Doença de Graves: Forma comum de hipertireoidismo associado com BÓCIO hiperplásico difuso. É um transtorno autoimune que produz anticorpos contra RECEPTORES DO HORMÔNIO TIREOESTIMULANTE. Estes autoanticorpos ativam o receptor de TSH, que por sua vez, estimula a GLÂNDULA TIREOIDE e a hipersecreção de HORMÔNIOS TIREÓIDEOS. Estes autoanticorpos também podem afetar os olhos (OFTALMOPATIA DE GRAVES) e a pele (dermopatia de Graves).Antitireóideos: Fármacos usados para tratar o hipertireoidismo, pela redução da produção excessiva dos hormônios tireoidianos.Imunoglobulinas Glândula Tireoide-Estimulantes: Autoanticorpos que se ligam ao receptor do hormônio estimulante da tireoide (TSH) (RECEPTORES DA TIREOTROPINA) nas células epiteliais da tireoide. Os autoanticorpos mimetizam o TSH causando a produção desregulada dos hormônios tireoidianos, característica da DOENÇA DE GRAVES.Metimazol: Antitireoidiano tioureileno que inibe a formação dos hormônios da tireoide ao interferindo com a incorporação do iodo nos resíduos tirosílicos da tireoglobulina. Isso é feito por interferência com a oxidação do íon iodeto e dos grupos de iodotirosil através da inibição da enzima peroxidase.Receptores da Tireotropina: Proteínas de superfície celular que ligam a TIROTROPINA hipofisária (também denominada hormônio estimulador da tireoide ou TSH) e disparam alterações intracelulares das células alvo. Os receptores TSH estão presentes no sistema nervoso e em células alvo na glândula tireoide. Os autoanticorpos para esses receptores estão envolvidos nas doenças tireoidianas, como a DOENÇA DE GRAVES e doença de Hashimoto (TIREOIDITE AUTOIMUNE).Glândula Tireoide: Glândula endócrina altamente vascularizada, constituída por dois lobos (um em cada lado da TRAQUEIA) unidos por um feixe de tecido delgado. Secreta os HORMÔNIOS TIREOIDIANOS (produzidos pelas células foliculares) e CALCITONINA (produzida pelas células para-foliculares), que regulam o metabolismo e o nível de CÁLCIO no sangue, respectivamente.Tireoidite Autoimune: Doença inflamatória da GLÂNDULA TIREOIDE devido a respostas autoimunes levando à infiltração linfocítica da glândula. Caracteriza-se pela presença de CÉLULAS T específicas para o antígeno tireóideo circulante e AUTOANTICORPOS da tireoide. Os sinais clínicos podem variar do HIPOTIREOIDISMO à TIROTOXICOSE dependendo do tipo da tireoidite autoimune.Propiltiouracila: Agente antitireóideo com tioureia. A propiltiouracila inibe a síntese de tiroxina e inibe a conversão periférica de tiroxina a tri-iodotironina. É usada no tratamento do hipertireoidismo.Oftalmopatia de Graves: Transtorno autoimune do OLHO ocorrendo em pacientes com a doença de Graves. Os subtipos incluem congestivo (inflamação do tecido conjuntivo orbital), miopático (inchaço e disfunção dos músculos extraoculares) e oftalmopatia congestiva-miopática mista.Carbimazol: Agente imidazólico antitireóideo. O carbimazol é metabolizado a METIMAZOL, que é responsável pela atividade antitireóidea.Tireotoxicose: Síndrome hipermetabólica causada por excesso de HORMÔNIOS TIREÓIDEOS, cuja fonte pode ser endógena ou exógena. A fonte endógena pode ser HIPERPLASIA da tireoide, NEOPLASIAS DA GLÂNDULA TIREOIDE ou produção de hormônio por tecido extratireóideo. A tireotoxicose caracteriza-se por nervosismo, TAQUICARDIA, FADIGA, PERDA DE PESO, intolerância ao calor e SUDORESE excessiva.Doença de Hashimoto: Tiroidite autoimune crônica caracterizada pela presença de um nível sérico elevado de AUTOANTICORPOS contra a tireoide, BÓCIO e HIPOTIROIDISMO.Exoftalmia: Protrusão anormal de ambos os olhos; pode ser causada por mau funcionamento das glândulas endócrinas, doenças malignas, lesões ou paralisia dos músculos extrínsecos do olho.Tireoidite Subaguda: Afecção inflamatória de remissão espontânea da GLÂNDULA TIREOIDE, caracterizada por FEBRE, FRAQUEZA MUSCULAR, DOR DE GARGANTA, DOR tireóidea forte e glândula aumentada com lesão contendo CÉLULAS GIGANTES. A doença frequentemente vem após uma infecção viral.Tiroxina: Principal hormônio derivado da glândula tireoide. A tireoxina é sintetizada via iodação das tirosinas (MONOIODOTIROSINA) e união das iodotirosinas (DI-IODOTIROSINA) na TIREOGLOBULINA. A tiroxina é liberada da tireoglobulina por proteólise e secretada no sangue. A tireoxina é desiodada perifericamente para formar a TRIIODOTIRONINA que exerce um amplo espectro de efeitos estimulantes no metabolismo celular.Mixedema: Afecção causada por deficiência no nível dos HORMÔNIOS TIREÓIDEOS e caracterizada por um tipo ceroso de EDEMA seco, com depósito anormal de MUCOPOLISSACARÍDEOS na PELE e outros tecidos. A pele se torna entumecida ao redor dos olhos e nas bochechas, e a face é parva e sem expressão, com lábios e nariz mais espessos.Tireoidite: Doenças inflamatórias da GLÂNDULA TIREOIDE. A tireoidite pode ser classificada em aguda (TIREOIDITE SUPURATIVA), subaguda (granulomatosa e linfocítica), fibrosa crônica (de Riedel), linfocítica crônica (DOENÇA DE HASHIMOTO), transitória (TIREOIDITE PÓS-PARTO) e outros subtipos de TIREOIDITE AUTOIMUNE.Tireotropina: Hormônio glicoproteico secretado pela ADENO-HIPÓFISE. A tireotropina estimula a GLÂNDULA TIREOIDE ao aumentar o transporte de iodo, a síntese e liberação de hormônios tireóideos (TIREOXINA e TRI-IODOTIRONINA). A tireotropina consiste em duas subunidades, alfa e beta, ligadas não covalentemente. Dentro de uma espécie, a subunidade alfa é comum nos hormônios glicoproteicos hipofisários (TSH, HORMÔNIO LUTEINIZANTE e FSH), porém a subunidade beta é única e confere sua especificidade biológica.Testes de Função Tireóidea: Exames sanguíneos usados para avaliar o funcionamento da glândula tireoide.Autoanticorpos: Anticorpos que reagem com AUTOANTÍGENOS do organismo que os produziu.Hipertireoidismo: Hipersecreção dos HORMÔNIOS TIREÓIDEOS, produzidos pela GLÂNDULA TIREOIDE. Níveis elevados destes hormônios aceleram a taxa (ritmo) do METABOLISMO BASAL.Tireoidectomia: Remoção cirúrgica da glândula tireoide.Doenças da Glândula Tireoide: Processos patológicos envolvendo a GLÂNDULA TIREOIDE.Bócio Nodular: GLÂNDULA TIREOIDE aumentada, com vários nódulos (NÓDULO DA GLÂNDULA TIREOIDE), geralmente resultando de HIPERPLASIA tireóidea recorrente e involução (por muitos anos) que produz o crescimento irregular. Bócios multinodulares podem ser não tóxicos ou podem induzir TIREOTOXICOSE.TireoglobulinaTri-Iodotironina: Hormônio tireóideo T3 normalmente sintetizado e secretado pela glândula tireoide em quantidades menores que a tiroxina (T4). A maior parte do T3 é derivada da monodesiodação periférica do T4 na posição 5' do anel externo do núcleo iodotironina. O hormônio, principalmente o T3 é finalmente levado e utilizado pelos tecidos.Bócio: Aumento na GLÂNDULA TIREOIDE que pode crescer de aproximadamente 20 até centenas de gramas em pessoas adultas. O bócio é observado em indivíduos com função tireóidea normal (eutireoidismo), deficiência tireóidea (HIPOTIREOIDISMO) ou produção excessiva de hormônio (HIPERTIREOIDISMO). O bócio pode ser congênito ou adquirido, esporádico ou endêmico (BÓCIO ENDÊMICO).Radioisótopos do Iodo: Isótopos de iodo instáveis que se decompõem ou desintegram emitindo radiação. Átomos de iodo com pesos atômicos de 117 a 139, exceto I-127, são radioisótopos do iodo.Hormônios Tireóideos: Hormônios naturais secretados pela GLÂNDULA TIREOIDE, como TIROXINA, e seus análogos sintéticos.Iodeto Peroxidase: Hemeproteína que catalisa a oxidação do radical iodeto a iodo com a subsequente iodação de muitos compostos orgânicos, particularmente proteínas. EC 1.11.1.8.Crise Tireóidea: Estado hipermetabólico que ameaça e é perigoso à vida, caracterizado por FEBRE alta e disfunção dos sistemas cardiovascular, nervoso e gastrointestinal.Hipotireoidismo: Síndrome clínica resultante da secreção anormalmente baixa dos HORMÔNIOS TIREÓIDEOS da GLÂNDULA TIREOIDE. Leva a uma diminuição nos processos metabólicos e, em sua forma mais severa, ao acúmulo de mucopolissacarídeos na pele, causando um EDEMA conhecido como MIXEDEMA.Órbita: Cavidade óssea que segura o globo ocular e seus tecidos associados e apêndices.Estimulador Tireóideo de Ação Prolongada: Imunoglobulina G, frequentemente encontrada no sangue de indivíduos hipertireoidianos. Estimula a tireoide durante um tempo maior que a tirotoxina e pode causar hipertireoidismo em recém-nascidos devido à transmissão placentária.Neoplasias da Glândula Tireoide: Tumores ou câncer da GLÂNDULA TIREOIDE.Iodo: Elemento não metálico do grupo dos halogênios, representado pelo símbolo atômico I, número atômico 5 e peso atômico 126,90. É um elemento essencial na nutrição, sendo especialmente importante para a síntese de hormônios tireoidianos. Em solução, apresenta propriedades anti-infecciosas e é usado topicamente.Pertecnetato Tc 99m de Sódio: Composto de cintilografia emissor de raios gama utilizado no diagnóstico de doenças em inúmeros tecidos, particularmente no sistema gastrointestinal, cardiovascular e circulação cerebral, cérebro, tireoide e articulações.Violação de Sepulturas: Roubo de cadáveres depois do enterro, especialmente para dissecação médica. No final do século XVIII e começo do século XIX, na ausência de leis que controlassem a aquisição de material para dissecar para o estudo de anatomia, as necessidades das classes de anatomia iam de encontro a métodos sub-reptícios: arrebatamento de corpos e roubo de túmulos. (Tradução livre do original: Random House Unabridged Dictionary, 2d ed; e de Garrison, An Introduction to the History of Medicine, 4th ed, p447; e de Castiglioni, A History of Medicine, 2d ed, p676)Doenças Autoimunes: Transtornos caracterizados pela produção de anticorpos que reagem com tecidos do hospedeiro ou com células efetoras imunes autorreativas aos peptídeos endógenos.Oftalmopatias: Doenças que afetam os olhos.Músculos Oculomotores: Músculos que movem os olhos. Fazem parte deste grupo os músculos: reto medial, reto lateral, reto superior, reto inferior, oblíquo inferior, oblíquo superior, orbital e levantador da pálpebra superior.Disgenesia da Tireoide: Desenvolvimento imperfeito da GLÂNDULA TIREOIDE. Este conceito inclui agenesia da tireoide (aplasia), hipoplasia ou glândula ectópica (TIREOIDE LINGUAL). Os sinais clínicos normalmente são aqueles relacionados com HIPOTIREOIDISMO CONGÊNITO.Hipocalcemia: Redução do cálcio sanguíneo abaixo do normal; as manifestações incluem reflexos tendinosos profundos hiperativos, sinal de Chvostek, cãibras musculares e abdominais, e espasmo carpopodálico. (Dorland, 28a ed)

*  Doença de Graves - Sintomas, Tratamentos e Causas | Minha Vida

... é uma doença autoimune que leva à superatividade da glândula tireoide (hipertireoidismo). Saiba mais sobre sintomas e ... Sinônimos: doença de basedow-graves, bócio difuso tóxico A Doença de Graves é uma condição autoimune (o próprio sistema de ... Tratamento de Doença de Graves Os principais objetivos do tratamento para a doença de Graves são: inibir a produção dos ... Diagnóstico de Doença de Graves O diagnóstico para a Doença de Graves costuma incluir os seguintes procedimentos: História ...
minhavida.com.br/saude/temas/doenca-de-graves

*  Doença de graves

Doença de graves * 1. 1,br /,Doenças Raras:,br /,Doença de Graves,br /, ... Doença de Graves-,br /,Esquema dos sintomas.,br /,7,br /, * 29. -Doenças Raras: Doença de Graves-,br /,Esquema da localização ... Doenças Raras: Doença de Graves-,br /,4,br /,Detalhes :,br /,A doença ocorre devido ao excesso de hormônios produzidos pela ... Doença de Graves-,br /,,ul,,li, Doença de Graves,/li,,/ul, Também conhecida como Bócio difuso tóxico, foi descoberta por Robert ...
https://pt.slideshare.net/estudandoraras1/doena-de-graves

*  Seguro Doenças Graves - Manuellopes

O seguro de doenças graves é um seguro de vida dirigido a mulheres entre os 18 e 60 anos. ... Seguro Doenças Graves. O seguro doenças graves é um seguro de vida dirigido a mulheres entre os 18 e 60 anos. ... Cobertura de doenças graves femininas.. Caso lhe seja diagnosticada uma doença grave que afectam as mulheres, pode solicitar de ... Doenças Graves - (Incluída) Antecipação de metade do valor definido em morte; *Invalidez Definitiva para a Profissão - ( ...
manuellopesseguros.com/2016/01/seguro-doencas-graves.html

*  Clopidogrel - Wikipedia

Menos graves que os da ticlopidina. Hemorragia Trombocitopenia (défice de plaquetas). Púrpura trombocitopénica trombótica ( ... doença com hemorragias). Raramente neutropenia. Portal da farmácia. ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Clopidogrel

*  Hipersensibilidade do tipo II - Wikipedia

Ex: doenças graves. As reações do I envolvem IgE, no tipo II são mediadas por IgG e IgM Caracteristicas importantes IgG e IgM: ... Ex: anemias; hemolíticas auto-imunes e doença de Godpasture; Anticorpo não citotóxico contra receptores de superfície celular. ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Hipersensibilidade_do_tipo_II

*  Lista de doenças de notificação compulsória no Brasil - Wikipedia

Eventos adversos graves ou óbitos pós-vacinação; Febre Amarela; Febre de Chikungunya; Febre do Nilo Ocidental e outras ... Doença de Chagas Aguda; Doença de Creutzfeldt-Jakob (DCJ); Doença Invasiva por: Haemophilus Influenza; Doença Meningocócica; ... Para a construir o Sistema de Doenças de Notificação Compulsória (SDNC), cria-se uma Lista de Doenças de Notificação ... Doença de Chagas Aguda; Doença Meningocócica; Influenza Humana (Gripe); Epizootias e/ou morte de animais que podem preceder a ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Lista_de_doenças_de_notificação_compulsória_no_Brasil

*  Epilepsia - Wikipedia

Defeitos congênitos ou doenças genéticas associadas a malformações cerebrais; Ferimentos graves na cabeça; Acidente vascular ... à epilepsia como a doença sagrada, Hipócrates utilizava o termo grande doença, dando origem ao termo moderno grand mal, usado ... A doença foi identificada nos anos 1950, tendo sido descrita por Hunt et al. em 1954. A causa mais provável é uma mutação dp ... Não deve ser entendida como uma doença única. Uma só convulsão não significa epilepsia, cerca de 10% da população tem pelo ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Epilepsia

*  Pesquisa clínica: como viabilizar o desenvolvimento de produtos para doenças raras e graves? Sérgio Nishioka Ministério da...

... como viabilizar o desenvolvimento de produtos para doenças raras e graves? Sérgio Nishioka ... Pesquisa clínica: como viabilizar o desenvolvimento de produtos para doenças raras e graves? Sérgio Nishioka Ministério da ... Download "Pesquisa clínica: como viabilizar o desenvolvimento de produtos para doenças raras e graves? Sérgio Nishioka ... como viabilizar o desenvolvimento de produtos para doenças raras e graves? Sérgio Nishioka Ministério da Saúde ...
docplayer.com.br/2083639-Pesquisa-clinica-como-viabilizar-o-desenvolvimento-de-produtos-para-doencas-raras-e-graves-sergio-nishioka-ministerio-da-saude.html

*  Doença da arranhadura do gato - Wikipedia

Em casos graves pode ser usado azitromicina ou doxiciclina. http://emedicine.medscape.com/article/214100-overview#aw2aab6b2b5 ... Doença da arranhadura do gato (DAG), também conhecida como febre da arranhadura do gato ou doença de Teeny é uma zoonose comum ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Doença_da_arranhadura_do_gato

*  Policondrite recidivante - Wikipedia

Os corticosteroides são frequentemente usados para doença mais graves. Medicamentos poupadores de esteroides, tais como ... No início, algumas pessoas com a doença podem ter apenas sintomas inespecíficos como febre, perda de peso e mal-estar. A doença ... A doença não é bem conhecida, não é bem compreendida, e é muitas vezes não diagnosticável. Também é conhecido como policondrite ... A doença é muitas vezes dolorosa e pode causar deformidade e possuir risco de vida quando o trato respiratório, válvulas ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Policondrite_recidivante

*  Depredando o Orelhão: :: o novo Sepultura

A saída de Max Cavalera logo após o aclamado "Roots" deixou o grupo sem um de seus alicerces. "Against", o álbum que se seguiu, continha composições mais fracas e o vocalista Derrick Green demorou mais para adensar o caldo sonoro do Sepultura do que para aprender palavrões em português e torcer pros times brasileiros. O que se viu, no entanto, foi uma banda renovada emergir nessa mudança. Andréas tomou as rédeas dos riffs e eles foram ganhando um corpo próprio. O alicerce que restava, no entanto, dominava o ritmo. Iggor Cavalera pontuava cada uma de suas velozes notas e muitas vezes comandava a música. Se aproveitar o virtuosismo do batera era um deleite, a Sepultribe no entanto ficava sem hinos de guerra ao ver os riffs submetidos às constantes mudanças de andamento de Iggor. A própria mixagem deixava a bateria em primeiro plano e chegava a ofuscar momentos brilhantes de guitarra que não fossem solos ...
depredando.blogspot.com/2009/02/o-novo-sepultura.html

*  Bioquímica dos Corticóides e Hormônios da Tireóide: O hipertireoidismo e sua...

Doença de Graves: doença auto-imune em que há TSH suprimido e T3 e T4 elevados. Os anticorpos atacam a própria tireóide, e assim esses hormônios tem influência sobre o TSH e levam à um crescimento exagerado da glândula. É freqüente ser hereditário. Um dos sintomas é a exoftalmia em que há um inchaço atrás dos olhos que os empurra pra frente fazendo com que pareçam maiores e saltados, ficando vermelhos e inchados, podendo haver perda da visão ...
bioquimicadoscorticoides.blogspot.com/2009/11/como-sera-que-nosso-metabolismo-fica.html

*  10 sinais de que seu intestino está sobrecarregado de toxinas que fazem você se...

O nosso corpo sempre emite sinais quando alguma coisa está errada.E é nosso dever ter sensibilidade para detectar os sintomas e procurar ajuda o quanto antes - assim podemos tratar e evitar problemas mais graves.Com o intestino não é diferente.
curapelanatureza.com.br/post/07/2017/10-sinais-de-que-seu-intestino-esta-sobrecarregado-de-toxinas-que-fazem-voce-se-sentir


Tratamento


  • Caso lhe seja diagnosticada uma doença grave que afectam as mulheres, pode solicitar de imediato metade do valor definido para fazer um tratamento onde e como o desejar. (manuellopesseguros.com)
  • Há evidências que sugerem que um baixo teor de gordura, dieta à base de alimentos integrais e plantas pode ser útil no tratamento da doença, é necessário no entanto mais pesquisas. (wikipedia.org)
  • A duração média do tratamento oscila entre 7 a 10 dias, mas pode ser prolongada em infecções graves ou complicadas. (wikipedia.org)
  • Tratamento Ainda não existe vacina contra a doença mão-pé-boca. (wikipedia.org)
  • No entanto, vários fatores individuais interferem tanto na velocidade quanto quantidade de quilos perdidos durante o tratamento, tais como: idade, doenças pré-existentes, tempo de duração da obesidade adquirida, fatores genéticos, comportamento alimentar, problemas psicológicos entre outros. (wikipedia.org)
  • Pacientes com IMC acima de 35, refratários ao tratamento clínico, que apresentam contra-indicações para o tratamento cirúrgico ou não aceitam o tratamento cirúrgico e apresentam doenças associadas à obesidade. (wikipedia.org)
  • Pacientes com IMC menor que 35 que apresentam doenças secundárias à obesidade ou refratários ao tratamento clínico habitual da obesidade por um período superior a três anos, contra-indicação de drogas utilizadas no tratamento clínico ou doenças secundárias ao tratamento medicamentoso (hipotiroidismo secundário, distúrbios psiquiátricos droga-dependente). (wikipedia.org)
  • Segundo estudos recentes, o extrato lipoesterólico da S. repens tem mostrado resultados altamente promissores no tratamento da hiperplasia benigna de próstata (HBP), doença degenerativa que afeta cerca de 50% dos homens a partir de 50 anos de idade e 80% dos homens na faixa dos 80 anos. (wikipedia.org)

geralmente


  • A Doença de Graves geralmente se desenvolve em pessoas com menos de 40 anos. (minhavida.com.br)
  • No caso da dermopatia de Graves, o paciente fica com a pele vermelha e com aspecto mais grosso, geralmente nas pernas ou nos pés. (minhavida.com.br)
  • Doença da arranhadura do gato (DAG), também conhecida como febre da arranhadura do gato ou doença de Teeny é uma zoonose comum, geralmente benigna, causada pela bactéria Bartonella henselae. (wikipedia.org)
  • Miopatia nemalínica (também conhecida como miopatia do bastão ou miopatia nemalínica do bastão) é um grupo de doenças neuromusculares hereditárias e congênitas que causa fraqueza muscular, geralmente não-progressiva, de gravidade variável. (wikipedia.org)

Raras


  • Pesquisa clínica: como viabilizar o desenvolvimento de produtos para doenças raras e graves? (docplayer.com.br)
  • 1 III Seminário Anual Científico e Tecnológico de Bio-Manguinhos Rio de Janeiro, 6 de maio de 2015 Pesquisa clínica: como viabilizar o desenvolvimento de produtos para doenças raras e graves? (docplayer.com.br)

Grave


  • A Doença de Grave pode aparecer tanto em sua forma normal quanto num tipo mais específico, que afeta a visão. (minhavida.com.br)
  • Para uma doença mais grave a ciclofosfamida é dada frequentemente, além de altas doses de esteroides intravenosos. (wikipedia.org)
  • A doença é freqüentemente categorizada como suave (mais comum), moderada, grave ou severa e tardia (esta é a que se manifesta no início da vida adulta). (wikipedia.org)

afeta


  • A doença não afeta diretamente o olho, mas os músculos ao redor dele, os músculos extra-oculares, responsáveis pela movimentação dos olhos, que ficam inflamados e depois se retraem causando limitação dos movimentos oculares e visão dupla ou estrabismo. (slideshare.net)
  • Embora qualquer cartilagem no corpo possa ser afetada, em muitos casos, a doença afeta várias áreas enquanto poupa outras completamente. (wikipedia.org)
  • Esse vírus transmite uma enfermidade chamada de "doença mão-pé-boca" (HFMD, sigla em inglês) é uma enfermidade contagiosa que se instala normalmente no sistema digestivo e pode provocar estomatites (espécie de afta que afeta a mucosa da boca). (wikipedia.org)

anos


  • Alguns pacientes apresentam alterações nos exames anos depois da doença e outros terão exames normais. (slideshare.net)
  • O seguro doenças graves é um seguro de vida dirigido a mulheres entre os 18 e 60 anos. (manuellopesseguros.com)

ocorre


  • A doença ocorre devido ao excesso de hormônios produzidos pela tireóide. (slideshare.net)
  • Rins: A doença renal ocorre em cerca de 6 a 10 por cento dos pacientes, incluindo glomerulonefrite. (wikipedia.org)

medicamentos


  • As causas das reações alérgicas mais graves incluem alguns alimentos, picadas de insetos e determinados medicamentos. (wikipedia.org)
  • Os medicamentos antivirais ficam reservados para os casos mais graves. (wikipedia.org)

Oftalmopatia de Graves


  • Este tipo, conhecido como Oftalmopatia de Graves, consiste em uma alteração na órbita do olho provocada pela disfunção na tireoide. (minhavida.com.br)
  • No caso da Oftalmopatia de Graves, as causas ainda não estão totalmente esclarecidas. (minhavida.com.br)
  • Aproximadamente 30% das pessoas com Doença de Graves também apresentam sinais de Oftalmopatia de Graves, o tipo que ataca o globo ocular. (minhavida.com.br)
  • Pode acometer todo o corpo, mas classicamente envolve os olhos, a tireóide e as pernas (chamados respectivamente de oftalmopatia de Graves, hipertiroidismo e Mixedema pré tibial). (slideshare.net)

pode ser


  • Em casos graves pode ser usado azitromicina ou doxiciclina. (wikipedia.org)

Robert Graves


  • Aproximadamente de 60 a 80% dos casos de hipertireoidismo são causados pela Doença de Graves, que foi descrita pela primeira vez em 1825, na Inglaterra, e, posteriormente, em 1835, por Robert Graves, na Irlanda. (minhavida.com.br)
  • Também conhecida como Bócio difuso tóxico, foi descoberta por Robert Graves, em 1835, daí o nome. (slideshare.net)

sintomas


  • Algumas condições médicas podem fazer com que os sinais e sintomas associados à doença de Graves sem agravem. (minhavida.com.br)
  • No início, algumas pessoas com a doença podem ter apenas sintomas inespecíficos como febre, perda de peso e mal-estar. (wikipedia.org)

podem


  • Gestação ou parto recente podem aumentar o risco da doença, especialmente entre as mulheres que são geneticamente suscetíveis. (minhavida.com.br)
  • em casos graves, esses problemas podem ameaçar a vida. (wikipedia.org)

apresentam


  • Os fumantes que têm doença de Graves apresentam maior incidência de Oftalmopatia. (minhavida.com.br)

Embora


  • Embora qualquer um possa desenvolver a Doença de Graves, existem alguns fatores que aumentam as chances de ocorrência da enfermidade. (minhavida.com.br)
  • Na maior parte dos casos de epilepsia desconhece-se a origem da doença, embora algumas pessoas desenvolvam epilepsia posteriormente a lesões cerebrais, AVC, tumores cerebrais, toxicodependência ou alcoolismo, entre outros. (wikipedia.org)

Outras


  • Devido as alterações no perfil epidemiológico, a implementação de outras técnicas para o monitoramento de doenças, o conhecimento de novas doenças ou a reemergência de outras, tem a necessidade de constantes revisões periódicas na LDNC no sentido de mantê-la atualizada. (wikipedia.org)
  • É muito importante estabelecer o diagnóstico diferencial com outras doenças que também provocam estomatites aftosas ou vesículas na pele. (wikipedia.org)

Muitas


  • A doença é muitas vezes dolorosa e pode causar deformidade e possuir risco de vida quando o trato respiratório, válvulas cardíacas ou vasos sanguíneos são afetados. (wikipedia.org)
  • A doença não é bem conhecida, não é bem compreendida, e é muitas vezes não diagnosticável. (wikipedia.org)
  • Como em muitas doenças neuromusculares, a hipoventilação pode começar internamente e causar sérios problemas se não for tratada com o uso de dispositivos mecânicos não-invasivos para auxiliar a respiração, especialmente à noite. (wikipedia.org)
  • A prevalência de muitas doenças alérgicas aparenta estar a aumentar. (wikipedia.org)

fatores


  • Este é um dos fatores de risco mais conhecidos - razão pela qual acredita-se que exista um ou mais genes que tornam uma pessoa mais suscetível à Doença de Graves. (minhavida.com.br)
  • O desenvolvimento de doenças alérgicas tem origem em fatores genéticos e ambientais. (wikipedia.org)

mulheres


autoimune


  • A Doença de Graves é uma condição autoimune (o próprio sistema de defesa provoca a doença) que leva à hiperatividade (funcionamento excessivo) da tireoide. (minhavida.com.br)
  • A Doença de Graves é uma doença autoimune, ou seja, causada por um defeito no sistema imunológico que leva à inflamação da tiróide pelos próprios auto anticorpos, proteínas de defesa que existem para proteger nosso corpo de infecções e agentes agressores. (minhavida.com.br)
  • A presença de uma doença autoimune aumenta o risco de desenvolver a Doença de Graves. (minhavida.com.br)
  • Policondrite recidivante é uma doença autoimune em que o sistema imunitário do corpo humano começa a atacar e destruir os tecidos de cartilagem no corpo. (wikipedia.org)

menos


  • Há, ainda, um outro subtipo da doença, que é bem menos frequente: a dermopatia de Graves. (minhavida.com.br)
  • Menos graves que os da ticlopidina. (wikipedia.org)

Febre


  • Quando a sintomatologia típica da doença mão-pé-boca se instala, a erupção das lesões na orofaringe é antecedida por um período de febre alta e gânglios aumentados, seguido de mal-estar, falta de apetite, vômitos e diarreia. (wikipedia.org)

pessoa


  • O tabagismo pode afetar o sistema imunológico e aumenta o risco de uma pessoa vir a desenvolver a Doença de Graves. (minhavida.com.br)
  • Insuficiência renal severa.Parecida com a doença de cavalo, onde a pessoa fica com o intestino claustrofóbico P.R. Vade-mécum - TAVARES, W. Manual de Antibióticos e Quimioterápicos Anti-infecciosos. (wikipedia.org)
  • Miopatia" significa "doença muscular" e uma biópsia do músculo de uma pessoa com miopatia nemalínica mostra bastões lineares anormais, chamados corpos, nas células musculares. (wikipedia.org)

invalidez


  • Redução do risco clínico de doenças crônicas graves ou que causem invalidez. (wikipedia.org)

obter


  • Consulte um médico se você sentir quaisquer possíveis problemas relacionados à Graves a fim de obter um diagnóstico rápido e preciso. (minhavida.com.br)

associada


  • A doença tem sido associada a um distúrbio na regulação de hormônios sexuais, particularmente envolvendo a testosterona, o mais importante hormônio masculino circulante, que é metabolizado a dihidrotestosterona (DHT) pela enzima 5a-redutase. (wikipedia.org)

renal


  • Doenças da transição gástrica potencialmente hemorrágicas Esofagite grau III ou mais Uso crônico de AINES Cirrose Hepática Insuficiência Renal Crônica Gravidez SIDA Cirurgia prévia de hérnia hiatal, válvula antirefluxo, gastroplastias redutora Qualquer cirurgia gástrica prévia. (wikipedia.org)

pacientes com


  • Não há explicação para o fato de pacientes com a doença nos olhos terem exames normais na tireóide. (slideshare.net)

corpo


  • É uma doença auto-imune (Quando o corpo "ataca" a si próprio, criando auto anticorpos). (slideshare.net)

conhecido


  • Também é conhecido como policondrite atrófica crônica, síndrome de Meyenburg-Altherr-Uehlinger, doença de von Meyenburg, condromalacia generalizada, e condromalacia sistêmica. (wikipedia.org)
  • Há razões para o início da doença não ser conhecido, mas não há evidência de uma predisposição genética para o desenvolvimento de policondrite recidivante. (wikipedia.org)

seguintes


  • São encontradas mutações genéticas, responsáveis pela doença, nos seguintes genes: alfa-actina, nebulina, tropomiosina-2 e tropomiosina-3 e troponina T. As capacidades físicas de um portador de NM não estão bem relacionadas com o genótipo ou com a patologia muscular observada em biópsia. (wikipedia.org)

sistema


  • Para a construir o Sistema de Doenças de Notificação Compulsória (SDNC), cria-se uma Lista de Doenças de Notificação Compulsória (LDNC), cujas doenças são selecionadas através de determinados critérios como: magnitude, potencial de disseminação, transcedência, vulnerabilidade, disponibilidade de medidas de controle, compromisso internacional com programas de erradicação, etc. (wikipedia.org)

entanto


Pesquisa


  • Hoje há laboratórios de pesquisa da doença em Boston (EUA), na Finlândia e na Austrália. (wikipedia.org)

geneticamente


  • A miopatia nemalínica é uma doença clínica e geneticamente heterogênea. (wikipedia.org)

risco


  • Redução do risco cirúrgico (IMC extremo com doenças associadas). (wikipedia.org)

tipo


  • Na maioria dos casos, este tipo da Doença de Graves surge junto com o hipertireoidismo e é caracterizado pelo deslocamento do globo ocular para frente. (minhavida.com.br)