Dor Facial: Dor na região facial, incluindo dor orofacial e craniofacial. Afecções associadas incluem transtornos neoplásicos e inflamatórios locais além de síndromes neurálgicas envolvendo os nervos trigêmeo, facial e glossofaríngeo. As afecções que se caracterizam por dor facial persistente ou recidivante como manifestação primária da doença são chamadas SÍNDROMES DA DOR FACIAL.Neuralgia Facial: Síndromes neurálgicas caracterizadas por DOR FACIAL crônica ou recorrente como manifestação primária da doença. Os transtornos dos nervos trigêmeo e facial frequentemente estão associados com essas afecções.Neuralgia do Trigêmeo: Síndrome caracterizada por episódios recorrentes de dor lancinante, que dura vários segundos ou mais, na distribuição sensorial do NERVO TRIGÊMEO. A dor pode se iniciar por estimulação dos pontos-gatilho no rosto, lábios ou bochechas ou por movimentos dos músculos faciais, como mascar. Entre as afecções associadas estão ESCLEROSE MÚLTIPLA, anomalias vasculares, ANEURISMAS e neoplasias. (Tradução livre do original: Adams et al., Principles of Neurology, 6th ed, p187)Paralisia Facial: Perda grave ou completa da função motora do músculo facial. Este estado pode resultar de lesões centrais ou periféricas. O dano às vias motoras do SNC do córtex cerebral para os núcleos faciais na ponte leva à fraqueza facial que geralmente poupa os músculos da testa. DOENÇAS DO NERVO FACIAL geralmente resultam em fraqueza hemifacial generalizada. As DOENÇAS DA JUNÇÃO NEUROMUSCULAR e DOENÇAS MUSCULARES também podem causar paralisia ou paresia facial.Transtornos da Articulação Temporomandibular: Variedade de afecções que acometem as características funcionais e anatômicas da articulação temporomandibular. Os fatores que contribuem para a complexidade das doenças temporomandibulares são sua relação com dentição e mastigação e os efeitos sintomáticos em outras áreas responsáveis pela dor referida na articulação e as dificuldades de se usar os procedimentos diagnósticos tradicionais para detectar a doença temporomandibular em que o tecido é raramente obtido e os exames por raio-X são frequentemente inadequados ou inespecífico. Doenças comuns são anormalidades do desenvolvimento, traumas, subluxações, luxações, artrite e neoplasias. (Tradução livre do original: Thoma's Oral Pathology, 6th ed, pp577-600)Dotiepina: Antidepressivo tricíclico com alguma ação tranquilizante.Traumatismos do Nervo Trigêmeo: Lesões traumáticas no NERVO TRIGÊMEO. Pode resultar em dor extrema, sensação anormal em áreas inervadas pelo nervo na face, maxilas, gengiva e língua e pode causar dificuldade com a fala e na mastigação. Algumas vezes está associada com vários tratamentos dentários.Síndrome da Disfunção da Articulação Temporomandibular: Complexo sintomático constituído de dor, sensibilidade muscular, crepitação da articulação e limitação ou alteração do movimento da mandíbula. Os sintomas são subjetivos e manifestam-se primariamente nos músculos mastigatórios em vez de na própria articulação temporomandibular. Não se sabe bem quais são os fatores etiológicos, mas incluem a oclusão desarmoniosa e fatores psicofisiológicos.Nervo Trigêmeo: O quinto e maior nervo craniano. O nervo trigêmeo é um nervo misto, composto de uma parte motora e sensitiva. A parte sensitiva, maior, forma os nervos oftálmico, mandibular e maxilar que transportam fibras aferentes sensitivas de estímulos internos e externos provenientes da pele, músculos e junturas da face e boca, e dentes. A maioria destas fibras se originam de células do GÂNGLIO TRIGÊMEO e projetam para o NÚCLEO ESPINAL DO TRIGÊMEO no tronco encefálico. A menor parte motora nasce do núcleo motor do trigêmeo no tronco encefálico e inerva os músculos da mastigação.Nervo Facial: VII nervo craniano. O nervo facial é composto de duas partes, uma raiz motora maior que pode ser chamada de nervo facial propriamente dito, e uma raiz intermediária menor ou raiz sensitiva (nervo intermédio). Juntas, estas raizes fornecem a inervação eferente dos músculos da expressão facial e das glândulas lacrimais e salivares, e transportam informação aferente para a gustação nos 2/3 anteriores da língua e tato da orelha externa.Dor: Sensação desagradável induzida por estímulos nocivos que são detectados por TERMINAÇÕES NERVOSAS de NOCICEPTORES.Expressão Facial: Alterações da expressão da face, em resposta a um estímulo emocional.Dor Crônica: Sensação de dor que persiste por mais do que poucos meses. Pode ou não estar associada com trauma ou doença e pode persistir depois que a lesão inicial estiver cicatrizada. Sua localização, características e periodicidade são mais imprecisas do que as da dor aguda.Medição da Dor: Escalas, questionários, testes e outros métodos utilizados para avaliar a severidade e duração da dor em pacientes ou animais experimentais, com o objetivo de ajudar no diagnóstico, terapêutica e estudos fisiológicos.Rizotomia: Interrupção de uma raiz de nervo craniano ou espinhal. (Dorland, 28a ed)Bloqueio do Gânglio Esfenopalatino: Método para tratar a dor associada com o gânglio esfenopalatino localizado na FOSSA PTERIGOPALATINA, posterior à concha nasal mediana. O acesso transnasal envolve aplicação de anestésico local adequado na mucosa que recobre o gânglio.Fossa Pterigopalatina: Pequeno espaço no crânio entre a MAXILA e o OSSO ESFENOIDE, medial em relação à fissura pterigomaxilar, e que se conecta à CAVIDADE NASAL via forâmen esfenopalatino.Músculos Faciais: Músculos da expressão facial ou músculos miméticos; os numerosos músculos supridos pelo nervo facial fixados à pele da face e que a movimentam. A NA também inclui alguns músculos mastigadores nesse grupo. (Stedman, 25a ed)DibenzotiepinasCefaleias Vasculares: Transtornos secundários de cefaleia atribuídos a uma variedade de transtornos cranianos ou vasculares cervicais, como ISQUEMIA CEREBRAL, HEMORRAGIAS INTRACRANIANAS e MALFORMAÇÕES VASCULARES DO SISTEMA NERVOSO CENTRAL.Sensibilização do Sistema Nervoso Central: Resposta aumentada à estimulação que é mediada por amplificação da sinalização no SISTEMA NERVOSO CENTRAL (SNC).Núcleo Inferior Caudal do Nervo Trigêmeo: Porção caudal do núcleo do trato espinhal do trigêmeo (NÚCLEO ESPINAL DO TRIGÊMEO). Está relacionado com as sensações de dor e temperatura.Osteoma: Tumor benigno composto de tecido ósseo ou tumor duro de estrutura semelhante a osso que se desenvolve no osso (osteoma homoplásico) ou em outras estruturas (osteoma heteroplásico). (Tradução livre do original: Dorland, 27th ed)Doenças do Nervo Facial: Doenças dos núcleos ou nervos faciais. Os transtornos da ponte podem afetar os núcleos faciais ou fascículos dos nervos. O nervo pode estar envolvido intracranialmente, ao longo de seu curso através da porção petrosa do osso temporal ou ao longo de seu curso extracraniano. Entre as manifestações clínicas estão fraqueza muscular facial, perda de sabor na língua anterior, hiperacusia e lacrimação diminuída.Manejo da Dor: Forma de terapia que emprega uma abordagem coordenada e interdisciplinar para acalmar o sofrimento e melhorar a qualidade de vida de quem sente dor.Ossos Faciais: Esqueleto facial, constituído pelos ossos situados entre a base do crânio e a região mandibular. Alguns consideram que dos ossos faciais devem fazer parte os ossos hioide (OSSO HIOIDE), palatino (PALATO DURO) zigomático (ZIGOMA), a MANDÍBULA e a MAXILA. Embora excluindo o hioide, outros incluem os ossos nasais e lacrimais, a concha nasal inferior e o vômer. (Tradução livre de: Jablonski, Dictionary of Dentistry, 1992, p113).Sinusite: Inflamação da MUCOSA NASAL em um ou mais dos SEIOS PARANASAIS.Traumatismos Faciais: Lesões gerais ou inespecíficas aos tecidos macios ou porções ósseas da face.Neuralgia: Dor intensa ou sofrível que ocorre ao longo do curso ou distribuição de um nervo craniano ou periférico.Cefaleia: Sintoma de DOR na região craniana. Pode ser uma ocorrência ou manifestação benigna isolada de uma ampla variedade de TRANSTORNOS DA CEFALEIA.Face: Parte anterior da cabeça que inclui a pele, os músculos e as estruturas da fronte, olhos, nariz, boca, bochechas e mandíbula.Limiar da Dor: A quantidade de estimulação necessária para que a sensação de dor seja experimentada.Dor Pós-Operatória: Dor durante o período após a cirurgia.Dor Lombar: Dor aguda ou crônica nas regiões lombar ou sacral podendo estar associada com ENTORSES E DISTENSÕES dos ligamentos dos músculos, DESLOCAMENTO DO DISCO INTERVERTEBRAL e outras afecções.Dor nas Costas: Dor aguda ou crônica localizada nas regiões posteriores do TÓRAX, REGIÃO LOMBOSSACRAL ou regiões adjacentes.Assimetria Facial: Assimetria congênita ou adquirida da face.Descompressão Cirúrgica: Operação cirúrgica para aliviar a pressão em um compartimento do corpo. (Dorland, 28a ed)Dermatoses FaciaisDor Abdominal: Sensação de desconforto, mal estar ou agonia na região abdominal.Cervicalgia: Desconforto ou formas mais intensas de dor que estão localizadas na região cervical. Geralmente, este termo se refere à dor nas regiões posterior ou lateral do pescoço.Dor Intratável: Dor persistente, refratária a algumas ou a todas as formas de tratamento.Doença Crônica: Doenças que têm uma ou mais das seguintes características: são permanentes, deixam incapacidade residual, são causadas por alteração patológica não reversível, requerem treinamento especial do paciente para reabilitação, pode-se esperar requerer um longo período de supervisão, observação ou cuidado.Neoplasias Faciais: Tumores ou câncer da FACE.Dor Pélvica: Dor na região pélvica de origem genital e não genital, e de etiologia orgânica ou psicogênica. As causas frequentes de dor são distensão ou contração de vísceras de cavidades, alongamento rápido da cápsula de um órgão sólido, irritação química, isquemia tecidual, e neurite secundária a processos inflamatórios, neoplásicos ou fibróticos em órgãos adjacentes.Percepção da Dor: Processo pelo qual a DOR é reconhecida e interpretada pelo encéfalo.Dor Aguda: Sensação de desconforto intenso, angustiante ou dolorosa associada com traumatismo ou doença, com local, hora e características bem definidos.Dor Referida: Tipo de dor percebida em uma área distante de onde surgiu a dor, como dor facial causada por lesão do NERVO VAGO, ou problema iniciado na garganta e mencionado como dor na orelha.

*  Artigos: Saúde Bucal - Saúde - Terra
A eficácia do paracetamol no alívio da dor após a extração do dente .... ...
  http://saude.terra.com.br/saude-bucal/artigos-da-ada/
*  Acupuntura como recurso terapêutico na dor e na gravidade da desordem temporomandibular
Palavras-chave : acupuntura; dor facial; articulação temporomandibular. · resumo em Inglês · texto em Português · Português ( ... Na análise estatística foram levados em conta os testes de Wilcoxon para o nível de dor e Índice Craniomandibular e Teste t de ... Este estudo avaliou o efeito da acupuntura no nível de dor e gravidade da Desordem Temporomandibular (DTM). Participaram dele ... A efetividade da acupuntura foi demonstrada pela melhora no nível da dor e na gravidade da DTM. ...
  http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1809-29502011000300003&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt
*  Bruxismo: sinais e sintomas
Se você acorda e os músculos da sua mandíbula estão doloridos ou com dor de cabeça, você pode estar sofrendo de bruxismo - um ... Ranger os dentes pode levar a dor facial. Você acorda com dor de cabeça, na mandíbula e nos dentes? Você pode ter o hábito de ... Seu dentista é capaz de fazer um diagnóstico preciso e determinar se a origem da dor facial é causada por bruxismo. ... Se você acorda e os músculos da sua mandíbula estão doloridos ou com dor de cabeça, você pode estar sofrendo de bruxismo - um ...
  http://www.colgate.com.br/pt/br/oc/oral-health/conditions/bruxism/article/bruxism-signs-and-symptoms
*  Pólipo nasal - Wikipedia
Cefaleia e dor facial podem ocorrer, mas são são frequentes. Entre as complicações geradas por essa patologia, uma das ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/P%C3%B3lipo_nasal
*  O Que é Sinusite ? Sintomas, Causa e Tratamento da Sinusite… | FOCO 10
Pressão ou dor facial. * Redução ou perda do olfato. * Associado a alterações tomográficas ou evidenciadas por exame de ...
  http://foco10.com/queesinusitesintoascausaetratamentodasinusite/
*  Protocolo mi ps neuro 1 novo - Portugues
... dor facial primária e central e outras cefaleias 13. Neuralgias cranianas e causas centrais ou de dor facial (Neuralgia do ... Causas centrais de dor facial; Outra neuralgia craniana ou dor facial centralmente mediada) 14. Outra cefaleia, neuralgia ... Cefaleia ou dor facial atribuída a transtorno do crânio, pescoço, olhos, ouvidos, nariz, seios da face, dentes, boca ou outras ... Cefaleia ou dor facial atribuída a transtorno da articulação temporomandibular; Cefaleia atribuída a outro transtorno do crânio ...
  https://pt.slideshare.net/FClinico/protocolo-mi-psneuro-1novo
*  Osteoma - Wikipedia
Osteomas craniofaciais maiores podem causar dor facial, dor de cabeça e infecção devido à obstrução dos ductos nasofrontais. ... Osteomas osteoides causam dor noturna que melhora com aspirina. Osteoma osteóide http://radiopaedia.org/articles/osteoma ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Osteoma
*  Síndrome de Eagle - Wikipedia
Pode originar dor facial, otalgia, cefaleias, disfagia, odinofagia, zumbidos e muitas vezes trismo (contratura espasmódica do ... Por vezes o paciente tem que ser assistido em cirurgia maxilo-facial já que na maioria dos casos o tratamento médico é ineficaz ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/S%C3%ADndrome_de_Eagle
*  Osteologia, Definição, Características, Ossos, Corpo, Estrutura, Formas Osteologia
Poucas queixas são mais comuns que a cefaléia e a dor facial. Estes termos são usados para descrever sensações dolorosas ... A dor lombar é uma queixa comum. Para compreender a base anatômica dos problemas do dorso que causam dor incapacitante, é ... difusas na cabeça, enquanto as dores localizadas recebem nomes específicos como otalgia (dor no ouvido) e odontalgia (dor no ...
  http://www.portalsaofrancisco.com.br/corpo-humano/osteologia
*  Cursos
Telefone: 0800.773.8090 / (17) 3203-2570 E-mail: unipos@unipos.com.br Whatsapp: 17 99212 6050 Facebook: unipos.unorp Instagram: unipos_posgraduacao Endereço: UNORP - Centro Universitário do Norte Paulista Rua Ipiranga, 3460 Jd. Alto Rio Preto São Jose Do Rio Preto, SP. CEP 15020-040, Brasil ...
  http://www.unipos.com.br/cursos/
*  Cefaleia - Wikipedia
Especialistas em cefaleia geralmente tratam também de dores faciais, como a neuralgia do trigêmeo, dor facial atípica e dor ... 25 de junho de 2012). «Entrevista_ Dor de cabeça». Consultado em 20 de outubro de 2017 Novidades sobre dor de cabeça, enxaqueca ... Estima-se que 93% dos homens e 99% das mulheres terão algum tipo de dor de cabeça ao longo da vida; e que 76% do sexo feminino ... Cefaleia ou cefalgia são os termos médicos para dor de cabeça. É um dos sintomas mais comuns na medicina. É uma das queixas ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Cefaleia
*  Clique para imprimir
A dor facial é comumente descrita como queimação, dor ou cólicas.. A dor pode ocorrer em um lado da face, ocorrendo normalmente ... Há uma súbita dor dos nervos da face. Os pacientes normalmente descrevem a dor facial como uma facada, tiro ou choque elétrico ... A dor não Nociceptiva, ou dor neuropática, vem de dentro dos nervos do próprio sistema. Este tipo de dor não é relacionada a ... Um exemplo de dor nociceptiva é quando algo muito quente toca a pele e receptores específicos de dor sentem o calor. Dor ...
  http://www.hong.com.br/o-que-e-neuralgia-do-trigemeo-o-que-causa-neuralgia-do-trigemeo/
*  Nevralgia - Wikipedia
A Nevralgia trigeminal atípica consiste de uma dor facial unilateral, quase contínua e que às vezes se estende para o pescoço. ... ou dor facial atípica, nevralgia occipital, nevralgia do glossofaríngeo e a nevralgia pós-herpética ou nevralgia herpética ( ... É uma dor constante, com sensação de queimação que pode ser uma distribuição restrita em seu início, mas logo se espalha para o ... Nevralgia ou neuralgia é a dor em um ou mais nervos provocada por uma mudança na estrutura ou função neurológica dos nervos, em ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Nevralgia
*  Tratamentos | Clínica Dennis Guimarães
Dor facial;. - Complemento de tratamentos odontológicos com a finalidade de otimizar os resultados estéticos. ...
  http://www.clinicadennisguimaraes.com.br/14-2/
*  Cantinho do Alvaro Henrique.: Abril 2013
Dor facial;. * Cefaleia;. * Redução do olfato;. * Secreção nasal amarelada purulenta, com odor forte;. * Halitose (mal hálito); ... "A limpeza malfeita pode empurrar a cera para o interior do ouvido, provocando dor, inchaço e até surdez", diz Fayez Bahmad Jr, ...
  http://cantinhodoalvaro.blogspot.com.br/2013/04/
*  Botox e efeitos colaterais | Saúde e fitness
Menos comuns efeitos colaterais: As pessoas que se submeteram a tratamento de Botox, por vezes, se queixam de náuseas, dor de ... Em uma época, que parece importa muito, as pessoas estão prontas para tomar qualquer medida a fim de restaurar a beleza facial ... A pessoa pode sentir dor leve e moderada que pode sempre ser reduzida, mantendo uma compressa fria ou uma bolsa de gelo na ... Essa reação ao Botox se manifesta sob a forma de febre, dor de cabeça, dores no corpo, calafrios e nariz escorrendo ...
  https://saude-info.info/botox-efeitos-colaterais.html
*  Disfunções Têmporomandibulares (DTM) Curitiba, Paraná - Disfunções Têmporomandibulares (DTM), Curitiba, Paraná Saúde, Curitiba...
Dor facial crônica. Dores de cabeça crônicas. Quando contatar um médico. Procure assistência médica imediatamente se você tiver ... Dor atenuante no rosto. Dor de ouvido. Dor de cabeça. Dor ou sensibilidade da mandíbula. Capacidade reduzida de abrir e fechar ... Alguns casos de dor desaparecem sozinhos sem tratamento. A ATM associada à dor pode ressurgir no futuro. Se a causa for ... Os nódulos de tensão podem transferir dor a outras áreas, causando dor de cabeça, de ouvido ou de dente. Outras causas ...
  http://guialocal.boaspraticas.net/Disfunc%C3%B5es_T%C3%AAmporomandibulares_DTM_Curitiba_Parana-p1726532-Curitiba_PR.html
*  As 10 doenças mais contagiosas na idade escolar
Podem causar dor facial, de cabeça e garganta, inflamação das glândulas salivares e febre. Não existe tratamento contra essa ... Essa doença provoca inicialmente febre, dor de garganta e mal-estar e depois aparecem nas regiões próprias do seu nome (mão-pé- ... É a inflamação do ouvido médio e pode provocar febre e dor intensa nos ouvidos. É recomendável consultar o pediatra para ... Provoca uma erupção cutânea, febre, dor de garganta e manchas brancas dentro da boca. Não existe um tratamento para combatê-lo ...
  https://br.guiainfantil.com/materias/saude/doencas-da-infancia/as-10-doencas-mais-contagiosas-na-idade-escolar/
*  Livros de Odontologia - Patologia Oral e Maxilofacial 3a ed.
Dor Facial e Doenças neuromusculares, 863. Revisado por AngELA C. ChI. Paralisia de Bell, 863. Neuralgia do Trigêmeo, 865. ... Dor Facial Atípica, 869. Osteonecrose Cavitacional Indutora de Neuralgia, 870. Cefaleia em Salvas, 872. Hemicrânia Paroxística ...
  http://doctorlivros.com.br/produtos_descricao.asp?lang=pt_BR&codigo_produto=2881

Dor crônica: A é uma dor relacionada a uma injúria recorrente ao organismo que já dura a pelo menos 3 meses.Músculo abaixador do supercílio: O músculo abaixador do supercílio é um músculo da cabeça.Osteoma: osteoma é um tumor benigno ósseo de crescimento lento que geralmente cresce no crânio. Osteomas osteoides por outro lado geralmente aparecem no fêmur ou tíbia.SinusiteCefaleiaLumbago: Denomina-se de Lombalgia ou Lumbago o conjunto de manifestações dolorosas que acontecem na região lombar, decorrente de alguma anormalidade nessa região. Conhecida popularmente como dor nas costas, a lombalgia é uma das grandes causas de morbidade e incapacidade funcional, tendo incidência apenas menor que a cefaléia entre os distúrbios dolorosos que mais acometem o homem.Doença não transmissível: Uma doença não-transmissível ou DNT; doenças não infecciosas; doenças crônicas não transmissíveis; doenças crônico degenerativas são terminologias usadas para definir grupos de patologias caracterizadas pela ausência de microrganismos, ou seja é uma doença não infecciosa, como também pelo longo curso clínico e irreversibilidade.Tumor facial do diabo-da-tasmânia: Tumor facial do diabo-da-tasmânia ou Cancro facial do diabo-da-tasmânia (TFDT) é uma neoplasia (câncer) transmissível, agressiva e não-viral que afeta diabos-da-tasmânia. O primeiro registro oficial foi feito em 1996 na Tasmânia.Grelhado: Grelhar é uma técnica culinária que consiste em cozinhar os alimentos em lume vivo, como no churrasco, ou dentro de um forno. O nome desta técnica vem da grelha, o utensílio culinário mais usado para esta forma de cozinhar.


  • pode ser
  • A paralisia facial pode ser classificada como central ou periférica. (wikipedia.org)
  • É uma dor constante, com sensação de queimação que pode ser uma distribuição restrita em seu início, mas logo se espalha para o restante da face no lado afetado, às vezes envolvenco o pescoçõ ou a parte posterior da cabeça. (wikipedia.org)
  • A dor pode ser desencadeada por falar, beber, escovar os dentes, barbear-se, mastigar, tocar levemente no rosto, por certas expressões faciais, reflexos ou até mesmo por um vento mais forte e pode ocorrer diversas vezes ao longo do dia. (wikipedia.org)
  • nervo
  • Ela pode ocorrer no trajeto do nervo facial ainda dentro do cérebro ou fora dele. (wikipedia.org)
  • Ver artigo principal: Neuralgia do trigêmeo A nevralgia do trigêmeo (também conhecida como tique doloroso) é uma disfunção do nervo trigêmeo que produz uma dor forte, aguda e em pontada na distribuição de um ou mais ramos do nervo trigêmeo. (wikipedia.org)
  • Nevralgia do nervo trigêmeo também conhecida como Neuralgia do trigêmeo, Síndrome da dor facial paroxística, Doença de Fothergill, Prosopalgia dolorosa ou ainda como Tique doloroso é um distúrbio neuropático do nervo trigêmeo que causa episódios de dor intensa nos olhos, lábios, nariz, couro cabeludo, testa e/ou mandíbula. (wikipedia.org)
  • vezes
  • O diagnóstico da paralisia facial é feito através da observação do indivíduo e na maioria das vezes não é necessário realizar exames complementares. (wikipedia.org)
  • A Nevralgia trigeminal atípica consiste de uma dor facial unilateral, quase contínua e que às vezes se estende para o pescoço. (wikipedia.org)
  • O reconhecimento facial é muitas vezes uma experiência emocional para o cérebro, e na amígdala, está muito envolvida no processo de reconhecimento. (wikipedia.org)
  • devido
  • Esta dor incomum supostamente está ligada a quatro possíveis mecanismos: mal funcionamento de portões do canal iônico, as fibras nervosas tornam-se mecanicamente sensíveis e criaram um sinal ectópicos, os sinais nas fibras tocadas atravessar as fibras de dor e mau funcionamento devido danos no cérebro e na medula espinhal. (wikipedia.org)
  • faciais
  • Por outro lado, as expressões faciais involuntárias são consideradas inatas e seguem um percurso subcorticais no cérebro, exemplo, uma expressão de dor, ou o próprio choro. (wikipedia.org)
  • podem
  • Os seres humanos podem adotar uma expressão facial, voluntária ou involuntariamente, e os mecanismos neurais responsáveis ​​pelo controle da expressão diferem em cada caso. (wikipedia.org)
  • sensibilidade
  • A primeira descrição foi feita por Theodore H. Weisenburg em 1910, descrevendo um padrão neurológico semelhante aquela encontrado em modalidade idiopática, com a ressalva de que uma dor pode persistir entre os paroxismos álgicos e pode existir um déficit de sensibilidade na área abastecida por nervos glossofaríngeos. (wikipedia.org)
  • Depois de uma crise a dor e sensibilidade geralmente diminuem um pouco, porém esse período de remissão tendem a ficar cada vez mais curtos conforme a doença progride. (wikipedia.org)