Placenta Prévia: Formação anormal da PLACENTA que se fixa no segmento inferior do ÚTERO (zona de dilatação), e pode recobrir parte ou toda a abertura do COLO. Frequentemente é associada com sangramento importante antes do parto e TRABALHO DE PARTO PREMATURO.Placenta: Órgão materno-fetal de mamíferos, altamente vascularizado, sendo o principal local de transporte de oxigênio, nutrientes e resíduos fetais. Na placenta há uma porção fetal (VILOSIDADES CORIÔNICAS, provenientes dos TROFOBLASTOS) e uma porção materna (DECÍDUA, proveniente do ENDOMÉTRIO uterino). A placenta produz uma série de hormônios esteroides, proteicos e peptídicos (HORMÔNIOS PLACENTÁRIOS).Placenta Acreta: Aderência anormal de parte ou toda a PLACENTA ao MIOMÉTRIO devida à ausência parcial ou completa da DECÍDUA. Está associada com HEMORRAGIA PÓS-PARTO devido a um defeito da separação da placenta.Hemorragia Uterina: Hemorragia dos vasos sanguíneos do ÚTERO, às vezes, manifestada como sangramento vaginal.Cardiotocografia: Monitoração da frequência cardíaca fetal para avaliar a iminência de prematuridade em relação ao padrão ou intensidade da CONTRAÇÃO UTERINA.Vasa Previa: Complicação da gravidez em que vasos sanguíneos do feto, normalmente dentro do cordão umbilical, estão desprotegidos e atravessam as MEMBRANAS FETAIS. Está associada com o sangramento antes do parto e MORTE FETAL e NATIMORTOS devido a dessangramento.Cesárea: Extração do FETO por meio de HISTEROTOMIA abdominal.Gravidez: Estado durante o qual os mamíferos fêmeas carregam seus filhotes em desenvolvimento (EMBRIÃO ou FETO) no útero (antes de nascer) começando da FERTILIZAÇÃO ao NASCIMENTO.Segundo Trimestre da Gravidez: Terceira parte da GRAVIDEZ humana, que compreende desde o início da 15a até a 28a semana completa (99 a 196 dias) de gestação.Ultrassonografia Pré-Natal: Visualização dos tecidos durante a gestação através do registro dos ecos das ondas ultrassônicas dirigidas para o corpo. O procedimento pode ser aplicado com referência à mãe ou ao feto e com referência aos órgãos ou à detecção de doença materna ou fetal.Recesariana: Extração de feto por histerotomia abdominal após uma cesariana anterior.Doenças Placentárias: Processos patológicos ou funções anormais da PLACENTA.Hemorragia Pós-Parto: Excesso na perda de sangue por sangramento uterino associado com TRABALHO DE PARTO ou nascimento da criança. Definida como perda de sangue maior que 500 ml ou como uma quantidade que afeta adversamente a fisiologia materna (como PRESSÃO SANGUÍNEA e HEMATÓCRITO). É dividida em duas categorias: imediata (até 24 horas após o nascimento) ou tardia (24 horas pós-parto).Terceiro Trimestre da Gravidez: Último terço da GRAVIDEZ humana [que vai] do início da 29a até a 42a semana completa (197 a 294 dias) de gestação.Descolamento Prematuro da Placenta: Separação prematura da PLACENTA implantada normalmente no ÚTERO. Entre os sinais com grau variável de gravidade estão sangramento uterino (HEMORRAGIA UTERINA), HIPERTONIA MUSCULAR uterina e SOFRIMENTO FETAL ou MORTE FETAL.Dilatação e Curetagem: Dilatação do cérvix uterino seguido por uma raspagem do endométrio com uma cureta.Anemia Neonatal: A forma mais branda de eritroblastose fetal, na qual a anemia é a manifestação principal.Resultado da Gravidez: Resultados da concepção e subsequente gravidez, incluindo NASCIMENTO VIVO, NATIMORTO, ABORTO ESPONTÂNEO, ABORTO INDUZIDO. A evolução pode seguir de inseminação natural ou artificial, ou quaisquer das várias TÉCNICAS REPRODUTIVAS ASSISTIDAS, como TRANSFERÊNCIA EMBRIONÁRIA ou FERTILIZAÇÃO IN VITRO.Tamponamento Interno: Método para interromper um sangramento interno ou o fluxo sanguíneo, ou o fechamento de uma ferida ou cavidade corporal conseguida pela aplicação de pressão ou pela introdução de um líquido, gel ou tampão absorvente.Idade Gestacional: A duração da gestação é medida a partir do primeiro dia do último período menstrual normal. A idade gestacional é expressa em dias ou semanas completas (por ex.: eventos que ocorrem de 280 a 286 dias após o início do último período menstrual normal são considerados como ocorridos na marca de 40 semanas de gestação). A idade gestacional é frequentemente uma fonte de confusão quando os cálculos são baseados em datas menstruais. Para os propósitos de cálculos da idade gestacional a partir da data do primeiro dia do último período menstrual normal e a data do parto, deve-se ter em mente que o primeiro dia é zero e não o dia um; os dias 0-6 correspondem então à "semana zero completa", os dias 7-13 à "semana completa um", e a quadragésima semana da gravidez atual é sinônimo de "semana completa 39". Quando a data do último período menstrual normal não é disponível, a idade gestacional deve ser baseada na melhor estimativa clínica. Para evitar confusão, as tabulações devem indicar tanto semanas quanto dias. (CID-10, vol.2, 8a ed., rev. e ampl. 2008)Gravidez de Alto Risco: Gravidez em que a mãe e/ou o FETO correm risco de MORBIDADE ou MORTALIDADE maior que o normal. Entre as causas estão a falta de CUIDADO PRÉ-NATAL inadequado, antecedentes obstétricos (ABORTO ESPONTÂNEO), doença materna pré-existente, doença induzida pela gravidez (hipertensão gestacional) e GRAVIDEZ MÚLTIPLA, bem como idade materna avançada (maior que 35 anos).Histerectomia: Excisão do útero.Nascimento Prematuro: PARTO antes de 37 semanas de GRAVIDEZ (259 dias a partir do primeiro dia do último período menstrual ou 245 dias após FERTILIZAÇÃO)Idade Materna: Idade da mãe na GRAVIDEZ.Paridade: Quantidade dos descendentes que uma mulher ou fêmea pariu. É diferente de NÚMERO DE GESTAÇÕES, que descreve quantas gestações a mulher teve, não importando o resultado.Primeiro Trimestre da Gravidez: Primeira terça parte da GRAVIDEZ humana, a partir do primeiro dia do último período menstrual normal (MENSTRUAÇÃO) até completar as 14 semanas (98 dias) de gestação.Complicações na Gravidez: Afecções ou processos patológicos associados com gravidez. Podem ocorrer durante ou após a gravidez e variam de pequenos mal-estares a graves doenças que requerem cuidados médicos. Incluem doenças em mulheres grávidas e gravidez de mulheres com doenças.Placenta Retida: Placenta que não é expelida após o NASCIMENTO do FETO. A PLACENTA é retida quando o ÚTERO não contrai após a liberação de seu conteúdo ou quando a placenta está anormalmente aderida ao MIOMÉTRIO.

*  Placenta prévia - Wikipedia

Placenta prévia é uma complicação obstétrica na qual a placenta está fixada à parede uterina cobrindo parcial ou totalmente o ... A placenta prévia incide em 0,5 a 1,0% das gestações sendo que ocorre com maior freqüência nas multíparas (1:20) e em gestante ... A via de parto dependerá, além das condições maternas, do tipo de placenta prévia. Nas marginais, a via preferencial é a ... Descrevem-se três tipos de placenta prévia, de acordo com a localização placentária, em relação ao orifício interno do colo: • ...

*  Placenta prévia - Sintomas, Tratamentos e Causas | Minha Vida

... é a implantação da placenta na porção mais baixa da cavidade uterina. Conheça as causas e tratamentos de placenta prévia. ... O que é Placenta prévia? Sinônimos: placenta baixa A placenta prévia é a implantação da placenta na porção mais baixa da ... à placenta prévia. Não se sabe exatamente o que causa a placenta prévia. No entanto, os tipos persistentes de placenta prévia ... Placenta prévia marginal. A placenta prévia marginal acontece quando a parte inferior na placenta encosta nas margens do ...

*  Coagulação intravascular disseminada - Wikipedia

Placenta prévia • Alterações vasculares • Alterações imunológicas • Reacção alérgica grave • Rejeição de transplante • Reacções ...

*  Ciclo menstrual - Wikipedia

Placenta Previa». WebMD. Emedicine.com. Consultado em 21 de Setembro de 2008 A referência emprega parâmetros obsoletos ,coautor ...

*  Hemorragia obstétrica - Wikipedia

Para além da placenta prévia e do descolamento da placenta, pode ocorrer ruptura uterina; uma condição grave que provoca ... A primeira consideração é a presença de placenta prévia, uma condição que geralmente necessita de parto por cesariana. O ... antepartum haemorrhage Placenta praevia, placenta praevia accreta and vasa praevia: diagnosis and management (PDF). [S.l.]: ... Esta condição é denominada vasa previa, podendo por vezes ser diagnosticada por ecografia. Existem também exames para ...

*  Prefeitura de São Gonçalo do Amarante - CE

Hemorragias do 1º trimestre (aborto, gravidez ectópica e NTG). Hemorragias do 3º trimestre (placenta prévia, DPP e rotura ...

*  Sangramento vaginal - Wikipedia

No segundo ou terceiro trimestres, a placenta prévia (uma placenta que cobre parcialmente o colo do útero) pode sangrar ... Descolamento prematuro da placenta também é frequentemente associado ao sangramento e à dor uterina. Atrofia do endométrio, ... Inúmeros casos decorrem da ruptura de um pequeno vaso da parte externa da placenta. Também pode ser o anúncio de um aborto ...

*  Placenta acreta - Wikipedia

... dos casos de placenta prévia, e possui incidência aumentada com a presença de tecido cicatricial de uma secção cesariana prévia ... Placenta acreta é a denominação que se dá à placenta que se adere anormalmente à decídua ou à parede uterina. É uma complicação ... A placenta "acreta" é aquela que atinge a camada basal da decídua. Quando alguma área da placenta está acreta, ela não ... Placenta increta: Quando a placenta penetra mais profundamente no útero e atinge a camada muscular (miométrio) mais ...

*  Saúde Pública - Caracterização das cesarianas em centro de parto normal Caracterização das cesarianas em centro de parto normal

As taxas de cesariana primária e por placenta prévia foram as que mais aumentaram.23 Na Grécia, fenômeno similar vem ocorrendo ... Nesse sentido, ter uma cesariana prévia pode, em conjunto com outros fatores, influenciar a decisão de realizar parto via alta ... inserção baixa de placenta e acretismo placentário) cujas complicações, muitas vezes, ocasionam o óbito da mulher.ª Com vistas ... ter cesariana prévia não foi fator determinante para indicar essa cirurgia na gestação atual. No entanto, com base em nossa ...

*  Pré-eclampsia - Wikipedia

Especialistas acreditam que o problema está no desenvolvimento anormal dos vasos sanguíneos que conectam a placenta com o útero ... Histórico próprio ou familiar de pré-eclampsia Obesidade Diabetes Mellitus Hipertensão prévia Idade maior que 35 anos Primeira ... O único tratamento definitivo é o parto com expulsão da placenta. Anti-hipertensivos adequados para a gravidez incluem ... Também pode resultar em descolamento prematuro da placenta ou em problemas cardiovasculares como Síndrome HELLP (destruição de ...

*  CID-10 Capítulo XV: Gravidez, parto e puerpério - Wikipedia

Outros transtornos da placenta (O43.9) Transtorno da placenta, não especificado (O44) Placenta prévia (O44.0) Placenta prévia ... Placenta prévia com hemorragia (O45) Descolamento prematuro da placenta (abruptio placentae) (O45.0) Descolamento prematuro da ... Retenção da placenta e das membranas, sem hemorragias (O73.0) Retenção da placenta sem hemorragia (O73.1) Retenção de partes da ... Transtornos da placenta (O43.0) Síndromes de transfusão placentária (O43.1) Malformação da placenta (O43.8) ...

*  CID-10 Capítulo XVI: Algumas afecções originadas no período perinatal - Wikipedia

Feto e recém-nascido afectados por complicações da placenta, do cordão umbilical e das membranas (P03) Feto e recém-nascido ... Perda sanguínea fetal devida a vasa prévia (P50.1) Perda sanguínea fetal por ruptura do cordão (P50.2) Perda sanguínea fetal ... Feto e recém-nascido afectados por influências nocivas transmitidas ao feto via placenta ou leite materno (P05) Crescimento ... originada da placenta (P50.3) Hemorragia para a circulação do outro gêmeo (P50.4) Hemorragia para a circulação materna (P50.5) ...

*  Entenda o que é insuficiência renal, seus sintomas e tratamento -...

Placenta prévia ou descolamento da placenta. Os indivíduos que possuem maiores chances de desenvolver insuficiência renal são ...

*  Treating women with epilepsy during pregnancy: the role of traditional and new antiepileptic drugs

... placenta prévia, descolamento prematuro de placenta, pré-eclâmpsia, partos cirúrgicos e contrações uterinas fracas) tem sido ... Apesar disso coletam informações importantes, como idade materna, raça, história gestacional prévia, tipo e freqüência de ... atravessa livremente a placenta. Níveis um pouco mais altos, indicando acúmulo fetal também já foram descritos para o valproato ... gestantes sem história prévia de epilepsia ou de outras causas possíveis para a ocorrência das crises. ...

*  Fertilização in vitro - Wikipedia

Para a execução desta técnica exige-se uma prévia estimulação ovárica (ovariana) através de medicamentos adequados ( ... um tipo de hormônio produzido pela placenta) que provoca a maturação ovocitária, vindo a permitir a sua captação por aspiração ...

*  Alguns alimentos para comer durante a gravidez - Central Mulher

Placenta prévia: sintomas, causas e tratamento. Vida de Mãe Sala de lactação no trabalho. ...

*  Como ter flexibilidade de horário após licença maternidade - Central Mulher

Placenta prévia: sintomas, causas e tratamento. Vida de Mãe Sala de lactação no trabalho. ...

*  Curso online FMF - Ecografia 11-13 sem

a placenta é fina porém com consistência normal e a gravidez e a gestação pode persistir até o terceiro trimestre. malformações ... com uma taxa de falso positivo de 5% . alto índice de massa corporal e história prévia ou familiar de PE. ... existe uma placenta molar e a gravidez raramente persiste além das 20 semanas. exomfalo e polydactilia pós axial Triploidia: ... tanto no caso de se biopsiar a mesma placenta duas vezes ou de contaminação cruzada das amostras Em gestações discordantes para ...

*  Prematuridade é principal causa de mortalidade infantil, alerta ONG | Em tempo

... descolamento prematuro da placenta, placenta prévia, malformações uterinas, infecções uterinas e malformações fetais. ...

*  Gravidez depois dos 35 anos » Blogadão

A placenta prévia, quando a placenta é implantada na parte inferior do útero (o colo) pode fechar parcial ou totalmente a ...

*  Asma | MedicinaNET

... placenta prévia e necessidade de cesariana. Estas complicações são especialmente prevalentes entre as pacientes com asma grave ...

*  O que fazer em caso de descolamento da placenta - Tua Saúde

O descolamento de placenta durante a gravidez pode causar sangramento e até parto prematuro. Saiba como identificar e o que ... Saiba mais sobre esta outra importante causa de sangramento nas gestantes, e veja o que fazer em caso de placenta prévia. ... Como saber se é descolamento da placenta. O descolamento prematuro da placenta pode causar sinais e sintomas, como:. *Dor ... O descolamento prematuro da placenta acontece quando a placenta é separada da parede do útero, causando cólica abdominal forte ...

*  Engravidar com Saúde: Maio 2011

Dentre as indicações pode-se destacar como indicações absolutas de cesariana: placenta prévia total e desproporção céfalo- ... Placenta = 0,45 kg. Líquido amniótico = 0,90 kg. Útero = 1,30 kg. Mamas = 1,36 kg. Sangue materno = 1,81 kg. Gordura materna = ... A placenta será formada por tecidos maternos e fetais (sendo um órgão misto) e será a responsável final pelas trocas entre a ... Ao se completar 5 SEMANAS de gestação, há junção dos vasos do embrião com os vasos da placenta em formação, sendo o início da ...

*  Blog do Lorenzo: Março 2010

Placenta prévia;. *Histórico de abortos espontâneos;. *Infecções em geral;. *Anemia ou algum distúrbio sanguíneo; ... O cordão umbilical desenvolve-se e a placenta está pronta. Os primeiros movimentos começam, mas ainda não são sentidos pela ...

*  Parir em Paz: A luz com que vês os outros, é a luz com que os outros te vêem a ti." Provérbio africano

placenta (6) * placenta previa (1) * placenta print (1) * plano de parto (5) ... Benefícios da Placenta - A placenta é conhecida, em muitas partes do mundo, como um suplemento medicinal. São muitos os ... benefícios para a placentophagy . Por um lado, a placenta c... Há 7 anos ...

Placenta préviaPlacenta: A placenta é um anexo embrionário existente apenas na infraclasse Eutheria, onde estão os mamíferos placentários ou nos marsupiais, através da qual ocorrem as trocas entre a mãe e seu filho. É formada pelos tecidos do óvulo, embriologicamente derivada do córion.Cardiotocografia: A cardiotocografia (CTG) é um método biofísico não invasivo de avaliação do bem estar fetal. Consiste no registro gráfico da frequência cardíaca fetal e das contrações uterinas.Fast Future Generation: Fast Future Generation é um "rockumentary" sobre os Good Charlotte noHemorragia obstétricaDescolamento prematuro da placenta: Descolamento prematuro da placenta, desprendimento prematuro da placenta ou placenta abrupta (latim:abruptio placentae) é uma complicação da gravidez obstétrica em que ocorre separação inopinada, intempestiva e prematura da placenta, normalmente inserta após a vigésima ou vigésima primeira semana de gestação. Gera alterações fisiopatológicas uterinas, decoagulação, renais e hipofisárias.Idade gestacional: A idade gestacional é o tempo, medido em semanas ou em dias completos, decorrido desde o início da última menstruação (ou data da última menstruação - DUM) da mulher grávida.Ministério da saúde brasileiro- definições da OMSFrísio (cavalo): Frísio (ou frisão), também chamado de friesian, é uma raça de cavalos de cor negra originária da Frísia. É um animal de temperamento dócil e fisicamente bastante robusto.


parto

  • A placenta geralmente se despreende da parede uterina de forma relativamente fácil, mas mulheres que possuem acretismo placentário durante o parto possuem um risco maior de hemorragia durante sua remoção. (wikipedia.org)
  • Tal conformação tem especial importância no momento da dequitação: por ser constituída por tecido frouxo (semelhante a um rendilhado ou aos picotes existentes entre selos), facilita a separação natural da placenta logo após ao parto. (wikipedia.org)
  • Nas porções mais baixas do útero, assim como nas áreas em que o endométrio estiver adelgaçado, lesado, fibrosado ou ausente, ocorreria penetração trofoblástica excessiva, resultando numa placenta muito aderente, incapaz de descolar durante o parto. (wikipedia.org)
  • A via de parto dependerá, além das condições maternas, do tipo de placenta prévia. (wikipedia.org)
  • Placenta prévia - a placenta prévia que oclui o orifício cervical(uterino) impossibilita o parto vaginal. (gravidezesaudedamulher.com)
  • Em caso de sangramento nas demais formas de placenta prévia, o parto deve ser antecipado para evitar comprometimento fetal. (gravidezesaudedamulher.com)

uterino

  • Placenta acreta: Denominação da placenta que penetra mais profundamente na decídua, atingindo o miométrio (músculo uterino) apenas superficialmente. (wikipedia.org)
  • Placenta prévia é uma complicação obstétrica na qual a placenta está fixada à parede uterina cobrindo parcial ou totalmente o cérvice uterino. (wikipedia.org)

acreta

  • Placenta acreta é a denominação que se dá à placenta que se adere anormalmente à decídua ou à parede uterina. (wikipedia.org)
  • A placenta "acreta" é aquela que atinge a camada basal da decídua. (wikipedia.org)
  • Quando alguma área da placenta está acreta, ela não descolará naturalmente, pois estará aderida anormalmente à decídua. (wikipedia.org)
  • A placenta acreta é muito raramente reconhecida antes do nascimentos, sendo muito difícil de ser diagnosticada. (wikipedia.org)
  • Que também pode ser classificada quanto a sua localização como placenta acreta, increta e percreta. (wikipedia.org)

geralmente

  • Isso geralmente requer cirurgia para conter o sangramento e remover completamente a placenta. (wikipedia.org)
  • Descolamento prematuro de placenta normalmente inserida - geralmente tem sangramento grave que compromete rapidamente o feto. (gravidezesaudedamulher.com)

percreta

  • Placenta percreta: Quando a placenta ultrapassa o miométrio e atinge a serosa (peritônio visceral). (wikipedia.org)