Microcorpos: Partículas citoplasmáticas densas aos elétrons, ligadas por uma membrana única, como os PEROXISSOMOS, GLIOXISSOMOS e glicossomos.Organoides: Organização de células, no interior de uma estrutura semelhante a um órgão. São encontrados em certas neoplasias e podem ser gerados em cultura.p-Dimetilaminoazobenzeno: Reagente utilizado principalmente para induzir o câncer hepático experimental. De acordo com o Quarto Relatório Anual sobre Carcinógenos (NTP 85-002, p.89) publicado em 1985, este composto "já pode ser considerado um carcinógeno". (Tradução livre do original: Merck, 11th ed)Catalase: Oxidorredutase que catalisa a conversão do PERÓXIDO DE HIDROGÊNIO em água e oxigênio. Está presente em muitas células animais. A deficiência desta enzima resulta na ACATALASIA.Urato Oxidase: Enzima que catalisa a conversão de urato e produtos não identificados. É uma proteína que contém cobre. Os produtos iniciais se decompõem para formar alantoína. EC 1.7.3.3.Glioxissomos: Microcorpos que são encontrados em células vegetais e em alguns micro-organismos eucarióticos, contendo enzimas do ciclo do glioxilato.Ricinus: Gênero de plantas (família EUPHORBIACEAE, ordem Euphorbiales, subclasse Rosidae) da "Ricinus communis L" cuja SEMENTE DE RICINO é fonte do ÓLEO DE MAMONA, RÍCINO e outras lectinas.Histocitoquímica: Estudo da distribuição intracelular de substâncias químicas, sítios de reação, enzimas etc., por meio de reações coradas, captação de isótopo radioativo, distribuição seletiva de metais em microscopia eletrônica ou outros métodos.D-Aminoácido OxidaseGlioxilatosResinas Vegetais: Mistura de ácidos carboxílicos, óleos essenciais e terpenos, que ocorre sob a forma de exsudações em várias árvores e arbustos, ou é produzida sinteticamente. As resinas são semissólidos ou sólidos amorfos altamente combustíveis que são insolúveis em água, enquanto algumas são solúveis em etanol e outras em tetracloreto de carbono, éter e óleos voláteis. A maioria é mole e viscosa, mas endurece após exposição ao frio. (Dorland, 28a ed)Fungos Mitospóricos: Grande e heterogêneo grupo de fungos cuja característica em comum é a ausência de estado sexual. Muitos dos fungos patogênicos para humanos pertencem a este grupo.Microscopia Eletrônica: Microscopia que utiliza um feixe de elétrons, em vez de luz, para visualizar a amostra, permitindo assim uma grande amplificação. As interações dos ELÉTRONS com as amostras são usadas para fornecer informação sobre a estrutura fina da amostra. Na MICROSCOPIA ELETRÔNICA DE TRANSMISSÃO, as reações dos elétrons transmitidas através da amostra são transformadas em imagem. Na MICROSCOPIA ELETRÔNICA DE VARREDURA, um feixe de elétrons incide em um ângulo não normal sobre a amostra e a imagem é formada a partir de reações que ocorrem acima do plano da amostra.Oxirredutases do Álcool: Subclasse de enzimas que inclui todas as desidrogenases que agem sobre álcoois primários e secundários, bem como sobre hemiacetais. São classificados posteriormente de acordo com o aceptor, que pode ser NAD+ ou NADP+ (subclasse 1.1.1), citocromo (1.1.2), oxigênio (1.1.3), quinona (1.1.5) ou outro aceptor (1.1.99).PeroxidasesMalato Sintase: Enzima importante no ciclo do ácido glioxílico que catalisa reversivelmente a síntese de L-malato a partir de acetil-CoA e glioxilato. Outrora esta enzima foi listada como EC 4.1.3.2.Corpos de Inclusão: Termo genérico para qualquer massa circunscrita de materiais estranhos (ex., chumbo ou vírus) ou metabolicamente inativos (ex., corpos ceroides ou de Mallory), dentro do citoplasma ou núcleo de uma célula. Corpos de inclusão estão em células infectadas com certos vírus filtráveis, observadas especialmente em células nervosas, epiteliais, ou endoteliais.Células Vegetais: Unidade funcional básica das plantas.Oxo-Ácido-Liases: Qualquer membro de uma subsubclasse de enzimas da classe das liases que catalisam a clivagem de uma ligação C-C de um 3-hidroxi ácido. (Dorland, 28a ed). EC 4.1.3.Alcanos: O nome genérico para o grupo de hidrocarbonetos alifáticos Cn-H2n+2. São denominados pelo sufixo -ano.Metanol: Líquido incolor e inflamável utilizado na fabricação do FORMALDEÍDO e do ÁCIDO ACÉTICO, na síntese química, como anticongelante e como solvente. A ingestão de metanol é tóxica e pode causar cegueira.Clofibrato: Derivado do ácido fíbrico utilizado no tratamento de HIPERLIPOPROTEINEMIA TIPO III e HIPERTRIGLICERIDEMIA grave. (Tradução livre do original: Martindale, The Extra Pharmacopoeia, 30th ed, p986)Triptofanase: Enzima que catalisa a conversão de L-triptofano e água a indol, piruvato e amônia. É uma proteína com fosfato de piridoxal que requer K+. Também catalisa as reações de 2,3-eliminação e beta-substituição de alguns análogos, com triptofano substituído no indol, de L-cisteína, L-serina e outros aminoácidos substituídos na posição 3. EC 4.1.99.1.Isocitrato Liase: Enzima chave no ciclo do glioxilato. Catalisa a conversão de isocitrato a succinato e glioxilato. EC 4.1.3.1.Malato Desidrogenase: Enzima que catalisa a conversão de (S)-malato e NAD+ a oxalacetato e NADH. EC 1.1.1.37.Grânulos Citoplasmáticos: Áreas condensadas de material celular, que podem estar ligadas por uma membrana.Plantas: Formas de vida eucarióticas e multicelulares do reino Plantae (lato sensu), compreendendo VIRIDIPLANTAE, RODÓFITAS e GLAUCÓFITAS, todas as quais obtiveram cloroplastos por endossimbiose direta com CIANOBACTÉRIAS. São caracterizadas por modo de nutrição predominantemente fotossintético; crescimento essencialmente ilimitado em certas regiões de divisão celular localizadas (MERISTEMA); celulose no interior das células que confere rigidez, ausência de órgãos de locomoção, ausência de sistemas nervoso e sensorial e alternância entre gerações haploides e diploides.Trypanosoma brucei brucei: Subespécie hemoflagelada de protozoários parasitas que causam nagana em animais domésticos e selvagens na África. Aparentemente não infecta humanos. É transmitido pela picada de moscas tsé-tsé (Glossina).Fracionamento Celular: Técnicas para dividir vários componentes da célula em FRAÇÕES SUBCELULARES.Coloração e Rotulagem: Marcação de material biológico com um corante ou outro reagente com o propósito de identificar e quantificar componentes de tecidos, células ou seus extratos.Candida: Gênero de fungos mitospóricos, [da ordem] Saccharomycetales, semelhantes a leveduras, que se caracterizam por produzirem células levedurais, micélios, pseudomicélios e blastóforos. Normalmente faz parte da flora normal da pele, boca, trato intestinal e vagina, mas pode causar uma variedade de infecções, incluindo CANDIDÍASE, ONICOMICOSE, CANDIDÍASE VULVOVAGINAL e sapinho (veja CANDIDÍASE BUCAL).Retículo Endoplasmático: Sistema de cisternas no CITOPLASMA de grande quantidade de células. Em alguns locais, o retículo endoplasmático é contíguo à membrana plasmática (MEMBRANA CELULAR) ou com a membrana externa do envelope nuclear. Se as superfícies externas das membranas do retículo endoplasmático se encontrarem recobertas por ribossomos, diz-se que o retículo endoplasmático apresenta superfície rugosa (RETÍCULO ENDOPLASMÁTICO RUGOSO); caso contrário, diz-se que sua superfície é lisa (RETÍCULO ENDOPLASMÁTICO LISO).Sementes: Embriões encapsulados de plantas com florescência. São usados como são, ou como ração animal, por causa do alto conteúdo de nutrientes concentrados, como amido, proteínas e lipídeos. Sementes de colza, de algodão e de girassol são também produzidas por causa dos óleos que produzem.Lisossomos: Classe de partículas citoplasmáticas morfologicamente heterogêneas encontradas em tecidos animais e vegetais, caracterizadas por seu conteúdo de enzimas hidrolíticas e pela latência relacionada à estrutura destas enzimas. As funções intracelulares dos lisossomos dependem de seu potencial lítico. A única unidade de membrana do lisossomo atua como uma barreira entre as enzimas encerradas no lisossomo e o substrato externo. A atividade das enzimas contidas no lisossomos é limitada ou nula, a não ser que a vesícula na qual estas enzimas encontram-se seja rompida. Supõem-se que tal ruptura esteja sob controle metabólico (hormonal).Fígado: Grande órgão glandular lobulado no abdomen de vertebrados responsável pela desintoxicação, metabolismo, síntese e armazenamento de várias substâncias.Cianetos: Sais inorgânicos do CIANETO DE HIDROGÊNIO que apresentam o radical -CN. O conceito também inclui os isocianetos. São uma classe diferente dos NITRILOS, que representam os compostos orgânicos que possuem o radical -CN.Plantas Tóxicas: Plantas ou partes de plantas que são prejudiciais ao homem e outros animais.TriazóisMitocôndrias: Organelas semiautônomas que se autorreproduzem, encontradas na maioria do citoplasma de todas as células, mas não de todos os eucariotos. Cada mitocôndria é envolvida por uma membrana dupla limitante. A membrana interna é altamente invaginada e suas projeções são denominadas cristas. As mitocôndrias são os locais das reações de fosforilação oxidativa, que resultam na formação de ATP. Elas contêm RIBOSSOMOS característicos, RNA DE TRANSFERÊNCIA, AMINOACIL-T RNA SINTASES e fatores de elongação e terminação. A mitocôndria depende dos genes contidos no núcleo das células no qual se encontram muitos RNAs mensageiros essenciais (RNA MENSAGEIRO). Acredita-se que a mitocôndria tenha se originado a partir de bactérias aeróbicas que estabeleceram uma relação simbiótica com os protoeucariotos primitivos. (Tradução livre do original: King & Stansfield, A Dictionary of Genetics, 4th ed).Microssomos: Vesículas de artefato formadas a partir do retículo endoplasmático quando as células se rompem. São isolados por centrifugação diferencial e são compostos de três padrões estruturais: vesículas rugosas, vesículas lisas e ribossomos. Numerosas atividades enzimáticas estão associadas com a fração microssomal.Citoplasma: A parte da célula que contém o CITOSSOL e pequenas estruturas, excluindo o NÚCLEO CELULAR, MITOCÔNDRIA e os VACÚOLOS grandes. (Tradução livre do original: Glick, Glossary of Biochemistry and Molecular Biology, 1990).Peróxido de Hidrogênio: Agente oxidante forte usado em soluções aquosas como um agente maturativo, alvejante e anti-infeccioso tópico. É relativamente instável e suas soluções se deterioram ao longo do tempo caso não sejam estabilizadas com a adição de acetanilida ou materiais orgânicos similares.

*  Microcorpo - Wikipedia
... indica que todos os organismos são compostos de um ou mais microcorpos. Todos os microcorpos vêm de células preexistentes. As ... Em um livro que publicou em 1665, ele comparou os microcorpos da cortiça com os pequenos grãos de poeira em sua cama.. ... Os microcorpos podem se desenvolver de forma evolutiva dependendo do impulso neurotransmissor motor da parte ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Microcorpo
*  Peroxissoma - Wikipedia
... sendo então designados por microcorpos ("microbodies"). Contudo a sua caracterização bioquímica ficou a dever-se a De Duve e ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Peroxissoma
*  Célula eucarionte (animal e vegetal)
Os peroxissomos ou microcorpos são pequenas vesículas que contêm enzimas oxidativas. Possuem, também, quase toda a catalase da ...
  https://www.vestibulandoweb.com.br/biologia/teoria/celula-eucarionte.asp
*  Enfermagem 24hr: Célula Eucarionte
Os peroxissomos ou microcorpos são pequenas vesículas que contêm enzimas oxidativas. Possuem, também, quase toda a catalase da ...
  http://enfermagem24hr.blogspot.com/2012/08/celula-eucarionte.html
*  clube de montanhismo de braga: Janeiro 2012
A sujidade e o suor podem obstruir e sujar os microcorpos do tecido, diminuindo a sua transpirabilidade.. . Manter a roupa ...
  http://clubemontanhismodebraga.blogspot.com/2012/01/
*  Organóides Relacionados a Defesa Celular
Os peroxissomos (microcorpos) são organelas caracterizadas pela presença de enzimas oxidativas que transferem átomos de ...
  http://professoraugustomw.blogspot.com/2007/05/organides-relacionados-defesa-celular.html
*  Fisiologia vegetal - Exercícios Resolvidos - Kethelenaurea
3.7Microcorpos * 3.8 Citoesqueleto * 3.9 Parede celular * 3.10 Plasmodesmos * 4 Células e tecidos * 4.1 Tipos celulares * 4.2 ...
  http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Fisiologia-Vegetal/64459.html
*  Valther Maestro: Fevereiro 2010
... ao nível micro (corpos da superfície terrestre) pela Lei da Gravidade, uma lei universal.... Estamos na modernidade, longe ...
  https://valthermaestro.blogspot.com.br/2010/02/

Catalase: A catalase (formalmente denominada hidroperoxidase; E.C.RasburicaseÁcido glioxílicoMástique: O mástique, mastique ou mastic é uma resina obtida do lentisco (Pistacia lentiscus). A resina é vendida no mercado na forma de gotas ou lágrimas arredondadas, com cerca de 5 mm de diâmetro.Microscópio eletrônico de baixa voltagem: Microscópio eletrônico de baixa voltagem (MEBV) ou microscópio eletrônico de baixa tensão (LVEM, do inglês low-voltage electron microscope) é um microscópio eletrônico que opera a voltagens de aceleração de poucos quiloelétron-volts ou menos. Embora a técnica de microscopia eletrônica de baixa tensão nunca irá substituir convencional microscópios eletrônicos de alta tensão, está se tornando rapidamente apreciada por muitas disciplinas diferentes.Peroxidase: As peroxidases (EC 1.11.N-dodecanoTrypanosoma brucei: Trypanosoma brucei é uma espécie de protozoário flagelado da família Trypanosomatidae. A espécie é o agente etiológico da doença do sono, nos humanos, e da nagana, em animais.Resposta a proteínas mal enoveladas: A Resposta a proteínas mal enoveladas (UPR, do inglês: Unfolded Protein Response) é uma resposta citoprotetora, relacionada com o Retículo endoplasmático. É um processo bem conservado presente de leveduras até humanos.Granívoro: Os animais granívoros (também chamados de predadores de sementes) são aqueles que tem como alimento principal ou exclusivo as sementes de plantas ou grãos. Os granívoros podem ser encontrados em muitas famílias de vertebrados e invertebrados (especialmente mamíferos, aves e insectos).Lisossomo: citoplasmáticas são organelas celulares que têm como função a degradação de partículas vindas do meio extra-celular, assim como a reciclagem de outras organelas e componentes celulares envelhecidos. Seu objetivo é cumprido através da digestão intracelular controlada de macromoléculas (como, por exemplo, proteínas, ácidos nucleicos, polissacarídeos, e lipídios), catalisada por cerca de 50 enzimas hidrolíticas, entre as quais se encontram proteases, nucleases, glicosidases, lipases, fosfolipases, fosfatases, e sulfatases.Espaço de Disse: thumbIsocianeto: O isocianeto, intitulado também por isonitrila, carbilamina ou simplesmente NC, é um composto orgânico presente grupo -N≡C (Átomo de nitrogênio triplamente ligado ao de Carbono), sendo assim, considerado o isômero do -C≡N (Átomo de carbono triplamente ligado ao de nitrogênio), o chamado cianeto.Triazol: Triazol (Htrz) refere-se a qualquer um dos pares de compostos químicos isoméricos com fórmula molecular C2H3N3, com um anel de cinco membros de dois átomos de carbono e três átomos de nitrogênio.Mitocôndria: A mitocôndria (do Grego μίτος ou mitos (fio/linha) + χονδρίον ou "chondrion" (grânulo).), é uma das organelas celulares mais importantes, sendo extremamente relevante para a respiração celular.Protoplasma: Protoplasma é uma parte da célula. É um sistema físico-químico de natureza coloidal e pode passar facilmente do estado sólido ao líquido.Peróxido: Os peróxidos são compostos que apresentam a fórmula geral R-O-O-R' , em que R e R' são radicais orgânicosVictor Gold, IUPAC Gold Book, peroxides. O termo também é usado para sais do anião O22- .