Sorotipagem: Processo de determinação e de distinção de espécies de bactérias ou vírus baseado em antígenos que apresentam.Testes de Aglutinação: Testes dependentes na aglomeração de células, micro-organismos ou partículas quando misturados com antissoro específico.Técnicas de Tipagem Bacteriana: Procedimentos para identificação de tipos e variedades de bactérias. Os sistemas de tipagem mais frequentemente empregados são TIPAGEM DE BACTERIÓFAGO e SOROTIPAGEM bem como tipagem de bacteriocinas e biotipagem.Antígenos O: Antígenos somáticos de proteína lipopolissacarídica, geralmente de bactérias Gram-negativas, importantes na classificação sorológica do bacilo entérico. As cadeias O-específicas determinam a especificidade dos antígenos O de um dado sorotipo. Os antígenos O são a parte imunodominante da molécula de lipopolissacarídeo da célula bacteriana intacta. (Tradução livre do original: Singleton & Sainsbury, Dictionary of Microbiology and Molecular Biology, 2d ed)Streptococcus pneumoniae: Organismo Gram-positivo encontrado no trato respiratório superior, exsudatos inflamatórios e diversos fluidos corpóreos de humanos normais ou adoentados e, raramente, de animais domésticos.Campylobacter fetus: Espécie de bactéria presente no homem e vários tipos de animais e aves, frequentemente causando infertilidade e/ou aborto.Infecções por Campylobacter: As infecções por bactérias do gênero CAMPYLOBACTER.Infecções Pneumocócicas: Infecções por bactérias da espécie STREPTOCOCCUS PNEUMONIAE.Eletroforese em Gel de Campo Pulsado: Eletroforese em gel na qual a direção do campo elétrico é alterada periodicamente. Esta técnica é similar a outros métodos eletroforéticos normalmente utilizados para separar a dupla fita das moléculas de DNA de variáveis tamanhos até dezenas de milhares de pares de bases. Contudo, pela alternância da direção do campo elétrico é possível separar moléculas de DNA de comprimentos de até vários milhões de pares de bases.Antígenos de Bactérias: Substâncias elaboradas pelas bactérias, que apresentam atividade antigênica.DNA Bacteriano: Ácido desoxirribonucléico que forma o material genético de bactérias.Reação em Cadeia da Polimerase: Método in vitro para produção de grandes quantidades de DNA específico ou fragmentos de RNA de comprimento definido de pequenas quantidades de oligonucleotídeos curtos de sequências flanqueantes (iniciadores ou "primers"). O passo essencial inclui desnaturação térmica de moléculas alvo da dupla fita, reassociação dos primers a suas sequências complementares e extensão do iniciador reassociado pela síntese enzimática com DNA polimerase. A reação é eficiente, específica e extremamente sensível. A utilização da reação inclui diagnóstico de doenças, detecção de patógenos difíceis de se isolar, análise de mutações, teste genético, sequenciamento de DNA e análise das relações evolutivas.Campylobacter: Gênero de bactérias encontradas em órgãos reprodutivos, trato intestinal e cavidade oral de animais e do homem. Algumas espécies são patogênicas.Reação em Cadeia da Polimerase Multiplex: Métodos para usar mais de um conjunto de primers em uma PCR para amplificar mais de um segmento da sequência do DNA alvo em uma única reação.Campylobacter jejuni: Espécie de bactéria que parece pequenos espirais firmemente enrolados. Seus organismos são conhecidos por causar aborto em ovelhas e febre e enterite no homem, e podem ser associados com doenças entéricas de bezerros, cordeiros e outros animais.Cápsulas Bacterianas: Invólucro de gel disperso que circunda uma bactéria, estando associado à virulência da bactéria patogênica. Algumas cápsulas possuem um bordo bem definido, enquanto outras formam uma camada delgada que deixa rastros no meio. Muitas cápsulas constituem-se de polissacarídeos relativamente simples, mas existem algumas bactérias cujas cápsulas são feitas de polipeptídeos.Salmonella enterica: Subgênero de Salmonella que compreende vários sorotipos medicamente importantes. O habitat para a maioria das linhagens são animais homeotermos.Streptococcus agalactiae: Bactéria causadora de mastite no gado e ocasionalmente no homem.Polimorfismo de Fragmento de Restrição: Variação que ocorre dentro de uma espécie na presença ou no comprimento de um fragmento de DNA gerado por uma endonuclease específica em um sítio específico do genoma. Estas variações são geradas por mutações que criam ou abolem sítios de reconhecimento para estas enzimas, ou modificam o comprimento do fragmento.Tipagem Molecular: Uso de técnicas de BIOLOGIA MOLECULAR como ANÁLISE DE SEQUÊNCIA DE DNA, ELETROFORESE EM GEL DE CAMPO PULSADO e IMPRESSÕES DIGITAIS DE DNA para identificar, classificar e comparar organismos e seus subtipos.Tipagem de Bacteriófagos: Técnica de tipagem bacteriana que faz uma diferenciação entre bactérias ou tipos de bactérias por sua susceptibilidade a um ou mais bacteriófagos.Pasteurella multocida: Espécie de bactérias Gram-negativas, anaeróbicas facultativas, em forma de bastonete, normalmente encontradas na flora bucal e do trato respiratório de animais e aves. Causadoras da Febre do Embarque (v. PASTEURELOSE PNEUMÔNICA), BACTERIEMIA HEMORRÁGICA e doenças intestinais em animais. Em humanos, a doença geralmente surge de feridas infeccionadas devido à mordida ou arranhão de animais domésticos.Infecções Estreptocócicas: As infecções por bactérias do gênero STREPTOCOCCUS.Surtos de Doenças: Aumento repentino na incidência de uma doença. O conceito inclui EPIDEMIA e PANDEMIA.Salmonella: Gênero de bactérias Gram-negativas, facultativamente anaeróbias e em forma de bastonete, que utilizam citrato como única fonte de carbono. São patogênicas em humanos, causando febre entérica, gastroenterite e bacteremia. Envenenamento alimentar é a manifestação clínica mais comum. Organismos deste gênero são separados com base nas características antigênicas, padrões de fermentação de açúcar e suscetibilidade a bacteriófago.Campylobacter coli: Espécie de bactéria Gram-negativa em bastonete isolada do trato intestinal de suínos, aves e do homem. Pode ser patogênica.Neisseria meningitidis: Espécie de BACTÉRIA aeróbica, Gram-negativa. É comensal e patogênica somente em humanos, podendo ocorrer assintomaticamente na NASOFARINGE. Quando encontrada no líquido cerebroespinhal, é o agente causador da meningite cerebroespinhal (MENINGITE MENINGOCÓCICA), sendo ainda encontrada em secreções venéreas e no sangue. Há pelo menos 13 grupos sorológicos, classificados com base nas diferenças antigênicas dos polissacarídeos capsulares; causam a maioria das meningites infecciosas como A, B, C, Y e W-135. Cada sorogrupo pode ser ainda classificado por sorotipo, soro-subtipo e imunotipo.Nasofaringe: Parte superior da faringe situada atrás do nariz e acima do PALATO MOLE. A nasofaringe é a extensão posterior das cavidades nasais e possui função respiratória.Impressões Digitais de DNA: Técnica para identificação de indivíduos de uma espécie baseada na singularidade de suas sequências de DNA. A singularidade é determinada identificando-se qual combinação de variações alélicas ocorrem no indivíduo em número estatisticamente relevante de diferentes loci. Em estudos forenses, o POLIMORFISMO DE FRAGMENTO DE RESTRIÇÃO de LOCI VNTR ou loci de REPETIÇÕES MINISSATÉLITE múltiplos e altamente polimórficos são analisados. O número de loci usados para o perfil depende da FREQUÊNCIA ALÉLICA na população.Aglutinação: Agregação de material em suspensão resultante da ação de AGLUTININAS.Soros Imunes: Soro que contêm anticorpos. São obtidos de animais que foram previamente imunizados, seja por injeção de antígenos, seja por infecção com microrganismos contendo o antígeno.Genótipo: Constituição genética do indivíduo que abrange os ALELOS presentes em cada um dos LOCI GÊNICOS.Haemophilus: Gênero de PASTEURELLACEAE que compreende diversas espécies que ocorrem em animais e humanos. Seus organismos são descritos como Gram-negativos, facultativamente anaeróbios, em forma de cocobacilo ou bastonete e sem motilidade.Pleuropneumonia: Inflamação do parênquima do pulmão associada com PLEURISIA, inflamação da PLEURA.Ureaplasma: Gênero de bactérias Gram-negativas, sem motilidade, parasitas comuns do trato urogenital de humanos, bovinos, cães e macacos.Portador Sadio: Estado de se abrigar um organismo infeccioso sem manifestar sintomas de infecção. O organismo deve ser prontamente transmissível a um outro hospedeiro suscetível.Testes de Hemaglutinação: Testes sensíveis para medir certos antígenos, anticorpos ou vírus, usando suas habilidades de aglutinar certos eritrócitos.Infecções por Pasteurella: Infecções por bactérias do gênero PASTEURELLA.Klebsiella: Gênero de bactérias Gram-negativas, facultativamente anaeróbias e em forma de bastonete, cujos organismos se arranjam individualmente, aos pares ou em cadeias curtas. Este gênero é comumente encontrado no trato intestinal e é um patógeno oportunista que pode levar a bacteremia, pneumonia, infecções do trato urinário e outros tipos de infecção humana.Sensibilidade e Especificidade: Medidas de classificação binária para avaliar resultados de exames. Sensibilidade ou taxa de recall é a proporção de verdadeiros positivos. Especificidade é a probabilidade do teste determinar corretamente a ausência de uma afecção. (Tradução livre do original: Last, Dictionary of Epidemiology, 2d ed)Reações Cruzadas: Reações sorológicas em que um antissoro [desenvolvido] contra um antígeno reage com um antígeno não idêntico mas estreitamente relacionado com ele.Epidemiologia Molecular: Uso de técnicas de Biologia Molecular em estudos epidemiológicos (...) sobre exposição, suscetibilidade ou outros eventos biológicos. Não constitui uma disciplina, referindo-se apenas ao uso de técnicas moleculares. (Tradução livre do original: Last, 2001)Anticorpos Antibacterianos: Imunoglobulinas produzidas em resposta a ANTÍGENOS DE BACTÉRIAS.Brachyspira hyodysenteriae: Espécie de bactérias espirais, anaeróbicas, anteriormente classificadas como Serpulina hyodysenteriae e Treponema hyodysenteriae (e por pouco tempo, Serpula hyodysenteriae). Este organismo é o agente da disenteria suína.Análise de Sequência de DNA: Processo de vários estágios que inclui clonagem, mapeamento físico, subclonagem, determinação da SEQUÊNCIA DE DNA e análise de informação.Microbiologia de Alimentos: Presença de bactérias, vírus e fungos em alimentos e produtos alimentícios. Esse termo não se restringe a organismos patogênicos: a presença da várias bactérias e fungos não patogênicos em queijos e vinhos, por exemplo, está incluída neste conceito.Tipagem de Sequências Multilocus: Sequenciamento direto de nucleotídeos de fragmentos gênicos de vários genes de manutenção para o propósito de análise filogenética, identificação de organismo e tipagem de espécie, cepa, sorovares (variantes encontrados no soro) e outros níveis filogenéticos distinguíveis.Fezes: Excrementos oriundos do INTESTINO que contêm sólidos não absorvidos, resíduos, secreções e BACTÉRIAS do SISTEMA DIGESTÓRIO.Ribotipagem: Análise de POLIMORFISMO DE FRAGMENTO DE RESTRIÇÃO de genes de RNAr que é usada para diferenciação entre espécies ou cepas.Infecções por Salmonella: As infecções por bactérias do gênero SALMONELLA.Ureaplasma urealyticum: Espécie de bactéria Gram-negativa encontrada no trato geniturinário humano (SISTEMA UROGENITAL), orofaringe e canal anal. Os sorotipos (serovars) 1, 3, 6 e 14 foram reclassificados para outra espécie, UREAPLASMA parvum.Testes de Fixação do Látex: Passivo de aglutinação passiva em que o antígeno é adsorvido a partículas de látex que então se agrupam na presença de anticorpo específico para o antígeno adsorvido. (Stedman, 25a ed)Estudos de Avaliação como Assunto: Estudos que determinam a efetividade ou o valor dos processos, pessoal e equipamento, ou o material na condução destes estudos. Para medicamentos e dispositivos estão disponíveis os ENSAIOS CLÍNICOS COMO ASSUNTO, AVALIAÇÃO DE MEDICAMENTOS e AVALIAÇÃO PRÉ-CLÍNICA DE MEDICAMENTOS.Anticorpos Monoclonais: Anticorpos produzidos porum único clone de células.Infecções por Hantavirus: Infecções com vírus do gênero HANTAVIRUS. Estas infecções estão associadas com pelo menos quatro síndromes clínicas: FEBRE HEMORRÁGICA COM SÍNDROME RENAL causada por vírus do grupo Hantaan; uma forma mais leve de FHSR (HFRS) causada por VÍRUS SEUL; nefropatia epidêmica causada por VÍRUS PUUMALA e a SÍNDROME PULMONAR POR HANTAVIRUS causada por VIRUS SIN NOMBRE.Flagelina: Proteína com peso molecular de 40.000 Da isolada de bactérias flageladas. Sob pH e concentração de sais apropriados, três monômeros de flagelinas podem reagregar-se espontaneamente para formar estruturas que parecem idênticas ao flagelo intacto.Rotavirus: Gênero de REOVIRIDAE causadores de gastroenterite aguda em AVES e MAMÍFEROS, inclusive em humanos. A transmissão é horizontal e por contaminação ambiental. São reconhecidas sete espécies (Rotavirus A até G).Testes de Sensibilidade Microbiana: Qualquer teste que demonstre a eficácia relativa de diferentes agentes quimioterápicos contra micro-organismos específicos (isto é, bactérias, fungos, vírus).Dados de Sequência Molecular: Descrições de sequências específicas de aminoácidos, carboidratos ou nucleotídeos que apareceram na literatura publicada e/ou são depositadas e mantidas por bancos de dados como o GENBANK, European Molecular Biology Laboratory (EMBL), National Biomedical Research Foundation (NBRF) ou outros repositórios de sequências.Neisseria gonorrhoeae: Espécie de bactéria Gram-negativa aeróbia que é encontrada primariamente em secreções purulentas venéreas. É o agente causador da GONORREIA.Diarreia: Aumento na liquidez ou diminuição na consistência das FEZES, como evacuação contínua. A consistência fecal está relacionada com a razão entre a capacidade de sólidos insolúveis para reter água e a água total, e não com o total de água presente. Diarreia é diferente de excesso de defecação ou massa fecal aumentada.Infecções por Ureaplasma: As infecções por bactérias do gênero UREAPLASMA.Contraimunoeletroforese: Imunoeletroforese na qual ocorre imunoprecipitação quando o antígeno do catodo migra em um campo elétrico através de um meio de difusão apropriado, contra uma corrente de migração de anticorpo do anodo, como resultado do fluxo endosmótico.Polissacarídeos Bacterianos: Polissacarídeos encontrados em bactérias e em suas cápsulas.Técnica de Amplificação ao Acaso de DNA Polimórfico: Técnica de amplificação que utiliza reação em cadeia por polimerase (PCR) de baixa viscosidade com primers únicos de sequência arbitrária para gerar um sistema de força específica de fragmentos anônimos de DNA. A técnica de RAPD pode ser utilizada para determinar identidade taxonômica, avaliar relações de parentesco, analisar amostras de genomas misturados e criar sondas específicas.Psittaciformes: Ordem de AVES composta de várias famílias e mais de 300 espécies. Inclui CACATUAS, PAPAGAIOS, PERIQUITOS, araras, e PERIQUITOS AUSTRALIANOS.Doenças dos Suínos: Doenças dos suínos domésticos e do javali selvagem do gênero Sus.Erisipela Suína: Doença contagiosa aguda e crônica de porcos jovens causada pela Erysipelothrix insidiosa.Enterite: Inflamação de qualquer segmento do INTESTINO DELGADO.Infecções por Haemophilus: As infecções por bactérias do gênero HAEMOPHILUS.Gastroenterite: INFLAMAÇÃO de qualquer segmento do TRATO GASTROINTESTINAL do ESÔFAGO ao RETO. Entre as várias causas da gastroenterite estão genética, infecção, HIPERSENSIBILIDADE, efeitos de drogas e CÂNCER.Vacinas Pneumocócicas: Vacinas ou vacinas candidatas usadas para prevenir infecções com STREPTOCOCCUS PNEUMONIAE.Actinobacillus pleuropneumoniae: Espécie de bactéria Gram-negativa, facultativamente anaeróbia e em forma de cocobacilo, que foi isolada de lesões pneumônicas e do sangue. Produz pneumonia com pleurite fibrinosa em suínos.Providencia: Bacilos Gram-negativos isolados de urina e fezes humanas.Shigella: Gênero de bactérias Gram-negativas, facultativamente anaeróbias e em forma de bastonete, que fermentam açúcar sem produção de gás. Seus organismos são patógenos intestinais do homem e outros primatas, e causam DISENTERIA BACILAR.Ensaio de Imunoadsorção Enzimática: Imunoensaio utilizando um anticorpo ligado a uma enzima marcada, tal como peroxidase de raiz-forte (ou rábano silvestre). Enquanto a enzima ou o anticorpo estiverem ligados a um substrato imunoadsorvente, ambos retêm sua atividade biológica; a mudança na atividade enzimática como resultado da reação enzima-anticorpo-antígeno é proporcional à concentração do antígeno e pode ser medida por espectrofotometria ou a olho nu. Muitas variações do método têm sido desenvolvidas.Erysipelothrix: Gênero de bactérias Gram-positivas, facultativamente anaeróbias, em forma de bastonetes que tendem a formar longos filamentos. Estes organismos são amplamente distribuídos na natureza, sendo encontrados em MAMÍFEROS, AVES e PEIXES. Erysipelothrix pode parecer Gram-negativa porque a reação se descolore facilmente neste gênero.Infecções por Escherichia coli: As infecções por bactérias da espécie ESCHERICHIA COLI.Doenças das Aves Domésticas: Doenças das aves criadas como fonte de carne ou ovos, para o consumo humano, sendo normalmente encontradas em chiqueiros, granjas, etc. O conceito difere de DOENÇAS DAS AVES que se refere a doenças de aves não domésticas e são normalmente encontradas em zoológicos, parques e florestas.Proteínas da Membrana Bacteriana Externa: Proteínas isoladas da membrana externa de bactérias Gram-negativas.Especificidade da Espécie: Restrição de um comportamento característico, estrutura anatômica ou sistema físico, como resposta imunológica, resposta metabólica ou gene ou variante gênico dos membros de uma espécie. Refere-se às propriedades que diferenciam uma espécie de outra, mas também se usa para níveis filogenéticos superiores ou inferiores ao nível de espécie.Antibacterianos: Substâncias que reduzem a proliferação ou a reprodução de BACTÉRIAS.Farmacorresistência Bacteriana: Capacidade da bactéria em resistir ou tornar-se tolerante aos agentes quimioterápicos, antimicrobianos ou a antibióticos. Essa resistência pode ser adquirida através de mutação gênica ou plasmídeos transmissíveis com DNA estranho (FATORES R).Proteínas de Bactérias: Proteínas encontradas em qualquer espécie de bactéria.Haemophilus parasuis: Espécie de bactéria Gram-negativa (gênero HAEMOPHILUS) encontrada no trato respiratório superior normal de SUÍNOS.Filogenia: Relacionamentos entre grupos de organismos em função de sua composição genética.Disenteria Bacilar: DISENTERIA causada por bactérias entéricas Gram-negativas em formato de bastonete (ENTEROBACTERIACEAE), mais frequente no gênero SHIGELLA. A disenteria pela Shigella (Shigelose) é classificada em subgrupos conforme a gravidade da síndrome e as espécies infecciosas. Grupo A: SHIGELLA DYSENTERIAE (aguda), grupo B: SHIGELLA FLEXNERI, grupo C: SHIGELLA BOYDII e group D: SHIGELLA SONNEI (moderada).Escherichia coli: Espécie de bactérias Gram-negativas, facultativamente anaeróbicas, em forma de bastão (BACILOS GRAM-NEGATIVOS ANAERÓBIOS FACULTATIVOS) comumente encontrada na parte mais baixa do intestino de animais de sangue quente. Geralmente não é patogênica, embora algumas linhagens sejam conhecidas por produzir DIARREIA e infecções piogênicas. As linhagens patogênicas (virotipos) são classificadas pelos seus mecanismos patogênicos específicos como toxinas (ESCHERICHIA COLI ENTEROTOXIGÊNICA), etc.Listeria monocytogenes: Espécie de bactéria Gram-positiva, em forma de bastonete, que é amplamente distribuída na natureza. Foi isolada de esgotos, do solo, de depósitos de cereais e das fezes de animais saudáveis e do homem. A infecção por esta bactéria leva à encefalite, meningite, endocardite e aborto.Gonorreia: Doença infecciosa aguda caracterizada por uma invasão primária do trato urogenital. O agente etiológico, NEISSERIA GONORRHOEAE, foi isolado por Neisser em 1879.Haemophilus influenzae: Espécie de HAEMOPHILUS encontrada nas mucosas de humanos e de vários animais. A espécie ainda se subdivide nos biótipos de I a VIII.Serratia marcescens: Espécie de bactéria Gram-negativa, facultativamente anaeróbia e em forma de bastonete, que é encontrada no solo, água, alimentos e amostras clínicas. É proeminente patógeno oportunista para pacientes hospitalizados.Microbiologia Ambiental: Estudo dos micro-organismos que vivem em diferentes ambientes (ar, solo, água, etc.) e sua relação patogênica com outros organismos inclusive o ser humano.Streptococcus pyogenes: Espécie de bactéria cocoide, Gram-positiva, isolada de lesões cutâneas, sangue, exsudatos inflamatórios e do trato respiratório superior de humanos. É um Streptococcus hemolítico do grupo A, que pode causar a ESCARLATINA e FEBRE REUMÁTICA.Variação Genética: Diferenças genotípicas observadas entre indivíduos em uma população.Proteus vulgaris: Espécie de bactéria Gram-negativa, facultativamente anaeróbia e em forma de bastonete, que ocorre no solo, em matéria fecal e esgotos. É patógeno oportunista e causa cistite e pielonefrite.Enterovirus: Gênero da família PICORNAVIRIDAE cujos membros habitam preferencialmente o trato intestinal de diversos hospedeiros. O gênero contém várias espécies. Membros recentemente descritos de enterovirus humanos são designados com números contínuos na espécie denominada "enterovirus humano".Análise por Conglomerados: Conjunto de métodos de estatística usados para agrupar variáveis ou observações em subgrupos altamente inter-relacionados. Em epidemiologia, pode-se usar para analisar séries de grupos de eventos com grande afinidade entre si ou casos de doença ou outros fenômenos relacionados à saúde cujos modelos de distribuição sejam bem definidos com respeito a tempo ou espaço, ou a ambos.Listeriose: As infecções por bactérias do gênero LISTERIA.Imunodifusão: Técnica envolvendo a difusão de antígeno ou anticorpo por um meio semissólido, geralmente gel de ágar ou agarose, tendo como resultado uma reação de precipitação.Infecções Meningocócicas: Infecções por bactérias da espécie NEISSERIA MENINGITIDIS.Hantavirus: Gênero de vírus (família BUNYAVIRIDAE) causador de INFECÇÕES POR HANTAVIRUS, inicialmente identificados durante a guerra da Coreia. A infecção é encontrada principalmente em roedores e humanos. A transmissão não parece envolver artrópodes. O VÍRUS HANTAAN é o representante da espécie.Preservação Biológica: Processo de preservação de várias amostras de material biológico.Vírus Hantaan: Espécie típica do gênero HANTAVIRUS que infecta o roedor Apodemus agrarius e humanos que entram em contato com o roedor. Causa síndromes de febre hemorrágica associada a patologias vascular e, especialmente, renal.Recém-Nascido: Criança durante o primeiro mês após o nascimento.Infecções por Proteus: As infecções por bactérias do gênero PROTEUS.Proteus: Gênero de bactérias Gram-negativas, facultativamente anaeróbias e em forma de bastonete, que ocorrem nos intestinos de humanos e ampla variedade de animais, assim como em adubo, no solo e em águas poluídas. Suas espécies são patogênicas, causando infecções do trato urinário, e também são consideradas invasoras secundárias, causando lesões sépticas em outros locais do corpo.Suínos: Qualquer animal da família Suidae, compreendendo mamíferos onívoros, robustos, de pernas curtas, pele espessa (geralmente coberta com cerdas grossas), focinho longo e móvel, e cauda pequena. Compreendem os gêneros Babyrousa, Phacochoerus (javalis africanos) e o Sus, que abrange o porco doméstico (ver SUS SCROFA)Salmonelose Animal: As infecções em animais por bactérias do gênero SALMONELLA.Genes Bacterianos: Unidades hereditárias funcionais das BACTERIAS.Pasteurella: Mais antigo gênero reconhecido da família PASTEURELLACEAE. Compreende diversas espécies. Seus organismos ocorrem mais frequentemente como cocobacilos ou bastonetes, são Gram-negativos, sem motilidade e anaeróbios facultativos. Espécies deste gênero são encontradas tanto em animais quanto em humanos.Ácido Tetratiônico: Dímero do ácido sulfúrico formado por ligação dissulfeto. Este composto tem sido utilizado para prolongar o tempo de coagulação e como um antídoto no envenenamento por cianeto.Resistência às Penicilinas: Não suscetibilidade de um organismo à ação das penicilinas.Brachyspira: Gênero de bactérias espirais da família Brachyspiraceae.Infecções por Actinobacillus: As infecções por bactérias do gênero ACTINOBACILLUS.Chlamydophila psittaci: Gênero de CHLAMYDOPHILA que infecta primariamente aves, composto por oito sorovars conhecidas, algumas das quais infectam mais de um tipo de hospedeiro, inclusive humanos.Bovinos: Animais bovinos domesticados (do gênero Bos) geralmente são mantidos em fazendas ou ranchos e utilizados para produção de carne, derivados do leite ou para trabalho pesado.Infecção Hospitalar: Qualquer infecção que um paciente contrai de outro em uma instituição de saúde.Resistência Microbiana a Medicamentos: Capacidade de micro-organismos (especialmente bactérias) em resistir ou tornar-se tolerante a agentes quimioterápicos, antimicrobianos ou a antibióticos. Essa resistência pode ser adquirida através de mutação gênica ou plasmídeos transmissíveis com DNA estranho (FATORES R).Primers do DNA: Sequências curtas (geralmente em torno de 10 pares de bases) de DNA que são complementares à sequência do RNA mensageiro e permite a transcriptase reversa, copiando as sequências adjacentes de RNAm. Os primers são utilizados largamente em técnicas de biologia molecular e genética.Doenças Transmitidas por Alimentos: 1) Doença aguda que geralmente afeta o TRATO GASTROINTESTINAL, ocasionada pelo consumo de comida ou bebida contaminada. A maioria destas doenças é infecciosa, causada por uma grande variedade de bactérias, vírus ou parasitas que podem ser transmitidos por alimento. Algumas vezes as doenças são causadas por toxinas prejudiciais dos micróbios ou outra substância química presente na comida. Principalmente no último caso, a afecção é com frequência chamada de intoxicação alimentar. (MeSH) 2) Efeitos nocivos que surgem após a ingestão de alimentos resultantes da: l - contaminação por bactéria patogênica; 2 - produtos tóxicos de fungos e bactérias; 3 - reações alérgicas a determinadas proteínas ou outros componentes do alimento ou; 4 - contaminantes químicos.Microbiologia da Água: Presença de bactérias, vírus e fungos na água. A expressão não se restringe [apenas] aos organismos patogênicos.Técnicas Bacteriológicas: Técnicas usadas para estudar as bactérias.Galinhas: Nome vulgar dado a espécie Gallus gallus "ave doméstica" (família Phasianidae, ordem GALIFORME). São descendentes das aves selvagens vermelha do SUDESTE DA ÁSIA.Especificidade de Anticorpos: Propriedade dos anticorpos que os capacita a reagir com alguns EPITOPOS e não com outros. A especificidade é dependente da composição química, de forças físicas e da estrutura molecular no sítio de ligação.Streptococcus suis: Espécie de STREPTOCOCCUS isolada de porcos. É um patógeno de suínos, mas raramente ocorre em humanos.Shigella boydii: Uma das espécies de SHIGELLA que produz DISENTERIA BACILAR.Infecções por Rotavirus: As infecções por qualquer um dos rotavirus. As infecções específicas incluem a diarreia infantil humana, a diarreia neonatal de bezerros e a diarreia epidêmica de camundongos lactentes.Vacinas Conjugadas: Vacinas semissintéticas constituídas de antígenos polissacarídicos (de micro-organismos) ligados a moléculas transportadoras proteicas. A proteína carregadora é reconhecida pelos macrófagos e células T, aumentando assim a imunidade. Em pessoas que não respondem apenas aos polissacarídeos, as vacinas conjugadas induzem a formação e níveis [sanguíneos] aumentados de anticorpos, levando a apresentar uma resposta "booster" (reforço) depois de injeções repetidas.

*  Streptococcus suis - Wikipedia

Consultado em 17 de janeiro de 2012 Sorotipagem de amostras de Streptococcus suis isoladas de suínos. ...

*  Novembro 2009 | Microbiologia Online

Sorotipagem. *Fagotipagem. *Suscetibilidade antimicrobiana. *Eletroforese Enzimática Multi-Local, do inglês Multi-Locus Enzyme ...

*  Evaluation of the protective efficacy of an antimeningococcal vaccine for serogroups B and C Neisseria meningitidis infections...

De outro lado, as eficácias para o total dos casos sem sorotipagem ou sem confirmação laboratorial tenderão a ser subestimadas ...

*  Gripe aviária - Wikipedia

... e usadas para sorotipagem (classificação de subtipos baseado em padrões de reconhecimento por anticorpos) de vírus da Influenza ...

*  Conteúdo Farmacêutico :: FARMÁCIA E BIOQUÍMICA

Sinonímia: Sorotipagem, ABO-Rh, grupo sanguíneo, tipagem sanguínea. Material: Sangue com EDTA. Volume mínimo: 3,0 mL. Pode ser ...

*  Clique para imprimir

Acesso venoso: Sorotipagem, provas sorológicas, toxicológico, hemograma, perfil renal (Na, K, Ureia, Creatinina), glicose; ...

*  Herpes genital geral

... é utilizada para confir-mação e sorotipagem do HSV proveniente de isolamento do vírusem cultura de células22. É também possível ...

*  Pesquisa de informação médica (Plasmídeos • FAQ)

Plasmídeos. FAQ. Pesquisa de informação médica

CampilobacterioseCampylobacter jejuni: Campylobacter jejuni é uma espécie de bactéria espiralado gram-negativo, com dois flagelos em extremidades opostas (polares), microaerófilo e que causa diarreia em mamíferos e aves. São transmitidos a outros animais (inclusive humanos) pelo consumo de carne mal cozida e laticínios não pasteurizados ou em água infectada com fezes de animais.Cápsula bacteriana: A cápsula bacteriana é uma estrutura grande presente em algumas células procariotas. É uma camada rígida com bordas bem definidas, formada por uma série de polímeros orgânicos.Streptococcus agalactiae: Streptococcus agalactiae são estreptococos do grupo B e como características morfológicas apresentam as mesmas comuns ao gênero Streptococcus.Genótipo: Genótipo (do grego genos, originar) é a constituição genética de uma célula, organismo ou indivíduo. Deve-se à presença de material hereditário herdado dos progenitores.Pasteurella multocida: Pasteurella multocida é uma bactéria cocobacilar gram-negativa, não móvel, sensível a penicilina da família Pasteurellaceae. É responsável por infecções enzoóticas em humanos e animais.Surto: Surto é um termo usado na epidemiologia para identificar quantidades acima do normal de doenças contagiosas ou de ordem sanitária.Steps of an Outbreak Investigation, EXCITE | Epidemiology in the Classroom | Outbreak StepsSalmonella: Salmonella é um gênero de bactérias, vulgarmente chamadas salmonelas, pertencente à família Enterobacteriaceae, sendo conhecida há mais de um século. Tem, em seu nome, uma referência ao cientista estadunidense chamado Daniel Elmer Salmon, que associou a doença à bactéria pela primeira vez.Neisseria meningitidis: A Neisseria meningitidis ou meningococo são bactérias coccus gram-negativas (CGN), imóveis e aeróbias que se agrupam aos pares, formando diplococos. São de grande importância clínica pois causam meningite meningocócica, uma grave inflamação das membranas que envolvem o cérebro.Exame complementar de diagnóstico: Nas ciências da saúde, são denominados exames complementar de diagnóstico aqueles exames (laboratoriais, de imagem, etc.) que complementam aos dados da anamnese e do exame físico para a confirmação das hipóteses diagnósticas e tratamento.Método de Sanger: O método de Sanger é procedimento tradicional sequenciamento de DNA, foi desenvolvido por Frederick Sanger e colaboradores na década de 70 e consiste na adição de nucleotídeos modificados, chamados didesoxiribonucleotídeos, que impedem o crescimento de um fragmento de DNA em replicação pela DNA polimerase após sua adição. Tem sido largamente utilizado por centros de pesquisa ao redor do globo.Gregory WinterRotavirus: Rotavirus é um género de vírus de RNA de dupla hélice da família Reoviridae. É umas das principais causas de diarreia grave em lactentes e crianças jovens, e é um do diversos vírus que causam infecções comummente chamadas de gastroenterite.Neisseria gonorrhoeae: Neisseria gonorrhoeae ou Gonococo é uma bactéria da família Neisseriaceae. É um diplococo gram-negativo, não flagelado, não formador de esporos,não hemolitico, aeróbio ou facultativamente anaeróbio que habita o trato respiratório superior do Homem, sendo responsável pela gonorreia - doença sexualmente transmissível, com formato de rim - e consequentemente pela conjuntivite gonocócica - doença hereditariamente transmitida da mãe para o filho ou sexualmente transmitida pelo intercurso geno-oftálmico.EnteriteGastroenteriteProvidencia (bactéria): Providencia é um gênero de bactérias Gram negativas móveis pertencentes à família Enterobacteriaceae. Algumas cepas (P.Bacitracina: Bacitracina é um fármaco de utilização tópica com ação antibiótica.P.Filogenética molecular: A filogenética molecular, também conhecida como sistemática molecular, é o uso das estruturas das moléculas com vista a se ganhar informação sobre as relações evolutivas de um organismo.Disenteria bacterianaListeria monocytogenes: Listeria monocytogenes é uma espécie de bactéria capaz de provocar doenças em seres humanos, tais como meningite. São bacilos pequenos, anaeróbios facultativos e Gram positivos, que podem aparecer isolado ou agrupados em pares ou cadeias curtas.GonorreiaHalofilia: Dizem-se halófilos (do grego halo - sal + filo - amigo) os organismos extremófilos que podem desenvolver-se em ambiente com muito altas concentrações de sal. Embora o termos seja provavelmente mais frequentemente aplicado a alguns halófilos classificados no domínio Archaea, existem também bactérias halófilas e alguns eucariontes, como a alga Dunaliella salina.CrRNA de ativação em trans: Em biologia molecular, o crRNA de ativação em trans (tracrRNA) é um pequeno RNA codificado em trans. Ele foi decoberto primeiramente no patógeno humano Streptococcus pyogenes.


No FAQ disponível com os "Sorotipagem"

Clique em um termo à esquerda