Angiopatias Diabéticas: DOENÇAS VASCULARES associadas a DIABETES MELLITUS.Retinopatia Diabética: Doença da RETINA resultante de uma complicação de DIABETES MELLITUS. Caracteriza-se por complicações microvasculares progressivas, como ANEURISMA, EDEMA inter-retiniano e NEOVASCULARIZAÇÃO PATOLÓGICA intraocular.Nefropatias Diabéticas: Lesões no RIM associadas com diabetes mellitus que afetam os GLOMÉRULOS RENAIS, ARTERÍOLAS, TÚBULOS RENAIS e o interstício. Os sinais clínicos incluem PROTEINURIA persistente devido a microalbuminuria que progride para a ALBUMINURIA superior a 300 mg/24h, o que leva a uma TAXA DE FILTRAÇÃO GLOMERULAR reduzida e FALÊNCIA RENAL CRÔNICA.Diabetes Mellitus Experimental: Diabetes mellitus induzida experimentalmente pela administração de vários agentes diabetogênicos ou por PANCREATECTOMIA.Pé Diabético: Problemas comuns no pé de pessoas com DIABETES MELLITUS, causados por qualquer uma das combinações dos fatores, como NEUROPATIAS DIABÉTICAS, DOENÇAS VASCULARES PERIFÉRICAS e INFECÇÃO. Com a perda da sensação e circulação deficitária, as lesões e infecções, com frequência, levam a sérias úlceras do pé, GANGRENA e AMPUTAÇÃO.Gravidez em Diabéticas: Estado de GRAVIDEZ em mulheres com DIABETES MELLITUS. Isto não inclui nem o diabetes sintomático e nem a INTOLERÂNCIA À GLUCOSE induzida pela gravidez (DIABETES GESTACIONAL), mas que é dissipada no final da gestação.Diabetes Mellitus Tipo 2: Subclasse de DIABETES MELLITUS que não é responsiva ou dependente de INSULINA (DMNID). Inicialmente, caracteriza-se por RESISTÊNCIA À INSULINA e HIPERINSULINEMIA e finalmente, por INTOLERÂNCIA À GLUCOSE, HIPERGLICEMIA e obviamente diabetes. O diabetes mellitus tipo 2 não é mais considerado uma doença encontrada exclusivamente em adultos. Os pacientes, raramente desenvolvem CETOSE, porém com frequência exibem OBESIDADE.Diabetes Mellitus Tipo 1: Subtipo de DIABETES MELLITUS caracterizada por deficiência de INSULINA. Manifesta-se por um início repentino de intensa HIPERGLICEMIA, progressão rápida a CETOACIDOSE DIABÉTICA e MORTE, a menos que tratada com insulina. A doença pode ocorrer em qualquer idade, mas é mais comum durante a infância ou adolescência.Estreptozocina: Antibiótico que é produzido pelo Streptomyces achromogenes. É utilizado como agente antineoplásico e para induzir diabetes em animais experimentais.Glicemia: Glicose no sangue.Diabetes Mellitus: Grupo de transtornos heterogêneos caracterizados por HIPERGLICEMIA e INTOLERÂNCIA À GLUCOSE.Cardiomiopatias Diabéticas: Complicações da diabetes em que a REMODELAÇÃO VENTRICULAR na ausência de ATEROSCLEROSE CORONÁRIA e hipertensão resulta em distúrbios cardíacos, tipicamente DISFUNÇÃO VENTRICULAR ESQUERDA. As alterações sempre resultam em hipertrofia miocárdica, necrose miocárdica e fibrose, além de deposição de colágeno devida ao comprometimento da tolerância à glicose.Complicações do Diabetes: Afecções ou processos mórbidos associados com diabetes melito. Devido ao controle deficiente do nível de GLICEMIA em pacientes diabéticos, desenvolvem-se processos doentios em vários tecidos e órgãos, incluindo o OLHO, RIM, VASOS SANGUÍNEOS e TECIDO NERVOSO.Insulina: Hormônio pancreático de 51 aminoácidos que desempenha um papel fundamental no metabolismo da glucose, suprimindo diretamente a produção endógena de glucose (GLICOGENÓLISE, GLUCONEOGÊNESE) e indiretamente a secreção de GLUCAGON e a LIPÓLISE. A insulina nativa é uma proteína globular composta por um hexâmero coordenado de zinco. Cada monômero de insulina contém duas cadeias, A (21 resíduos) e B (30 resíduos), ligadas entre si por duas pontes dissulfeto. A insulina é usada para controlar o DIABETES MELLITUS TIPO 1.Dieta para Diabéticos: Dieta destinada a prevenir complicações da diabete melito por meio do controle da cronologia e quantidade de ingestão de energia e redução ao mínimo da ocorrência de cetose ou hipoglicemia. As proporções e quantidades de gorduras, carboidratos, e proteínas são controladas mas os planos da dieta específica variam. (Dorland, 28a ed)Hiperglicemia: Nível anormalmente alto de GLICEMIA.Hipoglicemiantes: Substâncias que reduzem a glicemia.Hemoglobina A Glicosilada: Componentes secundários da hemoglobina de eritrócitos humanos designados A1a, A1b, e A1c. A hemoglobina A1c é a mais importante, visto que sua molécula de açúcar é a glucose covalentemente ligada ao terminal amina da cadeia beta. Como as concentrações normais de glico-hemoglobina excluem marcantes flutuações da glucose sanguínea durante 3 a 4 semanas precedentes, então a concentração de hemoglobina A glicosilada representa o mais confiável índice da média de glucose sanguínea durante um longo período de tempo.Albuminúria: Presença de albumina na urina, um indicador de NEFROPATIAS.Coma Diabético: Estado de inconsciência como resultado de uma complicação de diabetes mellitus. Ocorre em casos de HIPERGLICEMIA ou HIPOGLICEMIA extrema como uma complicação da terapia com INSULINA.Camundongos Endogâmicos NOD: Cepa de camundongos diabéticos não obesos, desenvolvidos no Japão, que têm sido amplamente estudados como modelo para diabetes mellitus autoimune, dependente de célula-T, e dependente de insulina, em que a insulite é a mais importante característica histopatológica, e em que a suscetibilidade genética é fortemente ligada ao MHC.Produtos Finais de Glicosilação Avançada: Produtos derivados da reação não enzimática da GLUCOSE e PROTEÍNAS "in vivo" que exibem uma pigmentação amarelo-amarronzada e uma habilidade em participar das ligações cruzadas entre proteínas. Estas substâncias estão envolvidas em processos biológicos relacionados ao "turnover" de proteínas e acredita-se que seu acúmulo excessivo contribui para as complicações crônicas da DIABETES MELLITUS.Vasos Retinianos: Vasos sanguíneos que nutrem e drenam a retina.Glucose: Fonte primária de energia dos seres vivos. Ocorre naturalmente e é encontrada em frutas e outras partes das plantas em seu estado livre. É utilizada terapeuticamente na reposição de líquidos e nutrientes.Ratos Wistar: Linhagem de ratos albinos desenvolvida no Instituto Wistar e que se espalhou amplamente para outras instituições. Este fato diluiu marcadamente a linhagem original.Aldeído Redutase: Enzima que catalisa reversivelmente a oxidação de uma aldose a um alditol. Possui especificidade ampla para muitas aldoses. EC 1.1.1.21.AloxanoRatos Sprague-Dawley: Linhagem de ratos albinos amplamente utilizada para propósitos experimentais por sua tranquilidade e facilidade de manipulação. Foi desenvolvida pela Companhia de Animais Sprague-Dawley.Rim: Órgão do corpo que filtra o sangue, secreta URINA e regula a concentração dos íons.Glicosúria: Aparecimento de uma quantidade grande e anormal de GLUCOSE na urina, como maior que 500 mg/dia em adultos. Pode ser devido a HIPERGLICEMIA ou defeitos genéticos na reabsorção renal (GLICOSÚRIA RENAL).Ilhotas Pancreáticas: Estruturas microscópicas irregulares constituídas por cordões de células endócrinas espalhadas pelo PÂNCREAS entre os ácinos exócrinos. Cada ilhota é circundada por fibras de tecido conjuntivo e penetrada por uma rede de capilares. Há quatro tipos principais de células. As células beta, as mais abundantes (50-80 por cento), secretam INSULINA. As células alfa (5-20 por cento) secretam GLUCAGON. As células PP (10-35 por cento) secretam o POLIPEPTÍDEO PANCREÁTICO. As células delta (aproximadamente 5 por cento) secretam SOMATOSTATINA.Ratos Zucker: Duas populações de ratos Zucker foram citadas em pesquisa - os "gordos" ou obesos e os magros. Os ratos "gordos" (Rattus norvegicus) apareceram como mutantes espontâneos. A condição de obesidade parece ser devida a um único gene recessivo.Peso Corporal: Massa ou quantidade de peso de um indivíduo, expresso em unidades de quilogramas ou libras.Gastroparesia: Retardo crônico do esvaziamento gástrico. A gastroparesia pode ser causada por disfunção motora ou paralisia dos músculos do ESTÔMAGO ou pode estar associada com outras doenças sistêmicas como DIABETES MELLITUS.Glomérulos Renais: Grupo de capilares enovelados (sustentados pelo tecido conjuntivo) que se iniciam em cada túbulo renal.Valores de Referência: Faixa (ou distribuição de frequências) dos [valores] medidos em uma população (de organismos, órgãos ou coisas) que não foi selecionada para [indicar] a presença de doença ou de anormalidade.Modelos Animais de Doenças: Doenças animais ocorrendo de maneira natural ou são induzidas experimentalmente com processos patológicos suficientemente semelhantes àqueles de doenças humanas. São utilizados como modelos para o estudo de doenças humanas.Fatores de Tempo: Elementos de intervalos de tempo limitados, contribuindo para resultados ou situações particulares.Estresse Oxidativo: Perturbação no equilíbrio pró-oxidante-antioxidante em favor do anterior, levando a uma lesão potencial. Os indicadores do estresse oxidativo incluem bases de DNA alteradas, produtos de oxidação de proteínas e produtos de peroxidação de lipídeos.Frutosamina: Açúcar amino formado quando a glucose reage não enzimaticamente com o grupo amino N-terminal das proteínas. A porção frutose é derivada da glucose pelo "clássico" rearranjo Amadori.Retina: Membrana de tecido nervoso (composta por dez camadas e encontrada no olho) que se continua no NERVO ÓPTICO. Recebe imagens de objetos externos e transmite [essas informações] ao cérebro [em forma de] impulsos visuais [nervosos]. Sua superfície externa está em contato com a COROIDE e a interna, com o CORPO VÍTREO. A camada mais externa é pigmentada e as outras (9), transparentes.Camundongos Endogâmicos C57BLÚlcera do Pé: Lesão na superfície da pele (sola) do pé, normalmente acompanhada de inflamação. A lesão pode se tornar infectada ou necrótica e é frequentemente associada com diabetes ou lepra.Transplante das Ilhotas Pancreáticas: Transferências das ilhotas pancreáticas em um indivíduo, entre indivíduos de uma mesma espécie, ou entre indivíduos de espécies diferentes.Teste de Tolerância a Glucose: Teste para determinar a capacidade de um indivíduo em manter a HOMEOSTASE da GLICEMIA. Inclui a medida dos níveis de glicemia em jejum e em intervalos pré-estabelecidos antes e após ingestão de glucose (75 ou 100 g) ou de uma infusão intravenosa (0,5 g/Kg).Barreira Hematorretiniana: Barreira especializada (formada pelo EPITÉLIO pigmentar retinal e pelo ENDOTÉLIO dos VASOS SANGUÍNEOS da RETINA) que dificulta as trocas no OLHO. As JUNÇÕES ÍNTIMAS (entre células adjacentes) mantêm a barreira entre o contínuo das células.Fatores de Risco: Aspecto do comportamento individual ou do estilo de vida, exposição ambiental ou características hereditárias ou congênitas que, segundo evidência epidemiológica, está sabidamente associado a uma condição relacionada com a saúde considerada importante de ser prevenida.Podócitos: Células epiteliais altamente diferenciadas na camada visceral da CÁPSULA GLOMERULAR no RIM. São formadas por um corpo celular, com EXTENSÕES DA SUPERFÍCIE CELULAR e extensões digitiformes secundárias (pedicelos). Com aquelas, envolvem os capilares do GLOMÉRULO RENAL, formando uma estrutura de filtração. Os pedicelos dos podócitos vizinhos interdigitam, deixando aberturas de filtração (ligadas a estruturas extracelulares, impermeáveis a grandes macromoléculas) denominadas diafragma de fenda (slit diaphragm), a última barreira no RIM contra perda de proteínas.Pressão Sanguínea: PRESSÃO do SANGUE nas ARTÉRIAS e de outros VASOS SANGUÍNEOS.

*  dores no pé da barriga e de um lado esquerdo do pé da barriga .

Angiopatias Diabéticas. 2. + +. 28. Gangrena. 2. + +. 29. Neuropatias Fibulares. 2. + +. 30. Dermatoses da Mão. 2. + +. ...
lookfordiagnosis.com/results.php?symptoms=dores no pé da barriga e de um lado esquerdo do pé da barriga .&lang=3&parent=/&mode=F

*  anisocitose, dor nos musculos das pernas , calafrios

Angiopatias Diabéticas. 4. + +. 144. Dor nas Costas. 4. + +. 145. Tremor. 4. + +. 146. Paresia. 4. + +. ...
lookfordiagnosis.com/results.php?symptoms=anisocitose, dor nos musculos das pernas , calafrios&lang=3&parent=/&mode=F

*  Angiopatia - Wikipedia

A mais conhecida e a maioria das angiopatias é a angiopatia diabética, uma complicação que pode acontecer na diabete crônica. ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Angiopatia

*  NUCLEO DE ATENDIMENTO AO DIABETICO

... da nefropatia diabética, das macros e micros angiopatias diabéticas que acabam por repercutir na saúde total do diabético. O ... A nefropatia diabética e a hipertensão arterial são as causas mais comuns de insuficiência renal crônica que acabam, as vezes, ... A retinopatia diabética é a causa mais comum de cegueira irreversível a partir dos 60 anos. Estas informações estão registradas ... Portanto, o bom controle glicêmico tem um grande impacto na qualidade de vida dos diabéticos, tanto nos aspectos de saúde ...
flumignano.com/medicos/NUCLEO_ATEND_DIABETICOS.htm

*  Atrofias Olivopontocerebelares - lookfordiagnosis.com

Angiopatias Diabéticas. * Coma Diabético. * Pé Diabético. * Cetoacidose Diabética. * Nefropatias Diabéticas. * Neuropatias ...
https://lookfordiagnosis.com/portugueseforum/viewforum.php?f=2860

*  Reabsorção Da Raiz - lookfordiagnosis.com

Angiopatias Diabéticas. * Coma Diabético. * Pé Diabético. * Cetoacidose Diabética. * Nefropatias Diabéticas. * Neuropatias ...
https://lookfordiagnosis.com/portugueseforum/viewforum.php?f=3489

*  Granulomatose De Wegener - lookfordiagnosis.com

Angiopatias Diabéticas. * Coma Diabético. * Pé Diabético. * Cetoacidose Diabética. * Nefropatias Diabéticas. * Neuropatias ...
https://lookfordiagnosis.com/portugueseforum/viewforum.php?f=4181

*  Reflexo De Babinski - lookfordiagnosis.com

Angiopatias Diabéticas. * Coma Diabético. * Pé Diabético. * Cetoacidose Diabética. * Nefropatias Diabéticas. * Neuropatias ...
https://lookfordiagnosis.com/portugueseforum/viewforum.php?f=3388

*  Infecções Por Adenophorea - lookfordiagnosis.com

Angiopatias Diabéticas. * Coma Diabético. * Pé Diabético. * Cetoacidose Diabética. * Nefropatias Diabéticas. * Neuropatias ...
https://lookfordiagnosis.com/portugueseforum/viewforum.php?f=87

*  Transtornos Da Cefaléia Secundários - lookfordiagnosis.com

Angiopatias Diabéticas. * Coma Diabético. * Pé Diabético. * Cetoacidose Diabética. * Nefropatias Diabéticas. * Neuropatias ...
https://lookfordiagnosis.com/portugueseforum/viewforum.php?f=1619

*  Doenças Dos Animais - lookfordiagnosis.com

Angiopatias Diabéticas. * Coma Diabético. * Pé Diabético. * Cetoacidose Diabética. * Nefropatias Diabéticas. * Neuropatias ...
https://lookfordiagnosis.com/portugueseforum/viewforum.php?f=228

*  Anodontia - lookfordiagnosis.com

Angiopatias Diabéticas. * Coma Diabético. * Pé Diabético. * Cetoacidose Diabética. * Nefropatias Diabéticas. * Neuropatias ...
https://lookfordiagnosis.com/portugueseforum/viewforum.php?f=236

*  Transtorno De Movimento Estereotipado - lookfordiagnosis.com

Angiopatias Diabéticas. * Coma Diabético. * Pé Diabético. * Cetoacidose Diabética. * Nefropatias Diabéticas. * Neuropatias ...
https://lookfordiagnosis.com/portugueseforum/viewforum.php?f=4307

*  Doenças Da Glândula Tireóide - lookfordiagnosis.com

Angiopatias Diabéticas. * Coma Diabético. * Pé Diabético. * Cetoacidose Diabética. * Nefropatias Diabéticas. * Neuropatias ...
https://lookfordiagnosis.com/portugueseforum/viewforum.php?f=3880

*  Sarcoma De Células Pequenas - lookfordiagnosis.com

Angiopatias Diabéticas. * Coma Diabético. * Pé Diabético. * Cetoacidose Diabética. * Nefropatias Diabéticas. * Neuropatias ...
https://lookfordiagnosis.com/portugueseforum/viewforum.php?f=3528

*  Ceratoconjuntivite Infecciosa - lookfordiagnosis.com

Angiopatias Diabéticas. * Coma Diabético. * Pé Diabético. * Cetoacidose Diabética. * Nefropatias Diabéticas. * Neuropatias ...
https://lookfordiagnosis.com/portugueseforum/viewforum.php?f=2084

*  Fraturas De Cartilagem - lookfordiagnosis.com

Angiopatias Diabéticas. * Coma Diabético. * Pé Diabético. * Cetoacidose Diabética. * Nefropatias Diabéticas. * Neuropatias ...
https://lookfordiagnosis.com/portugueseforum/viewforum.php?f=1414

*  Hiperostose Esquelética Difusa Idiopática - lookfordiagnosis.com

Angiopatias Diabéticas. * Coma Diabético. * Pé Diabético. * Cetoacidose Diabética. * Nefropatias Diabéticas. * Neuropatias ...
https://lookfordiagnosis.com/portugueseforum/viewforum.php?f=1881

*  Hemorragia Da Coróide - lookfordiagnosis.com

Angiopatias Diabéticas. * Coma Diabético. * Pé Diabético. * Cetoacidose Diabética. * Nefropatias Diabéticas. * Neuropatias ...
https://lookfordiagnosis.com/portugueseforum/viewforum.php?f=725

*  Plagiocefalia Não Sinostótica - lookfordiagnosis.com

Angiopatias Diabéticas. * Coma Diabético. * Pé Diabético. * Cetoacidose Diabética. * Nefropatias Diabéticas. * Neuropatias ...
https://lookfordiagnosis.com/portugueseforum/viewforum.php?f=3140

*  Anormalidades Craniofaciais - lookfordiagnosis.com

Angiopatias Diabéticas. * Coma Diabético. * Pé Diabético. * Cetoacidose Diabética. * Nefropatias Diabéticas. * Neuropatias ...
https://lookfordiagnosis.com/portugueseforum/viewforum.php?f=844

*  Pesquisa de informação médica (Complicações Cardiovasculares na Gravidez • Web)

Angiopatias Diabéticas: DOENÇAS VASCULARES associadas a DIABETES MELLITUS.Anticoagulantes: Agentes que impedem a coagulação. ... A barreira placentária exclui a transmissão de micróbios ou vírus.Gravidez em Diabéticas: Estado de GRAVIDEZ em mulheres com ... Manifesta-se por um início repentino de intensa HIPERGLICEMIA, progressão rápida a CETOACIDOSE DIABÉTICA e MORTE, a menos que ... Devido ao controle deficiente do nível de GLICEMIA em pacientes diabéticos, desenvolvem-se processos doentios em vários tecidos ...
lookformedical.com/search.php?q=Complicações Cardiovasculares na Gravidez&lang=3&src=web

*  Complicações Do Trabalho De Parto - lookfordiagnosis.com

Angiopatias Diabéticas. * Coma Diabético. * Pé Diabético. * Cetoacidose Diabética. * Nefropatias Diabéticas. * Neuropatias ...
https://lookfordiagnosis.com/portugueseforum/viewforum.php?f=2837

*  Transtornos Mieloproliferativos - lookfordiagnosis.com

Angiopatias Diabéticas. * Coma Diabético. * Pé Diabético. * Cetoacidose Diabética. * Nefropatias Diabéticas. * Neuropatias ...
https://lookfordiagnosis.com/portugueseforum/viewforum.php?f=2641

*  Síndrome Da Vibração Do Segmento Mão-Braço - lookfordiagnosis.com

Angiopatias Diabéticas. * Coma Diabético. * Pé Diabético. * Cetoacidose Diabética. * Nefropatias Diabéticas. * Neuropatias ...
https://lookfordiagnosis.com/portugueseforum/viewforum.php?f=1605

Retinopatia diabética: ( )Nefropatia diabética: Nefropatia diabética, também conhecida como síndrome de Kimmelstiel-Wilson e glomerulonefrite intercapilar, é uma doença renal progressiva causada por angiopatia dos capilares nos glomérulos renais. Ela é caracterizada por síndrome nefrótica e glomeruloesclerose difusa.Pé diabético: O pé diabético é uma série de alterações anatomopatológicas e neurológicas periféricas que ocorrem nos pés de pessoas acometidas pelo diabetes mellitus.O PÉ DIABÉTICO, no http://www.Diabetes mellitus tipo 1: O diabetes mellitus tipo 1 é uma disfunção metabólica e uma das formas de diabetes mellitus. É uma doença autoimune que resulta em destruição das células beta do pâncreas, as quais produzem insulina.Diabetes mellitusUpregulation e Downregulation: Downregulation é o processo pelo qual uma célula diminui a quantidade de um componente celular, como RNA ou proteína, em resposta a uma variável externa. Ao contrário, um aumento reativo de um componente celular é chamado de upregulation.Dieta diabética: A chamada dieta diabética, ou seja aquela recomendada para as pessoas que sofrem de diabetes mellitus, é toda aquela que seja rica em fibra alimentar, especialmente fibras solúveis, mas pobre em gordura (especialmente gordura saturada).HiperglicemiaHipoglicemiante: Hipoglicemiantes ou antidiabéticos são medicamentos usados para diminuir a quantidade de glicose (açúcar) no sangue (glicemia). Geralmente são usados para se referir a fármacos de uso oral no tratamento da diabetes mellitus tipo 2, mas existem quatro injetáveis.Microalbuminúria renal: Microalbuminuria é a eliminação de proteína na urina em grande quantidade.Coma diabéticoGlicação: Glicação é o processo de soma entre uma proteína e um carboidrato, tal qual a glicose, sem a ação controladora de uma enzima. É a principal causa de doenças clínicas vasculares em pacientes diabéticos.AloxanaRim: Rim (lat. ren, grc.GastroparesiaPodócito: Podócitos são células do epitélio visceral dos rins que formam um importante componente da barreira de filtração glomerular, contribuindo para a seletividade de tamanho e mantendo uma superfície de filtração massiva.


neuropatia


  • O dano causado nas células nervosas é característico de neuropatia periférica, e para as células renais, nefropatia diabética (síndrome de Kimmelstiel-Wilson). (wikipedia.org)
  • Portanto, o bom controle glicêmico tem um grande impacto na qualidade de vida dos diabéticos, tanto nos aspectos de saúde quanto nos custos econômicos que ampliam-se com o aparecimento e progressão da neuropatia diabética, da nefropatia diabética, das macros e micros angiopatias diabéticas que acabam por repercutir na saúde total do diabético. (flumignano.com)