Dente: Uma de um conjunto de estruturas semelhantes a ossos na boca usadas para morder e mastigar.Perda de Dente: A incapacidade de reter dentes como resultado de doença ou traumatismo.Germe de Dente: Conjunto de tecidos dos quais um dente completo é formado, incluindo SACO DENTÁRIO, ÓRGÃO DO ESMALTE e PAPILA DENTÁRIA. (tradução livre do original: Jablonski, Dictionary of Dentistry, 1992).Dente Decíduo: Os vinte dentes da primeira dentição, os quais caem e são substituídos pelos dentes permanentes, usualmente em torno dos seis anos de idade. Espera-se que a erupção de todos os dentes decíduos normalmente ocorra em torno de dois anos e meio de idade.Coroa do Dente: A parte mais superior do dente, a qual se une à parte inferior do dente (RAIZ DENTÁRIA) no colo (COLO DO DENTE) em uma linha denominada junção cemento-esmalte. A superfície total da coroa é revestida com esmalte que é mais espesso na extremidade e torna-se progressivamente mais delgado em direção ao colo.Raiz Dentária: Parte de um dente compreendida entre o colo e o ápice. Encontra-se inserida no processo alveolar e está revestida por cemento. Uma raiz pode ser única ou dividida em vários ramos, usualmente identificadas pela sua posição relativa, por exemplo, raiz lingual ou raiz bucal. Os dentes que apresentam uma única raiz são os primeiro e segundo pré-molares mandibulares e o segundo pré-molar maxilar. O primeiro pré-molar maxilar apresenta duas raizes na maioria dos casos. Os molares maxilares apresentam três raizes.Erupção Dentária: Emergência de um dente de dentro do seu folículo no PROCESSO ALVEOLAR da MAXILA ou da MANDÍBULA na BOCA. (Tradução livre do original: Boucher's Clinical Dental Terminology, 4th ed)Dente Supranumerário: Dente extra, irrompido ou não, semelhante ou não aos outros dentes do grupo ao qual ele pertence. Sua presença pode causar o mau posicionamento de dentes adjacentes ou prevenir suas erupções.Anormalidades Dentárias: A falta congênita das ou os defeitos nas estruturas dos dentes.Desgaste dos Dentes: Perda da substância do dente por processos químicos ou mecânicos.Extração Dentária: A remoção cirúrgica de um dente. (Dorland, 28a ed)Dente não Vital: Dente do qual a polpa dentária foi removida ou é necrótica.Dente Molar: Os dentes mais posteriores em cada lado da mandíbula e maxila, totalizando oito na dentição decídua (2 de cada lado, superior e inferiormente), e usualmente doze na dentição permanente (3 de cada lado, superior e inferiormente). São dentes trituradores, apresentando coroas grandes e amplas superfícies de mastigação. (Tradução livre do original: Jablonski, Dictionary of Dentistry, 1992, p821)Dente Impactado: Dente que se encontra impedido de erupção por uma barreira física, normalmente um outro dente. A impacção pode também ocorrer como resultado da orientação do dente numa posição dentro das estruturas periodontais que não a posição vertical.Descoloração de Dente: Qualquer mudança na tonalidade, cor ou translucência de um dente devido a qualquer causa. Materiais restauradores, drogas (tanto tópicas como sistêmicas), necrose da polpa ou hemorragia podem ser responsáveis.Dente não Erupcionado: Dente desenvolvido normalmente, mas que ainda não perfurou a mucosa oral, ou um dente que falhou ao erupcionar, de acordo com a sequência ou intervalo de tempo normal esperada para um determinado tipo de dente num dado gênero, idade ou grupo populacional.Incisivo: Qualquer dos oito dentes frontais (quatro maxilares e quatro mandibulares) que apresentam uma lâmina incisiva aguda para o corte do alimento e uma única raiz, os quais são encontrados no homem, tanto nos dentes permanentes quanto nos decíduos.Odontogênese: Processo de formação do DENTE, dividido em vários estágios, entre eles: estágios de lâmina dentária, botão, capuz e campânula. A odontogênese inclui produção de esmalte dentário (AMELOGÊNESE), dentina (DENTINOGÊNESE) e cemento dentário (CEMENTOGÊNESE).Colo do Dente: Parte estreitada do dente no nível da junção da coroa com a raiz ou raizes. Frequentemente, é referida como a junção cemento-esmalte (JCE), a linha onde o cemento que reveste a raiz de um dente e o esmalte que o recobre se encontram.Esmalte Dentário: Camada rígida, delgada e translúcida, de substância calcificada que reveste e protege a dentina da coroa do dente. É a substância mais dura do corpo e é quase que completamente composta de sais de cálcio. Ao microscópio, é composta de bastões delgados (prismas do esmalte) mantidos conectados por uma substância cimentante, e apresenta-se revestido por uma bainha de esmalte. (Tradução livre do original: Jablonski, Dictionary of Dentistry, 1992, p286)Esfoliação de Dente: Perda fisiológica da dentição primária. (Tradução livre do original: Zwemer, Boucher's Clinical Dental Terminology, 4th ed)Avulsão Dentária: Deslocamento parcial ou completo de um dente de seu suporte alveolar. É frequentemente o resultado de trauma. (Tradução livre do original: Boucher's Clinical Dental Terminology, 4th ed, p312)Dentes Fusionados: Dois dentes unidos durante o desenvolvimento pela união de suas raizes germinais; os dentes podem estar unidos pelo esmalte dentário de suas coroas, pela dentina de suas raizes ou por ambos.Dente Canino: O terceiro dente para a direita e para a esquerda da linha média da maxila e da mandíbula, situado entre o segundo DENTE INCISIVO e DENTE PRÉ-MOLAR. (tradução livre do original: Jablonski, Dictionary of Dentistry, 1992, p817)OdontopatiasCalcificação de Dente: Processo através do qual sais de cálcio são depositados no esmalte dental. O processo é normal no desenvolvimento de ossos e dentes.Dente Pré-Molar: Um dos oito dentes permanentes, dois em cada lado da mandíbula e da maxila, entre os caninos (DENTE CANINO) e os molares (DENTE MOLAR), que serve para triturar e esmagar o alimento. Os superiores têm duas cúspides (bicúspide) enquanto que os inferiores apresentam de uma a três cúspides.Anquilose Dental: A fixação sólida de um dente resultando de numa fusão do cemento ao osso alveolar, com obliteração do ligamento periodontal. É incomum na dentição decídua e muito rara no dente permanente.Polpa Dentária: Tecido conjuntivo inervado e ricamente vascularizado de origem mesodérmica, encerrado na cavidade central de um dente e delimitado pela dentina. Apresenta funções de proteção, sensibilidade, nutrição e formação. (Tradução livre do original: Jablonski, Dictionary of Dentistry, 1992)Erosão Dentária: Perda progressiva da substância dura de um dente por processos químicos que não envolvem ação bacteriana. (Tradução livre do original: Jablonski, Dictionary of Dentistry, 1992, p296)Alvéolo Dental: Cavidade existente no processo alveolar do MAXILAR ou da MANDÍBULA, onde cada dente (fixado pelo ligamento periodontal) se encaixa.Reimplante Dentário: Reinserção de um dente no alvéolo do qual ele foi removido ou perdido.Maxila: Osso do par de ossos de forma irregular que constituem o maxilar superior. Fornece os processos alveolares dos dentes superiores, forma parte da ÓRBITA e contém o SEIO MAXILAR.Dentina: A porção rígida do dente que está ao redor da polpa, revestida por esmalte na coroa e cemento na raiz, a qual é mais rígida e densa que osso, mas menos rígida que o esmalte, sendo desta forma facilmente desgastada quando deixada desprotegida.Reabsorção de Dente: A reabsorção de tecido dentário calcificado, envolvendo desmineralização devido à reversão da troca de cátions e reabsorção lacunar por osteoclastos. Há dois tipos: externo (como resultado de patologia dentária) e interno (iniciado aparentemente por uma hiperplasia inflamatória peculiar da polpa).Cárie Dentária: Destruição localizada na superfície dentária, iniciada por descalcificação do esmalte, seguido por lise enzimática das estruturas orgânicas levando à formação de cavidades. Se não for avaliada, a cavidade pode penetrar no esmalte e na dentina alcançando a polpa.Dentição: Os dentes conjuntamente na arcada dentária. Normalmente, a dentição se refere aos dentes naturais posicionados em seus alvéolos. A dentição referente aos dentes decíduos é a DENTIÇÃO PRIMÁRIA; e a referente aos dentes permanentes é a DENTIÇÃO PERMANENTE.Tratamento do Canal Radicular: Modalidade de tratamento em endodontia preocupada com a terapia de doenças da polpa dentária. Para procedimentos preparatórios a PREPARO DE CANAL RADICULAR está disponível.Odontometria: Medida das características dos dentes.Mandíbula: O maior (e o mais forte) osso da FACE; constitui o maxilar inferior, que sustenta os dentes inferiores.Desmineralização do Dente: Perda de minerais do dente, tais como o cálcio na hidroxiapatita da matriz dentária, causada por exposição ácida. Um exemplo da ocorrência de desmineralização é a formação de cáries dentárias.Dentição Permanente: Os 32 dentes do adulto que substituem ou são adicionados em complemento aos dentes decíduos.Restauração Dentária Permanente: Restauração feita para permanecer em funcionamento por não menos que 20 a 30 anos, usualmente feita de molde de ouro, ouro coesivo ou amálgama.Anodontia: Ausência congênita de dentes; ela pode envolver todos (anodontia total) ou somente alguns dos dentes (anodontia parcial, hipodontia), e ambas a dentição decídua e a permanente, ou apenas dentes da dentição permanente. (Dorland, 28a ed)Preparo Prostodôntico do Dente: Forma selecionada dada a um dente natural quando ele é reduzido por instrumentação para receber uma prótese (por exemplo, coroa artificial ou um retentor para uma prótese fixa ou removível). A seleção da forma é dirigida por circunstâncias clínicas e propriedades físicas dos materiais que constituem a prótese.Ligamento Periodontal: TECIDO CONJUNTIVO fibroso que reveste a RAIZ DO DENTE separando-o do osso alveolar e fixando-o a este (PROCESSO ALVEOLAR).Processo Alveolar: Parte mais espessa e esponjosa da MAXILA e da MANDÍBULA, com cavidades profundas para os dentes.Determinação da Idade pelos Dentes: Identificação da idade de um animal ou ser humano por meio do exame dos dentes.Cemento Dentário: Tecido conjuntivo rígido semelhante a osso que reveste a raiz de um dente desde a junção cemento-esmalte até o ápice, e que reveste o ápice do canal radicular, também auxiliando na sustentação do dente por funcionar como estrutura de fixação para o ligamento periodontal. (Tradução livre do original: Jablonski, Dictionary of Dentistry, 1992)OdontoblastosAmeloblastos: Células epiteliais cilíndricas localizadas na camada mais interna do ÓRGÃO DO ESMALTE. Suas funções incluem contribuição ao desenvolvimento da junção dentina-esmalte através da deposição de uma camada de matriz, produzindo então o alicerce para os prismas (as unidades estruturais do ESMALTE DENTÁRIO), e produção de matriz para o prismas do esmalte e para a substância interprismática.Cavidade Pulpar: O espaço em um dente limitado pela dentina e que contém a polpa dentária. A porção da cavidade dentro da coroa do dente é a câmara da polpa; enquanto que a porção dentro da raiz é o canal da polpa ou canal radicular.Necrose da Polpa Dentária: Morte do tecido da polpa com ou sem invasão bacteriana. Quando a necrose é devida à isquemia com infecção bacteriana superimposta, é chamada de gangrena da polpa. Quando a necrose não é bacteriana na sua origem, é chamada de mumificação da polpa.Remineralização Dentária: Técnica terapêutica para substituição de minerais em dentes parcialmente calcificados.Modelos Dentários: Dispositivos de apresentação usados para a educação do paciente e para a formação técnica em odontologia.Radiografia Panorâmica: Radiografia de seção corporal extraoral que retrata todo o maxilar, ou maxilar e mandíbula, em um único filme.Periodontite Periapical: Inflamação do TECIDO PERIAPICAL. Entre elas, inflamação geral, inespecífica ou aguda não supurativa. A inflamação crônica não supurativa é o GRANULOMA PERIAPICAL. A inflamação supurativa é o ABSCESSO PERIAPICAL.Análise do Estresse Dentário: Descrição e medida dos vários fatores que produzem estresse físico sobre restaurações dentárias, próteses ou aparelhos, materiais associados a eles ou às estruturas orais naturais.Paleodontologia: O estudo dos dentes de formas de vida primitivas através de restos fósseis.Preparo da Cavidade Dentária: Operação na qual o material cariado é removido dos dentes e formas bioquimicamente corretas são estabelecidas nos dentes para receber e reter restaurações. Uma exigência constante é o fornecimento para prevenção de falha da restauração por recorrência de cárie ou resistência inadequada à tensão aplicada.Arcada Parcialmente Edêntula: A ausência de dentes de uma porção da mandíbula e/ou da maxila.Resinas Compostas: Resinas sintéticas que contêm um expansor inerte, muito utilizadas em odontologia.Proteínas do Esmalte Dentário: Proteínas que são parte da matriz do esmalte dentário.Hipoplasia do Esmalte Dentário: Afecção adquirida ou herdada devido a uma deficiência na formação do esmalte dentário (AMELOGÊNESE). Geralmente é caracterizada pelo ESMALTE DENTÁRIO defeituoso, fino ou malformado. Os fatores de risco para a hipoplasia do esmalte dentário incluem mutações genéticas, deficiências nutricionais, doenças e fatores ambientais.Diastema: Abertura ou fissura anormal entre dois dentes adjacentes.Oclusão Dentária: Relação de todos os componentes do sistema mastigatório na função normal. Tem especial referência à posição e contato dos dentes maxilares e mandibulares para a mais alta eficiência durante os movimentos excursivos do queixo que são essenciais para a mastigação.Órgão do Esmalte: Células epiteliais que envolvem a coroa dentária e apresenta-se diferenciada em três camadas: o epitélio interno do esmalte, formado por ameloblastos que eventualmente formam o esmalte; a polpa do esmalte e o epitélio externo do esmalte, ambos os quais se atrofiam e desaparecem antes e após erupção do dente, respectivamente.Higiene Bucal: Prática de higiene pessoal da boca. Compreende a manutenção da limpeza oral, tônus tecidual e preservação geral da saúde bucal.Colagem Dentária: Procedimento de aderência para inserções ortodônticas, tais como COROAS DENTÁRIAS. Este processo normalmente inclui a aplicação de um material adesivo (CIMENTOS DENTÁRIOS) e permite a secagem 'in loco' pela luz ou por cura química.Dente Serotino: O dente permanente localizado mais posteriormente em cada lado da maxila e mandíbula.Técnica para Retentor Intrarradicular: Uso de um revestimento metal, usualmente com uma coluna na polpa ou raiz do canal, feita para dar suporte e reter uma coroa artificial.Pulpectomia: Procedimento dental em que a câmara pulpar é inteiramente removida da coroa e raiz de um dente.Boca Edêntula: Falta total de dentes por causa de doença ou extração.Materiais Dentários: Materiais usados na produção de bases dentais, restaurações, impressões, próteses, etc.Periodonto: Estruturas que envolvem e apoiam o dente. O termo periodonto inclui a GENGIVA, o PROCESSO ALVEOLAR, o CEMENTO DENTÁRIO e o LIGAMENTO PERIODONTAL.Papila Dentária: Tecido mesodérmico encerrado na porção invaginada do órgão do esmalte epitelial e que dá origem à dentina e polpa.Doenças Periodontais: Processos patológicos envolvendo o PERIODONTO, incluindo a GENGIVA, o osso alveolar (PROCESSO ALVEOLAR), o CEMENTO DENTÁRIO e o LIGAMENTO PERIODONTAL.Índice CPO: Conceito estatístico utilizado em odontologia que relaciona os dentes cariados, perdidos e obturados.Falha de Restauração Dentária: Inabilidade ou inadequação de uma restauração dentária ou prótese ser realizada como o esperado.Materiais Restauradores do Canal Radicular: Materiais colocados dentro de um canal radicular com a finalidade de obturá-lo ou vedá-lo. (Dorland, 28a ed)Cimentos de Resina: Cimentos de resina compostos de polimetil metacrilato ou de dimetacrilato, produzidos misturando-se um monômero de acrílico líquido com os polímeros de acrílico e os minerais de enchimento. O cimento é insolúvel em água e, portanto, é resistente aos líquidos na boca, mas é irritante para a polpa dentária. É usado principalmente como agente vedante nas restaurações fabricadas e temporárias.Movimento Mesial dos Dentes: Migração dos dentes em direção ao meio e além da ARCADA DENTÁRIA. (Tradução livre do original: From Boucher's Clinical Dental Terminology, 4th ed)Teste de Materiais: Teste de materiais e dispositivos, especialmente os usados para PRÓTESES E IMPLANTES; SUTURAS; ADESIVOS TECIDUAIS, etc., para dureza, força, durabilidade, segurança, eficácia e biocompatibilidade.Planejamento de Dentadura: Projeto, delineamento e localização de elementos estruturais presentes em dentaduras. O planejamento pode se relacionar a retentores, amortecedores de tensão (placas interoclusais, quebra-forças ou rompe-forças), apoios oclusais, arestas, estrutura, barreira lingual ou palatal, braços recíprocos, etc.Preparo de Canal Radicular: Atividades preparatórias na terapia de canal radicular, o aspecto da endodontia que lida com o tratamento de doenças da polpa dentária, consistindo em extirpação parcial (pulpotomia) ou completa (pulpectomia) da polpa doente, limpeza e esterilização do canal vazio, aumento e configuração do canal para receber material selante e obturação do canal com um agente selante hermético não irritante. (Dorland, 28a ed)Prótese Parcial Removível: Dentadura parcial projetada e construída para ser prontamente removida da boca.Prótese Dentária: Substituição artificial de um ou mais dentes naturais ou parte de um dente, ou estruturas associadas, variando de uma parte de um dente a uma dentadura completa. A prótese dentária é utilizada por razões cosméticas ou funcionais, ou ambas. DENTADURAS e tipos específicos de dentaduras também estão disponíveis.Infiltração Dentária: A infiltração de líquidos, debris e microrganismos entre as paredes de uma cavidade dental preparada e a obturação.Obturação do Canal Radicular: Fase do tratamento endodôntico em que um sistema de canais radiculares limpo é preenchido por meio do uso de materiais e técnicas especiaisa fim de prevenir a reinfecção.Pulpite: Inflamação da POLPA DENTÁRIA, geralmente devida à infecção bacteriana em cárie dentária, fratura dentária ou outras afecções que causam exposição da polpa à invasão bacteriana. Irritantes químicos, fatores térmicos, alterações hiperêmicas e outros fatores também podem causar pulpite.Mastigação: Ato e processo de mastigar e triturar o alimento na boca.Cimentos Dentários: Substâncias utilizadas para unir RESINAS COMPOSTAS ao ESMALTE DENTÁRIO e à DENTINA. Estes agentes cimentantes ou de colagem são usados em odontologia restauradora, TRATAMENTO DO CANAL RADICULAR, PROTODONTIA e ORTODONTIA.Aparelhos Ortodônticos: Aparelhos utilizados para influenciar a posição dos dentes. Os aparelhos ortodônticos podem ser classificados como fixos ou removíveis, ativos ou retidos, e intraorais ou extraorais. (Tradução livre do original: Boucher's Clinical Dental Terminology, 4th ed, p19)Fator de Transcrição MSX1: Proteína do homeodomínio que interage com a PROTEÍNA DE LIGAÇÃO A TATA-BOX. Reprime a TRANSCRIÇÃO GENÉTICA de GENES alvos e desempenha um papel crítico na ODONTOGÊNESE.Placa Dentária: Filme que se adere aos dentes, frequentemente causando a CÁRIE DENTÁRIA e GENGIVITE. É composta por MUCINAS (secretadas pelas glândulas salivares) e micro-organismos.Odontologia Legal: Aplicação do conhecimento odontológico às perguntas da lei.Saco Dentário: Densa camada fibrosa formada pelo tecido mesodérmico que envolve o esmalte do dente. Suas células eventualmente migram para a superfície externa da dentina recém formada na raiz do dente e dão origem aos cementoblastos que depositam cemento na raiz em desenvolvimento, aos fibroblastos do ligamento periodontal em desenvolvimento e aos osteoblastos do osso alveolar em desenvolvimento.Radiografia Interproximal: Técnica envolvendo a passagem de raios X através de estruturas orais para criar um registro em filme, enquanto uma tira central de filme de raio X dentário é mantida entre os dentes superiores e inferiores.Doenças Periapicais: Doenças do TECIDO PERIAPICAL que circunda a raiz do dente e se diferencia das DOENÇAS DA POLPA DENTÁRIA dentro da RAIZ DENTÁRIA.Má Oclusão: O mau posicionamento e contato dos dentes maxilares e mandibulares tal que interferem com a eficiência máxima durante os movimentos de excursão da mandíbula que são essenciais para a mastigação.Amelogenina: Proteína principal que forma o esmalte dentário encontrada em mamíferos. Em humanos, a proteína é codificada por GENES encontrados tanto no CROMOSSOMO X como no CROMOSSOMO Y.Fator de Transcrição PAX9: Fator de transcrição box pareado que está envolvido em ODONTOGÊNESE.Arco Dental: Curva formada pela fileira de DENTES em sua posição normal na ARCADA OSSEODENTÁRIA. O arco dental inferior é formado pelos dentes mandibulares, e o superior, pelos dentes maxilares.Prótese Parcial Fixa: Dentadura parcial fixa a dentes naturais preparados, raizes ou implantes por cimentação.Arcada Osseodentária: Estrutura óssea da boca (que fixa os dentes). É constituída pela MANDÍBULA e pela MAXILA.Planejamento de Prótese Dentária: Projeto e delineamento de próteses dentárias em geral ou uma prótese dentária específica. Não abrange PLANEJAMENTO DE DENTADURA. A estrutura geralmente consiste de metal.Índice Periodontal: Escala numérica para a classificação do estado periodôntico de uma pessoa ou de uma população através de um simples indicador, que considera tanto prevalência como gravidade. Baseia-se na medida das bolsas periodontais e do estado do tecido gengival.Fotografia Dentária: Técnicas fotográficas usadas em ORTODONTIA, ESTÉTICA DENTÁRIA e educação do paciente.Sensibilidade da DentinaAmálgama Dentário: Liga usada na odontologia restauradora que contém mercúrio, prata, estanho, cobre, e possivelmente zinco.Braquetes Ortodônticos: Pequenos acessórios em metal ou cerâmica utilizados para fixar e arquear fio. Esses acessórios são soldados ou unidos a um aro ortodôntico ou cimentados diretamente nos dentes. Braquetes cilíndricos, de canto, multifásicos, de tira arqueada, de fio duplo e universal são todos tipos de braquetes ortodônticos.Cimentos de Ionômeros de Vidro: Polímero obtido pela reação do ácido poliacrílico com um vidro especial ânion-lixiviável (alumínio-silicato). O cimento resultante é mais durável e mais rígido que os outros, no sentido de que os materiais que constituem a cadeia (backbone) do polímero não lixiviam.Gengivite: Inflamação do tecido da GENGIVA sem a perda de tecido conjuntivo.Hidróxido de Cálcio: Pó branco preparado a partir de calcário com muitas aplicações médicas e industriais. Pode ser encontrado em muitos preparados dentários, especialmente para obturação do canal radicular.Estética Dentária: Habilidades, técnicas, padrões e princípios utilizados para melhorar a arte e simetria dos dentes e face, para melhorar a aparência assim como a função dos dentes, boca e face.Restaurações Intracoronárias: Restaurações de metal, porcelana ou plástico feitas para ajustar a preparação de uma cavidade, então cimentada no dente. Extracoronárias são restaurações que se ajustam às preparações de cavidades e intracoronárias a superfície oclusal de um dente ou dentes. Só são mantidas por fatores friccionais ou mecânicos.Ataque Ácido Dentário: Preparação das superfícies dos DENTES e MATERIAIS DENTÁRIOS com agentes corrosivos, usualmente ácido fosfórico, para tornar a superfície mais rugosa a fim de aumentar a adesão ou osteointegração.Contenções Periodontais: Dispositivos fixos ou removíveis que unem os dentes. São usados para reparar os dentes móveis, resultante de PERIODONTITE.Guta-Percha: Exsudato coagulado isolado de várias espécies da árvore tropical Palaquium (Sapotaceae). É o isômero trans da borracha natural. É usado como material de obturação e impressão em odontologia e ortopedia e como isolante em eletrônica. Também tem sido usado como substituto da borracha.Cariostáticos: Substâncias que inibem ou detêm a formação de CÁRIE DENTÁRIA. (Tradução livre do original: Boucher's Clinical Dental Terminology, 4th ed)Tecido Periapical: Tecido que reveste o ápice de um dente, incluindo a porção apical da membrana periodontal e o osso alveolar.Selantes de Fossas e Fissuras: Agentes usados para ocluir fossas e fissuras no esmalte dentário na prevenção de cáries dentárias.Adesivos Dentinários: Cimentos que agem por meio de infiltração e polimerização no interior da matriz de dentina, sendo usados para restauração dental. Estes adesivos podem ser resinas adesivas em si, monômeros que promovem adesão, ou ainda iniciadores de polimerização, que atuam em conjunto com outros agentes para formar um sistema de adesivo dentinário.Dentinogênese: Formação da dentina. A dentina aparece primeiro na camada entre os ameloblastos e odontoblastos, tornando-se imediatamente calcificada. A formação progride a partir da extremidade da papila acima de sua lateral (slope) formando uma capa calcificada, tornando-se mais espessa pela aposição de novas camadas em direção à polpa. Uma camada de dentina não calcificada é encontrada entre o tecido calcificado e o odontoblasto e seus processos.Ortodontia Corretiva: Fase da ortodontia que se ocupa da correção de má oclusão com aparelhos apropriados e da prevenção de suas sequelas.Extrusão Ortodôntica: Movimento ortodôntico na direção coronal realizado por tensão externa no LIGAMENTO PERIODONTAL. Não inclui o procedimento cirúrgico que envolve o AUMENTO DA COROA CLÍNICA.Ligas Dentárias: Mistura de elementos ou compostos metálicos com outros elementos metálicos ou metaloides, em proporções variadas, para uso em odontologia restauradora ou prostética.Endodontia: Especialidade dentária preocupada com a manutenção da polpa dentária em um estado de saúde e o tratamento da cavidade da polpa (câmara da polpa e canal da polpa).Desenho de Aparelho Ortodôntico: Planejamento, cálculo e criação de um aparelho com o propósito de corrigir o posicionamento ou alinhamento dos dentes.Bolsa Periodontal: Extensão anormal do sulco gengival acompanhado pela migração apical de inserção epitelial e reabsorção óssea.Pulpotomia: Procedimento dentário em que parte da câmara ulpar é removida da coroa de um dente.Porcelana Dentária: Tipo de porcelana usada em restaurações dentais, coroas de jaquetas ou restaurações intracoronárias, dentes artificiais, ou coroas metal-cerâmicas. É essencialmente uma mistura de partículas de feldspato e quartzo, o feldspato fundindo antes e provendo uma matriz vítrea para o quartzo. A porcelana dental é produzida misturando-se pó de cerâmica (uma mistura de quartzo, caulim, pigmentos, opacificadores, um fundente (flux) adequado, e outras substâncias) com água destilada. (Tradução livre do original: Jablonski's Dictionary of Dentistry, 1992)Bruxismo: Distúrbio caracterizado pelo ranger e apertar dos dentes.Perda do Osso Alveolar: Reabsorção ou desgaste do osso de suporte dos dentes (PROCESSO ALVEOLAR) na MAXILA ou MANDÍBULA.Radiografia Dentária Digital: Sistema de imagem digital rápido, de baixa dose, que utiliza um pequeno sensor intraoral ao invés de filme radiográfico, uma tela para ampliação e um dispositivo de carga acoplado. Tem a possibilidade de reduzir a exposição do paciente e uma distorção mínima, embora a resolução e a latitude sejam inferiores a uma radiografia dentária padrão. Um receptor é colocado na boca, enviando sinais para um computador e a imagem do sinal vai para uma tela ou é impressa. Inclui um digitalizador de filme de raio x ou algum outro detector.Prótese Adesiva: Prótese comumente utilizada que resulta em uma restauração forte, permanente. Consiste de um retentor de metal fundido eletroliticamente cauterizado que é cimentado (ligado), utilizando resinas, aos dentes adjacentes cujo esmalte foi previamente tratado com ácido (cauterizado com ácido). Este tipo de ponte dentária é algumas vezes referido como ponte de Maryland.Silicatos: O termo genérico para os sais derivados da sílica ou do ácido silícico. Contêm silício, oxigênio e um ou mais metais, além de poderem conter hidrogênio. (Tradução livre do original: McGraw-Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 4th Ed)Radiografia Dentária: Técnicas radiográficas utilizadas em odontologia.Resinas AcrílicasFósseis: Restos, impressões ou traços de animais ou plantas de eras geológicas passadas que se mantêm preservados na crosta terrestre.Restauração Dentária Temporária: Prótese ou restauração colocada por um período limitado de dias a vários meses, que é feita para selar o dente e manter sua posição até que uma RESTAURAÇÃO DENTÁRIA PERMANENTE a substituirá. (Tradução livre do original: Jablonski, Dictionary of Dentistry, 1992)Propriedades de Superfície: Características ou atributos dos limites externos dos objetos, incluindo moléculas.Dente Suporte: Dentes naturais ou raizes dentárias utilizadas como ancoragem para uma dentadura fixa ou removível ou outras próteses (tal como um implante) servindo ao mesmo propósito.Resinas Epóxi: Resinas poliméricas derivadas de OXIRANOS e caracterizadas por força e propriedades termoestáveis. As resinas epóxi são usadas frequentemente como material dentário.Adaptação Marginal Dentária: Grau de aproximação ou ajuste do material de enchimento ou da prótese dentária à superfície de um dente. Uma adaptação marginal próxima e o selamento na interface são importantes no sucesso das restaurações dentárias.Fluorose Dentária: Forma endêmica e crônica de hipoplasia do esmalte dentário causada por ingestão de água com um conteúdo alto de flúor durante a época de formação dentária e caracterizada por calcificações defeituosas que dão uma aparência de giz branco ao esmalte, que passa gradualmente por uma descoloração para o marrom. (Tradução livre do original: Jablonski's Dictionary of Dentistry, 1992, p286)Dentaduras: Aparelho usado como artifício ou substituição protética para perda de dentes e tecidos adjacentes. Não inclui COROAS, DENTE SUPORTE nem DENTE ARTIFICIAL.Ácidos Fosfóricos: Derivados inorgânicos do ácido fosfórico (H3PO4). Note-se que os derivados orgânicos do ácido fosfórico estão listados sob ORGANOFOSFATOS.Dentina Secundária: Dentina formada por polpa normal, depois que a formação definitiva da raiz se completa.Cremes Dentais: Dentifrícios que são formulados como pasta. Caracteristicamente contêm abrasivos, UMECTANTES, DETERGENTES, AROMATIZANTES e CARIOSTÁTICOS.Hipoclorito de Sódio: É utilizado como agente oxidante, descolorante e desinfetante. (Tradução livre do original: From Grant & Hackh's Chemical Dictionary, 5th ed).Compostos de Cálcio: Compostos inorgânicos que contêm cálcio como parte integral da molécula.Periodontite: Inflamação e perda dos tecidos conjuntivos que envolvem e sustentam os dentes. Isto pode envolver qualquer parte do PERIODONTO. A periodontite é atualmente classificada pela progressão da doença (PERIODONTITE CRÔNICA, PERIODONTITE AGRESSIVA) ao invés de ser pela idade de início. (Tradução livre do original: 1999 International Workshop for a Classification of Periodontal Diseases and Conditions, American Academy of Periodontology)Fístula Dentária: Comunicação anormal na cavidade oral sobre a gengiva.Microscopia Eletrônica de Varredura: Microscopia em que o objeto é examinado diretamente por uma varredura de feixe de elétrons na amostra ponto-a-ponto. A imagem é construída por detecção de produtos de interação da amostra que são projetados acima do seu plano como elétrons dispersos no plano oposto. Embora a MICROSCOPIA ELETRÔNICA DE TRANSMISSÃO também varra ponto-a-ponto a amostra com o feixe de elétrons, a imagem é construída pela detecção de elétrons, ou de seus produtos de interação que são transmitidos através do plano da amostra, formando desta maneira, a MICROSCOPIA ELETRÔNICA DE TRANSMISSÃO.Bis-Fenol A-Glicidil Metacrilato: Produto da reação do bisfenol A e glicidil metacrilato que sofre polimerização quando exposto à luz ultravioleta ou misturado com um catalisador. É utilizado como fixador de implantes, como resina componente de selantes dentais e em materiais restaurativos.Dinossauros: Nome genérico de duas ordens extintas (era Mesozoica) de répteis: Saurischia e Ornithischia.Estatísticas não Paramétricas: Classe de métodos estatísticos aplicáveis a um grande grupo de distribuição de probabilidades utilizado para testes de correlação, localização, independência, etc. Na maioria dos testes não paramétricos, o escore original ou as observações são substituídas por outra variável contendo menos informação. Uma classe importante de testes utiliza informação sobre se uma observação está acima ou abaixo de algum valor fixado, tal como uma mediana, e uma terceira classe é baseada na frequência de ocorrência dos períodos no dado.Instrumentos Odontológicos: Ferramentas ou instrumentos mantidos à mão usados especialmente por profissionais odontológicos para o desempenho das tarefas clínicas.Assistência Odontológica: Totalidade de serviços odontológicos diagnósticos, preventivos e restauradores fornecidos de modo a satisfazer as necessidades de um paciente. (Tradução livre do original: Illustrated Dictionary of Dentistry, 1982).Testes de Atividade de Cárie Dentária: Testes diagnósticos conduzidos para medir o incremento da CÁRIE DENTÁRIA ativa durante um período de tempo.Perda da Inserção Periodontal: A perda ou destruição do tecido periodontal causada por periodontite ou outra doença periodontal destrutiva ou por trauma durante instrumentação. Inserção refere-se ao ligamento periodontal que se insere ao osso alveolar. Há uma hipótese de que o tratamento da doença periodontal subjacente e a disseminação das células do ligamento periodontal permitem a criação de novas inserções.Fluoretos Tópicos: Fluoretos, geralmente sob a forma de pasta ou gel, aplicados nos dentes para reduzir a incidência de CÁRIE DENTÁRIA.Aço Inoxidável: Aço inoxidável. Um aço contendo Ni, Cr ou ambos. Não escurece com a exposição e costuma ser utilizado em ambientes corrosivos.Amelogênese Imperfeita: Grupo de afecções hereditárias heterogêneas clínica e geneticamente caracterizado por ESMALTE DENTÁRIO malformado, geralmente envolvendo HIPOPLASIA DO ESMALTE DENTÁRIO e/ou DESMINERALIZAÇÃO DO DENTE.Ortodontia: Especialidade dentária que se ocupa da prevenção e correção de anormalidades dentárias e orais (maloclusão).Estresse Mecânico: Condição puramente física que existe em qualquer material devido à distensão ou deformação por forças externas ou por expansão térmica não uniforme. É expresso quantitativamente em termos de força por área unitária.Exposição da Polpa Dentária: O resultado de mudanças patológicas no tecido duro de um dente causadas por lesões relacionadas a cáries, fatores mecânicos ou trauma que deixam a polpa susceptível à invasão bacteriana a partir do ambiente externo.Apexificação: Procedimento endodôntico executado para induzir o desenvolvimento da barreira do ÁPICE DENTÁRIO. Os MATERIAIS RESTAURADORES DO CANAL RADICULAR são usados para reparar o ápice aberto ou a NECROSE DA POLPA DENTÁRIA em um dente imaturo. Usam-se comumente como material de preenchimento o HIDRÓXIDO DE CÁLCIO e o agregado trióxido mineral.Odontoma: Tumor misto, de origem odontogênica, no qual tanto as células epiteliais e mesenquimais exibem diferenciação completa, resultando na formação de estruturas dentárias.Dentifrícios: Quaisquer preparações usadas para higienização dental; geralmente contêm abrasivo, detergente, aglutinante e um agente flavorizante, podendo existir na forma de líquido, pasta ou pó; podem conter também medicamentos e preventivos contra cáries.Implantes Dentários: Materiais biocompatíveis colocados dentro (endosteal) da ou sobre (subperiósteo) a arcada osseodentária para sustentar uma coroa, uma ponte ou um dente artificial ou, ainda, para estabilizar um dente doente.Desgaste de Restauração Dentária: Desgaste oclusal das superfícies de restaurações e desgaste de superfícies de dentaduras.Cimento de Óxido de Zinco e Eugenol: Usado como um cimento dentário, isto é, principalmente um cimento de óxido de zinco (com endurecedores e aceleradores) e eugenol. (Tradução livre do original: Boucher's Clinical Dental Terminology, 4th ed, p50)Permeabilidade do Esmalte Dentário: Propriedade do esmalte dentário que permite a passagem de luz, calor, gases, líquidos, metabólitos, íons minerais e outras substâncias. Não inclui a penetração de micro-organismos.Resistência ao Cisalhamento: Resistência interna de um material para mover algumas de suas partes paralelas a um plano fixo, em contraste ao estiramento (RESISTÊNCIA À TRAÇÃO) ou compressão (FORÇA COMPRESSIVA). Os cristais iônicos são frágeis pois, quando submetidos a um cisalhamento, os íons de mesma carga são trazidos próximos entre si, causando a repulsão.Microtomografia por Raio-X: TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA POR RAIOS X com resolução em micrômetros.Solubilidade do Esmalte Dentário: Susceptibilidade do ESMALTE DENTÁRIO à dissolução.Capeamento da Polpa Dentária: Aplicação de um agente protetor a uma polpa exposta (capeamento direto) ou à fina camada de dentina remanescente sobre uma polpa quase exposta (capeamento indireto) para permitir à polpa recuperar e manter sua vitalidade e função normais.Teste da Polpa Dentária: Investigações realizadas sobre a saúde física dos dentes que envolve a utilização de uma ferramenta que transmite corrente elétrica quente ou fria na superfície de um dente e que podem determinar problemas com esse dente dependendo das reações às correntes.Prótese Dentária Fixada por Implante: Prótese que obtém seu suporte, estabilidade e retenção de uma estrutura que é implantada abaixo dos tecidos moles do alicerce basal do dispositivo e está em contato com o osso.Receptor Edar: Subtipo de receptor da ectodisplasina específico para a ECTODISPLASINA 1. Sinaliza por uma proteína adaptadora de sinalização específica, a PROTEÍNA DE DOMÍNIO DE MORTE ASSOCIADA A EDAR. A perda da função do receptor edar está associada com a displasia ectodérmica anidrótica autossômica recessiva e a DISPLASIA ECTODÉRMICA ANIDRÓTICA TIPO 3.Fluoretos: Sais inorgânicos do ácido fluorídrico, HF, onde o átomo de flúor apresenta número de oxidação igual a -1. Sais de sódio e sais estanosos são comumente utilizados em dentifrícios.Mesoderma: A camada germinativa média de um embrião que deriva de três agregados mesenquimais pareados ao longo do tubo neural.Suscetibilidade à Cárie Dentária: Predisposição à CÁRIE DENTÁRIA.Streptococcus mutans: Espécie de STREPTOCOCCUS produtora de polissacarídeos que é isolada da placa dentária humana.Prótese Total: Dentadura substituindo todos os dentes naturais e estruturas associadas no maxilar e mandíbula.Dentição Mista: O complemento dos dentes no maxilar e mandíbula após a erupção de alguns dos dentes permanentes, mas antes de todos os dentes decíduos estarem ausentes.Metacrilatos: Ácido acrílico ou acrilatos que são substituídos na posição C-2 por um grupo metil.Apicectomia: Excisão da porção apical de um dente através de uma abertura feita no osso alveolar labial, bucal ou palatal sobrejacente. (Dorland, 28a ed)Líquido do Sulco Gengival: Líquido encontrado em quantidade minúsculas no sulco gengival, acreditado por alguns estudiosos, ser um exsudato inflamatório e, por outros, por promover limpeza do sulco, contendo proteínas plasmáticas viscosas que promovem aumento na adesão de fixação epitelial, apresentando propriedades antimicrobianas e exercendo atividade de anticorpos. (Tradução livre do original: Jablonski, Illustrated Dictionary of Dentistry, 1982)Receptores da Ectodisplasina: Membros da família de receptor TNF específicos para a ECTODISPLASINA. Há pelo menos dois subtipos de receptor para a ectodisplasina sendo específico para cada isoforma. A sinalização através de receptores da ectodisplasina desempenha um papel essencial no desenvolvimento ectodérmico normal. Os defeitos genéticos que resultam em perda da função do receptor da ectodisplasina acarreta a DISPLASIA ECTODÉRMICA.Dureza: Propriedade mecânica de um material que determina sua resistência à força. TESTES DE DUREZA medem esta propriedade.Abscesso Periapical: Inflamação aguda ou crônica dos tecidos que rodeiam a parte apical de um dente, associada com uma coleção de pus, que resulta da infecção subsequente à infecção da polpa devida a uma cárie ou como resultado de uma lesão que causa necrose da polpa. (Dorland, 28a ed)Pigmentação em Prótese: Pigmentação, sombreamento ou tingimento de componentes, dispositivos e materiais protéticos.Doenças da GengivaFluoretação: Adição de flúor à água para prevenir a incidência de cárie dentária.Doenças da Polpa Dentária: Doenças endodônticas da POLPA DENTÁRIA (dentro do dente), diferente das DOENÇAS PERIAPICAIS do tecido que circunda a raiz.Saliva: Líquido viscoso e claro, secretado pelas GLÂNDULAS SALIVARES e glândulas mucosas da boca. Contém MUCINAS, água, sais orgânicos e ptialina.Hemorragia Gengival: Fluxo de sangue da área gengival marginal, particularmente o sulco, observado em afecções como GENGIVITE, PERIODONTITE marginal, lesão e DEFICIÊNCIA DE ÁCIDO ASCÓRBICO.Antropologia Forense: Estudo científico de restos do esqueleto humano com o propósito explícito de identificação. Este inclui o estabelecimento da identidade individual, análise do trauma, reconstrução facial, superposição fotográfica, determinação do tempo de intervalo desde a morte e reconstrução da cena do crime. Os antropologistas forenses não certificam a causa da morte, mas fornecem dados para auxiliar na determinação da causa provável. Esta é um ramo do campo da antropologia física e indivíduos qualificados são certificados pela American Board of Forensic Anthropology.

*  Papo de Matheus » Tudo sobre a minha cirurgia de remoção dos sisos

... como se o médico estivesse cavando o meu dente mesmo. E, no finalzinho de tudo, ainda fiquei com a respiração pela boca um ... achando que pudesse ter engolido algum objeto ou até mesmo algum dente, mas o médico me acalmou e disse que estava tudo bem. ...
papodematheus.com/tudo-sobre-a-minha-cirurgia-de-remocao-dos-sisos/

*  DOR DE DENTE = PROBLEMAS NO CORPO! - estrategiaeexcelencia

... www.curapelanatureza.com.br/post/12/2016/cada-dente-e-ligado-um-orgao-dor-de-dente-pode-revelar-problemas-nos-orgaos-do-corpo ... Você sabia que uma dorzinha de dente pode ser sinal de problemas em um órgão que nada tem a ver com a região da boca? Os dentes ... Se um dente tem um processo inflamatório crônico, uma restauração desencadeadora de reatividade, uma doença periodontal ou ... qualquer outro problema que a pessoa considera inofensivo, esse dente pode ser a causa escondida de uma dor ou disfunção ...
estrategiaeexcelencia.blogs.sapo.pt/dor-de-dente-problemas-no-corpo-746850

*  Confira 8 dicas para amenizar a sensibilidade nos dentes - Hapvida Planos de Saúde

A sensibilidade nos dentes ocorre quando o esmalte protetor do dente se torna mais fino, dessa forma reduz a proteção que o ... esmalte e a gengiva fornece ao dente e a raiz.. Se a ingestão de alimentos e bebidas quentes, frias, doces ou muito ácidas faz ...
hapvidaplanosdesaude.com.br/blog/confira-8-dicas-para-amenizar-a-sensibilidade-nos-dentes/

*  Dente Tritone ( placa c/6 anteriores ou 8 posteriores ) R$ 11.8 - DENTAL SHALON

Dente Tritone ( placa c/6 anteriores ou 8 posteriores ). Copie e cole o código em seu site para mostrar um link como a imagem à ... Dente Tritone ( placa c/6 anteriores ou 8 posteriores ). * Preço:. R$ 11,80 ... Para melhor adesão dos dentes ao polímero da base da prótese, tirar o brilho da base do dente com uma lixa ou pedra abrasiva. ... As matrizes do dente Tritone são confeccionadas com uma escala de centésimos de milímetros, garantindo precisão total na ...
dentalshalon.mercadoshops.com.br/dente-tritone-placa-c6-anteriores-ou-posteriores--36xJM

*  Clareamento Dental

... sem muitas restaurações recobrindo o dente como um todo. ...
clinicamasuda.com.br/site/clareamento_dental

*  Mitos e verdades sobre o dente siso | BH Mulher

Extração tardia do dente siso traz complicações à saúde. Dicas para ter uma saúde bucal em dia. O aparelho invisível que faz a ... 5. O dente siso precisa ser retirado na adolescência?. Depende. Caso seja indicada a extração do siso, o ideal é extraí-lo na ... Devido à fama de ser problemático, o dente siso possui estigmas e é motivo de apreensão. Abaixo, o especialista esclarece as ... Mitos e verdades sobre o dente siso. Especialista conta que nem todo mundo precisa retirar os sisos ...
bhmulher.com.br/mitos-e-verdades-sobre-o-dente-siso/

*  Limpeza dos dentes de seu bebê - Dicas pra Mamãe

A escova entra em ação a partir do nascimento completo do primeiro dente. Caso só a ponta esteja para fora da gengiva, continue ... Caso atrase e a criança complete 1 ano sem que tenha nascido nenhum dente, é indicado procurar um odontopediatra para fazer uma ... Para isso, compre uma escova de dente extra com um personagem de que ele goste. Torne o momento da higienização bucal prazerosa ... 6. O que fazer para amenizar os incômodos de quando o dente desponta? ...
dicaspramamae.com/2012/03/limpeza-dos-dentes-de-seu-bebe.html

*  Cirurgia - CS Odontologia

Hoje esse dente perdeu sua função e também espaço na boca, portanto, geralmente ele não tem posição para nascer e fica preso ... O procedimento é necessário quando há uma inflamação no ápice da raiz do dente, tendo que abrir uma "janela" próximo à área ... Há casos em que o dente se quebra e uma borda permanece abaixo da linha da gengiva. Para realizar a restauração é preciso ... Para realizar uma restauração de forma satisfatória é necessário estar com todas as bordas do dente visíveis para colar o ...
csodontologia.com/cirurgia

*  Mitos e verdades sobre o dente do siso | Guaruevoce

"Quando tiramos um dente do siso, o dente antagonista, o oposto ao que foi retirado, deixa de ter função na mastigação, por isso ... Qualquer dente só corre esse risco quando exposto ao meio bucal, ou seja, quando a gengiva não o cobre mais totalmente. O que ... Mitos e verdades sobre o dente do siso. Posted on Março 2, 2016 by Edson Melo Edsonplus in Saúde // 0 Comments ... "A extração só é recomendada se o dentista verificar que existe a possibilidade de o dente causar algum tipo de problema. ...
guaruevoce.com.br/mitos-e-verdades-sobre-o-dente-do-siso/

*  A coisa está feia por aqui! - Sobre Viver em Sinop

Não era dor de dente, era dor nos dentes, também não era neuvralgia. Era dor nos dentes! ... pé inchado e muuuuita dor no Dente. ... pé inchado e muuuuita dor no Dente. ...
sobreviveremsinop.com.br/2010/09/coisa-esta-feia-por-aqui.html

*  Dente hipoplásico de Turner - Wikipedia

Os tecidos inflamados ao redor da raiz do dente (chamado de inflamação periapical), afetam o desenvolvimento do dente ... Dente hipoplásico de Turner é uma anormalidade encontrada em dentes. Sua aparência é variável, embora geralmente se manifeste ... Os dentes mais afetados por essa causa é o dente canino. A aparência da anormalidade irá depender da gravidade da infecção e ... Se é encontrada na parte da frente (anterior), a causa mais provável é uma lesão traumática em um dente primário. Geralmente ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Dente_hipoplásico_de_Turner

*  Dente do siso: Vilão ou Mocinho? - Paranashop

InícioVida e SaúdeDente do siso: Vilão ou Mocinho?. Dente do siso: Vilão ou Mocinho?. 12/09/2017 Redação do Paranashop Vida e ... Por muitos anos o terceiro molar, mais conhecido como "dente do siso" ou "dente do juizo", era extraído sem motivo aparente. ... "Por ser o último dente a nascer, em pessoas nas faixa dos 16 e 20 anos, normalmente não há espaçamento suficiente na boca para ... Em casos extremos, o dente do siso pode ocasionar uma infecção grave, alojando bactérias na boca e atingindo outras regiões do ...
paranashop.com.br/2017/09/dente-do-siso-vilao-ou-mocinho/

*  Dente permanente - Wikipedia

... é precedido pela queda de nenhum dente decíduo, uma vez que irrompe num espaço onde não havia dente algum. O segundo dente ... Dente permanente é a denominação dada ao dente que sucede a dentição decídua (ou dentes de leite). Um ser humano adulto possui ... É consenso que esse é um dente com tendência a desaparecer com a evolução do ser humano. Normalmente quando um dente do siso dá ... São muito maiores que qualquer dente decíduo e não podem fazer a sua entrada antes que o desenvolvimento da mandíbula atinja um ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Dente_permanente

*  Dentes natais relato de caso clínico - PDF

ACHADOS CLÍNICOS E RADIOGRÁFICOS DE DENTE SUPRANUMERÁRIO ACHADOS CLÍNICOS E RADIOGRÁFICOS DE DENTE SUPRANUMERÁRIO NA REGIÃO ... Dente neonatal: relato de caso clínico. Rev. Inst. Ciências da Saúde.2008;26(1): Campos-Muñoz L Quesada-Cortés A, Corral- De La ... Dente natal: fator de risco para o desenvolvimento de cárie em bebês.rev Paul Pediatria.2001;19(4): Sabás M, Pascual DM, ... Ortodontista: Qualquer desvio de posição do dente em relação ao normal MÁ-OCLUSÃO Ortodontista: Qualquer desvio de posição do ...
docplayer.com.br/2477593-Dentes-natais-relato-de-caso-clinico.html

*  Mãe aos 17: Cuidados com os dentes do Bebê

Então eu fiz a troca da escova por uma escova própria para bebês de 4 meses a 2 anos e também comprei uma pasta de dente sem ...
maeaos17a.blogspot.com/2013/06/cuidados-com-os-dentes-do-bebe.html

*  Clareamento Dental | Afinitá

... não conseguem remover pigmentos das camadas mais profundas do dente. ...
afinita.com.br/tratamento/clareamento-dental/

*  Essênciia Feminina: Brilhante no dente, era uma vez....

... é feita uma preparação da superfície do dente com um material que aumenta a adesão do brilhante ao dente e é aplicada uma ... A escovagem deverá ser feita, com a mesma força e intensidade que em qualquer outro dente.. Qual a duração de um piercing ... ola eu estava a pensar por um brilhante no dente mas keria saber s n havia nenhuma consequencia depois de o por obrigada pelas ... Eu ando maluca por colocar um brilhantezinho no dente como o seu kkk' Já usei aparelho durante 2 anos e fiquei com um sorriso ...
essenciiafeminina.blogspot.com/2011/01/brilhante-no-dente.html

*  Jornalista Denise Machado: Dentes sensíveis no verão

... oclusão de uso de pastas de dente muito abrasivas, escovas de dente com cerdas muito duras, fazendo força excessiva no momento ... O dente é formado por vários tecidos, entre eles a dentina, estrutura dura e sensível rica em poros microscópicos e, por isso ... Como todo dente sensível possui algum grau de inflamação na polpa é importante que seja evitada a sobrecarga de estímulos como ... Como a raiz não está coberta pelo esmalte, milhares de canalículos que vão do centro do dente e levam o feixe nervoso da polpa ...
jornalistadenisemachado.blogspot.com/2011/12/dentes-sensiveis-no-verao.html

*  Anatomia dental - Wikipedia

Cementoblastos formar o cemento de um dente. Osteoblastos dão seu lugar no osso alveolar a raízes dos dentes. Fibroblastos ... que determinam a forma da raiz do dente. A papila dental contém células que se desenvolvem-se em odontoblastos, que são células ... é difícil decidir o estádio devido o aparecimento de diferentes variáveis histológicas de secções do mesmo dente, que podem ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Anatomia_dental

*  Mãe aos 17: Junho 2013

Então eu fiz a troca da escova por uma escova própria para bebês de 4 meses a 2 anos e também comprei uma pasta de dente sem ...
maeaos17a.blogspot.com/2013/06/

*  Dentes extranumerários - Wikipedia

... à um dente molar chama-se paramolar. Um único dente extranumerário é muito freqüente na dentição permanente, mas dentes ... Um dente supranumerário na região de incisivo central superior chama-se mesiodente, os que estão localizados após os terceiros ... superiores.Estes elementos também podem estar posicionados de uma forma que venha a impedir a erupção normal de um dente Nem ... "alterações de número". Qualquer dente que exceda o número normal de dentes é denominado extranumerário. Na dentição permanente ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Dentes_extranumerários

*  Dente - Wikipedia

Em um dente já formado, o resultado é uma dobra de tecido duro recoberta por esmalte localizada no interior do dente. A forma ... Dens in dente é consequência de uma invaginação da superfície externa do dente. Isso pode ocorrer tanto na coroa quanto na raiz ... A morfologia do dente pode ser normal ou anormal. Quando esse dente tem forma normal, o termo supranumerário é, algumas vezes, ... A completa geminação resulta em um dente normal e um dente supranumerário no arco. A causa é desconhecida, mas existe alguma ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Dente

*  Carniceiro (dente) - Wikipedia

O dente carniceiro é um molar ou pré-molar modificado encontrado em mamíferos carnívoros, utilizados para rasgar carne e ... Dente». Aulete. Consultado em 12 de julho de 2011 ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Carniceiro_(dente)

*  Canino (dente) - Wikipedia

O canino é um dente pontiagudo, implantado entre os incisivos e os pré-molares, um dos tipos dentários que compõem a arcada ... Canino (dente)». Wikipédia, a enciclopédia livre. 14 de novembro de 2016 «Pré-molar». Wikipédia, a enciclopédia livre. 28 de ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Canino_(dente)

*  Al dente - Wikipedia

A denominação prove/provem do italiano, no que a expressão significa precisamente ao dente. Pode aplicar-se por extensão às ... Em gastronomia denomina-se al dente ao estado de cozimento da massa (e ocasionalmente do arroz) que, estando cozida, oferece ... Por qué cocinar la pasta "al dente"?» ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Al_dente

DenteHiperdontia: A prevalênncia de dentes supranumerários em caucasianos está entre 1% e 3%, com uma taxa levemente aumentada em populações asiáticas. Aproximadamente entre 76% e 86% de casos apresentam hiperdontia de um único dente, com dois dentes supranumerários vistos em menos de 1% dos casos.TaurodontismoCementoPolpa dentáriaCárie dentáriaHipodontia: Hipodontia ou agenesia dental é a terminologia usada para caracterizar a concentração diminuída de dentes na arcada dentária, tanto na sua fase decídua quanto na fase permanente.Ligamento periodontalAmelogênese: Amelogênese é o processo de formação do esmalte dentário.Radiografia panorâmicaFragilidade: A fragilidade é a qualidade dos objetos e materiais de perder seu estado original com facilidade. Ainda que tecnicamente a fragilidade se defina mais propriamente como a capacidade de um material de fraturar-se com pouca deformação.PulpiteMastigação: A mastigação é sem dúvida a função mais importante do sistema estomatognático, sendo a fase inicial do processo digestivo, que se inicia na boca. Entende-se por mastigação o conjunto de fenômenos estomatognáticos que visa a degradação mecânica dos alimentos, isto é, a trituração e moagem dos alimentos, degradando-os em partículas pequenas que, logo após, ligam-se entre si pela ação misturadora da saliva, obtendo o bolo alimentar, apto para ser deglutido.Cimento Portland Branco: O Cimento Portland Branco é um aglomerante hidráulico constituído de clínquer Portland branco, uma ou mais formas de sulfato de cálcio, se diferencia por coloração, e está classificada em dois subtipos: estrutural e não estrutural.Eletrodoméstico: Os Eletrodomésticos são aparelhos eléctricos usados para facilitar várias tarefas domésticas, tais como cozinhar e conservar os alimentos, limpar a casa, tratar da roupa, no banheiro e nos cuidados de beleza e também como formas de entretenimento.Placa bacteriana: Em odontologia, a placa bacteriana, ou biofilme, também referida como placa dental, é o acúmulo de bactérias da flora/ microbiota bucal sobre a superfície dos dentes e que é o fator determinante para que ocorra a cárie e a doença periodontal.


dentes


  • A sensibilidade nos dentes ocorre quando o esmalte protetor do dente se torna mais fino, dessa forma reduz a proteção que o esmalte e a gengiva fornece ao dente e a raiz. (hapvidaplanosdesaude.com.br)
  • Qualquer pessoa adulta pode realizar o Clareamento Dental, desde que os dentes estejam íntegros, sem muitas restaurações recobrindo o dente como um todo. (clinicamasuda.com.br)
  • A raiz do dente de leite é totalmente desenvolvida, quando o dente já está na boca, a mastigação é que estimula a erupção dos dentes e o término do desenvolvimento da raiz. (wikipedia.org)
  • A raiz do dente de leite, é uma guia para o nascimento dos dentes permanentes. (wikipedia.org)
  • Os outros dentes permanente, no total de 8, que não possuem os antecessores de leite, são os molares permanentes, eles também possuem o saco dentário, ou folículo dentário onde se realiza o desenvolvimento do dente - a odontogênese. (wikipedia.org)
  • Dente hipoplásico de Turner é uma anormalidade encontrada em dentes. (wikipedia.org)
  • Ao contrário de outras anomalias que afetam um vasto número de dentes, esta anormalidade geralmente afeta apenas um dente na boca. (wikipedia.org)
  • Os dentes mais afetados por essa causa é o dente canino. (wikipedia.org)
  • Dente permanente é a denominação dada ao dente que sucede a dentição decídua (ou dentes de leite). (wikipedia.org)
  • Qualquer dente que exceda o número normal de dentes é denominado extranumerário. (wikipedia.org)
  • Ocorrem com muita freqüência na região de incisivos superiores.Estes elementos também podem estar posicionados de uma forma que venha a impedir a erupção normal de um dente Nem sempre estes dentes supranumerários erupcionam (nascem) no arco, isto irá depender do grau de espaço disponível na arcada. (wikipedia.org)
  • Um único dente extranumerário é muito freqüente na dentição permanente, mas dentes supranumerários múltiplos também podem ocorrer, podendo estar relacionados com a presença de síndromes. (wikipedia.org)

raiz


  • A raiz vai desenvolvendo, o saco dentário dá origem ao periodonto de sustentação e o dente vai erupcionando ao mesmo tempo em que se forma o osso alveolar, o osso alveolar existirá apenas se houver formação de dente. (wikipedia.org)
  • com o estímulo da mastigação, o processo de desenvolvimento do dente permanente é igual ao de leite, quando inicia-se a formação da raiz, o dente de leite fica mole, porque o permanente vai nascendo, reabsorve a raiz do dente de leite ( é por esse motivo que o dente de leite fica mole, a sua raiz vai sendo reabsorvida quando o dente permanente inicia o seu processo de crescimento). (wikipedia.org)
  • As pessoas acham que o dente de leite não possui raiz, mas tem. (wikipedia.org)
  • Então com a queda do dente de leite, o permanente já está com sua coroa totalmente formada, não há mais o saco dentário, e a raiz vai terminando a sua formação, através do estímulo da mastigação. (wikipedia.org)
  • Os tecidos inflamados ao redor da raiz do dente (chamado de inflamação periapical), afetam o desenvolvimento do dente permanente. (wikipedia.org)
  • O crescimento das células cervicais em tecidos mais profundos formam a bainha radicular, que determinam a forma da raiz do dente. (wikipedia.org)

esmalte


  • A dentição decídua (de leite) é formada na gestação, durante a fase embrionária do ser humano: o germe dental está dentro do "saco dentário",( na mandíbula e maxila) espécia de uma bolsa embrionário do dente, onde começa primeiro a formação do esmalte do dente, e já podemos ver o contorno da coroa do dente. (wikipedia.org)

qualquer


  • Se um dente tem um processo inflamatório crônico, uma restauração desencadeadora de reatividade, uma doença periodontal ou qualquer outro problema que a pessoa considera inofensivo, esse dente pode ser a causa escondida de uma dor ou disfunção crônica no órgão com o qual está conectado através dos meridianos. (sapo.pt)
  • São muito maiores que qualquer dente decíduo e não podem fazer a sua entrada antes que o desenvolvimento da mandíbula atinja um estágio que permita suficiente espaço. (wikipedia.org)

desenvolvimento


  • A divisão do desenvolvimento dentário é uma tentativa de categorizar as mudanças que ocorrem, porém, é difícil decidir o estádio devido o aparecimento de diferentes variáveis histológicas de secções do mesmo dente, que podem parecem ser de diferentes fases. (wikipedia.org)

pessoas


  • Por ser o último dente a nascer, em pessoas nas faixa dos 16 e 20 anos, normalmente não há espaçamento suficiente na boca para acomodá-lo", comenta a dentista e consultora de higiene bucal da Condor, Érika Vassolér. (paranashop.com.br)

pode


  • Você sabia que uma dorzinha de dente pode ser sinal de problemas em um órgão que nada tem a ver com a região da boca? (sapo.pt)
  • A demora na retirada do dente do siso pode provocar ainda uma inflamação moderada nos tecidos moles circundantes, chamada infecção pericoronária. (paranashop.com.br)
  • Em casos extremos, o dente do siso pode ocasionar uma infecção grave, alojando bactérias na boca e atingindo outras regiões do corpo. (paranashop.com.br)

siso


  • Dente do siso: Vilão ou Mocinho? (paranashop.com.br)
  • Início Vida e Saúde Dente do siso: Vilão ou Mocinho? (paranashop.com.br)
  • Por muitos anos o terceiro molar, mais conhecido como "dente do siso" ou "dente do juizo", era extraído sem motivo aparente. (paranashop.com.br)
  • Normalmente quando um dente do siso dá problemas, o cirurgião-dentista não hesitará em extraí-lo. (wikipedia.org)

queda


  • É um dente que escapa por vezes a ser notado porque não é precedido pela queda de nenhum dente decíduo, uma vez que irrompe num espaço onde não havia dente algum. (wikipedia.org)

gengiva


  • Por isso, é preciso ficar atento aos sinais de alerta: fortes dores na face próximo a mandíbula, inflamação ou inchaço na gengiva, dor de dente aguda, mau-hálito (halitose) e limitação ao abrir a boca. (paranashop.com.br)

molar


  • Um dente supranumerário na região de incisivo central superior chama-se mesiodente, os que estão localizados após os terceiros molares (sisos) chamam-se quarto molar ou distomolar.Um dente supranumerário na região posterior situado paralelamente à um dente molar chama-se paramolar. (wikipedia.org)

permanente


  • Se, o dente de leite (decíduo)não se desenvolver, o dente permanente também não se desenvolverá (Agenesia). (wikipedia.org)
  • O segundo dente permanente a tomar o seu lugar na arcada é o incisivo central inferior, que aparece quando a criança tem entre os 6 e 7 anos de idade. (wikipedia.org)

boca


  • Em situações mais complexas, como dente mal posicionado, por exemplo, é preciso realizar o procedimento em hospitais com anestesia geral, já que existe uma proximidade com nervos da boca ou àreas de risco. (paranashop.com.br)

causa


  • Se é encontrada na parte da frente (anterior), a causa mais provável é uma lesão traumática em um dente primário. (wikipedia.org)