Transtornos de Ansiedade: ANSIEDADE persistente e incapacitante.Ansiedade: Sensação ou emoção de pavor, apreensão e desastre iminente, porém não incapacitante como nos TRANSTORNOS DE ANSIEDADE.Transtornos Fóbicos: Transtornos da ansiedade nas quais o aspecto central é um medo persistente e irracional de um objeto, atividade ou situação específicos, que o indivíduo se sente compelido a evitar. O indivíduo reconhece que o medo é excessivo e despropositado.Transtornos do Humor: Aqueles transtornos que têm como principal característica o distúrbio do humor.Ansiedade de Separação: Ansiedade experimentada por um indivíduo quando se separa de uma pessoa ou objeto que lhe é particularmente significativo.Transtorno de Pânico: Tipo de transtorno da ansiedade caracterizado por ataques de pânico inesperados com duração de minutos ou, mais raramente, de horas. Ataques de pânico iniciam-se com uma apreensão, medo ou terror intenso e, frequentemente, com um sentimento de tragédia iminente. Os sintomas experimentados durante um ataque de pânico incluem dispneia, sensações de sufocamento, tontura, perda do equilíbrio ou fraqueza, sensações de engasgamento, palpitações ou taquicardia, tremores, suor, náusea ou outra forma de sofrimento abdominal, despersonalização ou desrealização, parestesias, calores ou arrepios, dor ou desconforto no peito, medo de morrer ou de perder o controle sobre si mesmo ou de enlouquecer. Também pode se desenvolver agorafobia. Assim como os outros transtornos da ansiedade, pode ser herdado como uma característica autossômica dominante.Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais: Classificação categórica de TRANSTORNOS MENTAIS baseada nos grupos de critérios com características definidas. É produzido pela American Psychiatric Association. (DSM-IV, página xxii)Ansiolíticos: Fármacos que aliviam a ANSIEDADE, tensão e os TRANSTORNOS DA ANSIEDADE, promovem sedação e tem um efeito calmante sem afetar a clareza da consciência ou as condições neurológicas. Os ANTAGONISTAS ADRENÉRGICOS BETA são comumente usados no tratamento sintomático da ansiedade, mas não são incluídos aqui.Escalas de Graduação Psiquiátrica: Procedimentos padronizados baseados em escalas de avaliação ou roteiros de entrevistas conduzidos por profissionais da saúde para a avaliação do grau de doença mental.Transtornos Mentais: Doenças psiquiátricas que se manifestam por rupturas no processo de adaptação expressas primariamente por anormalidades de pensamento, sentimento e comportamento, produzindo sofrimento e prejuízo do funcionamento.Agorafobia: Medo obsessivo, persistente e intenso, dos espaços abertos.Transtorno Depressivo: Transtorno afetivo que se manifesta tanto por um humor disfórico como pela perda de interesse ou prazer nas atividades usuais. O distúrbio do humor é predominante e relativamente persistente.Transtorno Depressivo Maior: Depressão importante que surge no período de involução e que se caracteriza por alucinações, delírios, paranoia e agitação.Transtorno Bipolar: Transtorno afetivo importante caracterizado por graves oscilações do humor (episódios de mania ou de depressão significativa) e por uma tendência à remissão e à recorrência.Comorbidade: Presença de doenças coexistentes ou adicionais com relação ao diagnóstico inicial ou com relação à doença índice que é o objetivo do estudo. A comorbidade pode afetar o desempenho de indivíduos afetados e até mesmo a sua sobrevivência. Pode ser usado como um indicador prognóstico para a duração da hospitalização, fatores de custos e de melhoria ou sobrevivência.Terapia Cognitiva: Forma de psicoterapia baseada na interpretação das situações (estrutura cognitiva das experiências) que determinam o modo como um indivíduo se sente e se comporta. É baseada na premissa de que a cognição, o processo de aquisição do conhecimento e de formação de crenças, é primariamente determinado pelo humor e o comportamento. A terapia utiliza técnicas comportamentais e verbais para identificar e corrigir pensamentos negativos que estão na raiz dos comportamentos aberrantes.Entrevista Psicológica: Conversação direta com o objetivo de obter informação para o diagnóstico e avaliação psiquiátrica, planejamento do tratamento, etc. A entrevista pode ser conduzida por um assistente social ou psicólogo.Medo: A resposta afetiva a um perigo externo real, que desaparece com o fim da situação ameaçadora.Transtorno Obsessivo-Compulsivo: Transtorno da ansiedade caracterizado por obsessões ou compulsões recorrentes e persistentes. Obsessões são ideias, pensamentos e imagens intrusivos, que são experimentados como não tendo sentido ou sendo repulsivos. Compulsões são comportamentos repetitivos e aparentemente propositais, geralmente reconhecidos pelo indivíduo como não tendo sentido e não trazendo prazer, embora proporcionem um alívio da tensão.Depressão: Estados depressivos, geralmente de intensidade moderada quando comparados à depressão maior, presentes nos transtornos neuróticos e psicóticos.Transtornos de Estresse Pós-Traumáticos: Classe de transtornos de estresse traumático com sintomas que perduram por mais de um mês. Há várias formas de transtornos de estresse pós-traumático, dependendo do tempo de início e a duração destes sintomas estressantes. Na forma aguda, a duração dos sintomas está entre 1 a 3 meses. Na forma crônica, os sintomas persistem por mais de 3 meses. Com o início tardio, os sintomas se desenvolvem mais que 6 meses após o evento traumático.Ansiedade ao Tratamento Odontológico: Medo ou pavor anormal de procurar o dentista para cuidados preventivos e ansiedade injustificada em relação aos procedimentos dentários.Inventário de Personalidade: Inventário, geralmente a ser preenchido por uma pessoa a respeito de si mesma, que consiste de várias sentenças sobre características pessoais a serem endossadas ou não.Questionários: Conjunto de perguntas previamente preparadas utilizado para a compilação de dados.Transtornos Somatoformes: Transtornos em que há a presença de sintomas físicos que sugerem uma situação médica geral mas sem base médica constatável, pelos efeitos diretos de uma substância ou por qualquer outro transtorno mental. Os sintomas devem causar um desconforto clínico significativo, prejuízo social, ocupacional ou em outras áreas de ação. Ao contrário dos TRANSTORNOS AUTOINDUZIDOS ou SIMULAÇÃO DE DOENÇA, os sintomas físicos não estão sob controle voluntário. (Tradução livre do original: APA, DSM-V).Escala de Ansiedade Manifesta: Questionário tipo falso-verdadeiro composto de itens considerados indicativos de ansiedade, no qual o indivíduo indica quais sentenças melhor o descrevem.Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias: Transtornos relacionados ao abuso de substâncias.Dessensibilização Psicológica: Técnica de terapia comportamental em que o relaxamento muscular profundo é utilizado para inibir os efeitos de estímulos ansiogênicos classificados conforme o grau de ansiedade que provocam.Estresse Psicológico: Quadro mórbido característico, de natureza basicamente psíquica, onde inexistem causas orgânicas capazes de serem evidenciadas pelos meios usuais de exame médico, que aparece em condições especiais, de trabalho ou de guerra. Apresenta quadro predominante psíquico acompanhado de repercussões orgânicas. A sintomatologia é múltipla e polimorfa com cefaleias, tonturas, anorexia, tremores de extremidades, adinamia, dificuldades de concentração, crises de choro.Transtorno Distímico: Humor cronicamente deprimido presente na maioria dos dias por, pelo menos, dois anos. Durante os períodos de humor deprimido devem estar presentes ao menos dois dos seguintes sintomas adicionais: apetite reduzido ou aumentado, insônia ou hipersonia, pouca energia ou fadiga, baixa autoestima, dificuldades de concentração ou dificuldades em tomar decisões e sentimentos de desesperança.Timidez: Desconforto e inibição parcial do modo usual de se comportar, quando na presença de outras pessoas.Inibidores da Captação de Serotonina: Compostos que inibem especificamente a recaptação de serotonina no cérebro.Determinação da Personalidade: Determinação e avaliação das características da personalidade através de entrevistas, observações, testes e escalas. Os artigos voltados para a medida da personalidade fazem parte do escopo deste termo.Índice de Gravidade de Doença: Níveis dentro de um grupo de diagnósticos estabelecidos por vários critérios de medição aplicados à gravidade do transtorno de um paciente.Prevalência: Número total de casos de uma dada doença em uma população especificada num tempo designado. É diferenciada de INCIDÊNCIA, que se refere ao número de casos novos em uma população em um dado tempo.Tonsila do Cerebelo: Grupo de núcleos basais, em forma de amêndoa, anteriores ao corno inferior do ventrículo lateral do LOBO TEMPORAL. A amigdala é parte do sistema límbico.Antidepressivos: Drogas estimuladoras do humor usadas inicialmente no tratamento de distúrbios afetivos e outras afecções relacionadas. Vários INIBIDORES DA MONOAMINOXIDASE são úteis como antidepressivos, aparentemente como consequência tardia da modulação de seus níveis de catecolaminas. Os compostos tricíclicos usados como agentes antidepressores (ANTIDEPRESSIVOS TRICÍCLICOS) também parecem agir através dos sistemas de catecolaminas do cérebro. Um terceiro grupo (ANTIDEPRESSIVOS DE SEGUNDA GERAÇÃO) diferente inclui algumas drogas que atuam especificamente sobre os sistemas serotoninérgicos.Emoções: Aqueles estados afetivos que podem ser experimentados e que têm a propriedade de excitar e motivar o indivíduo.Psicoterapia: Termo genérico para o tratamento da doença mental ou dos distúrbios emocionais primariamente através da comunicação verbal ou não verbal.Transtornos Neuróticos: Transtornos cujos sintomas trazem sofrimento para o indivíduo e são reconhecidos por ele como sendo inaceitáveis. As relações sociais podem ser imensamente afetadas, mas geralmente permanecem dentro de limites aceitáveis. O transtorno é relativamente duradouro e recorrente se não for tratado.Psicometria: A avaliação de variáveis psicológicas através da aplicação de procedimentos matemáticos.Escala de Ansiedade Frente a Teste: Teste autoaplicável que consiste de questões sobre medo e preocupação em relação às situações de teste e a atividade fisiológica, como frequência cardíaca, suor, etc, antes, durante e depois de testes.Temperamento: Predisposição para reagir ao seu próprio ambiente de um certo modo; usualmente refere-se a mudanças de humor; condição que assegura sinais fisiológicos e tendências mórbidas gerais condicionando manifestações psíquicas secundárias.Transtorno do Deficit de Atenção com Hiperatividade: Transtorno comportamental que tem origem na infância e cujas características essenciais são sinais de desatenção inconsistentes com o nível de desenvolvimento, impulsividade e hiperatividade. Embora muitos indivíduos tenham sintomas tanto de desatenção como de hiperatividade-impulsividade, um ou outro padrão podem ser predominantes. O transtorno é mais frequente em indivíduos do sexo masculino do que feminino. O início se dá na infância. Os sintomas geralmente são atenuados no fim da adolescência, embora uma minoria experimente o quadro completo de sintomas até o meio da idade adulta. (Tradução livre do original: DSM-V)Hipocondríase: Preocupação com o medo de se ter, ou com a ideia de que se tem, uma doença séria baseada na interpretação errônea dos sintomas corporais.Terapia Implosiva: Método para extinguir a ansiedade pela exposição saturada a estímulos temidos ou seus substitutos.Diagnóstico Duplo (Psiquiatria): Coexistência de um transtorno por substância de abuso e um transtorno psiquiátrico. O princípio diagnóstico é baseado no fato de que pacientes quimicamente dependentes geralmente têm também problemas psiquiátricos com graus variados de gravidade.Terapia Assistida por Computador: Sistemas computadorizados utilizados como auxiliares no tratamento de doenças.Reação de Alarme: Resposta involuntária complexa a um forte e inesperado estímulo, geralmente de natureza auditiva.Inquéritos Epidemiológicos: Coleta sistemática de dados relativos ao estado de saúde de determinada população. Pode ser descritiva, exploratória ou explicativa. (Tradução livre do original: Last, 2001)Fatores de Risco: Aspecto do comportamento individual ou do estilo de vida, exposição ambiental ou características hereditárias ou congênitas que, segundo evidência epidemiológica, está sabidamente associado a uma condição relacionada com a saúde considerada importante de ser prevenida.Filho de Pais Incapacitados: Criança com um ou mais pais atormentados por um transtorno físico ou mental.Resultado do Tratamento: Estudos conduzidos com o fito de avaliar as consequências da gestão e dos procedimentos utilizados no combate à doença de forma a determinar a eficácia, efetividade, segurança, exequibilidade dessas intervenções.Nível de Alerta: Vigilância cortical ou prontidão para modular presumidamente em resposta a uma estimulação sensorial, por meio do sistema reticular ativador.Adaptação Psicológica: Estado de harmonia entre as necessidades internas e as exigências externas, e os processos usados na conquista desta condição. (Tradução livre do original: APA Thesaurus of Psychological Index Terms, 8th ed).Alcoolismo: Doença crônica, primária, com fatores genéticos, psicossociais e ambientais influenciando seu desenvolvimento e manifestações. A doença é geralmente progressiva e fatal. É caracterizada pela falta de controle sobre a bebida, pré-ocupação com a droga álcool, uso de álcool apesar das consequências adversas, e distorções no pensamento, negação notável. Cada um destes sintomas pode ser contínuo ou periódico.Estudos Longitudinais: Estudo no qual as variáveis relacionadas a um indivíduo ou grupo de indivíduos são acompanhadas por anos e com contato a intervalos regulares.Psicopatologia: O estudo das causas e processos significativos para o desenvolvimento da doença mental.Transtornos Psicóticos: Transtornos em que há uma perda dos limites do ego e um prejuízo acentuado do teste da realidade, com delírios ou alucinações proeminentes.(Tradução livre do original: From DSM-IV, 1994)Transtornos Globais do Desenvolvimento Infantil: Distorções severas no desenvolvimento de várias funções psicológicas básicas que não são normais em nenhuma fase do desenvolvimento. Estas distorções se manifestam através de prejuízo social duradouro, anormalidades da fala e movimentos peculiares.Pânico: Estado de ansiedade aguda extrema e de medo sem fundamento, acompanhado pela desorganização do funcionamento da personalidade.Transtorno da Conduta: Padrão repetitivo e persistente de comportamento, em que os direitos básicos dos outros, ou as principais normas ou regras sociais, válidas para a idade são violadas. Entre os comportamentos estão a conduta agressiva que causa, ou ameaça causar, danos físicos para outro povo ou animais, conduta não agressiva que causa perda ou prejuízo de propriedade, falsidade ou roubo e sérias violações das regras. Inicia-se antes da idade de 18 anos. (Tradução livre do original: DSM-IV, 1994)Ciclosserina: Substância antibiótica produzida por Streptomyces garyphalus.Psicotrópicos: Grupo vagamente definido de drogas que têm efeito sobre a função psicológica. Aqui os agentes psicotrópicos incluem os antidepressivos, alucinógenos, e tranquilizantes (inclusive os antipsicóticos e ansiolíticos).Afeto: O tom emocional que acompanha uma ideia ou representação mental. É o derivado psíquico mais direto do instinto e o representante das várias transformações corporais através do qual os instintos se manifestam.Estudos Transversais: Estudos epidemiológicos que avaliam a relação entre doenças, agravos ou características relacionadas à saúde, e outras variáveis de interesse, a partir de dados coletados simultaneamente em uma população. (Tradução livre do original: Last, 2001)Extinção Psicológica: Procedimento que apresenta o estímulo condicionado sem REFORÇO para um organismo previamente condicionado. Refere-se também à diminuição de uma resposta condicionada que resulta deste procedimento.Mecanismos de Defesa: Processo inconsciente utilizado por um indivíduo ou grupo de indivíduos para lidar com impulsos, ideias e sentimentos que não são aceitos conscientemente; os vários tipos incluem formação reativa, projeção e reversão para si mesmo.Expressão Facial: Alterações da expressão da face, em resposta a um estímulo emocional.Transtornos Relacionados ao Uso de Álcool: Transtornos relacionados ou resultado por abuso ou mau uso de álcool.Transtornos do Comportamento Social: Comportamentos que estão em discrepância com a norma social esperada e que afetam outros indivíduos.Acontecimentos que Mudam a Vida: Os eventos, incluindo os sociais, os psicológicos e os ambientais, que exigem um ajustamento do indivíduo ou causam uma mudança no seu padrão de vida.Idade de Início: A idade, estágio de desenvolvimento ou período da vida no qual uma doença, seus sintomas iniciais ou manifestações aparecem em um indivíduo.Fatores Sexuais: Usado quando sexo é discutido como um fator em relação a algum assunto ou problema específico.Transtorno Autístico: Transtorno que tem o seu início na infância. É caracterizado pela presença de um desenvolvimento acentuadamente anormal ou prejudicado nas interações sociais e na comunicação social, e de um repertório de atividades e interesses restritos. As manifestações do distúrbio variam enormemente dependendo do nível de desenvolvimento e idade cronológica do indivíduo. (Tradução livre do original: DSM-V)Transtornos de Tique: Transtornos caracterizados por TIQUES recorrentes podendo interferir com a fala e outras atividades. Os tiques são vocalizações ou movimentos motores estereotipados, não rítmicos, rápidos e súbitos que podem ser exacerbados por estresse e geralmente são atenuados durante atividades absorventes. Os transtornos de tique se distinguem das afecções caracterizadas por outros tipos de movimentos anormais que podem acompanhar outros achados médicos. (Tradução livre do original: DSM-IV, 1994)Comportamento Social: Qualquer comportamento que é causado por um outro indivíduo, ou que afeta outro indivíduo, em geral da mesma espécie.Citalopram: Furancarbonitrila que é um dos INIBIDORES DE CAPTAÇÃO DE SEROTONINA, utilizado como um antidepressivo. A droga também é eficiente na redução da ingestão de etanol por alcoólicos e utilizada em pacientes deprimidos que também sofrem de discinesia tardia ao invés dos antidepressivos tricíclicos que agravam tal afecção.Análise de Variância: Técnica estatística que isola e avalia a contribuição dos fatores incondicionais para a variação na média de uma variável dependente contínua.Atenção Primária à Saúde: É a assistência sanitária essencial baseada em métodos e tecnologias práticas, cientificamente fundados e socialmente aceitáveis, postos ao alcance de todos os indivíduos e famílias da comunidade mediante a sua plena participação e a um custo que a comunidade e o país possam suportar, em todas e cada etapa do seu desenvolvimento, com um espírito de autorresponsabilidade e autodeterminação. (Declaração de Alma-Ata - Organização Pan-Americana da Saúde, 2003)Estados UnidosPsicoterapia de Grupo: Forma de terapia da qual dois ou mais pacientes participam sob a orientação de um ou mais psicoterapeutas, com o propósito de tratar distúrbios emocionais, desajustamentos sociais e estados psicóticos.Resposta Galvânica da Pele: Alteração da resistência elétrica da pele que ocorre com as emoções e em outras situações determinadas.Transtornos do Sono: Transtornos caracterizados por alterações nos padrões ou comportamentos normais do sono. Os transtornos do sono podem ser divididos em três categorias principais: DISSONIAS (i. é, transtornos caracterizados por insônia ou hiperssonia), PARASSONIAS (comportamentos anormais do sono) e transtornos do sono secundários a transtornos médicos ou psiquiátricos. (Tradução livre do original: Thorpy, Sleep Disorders Medicine, 1994, p187)Fatores Etários: Idade como um elemento ou influência que contribui à produção de um resultado. Pode ser aplicável à causa ou efeito de uma circunstância. É usado com os conceitos humano e animal, mas devem ser diferenciados de ENVELHECIMENTO, um processo fisiológico, e FATORES DE TEMPO que se refere somente ao transcurso do tempo.Modelos Psicológicos: Representações teóricas que simulam processos psicológicos e/ou sociais. Envolvem o uso de equações matemáticas, computadores e outros equipamentos eletrônicos.Serviços de Saúde Mental: Serviços de saúde mental para prevenção diagnóstico, tratamento prestados a indivíduos com o objetivo de reintegrá-los à comunidade.Autoimagem: A visão que a pessoa tem de si mesma.Transtornos da Personalidade: Desvio importante dos padrões de comportamento normal.Comportamento Animal: A resposta observável de um animal diante de qualquer situação.Qualidade de Vida: Conceito genérico que reflete um interesse com a modificação e a aprimoramento dos componentes da vida, ex. ambiente físico, político, moral e social; a condição geral de uma vida humana.Benzodiazepinas: Grupo de compostos heterocíclicos de dois anéis consistindo em um anel benzeno fundido a um anel diazepino. É permitido qualquer grau de hidrogenação, qualquer substituinte e qualquer isômero H.Relações Interpessoais: A interação recíproca de duas ou mais pessoas.Comportamento Exploratório: A tendência a explorar ou investigar um ambiente novo. É considerada uma motivação não se distingue claramente da curiosidade.Encéfalo: A parte do SISTEMA NERVOSO CENTRAL contida no CRÂNIO. O encéfalo embrionário surge do TUBO NEURAL, sendo composto de três partes principais, incluindo o PROSENCÉFALO (cérebro anterior), o MESENCÉFALO (cérebro médio) e o ROMBENCÉFALO (cérebro posterior). O encéfalo desenvolvido consiste em CÉREBRO, CEREBELO e outras estruturas do TRONCO ENCEFÁLICO (MeSH). Conjunto de órgãos do sistema nervoso central que compreende o cérebro, o cerebelo, a protuberância anular (ou ponte de Varólio) e a medula oblonga, estando todos contidos na caixa craniana e protegidos pela meninges e pelo líquido cefalorraquidiano. É a maior massa de tecido nervoso do organismo e contém bilhões de células nervosas. Seu peso médio, em um adulto, é da ordem de 1.360 g, nos homens e 1.250 g nas mulheres. Embriologicamente, corresponde ao conjunto de prosencéfalo, mesencéfalo e rombencéfalo. Seu crescimento é rápido entre o quinto ano de vida e os vinte anos. Na velhice diminui de peso. Inglês: encephalon, brain. (Rey, L. 1999. Dicionário de Termos Técnicos de Medicina e Saúde, 2a. ed. Editora Guanabara Koogan S.A. Rio de Janeiro)Personalidade: Padrões de respostas comportamentais que caracterizam o indivíduo.Estudos de Casos e Controles: Estudos epidemiológicos observacionais nos quais grupos de indivíduos com determinada doença ou agravo (casos) são comparados com grupos de indivíduos sadios (controles) em relação ao histórico de exposição a um possível fator causal ou de risco. (Tradução livre do original: Last, 2001)Antidepressivos de Segunda Geração: Grupo de fármacos estrutural e mecanicamente diferente que não são tricíclicos nem inibidores da monoamina oxidase. O mais importante clinicamente é que eles parecem agir de modo seletivo sobre os sistemas serotonérgicos, especialmente inibindo a recaptação de serotonina.Transtornos Cognitivos: Distúrbios do processo mental relacionados com o aprendizado, pensamento, o raciocínio e o julgamento.Sintomas Comportamentais: Manifestações observáveis de funcionamento psicológico prejudicado.Pais: Pessoas que atuam como pais naturais, adotivos, ou substitutos. O descritor inclui o conceito de paternidade/maternidade, bem como o da preparação para a paternidade.Seguimentos: Estudos nos quais indivíduos ou populações são seguidos para avaliar o resultado de exposições, procedimentos ou efeitos de uma característica, por exemplo, ocorrência de doença.Fatores de Tempo: Elementos de intervalos de tempo limitados, contribuindo para resultados ou situações particulares.Condicionamento (Psicologia): Termo genérico que se refere ao aprendizado de alguma resposta específica.Inibição (Psicologia): O impedimento ou prevenção de uma resposta comportamental ou verbal apesar do estímulo para aquela resposta estar presente. Em psicanálise, a repressão inconsciente de um processo instintivo.Modelos Logísticos: Modelos estatísticos de risco de um indivíduo (probabilidade de contrair uma doença) em função de um dado de fator de risco. O modelo logístico é um modelo linear para a logística (logaritmo natural dos fatores de risco) da doença como função de um fator quantitativo e é matematicamente equivalente ao modelo logístico.Ansiedade de Desempenho: Ansiedade relacionada à execução de uma tarefa. (Tradução livre do original: Campbell's Psychiatric Dictionary, 9th ed.)Transtornos do Controle de Impulsos: Transtornos cujas características essenciais são o fracasso em resistir a um impulso, ímpeto ou desejo de realizar uma ação, que é prejudicial ao indivíduo e aos outros. Os indivíduos experimentam uma sensação crescente de tensão anterior à ação e sentem prazer, gratificação ou alívio da tensão quando realizam a ação.Extroversão (Psicologia): Estado em que a atenção é voltada principalmente para o mundo externo.Paroxetina: Inibidor da captação de serotonina que é eficiente no tratamento de depressão.Imagem por Ressonância Magnética: Método não invasivo de demonstração da anatomia interna baseado no princípio de que os núcleos atômicos em um campo magnético forte absorvem pulsos de energia de radiofrequência e as emitem como ondas de rádio que podem ser reconstruídas nas imagens computadorizadas. O conceito inclui técnicas tomográficas do spin do próton.Testes Psicológicos: Testes padronizados projetados para medir habilidades, como nos testes de inteligência, aptidão, e realização, ou para avaliar traços de personalidade.Ira: Sentimento intenso de desprazer causado pela experiência de algum impedimento, prejuízo ou ameaça.Reprodutibilidade dos Testes: Propriedade de se obter resultados idênticos ou muito semelhantes a cada vez que for realizado um teste ou medida. (Tradução livre do original: Last, 2001)Aprendizagem em Labirinto: A aprendizagem do caminho correto através de um labirinto para obtenção de reforço. É utilizado para populações humanas ou animais.Saúde Mental: É o estado de bem-estar no qual o indivíduo percebe as próprias habilidades, pode lidar com os estresses normais da vida, é capaz de trabalhar produtivamente e está apto a contribuir com sua comunidade. É mais do que ausência de doença mental. (WHO 2001)Córtex Pré-Frontal: Parte rostral do lobo frontal, delimitado pelo sulco pré-central inferior nos humanos, o qual recebe fibras de projeção do NÚCLEO MEDIODORSAL DO TÁLAMO. O córtex pré-frontal recebe fibras aferentes de numerosas estruturas do DIENCÉFALO, MESENCÉFALO e SISTEMA LÍMBICO, bem como também de aferências corticais de origem visual, auditivas e somáticas.Tentativa de Suicídio: Tentativa fracassada de matar a si mesmo.Transtornos de Deficit da Atenção e do Comportamento Disruptivo: Inclui dois distúrbios semelhantes: distúrbio da oposição desafiante e TRANSTORNO DA CONDUTA. Os sintomas que ocorrem em crianças com esses distúrbios incluem: desafio das figuras de autoridade, explosões de raiva e outros comportamentos antissociais.Transtornos Psicofisiológicos: Grupo de transtornos caracterizado por sintomas físicos que estão afetados por fatores emocionais e envolvem um único sistema orgânico, geralmente sob controle do SISTEMA NERVOSO AUTÔNOMO. (Tradução livre do original: American Psychiatric Glossary, 1988).Países Baixos: País localizado na EUROPA. Faz fronteira com o Mar do Norte, BÉLGICA e ALEMANHA. Áreas ultramarinas são Aruba, Curaçao, São Martinho, antigamente incluído nas ANTILHAS HOLANDESAS.Controle Interno-Externo: Construção da personalidade, referente à percepção de um indivíduo sobre o local dos eventos, como sendo determinado internamente pelo próprio comportamento frente a destino, sorte ou forças externas (Tradução livre do original: ERIC Thesaurus, 1996).Terapia Comportamental: A aplicação de teorias modernas de aprendizagem e de condicionamento para o tratamento dos transtornos do comportamento.Cicloexanóis: Derivados monoidroxilados dos cicloexanos que contêm a fórmula geral R-C6H11O. Apresentam odor parecido à cânfora e são utilizados na fabricação de sabões, inseticidas, germicidas, na lavagem à seco e como plastificantes.Percepção Social: A percepção dos atributos, características e comportamentos dos próprios colegas ou grupo social.Atenção: Ato de focalizar certos aspectos da experiência atual e excluir outros. É o ato de levar em consideração, de notar ou de se concentrar.Transtornos de Adaptação: Reações de desadaptação a estressores psicossociais identificáveis, que ocorrem pouco tempo depois do surgimento do estressor. Elas se manifestam através do prejuízo no funcionamento social e ocupacional ou através de sintomas (depressão, ansiedade, etc.) que vão além da reação normal e esperada ao estressor.Pacientes Ambulatoriais: Pessoas que recebem cuidados de ambulatório em um departamento de pacientes ambulatoriais ou clínica sem que sejam providos comida e alojamento.Sistema Límbico: Conjunto de estruturas do prosencéfalo (comum a todos os mamíferos), definido funcionalmente e anatomicamente. Está relacionado tanto com a integração superior de informações (visceral, olfatória e somática) como com as respostas homeostáticas, que incluem os comportamentos fundamentais de sobrevivência (alimentação, acasalamento, emoção). Para a maioria dos autores, este sistema inclui a AMÍGDALA, o EPITÁLAMO, o GIRO DO CÍNGULO, a formação hipocampal (ver HIPOCAMPO), o HIPOTÁLAMO, o GIRO PARA-HIPOCAMPAL, os NÚCLEOS SEPTAIS, o grupo dos núcleos anteriores do tálamo e porções dos gânglios da base. (Tradução livre de: Parent, Carpenter's Human Neuroanatomy, 9th ed, p 744; NeuroNames, http://rprcsgi.rprc.washington.edu/neuronames/index.html (2 set, 1998)).Aprendizagem da Esquiva: Uma resposta a um estímulo que é fundamental para evitar uma experiência nociva.Autorrelato: Método para obter informação por meio de respostas verbais, escritas ou orais, dos sujeitos.Psiquiatria do Adolescente: A ciência médica que estuda a origem, o diagnóstico, a prevenção e o tratamento dos transtornos mentais em indivíduos de 13 a 18 anos de idade.Transtorno da Personalidade Antissocial: Transtorno de personalidade cuja característica principal é um padrão global de desrespeito e violação dos direitos dos outros, que tem início na infância ou no começo da adolescência e persiste até a vida adulta. O indivíduo deve ter ao menos 18 anos e deve ter uma história de alguns sintomas de TRANSTORNO DA CONDUTA anteriores à idade de 15 anos.Fatores Socioeconômicos: Fatores sociais e econômicos que caracterizam o indivíduo ou o grupo dentro da estrutura social.Diazepam: Benzodiazepina com propriedades anticonvulsiva, ansiolítica, sedativa, de relaxante muscular, amnésica e de efeito de longa duração. Suas ações são mediadas pelo aumento da atividade do ÁCIDO GAMA-AMINOBUTÍRICO.Processos Psicoterapêuticos: Experiências, atitudes, emoções ou comportamentos que ocorrem durante o curso de um tratamento. Aplicam-se ao paciente e ao terapeuta (isto é, enfermeiras, médicos, etc.) individualmente ou à interação entre eles.Demografia: Ciência e prática que lida com análises estatísticas e matemáticas de dados sobre populações - tamanho, composição e distribuição espacial, bem como causas e consequências de mudanças na fertilidade, mortalidade, casamentos e migrações. (Tradução livre do original: Popline, 2002)Estudos Prospectivos: Estudos planejados para a observação de eventos que ainda não ocorreram.Antimaníacos: Fármacos usados para tratar transtornos bipolares ou manias quando associadas com outros distúrbios afetivos.Testes Neuropsicológicos: Testes projetados para a avaliação da função neurológica associada a certos comportamentos. São utilizados no diagnóstico de disfunção ou dano cerebral e dos transtornos ou lesões do sistema nervoso central.Transtornos Psicóticos Afetivos: Transtornos cuja característica essencial é um grave distúrbio do humor (depressão, ansiedade, elação e excitação) acompanhado de sintomas psicóticos como delírios, alucinações, prejuízo extremo do teste da realidade, etc.Transtornos Dismórficos Corporais: Preocupações com aparência ou autoimagem que causa angústia ou deficiência em áreas importantes do comportamento.Fatores Desencadeantes: Fatores associados a uma etapa crucial ou decisiva de uma doença, acidente, reação de comportamento ou conduta, ou outro tipo de atividade.Bulimia Nervosa: Transtorno alimentar caracterizado por um ciclo de compulsão alimentar (BULIMIA ou compulsão) seguido por atos inapropriados (purgação) para evitar o ganho de peso. Entre os métodos de purgação estão frequentemente a autoindução de VÔMITO, uso de LAXATIVOS ou DIURÉTICOS, exercícios excessivos e JEJUM.Ajustamento Social: Adaptação de uma pessoa ao ambiente social. O ajuste pode ocorrer por adaptação do indivíduo (self) ao ambiente ou por transformação do ambiente (Tradução livre do original: Campbell, Psychiatric Dictionary, 1996).Condicionamento Clássico: Aprendizagem que ocorre quando um estímulo condicionado é pareado com um estímulo não condicionado.Receptor 5-HT1A de Serotonina: Subtipo de receptor de serotonina que se encontra distribuído dentro do SISTEMA NERVOSO CENTRAL, onde está envolvido na regulação neuroendócrina da secreção de ACTH. O fato de que este subtipo de receptor de serotonina seja particularmente sensível aos AGONISTAS DO RECEPTOR DE SEROTONINA (como a BUSPIRONA) sugere seu papel na modulação da ANSIEDADE e DEPRESSÃO.Comportamento Infantil: Toda resposta ou ação observável de uma criança de 2 a 12 anos de idade. Para neonatos ou crianças com menos de 24 meses de idade, o termo COMPORTAMENTO DO LACTENTE está à disposição.Psiquiatria: A ciência médica que estuda a origem, o diagnóstico, a prevenção e o tratamento dos transtornos mentais.Mães: Genitores do sexo feminino, humanos ou animais.Esquizofrenia: Transtorno emocional grave de profundidade psicótica caracteristicamente marcado por um afastamento da realidade com formação de delírios, ALUCINAÇÕES, desequilíbrio emocional e comportamento regressivo.Humor Irritável: Excitabilidade anormal ou excessiva, com desencadeamento fácil da raiva, aborrecimento ou impaciência.Meio Social: O agregado de instituições sociais e culturais, formas, padrões e processos que influenciam a vida de um indivíduo ou comunidade.Psiquiatria Infantil: A ciência médica voltada para a origem, diagnóstico, prevenção e tratamento dos transtornos mentais em crianças.Doença Crônica: Doenças que têm uma ou mais das seguintes características: são permanentes, deixam incapacidade residual, são causadas por alteração patológica não reversível, requerem treinamento especial do paciente para reabilitação, pode-se esperar requerer um longo período de supervisão, observação ou cuidado.Distúrbios do Início e da Manutenção do Sono: Transtornos caracterizados por deficiência da capacidade de iniciar ou manter o sono. Pode ocorrer como transtorno primário ou em associação com outra condição médica ou psiquiátrica.Comparação Transcultural: Estudos que comparam duas ou mais culturas ou que comparam variáveis, de como estas são afetadas em diferentes contextos culturais.Transtorno da Compulsão Alimentar: Distúrbio associado com três ou mais das seguintes características: comer até sentir-se desconfortavelmente saciado; comer grandes quantidades de comida quando não estiver fisiologicamente faminto; comer muito mais rapidamente que o normal; comer sozinho devido a constrangimento; sensação de desgosto, DEPRESSÃO ou culpa após a superalimentação. Os critérios incluem a ocorrência de pelo menos 2 dias por semana durante 6 meses, em média. A compulsão alimentar não está associada com o uso regular de comportamento compensatório inapropriado (ex.: expurgo, excesso de exercícios físicos, etc.) e não ocorre em concomitância exclusiva com a BULIMIA NERVOSA ou ANOREXIA NERVOSA. (Tradução livre do original: DSM-IV, 1994)Desenvolvimento da Personalidade: Evolução dos padrões habituais de comportamento durante a infância e adolescência.Maus-Tratos Infantis: Abuso de crianças na família ou demais instituições.Estudos de Coortes: Estudos em que os subconjuntos de uma certa população são identificados. Estes grupos podem ou não ser expostos a factores hipotéticos para influenciar a probabilidade da ocorrência de doença em particular ou outros desfechos. Coortes são populações definidas que, como um todo, são seguidos de uma tentativa de determinar as características que distinguem os subgrupos.Proteínas da Membrana Plasmática de Transporte de Serotonina: Simportadores de neurotransmissores dependentes de cloreto de sódio, localizados principalmente na MEMBRANA PLASMÁTICA dos neurônios serotonérgicos. Elas são mais diferentes que os RECEPTORES DE SEROTONINA que respondem aos sinais celulares para a SEROTONINA do ESPAÇO EXTRACELULAR recaptando-a com alta afinidade para as TERMINAÇÕES PRÉ-SINÁPTICAS. Regulam a amplitude e duração do sinal nas sinapses serotonérgicas e são os locais de ação dos INIBIDORES DE CAPTAÇÃO DE SEROTONINA.Transtorno da Personalidade Borderline: Transtorno de personalidade caracterizado por um padrão de instabilidade das relações interpessoais, da autoimagem e dos afetos e por uma impulsividade acentuada, que começa no início da vida adulta e está presente em uma variedade de contextos.Neuroimagem Funcional: Métodos para visualização de FLUXO SANGUÍNEO REGIONAL, atividades elétricas, metabólicas ou qualquer outra fisiológica no SISTEMA NERVOSO CENTRAL, por meio da utilização de várias modalidades de técnicas de imagem.Análise Fatorial: Conjunto de métodos estatísticos para analisar as correlações entre diversas variáveis, no sentido de estimar o número, as dimensões fundamentais que sustentam os dados observados e para descrever e medir aquelas dimensões. É usado frequentemente no desenvolvimento de sistemas de contagem para avaliar escalas e questionários.Eletrochoque: Indução de uma reação de estresse em sujeitos experimentais por meio de um choque elétrico; se aplica a estados convulsivos ou não convulsivos.Modelos Animais de Doenças: Doenças animais ocorrendo de maneira natural ou são induzidas experimentalmente com processos patológicos suficientemente semelhantes àqueles de doenças humanas. São utilizados como modelos para o estudo de doenças humanas.Fluoxetina: O primeiro altamente específico inibidor da recaptação da serotonina. Utilizada como antidepressivo e frequentemente apresenta um perfil mais aceitável quando observados os efeitos colaterais quando comparada com os antidepressivos tradicionais.Doenças em Gêmeos: Transtornos afetando GÊMEOS (um ou ambos) em qualquer idade.Cognição: Processo intelectual ou mental por meio do qual um organismo obtém conhecimento.Predisposição Genética para Doença: Suscetibilidade latente a doenças de caráter genético, podendo ser ativada sob determinadas situações.Transtornos do Comportamento Infantil: Transtornos considerados patológicos de acordo com a adequação para a idade e o nível de desenvolvimento, por exemplo, distúrbios de conduta e depressão anaclítica. Este conceito não inclui as psiconeuroses, psicoses ou transtornos de personalidade com padrões fixos de comportamento.Recidiva: Retorno de um sinal, sintoma ou doença após uma remissão.Transtorno por Uso de Tabaco: Uso de tabaco para o detrimento da saúde de uma pessoa ou de sua função social. Está incluída a dependência de tabaco.Suicídio: O ato de matar a si mesmo.Resiliência Psicológica: Habilidade humana de se adaptar diante de tragédias, traumas, adversidades, privações e de fatores estressantes significativos e corriqueiros da vida.Anorexia Nervosa: Transtorno alimentar caracterizado pela ausência ou perda do APETITE, conhecido como ANOREXIA. Entre outras características estão o medo excessivo de adquirir SOBREPESO, distúrbio da IMAGEM CORPORAL, PERDA DE PESO significante, recusa em manter o peso mínimo normal e AMENORREIA. Este transtorno ocorre mais frequentemente em mulheres adolescentes. (Tradução livre do original: APA, Thesaurus of Psychological Index Terms, 1994)Receptores de Hormônio Liberador da Corticotropina: Proteínas de superfície celular que se ligam ao hormônio liberador de corticotropina com alta afinidade e desencadeiam alterações intracelulares que influenciam o comportamento celular. Os receptores de hormônio liberador de corticotropina de células da adeno-hipófise medeiam a estimulação da liberação de corticotropina pelo fator de liberação de corticotropina hipotalâmico. A consequência fisiológica da ativação de receptores de hormônio liberador de corticotropina hipotalâmico no sistema nervoso central ainda não é bem conhecida.Giro do Cíngulo: Uma das circunvoluções da superfície medial dos hemisférios cerebrais (ver CÉREBRO). Circunda a parte rostral do encéfalo do CORPO CALOSO e forma parte do SISTEMA LÍMBICO.Terapia Combinada: Tratamento de uma doença ou afecção por muitos meios diferentes, simultânea ou sequencialmente. Quimioimunoterapia, RADIOIMUNOTERAPIA, quimiorradioterapia, crioquimioterapia e TERAPIA DE SALVAÇÃO, são vistas mais frequentemente, mas suas combinações umas com as outras e cirurgia também são utilizadas.Programas de Rastreamento: Tentativa de identificação de pessoas portadoras de uma doença ou agravo não evidente por meio de testes, exames, questionários ou outros procedimentos de aplicação rápida. O rastreamento classifica as pessoas em negativas ou positivas; estas (casos suspeitos) são encaminhadas para confirmação clínica de diagnóstico ou tratamento. (Tradução livre do original: Last, 2001)Teste de Stroop: Teste de cronometragem de tempo no qual o sujeito deve ler uma lista de palavras ou identificar cores apresentadas com intruções variadas e diferentes graus de distração. (Tradução livre do original: Campbell's Psychiatric Dictionary. 8th ed.)Análise de Regressão: Procedimentos para encontrar a função matemática que melhor descreve a relação entre uma variável dependente e uma ou mais variáveis independentes. Na regressão linear (v. MODELOS LINEARES) a relação é construída para ser uma linha reta e usa-se a ANÁLISE DOS MÍNIMOS QUADRADOS para determinar o melhor ajuste. Na regressão logística (v. MODELOS LOGÍSTICOS) a variável dependente é qualitativa em vez de uma variável contínua e são usadas FUNÇÕES VEROSSIMILHANÇA para encontrar a melhor relação. Na regressão múltipla, considera-se que a variável dependente pende mais que uma única variável independente.Alprazolam: Composto triazolobenzodiazepino com ações ansiolítica e sedativa-hipnótica que é eficaz no tratamento do TRANSTORNO DE PÂNICO, com ou sem AGORAFOBIA, e nos TRANSTORNOS DA ANSIEDADE generalizada. (Tradução livre do original: AMA Drug Evaluations Annual, 1994, p238)Sintomas Afetivos: Humor ou repostas emocionais dissonantes ou inapropriadas ao comportamento e/ou estímulo.Reação de Congelamento Cataléptica: Resposta induzida a estímulos ameaçadores caracterizada pela cessação dos movimentos do corpo, exceto para os que estão envolvidos na RESPIRAÇÃO e na manutenção de uma POSTURA imóvel.Nível de Saúde: Grau em que se encontra um indivíduo ou população quanto às funções físicas e mentais, independentemente do sistema de saúde local. (Tradução livre do original: Last, 2001)Relações Mãe-Filho: Interação entre uma mãe e seu filho.Relações Pais-Filho: As interações entre pais e filhos.Distribuição de Qui-Quadrado: Distribuição na qual a variável está distribuída como a soma dos quadrados de qualquer variável dada independente e aleatória, tendo cada qual uma distribuição normal com média zero e desvio um. O teste de Qui-quadrado é um teste estatístico baseado na comparação de uma estatística e uma distribuição de Qui-quadrado. Os testes mais antigos se usam para detectar se duas ou mais distribuições da população diferem entre si.Automedicação: Autoadministração de medicação que não tenha sido prescrita por um médico, ou de maneira não supervisionada por um médico.Hormônio Liberador da Corticotropina: Peptídeo de aproximadamente 41 aminoácidos que estimula a liberação de HORMÔNIO ADRENOCORTICOTRÓPICO. O CRH é sintetizado por neurônios nos núcleos paraventriculares do HIPOTÁLAMO sendo após liberado na circulação portal hipofisária. O CRH estimula a liberação de ACTH da HIPÓFISE. O CRH também pode ser sintetizado em outros tecidos, como PLACENTA, MEDULA SUPRARRENAL e TESTÍCULO.Atividade Motora: Atividade física de um humano ou de um animal como um fenômeno comportamental.Transtornos de Enxaqueca: Classe de transtornos cefaleicos primários e incapacitantes caracterizados por cefaleias pulsáteis, unilaterais e recorrentes. Os dois subtipos principais são a enxaqueca comum (sem aura) e a clássica (com aura ou sintomas neurológicos) (Tradução livre do original: International Classification of Headache Disorders, 2nd ed. Cephalalgia 2004: suppl 1)Métodos Epidemiológicos: Técnicas de pesquisa focalizadas em desenhos de estudo e dados que reúnem métodos em populações humanas e animais.Fenótipo: Aparência externa do indivíduo. É o produto das interações entre genes e entre o GENÓTIPO e o meio ambiente.Clordiazepóxido: Derivado ansiolítico da benzodiazepina com propriedades anticonvulsiva, sedativa e amnésica. Também tem sido utilizado no tratamento sintomático da síndrome de abstinência alcoólica.Terapia de Relaxamento: Tratamento para melhorar as condições de saúde por meio da utilização de técnicas que conseguem reduzir o ESTRESSE FISIOLÓGICO, o ESTRESSE PSICOLÓGICO ou ambos.Distúrbios de Guerra: Reações neuróticas a um estresse militar inusual, grave ou assolador.Terapia Familiar: Forma de psicoterapia de grupo. Envolve o tratamento simultâneo de mais de um membro da família na mesma sessão.Hidrocortisona: Principal glucocorticoide secretado pelo CÓRTEX SUPRARRENAL. Seu equivalente sintético é usado tanto como injeção ou topicamente no tratamento de inflamação, alergia, doenças do colágeno, asma, deficiência adrenocortical, choque e alguns estados neoplásicos.

*  Transtorno de ansiedade generalizada - Wikipedia

Transtorno de ansiedade generalizada. TCC para os transtornos de ansiedade.Casa do psicólogo 2007. «Transtorno de Ansiedade ... O transtorno de ansiedade generalizada, perturbação de ansiedade generalizada ou desordem de ansiedade generalizada caracteriza ... Exemplo são os antipsicóticos atípicos que diminuem os sintomas negativos característicos dos transtornos de humor e ansiedade ... Psicosite - Ansiedade Generalizada». Consultado em 25 de setembro de 2008 Xavier F. M. F. et all. Transtorno de ansiedade ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Transtorno_de_ansiedade_generalizada

*  Transtorno de ansiedade - Wikipedia

As perturbações de ansiedade ou transtornos de ansiedade são um grupo de perturbações mentais caracterizadas por sentimentos de ... incluindo perturbação de ansiedade generalizada, fobias específicas, perturbação de ansiedade social, perturbação de ansiedade ... É frequente as pessoas apresentaram mais de uma perturbação de ansiedade. A causa das perturbações de ansiedade é uma ... e a perturbação de ansiedade social, que afeta 10%. As perturbações de ansiedade afetam de forma mais comum as pessoas entre os ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Transtorno_de_ansiedade

*  Transtornos de Ansiedade

A ansiedade está presente em nossas vidas! Ela faz parte da nossa herança biológica. ... Artigos, Sem categoria ansiedade, Transtornos de Ansiedade. permalink. Navegação da Postagem. A química da paixão ... A ansiedade fora de controle, é algo bastante sério! Ela é o sintoma predominante de um grupo de transtornos, os transtornos de ... Transtornos de Ansiedade. 2 de junho de 2014. 16 de junho de 2016. admin ...
https://andreza.psc.br/transtornos-de-ansiedade

*  Um panorama analítico-comportamental sobre os transtornos de ansiedade

Essa análise permite compreender o porque, com freqüência nos transtornos de ansie-dade, as respostas de ansiedade podem ser ... a ansiedade presente nos chamados Transtornos de Ansiedade. Antes de mais nada, é necessário definir aqui a natureza dos ... Transtornos de Ansiedade: Enfoque nas respostas de evitação/eliminação e Estratégias Terapêuticas Decorrentes ... Gentil, V. (1997). Ansiedade e Transtornos Ansiosos. In: Valentim Gentil, Francisco Lotufo-Neto e Márcio Antonini Bernik (org ...
pepsic.bvsalud.org/scielo.php?pid=S1517-55452005000100009&script=sci_arttext

*  Livro - Terapia Cognitiva para os Transtornos de Ansiedade - Livraria Florence

Procura o livro Terapia Cognitiva para os Transtornos de Ansiedade ? A Livraria Florence oferece livros de medicina com ótimos ... Livro - Terapia Cognitiva para os Transtornos de Ansiedade - Tratamentos que Funcionam: Guia do Terapeuta - Clark - 1ª edição ...
https://livrariaflorence.com.br/terapia-cognitiva-para-os-transtornos-de-ansiedade-tratamentos-que-funcionam-guia-do-terapeuta-clark/p

*  Depressão e transtornos de ansiedade são e epidemia do século XXI

Depressão e transtornos de ansiedade são considerados uma doença igual a uma doença física pela OMS, Organização Mundial de ... depressãodepressão e transtornos de ansiedadedoençaOMSPsicologiatranstornos de ansiedadetranstornos mentaistratamentotudo à ... Depressão e transtornos de ansiedade são a epidemia do século XXI. 27 Abril, 2017. Amanda de Paiva Bem Estar ... Depressão e transtornos de ansiedade são considerados doença pela OMS. Segundo a OMS saúde é um estado completo de bem estar ...
tudoamistura.pt/depressao-e-transtornos-de-ansiedade/

*  Apaixonada pela vida e pelo conhecimento...: Entendendo um pouquinho sobre os Transtornos de Ansiedade

Como o estado de ansiedade perturba a visão que a pessoa tem a respeito de si mesma e a respeito do que acontece no ambiente é ... Ansiedade de estar em locais ou situações em que a saída seja difícil, ou o auxilio possa não estar disponível na vigência de ... Ansiedade. Normalmente é reconhecida como medo, mas muitas vezes damos o nome de "Agonia", "pavor", "angústia", "afobação" e ... A ansiedade acompanha sintomas físicos que causam prejuízos sociais, abrangendo até mesmo as relações de trabalho e familiares ...
apaixonadapelavidaepeloconhecimento.blogspot.com/2010/02/entendendo-um-pouquinho-sobre-os.html

*  Dicas do Gilson Eletricista: A Nomofobia e os Transtornos de ansiedade causados pelos celulares

220 volts (3) A mão de Deus (1) Adaptadores para tomadas (2) Análises Eletrizantes (7) animais (1) Antena Digital (3) aquecedor elétrico (4) ar condicionado (69) ar condiicionado (1) Aterramento elétrico (2) Ballet (1) Bíblia e Psicologia Aplicada (8) bicicletas (1) bombas de água (2) caixa de papelão (1) canaletas (2) Chuveiro elétrico (36) Ciência (1) Climatizadores (3) Como substituir uma torneira ? (1) Comunicado Pessoal (21) comunicados dos amigos (1) comunicados dos parceiros (1) comunicados dos seguidores (1) congressos (1) contador de visitas (1) Contos (6) Contos do Gilson Eletricista (74) Controle remoto LS (1) Cozinha (2) Cultura (3) Curiosidades (10) Dança (1) dança de salão (2) Datas comemorativas (2) Detectores (4) dicas dos leitores (1) dicas para o lar (149) Dicas para trabalhadores (6) Dicas para trabalhadores. (1) Disjuntores (25) Dispositivo de proteção para motores (2) Dispositivo de Proteção para QDLs (4) Divulgação de serviços elétricos e firmas em ...
dicasdogilsoneletricista.blogspot.com/2016/10/a-nomofobia-e-os-transtornos-de.html

*  Dr. Tito Paes de Barros Neto - Tratamento para Transtornos de Ansiedade em São Paulo

Tratamento para Transtornos de Ansiedade em São Paulo ... Há algumas décadas, a ansiedade e seus transtornos eram ... Terapia para Ansiedade: o Alcance da TCC por tito Publicado em Ansiedade, Psicoterapia Deixe um comentário ... Ansiedade e Depressão: Quando os Universos Coexistem por tito Publicado em Ansiedade, Depressão Deixe um comentário ... Isolamento Social, Ansiedade e Depressão por tito Publicado em Ansiedade, Depressão, Sem categoria 1 Comentário ...
medosefobias.com.br

*  Histórias de mãe : Sindrome do Pânico e Transtornos da Ansiedade:você sabe o que é?agora eu sei!

Sindrome do Pânico e Transtornos da Ansiedade:você sabe o que é?agora eu sei! 8 ... Sindrome do Pânico:tipo de transtorno de ansiedade no qual ocorrem ataques repetidos e medo intenso de que algo ruim está para ... se fossse ter um terceiro iria tentar segurar a ansiedade para anunciar de uma maneira parecida. bjs ...
gemeosnafamilia.blogspot.com/2013/01/sindrome-do-panico-e-transtornos-da.html

*  Bullying - Wikipedia

... transtornos de ansiedade; depressão maior; relatos de medo regulares; resistência/aversão a ir à escola; demonstrações ... transtornos alimentares; isolamento social/ poucos ou nenhum amigo; tentativas de suicídio; irritabilidade/agressividade; ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Bullying

*  Privação de sono - Wikipedia

Transtornos de ansiedade; Agressividade e estresse; Problemas sexuais; Artrite; Dor crônica; Acidente vascular cerebral Perda ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Privação_de_sono

*  Transtornos de transe e possessão - Wikipedia

Transtornos de ansiedade; Abuso de substâncias; Esquizofrenia; Transtorno somatoforme. Historicamente o "delírio espírita ... Transtornos psicológicos como depressão e delírios podem ser medicados por um psiquiatra. Do início ao fim o terapeuta estimula ... Transtornos dissociativos geralmente ocorrem em relação temporal estreita com eventos traumáticos, problemas insolúveis e ... Os transtornos psiquiátricos mais comuns associados com dissociação são: Depressão; Síndrome pós-traumática; ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Transtornos_de_transe_e_possessão

*  Jogo patológico - Wikipédia, a enciclopédia livre

Transtornos de ansiedade e;. *Dependência de outras drogas.. Epidemiologia[editar , editar código-fonte]. Em São Paulo o número ... Para o diagnóstico pelo Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM-IV) deve-se atender a cinco ou mais dentre ... Nesses casos largar o jogo pode significar perder amigos e uma importante fonte de alívio de ansiedade. ... Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM-IV), 4a edição, Artes Médicas, Porto Alegre, 1995. ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Ludopatia

*  Jogo patológico - Wikipedia

Transtornos de ansiedade e; Dependência de outras drogas. Em São Paulo o número de viciados em jogos de azar que procuram ... Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM-IV), 4a edição, Artes Médicas, Porto Alegre, 1995. Crockford DN, ... Para o diagnóstico pelo Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM-IV) deve-se atender a cinco ou mais dentre ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Jogo_patológico

*  Transtorno de estresse pós-traumático - Wikipedia

Transtornos de ansiedade (29% a 56,1%); Abuso/dependência de substâncias psicoativas, especialmente alcoolismo em 27% a 80%; ... Tendência orgânica ao desenvolvimento de transtornos de humor e de ansiedade; Inexperiência/despreparo para lidar com o evento ... Transtorno obsessivo-compulsivo (13%); Transtornos somatoformes risco de 3 vezes maior; Transtornos dissociativos: 90% dos ... É um dos transtornos psicológicos mais comuns do mundo, especialmente nas regiões mais violentas e nas mais sujeitas a ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Transtorno_de_estresse_pós-traumático

*  Droga psicoativa - Wikipedia

Ansiolíticos, usados para tratar transtornos da ansiedade. Depressores, que são utilizados como hipnóticos, sedativos e ... ansiedade, transtornos alimentares e transtorno de personalidade limítrofe. Estimulantes, usados para tratar distúrbios como o ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Droga_psicoativa

*  amarse

Transtornos de ansiedade De acordo com o DSM-V, (Manual Diagnóstico e Estatístico dos Transtornos Mentais), os transtornos de ... ansiedade incluem transtornos que compartilham características de medo e ansiedade excessivos e perturbações comportamentais ...
obviousmag.org/amarse/

*  Comprar Levitra: Medicamento & prescrição online

Transtornos de ansiedade. Zumbido nos ouvidos. Distúrbios da função hematopoiética. Diminuição do fluxo de sangue ao músculo do ...
https://121doc.com/pt/disfuncao-erectil/levitra

*  Transtorno de personalidade - Wikipedia

Este grupo está mais propenso aos transtornos de ansiedade. Transtorno de personalidade dependente ― Pessoas muito dependentes ... Dissertação sobre Transtornos da Personalidade Transtornos de Personalidade no ABC da Saúde Transtornos de Personalidade no ... Mais do que outros transtornos mentais, os transtornos da personalidade apresentam o perigo de uma estigmatização do paciente. ... que procuram descrever tais transtornos como transtornos da interação interpessoal e levaram ao desenvolvimento de novos ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Transtorno_de_personalidade

*  Surto psicótico - Wikipedia

Sintomas comuns de início de esquizofrenia incluem: Regressão; Confusão mental; Transtornos de ansiedade que progridem para ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Surto_psicótico

*  Síndrome de Cushing - Wikipedia

Quase sempre causa depressão ou algum transtornos de ansiedade. Nas mulheres são muito frequentes as alterações menstruais e o ... Como obesidade, hipertensão, muito açúcar no sangue, ansiedade, depressão, estrias e osteoporose são comuns na população adulta ... depressão e ansiedade) e Neoplasias (se for endógeno); Gordura excessiva na face, pescoço, barriga e costas. Exames de sangue ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Síndrome_de_Cushing

*  Síndrome do X frágil - Wikipedia

Maior vulnerabilidade a transtornos do humor e transtornos de ansiedade. Costumam levar em média 50% mais para aprender ... Antidepressivos ISRS ou ISRSN para ansiedade, TOC e perturbações do humor. Neurolépticos como risperidona são usados ​​para ... Há um maior risco de desenvolver convulsões, tremores e estrabismo Comportamentalmente podem observar-se: Ansiedade social; ... Devido a uma maior prevalência de transtornos psicológicos os medicamentos mais utilizados são os psiquiátricos como: ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Síndrome_do_X_frágil

*  Pesquisa: Ansiedade | MedicinaNET

Transtornos de ansiedade - Brian M. Iacoviello PhD / Sanjay J. Mathew MD ...vs. 8,2%).12 Entre aqueles que passam por um evento ... Ansiedade e Medo Patológico ... maioria destes casos são transtornos primários, não sendo possível identificar uma causa de ... Ansiedade e depressão: manejo dos transtornos psiquiátricos mais prevalentes pelo médico generalista ... Ansiedade e depressão: manejo dos transtornos psiquiátricos mais prevalentes pelo médico generalista ...
medicinanet.com.br/pesquisas/ansiedade.htm

*  Colecistocinina - Wikipedia

Pode estar associado com transtornos de ansiedade e com obesidade mórbida. Seu papel em reduzir o apetite é mais eficiente em ... onde parece estar envolvida nos mecanismos reguladores da ansiedade e do apetite. A colecistoquinina (CCK) age gerando ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Colecistocinina

Somnifobia: Somnifobia é um distúrbio das pessoas que tem um medo pavoroso de dormir. Algumas acham que os pesadelos a atormentarão, outras acham que jamais irão acordar, e podem até ter doenças crônicas.Claustrofobia: A claustrofobia é a fobia que se caracteriza pela aversão ao confinamento. Pessoas com claustrofobia costumam evitar elevadores, trens ou comboios e aviões.Instinto materno: O termo instinto materno se refere às reações instintivas de uma mãe com sua cria, notável nos mamíferos. O laço físico e emocional pode ser criado ainda na gravidez ou nas horas, dias ou até meses subsequentes.Transtorno de pânicoEsquizofreniaAnsiolítico: Ansiolíticos são drogas, sintéticas ou não, usadas para diminuir a ansiedade e a tensão.http://www.Transtorno mental: upright=1.1|thumb|A loucura, de [[Angelo Bronzino.Agorafobia: Agorafobia (do grego ágora - assembleia; reunião de pessoas; multidão + phobos - medo) é originalmente o medo de estar em espaços abertos ou no meio de uma multidão. Em realidade, o agorafóbico teme a multidão pelo medo de que não possa sair do meio dela caso se sinta mal e não pelo medo da multidão em si.Transtorno bipolarAerofobia: Aerofobia (do grego άήρ, aer, "ar"; φόβος fobia "medo"), é o medo mórbido de estar ao ar livre ou exposto a correntes de ar. Este é a definição médica do termo "aerofobia".Transtorno obsessivo-compulsivoOnirologia: A Onirología (do grego ὄνειρος, sonho, e λouγος logos, estudo, ciência) é o estudo científico dos sonhos.Dipsomania: Dipsomania (do grego dípsa, sede, e manía, loucura, mania) é o impulso ininterrupto e irresistível de ingerir bebidas alcoólicas.DistimiaParurese: Parurese ou Paruresis (em inglês), também chamada de bexiga tímida, é um transtorno psicológico em que o parurético não consegue urinar na presença real ou imaginária de outras pessoas. Afeta mais os homens, porém as mulheres podem ser afetadas também.Inibidor seletivo de recaptação de serotonina: Os inibidores selectivos da recaptação da serotonina (ISRS ou SSRI) são uma classe de fármacos usados no tratamento da síndromes depressivas, transtornos de ansiedade e alguns tipos de transtorno de personalidade.Memória emocional: Memória emocional é a lembrança de algo baseado principalmente em uma emoção sentida no passado. Incluindo tanto as memórias boas quanto as ruins, é a que deixa as mais fortes marcas no cérebro.The Newtown NeuroticsBeagle harrierDriven to Distraction: Driven to Distraction (Tendência à Distração em português) é um livro de 1994 sobre o distúrbio do déficit de atenção (DDA), escrito pelos psiquiatras americanos Edward Hallowell e John Ratey.HipocondriaAlcoolismoDroga psicoativa: Uma droga psicoativa, substância psicotrópica, droga psicotrópica ou simplesmente psicotrópico é uma substância química que age principalmente no sistema nervoso central, onde altera a função cerebral e temporariamente muda a percepção, o humor, o comportamento e a consciência. Essa alteração pode ser proporcionada para fins: recreacionais (alteração proposital da consciência); religiosos (uso de enteógenos); científicos (visando à compreensão do funcionamento da mente); ou médico-farmacológicos (como medicação). Alternativamente, tal efeito na mente pode não ser o objetivo do consumo da substância psicotrópica, mas um efeito adverso do mesmo.FERREIRA, A. B. H. Novo dicionário da língua portuguesa. 2ª edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 1 412.CitalopramNeuromarketing: Neuromarketing é um campo novo do marketing que estuda a essência do comportamento do consumidor. É a união do marketing com a ciência, é considerado uma chave para o entendimento da lógica de consumo, que visa entender os desejos, impulsos e motivações das pessoas através do estudo das reações neurológicas a determinados estímulos externos.Taxa de mortalidade padronizada para a idade: Taxa de mortalidade padronizada para a idade é uma taxa de mortalidade que foi padronizada de modo a eliminar os efeitos da diversidade da estrutura etária nas populações a comparar.Transtorno não especificado da personalidadeBenzodiazepinaCuriosidade: A curiosidade é a capacidade natural e inata da inquiribilidade, evidente pela observação de muitas espécies animais, e no aspecto dos seres vivos que engendra a exploração, a investigação e o aprendizado. A curiosidade faz parte do instinto humano, pois faz com que um ser explore o universo ao seu redor compilando novas informações às que já possui.Caso-controle: Em epidemiologia, caso-controle ou caso-controlo é definido como uma forma de pesquisa observacional, longitudinal, em geral retrospectivo e analítico em que se compara dois grupos expostos a um determinado fator, o primeiro de indivíduos com determinada condição (p.e.


sintomas


  • Para que seja classificado como Transtorno Generalizado de Ansiedade esses sintomas devem ser contínuos e persistentes por pelo menos 6 meses e associado com outros 3 sintomas ansiosos. (wikipedia.org)
  • O tratamento pode ser diferente de pessoa para pessoa de modo a adaptar-se à sua situação e à extensão dos seus sintomas. (wikipedia.org)
  • Em doenças neurológicas como Alzheimer e Parkinson os sintomas de depressão maior podem ser identificados em até metade dos casos. (wikipedia.org)
  • Caso existam sintomas de psicose (como alucinação) podem ser usados também antipsicóticos. (wikipedia.org)
  • Se, apesar de seguir as dicas acima, seu cãozinho continuar apresentando sintomas da ansiedade da separação, é recomendável que você procure ajuda profissional. (labovet.com.br)
  • Existem várias perturbações de ansiedade conforme as causas dos sintomas, incluindo perturbação de ansiedade generalizada, fobias específicas, perturbação de ansiedade social, perturbação de ansiedade de separação, agorafobia e perturbação de pânico. (wikipedia.org)
  • Entre outras condições médicas e psiquiátricas que podem causar sintomas semelhantes estão o hipertiroidismo, doenças cardiovasculares, consumo de cafeína, tabaco ou canábis e a abstinência de determinadas drogas. (wikipedia.org)
  • A síndrome do pânico é um mal estar repentino sem ter nada aparente provocando, com sintomas físicos intenso, em geral falta de ar, tontura, mal estar, dor de barriga e suor frio. (marisapsicologa.com.br)

muitas


  • As perturbações de ansiedade ocorrem muitas vezes a par de outras perturbações, sobretudo de perturbação depressiva major, perturbações de personalidade e perturbações induzidas pelo consumo de drogas. (wikipedia.org)
  • Uma pessoa que encontra uns dos motivos no qual ela tem fobia muitas vezes mostrará sinais de medo ou exprimirá desconforto. (wikipedia.org)
  • Agorafobia é um transtorno de ansiedade muito comum nos quadros de se síndrome do pânico e refere-se ao medo de andar nas ruas, dificuldade de sair sozinho de casa, dificuldade de ir a certos lugares como mercados ou cinema pois sente forte apreensão dificil de compreender e muitas vezes surge a necessidade de ter alguém ao lado para lhe dar segurança. (marisapsicologa.com.br)
  • Tem gente que sente que precisa ter alguém por perto, por isso muitas pessoas não saem mais sozinhas, ou até nem saem mais de casa. (marisapsicologa.com.br)

transtorno


  • O transtorno de ansiedade generalizada, perturbação de ansiedade generalizada ou desordem de ansiedade generalizada caracteriza-se por um estado de ansiedade excessiva persistente que não depende do contexto e é desproporcional aos fatos que ocorrem na maior parte dos dias por um período de pelo menos 6 meses. (wikipedia.org)
  • Não deve ser confundido com transtorno do pânico em que a ansiedade é por acreditar estar correndo risco de vida como um ataque cardíaco ou sufocamento. (wikipedia.org)
  • Há uma correlação de 50% entre gêmeos idênticos, 15% entre gêmeos não-idênticos e significativa entre filhos de pais ansiosos indicando que fatores genéticos e psicossociais estão entre as causas do transtorno. (wikipedia.org)
  • Não se classifica como transtorno do humor quando a alteração de humor seja causada por outra doença ou por medicamentos. (wikipedia.org)

podem ser usados


  • Dependendo da situação particular do doente, para o tratamento da ansiedade generalizada podem ser usados métodos como por exemplo: Psicoterapia Fototerapia (particularmente em países com baixa exposição solar) Electroconvulsivoterapia (feita com o paciente anestesiado e inconsciente) Revisão bibliográfica de 35 estudos indicam que o tratamento mais eficaz e duradouro para transtornos ansiosos é a terapia cognitivo-comportamental, sendo mais eficaz inclusive que tratamentos medicamentosos de primeira linha (como ISRSs). (wikipedia.org)

sair de casa


  • Alguns bichinhos chegam a apresentar esse tipo de comportamento antes mesmo de ficarem sozinhos, bastando perceber ou desconfiar que seu dono está prestes a sair de casa. (labovet.com.br)
  • A ansiedade de sair de casa e ter uma crise a impede de se expor a situações fora de casa, por isso o comportamento mais comum na agorafobia é a evitação, a esquiva, a fuga de situações fora de sua zona de conforto - normalmente sua casa. (marisapsicologa.com.br)

algum


  • Em prontuários hospitalares a frequência de pacientes diagnosticados com algum transtornos do humor está entre 20% a 60% sendo o mais comum depressão moderada ou grave. (wikipedia.org)
  • Aja de maneira calma e natural, como se nada tivesse acontecido e, só depois de algum tempo, dê o carinho que seu amigo merece. (labovet.com.br)
  • A pessoa sente que vai precisar de algum apoio, algum recurso mas esse apoio não vai aparecer. (marisapsicologa.com.br)
  • Outros precisam saber que terão atendimento médico por perto, precisa de se certificar que tem algum hospital por perto. (marisapsicologa.com.br)

generalizada


  • Alguns estudos identificaram o alcoolismo como causador de ansiedade generalizada. (wikipedia.org)

comum


  • Mas fique tranquilo, esse tipo de comportamento, também chamado de ansiedade da separação, é muito comum e pode ser superado com paciência e muito carinho. (labovet.com.br)
  • As perturbações de ansiedade afetam de forma mais comum as pessoas entre os 15 e os 35 anos de idade e tornam-se menos comuns após os 55 anos. (wikipedia.org)

medo


  • Queixas comuns estão relacionadas com o medo de eventos desastrosos ocorram com entes queridos, com responsabilidades ocupacionais, preocupação com a saúde e por antecipação de eventos desprazerosos como consultas médicas e consertar o carro. (wikipedia.org)
  • As perturbações de ansiedade ou transtornos de ansiedade são um grupo de perturbações mentais caracterizadas por sentimentos de ansiedade e medo. (wikipedia.org)
  • Ansiedade corresponde à preocupação com acontecimentos futuros e o medo é uma reação aos acontecimentos do presente. (wikipedia.org)
  • Uma fobia específica é um termo genérico para qualquer espécie de inquietude que aparece sobe para um medo desarrazoado ou irracional relacionado à exposição a objetos específicos ou situações. (wikipedia.org)
  • Segundo a quarta revisão do Manual de Diagnóstico e Estatístico de Desordens Mentais as fobias podem ser classificadas embaixo das categorias gerais seguintes: Tipo animais Por exemplo o medo de aranhas (aracnofobia) e o medo de cobras (ofidiofobia). (wikipedia.org)
  • Tipo ambiente natural Como o medo de alturas (acrofobia) e o medo de relâmpago e temporais (brontofobia). (wikipedia.org)
  • Tipo situacional Como o medo de pequenos espaços confinados (claustrofobia) e ter "medo do escuro," (nictofobia). (wikipedia.org)
  • Tipo sangue/injeção/dano Como o medo de procedimentos médicos inclusive agulhas e injeções (aicmofobia) Outro Como o medo do número 13 (triskaidekafobia), e o medo de palhaços (coulrofobia). (wikipedia.org)
  • Durante a crise a pessoa pode chegar a ter a sensação de que está enlouquecendo, o que a faz evitar certos lugares, por exemplo, não vai mais ao cinema pois tem medo de passar mal, não sai de carro, não entra em supermercado, não entra em banco. (marisapsicologa.com.br)
  • Já atendi um caso onde o rapaz precisava identificar o hospital mais próximo a cada quilometro por onde ele dirigia, sabia até que não iria precisar usar o tal hospital, mas fazia isso, e fazia escondido, pois tinha vergonha de sentir assim pois tinha medo de que os outros pudessem achar que estava ficando louco, então arranja desculpas esfarrapadas para evitar essas situações. (marisapsicologa.com.br)
  • É um medo tão intenso que dificulta a capacidade de raciocínio. (marisapsicologa.com.br)

tratamento pode


  • O tratamento pode consistir em alterações do estilo de vida, psicoterapia e medicamentos. (wikipedia.org)

ocorrem


  • As perturbações de ansiedade ocorrem com o dobro da frequência em mulheres do que em homens e têm geralmente início antes dos 25 anos de idade. (wikipedia.org)

pessoas


  • o indicado é que as pessoas não façam uso de medicamento sem prescrição médica e acompanhamento de profissionais da área. (wikipedia.org)
  • É frequente as pessoas apresentaram mais de uma perturbação de ansiedade. (wikipedia.org)
  • Em dado ano, cerca de 12% das pessoas são afetadas por uma perturbação de ansiedade. (wikipedia.org)
  • Tem outras pessoas que não procuram hospital, mas a casa de pessoas conhecidas. (marisapsicologa.com.br)
  • São essas as perguntas que os médicos que atendem as pessoas com crises de pânico ouvem e nem sempre sabem responder. (marisapsicologa.com.br)

forte


correndo


  • A pessoa com síndrome do pânico pode sentir vontade de sair correndo, procurar um lugar seguro. (marisapsicologa.com.br)

dobro


  • Alguns estudos brasileiros indicam a mesma frequência em homens e mulheres, enquanto estudos internacionais indicam até o dobro de frequência em mulheres com menos de 21 anos, talvez por influência cultural. (wikipedia.org)

existem


  • Depressão e distimia geralmente são tratadas com Inibidores seletivos da recaptação da serotonia (ISRS), um tipo de antidepressivo com poucos efeitos colaterais, mas existem diversas outras opções. (wikipedia.org)

depende


  • O número de casos na população de um local depende das características sociodemográficas, do tipo e gravidade das enfermidade associadas, dos critérios e definições usados na investigação. (wikipedia.org)

mentais


  • Entre os fatores de risco estão um historial de abuso infantil, história na família de perturbações mentais e pobreza. (wikipedia.org)

doente


  • Para alguns o pronto socorro é esse local, pois tem a sensação de que está muito doente, que vai ter um ataque do coração, mas quando ela é atendida, o médico nunca identifica um problema físico, pressão boa, respiração normal, enfim, corpo saudável. (marisapsicologa.com.br)

seja


  • O agorafóbico sente ansiedade de estar em locais ou situações em que a saída seja difícil, como por exemplo, multidões, um supermercado muito grande ou um local onde o auxilio possa não estar disponível - mesmo que não haja previsão de necessitar este auxilio. (marisapsicologa.com.br)
  • Situações nas quais a saída seja difícil como congestionamentos, estádios, ocupar o banco de trás de um carro, etc. (marisapsicologa.com.br)

fobias


social


  • Essa preocupação excessiva interfere na vida de quem sofre da doença em diversas atividades (como profissional, social e acadêmica), antecipam desastres e estão superpreocupadas com questões da vida, como saúde, dinheiro, morte, problemas de família, problemas sociais, etc. (wikipedia.org)

casos


  • Em alguns casos mais graves, os bichinhos demonstram seu sofrimento ignorando qualquer estímulo, deixando de brincar e praticar suas atividades preferidas, parando até mesmo de se alimentar e se hidratar enquanto durar a ausência do dono. (labovet.com.br)
  • Em alguns casos pode até resultar em um ataque de pânico. (wikipedia.org)

relacionados


  • Os medicamentos mais eficientes procuram regular a produção do organismo de serotonina e/ou noradrenalina, ambos neurotransmissores intimamente relacionados com a ansiedade. (wikipedia.org)

drogas


  • Para ser diagnosticado a perturbação não pode ser devido aos efeitos fisiológicos diretos de uma substância (abuso de drogas, medicamento) ou de uma condição médica geral (como hipertiroidismo). (wikipedia.org)

melhorar


  • Saiba curiosidades e também truques para aplicar no dia a dia e melhorar a educação de seus pequenos. (labovet.com.br)

pessoa


  • Entretanto, a inquietude e a evitação são difíceis de controlar e podem prejudicar significativamente o funcionamento da pessoa e até a saúde física. (wikipedia.org)

ajuda


  • Um local com brinquedos, ossinhos e petiscos ajuda o bichinho a encarar a solidão e todos os seus medos de maneira mais tranquila e positiva. (labovet.com.br)
  • O desamparo é a sensação de que precisará de ajuda mas não conseguirá. (marisapsicologa.com.br)

falta de ar


segundo


  • Classificações segundo o Dicionário de Saúde Mental IV edição (DSM-IV). (wikipedia.org)

assim


  • Lembre-se de retirar o brinquedo assim que retornar, fazendo com que seu bichinho associe sua saída a algo divertido. (labovet.com.br)

cerca


  • Comece com saídas rápidas, de cerca de 15 ou 20 minutos, e vá aumentando aos poucos a duração, utilizando sempre o comando "fica" ao se afastar do campo visual do bichinho. (labovet.com.br)

eficientes


  • Então, não deixe de conferir formas fáceis e muito eficientes de adestrar seu cão e até a próxima. (labovet.com.br)

outro


sentir


  • Se seu pet tiver um companheiro, de preferência do sexo oposto, não vai ser sentir tanto a sua falta e irá se divertir muito, deixando sua casa ainda mais alegre. (labovet.com.br)

animais


  • Acompanhe por aqui novidades sobre animais de estimação e suas particularidades. (labovet.com.br)

lugares


sempre


  • Deixar seu bichinho de estimação em casa nem sempre é uma tarefa fácil. (labovet.com.br)
  • 3 - Outra boa ideia é sempre deixar com seu cão um brinquedo exclusivo para os momentos de ausência. (labovet.com.br)

paciente


  • A comunicação verbal e não verbal do paciente com o terapeuta é muito importante para definir as possíveis opções de tratamento. (wikipedia.org)