrar.org.br)

muitas


  • Estas gestantes experimentam dor local, que muitas vezes progride em direção a nuca durante o repouso, sentadas, em pé e também durante a marcha. (docplayer.com.br)

sintomas


  • Além disso, deve-se procurar o médico quando a dor nas costas surge de forma repentina ou é acompanhada de outros sintomas, como enjoos ou falta de ar. (hapvidaplanosdesaude.com.br)
  • Os sintomas clínicos associados com a dor cervical são: dor e rigidez do pescoço, dor de cabeça, tonturas e dor que se propaga aos ombros e as extremidades superiores. (blogspot.com)
  • A dor cervical pós-traumática se associa com uma variedade mais ampla de sintomas que incluem sintomas temporomandibulares, distúrbios visuais e auditivos, distúrbios do sono, da cognição e da emoção. (blogspot.com)

espalhar


  • Grandes nervos que se originam da espinha e vão até as pernas e braços podem espalhar dor para as extremidades. (wikipedia.org)

provoca


  • A densitometria é um exame usado na osteoporose, porém esta não provoca dor. (wikipedia.org)

exemplo


  • A mulher deve procurar ajuda médica se a dor nas costas permanecerem mesmo após todas as formas de a aliviar ou quando é tão intensa que a impede de dormir ou andar, por exemplo. (hapvidaplanosdesaude.com.br)

dificuldade


  • Quando estes movimentos são preservados e até treinados o trabalho de parto é facilitado, no entanto pacientes que experimentaram dor pélvica apresentam dificuldade nesta coordenação em virtude de comportamentos automáticos de defesa. (docplayer.com.br)

Dormir


  • Boa parte dos problemas de dor nas costas podem ser resolvidos por atitudes simples, como dormir em colchão duro ou sentar-se preferencialmente em cadeiras de encosto reto. (wikipedia.org)

sobretudo


  • O médico tem papel fundamental no diagnóstico e necessita sobretudo de uma história detalhada da dor, fatores associados e um exame físico meticuloso para um correto diagnóstico. (encontrar.org.br)

casos


  • Na grande maioria dos casos de dor nas costas, estas são benignas, auto-limitadas e não-progressivas. (wikipedia.org)

alguns


  • Alguns momentos depois, consegue endireitar as costas, mas não consegue inclinar-se novamente. (wikipedia.org)

maioria


  • Em acréscimo, a maioria das pessoas irá se beneficiar em não empregar quaisquer factores ergonômicos ou de postura que possam contribuir para a dor nas costas, tais como técnicas impróprias de levantamento de pesos, má postura ou apoio deficiente em camas, cadeiras de escritório etc. (wikipedia.org)

devem


  • Quando há persistência da dor por mais 4-6 semanas os exames devem ser solicitados. (encontrar.org.br)

fatores


  • Os fatores que levam ao início da dor, bem como a natureza e a duração da dor, propiciam importantes evidências para a busca da provável causa. (wikipedia.org)

levantamento


risco


  • A dor nas costas em indivíduos com condições médicas de alto risco de fracturas, tais como osteoporose e mieloma múltiplo Em geral, todavia, a dor nas costas não é um sinal de um estado médico grave. (wikipedia.org)