Ceratodermia Palmar e Plantar: Grupo de transtornos principalmente hereditários, caracterizados por engrossamento das palmas e solas das mãos e pés, como resultado da formação excessiva de queratina, levando à hipertrofia do estrato corneano (hiperceratose).Ceratodermia Palmar e Plantar Epidermolítica: Doença autossômica dominante hereditária, caracterizada por hiperqueratose epidermolítica, estritamente limitada às palmas e solas. Tem sido associada com mutações no gene que codifica a QUERATINA-9.Ceratodermia Palmar e Plantar Difusa: Transtorno autossômico dominante caracterizado por uma hiperceratose bem demarcada, amplamente distribuída, nas palmas das mãos e solas dos pés. Há mais de uma forma genotipicamente distinta, cada uma clinicamente similar, mas histologicamente distinguível. A ceratodermia palmoplantar difusa é distinta da ceratodermia palmoplantar (CERATODERMIA PALMOPLANTAR), uma vez que a primeira condição exibe herança autossômica dominante, com hiperhidrose frequentemente presente.Queratina-9: Queratina tipo II expressada predominantemente nas terminações diferenciadas da EPIDERME de palmas e solas. As mutações no gene da queratina 9 estão associadas com a CERATODERMIA PALMAR E PLANTAR EPIDERMOLÍTICA.Unhas Malformadas: Deformidades na estrutura ou aparência da unha, entre elas hipertrofia, rachaduras, sulcos, etc. As doenças genéticas, como PAQUIONÍQUIA CONGÊNITA pode resultar em unhas malformadas.Queratina-1: Queratina tipo II encontrada associada com a QUERATINA-10 na terminação diferenciada das células epidérmicas, como aquelas que formam o estrato córneo. As mutações no gene da queratina-1 estão associadas com a HIPERCERATOSE EPIDERMOLÍTICA.Dermatoses do Pé: Doenças cutâneas do pé, geral ou inespecífica.Doenças do Cabelo: Doenças que afetam a conservação e o último crescimento do cabelo.Paquioníquia Congênita: Grupo de displasias ectodérmicas hereditárias, nas quais a característica clínica mais proeminente é a distrofia hipertrófica das unhas, resultando em paquioníquia. Diversos subtipos específicos de PAQUIONÍQUIA CONGÊNITA foram associados com mutações nos genes que codificam QUERATINAS.Ictiose: Qualquer um de vários transtornos cutâneos generalizados, caracterizados por secura, aspereza e escamação, devido à hipertrofia do estrato córneo epidérmico. A maioria tem origem genética, mas alguns são adquiridos, desenvolvidos em associação com outra doença sistêmica ou síndrome genética.Hiperceratose Epidermolítica: Forma de ictiose congênita herdada como um caráter autossômico dominante e caracterizada por ERITRODERMA e hiperqueratose grave. É manifestada ao nascimento por bolhas acompanhadas pelo aparecimento de escamas verruciformes, calosas e espessas por todo o corpo, mas acentuadas nas áreas flexurais. As mutações nos genes que codificam a QUERATINA-1 e QUERATINA-10 têm sido associadas com este transtorno.Queratina-16: Queratina tipo I expressada em uma variedade de EPITÉLIOS, incluindo o ESÔFAGO, LÍNGUA, FOLÍCULOS CAPILARES e UNHAS. A queratina-16 normalmente é encontrada associada com a QUERATINA-6. As mutações no gene da queratina-6 estão associadas com a PAQUIONIQUIA CONGÊNITA tipo 1.Doença de Papillon-Lefevre: Transtorno autossômico recessivo raro que ocorre entre o primeiro e quinto ano de vida. É caracterizado por ceratodermia palmoplantar com periodontite seguida de perda prematura das dentições de leite e permanente. Mutações no gene que codifica a CATEPSINA C têm sido associadas com esta doença.Paraceratose: Persistência dos núcleos dos queratinócitos dentro do estrato córneo da pele. É uma condição normal do epitélio da mucosa verdadeira da boca e vagina. (Dorland, 28a ed)Desmoplaquinas: Desmoplaquinas são proteínas linker citoesqueléticas que sustentam os FILAMENTOS INTERMEDIÁRIOS da MEMBRANA PLASMÁTICA aos DESMOSSOMOS.Dermatoses da Mão: Lesões cutâneas das mãos, que podem ter diversas etiologias, tais como infecciosas, irritativas, alérgicas, etc.Ceratolíticos: Substâncias que amaciam, separam, e causam a descamação do epitélio corneificado ou da camada córnea da pele. São usados para expor os micélios de fungos infectantes ou para tratar calos, verrugas, e algumas outras doenças de pele.Desmogleína 1: Caderina desmossômica que é um autoantígeno do transtorno de pele adquirido PÊNFIGO VULGAR.Queratina-6: Queratina tipo II encontrada associada com a QUERATINA-16 ou QUERATINA-17 em tecido epitelial escamoso que se prolifera rapidamente. As mutações no gene da queratina-6A e queratina-6B estão associadas com a paquioniquia congênita tipo 1 e paquioniquia congênita tipo 2, respectivamente.Queratina-17: Queratina tipo I encontrada em associação com a QUERATINA-6 em tecidos epiteliais escamosos que se proliferam rapidamente. Mutações no gene da queratina-17 têm sido associadas com a PAQUIONIQUIA CONGÊNITA tipo 2.Catepsina C: Cisteína protease semelhante à papaína que possui especificidade para dipeptídeos amino terminais. A enzima desempenha papel na ativação de várias serinoproteases pró-inflamatórias pela remoção de seus dipeptídeos amino terminais inibitórios. Mutações genéticas que causam a perda da atividade da catepsina C em seres humanos estão associadas com a DOENÇA DE PAPILLON-LEFEVRE.Ceratose: Qualquer crescimento duro, áspero, como uma verruga ou calo.Bases para Pomadas: Várias misturas de gorduras, ceras, óleos animais e vegetais, e hidrocarbonetos sólidos e líquidos; veículos para substâncias medicinais dirigidos para aplicação externa; há quatro classes: com base de hidrocarboneto, de absorção, de água removível e solúvel em água; muitas são também emolientes.Linhagem: Registro da descendência ou ancestralidade, particularmente de uma característica ou traço especial que identifica cada membro da família, suas relações e seu estado em relação a este traço ou característica.Displasia Ectodérmica: Grupo de transtornos hereditários envolvendo os tecidos e estruturas derivadas da ectoderme embriogênica. São caracterizados pela presença de anormalidades no nascimento e envolvimento tanto da epiderme, como dos apêndices cutâneos. Geralmente são não progressivos e difusos. Existem várias formas, incluindo displasias hidróticas e não hidróticas, HIPOPLASIA DÉRMICA FOCAL e aplasia cutânea congênita.Vaselina: Sistema coloidal de hidrocarbonetos semissólidos obtidos a partir do PETRÓLEO. É utilizado como base para unguentos, como protetor tópico e lubrificante.Articulações Esternocostais: Articulação em que a cartilagem costal de cada costela se encaixa em ligeiras concavidades ao longo das bordas do ESTERNO.Surdez: Termo geral para perda completa da habilidade em ouvir por ambas as orelhas.Queratinas: Classe de proteínas fibrosas ou escleroproteínas que representa o principal constituinte da EPIDERME, CABELO, UNHAS, tecido córneo, e matriz orgânica do ESMALTE dentário. Dois principais grupos conformacionais foram caracterizados: a alfa-queratina, cuja estrutura peptídica forma uma alfa-hélice espiralada consistindo em QUERATINA TIPO I, uma QUERATINA TIPO II e a beta-queratina, cuja estrutura forma um zigue-zague ou estrutura em folhas dobradas. As alfa-queratinas são classificadas em pelo menos 20 subtipos. Além disso, foram encontradas várias isoformas dos subtipos que pode ser devido à DUPLICAÇÃO GÊNICA.Síndrome de Hiperostose Adquirida: Síndrome caracterizada por SINOVITE, ACNE CONGLOBATA, pustulose palmoplantar (ver PSORÍASE), HIPEROSTOSE e OSTEÍTE. O local mais comum da doença é a parede torácica ântero-superior, caracterizada pelo predomínio de lesões osteoescleróticas, hiperostose e artrite das articulações adjacentes. A associação de lesões ósseas inflamatórias estéreis e erupções neutrofílicas da pele é indicativa desta síndrome.Psoríase: Doença cutânea inflamatória, crônica, comum, determinada geneticamente, caracterizada por placas escamosas arredondadas, eritematosas, secas. As lesões têm predileção por unhas, couro cabeludo, genitália, superfícies extensoras e a região lombossacral. A epidermopoese acelerada é considerada como a característica patológica fundamental na psoríase.Dermatopatias Genéticas: Doenças cutâneas com um componente genético, sendo normalmente o resultado de vários erros inatos do metabolismo.Poroceratose: Transtorno hereditário de queratinização defeituosa, caracterizada pela proliferação de QUERATINÓCITOS e lesões, evidenciando crostas atróficas de grau variável envolvidas por uma margem queratótica elevada. Estas lesões queratóticas podem evoluir e revelar neoplasias cutâneas. Várias variantes clínicas são reconhecidas, incluindo a poroqueratose de Mibelli, poroqueratose linear, poroqueratose actínica superficial disseminada, poroqueratose palmoplantar e a poroqueratose pontuada.Epiderme: Camada externa (não vascularizada) da pele. É composta (de dentro para fora) por cinco camadas de EPITÉLIO: camadas (estratos) basal, espinhosa, granulosa, lúcida e córnea (da epiderme).Síndrome: Complexo sintomático característico.Mutação da Fase de Leitura: Tipo de mutação em que vários NUCLEOTÍDEOS deletados ou inseridos em uma sequência de codificação de proteínas não são divisíveis por três, causando assim uma alteração nas FASES DE LEITURA de toda a sequência do código, além da mutação. Estas mutações podem ser induzidas por certos tipos de MUTÁGENOS, ou podem ocorrer espontaneamente.Desmossomos: Tipo de junção que une uma célula à célula vizinha. Uma das inumeras regiões diferenciadas que ocorrem, por exemplo, onde membranas citoplasmáticas de células epiteliais adjacentes encontram-se justapostas. Esta junção consiste de uma região circular de cada membrana juntamente com microfilamentos intracelulares associados e material intercelular que pode incluir, por exemplo, mucopolissacarídeos. (Tradução livre do original: Glick, Glossary of Biochemistry and Molecular Biology, 1990; Singleton & Sainsbury, Dictionary of Microbiology and Molecular Biology, 2d ed)DermatopatiasConexinas: Grupo de proteínas homólogas que formam os canais intramembranosos das JUNÇÕES GAP. As conexinas são os produtos de uma família de genes identificada que possui regiões altamente conservadas e altamente divergentes. A variedade contribui para o amplo espectro de propriedades funcionais de junções gap.Displasia Arritmogênica Ventricular Direita: Cardiomiopatia congênita caracterizada por infiltração de tecidos fibroso e adiposo na parede do VENTRÍCULO DIREITO e perda de células miocárdicas. As lesões primárias geralmente estão na parede livre ventricular direita e no átrio direito, resultando em arritmias ventricular e supraventricular.Osteíte: Inflamação do osso.Acitretina: Retinoide oral eficaz no tratamento da psoríase. É o principal metabólito do ETRETINATO com a vantagem de possuir uma meia-vida muito menor que o etretinato.Hiperidrose: Sudorese excessiva. No tipo localizado, os sítios mais frequentes são as palmas, solas, axilas, pregas inguinais e a área perineal. Acredita-se que a causa principal seja emocional. A hiperidrose generalizada pode ser induzida por um ambiente úmido, quente, por febre ou por exercício vigoroso.Articulação Esternoclavicular: Articulação dupla formada pela CLAVÍCULA, pelas porções superior e lateral do manúbrio do esterno no nó clavicular e pela cartilagem da primeira costela.Hiperpigmentação: Pigmentação excessiva da pele, normalmente como resultado da melanização aumentada da epiderme ou derme, a hipermelanose. A hiperpigmentação pode ser localizada ou generalizada. A afecção pode surgir da exposição à luz, produtos químicos, outras substâncias ou de um desequilíbrio metabólico primário.Mutação: Qualquer mudança detectável e hereditária que ocorre no material genético causando uma alteração no GENÓTIPO e transmitida às células filhas e às gerações sucessivas.Análise Mutacional de DNA: Identificação bioquímica das alterações mutacionais em uma sequência de nucleotídeos.Genes Dominantes: Genes que influenciam o FENÓTIPO, tanto no estado homozigótico como heterozigótico.Fármacos Dermatológicos: Fármacos usados para o tratamento ou prevenção de afecções cutâneas ou para o cuidado habitual com a pele.Pele: Camada externa do corpo, que o protege do meio ambiente. Composta por DERME e EPIDERME.Saúde da Família: Estado de saúde de uma família como unidade incluindo o impacto causado pela saúde de um membro sobre a unidade e sobre cada um dos membros; inclui o impacto causado pela alteração ou não do estado de saúde de seus membros.Pioderma: Qualquer doença purulenta da pele. (Dorland, 28a ed)Doenças da Unha: Doenças da placa da unha e tecidos ao redor desta. O conceito é limitado a primatas.: Extremidade distal da perna dos vertebrados que consiste do tarso (TORNOZELO), do METATARSO, das falanges e dos tecidos moles que envolvem estes ossos.Pitiríase Rósea: Inflamação exantematosa leve, de etiologia desconhecida. É caracterizada pela presença de lesões maculopapulares de coloração salmão. O sinal mais conspícuo é o arranjo das lesões de maneira que o eixo longo fique paralelo às linhas de clivagem. As erupções são normalmente generalizadas, afetam principalmente o tronco, e o curso é em geral, autolimitante.

*  dores no pé da barriga e de um lado esquerdo do pé da barriga .

Ceratodermia Palmar e Plantar. 1. + +. 88. Dermatoses da Perna. 1. + +. 89. Tuberculose Osteoarticular. 1. + +. ... Plantas medicinais. Temas de saúde. Dicionário médico. Sites de saúde. Perguntas e respostas. Publicidade. Anuncie conosco. ...
lookfordiagnosis.com/results.php?symptoms=dores no pé da barriga e de um lado esquerdo do pé da barriga .&lang=3&parent=/&mode=F

*  Infecções Por Adenophorea - lookfordiagnosis.com

Ceratodermia Palmar E Plantar. * Ceratodermia Palmar E Plantar Difusa. * Ceratodermia Palmar E Plantar Epidermolítica ...
https://lookfordiagnosis.com/portugueseforum/viewforum.php?f=87

*  Doenças Dos Gânglios Da Base - lookfordiagnosis.com

Ceratodermia Palmar E Plantar. * Ceratodermia Palmar E Plantar Difusa. * Ceratodermia Palmar E Plantar Epidermolítica ...
https://lookfordiagnosis.com/portugueseforum/viewforum.php?f=382

*  MANCHAS ESCURAS NA GLANDE, ALGUM TIPO DE MANCHA MARROM AO RE - Página 5 - lookfordiagnosis.com

Ceratodermia Palmar E Plantar. * Ceratodermia Palmar E Plantar Difusa. * Ceratodermia Palmar E Plantar Epidermolítica ...
https://lookfordiagnosis.com/portugueseforum/viewtopic.php?f=370&t=22618&sid=0e73f893401ce024473c8140f7353b7e&start=40

*  Afasia Acinética - lookfordiagnosis.com

Ceratodermia Palmar E Plantar. * Ceratodermia Palmar E Plantar Difusa. * Ceratodermia Palmar E Plantar Epidermolítica ...
https://lookfordiagnosis.com/portugueseforum/viewforum.php?f=127

*  Babesiose - lookfordiagnosis.com

Ceratodermia Palmar E Plantar. * Ceratodermia Palmar E Plantar Difusa. * Ceratodermia Palmar E Plantar Epidermolítica ...
https://lookfordiagnosis.com/portugueseforum/viewforum.php?f=360

*  Neoplasias Abdominais - lookfordiagnosis.com

Ceratodermia Palmar E Plantar. * Ceratodermia Palmar E Plantar Difusa. * Ceratodermia Palmar E Plantar Epidermolítica ...
https://lookfordiagnosis.com/portugueseforum/viewforum.php?f=3

*  Arritmia Sinusal - lookfordiagnosis.com

Ceratodermia Palmar E Plantar. * Ceratodermia Palmar E Plantar Difusa. * Ceratodermia Palmar E Plantar Epidermolítica ...
https://lookfordiagnosis.com/portugueseforum/viewforum.php?f=294

Penugem: O pelo corporal ou penugem é o tipo de pelo fino e incolor que cobre a maior parte do corpo dos seres humanos; é composto por fibras capilares delgadas e curtas, que não superam em geral os 2 mm. Cobre quase totalmente a superfície corporal, excetuando as palmas das mãos, as plantas dos pés e a mucosa genital.Ictiose: Ictiose é uma doença dermatológica congênita causada por uma anomalia no processo de regeneração da pele, pêlos e unhas.HiperqueratoseQueratolítico: Queratolíticos são substâncias que dissolvem ou destroem a camada córnea da pele. São usados no tratamento para eliminar as verrugas e outras lesões em que a epiderme produz excesso de pele.Probando: Probando é um termo usado em genética médica e noutros campos da medicina para designar um indivíduo particular (pessoa ou animal) que estiver sendo estudado ou reportado na literatura científica. Quando uma doença genética é diagnosticada pela primeira vez numa determinada família, o indivíduo diagnosticado é o probando (caso índice).Aplasia da cútis congênita: Aplasia da cútis congênita (ACC), é uma rara doença congênita, que caracteriza-se por formação incompleta da pele.Essa ausência pode estar localizada em qualquer parte do corpo, mas é mais comumente localizada na linha média da região das fontanelas, ao longo do seio sagital superior.VaselinaSurdez prelinguística: A surdez prelinguística refere-se à deficiência auditiva de quem nasce com audição insuficiente para adquirir a fala normalmente, ou que perdeu a audição antes da idade em que a fala é adquirida.Queratina: Queratina (do grego kéras que significa chifre) ou ceratina é uma proteína sintetizada por muitos animais para formar diversas estruturas do corpo.PsoríaseQueratinócito: Queratinócitos ou ceratinócitos são células diferenciadas do tecido epitelial (pele) e invaginações da epiderme para a derme (como os cabelos e unhas) de animais terrestres responsáveis pela síntese da queratina.Inserção (genética): Uma inserção genética é a adição de um ou mais pares de bases de nucleótidos em uma sequência genética. Isto pode ocorrer em regiões de microssatélites devido ao deslizamento de ADN polimerase.Tonofibrila: As tonofibrilas são estruturas proteicas citoplasmáticas que se encontram nos tecidos epiteliais,The Free dictionary Tonofibril que convergem em desmossomas e hemidesmossomas. As tonofibrilas estão formadas por tonofilamentosThe Free Dictionary Tonofilament, os quais são um tipo de filamento intermédio do citoesqueleto.Desmossomo: Desmossomo (do grego desmos, ligação, e somatos, corpo) é uma junção celular constituída por duas partes, uma delas na membrana de uma das células e a outra, na membrana da célula vizinha.Osteíte púbicaAcitretinaHiperidroseHiperpigmentaçãoPitiríase alba


Hiperidrose (suor execivo palmar e plantar)?


  • Queria saber se alguém pode me informar algum tratamento eficaz contra hiperidrose (suor execivo), ou algum remedio ou receitas eficazes ... E alguem pode também me indicar o nome e tel. de um dermatologista do RJ.. Obrigada pela atenção ..
  • Eu tenho o mesmo problema, que abrange cerca de 1% da população brasileira, a hiperidrose ou o excesso involuntário de suor. Para acabar com o excesso de sudorese nas mãos e rosto você deve fazer uma cirurgia que corta uma ligação de um nervo que fica nas suas axilas, o valor aproximado em uma clínica particular é de 7.000 reais. Para exterminar o excesso de suor em seus pés você deve realizar uma outra cirurgia que corta a ligação de um nervo presente na sua fossa poplítia (atrás do joelho). Atualmente existe tratamentos que utilizam injeções constantes nas axicilas para diminuir a sudorese. A cirugia, como qualquer outra, é sempre invasiva, então deve-se ter ciência dos efeitos colaterais (na minha opinião são melhores do que ficar com a doença), que podem ser o excesso de suor nas costas e barriga. Infelismente não existem remedios e receitas milagrosas (pelo menos e que saiba) para diminuir a sudorese, então adapte-se ao problema ou procure um plano de saúde que cubra o valor exorbitante das cirurgias. Eu lamento, mas moro no estado de São Paulo e não posso recomendar nenhum especialista para você. Boa sorte

Descobriu algum tratamento caseiro para hiperidrose palmar e plantar?


Alguem sabe onde compro milho de pipoca de microondas pra plantar?


Da para plantar mangaba com caroço depois que ela vai para a geladeira e é chupada?


Qual o nome que coloco em minha arvorezinha que acabei de plantar?


como e quando devo plantar pimentões?


Sobre o assafrão, qual a melhor distância de se plantar um do outro?


  • Desde já agradeço!
  • Ixxi !! Ninguém respondeu, rsrs Então pesquiso e respondo que o espaçamento deve ser de 40 X 30 cm entre linhas e plantas, respectivamente; ou seja 40 cm entre linhas e 30 cm entre plantas. tirei daqui: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/bitstream/CPAP/56100/1/FOL102.pdf Boa sorte !!

Pode se fazer acumpuntura para quem sofre de fascite plantar?


  • Tenho esta dor desesperada há 4 anos e nada resolve, gostaria de fazer acumpuntura e me disseram que dá resultado.
  • invista na acumputura , já que alguém teve êxito , você poderá ter se tentar.