Fator Natriurético Atrial: Potente peptídeo natriurético e vasodilatador ou mistura de PEPTÍDEOS de diferentes tamanhos, baixo peso molecular, derivados de um precursor comum e secretados principalmente pelos ÁTRIOS DO CORAÇÃO. Todos esses peptídeos compartilham uma sequência de aproximadamente 20 AMINOÁCIDOS.Receptores do Fator Natriurético Atrial: Proteínas da superfície celular ligadas ao FATOR NATRIURÉTICO ATRIAL com alta afinidade e desencadeando alterações intracelulares que influenciam no comportamento das células. Contêm atividade guanilil ciclase intrínseca.Natriuréticos: Substâncias químicas endógenas ou exógenas que regulam o EQUILÍBRIO HIDROELETROLÍTICO no corpo. Consistem em compostos peptídicos e não peptídicos.Peptídeo Natriurético Encefálico: PEPTÍDEO secretado pelo ENCÉFALO e átrio cardíaco, armazenado principalmente no ventrículo cardíaco do MIOCÁRDIO. Pode causar NATRIURESE, DIURESE, VASODILATAÇÃO e inibir a secreção de RENINA e ALDOSTERONA. Aumenta a função cardíaca. Contém 32 AMINOÁCIDOS.Natriurese: Excreção de sódio por MICÇÃO.Peptídeo Natriurético Tipo C: PEPTÍDEO de 22 aminoácidos derivado principalmente das células do ENDOTÉLIO VASCULAR. Também é encontrado no ENCÉFALO, nas principais glândulas endócrinas e outros tecidos. Compartilha uma homologia estrutural com o FATOR NATRIURÉTICO ATRIAL. Possui atividade vasorelaxante, portanto é importante na regulação do tônus vascular e fluxo sanguíneo. Foram identificadas diversas formas contedo 22 aminoácidos e com alto peso molecular.GMP Cíclico: Guanosina 3'-5'-(hidrogênio fosfato) cíclico. Nucleotídeo guanina que contém um grupo fosfato que se encontra esterificado à molécula de açúcar em ambas as posições 3' e 5'. É um agente regulatório celular e tem sido descrito como um segundo mensageiro. Seus níveis se elevam em resposta a uma variedade de hormônios, incluindo acetilcolina, insulina e ocitocina, e tem-se verificado que ativa proteína quinases específicas. (Tradução livre do original: Merck Index, 11th ed)Guanilato Ciclase: Enzima que catalisa a conversão de GTP a 3',5'-GMP cíclico e pirofosfato. Também age sobre ITP e dGTP. EC 4.6.1.2.Cardiomegalia: Aumento do CORAÇÃO, geralmente indicado por uma proporção cardiotorácica acima de 0,50. O aumento do coração pode envolver os VENTRÍCULOS CARDÍACOS direito, esquerdo ou os ÁTRIOS DO CORAÇÃO. A cardiomegalia é um sintoma não específico observado em pacientes com INSUFICIÊNCIA CARDÍACA ou formas graves de CARDIOMIOPATIAS.Átrios do Coração: Câmaras do coração às quais o SANGUE circulante retorna.Peptídeos Natriuréticos: Peptídeos que regulam o EQUILÍBRIO HIDRO-ELETROLÍTICO no corpo, também conhecidos como hormônios peptídicos natriuréticos. Vários destes compostos têm sido sequenciados (FATOR NATRIURÉTICO ATRIAL, PEPTÍDEO NATRIURÉTICO ENCEFÁLICO, PEPTÍDEO NATRIURÉTICO TIPO C).Miocárdio: Tecido muscular do CORAÇÃO. Composto de células musculares estriadas e involuntárias (MIÓCITOS CARDÍACOS) conectadas, que formam a bomba contrátil geradora do fluxo sanguíneo.Pressão Sanguínea: PRESSÃO do SANGUE nas ARTÉRIAS e de outros VASOS SANGUÍNEOS.Diurese: Aumento na excreção de URINA. (Tradução livre do original: McGraw-Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 6th ed)Ratos Endogâmicos: Indivíduos geneticamente idênticos desenvolvidos de cruzamentos entre animais da mesma ninhada que vêm ocorrendo por vinte ou mais gerações ou por cruzamento entre progenitores e ninhada, com algumas restrições. Também inclui animais com longa história de procriação em colônia fechada.Aldosterona: Hormônio secretado pelo CÓRTEX SUPRARRENAL que regula o equilíbrio de eletrólitos e água aumentando a retenção renal de sódio e a excreção de potássio.Rim: Órgão do corpo que filtra o sangue, secreta URINA e regula a concentração dos íons.Hemodinâmica: Movimento e forças envolvidos no movimento do sangue através do SISTEMA CARDIOVASCULAR.Renina: Endopeptidase altamente específica (Leu-Leu) que produz ANGIOTENSINA I de seu precursor ANGIOTENSINOGÊNIO, levando a uma cascata de reações que elevam a PRESSÃO ARTERIAL e aumentam a retenção de sódio pelo rim no SISTEMA RENINA-ANGIOTENSINA. A enzima fora previamente catalogada como EC 3.4.99.19.Fenilefrina: Agonista alfa-1 adrenérgico usado como midriático, descongestionante nasal e agente cardiotônico.Neprilisina: Principal enzima constituinte das membranas de borda em escova do rim, e também está presente em menor grau no encéfalo e outros tecidos. Catalisa preferencialmente a clivagem no grupo amino de resíduos hidrofóbicos da cadeia B da insulina, bem como peptídeos opioides e outros peptídeos biologicamente ativos. A enzima é inibida principalmente por EDTA, fosforamidon, tiorfano, e reativada por zinco. A neprilisina é idêntica ao antígeno comum da leucemia linfoblástica aguda (antígeno CALLA), um marcador importante no diagnóstico da leucemia linfocítica aguda humana. Não há nenhuma afinidade com o gênero CALLA (PLANTA).Função Atrial: Ação hemodinâmica e eletrofisiológica do ÁTRIO DO CORAÇÃO.Coração: Órgão muscular, oco, que mantém a circulação sanguínea.Radioimunoensaio: Clássico ensaio quantitativo para detecção de reações antígeno-anticorpo utilizando uma substância radioativamente ligada (radioligante) diretamente ou indiretamente, pela medida de ligação da substância não ligada a um anticorpo específico ou outro sistema receptor. Substâncias não imunogênicas (por exemplo, haptenos) podem ser medidas se acopladas a grandes proteínas carreadoras (por exemplo, gama-globulina bovina ou soro de albumina humana) capazes de induzir a formação de anticorpos.Ventrículos do Coração: Câmeras inferiores direita e esquerda do coração. O ventrículo direito bombeia SANGUE venoso para os PULMÕES e o esquerdo bombeia sangue oxigenado para a circulação arterial sistêmica.Eletrólitos: Substâncias que se dissociam em dois ou mais íons, de certa maneira, em água. Assim, soluções de eletrólitos conduzem corrente elétrica e podem ser decompostas por ela (ELETRÓLISE).Receptores de Superfície Celular: Proteínas de superfície celular que ligam moléculas externas de sinalização à célula com alta afinidade e convertem este evento extracelular em um ou mais sinais intracelulares que alteram o comportamento da célula alvo.Insuficiência Cardíaca: Afecção heterogênea em que o coração é incapaz de bombear sangue suficiente para satisfazer as necessidades metabólicas do corpo. A insuficiência cardíaca pode ser causada por defeitos estruturais, anomalias funcionais (DISFUNÇÃO VENTRICULAR), ou uma sobrecarga súbita além de sua capacidade. A insuficiência cardíaca crônica é mais comum que a insuficiência cardíaca aguda que resulta de injúria repentina à função cardíaca, como INFARTO DO MIOCÁRDIO.Angiotensina II: Octapeptídeo potente, mas vasoconstritor instável. É produzido da angiotensina I após a remoção de dois aminoácidos ao C-terminal pela ENZIMA CONVERSORA DA ANGIOTENSINA. Difere entre as espécies pelo aminoácido na posição 5. Para bloquear a VASOCONSTRIÇÃO e o efeito de HIPERTENSÃO da angiotensina II, pacientes frequentemente são tratados com INIBIDORES ACE ou com BLOQUEADORES DO RECEPTOR TIPO I DE ANGIOTENSINA II.Ratos Endogâmicos WKY: Cepa de Rattus norvegicus utilizada como controle normotensivo para ratos espontaneamente hipertensivos (SHR).Cloreto de Sódio: Sal de sódio ubíquo que é comumente usado para temperar comida.Cães: O cão doméstico (Canis familiaris) compreende por volta de 400 raças (família carnívora CANIDAE). Estão distribuídos por todo o mundo e vivem em associação com as pessoas (Tradução livre do original: Walker's Mammals of the World, 5th ed, p1065).Sódio: Membro do grupo de metais alcalinos. Possui o símbolo Na, o número atômico 11 e peso atômico 23.Células Cultivadas: Células propagadas in vitro em meio especial apropriado ao seu crescimento. Células cultivadas são utilizadas no estudo de processos de desenvolvimento, processos morfológicos, metabólicos, fisiológicos e genéticos, entre outros.PurinonasRatos Endogâmicos SHR: Cepa de Rattus norvegicus com elevada pressão arterial que é utilizada como modelo para estudar hipertensão e derrame.Fragmentos de Peptídeos: Proteínas parciais formadas pela hidrólise parcial de proteínas completas ou geradas através de técnicas de ENGENHARIA DE PROTEÍNAS.Sistema Renina-Angiotensina: Sistema que regula a PRESSÃO SANGUÍNEA constituído pela RENINA, ANGIOTENSINOGÊNIO, enzima conversora da angiotensina (ver PEPTIDIL DIPEPTIDASE A), ANGIOTENSINA I e ANGIOTENSINA II e angiotensinase. A renina, uma enzima produzida no rim, atua sobre o angiotensinogênio, uma alfa-2 globulina produzida pelo fígado, formando a ANGIOTENSINA I. A enzima conversora da angiotensina contida no pulmão atua sobre a angiotensina I no plasma convertendo-a em ANGIOTENSINA II, um vasoconstritor potente. A angiotensina II causa a contração do MÚSCULO LISO VASCULAR renal e das arteríolas, levando à retenção de sal e água no RIM e aumento da pressão arterial. Além disso, a angiotensina II estimula a liberação de ALDOSTERONA do CÓRTEX SUPRARRENAL, que por sua vez também aumenta a retenção de sal e água no rim. A enzima conversora da angiotensina quebra também a BRADICININA, um vasodilatador potente e componente do SISTEMA CALICREÍNA-CININA.Volume Sanguíneo: Volume de SANGUE circulante. É a soma do VOLUME PLASMÁTICO e VOLUME DE ERITRÓCITOS.Arginina Vasopressina: Forma predominante do hormônio antidiurético em mamíferos. É um nonapeptídeo contendo ARGININA na posição 8 e duas cisteínas ligadas por ponte dissulfeto nas posições 1 e 6. A Arg-vasopressina é usada para tratar DIABETES INSÍPIDO ou corrigir o tônus vasomotor e a PRESSÃO ARTERIAL.Hipertensão: PRESSÃO ARTERIAL sistêmica persistentemente alta. Com base em várias medições (DETERMINAÇÃO DA PRESSÃO ARTERIAL), a hipertensão é atualmente definida como sendo a PRESSÃO SISTÓLICA repetidamente maior que 140 mm Hg ou a PRESSÃO DIASTÓLICA de 90 mm Hg ou superior.Ratos Sprague-Dawley: Linhagem de ratos albinos amplamente utilizada para propósitos experimentais por sua tranquilidade e facilidade de manipulação. Foi desenvolvida pela Companhia de Animais Sprague-Dawley.Precursores de ProteínasNorepinefrina: Precursor da epinefrina, secretado pela medula da adrenal. É um neurotransmissor muito difundido no sistema nervoso central e autonômico. A norepinefrina é o principal transmissor da maioria das fibras simpáticas pós-ganglionares e do sistema de projeção cerebral difusa originária do locus ceruleous. É também encontrada nas plantas e é utilizada farmacologicamente como um simpatomimético.Miócitos Cardíacos: Células do músculo estriado encontradas no coração. São derivadas dos mioblastos cardíacos (MIOBLASTOS CARDÍACOS).Circulação Renal: Circulação do SANGUE através dos vasos do RIM.Hormônios: Substâncias químicas que possuem um efeito regulador específico sobre a atividade de um determinado órgão ou órgãos. O termo foi aplicado originalmente às substâncias secretadas por várias GLÂNDULAS ENDÓCRINAS e transportadas através da circulação sanguínea para os órgãos alvos. Às vezes, se incluem aquelas substâncias que não são produzidas pelas glândulas endócrinas, mas apresentam efeitos semelhantes.Fator de Transcrição GATA4: Fator de transcrição GATA expresso no desenvolvimento cardíaco do MIOCÁRDIO e tem sido envolvido na diferenciação dos miócitos cardíacos. A GATA4 é ativada por FOSFORILAÇÃO e regula a transcrição de genes específicos do coração.Hematócrito: Volume de ERITRÓCITOS acondicionados em uma amostra sanguínea. O volume é medido por centrifugação em um tubo graduado ou com contadores automáticos de células sanguíneas. É um indicador do estado dos eritrócitos em doenças. Por exemplo, em estados de ANEMIA apresentam-se valores baixos de hematócrito e de POLICITEMIA, valores altos.RNA Mensageiro: Sequências de RNA que servem como modelo para a síntese proteica. RNAm bacterianos são geralmente transcritos primários pelo fato de não requererem processamento pós-transcricional. O RNAm eucariótico é sintetizado no núcleo e necessita ser transportado para o citoplasma para a tradução. A maior parte dos RNAm eucarióticos têm uma sequência de ácido poliadenílico na extremidade 3', denominada de cauda poli(A). Não se conhece com certeza a função dessa cauda, mas ela pode desempenhar um papel na exportação de RNAm maduro a partir do núcleo, tanto quanto em auxiliar na estabilização de algumas moléculas de RNAm retardando a sua degradação no citoplasma.Hipotensão: PRESSÃO ARTERIAL anormalmente baixa que pode resultar em fluxo de sangue inadequado para o encéfalo e outros órgãos vitais. O sintoma comum é a VERTIGEM, mas impactos negativos maiores no corpo ocorrem quando há depravação prolongada de oxigênio e nutrientes.Endotelinas: Peptídeos de 21 aminoácidos produzidos por células endoteliais vasculares e que atuam como potentes vasoconstritores. A família das endotelinas consiste em três membros: ENDOTELINA 1, ENDOTELINA 2 e ENDOTELINA 3. Todos os três peptídeos possuem 21 aminoácidos, mas variam na composição dos aminoácidos. Os três peptídeos produzem respostas vasoconstritora e pressórica em várias partes do corpo. Entretanto, o padrão quantitativo das atividades farmacológicas são consideravelmente diferentes entre esses isopeptídeos.Frequência Cardíaca: Número de vezes que os VENTRÍCULOS CARDÍACOS se contraem por unidade de tempo, geralmente por minuto.Estado de Consciência: Conhecimento de si mesmo e do ambiente.Córtex Suprarrenal: Camada mais externa da glândula adrenal. O córtex é derivado da MESODERME, é formado por três zonas (ZONA GLOMERULOSA externa, ZONA FASCICULADA média e ZONA RETICULAR interna) e cada uma delas produz vários tipos de esteroides específicos (ALDOSTERONA, HIDROCORTISONA, DESIDROEPIANDROSTERONA e ANDROSTENODIONA). A função do córtex adrenal é regulada pelo HORMÔNIO ADRENOCORTICOTRÓPICO hipofisário.Resistência Vascular: Força que se opõe ao fluxo de SANGUE no leito vascular. É igual à diferença na PRESSÃO ARTERIAL através do leito vascular dividido pelo DÉBITO CARDÍACO.Proteínas Musculares: Proteínas que compõem o músculo, sendo as principais as ACTINAS e MIOSINAS. Existem mais de uma dúzia de proteínas acessórias, incluindo a TROPONINA, TROPOMIOSINA e DISTROFINA.Hipertrofia: Aumento geral no volume do órgão ou parte dele devido ao CRESCIMENTO CELULAR e acúmulo de LÍQUIDOS E SECREÇÕES, e não devido à formação de tumor e nem a um aumento no número de células (HIPERPLASIA).Taxa de Filtração Glomerular: Volume de água filtrada do plasma através das paredes capilares glomerular nas cápsulas de Bowman (CÁPSULA GLOMERULAR), por unidade de tempo. É considerada equivalente à depuração da INULINA.Diuréticos: Agentes que promovem a excreção da urina pelos seus efeitos sobre a função renal.Sódio na Dieta: Sódio ou compostos de sódio utilizados na alimentação ou como alimento. O composto utilzado com mais frequência é o cloreto de sódio ou o glutamato sódico.Animais Recém-Nascidos: Refere-se a animais no período logo após o nascimento.Regulação da Expressão Gênica: Qualquer dos processos pelos quais os fatores nucleares, citoplasmáticos ou intercelulares influenciam o controle diferencial (indução ou repressão) da ação gênica ao nível da transcrição ou da tradução.Relação Dose-Resposta a Droga: Relação entre a quantidade (dose) de uma droga administrada e a resposta do organismo à droga.Aorta: O principal tronco das artérias sistêmicas.Cadeias Pesadas de Miosina: As maiores subunidades das MIOSINAS. As cadeias pesadas possuem peso molecular de aproximadamente 230 kDa e cada uma delas geralmente está associada a um par diferente de CADEIAS LEVES DE MIOSINA. As cadeias pesadas possuem atividade ligante de actina e atividade ATPase.3',5'-GMP Cíclico Fosfodiesterases: Enzima que catalisa a hidrólise de GMP cíclico para formar guanosina-5'-fosfato.Fatores de Tempo: Elementos de intervalos de tempo limitados, contribuindo para resultados ou situações particulares.Vasopressinas: Hormônios antidiuréticos liberados pela NEUROIPÓFISE de todos os vertebrados (a estrutura varia com a espécie) para regular o equilíbrio hídrico e a osmolaridade. Geralmente a vasopressina é um nonapeptídeo, consistindo em um anel de seis aminoácidos com uma ponte dissulfeto entre as cisteínas 1 e 6, ou um octapeptídeo contendo uma CISTINA. Todos mamíferos têm arginina-vasopressina, exceto o porco, que apresenta uma lisina na posição 8. A vasopressina é um vasoconstritor que atua nos ductos coletores renais, aumentando a reabsorção de água, o volume e a pressão sanguínea.Endotelina-1: Peptídeo de 21 aminoácidos produzido por diversos tecidos, incluindo células endoteliais e da vasculatura de músculo liso, neurônios e astrócitos no sistema nervoso central e células do endométrio. Atua como moduladora do tônus vasomotor, da proliferação celular e da produção de hormônios.Hiponatremia: Deficiência de sódio no sangue; depleção de sal. (Dorland, 28a ed)Hipertensão Renovascular: Hipertensão devido à compressão ou OBSTRUÇÃO DA ARTÉRIA RENAL.Suspensões: Coloides com fase líquida contínua e fase sólida dispersa. O termo também é usado livremente para sólido-em-gás (AEROSSÓIS) e outros sistemas coloidais. As drogas insolúveis em água podem ser determinadas como suspensões.Isoimunização Rh: Processo pelo qual os eritrócitos Rh+ fetais entram na circulação de uma mãe Rh-, durante o parto, fazendo com esta seja sensibilizada para produzir IMUNOGLOBULINA G antifator Rh, que podem atravessar a placenta e destruir os eritrócitos dos fetos Rh+ em gestações subsequentes. A isoimunização Rh também pode ser causada por TRANSFUSÃO SANGUÍNEA com sangue incompatível.Desoxicorticosterona: Metabólito esteroidal que é o derivado 11-desoxi da CORTICOSTERONA e o derivado 21-hidroxi da PROGESTERONA.Nitroprussiato: Poderoso vasodilatador utilizado em emergências de pressão sanguinea baixa ou para melhorar a função cardíaca. Também é um indicador de grupos sulfidrilas livres em proteínas.Cardiomiopatia Restritiva: Forma de doença do Músculo Cardíaco na qual as paredes ventriculares são excessivamente rígidas, impedindo o enchimento ventricular. Caracteriza-se por volume diastólico reduzido em um ou ambos ventrículos, porém com a função sistólica normal ou quase normal. Pode ser idiopática ou associada com outras doenças (FIBROSE ENDOMIOCÁRDICA ou AMILOIDOSE) causando fibrose intersticial.Expressão Gênica: Manifestação fenotípica de um gene (ou genes) pelos processos de TRANSCRIÇÃO GENÉTICA e TRADUÇÃO GENÉTICA.Dados de Sequência Molecular: Descrições de sequências específicas de aminoácidos, carboidratos ou nucleotídeos que apareceram na literatura publicada e/ou são depositadas e mantidas por bancos de dados como o GENBANK, European Molecular Biology Laboratory (EMBL), National Biomedical Research Foundation (NBRF) ou outros repositórios de sequências.Marcadores Biológicos: Parâmetros biológicos mensuráveis e quantificáveis (p. ex., concentração específica de enzima, concentração específica de hormônio, distribuição fenotípica de um gene específico em uma população, presença de substâncias biológicas) que servem como índices para avaliações relacionadas com a saúde e com a fisiologia, como risco para desenvolver uma doença, distúrbios psiquiátricos, exposição ambiental e seus efeitos, diagnóstico de doenças, processos metabólicos, abuso na utilização de substâncias, gravidez, desenvolvimento de linhagem celular, estudos epidemiológicos, etc.Músculo Liso Vascular: Tecido muscular não estriado e de controle involuntário que está presente nos vasos sanguíneos.Simpatectomia Química: Simpatectomia utilizando substâncias químicas (por exemplo, 6-hidroxidopamina ou guanidina) que destroem seletivamente e reversivelmente as terminações nervosas adrenérgicas, enquanto deixa as terminações nervosas colinérgicas intactas.Débito Cardíaco: Volume de SANGUE que atravessa o CORAÇÃO por unidade de tempo. Geralmente é expresso em litros (volume) por minuto. Não deve ser confundido com VOLUME SISTÓLICO (volume por batimento).Enalaprilate: Metabólito ativo do ENALAPRIL e um potente inibidor da enzima conversora da angiotensina, administrado intravenosamente. É um agente efetivo no tratamento da hipertensão essencial e possui efeitos hemodinâmicos benéficos na insuficiência cardíaca. A droga produz vasodilatação renal com um aumento na excreção de sódio.Sela Túrcica: Proeminência óssea, situada na superfície superior do corpo do osso esfenoide, que abriga a GLÂNDULA HIPÓFISE.Infusões Intravenosas: Administração por um longo prazo (minutos ou horas) de um líquido na veia por venopunção, deixando o líquido fluir pela ação da gravidade ou bombeando-o.Ligação Competitiva: Interação de dois ou mais substratos ou ligantes com o mesmo sítio de ligação. O deslocamento de um pelo outro é usado em medidas de afinidade seletivas e quantitativas.Sequência de Aminoácidos: Ordem dos aminoácidos conforme ocorrem na cadeia polipeptídica. Isto é chamado de estrutura primária das proteínas. É de importância fundamental para determinar a CONFORMAÇÃO DA PROTEÍNA.Cardiomiopatia Dilatada: Forma de doença do MÚSCULO CARDÍACO caracterizada por dilatação ventricular, DISFUNÇÃO VENTRICULAR e INSUFICIÊNCIA CARDÍACA. Entre os fatores de risco estão TABAGISMO, CONSUMO DE BEBIDAS ALCOÓLICAS, HIPERTENSÃO, INFECÇÃO, GRAVIDEZ, e mutações no gene LMNA que codifica a LÂMINA TIPO A, uma proteína da LÂMINA NUCLEAR.Transfusão Total: Retirada repetitiva de pequenas quantidades de sangue e substituição por sangue de um doador, até que uma grande proporção do volume sanguíneo tenha sido substituída. É utilizada no tratamento de eritroblastose fetal, coma hepático, anemia falciforme, coagulação intravascular disseminada, septicemia, queimaduras, púrpura trombótica trombocitopênica e malária fulminante.Tamanho Celular: Quantidade de volume ou área superficial das CÉLULAS.Hipertrofia Ventricular Esquerda: Aumento do VENTRÍCULO ESQUERDO do coração. Este aumento na massa ventricular é atribuído à pressão anormal prolongada ou volume de entrada, e é um fator contribuinte para a morbidade e mortalidade cardiovascular.Cromatografia Líquida de Alta Pressão: Técnica de cromatografia líquida que se caracteriza por alta pressão de passagem, alta sensibilidade e alta velocidade.Pressorreceptores: Receptores encontrados no sistema vascular, principalmente na aorta e sino carotídeo, que são sensíveis à extensão das paredes dos vasos.Contração Miocárdica: Atividade contrátil do MIOCÁRDIO.Remodelação Ventricular: Alterações geométrica e estrutural que os VENTRÍCULOS CARDÍACOS sofrem, geralmente depois de um INFARTO DO MIOCÁRDIO. Compreende a expansão do infarto e dilatação dos segmentos ventriculares saudáveis. Embora a maioria prevaleça no ventrículo esquerdo, também pode ocorrer no ventrículo direito.AMP Cíclico: Nucleotídeo de adenina contendo um grupo fosfato esterificado para ambas posições 3' e 5' da metade do açúcar. É um mensageiro secundário e um regulador intracelular chave que funciona como mediador da atividade de vários hormônios, incluindo epinefrina, glucagon e ACTH.Sistemas do Segundo Mensageiro: Sistemas em que um sinal intracelular é gerado em resposta a um mensageiro primário intercelular, como um hormônio ou neurotransmissor. São sinais intermediários [presentes] em processos celulares como o metabolismo, secreção, contração, fototransdução e crescimento celular. São exemplos de sistemas de segundo mensageiro o sistema adenil ciclase-AMP cíclico, o sistema fosfatidilinositol difosfato-inositol trifosfato, e o sistema de GMP cíclico.Micção: Descarga da URINA do corpo, um resíduo líquido processado pel RIM.Tamanho do Órgão: Medida de um órgão em volume, massa ou peso.Néfrons: Unidades funcionais do rim formadas pelos glomérulos renais e seus respectivos túbulos.Aorta Torácica: Porção da aorta descendente que se estende do arco da aorta até o diafragma, eventualmente conectando-se com a AORTA ABDOMINAL.Punção Espinal: Drenagem do líquido do espaço subaracnoídeo na região lombar, geralmente entre a terceira e a quarta vértebras lombares.Cinética: Taxa dinâmica em sistemas químicos ou físicos.Ratos Wistar: Linhagem de ratos albinos desenvolvida no Instituto Wistar e que se espalhou amplamente para outras instituições. Este fato diluiu marcadamente a linhagem original.Equilíbrio Hidroeletrolítico: Equilíbrio de líquidos nos COMPARTIMENTOS LÍQUIDOS CORPORAIS, ÁGUA CORPORAL total, VOLUME SANGUÍNEO, ESPAÇO EXTRACELULAR, ESPAÇO INTRACELULAR, mantidos por processos no corpo que regulam a captação e excreção de ÁGUA e ELETRÓLITOS, particularmente SÓDIO e POTÁSSIO.Marcadores de Afinidade: Análogos dos substratos ou compostos que se ligam naturalmente no sítio ativo de proteínas, enzimas, anticorpos, esteroides ou receptores fisiológicos. Estes análogos formam uma ligação covalente estável no sítio de ligação, agindo assim como inibidores das proteínas ou dos esteroides.Vasodilatação: Dilatação fisiológica de VASOS SANGUÍNEOS por um relaxamento do MÚSCULO LISO VASCULAR subjacente.Transdução de Sinal: Transferência intracelular de informação (ativação/inibição biológica) através de uma via de sinalização. Em cada sistema de transdução de sinal, um sinal de ativação/inibição proveniente de uma molécula biologicamente ativa (hormônio, neurotransmissor) é mediado, via acoplamento de um receptor/enzima, a um sistema de segundo mensageiro ou a um canal iônico. A transdução de sinais desempenha um papel importante na ativação de funções celulares, bem como de diferenciação e proliferação das mesmas. São exemplos de sistemas de transdução de sinal: o sistema do receptor pós-sináptico do canal de cálcio ÁCIDO GAMA-AMINOBUTÍRICO, a via de ativação da célula T mediada pelo receptor e a ativação de fosfolipases mediada por receptor. Estes sistemas acoplados à despolarização da membrana ou liberação de cálcio intracelular incluem a ativação mediada pelo receptor das funções citotóxicas dos granulócitos e a potencialização sináptica da ativação da proteína quinase. Algumas vias de transdução de sinal podem ser parte de um sistema de transdução muito maior, como por exemplo, a ativação da proteína quinase faz parte da via de sinalização da ativação plaquetária.Concentração Osmolar: Concentração de partículas osmoticamente ativas em solução, expressa em termos de osmoles de soluto por litro de solução. Osmolalidade é expressa em termos de osmoles de soluto por quilograma de solvente.Ecocardiografia: Registro ultrassônico do tamanho, movimentação e composição do coração e estruturas adjacentes. O acesso padrão é transtorácico.Regiões Promotoras Genéticas: Sequências de DNA reconhecidas (direta ou indiretamente) e ligadas por uma RNA polimerase dependente de DNA durante a iniciação da transcrição. Sequências altamente conservadas dentro do promotor incluem a caixa de Pribnow nem bactérias e o TATA BOX em eucariotos.1-Metil-3-Isobutilxantina: Inibidor potente do nucleotídeo cíclico fosfodiesterase. Devido a esta ação, o composto aumenta o AMP cíclico e o GMP cíclico em tecidos e desse modo ativa as PROTEÍNAS QUINASES REGULADAS POR NUCLEOTÍDEO CÍCLICO.Hidropisia Fetal: Acúmulo anormal de líquido sérico em dois ou mais compartimentos fetais, como PELE, PLEURA, PERICÁRDIO, PLACENTA, PERITÔNIO e LÍQUIDO AMNIÓTICO. O EDEMA fetal pode ser de origem não imunológica, ou imunológica como é o caso da ERITROBLASTOSE FETAL.Hemorragia Subaracnóidea: Sangramento no ESPAÇO SUBARACNOIDE intracraniano ou espinhal, resultante de ruptura de um ANEURISMA INTRACRANIANO. Pode ocorrer após lesões traumáticas (HEMORRAGIA SUBARACNOIDE TRAUMÁTICA). Entre as características clínicas estão CEFALEIA, NÁUSEA, VÔMITO, rigidez da nuca, deficiências neurológicas variáveis e estado mental reduzido.Transcrição Genética: Biossíntese de RNA realizada a partir de um molde de DNA. A biossíntese de DNA a partir de um molde de RNA é chamada de TRANSCRIÇÃO REVERSA.Coelhos: Espécie Oryctolagus cuniculus (família Leporidae, ordem LAGOMORPHA) nascem nas tocas, sem pelos e com os olhos e orelhas fechados. Em contraste com as LEBRES, os coelhos têm 22 pares de cromossomos.Sequência de Bases: Sequência de PURINAS e PIRIMIDINAS em ácidos nucleicos e polinucleotídeos. É chamada também de sequência nucleotídica.Potássio: Elemento no grupo dos metais alcalinos com o símbolo atômico K, número atômico 19 e peso atômico 39,10. É o principal cátion do líquido intracelular das células musculares, entre outras. O íon potássio é um eletrólito forte e desempenha um papel significativo na regulação do volume celular e na manutenção do EQUILÍBRIO HIDROELETROLÍTICO.Pressão Propulsora Pulmonar: Pressão arterial registrada após a introdução de um CATETER em uma pequena ARTÉRIA PULMONAR. Acredita-se que [este registro] reflita a PRESSÃO [existente] nos CAPILARES pulmonares.Anti-Hipertensivos: Fármacos usados no tratamento da HIPERTENSÃO (aguda ou crônica), independentemente do mecanismo farmacológico. Entre os anti-hipertensivos estão os DIURÉTICOS [especialmente os DIURÉTICOS TIAZÍDICOS (=INIBIDORES DE SIMPORTADORES DE CLORETO DE SÓDIO)], os BETA-ANTAGONISTAS ADRENÉRGICOS, os ALFA-ANTAGONISTAS ADRENÉRGICOS, os INIBIDORES DA ENZIMA CONVERSORA DA ANGIOTENSINA, os BLOQUEADORES DOS CANAIS DE CÁLCIO, os BLOQUEADORES GANGLIONARES e os VASODILATADORES.Isoproterenol: Análogo isopropílico da EPINEFRINA; beta-simpatomimético que atua no coração, brônquios, músculo esquelético, trato alimentar, etc. É utilizado principalmente como broncodilatador e estimulante cardíaco.Camundongos Transgênicos: Camundongos de laboratório que foram produzidos de um OVO ou EMBRIÃO DE MAMÍFEROS, manipulados geneticamente.Glândulas Suprarrenais: Par de glândulas localizadas no polo cranial de cada RIM. Cada glândula adrenal é composta por dois tecidos endócrinos distintos (de origem embrionária diferente); o CÓRTEX ADRENAL produz ESTEROIDES e a MEDULA ADRENAL produz NEUROTRANSMISSORES.

*  Peptídeo natriurético atrial - Wikipedia
Seu papel é normalizar a volemia sanguínia e a pressão arterial quando a musculatura cardíaca for excessivamente distendida. Em ... O peptídeo natriurético atrial (do inglês atrial natriuretic peptide) é um peptídeo secretado por células musculares cardíacas ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Pept%C3%ADdeo_natriur%C3%A9tico_atrial
*  Cinética de reabsorção do bicarbonato em túbulos contornados proximais iniciais e médios: efeito da glicose, fator atrial...
... fator atrial natriurético e angiotensina II. Autor Gomes, Guiomar Nascimento ... Cinética de reabsorção do bicarbonato em túbulos contornados proximais iniciais e médios: efeito da glicose, fator atrial ... JavaScript is disabled for your browser. Some features of this site may not work without it. ...
  http://h-vml029.epm.br/handle/11600/14153
*  César Timo-Iaria - Wikipedia
... mais tarde identificada como fator natriurético atrial a região do sistema nervoso central em que é gerado o sono, campo em que ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/C%C3%A9sar_Timo-Iaria
*  Hormônio peptídeo - Wikipedia
... peptídeo natriurético atrial (PNA) ou fator natriurético atrial (FNA)), pâncreas (glucagon, insulina e somatostatina), o trato ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Horm%C3%B4nio_pept%C3%ADdeo
*  Sistema urinário Equipe de Biologia. - ppt carregar
12 Fator natriurético atrial. Controle Hormonal Aldosterona Aumenta a reabsorção de sódio e secreção de potássio no túbulo ... contorcido distal Fator natriurético atrial Aumenta a filtração glomerular por promover a dilatação da arteríola aferente e ...
  http://slideplayer.com.br/slide/50876/
*  Historia do Feocromocitoma.: Janeiro 2013
... fator natriurético atrial e polipeptídeo vasoativo intestinal (VIP). A secreção de hormônio liberador de corticotrofi na, de ... Portanto, qualquer fator que ative o sistema simpático poderá provocar crises hipertensivas importantes sem aumentar ... Embora não tenha sido possível a identificação de um fator desencadeante na maioria dos nossos pacientes, em alguns deles as ... Uma causa freqüente de morte súbita nos feocromocitomas são as arritmias cardíacas, como fibrilação atrial e ventricular, sendo ...
  http://historiadofeocromocitoma.blogspot.com/2013_01_01_archive.html
*  Historia do Feocromocitoma.: Outubro 2012
... fator natriurético atrial e polipeptídeo vasoativo intestinal (VIP). A secreção de hormônio liberador de corticotrofi na, de ... Além disso, apenas leve com você muitos cartões de crédito, quando for realmente necessário. Cartões de crédito se torna uma ... eu vim só tratar da dor de cabeçá se for possível,eles automaticamente saíram sem graça,o que se fala ou se escreve em um ... cada um deve buscar uma crença seja qual for,mas nesta vida não podemos ficar sem uma direção espiritual,pelo menos as crianças ...
  http://historiadofeocromocitoma.blogspot.com.br/2012/10/
*  Insuficiência cardíaca - ppt video online carregar
Flutter Bioquímicos Noradrenalina plasmática Renina plasmática Fator natriurético atrial Sódio sérico Potássio sérico BNP IL-1 ... Drugs that vasodilate would be expected to have therapeutic benefits for "wet and warm" patients and the majority of "wet and ...
  http://slideplayer.com.br/slide/1755485/
*  Blog do Cassio Cururu Açú: Maio 2011
... chamado fator natriurético atrial, que regula a excreção de sal do organismo e a pressão arterial. Publicou mais de 100 artigos ... Lula tem razão: se esse grupo não for bem articulado, a CPI pode sair no Senado', aconselhou Lindberg. Palocci agiu rápido. ... solicitando que eles não emitam a licença de instalação para o empreendimento enquanto não forem cumpridas as ações de ...
  http://cassiocururu.blogspot.com/2011/05/
*  Blog do Cassio Cururu Açú: Histórias da Ditadura Militar de 1964 (04)
... chamado fator natriurético atrial, que regula a excreção de sal do organismo e a pressão arterial. Publicou mais de 100 artigos ...
  http://cassiocururu.blogspot.com/2011/05/historias-da-ditadura-militar-de-1964_20.html
*  Sistema endócrino - Wikipedia
Timo produz Peptídeo natriurético atrial (ANP) Estômago e intestinos produzem Colecistoquinina (CCK) Gastrina Grelina ... Neuropeptídeo Y (NPY) Secretina Somatostatina Fígado produz Fator de crescimento semelhante à insulina (IGF) Angiotensinogênio ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Sistema_end%C3%B3crino
*  Sacubitril - Wikipedia
... é responsável pela degração do peptídeo natriurético atrial e do peptídeo natriurético cerebral, dois peptídeos envolvidos na ... for the PARADIGM-HF Investigators and Committees (August 30, 2014). Erro de citação: Código inválido; o nome "McMurray" é ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Sacubitril
*  LAFI-DIETRE. Revista Fisioterapia Brasil - ano 4 - nº 1 - jan/2003 FÁTIMA A. CAROMANO* MÁRIO ROBERTO F. THEMUDO FILHO** JULIANA...
Outro fator importante é a regulação do peptídeo atrial natriurético (ANP) que é suprimida em 50% de sua função no solo, após a ... Nos métodos adaptativos, no entanto, juntamente com o exercício, associa-se um outro fator: a diminuição de oxigênio. MÉTODO ... The objective of this text is to supply elements for the physiotherapist understand the organic adaptations unchained by the ... A atividade simpática renal diminui devido a uma resposta vagal causada pela distensão atrial que, por sua vez, aumenta o ...
  http://docplayer.com.br/312797-Lafi-dietre-revista-fisioterapia-brasil-ano-4-no-1-jan-2003-fatima-a-caromano-mario-roberto-f-themudo-filho-juliana-monteiro-candeloro.html
*  Conceito de excreção - Sistema Excretor - Colégio Web
O fator natriurético atrial (FNA) O fator Natriurético atrial ou simplesmente FNA foi apresentado, como conceito, em 1981, por ... sendo que o que não for utilizado será eliminado pelo organismo. ...
  https://www.colegioweb.com.br/sistema-excretor/conceito-de-excrecao.html
*  Renina - Wikipedia
... peptídeo natriurético atrial. Conforme a resultante da variação da concentração da AMPc, o conjunto destes fatores pode ... Possivelmente é o mais poderoso fator de regulação da liberação da renina. Mácula densa - É uma placa de células modificadas no ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Renina
*  Peptídeo natriurético cerebral - Wikipedia
... peptídeo natriurético atrial) em grânulos atriais, ele não é armazenado em grânulos nos ventrículos. Ao invés disso, a produção ... Fator de Desenvolvimento Tumoral - um importante fator regulador do crescimento e desenvolvimento celular) nas células em ... O Peptideo Natriurético Cerebral (BNP) foi originalmente identificado (1988)4,9 em cérebro de porcos, vindo daí sua ... Há duas classes principais de receptores de peptídeo natriurético (NPR). A Guanilato Ciclase (GC) é um receptor que medeia ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Pept%C3%ADdeo_natriur%C3%A9tico_cerebral
*  Avaliação de Estratégias para Insuficiência Cardíaca com Fração de Ejeção Normal no Ambulatório - PDF
Avaliação de Estratégias para Insuficiência Cardíaca com Fração de Ejeção Normal no Ambulatório Assessing Strategies for Heart ... In GII, TDE [left atrial volume index (LAVI) 40 ml/m 2 ; left ventricular mass index LVMI) , 122 for women and , 149 g/m 2 for ... para identificar a presença de fibrilação atrial. Peptídeo natriurético tipo B O BNP foi dosado no sangue por meio do Alere ... or LVMI 96 g/m 2 for women or 116 g/m 2 for men, or E/E 8 or atrial fibrillation on ECG, and the diagnosis of HFPEF was ...
  http://docplayer.com.br/8271407-Avaliacao-de-estrategias-para-insuficiencia-cardiaca-com-fracao-de-ejecao-normal-no-ambulatorio.html
*  Exames Realizados - Biolabor - Medicina Diagnóstica
FATOR NATRIURETICO ATRIAL. Detalhes Agendar Exame *FATOR REUMATOIDE. Detalhes Agendar Exame *FATOR REUMATOIDE - LIQUOR. ... RESSONÂNCIA MAGNÉTICA FEMUR COM CONTRASTE. Detalhes Agendar Exame *RESSONÂNCIA MAGNÉTICA FEMUR SEM CONTRASTE. Detalhes Agendar ... ESTUDO MOLECULAR DA MUTAÇAO C46T DO FATOR XII. Detalhes Agendar Exame *ESTUDO MOLECULAR DA MUTAÇAO DO GENE KRAS. Detalhes ... FATOR IX DA COAGULACAO. Detalhes Agendar Exame * ... FATOR RH/DU. Detalhes Agendar Exame *FATOR V DE LEIDEN. ...
  http://www.biolabor.com.br/exames
*  de regulação que desencadeiam reflexos autonômicos no sentido de garantir a Os efeitos fisiológicos na imersão dependem de...
O peptídeo natriuretico atrial n-terminal(pna-nt) é um neuropeptídeo liberado na presença de sobrecarga cardíaca/distensão ... A liberação de um fator natriurético humoral ocorre através da distensão dos átrios. O peptídeo produzido PNA facilita a ... porém o peptídeo natriurético atrial(pna) estará presente, proporcionando aumento do volume do sangue central, aumento do ... Se a densidade relativa for maior do que 1 ele afundará, e se igual a 1 ele flutuará logo abaixo da superfície da água. A ...
  http://docplayer.com.br/1918791-De-regulacao-que-desencadeiam-reflexos-autonomicos-no-sentido-de-garantir-a-os-efeitos-fisiologicos-na-imersao-dependem-de-alguns-fatores-como-a.html
*  Hiponatremia
ADH: hormônio antidiurético; VIVE: volume intravascular efetivo; PNA: peptídeo natriurético atrial; SRAA: sistema renina- ... Se a volemia for restaurada, os níveisestímulos envolvidos na secreção de AdH. de ADH caem, o excesso de água que estava Na ... de for- diatamente a administração de sódio e procurar con-ma análoga, a suspensão de determinadas drogas ou ter a elevação da ... Considerando a sua osmolaridade urinária, a paciente Se a fórmula do déficit de sódio for preferida, o é capaz de excretar 600 ...
  https://pt.slideshare.net/pnrocha/hiponatremia-8517987
*  ANUALM SIGLAS E ABREVIATURAS PADRONIZADAS - PDF
Angiotomografia computadorizada Antibiograma Bilirrubina direta Bilirrubina indireta Peptídeo natriurético atrial Bilirrubina ... Índice de anisocilose Fator rhesus (fator Rh) Ressonância magnética Ressonância magnética / ressonância nuclear magnética Raio ... 18 GM-CSF Hiper-CVAD HYPER CVAD ICE LH LLA LLC LMA LMC LNH MADIT MTX NEM Neo PTI PTT QT Fator de crescimento de neutrófilos ... K LBA LCR Leu Mg Ferro Fator reumatóide Hormônio folículo estimulante Anticorpo treponêmico fluorescente Absorção de FTA Fator ...
  http://docplayer.com.br/2181448-Anualm-siglas-e-abreviaturas-padronizadas.html
*  Effect of perinatal asphyxia on thyroid hormones
Concentraciones plasmáticas de péptido natriurético atrial, vasopresina y aldosterona en sangre de cordón umbilical: sus ... Guidelines for diagnosis and monitoring of thyroid disease: nonthyroidal illness. Clin Chem 1996;42:188-92. [ Links ]. ... renina11 e peptídeo atrial natriurético9,12, bem como uma diminuição na insulina1. ... Capurro H, Korichezky S, Fonseca D, Caldeyro-Barcia R. Simplified method for diagnosis of gestational age in the newborn infant ...
  http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0021-75572001000300007&lng=en&nrm=iso&tlng=pt
*  Síndrome nefrótica iuri usêda - mr1 hgrs - Portugues
Peptídeo Natriurético Atrial • Preditores: TFG , 50; Albumina , 2,0; HAS * 7. Sínd. Nefrótica• Classificação • Primárias (70 ... Adult nephrotic syndrome: non-specific strategies for treatment. Nephrology (Carlton). 2008Feb;13(1):45-50.10. Kodner C. ...
  https://pt.slideshare.net/janinemagalhaes/sndrome-nefrtica-iuri-usda-mr1-hgrs
*  Treating Achondroplasia: CNP, a primeira potencial terapia farmacológica para acondroplasia
... átrios de ratos e por isso foi chamada de peptídeo natriurético atrial (ANP). Não muito tempo depois, o BNP foi identificado em ... Sob grande expectativa, pais e parentes de crianças portadoras da mutação do receptor do fator de crescimento de fibroblasto do ... Natriurético significa uma propriedade de algo que faz com que o sódio seja eliminado na urina. O nome natriurético veio após a ... O BMN-111 foi descrito como um análogo do peptídeo natriurético tipo-C (CNP). Um análogo é um composto (ou molécula) que tem ...
  http://tratando-acondroplasia.blogspot.com.br/2012/03/primeira-potencial-terapia.html

Peptídeo natriurético atrial: O peptídeo natriurético atrial (do inglês atrial natriuretic peptide) é um peptídeo secretado por células musculares cardíacas atriais. Seu papel é normalizar a volemia sanguínia e a pressão arterial quando a musculatura cardíaca for excessivamente distendida.N-terminal do pró-hormônio do peptídeo natriurético do tipo B: A porção N-terminal do pró-hormônio do peptídeo natriurético do tipo B (NT-proBNP) ,também abreviado como BNPT, é um peptídeo inativo formado pela porção N-terminal do pró-hormônio proBNP, reação que dá origem também ao BNP.Monofosfato cíclico de guanosinaRim: Rim (lat. ren, grc.Renina: A renina ou angiotensinogenase é uma enzima circulante liberada pelas células justaglomerulares dos rins em resposta a uma série de estímulos fisiológicos e provoca a ativação do sistema renina-angiotensina-aldosterona.Endopeptidase neutraAchy Breaky Heart: "Achy Breaky Heart" é uma canção escrita por Don Von Tress, e gravada pelo cantor country Billy Ray Cyrus, lançada em 1992 no álbum Some Gave All. Tornou-se o primeiro single a atingir o status de platina triplo na Austrália e o mais vendido no país em 1992.Eletrólito: Eletrólito é toda a substância que, dissociada ou ionizada, origina íons positivos (cátions) e íons negativos (ânions), pela adição de um solvente ou aquecimento. Desta forma torna-se um condutor de eletricidade.Classificação funcional da New York Heart Association: A Classificação funcional da New York Heart Association (NYHA) proporciona um meio simples de classificar a extensão da insuficiência cardíaca. Categoriza os doentes em uma de quatro categorias baseada na limitação da atividade física (dispnéia).American Kennel Club: American Kennel Club (ou AKC), é um dos maiores clubes de registro de genealogias de cachorro de sangue puro nos Estados Unidos. Fundado em 1884, o AKC registrou só em 2006 mais de 900.Etiopatogenia da hipertensão arterial: Etiopatogenia da hipertensão arterial ou fisiopatologia da hipertensão arterial é o estudo dos mecanismos que ocasionam a doença crónica denominada hipertensão arterial.Volemia: Volemia é um termo médico para a quantidade de sangue circulando no corpo. Em um humano adulto ela é de aproximadamente 75 ml/kg logo um homem de 60 kg possui cerca de 4,5 litros de sangue.Hipertensão arterialHormona: direita|thumb|200px|Adrenalina, uma hormonaHematócrito: Hematócrito (ou Ht ou Htc) é a percentagem de volume ocupada pelos glóbulos vermelhos ou hemácias no volume total de sangue.HipotensãoSobretreinamentoQualia: 160px|thumb|"Vermelhidão" é o exemplo canônico de qualia.Vaso sanguíneo: Os vasos sanguíneos são órgãos em forma de tubos que se ramificam por todo o organismo da maior parte dos seres-vivos, como o ser humano, por onde circula o sangue: artérias, arteríolas, vênulas, veias e capilares.Hipertrofia muscular: A hipertrofia muscular é uma resposta fisiológica caracterizada pelo aumento do volume dos músculos decorrentes de estímulos gerados pelo exercício físico. Esta resposta é uma adaptação ao estresse decorrente do aumento de tensão e/ou ph gerados no tecido muscular.Diurético da ansa: Os diuréticos da ansa ou da alça, são um grupo de fármacos diuréticos que actuam no Rim, aumentando o volume e diminuindo a concentração da urina.MYH7: thumbHiponatremiaSuspensão automotivaNitroprussiato de sódioMúsculo liso vascular: Músculo liso vascular se refere ao tipo particular de músculo liso encontrado no interior das paredes dos vasos sanguíneos.Hemodinâmica: Hemodinâmica é o capítulo da Fisiologia que estuda a circulação do sangue. Para termos uma ideia, é o equivalente da hidrodinâmica se o líquido fosse água e não sangue.Estrutura primária: A estrutura primária é dada pela sequência de aminoácidos ao longo da cadeia polipeptídica. É o nível estrutural mais simples e mais importante, pois dele deriva todo o arranjo espacial da molécula.Miocardiopatia: Miocardiopatia que literalmente quer dizer doença do músculo do coração é a deterioração da função do miocárdio ( o músculo do coração) por alguma razão. Pessoas com miocardiopatia estão sempre sofrendo o risco de uma arritmia ou morte cardíaca súbita ou ambos.Cromatografia líquida de alta eficiência: Cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE, em inglês: High performance liquid chromatography, HPLC) é um método de separação de compostos químicos em solução. Tem sido amplamente utilizada como ferramenta em várias áreas da química e biologia.Baroreceptor: Baroreceptores ou barorrecetores são mecanoreceptores relacionados à regulação da pressão arterial momento a momento. Estão localizados principalmente no seio carotídeo e no arco da aorta, detectando variações bruscas da pressão arterial e transmitindo esta informação ao sistema nervoso central.Segundo mensageiro: Segundos mensageiros intracelulares são moléculas de sinalização liberadas pela célula para provocar alterações fisiológicas tais como a proliferação, diferenciação, translocação de vesículas, produção de enzimas e a apoptose(morte celular programada). Ocorrem em resposta a ativação de receptores celular por hormônios, neurotransmissores ou fatores de crescimento, que podem assim ser considerados os primeiros mensageiros.Micção


  • sido
  • O peptídeo natriuretico atrial n-terminal(pna-nt) é um neuropeptídeo liberado na presença de sobrecarga cardíaca/distensão atrial tem sido usado como ferramenta laboratorial auxiliar para o diagnóstico diferencial e avaliação do prognóstico de insuficiência cardíaca, sendo demonstradas mudanças nos níveis PNA-nt dependendo da postura. (docplayer.com.br)
  • O peptídeo natriurético tipo B pode ser útil para identificar pacientes que tenham sido excluídos do diagnóstico de insuficiência cardíaca na avaliação com eco Doppler tecidual. (docplayer.com.br)
  • Níveis elevados do peptídeo natriurético cerebral têm sido também relacionados com o achado de disfunção ventricular diastólica.8 Recentemente vem sendo atribuído ao BNP papel na monitorização do tratamento de pacientes com insuficiência cardíaca. (wikipedia.org)