Retardo do Crescimento Fetal: Incapacidade do FETO para atingir o crescimento esperado em qualquer IDADE GESTACIONAL.Gravidez: Estado durante o qual os mamíferos fêmeas carregam seus filhotes em desenvolvimento (EMBRIÃO ou FETO) no útero (antes de nascer) começando da FERTILIZAÇÃO ao NASCIMENTO.Desenvolvimento Fetal: Desenvolvimento morfológico e fisiológico do FETO.Peso Fetal: Peso do FETO no útero, que geralmente é estimado por várias fórmulas, baseadas nas medidas feitas durante ULTRASSONOGRAFIA PRÉ-NATAL.Peso ao Nascer: Massa ou quantidade de peso de um indivíduo no nascimento, expresso em unidades de quilogramas ou libras. (MeSH/NLM) É a primeira medida de peso do feto ou recém-nascido obtida após o nascimento. Para nascidos vivos, o peso ao nascer deve ser medido preferivelmente durante a primeira hora de vida antes que ocorra significativa perda de peso pós-natal. Embora as tabulações estatísticas incluam agrupamentos de 500 g para o peso ao nascer, os pesos não devem ser registrados nesses agrupamentos. O peso real deve ser registrado com o grau de exatidão resultante de sua medida. As definições de peso ao nascer "baixo", "muito baixo" e "extremamente baixo" não constituem categorias mutuamente exclusivas. Abaixo dos limites estabelecidos, elas são totalmente inclusivas e portanto se superpõe (isto é, "baixo", inclui "muito baixo" e "extremamente baixo", enquanto "muito baixo" inclui "extremamente baixo". (CID-10, vol.2, rev. e ampl., 2008, p.155)Placenta: Órgão materno-fetal de mamíferos, altamente vascularizado, sendo o principal local de transporte de oxigênio, nutrientes e resíduos fetais. Na placenta há uma porção fetal (VILOSIDADES CORIÔNICAS, provenientes dos TROFOBLASTOS) e uma porção materna (DECÍDUA, proveniente do ENDOMÉTRIO uterino). A placenta produz uma série de hormônios esteroides, proteicos e peptídicos (HORMÔNIOS PLACENTÁRIOS).Idade Gestacional: A duração da gestação é medida a partir do primeiro dia do último período menstrual normal. A idade gestacional é expressa em dias ou semanas completas (por ex.: eventos que ocorrem de 280 a 286 dias após o início do último período menstrual normal são considerados como ocorridos na marca de 40 semanas de gestação). A idade gestacional é frequentemente uma fonte de confusão quando os cálculos são baseados em datas menstruais. Para os propósitos de cálculos da idade gestacional a partir da data do primeiro dia do último período menstrual normal e a data do parto, deve-se ter em mente que o primeiro dia é zero e não o dia um; os dias 0-6 correspondem então à "semana zero completa", os dias 7-13 à "semana completa um", e a quadragésima semana da gravidez atual é sinônimo de "semana completa 39". Quando a data do último período menstrual normal não é disponível, a idade gestacional deve ser baseada na melhor estimativa clínica. Para evitar confusão, as tabulações devem indicar tanto semanas quanto dias. (CID-10, vol.2, 8a ed., rev. e ampl. 2008)Desenvolvimento Embrionário e Fetal: Desenvolvimento morfológico e fisiológico do EMBRIÃO e FETO.Recém-Nascido Pequeno para a Idade Gestacional: Recém-nascido que tem um peso de nascimento abaixo do esperado para sua idade gestacional.Complicações na Gravidez: Afecções ou processos patológicos associados com gravidez. Podem ocorrer durante ou após a gravidez e variam de pequenos mal-estares a graves doenças que requerem cuidados médicos. Incluem doenças em mulheres grávidas e gravidez de mulheres com doenças.Recém-Nascido: Criança durante o primeiro mês após o nascimento.Recém-Nascido de Baixo Peso: Recém-nascido que tem um peso de nascimento de menos de 2500 gramas (5.5 lb.), mas o termo RECÉM-NASCIDO DE MUITO BAIXO PESO está disponível para crianças que têm um peso de nascimento de menos de 1500 gramas (3.3 lb.).Transtornos do Crescimento: Desvios dos valores médios para uma idade e sexo específicos em algum ou todos os parâmetros seguintes: altura, peso, proporções esqueléticas, desenvolvimento ósseo ou maturação das feições. Estão aqui incluídos, tanto aceleração como retardo do crescimento.Deficiência Intelectual: Funcionamento intelectual subnormal que se origina durante o período de desenvolvimento. Possui múltiplas etiologias potenciais, incluindo defeitos genéticos e lesões perinatais. As pontuações do quociente de inteligência (QI) são comumente utilizadas para determinar se um indivíduo possui deficiência intelectual. As pontuações de QI entre 70 e 79 estão na margem da faixa de retardo mental. As pontuações abaixo de 67 estão na faixa de retardo. (Tradução livre do original: Joynt, Clinical Neurology, 1992, Ch55, p28)Retardo Mental Ligado ao Cromossomo X: Classe de transtornos genéticos wue resulta em DEFICIÊNCIA INTELECTUAL associada com mutações dos GENES localizados no CROMOSSOMO X ou com aberrações na estrutura do cromossomo X (ABERRAÇÕES CROMOSSÔMICAS SEXUAIS).Anormalidades MúltiplasTroca Materno-Fetal: Troca de substâncias entre o sangue materno e o fetal na PLACENTA, através da CIRCULAÇÃO PLACENTÁRIA. A barreira placentária exclui a transmissão de micróbios ou vírus.Feto: Filhote por nascer de um mamífero vivíparo no período pós-embrionário, depois que as principais estruturas foram delineadas. Em humanos, [a idade gestacional] do filhote por nascer vai [é definida como sendo] do final da oitava semana após a CONCEPÇÃO até o NASCIMENTO, diferente do EMBRIÃO DE MAMÍFERO prematuro.Morte Fetal: Morte do ser em desenvolvimento no útero. O NASCIMENTO de um FETO morto é NATIMORTO. (MeSH/NLM) Óbito fetal é a morte de um produto da concepção, antes da expulsão ou da extração completa do corpo da mãe, independentemente da duração da gravidez; indica o óbito o fato do feto, depois da separação, não respirar nem apresentar nenhum outro sinal de vida, como batimentos do coração, pulsações do cordão umbilical ou movimentos efetivos dos músculos de contração voluntária. (CID-10, vol.2, rev. e ampl. 2008, p.155) Para fins estatísticos, comparação internacional, e o uso da CID, se o produto da concepção, nesta ordem, (1) pesa menos que 500 g, tem (2) idade gestacional de menos de 22 semanas completadas ou (3) comprimento coroa-calcanhar de menos de 25 cm, é definido como um ABORTO. Se o produto da concepção pesa pelo menos 500 g ou tem idade gestacional de pelo menos 22 semanas completadas ou tem comprimento coroa-calcanhar de pelo menos 25 cm, é definido como NATIMORTO.Crescimento: Aumento gradual no número, tamanho e complexidade das células de um indivíduo. Geralmente o crescimento produz um aumento do PESO DO ÓRGÃO, PESO CORPORAL e ESTATURA.Insuficiência Placentária: Insuficiência da PLACENTA em garantir um suprimento adequado de nutrientes e OXIGÊNIO ao FETO.Proteína do X Frágil de Retardo Mental: Proteína de ligação ao RNA encontrada predominantemente no CITOPLASMA. Auxilia na regulação da BIOSSÍNTESE DE PROTEÍNAS nos NEURÔNIOS e está ausente ou subexpressa na SÍNDROME DO CROMOSSOMO X FRÁGIL.Resultado da Gravidez: Resultados da concepção e subsequente gravidez, incluindo NASCIMENTO VIVO, NATIMORTO, ABORTO ESPONTÂNEO, ABORTO INDUZIDO. A evolução pode seguir de inseminação natural ou artificial, ou quaisquer das várias TÉCNICAS REPRODUTIVAS ASSISTIDAS, como TRANSFERÊNCIA EMBRIONÁRIA ou FERTILIZAÇÃO IN VITRO.Terceiro Trimestre da Gravidez: Último terço da GRAVIDEZ humana [que vai] do início da 29a até a 42a semana completa (197 a 294 dias) de gestação.Ultrassonografia Pré-Natal: Visualização dos tecidos durante a gestação através do registro dos ecos das ondas ultrassônicas dirigidas para o corpo. O procedimento pode ser aplicado com referência à mãe ou ao feto e com referência aos órgãos ou à detecção de doença materna ou fetal.Circulação Placentária: Circulação de SANGUE, tanto da mãe como do FETO, através da PLACENTA.Síndrome: Complexo sintomático característico.Pré-Eclâmpsia: Complicação de GRAVIDEZ, caracterizada por um complexo de sintomas incluindo HIPERTENSÃO materna e PROTEINURIA com ou sem EDEMA patológico. Os sintomas variam de brandos a graves. A pré-eclâmpsia ocorre após a 20a semana de gestação, porém pode se desenvolver antes deste tempo, na presença de doença trofoblástica.Microcefalia: Anormalidade congênita em que o CÉREBRO é subdesenvolvido, a moleira fecha prematuramente, e, como resultado, a cabeça é pequena (Tradução livre do original: Desk Reference for Neuroscience, 2nd ed).Estatura: Distância do solo à coroa da cabeça com o corpo em pé na superfície plana e totalmente estendida.Artérias Umbilicais: Vasos arteriais especializados no cordão umbilical. Transportam resíduos e sangue desoxigenado do FETO à mãe (via PLACENTA). Em humanos, geralmente há duas artérias umbilicais, raramente uma.Fenômenos Fisiológicos da Nutrição Materna: Fisiologia nutricional de uma mãe que afeta a saúde do FETO e LACTENTE, assim como dela própria.Facies: Aparência da face que é geralmente característica de uma doença ou condição patológica, como as faces de elfo da SÍNDROME DE WILLIAMS e as faces mongoloides da SÍNDROME DE DOWN.Segundo Trimestre da Gravidez: Terceira parte da GRAVIDEZ humana, que compreende desde o início da 15a até a 28a semana completa (99 a 196 dias) de gestação.Doenças Placentárias: Processos patológicos ou funções anormais da PLACENTA.Peso Corporal: Massa ou quantidade de peso de um indivíduo, expresso em unidades de quilogramas ou libras.Efeitos Tardios da Exposição Pré-Natal: Consequências da exposição do FETO no útero a certos fatores, como FENÔMENOS FISIOLÓGICOS DA NUTRIÇÃO, ESTRESSE FISIOLÓGICO, DROGAS, RADIAÇÃO e outros fatores físicos ou químicos. Estas consequências são observadas tardiamente na prole após o NASCIMENTO.Exposição Materna: Exposição da mãe, humana ou animal, a agentes químicos, físicos ou biológicos potencialmente prejudiciais no ambiente, ou a fatores ambientais que podem incluir radiação ionizante, organismos patogênicos ou substâncias tóxicas que podem afetar os descendentes. Inclui a exposição materna anterior à concepção.Impressão Genômica: Expressão fenotípica variável de um GENE dependendo de sua origem paterna ou materna que é uma função do padrão de METILAÇÃO DE DNA. Observou-se que as regiões de impressão são mais metiladas e transcripcionalmente menos ativas. (Tradução livre do original: Segen, Dictionary of Modern Medicine, 1992)Tamanho do Órgão: Medida de um órgão em volume, massa ou peso.Anormalidades Induzidas por Medicamentos: Anormalidades congênitas causadas por substâncias medicinais ou drogas de abuso dadas ou tomadas pela mãe, ou às quais ela tenha sido inadvertidamente exposta durante a manufatura de tais substâncias. O conceito exclui anormalidades resultantes da exposição a substâncias químicas não medicinais no ambiente.Fenótipo: Aparência externa do indivíduo. É o produto das interações entre genes e entre o GENÓTIPO e o meio ambiente.Estatura Cabeça-Cóccix: Medida em útero, que corresponde à altura do feto sentado (da cabeça ao cóccix). A estatura é considerada um critério mais acurado da idade do feto do que o peso. A média da estatura cabeça-cóccix do feto a termo é de 36 cm.Gravidez em Diabéticas: Estado de GRAVIDEZ em mulheres com DIABETES MELLITUS. Isto não inclui nem o diabetes sintomático e nem a INTOLERÂNCIA À GLUCOSE induzida pela gravidez (DIABETES GESTACIONAL), mas que é dissipada no final da gestação.Prenhez: Processo de carregar um ser em desenvolvimento (EMBRIÃO ou FETO) no útero de mamíferos não humanos começando da FERTILIZAÇÃO ao NASCIMENTO.Fator de Crescimento Insulin-Like I: Peptídeo básico bem caracterizado supostamente secretado pelo fígado e circula no sangue. Tem atividades reguladora de crescimento (similar à insulina) e mitogênica. Este fator de crescimento possui uma principal (mas não absoluta) dependência do HORMÔNIO DE CRESCIMENTO. Acredita-se ser ativa principalmente em adultos, em contraste com o FATOR DE CRESCIMENTO INSULIN-LIKE II, que é o principal fator de crescimento fetal.Reabsorção do Feto: Desintegração e assimilação do FETO morto (no ÚTERO) em qualquer estágio depois de completar a organogênese (após a 9a. semana de gestação, em humanos). Reabsorção do feto não inclui a reabsorção do embrião (v. PERDA DO EMBRIÃO).Nanismo: Traço genético ou afecção caracterizado por estatura baixa, inferior à da média. O crescimento esquelético anormal geralmente resulta em um adulto com estatura significativamente inferior à da média populacional.Macrossomia Fetal: Estado em que há o crescimento exagerado do feto, levando a um FETO grande em relação à idade gestacional. É definido como PESO AO NASCER maior que 4.000 g ou acima do 90 percentil das curvas de crescimento da população e específicas ao sexo. Geralmente esta situação se encontra na DIABETES GESTACIONAL, na GRAVIDEZ PROLONGADA e na gravidez complicada por diabetes mellitus pré-existente.Útero: Órgão muscular oco (de paredes espessas), na pelve feminina. Constituído pelo fundo (corpo), local de IMPLANTAÇÃO DO EMBRIÃO e DESENVOLVIMENTO FETAL. Além do istmo (na extremidade perineal do fundo), encontra-se o COLO DO ÚTERO (pescoço), que se abre para a VAGINA. Além dos istmos (na extremidade abdominal superior do fundo), encontram-se as TUBAS UTERINAS.Antropometria: Ciência que estuda as medidas de peso, tamanho e proporções do corpo humano. (MAHAN & ESCOTT-STUMP 2002)Síndrome do Cromossomo X Frágil: Afecção caracterizada genotipicamente por mutação da terminação distal do braço longo do cromossomo X (no local do gene FRAXA ou FRAXE) e fenotipicamente por deficiência cognitiva, hiperatividade, ATAQUES, atraso da linguagem e ampliação das orelhas, cabeça e testículos. A DEFICIÊNCIA INTELECTUAL ocorre em quase todos os homens e aproximadamente 50 por cento das mulheres com a mutação completa do gene FRAXA. (Tradução livre do original: Menkes, Textbook of Child Neurology, 5th ed, p226)Trabalho de Parto Prematuro: Início de TRABALHO DE PARTO antes do NASCIMENTO A TERMO, mas geralmente após o FETO ter-se tornado viável. Nas mulheres ocorre em algum momento entre a 29a e a 38a semana de GRAVIDEZ. A TOCÓLISE inibe o trabalho de parto prematuro e pode impedir o NASCIMENTO de PREMATUROS.Hormônio do Crescimento: Polipeptídeo secretado pela ADENO-HIPÓFISE. O hormônio do crescimento, também conhecido como somatotropina, estimula a mitose, diferenciação e o crescimento celular. Hormônios do crescimento espécie-específicos têm sido sintetizados.Cabeça: Parte superior do corpo humano, ou a parte da frente ou da parte superior do corpo de um animal, tipicamente separado do resto do corpo por uma pescoço, e que contém o cérebro, a boca, e alguns dos órgãos dos sentidos.Doenças Fetais: Afecções fisiológicas do FETO no ÚTERO. Algumas doenças fetais podem ser tratadas com TERAPIAS FETAIS.Tamanho da Ninhada de Vivíparos: Número de filhotes (offspring) produzidos por um animal vivíparo em um nascimento.Sistema A de Transporte de Aminoácidos: Transportador de aminoácido neutro dependente de sódio, responsável pela maior parte da captação de aminoácido neutro dependente de sódio nas células de mamíferos. Os substratos preferidos para este sistema de transporte incluem ALANINA, SERINA e GLUTAMINA.Sangue Fetal: Sangue do feto. A troca de nutrientes e de resíduos entre o sangue fetal e o materno ocorre através da PLACENTA. O sangue do cordão é o sangue contido nos vasos umbilicais (CORDÃO UMBILICAL) no momento do parto.Nascimento Prematuro: PARTO antes de 37 semanas de GRAVIDEZ (259 dias a partir do primeiro dia do último período menstrual ou 245 dias após FERTILIZAÇÃO)Trofoblastos: Células que revestem a parte externa do BLASTOCISTO. Depois que os trofoblastos se ligam ao ENDOMÉTRIO, desenvolvem duas camadas distintas: uma camada interna (citotrofoblastos mononucleares) e outra externa (citoplasma multinuclear contínuo, os sinciciotrofoblastos) que forma a interface inicial entre o feto e a mãe (PLACENTA).Fator de Crescimento Insulin-Like II: Peptídeo neutro bem caracterizado supostamente secretado pelo FÍGADO e circula no SANGUE. Possui atividades reguladora de crescimento (similar à insulina) e mitogênica. O fator de crescimento tem a principal (mas não absoluta) dependência da SOMATOTROPINA. Acredita-se que é o principal fator de crescimento fetal, em contraste ao FATOR DE CRESCIMENTO INSULIN-LIKE I, que é o principal fator de crescimento em adultos.Hipóxia Fetal: Deficiência na oxigenação do SANGUE FETAL.Transtornos Nutricionais: Transtornos causados por desequilíbrio nutricional, seja a mais ou a menos.

*  Blood pressure and kidney size in term newborns with intrauterine growth restriction
Keywords : Pressão arterial; Retardo do crescimento fetal; Recém-nascido; Rim; Renina. · abstract in English · text in English ... O objetivo foi avaliar a influência do retardo do crescimento intra-uterino (RCIU) na pressão arterial sistólica de recém- ... Pressão arterial e tamanho renal em recém-nascidos no termo com restrição de crescimento intra-uterino. Sao Paulo Med. J. [ ...
  http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1516-31802007000200004&lng=en&nrm=iso&tlng=pt
*  Curva dos valores normais de peso fetal estimado por ultra-sonografia segundo a idade gestacional
Keywords : Peso Fetal; Idade Gestacional; Retardo do Crescimento Fetal; Ultrasonografia Pré-Natal. ... Este trabalho teve por objetivo avaliar a evolução do peso fetal estimado em gestações normais de 20 a 42 semanas. Quanto ao ... Concluiu-se que a disponibilidade de curva brasileira do peso fetal estimado normal permitirá o diagnóstico pré-natal de seus ... 1991). Calcularam-se os valores dos percentis 10, 50 e 90 do peso fetal, por idade gestacional, com construção de curva ...
  http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S0102-311X2000000400026&lng=en&nrm=iso&tlng=pt
*  dor na mama esquerda,vermelhidão e endurecimento e crescimento da mama depois da mestruação
... vermelhidão e endurecimento e crescimento da mama depois da mestruação. Assistente em linha para diagnóstico médico. Lista ... Retardo do Crescimento Fetal. 6. + +. 11. Fibroadenoma. 5. + +. 12. Mastite. 5. + +. 13. Neoplasias Inflamatórias Mamárias. 4. ... dor na mama esquerda,vermelhidão e endurecimento e crescimento da mama depois da mestruação. Rápido. Hierárquico. ...
  https://lookfordiagnosis.com/results.php?symptoms=dor+na+mama+esquerda%2Cvermelhid%C3%A3o+e+endurecimento+e+crescimento+da+mama+depois+da+mestrua%C3%A7%C3%A3o&lang=3&parent=/&mode=F
*  gravidez; Gestação
Retardo do Crescimento Fetal. 4. + +. 25. Doenças em Gêmeos. 4. + +. 26. Neoplasias Uterinas. 4. + +. ...
  https://lookfordiagnosis.com/results.php?symptoms=gravidez%3B%20Gesta%C3%A7%C3%A3o&lang=3&parent=%2F&mode=F
*  UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ FACULDADE DE MEDICINA DEPARTAMENTO DE SAÚDE MATERNO- INFANTIL JOSÉ DE ARIMATEA BARRETO - PDF
INFANTIL JOSÉ DE ARIMATEA BARRETO DIAGNÓSTICO DA RESTRIÇÃO DE CRESCIMENTO FETAL PELA RELAÇÃO DIÂMETRO TRANSVERSO DO CEREBELO/ ... 1. Retardo de crescimento fetal. 2. Ultrasonografia fetal. 3. Diâmetro cerebelar transverso. 4. Circunferência abdominal. I. ... Crescimento fetal retardado, atraso de crescimento fetal, desnutrição fetal, déficit de crescimento fetal, recém-nascido ... Palavras-chave: Retardo de crescimento fetal. Ultra-sonografia fetal. Diâmetro cerebelar transverso. Circunferência abdominal. ...
  http://docplayer.com.br/18035354-Universidade-federal-do-ceara-faculdade-de-medicina-departamento-de-saude-materno-infantil-jose-de-arimatea-barreto.html
*  Benazepril - Wikipedia
Quando usado no segundo e terceiro trimestre da gestação(categoria D FDA) pode ocorrer má formação fetal , retardo de ... crescimento intra uterino, oligoamnio, prematuridade. Menos do que 0,1% atravessa a para o leite materno. este medicamento é um ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Benazepril
*  Atosibano | MedicinaNET
... retardo do crescimento intrauterino e frequência cardíaca fetal anormal; hemorragia intrauterina requerendo parto imediato; ... recomenda-se a monitoração das contrações uterinas e da frequência cardíaca fetal durante a administração do ATOSIBANO e no ... eclampsia e preeclampsia graves exigindo o parto; morte fetal intrauterina; placenta prévia; descolamento prematuro da placenta ...
  http://medicinanet.com.br/conteudos/medicamentos/3648/atosibano.htm
*  Ultrassom na gravidez: Perguntas e Respostas - Elaine Paiva
É importante nos casos de diabetes, hipertensão e retardo de crescimento fetal, por exemplo. Já o ultrassom 3D nos permite ... O terceiro exame morfológico confirma a idade gestacional, avalia o crescimento e, principalmente, a morfologia fetal. Já o ... Victor Bunduki, médico obstetra, professor associado da Faculdade de Medicina da USP, e especialista em medicina fetal e ... Seguem, então, treze perguntas respondidas pelo doutor Victor Bunduki, médico obstetra e especialista em medicina fetal e ...
  https://lanapaiva.wordpress.com/2011/11/22/ultrassom-na-gravidez-perguntas-e-respostas/
*  Gravidez de Alto Risco, Mulher Gravidez de Alto Risco
Dentre eles podemos citar: Pré Eclampsia, Incompetência Ístmo-Cervical, Retardo de Crescimento Intra-Uterino, Sofrimento Fetal ... Um recém-nascido com retardo de crescimento é aquele cujo crescimento intra-uterino foi comprometido. Esse termo refere-se ao ... O retardo mental é mais comumente resultante da síndrome do alcoolismo fetal que de qualquer outra causa conhecida. Além disso ... O seu risco de trabalho prematuro e de dar à luz a um concepto anormalmente pequeno por retardo de crescimento intrauterino ...
  https://www.portalsaofrancisco.com.br/biologia/gravidez-de-alto-risco
*  Por que o ultrassom é tão importante durante a gravidez? - Vida Equilíbrio
É importante nos casos de diabetes, hipertensão e retardo de crescimento fetal, por exemplo. Já o ultrassom 3D nos permite ... avalia o crescimento e, principalmente, a morfologia fetal. Já o quarto tem o objetivo de avaliar o crescimento, a quantidade ... De acordo com Victor Bunduki, especialista em medicina fetal e ultrassonografia do Centro de Diagnósticos Brasil (CDB Premium ... ou ainda a pesquisa de DNA fetal no sangue materno - exame que vem ganhando importância por não ser invasivo para o feto". ...
  http://vidaequilibrio.com.br/por-que-o-ultrassom-e-tao-importante-durante-gravidez-2
*  Association between maternal-fetal genetic histocompatibility and maternal undernutrition in mice: influence on intrauterine...
Palavras-chave : Crescimento fetal; Retardo de crescimento intra-uterino; Histocompatibilidade; Distúrbios nutricionais; ... CONCLUSÕES: Em camundongos, a ocorrência de histocompatibilidade genética materno-fetal não modificou o crescimento fetal; a ... sendo que a associação entre a compatibilidade genética materno-fetal resultou em maior restrição ao crescimento fetal (p,0.01 ... desnutrição materna durante a gestação resultou em retardo de crescimento fetal com menor tamanho da ninhada, e a associação ...
  http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1807-59322006000200007&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt
*  Marcelo Urbano Ferreira - Biblioteca Virtual da FAPESP
Está relacionada com morte fetal, aborto espontâneo, retardo do crescimento intrauterino, prematuridade, baixo peso ao nascer e ...
  http://www.bv.fapesp.br/pt/pesquisador/2398/marcelo-urbano-ferreira/
*  Sexually transmitted diseases during pregnancy: a synthesis of particularities
... retardo do crescimento intrauterino, herpes congênito, herpes neonatal e óbito fetal. Apesar de existir a chance de transmissão ... b) Retardo do crescimento intrauterino e febre no puerpério;. c) Bartolinite, peri-hepatite, artrite, endocardite e endometrite ... retardo do crescimento intrauterino e febre no puerpério. Pode haver bartolinite, peri-hepatite, artrite, endocardite e ... retardo mental e de crescimento e até óbito. ... Na gestante, tal reação pode levar à morte fetal, indicando uma ...
  http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0365-05962010000600002&lng=en&nrm=iso&tlng=pt
*  Candesartan - Wikipedia
... de ligação a proteína no plasma.Podem causar injúria fetal, oligoâmnio, prematuridade, retardo de crescimento intra uterino. ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Candesartan
*  Ácido ascórbico durante a gravidez. Com que frequência tomar
... existe a possibilidade de desenvolver uma síndrome de retardo do crescimento fetal.. Para evitar isso, você deve tomar ...
  http://pt.medicapage.com/7952-acido-ascorbico-durante-a-gravidez-com-que-frequencia-tomar.html
*  BenveNutri: Zinco
... retardo no crescimento e defeito no crescimento fetal; cicatrização lenta; intolerância à glicose pela diminuição de produção ... retardo no crescimento, diarreia, pneumonia, malária e prejudicado desenvolvimento cerebral.. ... crescimento e replicação celular; maturação sexual; fertilidade e reprodução; funções imunitárias; cicatrização de ferimentos; ...
  http://benvenutri.blogspot.com/2013/12/zinco.html
*  COOPSAUDE GAROTO: Outubro 2011
A bacteriúria assintomática está associada à maior incidência de hipertensão, anemia, retardo de crescimento fetal e ... A curva de crescimento do pênis foi está descrita desde 1943. Em geral, após a puberdade, os estudos mostram que o tamanho do ... Quanto maior for o grau de alteração dessa célula, mais rápido será o crescimento do tumor e maior será a sua malignidade. Os ... Este tipo de tumor ocorre mais comumente no lado direito do cólon, tem um crescimento rápido, e pode estar relacionado com ...
  http://coopsaudegaroto.blogspot.com/2011_10_01_archive.html
*  Atosibano Arapiraca, Alagoas - Atosibano, Arapiraca, Alagoas onde comprar Atosibano, Arapiraca, Alagoas Atosibano preço,...
... retardo do crescimento intra-uterino e frequência cardíaca fetal anormal; hemorragia intra-uterina requerendo parto imediato; ... eclâmpsia e pré-eclâmpsia graves exigindo o parto; morte fetal intra-uterina; placenta prévia; descolamento prematurao da ...
  http://guialocal.farmaciapopular.org/Atosibano_Arapiraca_Alagoas-p1746206-Arapiraca_AL.html
*  Atosibano Altos PI - Atosibano, Altos PI onde comprar Atosibano, Altos PI Atosibano preço, Altos PI farmacia popular...
... retardo do crescimento intra-uterino e frequência cardíaca fetal anormal; hemorragia intra-uterina requerendo parto imediato; ... eclâmpsia e pré-eclâmpsia graves exigindo o parto; morte fetal intra-uterina; placenta prévia; descolamento prematurao da ...
  http://guialocal.farmaciapopular.org/Atosibano_Altos_PI-p1746206-Altos_PI.html
*  An inter-agency renewed effort to end child hunger and undernutrition WFP WHO UNICEF FAO - PDF
11 Um assunto chave: : o ciclo vital O retardo do crescimento fetal e durante a primeira infancia são relacionados com o estado ... Protecção Social para um Crescimento Inclusivo. Nuno Cunha Nações Unidas Protecção Social para um Crescimento Inclusivo Nuno ... Novas curvas de avaliação de crescimento infantil adotadas pelo MS Texto de apoio ao curso de Especialização Atividade física ... Incorporação da curvas de crescimento da Organização Mundial da Saúde de 2006 e 2007 no SISVAN Ministério da Saúde Secretaria ...
  http://docplayer.com.br/8298329-An-inter-agency-renewed-effort-to-end-child-hunger-and-undernutrition-wfp-who-unicef-fao.html
*  Fertivitro | Centro de Reprodução Humana
... de baixo peso ao nascer infantil e o retardo do crescimento fetal. A deficiência também pode aumentar o nível de homocisteína ( ...
  https://fertivitro.wordpress.com/
*  Aprendizagem Afetiva: Outubro 2011
Feto- abortamento pré maturo, retardo do crescimento intra- uterino e sofrimento fetal. ... A Cada 12000 casos de meningite 5% de mortalidade 35% distúrbios neorológicos( convulsões, surdez, retardo mental) ...
  http://aprendizagemafetiva.blogspot.com/2011/10/
*  Mamãe Pensante: Dos mitos do pato normal - A morte de bebês após 40 semanas...
Insuficiência placentária e retardo do crescimento intrauterino, sofrimento fetal agudo por descolamento prematuro de placenta ... Circular de cordão não é diagnóstico de morte fetal, seja intra parto ou não. O diagnóstico implica em sofrimento fetal, que ... Sendo esta a situação mais prevalente no Brasil, resultante de sofrimento fetal crônico. Ao fim o diagnóstico de morte não é ... Dentre as muitas vertentes para essa resposta, há inúmeros fatores que contribuem para a morte fetal, ou neonatal, ou perinatal ...
  http://mamaepensante.blogspot.com/2015/02/dos-mitos-do-pato-normal-morte-de-bebes.html
*  Síndrome de abstinência alcoólica Caso Clínico - Emergência
Síndrome fetal alcoólica (sfa) (Q) - Padrão de retardo do crescimento. Alcoolismo. O que é. Quais as causas e consequências. ... Síndrome fetal alcoólica (sfa) (Q) - Padrão de retardo do crescimento. I Definições de Alcoolismo - "O alcoolismo é ... Síndrome fetal alcoólica (sfa) (Q) - Padrão de retardo do crescimento. 6 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma ... Síndrome fetal alcoólica (sfa) (Q) - Padrão de retardo do crescimento. I Definições de Alcoolismo - "O alcoolismo é ...
  http://adonis-bibl.ru/alcolico/sintomas-de-tratamento-de-psicose-alcolicos.html

Fast Future Generation: Fast Future Generation é um "rockumentary" sobre os Good Charlotte noLocal de nascimento: As expressões Local de nascimento, lugar de nascimento ou naturalidade indicam o local onde uma pessoa nasceu. É um dado usado frequentemente em documentos, juntamente com o nome e a data de nascimento, para identificar uma pessoa de forma inequívoca.Placenta: A placenta é um anexo embrionário existente apenas na infraclasse Eutheria, onde estão os mamíferos placentários ou nos marsupiais, através da qual ocorrem as trocas entre a mãe e seu filho. É formada pelos tecidos do óvulo, embriologicamente derivada do córion.Idade gestacional: A idade gestacional é o tempo, medido em semanas ou em dias completos, decorrido desde o início da última menstruação (ou data da última menstruação - DUM) da mulher grávida.Ministério da saúde brasileiro- definições da OMSEpicanto: Epicanto ou dobra epicântica é uma prega de pele da pálpebra superior (do nariz até ao lado interior da sobrancelha), cobrindo o canto interior (canto medial) do olho. A dobra epicântica está por vezes presente na maioria das pessoas de ascendência da Ásia Oriental como os mongóis (e também coreanos, japoneses e etc), do Sudeste Asiático (vietnamitas, indonésios, malaios e etc), dos originários da Ásia Central, e ainda inuítes, indígenas americanos, khoisans na África e Madagáscar.MicrocefaliaFácies: Denomina-se fácies ao conjunto de rochas com determinadas características distintivas, quer paleontológicas (fósseis) quer litológicas, considerando qualquer aspecto composicional, químico ou mineralógico, morfológico, de estrutural ou textura (assim a forma, o tamanho, a disposição dos seus grãos e a sua composição de minerais) que ajudem a conhecer onde e quando se formou a rocha. O termo fácies também é usado para o ambiente onde se formou ou transformou a rocha; assim: fácies pelágico; fácies vulcânico; fácies metamórfico; fácies lacustrino.Nanismo: Nanismo é a condição de tamanho de um indivíduo cuja altura é muito menor que a média de todos os sujeitos que pertencem à mesma população. Admite-se que se pode chamar de nanismo quando o tamanho de um indivíduo tem uma estatura até 20% inferior à média dos mesmos indivíduos de sua espécie, à mesma idade.Transplante uterino: Transplante uterino é um procedimento cirúrgico no qual um útero é transplantado para outra pessoa.Somatotrofo: Somatotrofos ou somatotropos são células da hipófise que produzem o hormônio do crescimento (GH). Estas células constituem 30 a 40% das células da adenoipófise.Trofoblasto


  • peso
  • Quanto ao desenho e métodos empregados na pesquisa, realizou-se estudo descritivo de um universo constituído por 2.874 gestantes normais da cidade de Campinas, efetuando-se exame ultra-sonográfico obstétrico de rotina com medida da biometria fetal e utilizando-se, para o cálculo do peso fetal, a fórmula de Hadlock et al. (scielosp.org)
  • 1991). Calcularam-se os valores dos percentis 10, 50 e 90 do peso fetal, por idade gestacional, com construção de curva posteriormente alisada mediante ajuste polinomial de 2 o grau. (scielosp.org)
  • Concluiu-se que a disponibilidade de curva brasileira do peso fetal estimado normal permitirá o diagnóstico pré-natal de seus desvios pela ultra-sonografia. (scielosp.org)
  • a desnutrição materna durante a gestação resultou em retardo de crescimento fetal com menor tamanho da ninhada, e a associação dos dois fatores aumentou a redução do peso fetal. (scielo.br)
  • podem
  • As infecções na mãe podem impactar tanto a saúde materna quanto a fetal, e a transmissão pode se dar no período da gestação, durante o parto e no pós-parto. (scielo.br)
  • vida
  • Um agente teratogénico é definido como qualquer substância, organismo, agente físico ou estado de deficiência que, estando presente durante a vida embrionária ou fetal, produz uma alteração na estrutura ou função da descendência. (wikipedia.org)
  • Trigonocefalia - caracterizada pelo fechamento precoce da sutura metópica durante a vida fetal. (wikipedia.org)
  • materno
  • 2 1 JOSÉ DE ARIMATEA BARRETO DIAGNÓSTICO DA RESTRIÇÃO DE CRESCIMENTO FETAL PELA RELAÇÃO DIÂMETRO TRANSVERSO DO CEREBELO/CIRCUNFERÊNCIA ABDOMINAL Dissertação apresentada ao Curso de Mestrado em Tocoginecologia do Departamento de Saúde Materno-infantil da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Ceará como exigência parcial para obtenção do grau de Mestre. (docplayer.com.br)
  • Embora a ocorrência de compatibilidade genética materno-fetal tenha resultado na redução do número de fetos viáveis e numa tendência ao aumento de perdas fetais, esta diferença não foi significante. (scielo.br)
  • Uterinas
  • recomenda-se a monitoração das contrações uterinas e da frequência cardíaca fetal durante a administração do ATOSIBANO e no caso de contrações uterinas persistentes. (medicinanet.com.br)
  • termo
  • A Síndrome do Alcoolismo Fetal, SAF, termo usado para descrever o dano sofrido por alguns fetos quando a mãe ingere bebidas alcoólicas durante a gravidez, foi identificada pela primeira vez por volta de 1970. (wikipedia.org)
  • deste
  • A todas as gestantes que consentiram, espontaneamente, participar deste estudo, contribuindo para o diagnóstico da restrição de crescimento fetal e melhoria na assistência pré-natal. (docplayer.com.br)