Diplopia: Sintoma visual no qual um único objeto é percebido pelo córtex visual como dois objetos ao invés de um. Entre os transtornos associados com esta afecção estão ERROS DE REFRAÇÃO, ESTRABISMO, DOENÇAS DO NERVO OCULOMOTOR, DOENÇAS DO NERVO TROCLEAR, DOENÇAS DO NERVO ABDUCENTE e doenças do TRONCO ENCEFÁLICO e LOBO OCCIPITAL.Fraturas Orbitárias: Fraturas dos ossos da órbita, que incluem partes dos ossos frontal, etmoidal, lacrimal e esfenoide no maxilar e zigoma.Transtornos da Motilidade Ocular: Transtornos caracterizados por deficiência dos movimentos oculares como manifestação primária da doença. Estas doenças podem dividir-se em transtornos infranucleares, nucleares e supranucleares. As doenças dos músculos oculares ou dos nervos cranianos oculomotores (III, IV, e VI) são consideradas infranucleares. Os transtornos nucleares são causados por doenças dos núcleos oculomotor, troclear ou abducente do TRONCO CEREBRAL. Os transtornos supranucleares são resultantes de disfunção dos sistemas motor e sensorial de ordem superior que controlam os movimentos oculares, incluindo as redes neuronais no CÓRTEX CEREBRAL, GÂNGLIOS DA BASE, CEREBELO e TRONCO CEREBRAL. O torcicolo ocular se refere a um decúbito inclinado da cabeça causado por um desalinhamento ocular. Opsoclono se refere a oscilações rápidas e conjugadas dos olhos em múltiplas direções que podem ocorrer como uma afecção parainfecciosa ou paraneoplásica (ex. SÍNDROME OPSOCLONO-MIOCLONO). (Tradução livre do original: Adams et al., Principles of Neurology, 6th ed, p240)Doenças do Nervo Abducente: Doenças do sexto nervo craniano (abducente) ou de seu núcleo nas pontes. O nervo pode ser lesado ao longo de seu curso nas pontes, intracranialmente, uma vez que migra ao longo da base do cérebro, do seio cavernoso ou no nível da fissura orbital superior ou órbita. A disfunção do nervo causa fraqueza do músculo reto lateral, resultando em diplogia horizontal, que se torna máxima quando o olho afetado é retirado e na ESOTROPIA. Afecções comumente associadas com lesão do nervo incluem HIPERTENSÃO INTRACRANIANA, TRAUMATISMOS CRANIOCEREBRAIS, ISQUEMIA e NEOPLASIAS INFRATENTORIAIS.Estrabismo: Desalinhamento dos eixos visuais dos olhos. No estrabismo concomitante, o grau de desalinhamento ocular não varia de acordo com a direção da tentativa de olhar fixo. No estrabismo não concomitante, o grau de desalinhamento varia dependendo da direção da tentativa de olhar fixo ou de qual olho está fixando o alvo. (Tradução livre do original: Miller, Walsh & Hoyt's Clinical Neuro-Ophthalmology, 4th ed, p641)Exoftalmia: Protrusão anormal de ambos os olhos; pode ser causada por mau funcionamento das glândulas endócrinas, doenças malignas, lesões ou paralisia dos músculos extrínsecos do olho.Doenças do Nervo Oculomotor: Doenças do núcleo oculomotor ou de seu núcleo, que resultam em fraqueza ou paralisia dos músculos elevador da pálpebra, oblíquo inferior, reto médio, reto inferior ou reto superior, ou ainda, prejuízo da inervação parassimpática da pupila. Com uma paralisia oculomotora completa, a pálpebra torna-se paralisada, o olho permanece em posição de abdução inferior, e a pupila se torna acentuadamente dilatada. As afecções comumente associadas incluem neoplasias, TRAUMA CRANIOCEREBRAL, isquemia (especialmente em associação com DIABETES MELLITUS) e compressão do aneurisma.Músculos Oculomotores: Músculos que movem os olhos. Fazem parte deste grupo os músculos: reto medial, reto lateral, reto superior, reto inferior, oblíquo inferior, oblíquo superior, orbital e levantador da pálpebra superior.Procedimentos Cirúrgicos Oftalmológicos: Cirurgia feita no olho ou qualquer de suas partes.Blefaroptose: Pálpebra superior pendente devido à paralisia ou desenvolvimento deficiente do músculo elevador da pálpebra.Órbita: Cavidade óssea que segura o globo ocular e seus tecidos associados e apêndices.Enoftalmia: Recessão do globo ocular dentro da órbita.Doenças do Nervo Troclear: Doenças do quarto nervo craniano (troclear) ou de seu núcleo, no meio do cérebro. O nervo cruza dorsalmente, assim que deixa o meio do cérebro , podendo ser lesado ao longo de seu curso através do espaço intracraniano, seio cavernoso, fissura orbital ou superior, ou órbita. As manifestações clínicas incluem fraqueza do músculo oblíquo superior que causa DIPLOPIA vertical, que se torna máxima quando o olho está em adução e direcionado para baixo. A cabeça pendente pode ser encontrada como mecanismo compensatório para diplopia e rotação dos eixos visuais. As etiologias comuns incluem TRAUMA CRANIOCEREBRAL e NEOPLASIAS INFRATENSORIAIS.Oftalmopatia de Graves: Transtorno autoimune do OLHO ocorrendo em pacientes com a doença de Graves. Os subtipos incluem congestivo (inflamação do tecido conjuntivo orbital), miopático (inchaço e disfunção dos músculos extraoculares) e oftalmopatia congestiva-miopática mista.Traumatismo do Nervo Abducente: Lesão traumática do sexto nervo craniano ou abducente. Lesões deste nervo resultam em fraqueza ou paralisia do músculo reto lateral. O nervo pode ser danificado por TRAUMA CRANIOCEREBRAL penetrante ou fechado, ou por trauma facial envolvendo a órbita.Neoplasias Orbitárias: Neoplasias da órbita óssea e conteúdos com exceção do globo ocular.Neoplasias da Base do Crânio: Neoplasias especificamente da base do crânio, diferenciadas das neoplasias de localização inespecífica ou de ossos do crânio (NEOPLASIAS CRANIANAS).Seio Esfenoidal: Um dos espaços de ar pareados, localizado no corpo do OSSO ESFENOIDE atrás do OSSO ETMOIDE no meio do crânio. O seio esfenoide comunica-se com a parte póstero-superior da CAVIDADE NASAL do respectivo lado.Pseudotumor Orbitário: Lesão inflamatória não específica semelhante a tumor da ÓRBITA do olho. É geralmente composta de LINFÓCITOS maduros, PLASMÓCITOS, MACRÓFAGOS, LEUCÓCITOS com graus variáveis de FIBROSE. Pseudotumores orbitários são com frequência associados com inflamação dos músculos extraoculares (MIOSITE ORBITAL) ou inflamação das glândulas lacrimais (DACRIOCISTITE).Doenças Orbitárias: Doenças da órbita óssea e seus conteúdos, exceto o globo ocular.Recurvamento da Esclera: Operação para descolamento retinal que reduz o tamanho do globo por recortar a esclera até que ela se aproxime da retina.Exotropia: Forma de desalinhamento ocular na qual os eixos visuais divergem inapropriadamente. Por exemplo, a fraqueza do músculo reto médio pode produzir esta afecção, uma vez que o olho afetado se desviará lateralmente na tentativa de olhar fixo para frente. Uma exotropia ocorre devido à força relativamente não oposta exercida em um olho pelo músculo reto lateral que puxa o olho na direção externa.Oftalmoplegia: Paralisia de um ou mais músculos oculares devido a transtornos dos músculos dos olhos, junção neuromuscular, tecido mole de suporte, tendões ou enervação dos músculos.Mucocele: Cisto de retenção do saco lacrimal, dos seios paranasais, apêndice ou vesícula biliar. (Stedman, 25a ed)Óculos: Par de lentes oftálmicas em uma armação ou montagem que é suportada pelo nariz e orelhas. O propósito é ajudar ou melhorar a visão. Não inclui óculos de proteção ou óculos de sol não prescritos, para os quais estão disponíveis os DISPOSITIVOS DE PROTEÇÃO DOS OLHOS.Doenças dos Nervos Cranianos: Transtornos de um ou mais dentre os doze nervos cranianos. Com exceção dos nervos olfatório e óptico, estão incluídos transtornos dos núcleos do tronco cerebral, dos quais os nervos cranianos se originam ou terminam.Doença de Graves: Forma comum de hipertireoidismo associado com BÓCIO hiperplásico difuso. É um transtorno autoimune que produz anticorpos contra RECEPTORES DO HORMÔNIO TIREOESTIMULANTE. Estes autoanticorpos ativam o receptor de TSH, que por sua vez, estimula a GLÂNDULA TIREOIDE e a hipersecreção de HORMÔNIOS TIREÓIDEOS. Estes autoanticorpos também podem afetar os olhos (OFTALMOPATIA DE GRAVES) e a pele (dermopatia de Graves).

*  Diplopia - Wikipedia

Diplopia, mais conhecido como visão dupla é a percepção de duas imagens a partir de um único objeto. As imagens podem estar na ... O desvio assimétrico dos movimentos oculares resultantes da paralisia ou lesão desses nervos causam a diplopia. Ela pode ser ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Diplopia

*  Poliplopia - Wikipedia

Poliopia ou Diplopia Monocular (Espanhol)». REDUCA (Recursos Educativos) Débora Carvalho Meldau. «Ceratocone - Sintoma clássico ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Poliplopia

*  Citalopram - Wikipedia

Acesso em 19 de abril de 2013 Dorell K, Cohen mA, Huprikar SS, Gorman JM, Jones M (2005). "Diplopia citalopram-inducida". ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Citalopram

*  APOSTILA DE CLINICA MÉDICA

diplopia. paresia. A trombose tem relação com a arteriosclerose. higiene inadequada e a incontinência urinária e fecal ... diplopia (visão dupla). realize mudanças de decúbito no leito. cefaléia occipital grave. hemiplegia. dentre outros cuidados. ...
https://pt.scribd.com/doc/60484439/APOSTILA-DE-CLINICA-MEDICA

*  Matéria Médica de Boericke carla

Cabeça - Diplopia. Olhos que ardem. Racha no lábio inferior. · Garganta - Dói. Parece cheia. Irritada com náusea. Faringe ... Olhos - Imagem dupla (diplopia) devido a traumatismo, paralisia muscular, hemorragia na retina. Sensação de machucado, mas ...
https://pt.scribd.com/doc/24456593/Materia-Medica-de-Boericke-carla

*  Miastenia grave - Wikipedia

A escala classifica os pacientes adultos em: A: remissão dos sintomas; I: miastenia apenas ocular: ptose palpebral e diplopia; ... diplopia, disartria, disfagia, debilidade dos músculos das extremidades e intolerância a exercícios físicos; III: miastenia ... diplopia), fraqueza dos músculos oculares (estrabismo), dificuldade em engolir (disfagia), dificuldade para falar, articular ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Miastenia_grave

*  Estereopsia - Wikipedia

... diplopia). Existem várias situações em que se pode perder esta capacidade de visão binocular, entre as quais se encontram: ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Estereopsia

*  Johannes Kepler - Wikipedia

Diplopia fisiológica e mecanismo de acomodação, tiveram sua explicação um pouco mais tarde. A lei afirmando que a intensidade ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Johannes_Kepler

*  Esclerose múltipla - Wikipedia

... diplopia, nistagmo, na sequência de uma neurite óptica. Fadiga, dor aguda ou crónica e dificuldades miccionais e do ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Esclerose_múltipla

*  Poliangiite microscópica - Wikipedia

Outros sintomas: Polineurite, sinusite, episclerite, mialgias, artralgias, bronquite crônica, diplopia e rinorréia ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Poliangiite_microscópica

*  Pesquisa: Caso Clinico 24 Mulher de 39 Anos Com Dispneia e Dor Toracica | MedicinaNET

diplopia e ataxia. Embora seja rara, a hiperviscosidade acentuada poderá produzir confusão, demência, perturbações na ...
medicinanet.com.br/pesquisas/caso_clinico_24__mulher_de_39_anos_com_dispneia_e_dor_toracica.htm

*  FUNDAMENTOS DE CLÍNICA NEUROLÓGICA - PDF

DIPLOPIA DIPLOPIA MONOCULAR DIPLOPIA Definição - Visão dupla dum objecto único. 1) DIPLOPIA MONOCULAR Diplopia que desaparece ... com a oclusão dum olho atingido 2) DIPLOPIA BINOCULAR ligada a um desequilíbrio binocular de oculomotricidade ...
docplayer.com.br/2499763-Fundamentos-de-clinica-neurologica.html

*  associados ao uso: Topics by WorldWideScience.org

The patient presented with headache, vomiting, diplopia, and photophobia. Funduscopy showed bilateral papilledema. ... diplopia e fotofobia. Fundoscopia revelou edema de papila bilateral. Exame do líquor (LCR e de imagem foram normais. Após ...
https://worldwidescience.org/topicpages/a/associados ao uso.html

*  Camilo Castelo Branco - Wikipedia

Desde 1865 que Camilo começara a sofrer de graves problemas visuais (diplopia e cegueira nocturna). Era um dos sintomas da ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Camilo_Castelo_Branco

*  Insulinoma - Wikipedia

Estes incluem dor de cabeça recorrente, letargia, diplopia e visão borrada, particularmente durante exercício físico ou jejum. ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Insulinoma

*  Anticolinérgico - Wikipedia

... diplopia). Aumento da frequência cardíaca (taquicardia). Bexiga distendida. Íleo paralítico. Aumento da pressão intra-ocular, ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Anticolinérgico

*  CARBIDOPA E LEVODOPA - Bula CARBIDOPA E LEVODOPA

Visuais: turvação visual, diplopia, midríase, crises oculógiras. Vários: fraqueza, desmaios, fadiga, cefaleia, rouquidão, mal- ...
medicinanet.com.br/bula/1168/carbidopa_e_levodopa.htm

*  Poliangiite microscópica - Doenças - InfoEscola

Outros sintomas envolvem sinusite, episclerite, mialgias, artralgias, bronquite crônica e diplopia.. O diagnóstico é feito por ...
infoescola.com/doencas/poliangiite-microscopica/

*  O QUE SÃO DROGAS? Prof. Noe Assunção - Portugues

Visão dupla (diplopia). Acentuação da ataxia e da sonolên- cia (até o coma). Pode ocorrer hipotermia e morte por parada ...
https://pt.slideshare.net/noeassuncao1/o-que-so-drogas-prof-noe-assuno

*  Treatment of intracranial hypertension

Na criança consciente, podem surgir queixas como cefaléia, vômitos, diplopia, cegueira episódica e movimentos desconjugados ...
scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0021-75572003000400005&lng=en&nrm=iso&tlng=pt

*  Ceratocone - Wikipedia

Em alguns casos o paciente pode apresentar diplopia monocular, nesse caso é a presença de imagem dupla e não múltipla. Alguns ... para formar regiões na córnea que projetam uma imagem em diferentes regiões da retina e provocam os sintomas de diplopia ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Ceratocone

*  Astenopia - Wikipedia

... tem-se um quadro de astenopia com diplopia. Para uma adequada visão binocular, é necessário que os dois olhos recebam a imagem ... Tensão ocular Olhos avermelhados Lacrimejamento e secreção ocular Cefaléia Redução da acuidade visual Vista borrosa Diplopia ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Astenopia

*  ECT - Correios - MG

... exceto as adquiridas por paralisias/paresias que apresentem diplopia; as que apresentem restrições e/ou aduções oculares (do ...
https://pciconcursos.com.br/concurso/ect-correios-mg-cadastros-ate-2497


dupla


  • Diplopia, mais conhecido como visão dupla é a percepção de duas imagens a partir de um único objeto. (wikipedia.org)