Doenças do Nervo Óptico: Doenças que produzem lesão ou disfunção do segundo nervo craniano ou nervo óptico, que geralmente é considerado um componente do sistema nervoso central. Danos às fibras do nervo óptico podem ocorrer na retina ou próximo a sua origem, no disco óptico ou no nervo, quiasma óptico, trato óptico ou núcleos geniculados laterais. As manifestações clínicas podem incluir diminuição da acuidade visual e sensibilidade a contraste, visão de cores prejudicada e defeito pupilar aferente.Oncocercose Ocular: A infecção dos olhos por filárias que são transmitidas de pessoa a pessoa por picadas de moscas negras infectadas pelo Onchocerca volvulus. As microfilárias do Onchocerca são desta maneira depositadas através da pele. Elas migram por vários tecidos inclusive o olho. As pessoas infectadas têm prejuízo da visão e mais de 20 por cento estão cegas. A incidência de lesões nos olhos tem sido relatada por estar próxima a 30 por cento na América Central e partes da África.Nervo Óptico: O segundo nervo craniano que transporta informação visual da RETINA para o cérebro. Este nervo leva os axônios das CÉLULAS GANGLIONARES DA RETINA, que se reorganizam no QUIASMA ÓPTICO e continuam através do TRATO ÓPTICO para o cérebro. A maior projeção é para os núcleos geniculados laterais; outros alvos importantes incluem os COLÍCULOS SUPERIORES e NÚCLEO SUPRAQUIASMÁTICO. Ainda que conhecido como o segundo nervo craniano, é considerado parte do SISTEMA NERVOSO CENTRAL.Neurite Óptica: Inflamação do nervo óptico. Entre as afecções comumente associadas estão transtornos autoimunes como ESCLEROSE MÚLTIPLA, infecções e doenças granulomatosas. Os sinais clínicos incluem dor retro-orbital que é agravada por movimento dos olhos, perda da visão de cores e sensibilidade a contrastes podendo progredir para perda visual grave, um defeito pupilar aferente (pupila de Marcus-Gunn) e, em alguns casos, hiperemia do disco óptico e inchaço. A inflamação pode ocorrer na porção do nervo dentro do globo (neuropapilite ou neurite óptica anterior) ou na porção atrás do globo (neurite retrobulbar ou neurite óptica posterior).Doenças do Nervo Olfatório: Doenças do primeiro nervo craniano (olfatório), normalmente caracterizadas por anosmia ou outras alterações dos sentidos de odor e sabor. A anosmia pode estar associada com NEOPLASIAS, INFECÇÕES DO SISTEMA NERVOSO CENTRAL, TRAUMA CRANIOCEREBRAL, transtornos hereditárias, toxinas, DOENÇAS METABÓLICAS, abuso por tabaco e outras afecções.Doenças do Nervo Vago: Doenças do décimo nervo craniano, incluindo lesões do tronco cerebral envolvendo seus núcleos (solitário, ambíguo e motor dorsal), fascículos de nervos e curso intra e extracraniano. As manifestações clínicas podem incluir disfagia, fraqueza das cordas vocais e alterações do tono parassimpático do tórax e abdômen.Traumatismos do Nervo Óptico: Traumatismos do nervo óptico induzidos por um trauma da face ou cabeça. Podem ocorrer com lesões penetrantes ou fechadas. A compressão relativamente menor do aspecto superior da órbita pode também resultar em trauma do nervo óptico. As manifestações clínicas podem incluir perda visual, PAPILEDEMA e um defeito pupilar aferente.Disco Óptico: Porção do nervo óptico vista no fundo de olho com a utilização do oftalmoscópio. É formado pelo encontro de todos os axônios das células ganglionares da retina assim que penetram no nervo óptico.Doenças do Nervo Hipoglosso: Doenças do décimo-segundo nervo craniano (hipoglossal) ou seus núcleos. Os núcleos e fascículos do nervo estão localizados na medula e o nervo deixa o crânio através do forame hipoglossal, inervando os músculos da língua. As doenças do tronco cerebral inferior, incuindo isquemia e DOENÇAS DO NEURÔNIO MOTOR podem afetar os núcleos ou fascículos dos nervos. O nervo pode também ser lesado por doenças da fossa posterior ou base do crânio. As manifestações clínicas incluem fraqueza unilateral da musculatura da língua e disartria lingual, com desvio da língua na direção do lado da fraqueza, causando protrusão da língua.Doenças do Nervo Vestibulococlear: Processos patológicos do NERVO VESTIBULOCOCLEAR, inclusive os ramos do NERVO COCLEAR e NERVO VESTIBULAR. Os exemplos comuns são: NEURONITE VESTIBULAR, neurite coclear, e NEUROMA ACÚSTICO. Entre os sinais clínicos estão os graus variados de PERDA AUDITIVA, VERTIGEM e ZUMBIDO.Doenças do Nervo Glossofaríngeo: Doenças do nono nervo craniano (glossofaríngeo) ou de seus núcleos na medula. O nervo pode ser lesado por doenças que afetam o tronco cerebral inferior, piso da fossa posterior, forame jugular ou o curso extracraniano do nervo. As manifestações clínicas incluem perda de sensação da faringe, salivação diminuída e síncope. A neuralgia glossofaríngea se refere a uma afecção que se caracteriza por dor aguda unilateral recidivante na língua, ângulo da mandíbula, meato auditorial externo e garganta, podendo estar associada com SÍNCOPE. Os episódios podem ser desencadeados por tosse, espirros, deglutição ou pressão no trago da orelha. (Tradução livre do original: Adams et al., Principles of Neurology, 6th ed, p1390)Doenças do Nervo Trigêmeo: Doenças do nervo trigêmio ou de seus núcleos, que estão localizados nas pontes e medula. O nervo é composto de três divisões: oftálmica, maxilar e mandibular, que garante enervação sensorial às estruturas da face, seios e porções da abóbada craniana. O nervo mandibular também enerva os músculos da mastigação. Os sinais clínicos incluem perda da sensação facial e intraoral e fraqueza no fechamento mandibular. Afecções comuns que acometem o nervo incluem isquemia do tronco cerebral, NEOPLASIAS INFRATENTORIAIS e NEURALGIA DO TRIGÊMEO.Doenças do Nervo Acessório: Doenças do décimo-primeiro nervo craniano (acessório espinal). Este nervo se origina dos neurônios motores na medula inferior (porção acessória do nervo) e medula espinal superior (porção espinal do nervo). Os dois componentes do nervo se juntam e deixam o crânio através do forame jugular, enervando os músculos esternocleideomastóideo e trapézio, que se tornam fracos ou paralisados se o nervo for lesado. O nervo é comumente envolvido na DOENÇA DO NEURÔNIO MOTOR e pode ser lesado por trauma do triângulo posterior do pescoço.Doenças do Nervo Facial: Doenças dos núcleos ou nervos faciais. Os transtornos da ponte podem afetar os núcleos faciais ou fascículos dos nervos. O nervo pode estar envolvido intracranialmente, ao longo de seu curso através da porção petrosa do osso temporal ou ao longo de seu curso extracraniano. Entre as manifestações clínicas estão fraqueza muscular facial, perda de sabor na língua anterior, hiperacusia e lacrimação diminuída.Doenças do Nervo Abducente: Doenças do sexto nervo craniano (abducente) ou de seu núcleo nas pontes. O nervo pode ser lesado ao longo de seu curso nas pontes, intracranialmente, uma vez que migra ao longo da base do cérebro, do seio cavernoso ou no nível da fissura orbital superior ou órbita. A disfunção do nervo causa fraqueza do músculo reto lateral, resultando em diplogia horizontal, que se torna máxima quando o olho afetado é retirado e na ESOTROPIA. Afecções comumente associadas com lesão do nervo incluem HIPERTENSÃO INTRACRANIANA, TRAUMATISMOS CRANIOCEREBRAIS, ISQUEMIA e NEOPLASIAS INFRATENTORIAIS.Quiasma Óptico: Estrutura em formato de X formada pelo encontro de dois nervos ópticos. No quiasma óptico as fibras da parte medial de cada retina cruzam para projetarem para o outro lado do cérebro, enquanto que as fibras da parte lateral da retina continuam no mesmo lado. Como resultado temos que cada hemisfério cerebral recebe informações sobre o campo visual contralateral de ambos os olhos.Doenças do Nervo Troclear: Doenças do quarto nervo craniano (troclear) ou de seu núcleo, no meio do cérebro. O nervo cruza dorsalmente, assim que deixa o meio do cérebro , podendo ser lesado ao longo de seu curso através do espaço intracraniano, seio cavernoso, fissura orbital ou superior, ou órbita. As manifestações clínicas incluem fraqueza do músculo oblíquo superior que causa DIPLOPIA vertical, que se torna máxima quando o olho está em adução e direcionado para baixo. A cabeça pendente pode ser encontrada como mecanismo compensatório para diplopia e rotação dos eixos visuais. As etiologias comuns incluem TRAUMA CRANIOCEREBRAL e NEOPLASIAS INFRATENSORIAIS.Atrofia Óptica: Atrofia do disco óptico (congênita ou adquirida) que indica uma deficiência no número de fibras nervosas, que se iniciam na RETINA e convergem para formar o DISCO ÓPTICO, NERVO ÓPTICO, QUIASMA ÓPTICO e tratos ópticos. São causas comuns desta afecção GLAUCOMA, ISQUEMIA, inflamação, elevação crônica da pressão intracraniana, toxinas, compressão do nervo óptico e hereditariedade. (ver ATROFIAS ÓPTICAS HEREDITÁRIAS).Neoplasias do Nervo Óptico: Neoplasias benignas e malignas que surgem a partir do nervo óptico ou da sua bainha. O GLIOMA DO NERVO ÓPTICO é o tipo histológico mais comum. As neoplasias do nervo óptico tendem a causar perda visual unilateral e um defeito pupilar aferente e podem se disseminar por vias neurais para o cérebro.Células Ganglionares da Retina: Neurônios da camada mais interna da retina, a camada plexiforme interna. Possuem tamanhos e formas variáveis, e seus axônios se projetam via NERVO ÓPTICO para o encéfalo. Um pequeno conjunto destas células age como fotorreceptores com projeções ao NÚCLEO SUPRAQUIASMÁTICO, o centro da regulação do RITMO CIRCADIANO.Fibras Nervosas: Prolongações delgadas dos NEURÔNIOS, incluindo AXÔNIOS e seus invólucros gliais (BAINHA DE MIELINA). As fibras nervosas conduzem os impulsos nervosos para e do SISTEMA NERVOSO CENTRAL.Doenças do Nervo Oculomotor: Doenças do núcleo oculomotor ou de seu núcleo, que resultam em fraqueza ou paralisia dos músculos elevador da pálpebra, oblíquo inferior, reto médio, reto inferior ou reto superior, ou ainda, prejuízo da inervação parassimpática da pupila. Com uma paralisia oculomotora completa, a pálpebra torna-se paralisada, o olho permanece em posição de abdução inferior, e a pupila se torna acentuadamente dilatada. As afecções comumente associadas incluem neoplasias, TRAUMA CRANIOCEREBRAL, isquemia (especialmente em associação com DIABETES MELLITUS) e compressão do aneurisma.Doenças dos Nervos Cranianos: Transtornos de um ou mais dentre os doze nervos cranianos. Com exceção dos nervos olfatório e óptico, estão incluídos transtornos dos núcleos do tronco cerebral, dos quais os nervos cranianos se originam ou terminam.Nervo Isquiático: Nervo que se origina nas regiões lombar e sacral da medula espinhal (entre L4 e S3) e fornece inervação motora e sensitiva para a extremidade inferior. O nervo ciático, que é a principal continuação do plexo sacral, é o maior nervo do corpo. Apresenta dois ramos principais, o NERVO TIBIAL e o NERVO PERONEAL.Compressão Nervosa: Tratamento de músculos e nervos sob pressão, como resultado de lesões por esmagamento.Regeneração Nervosa: Renovação ou reparo fisiológico de um tecido nervoso lesado.Glioma do Nervo Óptico: Tumores derivados de células da glia originando-se do nervo óptico, normalmente aparecendo na infância.Nervos Periféricos: Nervos localizados fora do cérebro e medula espinhal, incluindo os nervos autônomos, cranianos e espinhais. Os nervos periféricos contêm células não neuronais, tecido conjuntivo e axônios. As camadas de tecido conjuntivo incluem, da periferia para o interior, epineuro, perineuro e endoneuro.Neuropatia Óptica Isquêmica: Lesão isquêmica do NERVO ÓPTICO que normalmente afeta o DISCO ÓPTICO (neuropatia óptica isquêmica anterior) e, menos frequentemente, a porção retrobulbar do nervo (neuropatia óptica isquêmica posterior). A lesão resulta da oclusão do suprimento de sangue arterial, que pode resultar de ARTERITE TEMPORAL, ATEROSCLEROSE, DOENÇAS DO COLÁGENO, EMBOLISMO, DIABETES MELLITUS e outras afecções. A doença ocorre principalmente na sexta década ou mais tarde e se apresenta com início súbito de perda visual monocular, normalmente grave e sem dor. A neuropatia óptica isquêmica anterior também se caracteriza por edema do disco óptico com micro-hemorragias. O disco óptico se apresenta normal na neuropatia óptica isquêmica posterior (Tradução livre do original: Glaser, Neuro-Ophthalmology, 2nd ed, p135).Axônios: Fibras nervosas capazes de conduzir impulsos rapidamente para fora do corpo da célula nervosa.Retina: Membrana de tecido nervoso (composta por dez camadas e encontrada no olho) que se continua no NERVO ÓPTICO. Recebe imagens de objetos externos e transmite [essas informações] ao cérebro [em forma de] impulsos visuais [nervosos]. Sua superfície externa está em contato com a COROIDE e a interna, com o CORPO VÍTREO. A camada mais externa é pigmentada e as outras (9), transparentes.Pressão Intraocular: Pressão exercida pelos fluidos no olho.Glaucoma: Doença ocular, ocorrendo em várias formas, tendo como principais características um aumento prolongado ou instável da pressão intraocular, na qual o olho não pode permanecer sem danos à sua estrutura ou prejuízo de suas funções. As consequências da pressão elevada podem se manifestar com uma variedade de sintomas, dependendo do tipo e severidade, como escavação do disco óptico, endurecimento do globo ocular, anestesia corneana, acuidade visual reduzida, visão de halos coloridos ao redor da luz, adaptação ao escuro prejudicada, defeitos do campo visual e cefaleias.Papiledema: Inchaço do DISCO ÓPTICO, normalmente associado com pressão intracraniana elevada, caracterizado por hiperemia, embaçamento das margens do disco, micro-hemorragias, ampliação da mancha cega e engrossamento das veias retinianas. O papiledema crônico pode causar ATROFIA ÓPTICA e perda visual. (Tradução livre do original: Miller et al., Clinical Neuro-Ophthalmology, 4th ed, p175)Lobo Óptico de Animais não Mamíferos: Em zoologia de invertebrados, um lobo lateral do PROSENCÉFALO em certos ARTRÓPODES. Em zoologia de vertebrados, cada um dos corpos bigêmeos (corpora bigemina) de VERTEBRADOS não mamíferos.Atrofias Ópticas Hereditárias: Doenças hereditárias caracterizadas por perda visual progressiva em associação com atrofia óptica. As formas relativamente comuns incluem ATROFIA ÓPTICA AUTOSSÔMICA DOMINANTE e ATROFIA ÓPTICA HEREDITÁRIA DE LEBER.Fluxo Óptico: Campo visual contínuo visualizado por um sujeito através do espaço e do tempo.Bloqueio Nervoso: Interrupção da CONDUÇÃO NERVOSA pelos nervos periféricos ou pelos troncos nervosos por meio de injeção local de substâncias anestésicas (ex.: LIDOCAÍNA, FENOL, TOXINAS BOTULÍNICAS) para controlar ou tratar a dor.Olho: Órgão da visão consistindo de um par de órgãos globulares compostos por uma estrutura relativamente esférica de três camadas especializado em receber e responder à informação luminosa.Neoplasias dos Nervos Cranianos: Neoplasias malignas e benignas que surgem em um ou mais dos doze pares de nervos cranianos.Terminações Nervosas: Terminações especializadas das FIBRAS NERVOSAS, NEURÔNIOS sensoriais ou motores. As terminações dos neurônios sensoriais são o começo da via aferente para o SISTEMA NERVOSO CENTRAL. As terminações dos neurônios motores são as terminações dos axônios nas células musculares. As terminações nervosas que liberam neurotransmissores são chamadas TERMINAÇÕES PRÉ-SINÁPTICAS.Atrofia Óptica Hereditária de Leber: Desordem genética ligada à mãe que aparece na meia vida como uma perda central da visão, aguda ou subaguda levando a um escotoma central e cegueira. A doença foi associada com mutações de sentido incorreto no DNAmt, nos genes para os Complexos polipeptídicos I, III e IV que podem agir autonomamente ou em associação com cada um, causando a doença. (Tradução livre do original: Online Mendelian Inheritance in Man, http://www.ncbi.nlm.nih.gov/Omim/, MIM#535000 (April 17, 2001))Óptica e Fotônica: Campo especializado da física e da engenharia que estuda o comportamento e as propriedades da luz e a tecnologia de análise da geração, transmissão e manipulação da RADIAÇÃO ELETROMAGNÉTICA na escala visível, infravermelha e ultravioleta.Nervo Sural: Ramo do nervo tibial que fornece inervação sensitiva para partes da região inferior da perna e pé.Nervo Mediano: Importante nervo da extremidade superior. Em humanos, as fibras do nervo mediano se originam nas regiões cervical inferior e torácica superior da medula espinhal (geralmente entre C6 e T1), e percorrem seu trajeto via plexo braquial fornecendo a inervação sensitiva e motora do antebraço e mão.Glaucoma de Ângulo Aberto: Glaucoma no qual o ângulo da câmara anterior está aberto e a malha trabecular não encontra a base da íris.

*  Família é executada dentro de casa em São Gonçalo - Rio - O Dia

Wagner da Silva Salgado, 42, a mulher Soraya Gonçalves de Resende, 37, e a filha do casal, Geovanna Resende, de 9 anos, foram mortos a tiros
odia.ig.com.br/rio-de-janeiro/2017-02-17/familia-e-executada-dentro-de-casa-em-sao-goncalo.html

*  Desafio de ensinar a cuidar sob a ótica do aluno do curso de graduação em enfermagem

Este estudio es relativo a la enseñanza/aprendizaje en la asignatura de "Fundamentos do Cuidado Humano", módulo del cuidado Escola de Enfermagem da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, bajo la óptica del alumno del curso de graduación en enfermería. En 1996 inició la asignatura en lo cuarto periodo del currícolo, constituida de la temática básica, donde los estudiantes aprenden sobre la genesis del cuidado humano. Los informes diarios, emitidos por los alumnos durante la práctica de este módulo, en la Unidad Oncológica Pediátrica de un hospital de enseñanza, en Porto Alegre-RS, fueron sometidos al análisis fenomonológica, com base em Merleau-Ponty (Martins, 1992) Del análisis emergió el significado expresso por el alumno respecto a las experiencias en la UOP, la relación entre enseñanzapráctica, base teórica y cuidado ...
lume.ufrgs.br/handle/10183/23447

*  Neurite óptica - Wikipedia

Neurite óptica ou neurite retrobulbar é a inflamação do nervo óptico que pode causar uma perda súbita da visão (geralmente unilateral). Seu quadro clínico costuma se caracterizar pela confluência dos seguintes elementos: (i) sensação de dor na região ocular, agravada no momento da movimentação; (ii) discromatopsia (alteração na percepção e na identificação das cores); e (iii) baixa súbita na acuidadade visual. Sua identificação é bastante mais comum em adultos jovens, na faixa etária situada entre 20 e 45 anos. Da mesma forma, atinge especialmente as mulheres. Em inúmeras circunstâncias, o aparecimento da neurite óptica, menos do que uma patologia em si, constitui uma primeira manifestação de Esclerose Múltipla. Em síntese, trata-se de um quadro agudo desmielinizante.O nervo óptico é o responsável por levar informação do olho até o cérebro. Sendo associada ou não a doenças sistêmicas, a Neurite óptica é desencadeada por uma ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Neurite_óptica

*  Cistite intersticial: alimentos a evitar | eHow Brasil

Cistite intersticial: alimentos a evitar. A cistite intersticial, também conhecida como síndrome da bexiga dolorosa, é uma condição na qual ocorrem dor e pressão na bexiga e maior frequência urinária. As paredes do órgão ficam inflamadas, criando cicatrizes e diminuindo a capacidade de segurar a urina. Esta doença afeta mais mulheres que homens e pode ter impacto adverso na vida ...
ehow.com.br/cistite-intersticial-alimentos-evitar-sobre_69208/

*  Engenharia óptica - Wikipedia

Engenharia óptica é a disciplina que aplica os princípios científicos da óptica a finalidades práticas como o projeto, construção e aplicação de instrumentos ópticos, sistemas e componentes. Nos últimos anos a ciência da óptica sofreu grandes transformações, com o surgimento dos lasers, fibras ópticas, optoeletrônica e outros desenvolvimentos. A engenharia óptica tem acompanhado estas mudanças e vem tornando-se uma disciplina cada vez mais importante para a tecnologia moderna. A crescente presença dos sistemas ópticos na vida quotidiana das pessoas ilustra bem este ponto: cada vez mais usamos câmera de vídeo, camcorders, aparelhos de áudio com discos laser, CD-ROMs e redes telefônicas com fibras-ópticas, todos sistemas que usam óptica em sua operação. A óptica e as imagens são fundamentais para a medicina moderna, como por exemplo em cirurgias a laser, ultrassonografia, tomografia computadorizada e endoscopia, entre outros. O escopo da fotônica inclui a emissão, ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Engenharia_óptica

*  Emissão estimulada - Wikipedia

Em óptica, a emissão estimulada é o processo pelo qual um átomo, quando perturbado por um fóton que incide sobre ele, emite um outro fóton. O fóton causador da perturbação não é destruído no processo e o segundo fóton é criado com a mesma fase, frequência, polarização e direção do fóton original. A emissão estimulada é essencialmente um fenômeno da mecânica quântica que pode ser compreendido a partir do princípio da conservação da energia. O processo pode ser pensado como uma amplificação óptica e é a base do funcionamento do laser e do maser. A interação dos elétrons entre si e os campos eletromagnéticos constituem a base da maior parte de nosso entendimento de química e física. Os elétrons possuem energia que depende o quão longe eles estão em média do núcleo de um átomo. O Princípio de Exclusão de Pauli força alguns elétrons estarem mais longe do núcleo do que outros (que é porque todos os elétrons em um átomo não simplesmente ocupam o ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Emissão_estimulada

*  Pinça óptica - Wikipedia

Pinças ópticas são instrumentos científicos que utilizam lasers extremamente focalizados para manipular pequenos objetos dielétricos. A força criada pela pinça depende da diferença do índice de refração do objeto e do meio que o envolve. Pinças ópticas tem sido particularmente aplicadas em experimentos de biologia celular nos últimos anos. Optical Tweezers: An ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Pinça_óptica

*  Líquido extracelular - Wikipedia

O líquido extracelular (LEC), ocasionalmente chamado de meio extracelular, material extracelular ou espaço extracelular é todo líquido corporal que se encontra no exterior das células, mas que faz parte do metabolismo de um organismo pluricelular. É termo genérico e abrangente. Além do líquido intersticial, o sangue, o Líquido cefalorraquidiano, a linfa, o líquido surfactante pleural, o líquido peritoneal são exemplos de componentes do líquido extracelular. Seu conteúdo médio no corpo varia na base dos 15L - dos quais 3L se encontram na porção plasmática e 12L na porção intersticial. A urina, por exemplo, apesar de encontrar-se dentro do organismo, não é constituinte do líquido extracelular por não fazer parte do metabolismo. É através do líquido extracelular e de seus componentes que as células realizam suas trocas metabólicas. Há diferenças constitucionais fundamentais entre o líquido extracelular e os líquidos intracelulares. Por exemplo, no organismo humano, ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Líquido_extracelular

*  Acesse o Fale Conosco Transitions | Quem Somos e a Imprensa óptica

Por que acessar as notícias de lentes Transitions, Guia de notícias das lentes Transitions, Leia as notíciassobre Transitions
transitions.com/pt-br/quem-somos/news/

*  Pela dignidade da Cultura

O Ministério da Cultura reduzido a Secretaria de Estado; um corte de quase um terço no orçamento da Cultura; os organismos de produção artística do sector público amalgamados num monstro ingerível; os concursos para apoio à produção de Cinema suspensos; cortes unilaterais de 30% nos subsídios já contratualizados com os produtores artísticos; extinção dos cargos de Portugal junto da UNESCO e de pre...sidente da Comissão Nacional da UNESCO; e agora a agência noticiosa do Estado a suprimir a secção de Cultura. O que esta gente tem pela Cultura já não é só desprezo, é uma espécie de alergia militante que ora inspira alguma repulsa ou, noutra óptica, pode até despertar uma certa comiseração, porque revela sobretudo um primarismo e uma grosseria essencial confrangedores. Mais do que uma visão cultural de Direita, que em si mesma teria uma legitimidade própria, esta gente faz gala de ostentar uma rejeição liminar da dignidade da Cultura, a lembrar a frase célebre do ...
reporter--x.blogspot.com/2012/01/pela-dignidade-da-cultura.html

*  Equipe Carbono 14: Outros Métodos de Datação

Caso Interessante: Pesquisadores da USP e do Piauí dataram por ressonância pinturas rupestres neste estado encontrando 35.000 anos. Estrangeiros dataram por Carbono 14, encontrando 3.800 anos. As teorias atuais indicam que o continente Americano foi ocupado a cerca de 12.000 anos atrás.. - Aminoácidos. Serve para seres vivos. Utiliza a peculiaridades da Química: Isomeria óptica.. Novos métodos estão constantemente sendo desenvolvidos.. ...
equipecarbono14.blogspot.com/2010/05/outros-metodos-de-datacao.html

*  Atrofia óptica - Wikipedia

Atrofia óptica é a perda de algumas ou da maioria das fibras do nervo óptico. Na medicina, atrofia significa normalmente "encolhido mas capaz de recrescer ", assim alguns discutem que atrofia óptica como um termo patológico está um pouco errado, usando assim Neuropatia óptica. Pode haver sintomas associados com perda de visão (embora pode haver uma dificuldade particular com visão em cores). Atrofia óptica bilateral: Perda de visão e descoloração de discos em ambos os olhos. Esta é uma forma genérica e pode ser herdada. Atrofia óptica pode ser congênita ou adquirida. Se congênito, é normalmente hereditário com um início de deterioração na infância e pode ser acompanhado através de nistagmos. A neuropatia óptica hereditária de Leber, (LHON) ou atrofia óptica de Leber é hereditária, mas tipicamente tem seu início entre 20-30 anos e tem maior incidência em homens. Isto ocorre devido à uma mutação do genoma mitocondrial e conseqüentemente é passada exclusivamente ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Atrofia_óptica

*  Nervo oculomotor - Wikipedia

O nervo oculomotor ou motor ocular comum constitui, com o homólogo contralateral, o terceiro (III) par de nervos cranianos e um dos três pares de nervos oculomotores, sendo os outros o nervo troclear e o nervo abducente É responsável pela maioria da movimentação ocular extrínseca. Controla a movimentação dos músculos reto medial, reto superior, reto inferior, elevador da pálpebra superior e oblíquo inferior. O III par de nervos cranianos é responsável também pela inervação dos músculos intrínsecos do bulbo ocular. Fossa inter-peduncular O nervo oculomotor terá origem na face medial do pedúnculo cerebral, dispondo-se entre os corpos maxilares e a ponte Fissura orbital superior Nuclea motor principal - Substância cinzenta periaquedutal do mesencefalo Nucleo parassimpático acessório de Edinger-Westphal - atrás do nucleo motor principal 1. Machado, Angelo. Neuroanatomia Funcional. 2.ª edição. ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Nervo_oculomotor

*  Nervo ciático - Wikipedia

O nervo ciático ou nervo isquiático é o principal nervo dos membros inferiores. Ele controla as articulações do quadril, joelho e tornozelo, e também os músculos posteriores da coxa e os músculos da perna. O nervo ciático é o mais espesso de todos os nervos do corpo humano - liga o hálux à região lombar -, mas a fama não vem de seu comprimento, e sim da dor causada por ele, a ciatalgia, que atinge cerca de 15% da população e pode causar muito desconforto. Como o ciático é responsável pela inervação dos membros inferiores, a dor pode ocorrer em vários lugares; os mais comuns, no entanto, são a região glútea posterior, o dedão do pé e a face lateral da coxa e da perna. A dor causada por compressão ou irritação do nervo ciático por causa de um problema nas costas é chamada de ciática. As causas mais comuns de ciática incluem os problemas na região lombar: hérnia de disco, doença discal degenerativa, estenose ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Nervo_ciático

*  O que é dor no nervo ciático? | eHow Brasil

O que é dor no nervo ciático?. A dor na parte inferior das costas pode resultar de muitas causas, como um músculo tenso por esforço excessivo, rigidez por ficar sentado muito tempo ou pode ser um problema com o nervo ciático.
ehow.com.br/dor-nervo-ciatico-sobre_92600/

*  Os efeitos da eletroestimulação na regeneração do nervo isquiático de ratos...

Objetivo: avaliar os efeitos da eletroestimulação (EE) sobre a regeneração nervosa e recuperação funcional de ratos submetidos à lesão do nervo isquiático. Métodos: quinze ratos wistar foram distribuídos em três grupos (n=5): controle (GC), desnervado (GD) e desnervado com eletroestimulação (GD+E). O protocolo de EE consistiu em uma sessão diária de 30 minutos, por 42 dias. Os parâmetros da EE utilizados foram: corrente exponencial com freqüência de 1Hz, largura de pulso de 100ms e intensidade padronizada a partir da visualização da contração do músculo. A avaliação funcional foi dada pelo índice de funcionalidade do ciático (IFC) realizada no pré-operatório e 7º, 14º, 21º, 28º, 35º e 42º dias pós-operatório e a regeneração axonal foi verificada por meio da análise morfométrica do nervo. Resultados: O IFC do GD e GDE atingiu o valor pré-operatório, respectivamente, no 42º e 35º dia pós-operatório. Os grupos desnervados apresentaram maior densidade ...
repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9124

*  APRENDIZ DE ESPÍRITA: DOUTRINAÇÃO: VARIAÇÕES SOBRE UM TEMA COMPLEXO

É chegado o momento em que o doutrinador tem de se portar com a maior grandeza e tato. Tem de evitar o agravamento das dores, a implantação do desânimo, o esmagamento pelo rolo compressor do arrependimento. Não pode o doutrinador apresentar-se como cobrador da lei, nem como aquele que venceu, afinal. Ao irmão que ali está, mais do que nunca deve servir, oferecer o braço amigo, ainda que também fraco e imperfeito; colocar à disposição do companheiro tão fundamente atingido o abrigo precário e provisório de seu próprio coração, assegurar-lhe o amparo de companheiros mais esclarecidos e competentes, mostrar-lhe que o caminho é longo, mas é possível, é necessário, é o único; que ele terá repouso e instrução. Será preparado para as tarefas que o esperam, reencontrará afeições profundas que pareciam esquecidas. Não se deve afligir ante a aspereza da dor, porque as leis divinas não dosam o resgate acima das nossas resistências e possibilidades. Que chegou, afinal e ...
aprendizdeespirita.blogspot.com/2012/01/doutrinacao-variacoes-sobre-um-tema.html

*  Xerodermia pigmentosa - Wikipedia

Xeroderma pigmentoso (Xeroderma pigmentosum), é uma desordem genética de reparação do DNA/ADN, na qual a capacidade normal do organismo para remover o dano causado pela radiação ultravioleta (UV) é deficiente. Isto pode levar a múltiplos Carcinomas basocelulares, carcinomas espino celulares e mesmo melanomas (três tipos de cânceres), em idade precoce. Em casos severos, é necessário evitar por completo a exposição à luz solar e a outras fontes de radiação ultravioleta. Curto tempo debaixo do sol pode causar queimaduras e a ferida permanece durante semanas. Presença de pigmento preto na pele. Envelhecimento prematuro nas áreas expostas ao sol. Pele excessivamente seca. 15%~20% dos pacientes apresentam degeneração do sistema nervoso. Cegueira em razão de lesões nos olhos ou de cirurgias na região ocular. Perda de audição (relacionada com a degeneração do sistema nervoso). A doença atinge cerca de 1 a 2 indivíduos a cada 100.000 pessoas. Defeito em pelo menos um entre ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Xerodermia_pigmentosa

*  Anais Brasileiros de Dermatologia - Urticária pigmentosa em adulto com apresentação clínica exuberante

Revista Online - Anais Brasileiros de Dermatologia | Publicação oficial da Sociedade Brasileira de Dermatologia, a segunda maior sociedade dermatológica do mundo com mais de 5.000 associados, o periódico Anais Brasileiros de Dermatologia é editado desde 1925 e publicado bimestralmente. Representa a mais ampla e significativa fonte de informação científica na área de Dermatologia em toda América Latina.
anaisdedermatologia.org.br/detalhe-artigo/10136/Urticaria-pigmentosa-em-adulto-com-apresentacao-clinica-exuberante

*  Mastocitose - Wikipedia

ervas medicinais Planta medicinal usada principalmente na forma de cataplasma para queimaduras, queimaduras solares e bronquite. Leia mais Mastocitose Sistêmica (systemic mastocytosis) é a nomenclatura que define um grupo de doenças caracterizadas pela proliferação e acúmulo de mastócitos em vários órgãos, além de diversos tecidos do corpo. O subtipo mais frequente em crianças, especialmente do sexo masculino, é a urticária pigmentosa, que se caracteriza por lesões cutâneas que produzem prurido e inflamação ao contato, inclusive com ardor, como por exemplo uma queimadura produzida por fogo em alguns casos. Nos adultos a forma mais comum é a mastocitose sistêmica indolente, que afeta a pele e outros órgãos. Os sintomas são variáveis; o mais frequente é o ardor na pele, sendo mais raro o ardor e vermelhidão em partes do corpo, tais como o rosto, as orelhas, as mãos, o nariz, as pálpebras, o peito e os pés. Em consequência, a dor similar a uma queimadura poderá surgir ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Mastocitose

*  DIVERSIDADE NA SURDEZ | Compartilhando

Acessibilidade para todos os surdosSô RamiresHá surdos que se comunicam usando a língua brasileira de sinais, libras, para esses é necessário janela de libras nos audiovisuais e intérpretes para comunicação em geral. Como não fazem parte da minha vivência cotidiana desconheço se têm outras necessidades de comunicação. E lembro que muitos usuários de libras também…
https://vergaranunes.wordpress.com/2013/04/18/diversidade-na-surdez/

*  GRUPO RETINA SÃO PAULO

A RETINA. Numa comparação com uma máquina fotográfica, nossa retina seria o filme fotográfico. As células fotorreceptoras da retina são responsáveis por transformar a luz em impulso elétrico, que será enviado ao cérebro através do nervo óptico.. Existem dois tipos de células fotorreceptoras na retina: os cones e os bastonetes. Os cones são responsáveis pela visão no claro, visão de cores, de detalhes e estão localizados na mácula, área central da retina.. Os bastonetes precisam de pouca luz para funcionar e, por estarem localizados na área mais periférica da retina, são responsáveis pelo campo de visão periférico.. O funcionamento das células fotorreceptoras depende muito do funcionamento das células do epitélio pigmentário da retina.. Os vasos sangüíneos trazem oxigênio e nutrição para a retina ...
gruporetina.org.br/olho.htm

*  1° Mês de vida do Bebê

Nesse início de vida, o bebê não controla nem a musculatura dos olhos. De todos os seus sentidos, a visão é a menos desenvolvida, por não ter sido exigida durante a gestação. No recém-nascido, seu alcance é de 20 a 30 centímetros, mais ou menos a distância entre o rosto do bebê e o da mãe na hora da amamentação. A criança não consegue focalizar objetos além dessa medida. As imagens são embaçadas e duplas porque as duas retinas ainda não estão unidas. O bebê é míope. Para ajudar nesse avanço, coloque móbiles coloridos sobre o berço. O olhar do bebê é atraído por objetos em movimento e de cores contrastantes, como preto e branco. Aos 6 meses, a visão estará quase igual à de um adulto. A audição do recém-nascido, ao contrário, é tão boa quanto a dos pais, porque começa a se desenvolver a partir do quinto mês de gestação. O feto escuta os movimentos dos órgãos maternos. A batida do coração da mãe gera ruídos que podem alcançar 95 decibéis. Tanto ...
minhafamiliameumundo.blogspot.com/2010/08/1-mes-de-vida-do-bebe.html

*  Pressão intraocular - Wikipedia

Pressão Intraocular é a pressão dentro do olho. Tonometria é o método usado por profissionais de oftalmologia para determinar a pressão intraocular. Esta medição é um importante aspecto na avaliação de pacientes com risco de glaucoma. A maioria dos tonômetros são calibrados para medir pressão em milímetros de mercúrio (mmHg). O consenso atual entre os oftalmologistas define a pressão intraocular normal entre 10 mmHg e 20 mmHg. O valor médio da pressão intraocular é 15.5 mmHg, com as flutuações de cerca de 275 mmHg. A hipertensão ocular é definida por uma pressão intraocular, sendo maior do que o normal, na ausência de lesão do nervo óptico ou perda de campo visual. A hipotonia, ou hipotonia ocular, é geralmente definida como a pressão intraocular, igual ou inferior a 5 mmHg. Baixa pressão intraocular como esta pode indicar a fuga de fluido e a deflação do globo ocular. Pressão intraocular é medida com um tonômetro, como parte de um exame oftalmológico ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Pressão_intraocular

*  Prefeitura de Pintadas realiza Mutirão de combate ao glaucoma - VR14 | Um jeito jovem de fazer comunicação

São doenças oculares causada pela lesão ótica, em razão de pressão ocular alta. São grupos de doenças distintas que provocam danos severos ao nervo ótico e perda da visão. O nervo atingido tem as células da retina diminuídas, responsáveis por enviar os impulsos nervosos ao cérebro. A pressão intra-ocular elevada é um fator de risco significativo para o desenvolvimento do quadro, porém não existe uma relação direta entre determinado valor da pressão intra-ocular e o aparecimento da doença. Ou seja, enquanto em alguns casos o dano no nervo surge com pressões relativamente baixas, em outros pode haver pressão intra-ocular elevada durante muito tempo, sem lesões aparentes. ...
vr14.com.br/2017/09/mutirao-de-combate-ao-glaucoma-vai-ate.html

*  Bloquear Plagio

Qual minha quest o: Bom Quero saber Se h Uma maneira de Bloquear PLAGIO No Meu Forum (CTR +C) Tamb m Quero Bloquear Bot o direito do Mouse.. H Algum codigo
ajuda.forumeiros.com/t56153-bloquear-plagio

*  O que você precisa saber sobre conjuntivites? | Oftalmologia Mutton Sorocaba

A queixa mais comum nos consultórios oftalmológicos é a irritação ocular, os olhos vermelhos. Eles acometem pessoas de qualquer idade e em ambos os sexos. Olho
oftalmologiamutton.com.br/conjuntivites/

*  3 Formas de Sorrir com os Olhos - wikiHow

Como Sorrir com os Olhos. O domínio do sorriso com os olhos, chamado de 'sorriso Duchenne', é vital para quem quer sorrir da maneira mais sincera possível. Quando você põe os olhos para trabalhar, e não apenas a boca, seu sorriso ganha o po...
pt.wikihow.com/Sorrir-com-os-Olhos

*  18mm 1.5W 50lm 700nm LED cor-de-rosa carro águia olhos luz (12V, 2PCS) - Frete Grátis - DealExtreme

Apenas US$6,39, compre 18mm 1.5W 50lm 700nm LED cor-de-rosa carro águia olhos luz (12V, 2PCS) na DealExtreme com frete grátis agora!
dx.com/pt/p/18mm-1-5w-50lm-700nm-led-pink-car-daytime-running-lamp-decorative-eagle-eyes-light-12v-2pcs-383775

*  Comer muito sal faz mal aos olhos e a tireoide!!

Segundo os médicos, a falta de cuidado com o que se come e o envelhecimento da população esta aumentando o número de pessoas com alterações na membrana no fundo do olho, o que aumenta o risco de perder a visão. ...
aninhahmakeup.blogspot.com/2011/09/comer-muito-sal-faz-mal-aos-olhos-e.html

*  Olhos de Zepra: Solidão.

Taciturna a noite de esplêndida macomonia,entre as tuas dores e as horas de suplício. Corcovado a tua espera. A espera de de uma turbina,de uma miragem que me pudesse arrebatar das tuas mãos: Olhos de Zepra ...
olhosdezepra.blogspot.com/2011/11/solidao.html

*  NATUREZA, SAÚDE - COMO FAZER REMÉDIOS CASEIROS: OLHOS CANSADOS REMÉDIO CASEIRO NATURAL

Active os taninos de um sache de chá mergulhando-o num copo de água quente por alguns minutos. Refrigere e aplique o saquinho húmido nos olhos por 10 minutos ...
natursaudavel.blogspot.com/2011/11/olhos-cansados.html

*  De olho no peso

Como o Davi está na fase em que as gordurinhas são tudo de bom, fizemos um pacto - ele me emagrece e eu o engordo. A minha parte estou fazendo direitinho! Hoje ele teve consulta pediátrica e só teve boas notícias. Um ganho excelente de peso, além de ter dado aquela espichada. Em um mês, ele ganhou 820g e 7cm. Em média, os bebês costumam ganhar 700g de peso mensal, de 20 a 30g por dia. O Davi está com 3,855kg e 58cm ...
minhavidaemsemanas.blogspot.com/2011/05/de-olho-no-peso.html

*  Mensagem escondida em foto com o comando copy - Mcsesolution.com

Para fazer uma mensagem com um texto secreto embutido em uma imagem você precisa apenas da foto e de uma arquivo de texto contendo a mensagem,. Crie um arquivo de texto no notepad e salve ...
mcsesolution.com.br/blog/2014/08/31/mensagem-escondida-em-foto-com-o-comando-copy/

*  JORNAL TRIBUNA

Estava a passar os olhos com atenção por vários textos - adiara a leitura de muitos deles para quando tivesse tempo - e comecei a pensar para comigo ...
jornal-tribuna.blogspot.com/2009/03/estava-passar-os-olhos-com-atencao-por.html

*  A presente CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO terá vigência por 12 (doze) meses, á partir de 01 de Abril de 2003, terminando em 31...

6 máximo correspondente àqueles 15 meses, sem que essa liberalidade implique em vínculo empregatício ou quaisquer outros direitos. Nesse caso do empregado que conte mais de 8 anos de trabalho na atual empresa, e quem, concomitante e comprovadamente, falte o máximo de até 21 meses para aposentar-se, aplicam-se as condições acima referidas, até o prazo máximo correspondente àqueles 21 meses. Para fazer jus a esse reembolso, o empregado fica obrigado a comprovar o efetivo pagamento à Previdência Social da contribuição a ser reembolsada ou a entregar à empresa o carne o INSS, para que esta efetue, mensalmente, os aludidos pagamentos. Parágrafo único: Ao empregado que conte concomitante e comprovadamente com mais de 15 anos de serviço na atual empresa, 50 ou mais anos de idade e a quem, concomitante e comprovadamente, falte o máximo de até 12 meses para aquisição do direito à aposentadoria em seus prazos mínimos, será garantido o emprego pelo período faltante ou salário ...
docplayer.com.br/296711-A-presente-convencao-coletiva-de-trabalho-tera-vigencia-por-12-doze-meses-a-partir-de-01-de-abril-de-2003-terminando-em-31-de-marco-de-2004.html

*  Neuropatia óptica hereditária de Leber - Wikipedia

Neuropatia óptica hereditária de Leber ou LHON é uma doença genética, ocasionada por mudanças no DNA mitocondrial, que afeta principalmente o SNC e nervos ópticos. Leber é uma doença caracterizada pela redução da capacidade das mitocôndrias de realizar a fosforilação oxidativa e de gerar ATP. A neuropatia óptica hereditária de Leber (LHON), também conhecida como Atrofia Ótica de Leber (LOA), foi descrita pela primeira vez em 1871 como uma súbita perda de visão em homens jovens com um histórico familiar de cegueira. É a mais comum das Atrofias hereditária Óptica A neuropatia óptica hereditária de Leber (LHON) é uma forma hereditária de perda da visão. Embora esta condição geralmente comece na adolescência de uma pessoa ou aos vinte anos, em casos raros pode aparecer na infância ou mais tarde na vida adulta. Por razões desconhecidas, os homens são afetados mais frequentemente do que as mulheres. Ofuscamento e turvação da visão são geralmente os primeiros ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Neuropatia_óptica_hereditária_de_Leber

*  Fofocas de Beleza: Coloração+Photon hair

A Reconstrução Fotônica, permite que ondas de luz geradas por fóton, em contato com os cabelos, alinhem as moléculas de queratina e água aumentando sua penetração na estrutura do fio capilar, devolvendo aos fios de cabelo suas propriedades naturais, reestruturando a haste danificada. Por se tratar de um tratamento mais profundo e voltado para cabelos danificados, a Reconstrução Fotônica, tem na Nanoqueratinização uma grande aliada para poder devolver mais queratina do que água ao cabelo. Neste processo, a queratina na forma de nanomoléculas juntamente com as moléculas de água e queratina presentes na Queratina RC-1 Control ou Queratina RC-2 Control, sob a ação do fóton, penetram com maior facilidade no fio capilar, possibilitando maior absorção desses dois componentes fundamentais aos cabelos na proporção necessária realizando, ao mesmo tempo, uma reconstrução e hidratação capilar ...
fofocasdebeleza.blogspot.com/2015/04/coloracaophoton-hair.html

*  Nervo mediano - Wikipedia

O nervo mediano é um nervo dos membros superiores em seres humanos e outros animais. Ele é um dos cinco principais nervos provenientes do plexo braquial, mais especificamente dos ramos lateral e medial, e tem contribuições das raízes de C5-C7(lateral) e C8 E T1 (medial). Inerva quase todos os músculos flexores do antebraço, exceto os que o nervo ulnar é responsável (m. flexor ulnar do carpo e porção medial do m. flexor profundo dos dedos). Inerva também os músculos pronadores redondo e quadrado, e quase toda a face palmar cutânea das mãos. Na mão também é responsável pela inervação dos músculos da região tenar, exceto o m. adutor do polegar. O nervo mediano é o único nervo que passa através do túnel do carpo. A Síndrome do túnel do carpo é resultado da compressão crônica do nervo mediano no túnel do carpo. A síndrome leva à disfunção e atrofia dos músculos da região tenar gerando a condição ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Nervo_mediano


visual


  • Essas doenças produzem uma linha vertical no campo visual, resultando em menos de 100% de visibilidade. (wikipedia.org)
  • Na medida em que a doença avança, podem se formar pontos cegos no campo visual central. (wikipedia.org)
  • Uma condiçāo que as vezes produz neve visual é a neurite óptica (inflamação do nervo óptico), causada por esclerose múltipla. (wikipedia.org)
  • Algumas pessoas não conseguem ancontrar nenhuma doença ou evento em suas vidas que podem ter levado a neve visual, afirmando que os sintomas apareceram do nada, ou sempre estiveram com eles. (wikipedia.org)
  • Conseqüentemente, não há possibilidade de haver nenhuma recuperação da atrofia óptica e o termo pode se referir para sério ou moderado, mas sempre há perda visual irreversível devido à danos no nervo óptico. (wikipedia.org)
  • Resultados de perda de visão a partir da morte de células nervosas que nos centros de informação visual dos olhos ao cérebro (o nervo óptico). (wikipedia.org)
  • É uma ferramenta de diagnóstico que auxilia na detecção de distúrbios visuais causados por alterações na retina, especialmente a mácula (por exemplo, degeneração macular, membrana epiretinal), bem como do nervo óptico e do trato visual até o cérebro. (wikipedia.org)
  • Uma versão nas cores azul e amarelo é mais sensível e pode ser usada para testar uma ampla variedade de anomalias do sistema visual, incluindo aquelas associadas com a retina, o nervo óptico e a glândula pituitária. (wikipedia.org)
  • Se a doença não for tratada, o campo visual se estreita cada vez mais, obscurecendo a visão central e finalmente progredindo à cegueira do olho afetado. (wikipedia.org)
  • A hipertensão ocular é definida por uma pressão intraocular, sendo maior do que o normal, na ausência de lesão do nervo óptico ou perda de campo visual. (wikipedia.org)

olho


  • Porção terminal do nervo óptico e sua entrada no olho, numa secção horizontal. (wikipedia.org)
  • É muito frequente que se um olho tem DMRI, o outro olho também desenvolva a doença. (wikipedia.org)
  • Amaurose ou Gota Serena é a perda total da visão, sem lesão no olho em si, mas com afecção do nervo óptico ou dos centros nervosos. (wikipedia.org)
  • Em síntese, trata-se de um quadro agudo desmielinizante.O nervo óptico é o responsável por levar informação do olho até o cérebro. (wikipedia.org)
  • O diagnóstico é feito pelo exame de fundo de olho, que mostra um aumento da escavação do disco ótico, indicando dano ao nervo ótico. (wikipedia.org)

neurite


  • Neurite óptica ou neurite retrobulbar é a inflamação do nervo óptico que pode causar uma perda súbita da visão (geralmente unilateral). (wikipedia.org)
  • Em inúmeras circunstâncias, o aparecimento da neurite óptica, menos do que uma patologia em si, constitui uma primeira manifestação de Esclerose Múltipla. (wikipedia.org)
  • Sendo associada ou não a doenças sistêmicas, a Neurite óptica é desencadeada por uma reação auto -imune resultando em desmielinização deste nervo, impedindo que a informação seja transmitida de maneira eficaz. (wikipedia.org)

sintomas


  • Os sintomas mais comuns na Doença de Behçet são: Quase todos os doentes com Behçet sofrem de úlceras (aftas) orais, idênticas às que ocorrem em muitas pessoas que não são afectadas pela doença. (wikipedia.org)
  • Ofuscamento e turvação da visão são geralmente os primeiros sintomas desta doença. (wikipedia.org)
  • Esclerose múltipla (EM), ou esclerose em placas também designada por "esclerose disseminada", é uma doença desmielinizante de etiologia ainda desconhecida, caracterizada por uma reacção inflamatória na qual são danificadas as bainhas de mielina que envolvem os axónios dos neurónios cerebrais e medulares, levando à sua desmielinização e ao aparecimento de um vasto quadro de sinais e sintomas. (wikipedia.org)
  • depende do sub-tipo da doença, da característica individual da doença, dos sintomas iniciais e do grau de degenerescência que o indivíduo apresenta à medida que a doença progride. (wikipedia.org)
  • A sífilis pode causar sintomas semelhantes a várias outras doenças. (wikipedia.org)

retina


  • A degeneração macular relacionada à idade (DMRI) é uma doença degenerativa da retina que provoca uma perda progressiva da visão central e leva a cegueira. (wikipedia.org)
  • A retina é composta de células nervosas que leva a imagem através do nervo óptico para que o cérebro as interprete. (wikipedia.org)
  • Amaurose também ocorre no deslocamento da retina, na região da mácula, decorrente de neovasos originados secundariamente a doença diabética. (wikipedia.org)
  • Escotomas podem ser patológicos quando decorrem de uma diversidade de condições que acometem a retina (principalmente sua área sensível, a mácula) ou o nervo óptico. (wikipedia.org)
  • Causas comuns de escotomas podem incluir doenças desmielinizantes como esclerose múltipla, substâncias tóxicas como álcool metílico, etambutol e quinino, deficiências nutricionais e isquemias vasculares tanto na retina quanto no nervo óptico. (wikipedia.org)
  • Josef Flammer é um especialista em glaucoma que desenvolveu um novo conceito patogênico conforme o dano glaucomatoso a que o fornecimento de sangue instável leva ao estresse oxidativo, que por sua vez, desempenha um papel importante na apoptose (morte celular) das células do nervo óptico e da retina em pacientes com glaucoma. (wikipedia.org)

causada


  • Alternativamente, atrofia óptica congênita pode ser causada por uma falta de oxigênio durante gravidez, labute ou nos primeiros dias de vida de uma criança. (wikipedia.org)
  • A neuropatia óptica hereditária de Leber é uma doença causada por alterações no DNA mitocondrial. (wikipedia.org)
  • Sífilis é uma doença sexualmente transmissível causada pela subespécie pallidum da bactéria Treponema pallidum. (wikipedia.org)

perda


  • Os resultados de um grande estudo de dois anos mostraram que o Lucentis interrompeu a perda de visão em mais de 90% dos indivíduos com a forma úmida da doença. (wikipedia.org)
  • Atrofia óptica é a perda de algumas ou da maioria das fibras do nervo óptico. (wikipedia.org)
  • Atrofia óptica bilateral: Perda de visão e descoloração de discos em ambos os olhos. (wikipedia.org)
  • A neuropatia óptica hereditária de Leber (LHON), também conhecida como Atrofia Ótica de Leber (LOA), foi descrita pela primeira vez em 1871 como uma súbita perda de visão em homens jovens com um histórico familiar de cegueira. (wikipedia.org)
  • É a mais comum das Atrofias hereditária Óptica A neuropatia óptica hereditária de Leber (LHON) é uma forma hereditária de perda da visão. (wikipedia.org)
  • A doença pode manifestar-se através de praticamente qualquer sintoma neurológico, dependente da localização da placa de desmielinização, e frequentemente evolui com a perda de capacidades físicas e cognitivas. (wikipedia.org)
  • Glaucoma é uma designação genérica a um grupo de doenças oculares distintas que provocam danos ao nervo ótico e perda da visão. (wikipedia.org)

esclerose


  • Doenças como a esclerose múltipla também podem gerar amaurose nos pacientes. (wikipedia.org)

algumas


  • Existem algumas doenças como a esclerite que causam cegueira parcial. (wikipedia.org)
  • Algumas drogas tomadas durante gravidez também são associadas com atrofia óptica. (wikipedia.org)
  • Pacientes com doença macular podem ver linhas onduladas ou algumas linhas podem estar faltando. (wikipedia.org)

pessoas


  • Segundo dados da Foundation Fighting Blindness, 10 milhões de pessoas nos EUA tem DMRI ou possuem risco considerável de desenvolver a doença. (wikipedia.org)
  • Em segundo, alguma coisa no ambiente, possivelmente uma bactéria ou vírus, pode desencadear ou activar a doença em pessoas susceptíveis. (wikipedia.org)
  • A Doença de Behçet afecta as pessoas de forma diferente. (wikipedia.org)
  • As úlceras genitais afectam mais de metade das pessoas com Doença de Behçet, nos homens estas são mais comuns no escroto e nas mulheres, na vulva. (wikipedia.org)
  • Muitas vezes, as pessoas que desenvolvem as características de neuropatia óptica hereditária de Leber não têm história familiar da doença. (wikipedia.org)
  • Estima-se 2 milhões de pessoas afetadas pela doença nos Estados Unidos, 900 mil no Brasil e 100 mil em Portugal. (wikipedia.org)

caracterizada


  • A inflamação é uma reacção típica do organismo quando existe uma lesão ou doença e é caracterizada por quatro processos: inchaço, rubor (vermelhidão), calor e dor. (wikipedia.org)
  • Leber é uma doença caracterizada pela redução da capacidade das mitocôndrias de realizar a fosforilação oxidativa e de gerar ATP. (wikipedia.org)
  • Existem duas apresentações para esta doença: Infantil - de início precoce na infância, caracterizada pela presença de hipertonia, irritabilidade, convulsões, atrofia do nervo óptico até o primeiro ano e retardo mental grave. (wikipedia.org)

incluindo


  • Pesquisadores descobriram novas causas da doença, incluindo fatores genéticos e ambientais além de possíveis indicadores de risco. (wikipedia.org)

embora


  • Embora sejam plenamente conhecidos os mecanismos envolvidos no desenvolvimento da doença, a causa é ainda desconhecida. (wikipedia.org)
  • Entre cada ataque, a sintomatologia pode desaparecer por completo, embora normalmente se verifiquem sequelas neurológicas permanentes, sobretudo à medida que a doença progride. (wikipedia.org)
  • São alterações características da doença, embora não estabelecido relação entre a causa e as manifestações clínicas da síndrome. (wikipedia.org)

glaucoma


  • Por outro lado, danos ao nervo ótico podem ocorrer com PIO dentro dos limites da normalidade, no chamado glaucoma de pressão normal. (wikipedia.org)
  • Em alguns casos está associado, ou predispõe ao desenvolvimento de doenças, tais como o glaucoma em tensão arterial normal. (wikipedia.org)
  • Em certos casos, é associada com ou predispõe para o desenvolvimento de doenças tais como: o glaucoma de tensão normal. (wikipedia.org)

desenvolvimento


  • Em inglês, a palavra foi usada pela primeira vez em 1587, mas não era de uso corrente até depois de 1850, quando o desenvolvimento do oftalmoscópio passou a permitir o exame do nervo ótico. (wikipedia.org)

atrofia


  • Na medicina, atrofia significa normalmente "encolhido mas capaz de recrescer ", assim alguns discutem que atrofia óptica como um termo patológico está um pouco errado, usando assim Neuropatia óptica. (wikipedia.org)
  • Atrofia óptica pode ser congênita ou adquirida. (wikipedia.org)
  • A neuropatia óptica hereditária de Leber, (LHON) ou atrofia óptica de Leber é hereditária, mas tipicamente tem seu início entre 20-30 anos e tem maior incidência em homens. (wikipedia.org)

seja transmitida


  • ou seja, que pode ser devida a um ou mais genes específicos (mas isto não significa que seja transmitida como uma doença hereditária). (wikipedia.org)

exemplo


  • As diferenças regionais são um facto bem conhecido na Doença de Behçet, por exemplo a frequência de lesões gastrointestinais é elevada nos casos reportados no Japão mas são raras nas populações da Europa e do Mediterrâneo. (wikipedia.org)

tratamento


  • Se tratado precocemente, é possível retardar ou frear a progressão da doença, utilizando-se terapia medicamentosa, tratamento a laser ou cirurgia com o objetivo de reduzir a PIO. (wikipedia.org)

geralmente


  • A doença manifesta-se geralmente em jovens adultos e é mais frequente em mulheres numa razão de cerca de 3:1. (wikipedia.org)

Alguns


  • A incidência por sexo da doença varia de país para país, os homens são mais afectados que as mulheres na Turquia e países árabes, e a proporção é usualmente duas a três vezes mais comum em homens, enquanto que no Japão e em alguns países europeus as mulheres são mais afectadas. (wikipedia.org)

nervos


  • Neuropatia óptica hereditária de Leber ou LHON é uma doença genética, ocasionada por mudanças no DNA mitocondrial, que afeta principalmente o SNC e nervos ópticos. (wikipedia.org)
  • Estabeleceram recentemente uma conexão entre os fatores genéticos subjacentes a uma estrutura neuronal específica e como esses dois fatores pertencem à função do neurônio examinando os nervos ópticos em Drosophila melanogaster. (wikipedia.org)

Ainda


  • Ainda, uma variedade de doenças (ex. (wikipedia.org)
  • Ainda não está claro como estas mudanças genéticas causam a morte de células do nervo óptico e levam as características específicas de neuropatia óptica hereditária de Leber. (wikipedia.org)

principalmente


  • Trata-se de uma doença autossômica relacionada às propriedades enzimáticas dos peroxissomos, organelas presentes em todas as células do organismo (principalmente no fígado, rins e fibroblastos), o que explica a grande variedade de manifestações clínicas presentes na síndrome. (wikipedia.org)

qualquer


  • No caso da doença de Behçet estas inflamações podem afectar qualquer estrutura do organismo humano. (wikipedia.org)

desenvolver


  • Os médicos acreditam na existência de dois factores importantes para desenvolver Doença de Behçet. (wikipedia.org)

nenhuma


  • O nervo óptico é parte do sistema nervoso e não tem nenhuma capacidade de regeneração. (wikipedia.org)

sangue


  • A descoberta de que é uma doença mitocondrial levou a um exame de sangue diagnóstico molecular genético. (wikipedia.org)

forma


  • A família da CDP inclui a forma autossômica dominante conhecida como doença de Conradi-Hünnermann (CDPX2), a forma autossômica recessiva (rizomélica), forma que será mais debatida a posteriori e as formas ligadas ao X recessivo (CDPX1). (wikipedia.org)

casos


  • A DMRI seca é responsável por aproximadamente 90% de todos os casos da doença. (wikipedia.org)

mulheres


  • A Doença de Behçet pode afectar homens e mulheres de todas as idades, mas desenvolve-se mais frequentemente entre os 20 e aos 40 anos. (wikipedia.org)
  • Doenças mitocondriais podem aparecer em todas as gerações de uma família e pode afetar tanto homens quanto mulheres, mas os pais não passam traços mitocondriais para suas crianças. (wikipedia.org)

comuns


  • Escotomas menos comuns mas igualmente perigosos são aqueles causados por tumores como os da glândula pituitária (hipófise), que pode comprimir o nervo óptico ou interferir com sua irrigação sanguínea. (wikipedia.org)

sistema


  • Normalmente o sistema imunitário protege o organismo de doenças e infecções atacando germes e vírus, mas quando uma reacção autoimune se desenvolve o sistema imunitário ataca e danifica os seus próprios tecidos. (wikipedia.org)

relacionada


  • A Doença de Behçet não é infecciosa nem cancerosa nem está relacionada com o HIV. (wikipedia.org)

foram


  • Marcadores cromossomo X foram encontrados que podem influenciar o resultado da doença em portadores. (wikipedia.org)

grande


  • A doença de Behçet é uma vasculite sistémica (inflamação dos vasos sanguíneos de pequeno e grande calibre. (wikipedia.org)