Decídua: Camada glandular do ENDOMÉTRIO, que responde aos hormônios e que se desprende a cada fluxo menstrual (decidua menstrualis) ou no final da gravidez. Durante a gravidez, a parte mais espessa da decídua forma a porção materna da PLACENTA (decidua placentalis). A porção delgada da decídua que envolve o resto do embrião é a decidua capsularis.Gravidez: Estado durante o qual os mamíferos fêmeas carregam seus filhotes em desenvolvimento (EMBRIÃO ou FETO) no útero (antes de nascer) começando da FERTILIZAÇÃO ao NASCIMENTO.Trofoblastos: Células que revestem a parte externa do BLASTOCISTO. Depois que os trofoblastos se ligam ao ENDOMÉTRIO, desenvolvem duas camadas distintas: uma camada interna (citotrofoblastos mononucleares) e outra externa (citoplasma multinuclear contínuo, os sinciciotrofoblastos) que forma a interface inicial entre o feto e a mãe (PLACENTA).Placenta: Órgão materno-fetal de mamíferos, altamente vascularizado, sendo o principal local de transporte de oxigênio, nutrientes e resíduos fetais. Na placenta há uma porção fetal (VILOSIDADES CORIÔNICAS, provenientes dos TROFOBLASTOS) e uma porção materna (DECÍDUA, proveniente do ENDOMÉTRIO uterino). A placenta produz uma série de hormônios esteroides, proteicos e peptídicos (HORMÔNIOS PLACENTÁRIOS).Membranas Extraembrionárias: Camadas finas de tecido que envolvem o embrião em desenvolvimento. Há quatro membranas extraembrionárias, geralmente encontradas em VERTEBRADOS, como RÉPTEIS, AVES e MAMÍFEROS. São: SACO VITELINO, ALANTOIDE, ÂMNIO e CÓRION. Estas membranas oferecem proteção e meios para o transporte de nutrientes e resíduos.Primeiro Trimestre da Gravidez: Primeira terça parte da GRAVIDEZ humana, a partir do primeiro dia do último período menstrual normal (MENSTRUAÇÃO) até completar as 14 semanas (98 dias) de gestação.Placentação: Desenvolvimento da PLACENTA, órgão materno-fetal de mamífero, altamente vascularizado e principal local de transporte de oxigênio, nutrientes e produtos residuais fetais entre a mãe e o FETO. O processo começa na FERTILIZAÇÃO, com o desenvolvimento dos CITOTROFOBLASTOS e SINCICIOTROFOBLASTOS, formação das VILOSIDADES CORIÔNICAS ao aumento progressivo dos VASOS SANGUÍNEOS para sustentar o feto em crescimento.Útero: Órgão muscular oco (de paredes espessas), na pelve feminina. Constituído pelo fundo (corpo), local de IMPLANTAÇÃO DO EMBRIÃO e DESENVOLVIMENTO FETAL. Além do istmo (na extremidade perineal do fundo), encontra-se o COLO DO ÚTERO (pescoço), que se abre para a VAGINA. Além dos istmos (na extremidade abdominal superior do fundo), encontram-se as TUBAS UTERINAS.Vilosidades Coriônicas: Projeções filamentosas e vasculares do cório. Podem estar livres ou incluídas no interior da DECÍDUA, formando o local (site) para troca de substâncias entre os sangues fetal e materno (PLACENTA).Córion: Membrana extraembrionária mais externa que envolve o embrião em desenvolvimento. Nos RÉPTEIS e AVES, está aderida à casca e permite as trocas gasosas entre o ovo e seu ambiente. Nos MAMÍFEROS o córion evolui para a contribuição fetal da PLACENTA.Endométrio: Membrana mucosa que reveste a cavidade uterina (responsável hormonalmente) durante o CICLO MENSTRUAL e GRAVIDEZ. O endométrio sofre transformações cíclicas que caracterizam a MENSTRUAÇÃO. Após FERTILIZAÇÃO bem sucedida, serve para sustentar o desenvolvimento do embrião.Implantação do Embrião: Implantação endometrial do EMBRIÃO DE MAMÍFEROS no estágio de BLASTOCISTO.Âmnio: Saco membranoso mais interno que envolve e protege o embrião em desenvolvimento, banhado pelo LÍQUIDO AMNIÓTICO. As células amnióticas são CÉLULAS EPITELIAIS secretoras e contribuem para o líquido amniótico.Gravidez Tubária: Tipo mais comum (mais de 96 por cento) de gravidez ectópica na qual a IMPLANTAÇÃO DO EMBRIÃO extrauterina ocorre nas TUBAS UTERINAS, normalmente na região ampular onde ocorre a FERTILIZAÇÃO.Glândula Metrial: Coleção de células epiteliais granulares localizadas no músculo uterino abaixo da placenta. Desenvolvem-se durante a gravidez em certas espécies de animais.Trabalho de Parto: Contração uterina repetitiva durante o parto, associada com a dilatação progressiva do COLO DO ÚTERO. Um trabalho de parto bem sucedido resulta na expulsão do FETO e PLACENTA. O trabalho de parto pode ser espontâneo ou induzido (TRABALHO DE PARTO INDUZIDO).Aborto Espontâneo: Expulsão do produto da concepção antes que se complete a vigésima (20a) semana de gestação, sem interferência deliberada.Proteínas da Gravidez: Proteínas produzidas por órgãos da mãe ou da PLACENTA durante a GRAVIDEZ. Estas proteínas podem ser específicas da gravidez (presentes apenas durante a gravidez) ou associadas à gravidez (presentes durante a gravidez ou sob outras situações, como terapia hormonal ou certas doenças malignas).Hormônio Liberador de Prolactina: Hormônio hipotalâmico sintetizado como uma proteína precursora que é clivada em dois peptídeos. Além de estimular a liberação de PROLACTINA, os peptídeos se ligam a RECEPTORES ACOPLADOS A PROTEÍNA G específicos localizados no ENCÉFALO.Terceiro Trimestre da Gravidez: Último terço da GRAVIDEZ humana [que vai] do início da 29a até a 42a semana completa (197 a 294 dias) de gestação.Pseudogravidez: Estado acíclico que se assemelha a GRAVIDEZ, no qual não há ciclo ovariano, CICLO ESTRAL ou CICLO MENSTRUAL. Diferentemente da gravidez, não há IMPLANTAÇÃO DO EMBRIÃO. A pseudogravidez pode ser induzida experimentalmente para formar DECIDUOMA no ÚTERO.Prenhez: Processo de carregar um ser em desenvolvimento (EMBRIÃO ou FETO) no útero de mamíferos não humanos começando da FERTILIZAÇÃO ao NASCIMENTO.Reabsorção do Feto: Desintegração e assimilação do FETO morto (no ÚTERO) em qualquer estágio depois de completar a organogênese (após a 9a. semana de gestação, em humanos). Reabsorção do feto não inclui a reabsorção do embrião (v. PERDA DO EMBRIÃO).Idade Gestacional: A duração da gestação é medida a partir do primeiro dia do último período menstrual normal. A idade gestacional é expressa em dias ou semanas completas (por ex.: eventos que ocorrem de 280 a 286 dias após o início do último período menstrual normal são considerados como ocorridos na marca de 40 semanas de gestação). A idade gestacional é frequentemente uma fonte de confusão quando os cálculos são baseados em datas menstruais. Para os propósitos de cálculos da idade gestacional a partir da data do primeiro dia do último período menstrual normal e a data do parto, deve-se ter em mente que o primeiro dia é zero e não o dia um; os dias 0-6 correspondem então à "semana zero completa", os dias 7-13 à "semana completa um", e a quadragésima semana da gravidez atual é sinônimo de "semana completa 39". Quando a data do último período menstrual normal não é disponível, a idade gestacional deve ser baseada na melhor estimativa clínica. Para evitar confusão, as tabulações devem indicar tanto semanas quanto dias. (CID-10, vol.2, 8a ed., rev. e ampl. 2008)Início do Trabalho de Parto: Início do verdadeiro TRABALHO DE PARTO é caraterizado pelas contrações uterinas cíclicas de frequência, duração e força crescentes, causando de início a DILATAÇÃO DO COLO (PRIMEIRA FASE DO TRABALHO DE PARTO).Imuno-Histoquímica: Localização histoquímica de substâncias imunorreativas utilizando anticorpos marcados como reagentes.Antígenos CD56: Isoforma de NCAM (molécula de adesão de célula neural) de140 kDa, contendo um domínio de transmembrana e cauda citoplasmática curta. É expresso por todos os linfócitos mediadores de citotoxicidade não restrita ao MHC e está presente em alguns tecidos neuronais e tumores.Ciclo Menstrual: Período, em mulher ou fêmea primata com ovulação, que vai desde o início até a próxima hemorragia menstrual (MENSTRUAÇÃO). Este ciclo é regulado por interações endócrinas entre HIPOTÁLAMO, HIPÓFISE, ovários e trato genital. O ciclo menstrual é dividido pela OVULAÇÃO em duas fases. Com base no status endócrino do OVÁRIO, há a FASE FOLICULAR e a FASE LÚTEA, e baseando-se na resposta do ENDOMÉTRIO, o ciclo menstrual pode ser dividido nas fases proliferativa e secretória.Subunidade alfa de Receptor de Interleucina-11: Subunidade receptora da interleucina-11 de baixa afinidade que combina com o RECEPTOR GP130 DE CITOCINA para formar um receptor de alta afinidade para a INTERLEUCINA-11. As múltiplas isoformas desta proteína são devidas ao PROCESSAMENTO ALTERNATIVO de seu MRNA.RNA Mensageiro: Sequências de RNA que servem como modelo para a síntese proteica. RNAm bacterianos são geralmente transcritos primários pelo fato de não requererem processamento pós-transcricional. O RNAm eucariótico é sintetizado no núcleo e necessita ser transportado para o citoplasma para a tradução. A maior parte dos RNAm eucarióticos têm uma sequência de ácido poliadenílico na extremidade 3', denominada de cauda poli(A). Não se conhece com certeza a função dessa cauda, mas ela pode desempenhar um papel na exportação de RNAm maduro a partir do núcleo, tanto quanto em auxiliar na estabilização de algumas moléculas de RNAm retardando a sua degradação no citoplasma.Fator de Crescimento do Endotélio Vascular Derivado de Glândula Endócrina: Fator de crescimento do endotélio vascular cuja expressão é encontrada em grande restrição às GÔNADAS, CÓRTEX SUPRARRENAL e PLACENTA. Tem atividade biológica similar à do FATOR-A DE CRESCIMENTO DO ENDOTÉLIO VASCULAR.Aborto Retido: Retenção no ÚTERO de um FETO morto, dois meses ou mais depois de sua MORTE.Miométrio: A capa de músculos lisos do útero, que forma a massa principal do órgão.Aborto Induzido: Remoção intencional de um feto do útero por qualquer uma das numerosas técnicas.Pré-Eclâmpsia: Complicação de GRAVIDEZ, caracterizada por um complexo de sintomas incluindo HIPERTENSÃO materna e PROTEINURIA com ou sem EDEMA patológico. Os sintomas variam de brandos a graves. A pré-eclâmpsia ocorre após a 20a semana de gestação, porém pode se desenvolver antes deste tempo, na presença de doença trofoblástica.Troca Materno-Fetal: Troca de substâncias entre o sangue materno e o fetal na PLACENTA, através da CIRCULAÇÃO PLACENTÁRIA. A barreira placentária exclui a transmissão de micróbios ou vírus.Células Estromais: Células do tecido conjuntivo de um órgão que são encontradas no tecido conjuntivo frouxo. Estas células são mais frequentemente associadas com a mucosa uterina e o ovário, bem como com o sistema hematopoiético e outras regiões em geral.Células Matadoras Naturais: Linfócitos derivados da medula óssea que possuem propriedades citotóxicas, classicamente direcionadas contra células infectadas e transformadas por vírus. Ao contrário das CÉLULAS T e das CÉLULAS B, as células NK não apresentam especificidade antigênica. A citotoxicidade de células NK é determinada pelo conjunto de sinais de um arranjo de RECEPTORES DE SUPERFÍCIE CELULAR inibidores e estimuladores. Um conjunto de LINFÓCITOS T denominados CÉLULAS T MATADORAS NATURAIS compartilha algumas das propriedades deste tipo celular.Aborto Habitual: Três ou mais abortos espontâneos consecutivos.Hibridização In Situ: Técnica que localiza sequências específicas de ácidos nucleicos em cromossomos intactos, células eucarióticas ou células bacterianas através do uso de sondas específicas de ácidos nucleicos marcados.Circulação Placentária: Circulação de SANGUE, tanto da mãe como do FETO, através da PLACENTA.Antígenos HLA-G: Antígenos de superfície de HLA classe I codificados por alelos no locus B do complexo HLA. Os antígenos HLA-G são considerados antígenos não clássicos devido à sua distribuição tecidual distinta, que difere dos antígenos HLA-A, HLA-B e HLA-C. Várias isoformas de antígenos HLA-G resultam de PROCESSAMENTO ALTERNATIVO de RNAs mensageiros produzidos pelo alelo HLA-G*01.Abortivos: Substâncias químicas que interrompem a gravidez após a implantação.

*  Prefeitura de Aparecida de Goiânia - GO

5.2. Dentição decídua e mista;. 5.3. Anestesia e radiologia em odontopediatria;. 5.4 Diagnóstico e plano de tratamento em ...

*  TRT - Tribunal Regional do Trabalho - 3ª Região - MG

Desenvolvimento das dentições; morfologia da dentadura decídua e permanente; relações intra e interarcos. Etiologia, ...

*  Prefeitura de Palmeiras do Tocantins - TO

Desenvolvimento das Dentições: decídua e permanente. Os cuidados odontológicos ás gestantes. Uso tópico e sistêmico e do flúor ...

*  Prefeitura de Dom Pedrito - RS

6) Trauma Dental na dentição decídua. 7) Controle da Dor e tratamentos indicados aos paciente odontopediátricos. 8) Abordagens ...

*  SES - Secretaria de Estado de Saúde - RJ

Endodontia nas dentições decídua e permanente. Traumatismo dentário na dentição decídua e permanente: prevenção, diagnóstico e ...

*  Lari o

Significado de lari o. O que lari o: [Bot.]- Lari o ou pinheiro lar cio uma esp cie de pinheiro,da fam lia das Pin ceas, que ocorre em zona frias do he-misf rio norte. Tem porte m dio, tronco com casca acin -zentada, ramos em formato piramidal, com folhas pontia-gudas. Seus frutos s o pinhas de casca dura em formaov ide. Da planta extrai-se uma resina de bom valor co -mercial que tem pro...

*  Rionor Volume 1

A espécie foi caracterizada como decídua, apresentando periodicidade de floração supra-anual (LINS & NASCIMENTO, 2010). Tabela ...

*  Placenta acreta - Wikipedia

Placenta acreta é a denominação que se dá à placenta que se adere anormalmente à decídua ou à parede uterina. É uma complicação ... Uma fina decídua também pode ser um fator contribuinte para esta invasão trofoblástica. Alguns estudos sugerem que a taxa de ... A placenta "acreta" é aquela que atinge a camada basal da decídua. Quando alguma área da placenta está acreta, ela não ... Placenta acreta: Denominação da placenta que penetra mais profundamente na decídua, atingindo o miométrio (músculo uterino) ...

*  Saúde Pública

Prevalência de oclusopatia na dentição decídua e permanente de crianças na cidade de São Paulo, Brasil, 1996 Artigos. Frazão, ...

*  Rosaceae - Wikipedia

A família inclui desde espécies herbáceas (Fragaria), arbustivas até arbóreas (Prunus). A maioria das espécies é decídua, pois ...

*  Lóquio - Wikipedia

Cedo no puerpério, a descamação da decídua e o sangramento resultam em corrimento vaginal de quantidade variável, chamado de ... Os lóquios caracterizam-se, microscopicamente, por eritrócitos, células epiteliais, fragmentos de decídua e bactérias. Nos ...

*  Extração Seriada, uma Alternativa - PDF

6 de Novembro de 2008 Dentição Decidua UBM IV 2ºano Mestrado Integrado em Medicina Dentária Octávio Ribeiro Dentição Decidua ... Dentição Decidua. UBM IV 2ºano. Mestrado Integrado em Medicina Dentária Octávio Ribeiro Viseu, ... TRAUMATISMO DENTÁRIO EM DENTIÇÃO DECÍDUA UM CASO CLÍNICO DE TRAÇÃO ORTODÔNTICA Prémio Ortodontia 2015 TRAUMATISMO DENTÁRIO EM ... DENTIÇÃO DECÍDUA UM CASO CLÍNICO DE TRAÇÃO ORTODÔNTICA ARTIGO VENCEDOR RESUMO Os traumatismos em dentição decídua poderão ...

*  Cuidados com os dentes na infância - Lillo

Decídua ou de leite. 2 a 2,5 anos. 4 segundos molares. 20 ...

*  Effect of fragment size on Copaifera langsdorffii seeds dispersal

É uma planta decídua ou semidecídua, encontrada principalmente na floresta latifoliada da bacia do Paraná. Ocorre tanto em ...

*  ciliar pela viabilizacao: Topics by WorldWideScience.org

Na mata decídua A. sororcula foi constante e predominante e, Neosilba sp.1, muito abundante. Em ambos os ambientes A. obliqua, ... O objetivo deste trabalho foi avaliar a diversidade de tefritóideos e seus padrões populacionais em áreas de matas decídua e ... O objetivo deste trabalho foi avaliar a diversidade de tefritóideos e seus padrões populacionais em áreas de matas decídua e ... Diversidade de moscas frugívoras (Diptera, Tephritoidea) em áreas de matas decídua e ciliar no Pantanal sul-mato-grossense, ...

*  Universidade Federal do Espírito Santo documents, page 3 - OpenThesis

Abortamento humano : detecção molecular de AAV e de HPV em decídua e vilosidade coriônica. ...

*  Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais Faculdade de Odontologia - PDF

Luxação intrusiva na dentição decídua dois anos de acompanhamento 1 Luxação intrusiva na dentição decídua dois anos de ... Traumatismos na dentição decídua: prevenção, diagnóstico e tratamento. São Paulo: Ed. Santos; McDonald RE, Avery DR. ... Descritores - Trauma dentário, dentição decídua, odontogênese, seqüelas. Introdução As lesões traumáticas são muito freqüentes ... a incidência dos traumatismos dentários vem aumentando e o conhecimento sobre estas lesões na dentição decídua vem despertando ...

*  Revistas

Prevalência e tratamento da mordida cruzada posterior na dentição decídua. ,Francisco Ajalmar Maia,Nair Galvão Maia, ...

*  Anatomia dental - Wikipedia

A dentição decídua começam a ser formada entre a sexta e oitava semana no útero, e dentes permanentes começam a formar na ...

*  Livros de Medicina e Odontologia na Saraiva

Encontre Livros de Medicina e Odontologia. O maior acervo de livros de medicina e os melhores autores você encontra aqui na Saraiva.

*  Síndrome de Sly - Wikipedia

... a decídua, necessita de cuidados como a dentição permanente. Os dentes decíduos devem ser tratados toda vez que o portador se ...

*  Anexo embrionário - Wikipedia

O outro tipo de placenta é a decídua, na qual as duas partes são inseparáveis, e o órgão é inteiramente descartado, após o fim ...

*  3 Formas de Identificar Sumagre Venenoso - wikiHow

Aprenda os outros atributos da folha. O sumagre venenoso é uma planta decídua, assim, suas folhas mudam de cor durante o ano. ...

*  biodiversidade - Fazenda Santa Cecília

Myroxylon pruiferum L.f.- Fabaceae (Cabreúva): Árvore decídua e ornamental. O tronco ferido fornece o "bálsamo de tolu", ... Meliaceae (Cedro): Árvore decídua e largamente usada no paisagismo de parques, grandes jardins e Ares de Preservação ... Ex Benth - Fabaceae (Araribá): Planta pioneira, decídua, usada na arborização de grandes áreas (parques e jardins), possui ... Moraceae (Amoreira, Taiúva): Planta pioneira decídua e dióica, A árvore feminina apresenta frutos maduros de coloração verde ...

*  Rev. odontol. UNESP - Volume 36 / Número Especial

89 - Mordida cruzada anterior na dentição decídua. Spilla, H.G.; Raveli, D.B.; Raveli, T.B.; Goes, D.R.; Dib, L.P.S. ...

Nidação: Nidação é o momento em que, na fase de blástula, o embrião fixa-se no endométrio.Fast Future Generation: Fast Future Generation é um "rockumentary" sobre os Good Charlotte noTrofoblastoPlacenta: A placenta é um anexo embrionário existente apenas na infraclasse Eutheria, onde estão os mamíferos placentários ou nos marsupiais, através da qual ocorrem as trocas entre a mãe e seu filho. É formada pelos tecidos do óvulo, embriologicamente derivada do córion.Transplante uterino: Transplante uterino é um procedimento cirúrgico no qual um útero é transplantado para outra pessoa.Endométrio: O endométrio é a membrana mucosa que reveste a parede uterina, formado por epitélio cilíndrico simples, estromas e vasos. É estimulado pelos hormônios ovarianos: estrogênio (produzido pelos folículos) e progesterona (produzida pelo corpo lúteo ou amarelo), tem um aumento na sua espessura devido à grande concentração de progesterona (ocorrendo ao contrário no período menstrual, quando a progesterona decresce), sendo descamado e expelido através da menstruação.Pseudociese: Pseudociese, é um quadro no qual a mulher apresenta os mesmos sintomas de uma gravidez, porém não se apresente gestante. Ausência de menstruação, enjoos, crescimento da barriga, e até mesmo escurecimento dos mamilos, crescimento dos seios e produção de leite podem ocorrer.Idade gestacional: A idade gestacional é o tempo, medido em semanas ou em dias completos, decorrido desde o início da última menstruação (ou data da última menstruação - DUM) da mulher grávida.Ministério da saúde brasileiro- definições da OMSMiométrioAborto farmacológico: Aborto farmacológico, aborto medicinal, aborto medicamentoso ou aborto químico é uma técnica de aborto induzido que consiste na administração de fármacos com o objetivo de provocar a interrupção da gravidez sem recorrer a práticas cirúrgicas.Desmoplasia: Em medicina, desmoplasia é o crescimento de tecido conjuntivo ou fibroso geralmente associado a neoplasias malignas.Pode ocorrer à volta de uma neoplasia, causando fibrose densa em volta do tumor, ou tecido cicatricial no abdómen após cirurgia abdominal.


Árvore

  • Árvore semi decídua durante o inverno, de copa em forma de domo, de altura entre 6 a 8,0 m, folhas compostas de 2 pares de folíolos opostos. (fazfacil.com.br)
  • A amoreira é uma árvore decídua, cujo o fruto é apreciado no mundo todo. (niponbonsai.com.br)

DENTIÇÃO

  • Assim, o índice ceo-d é o correspondente ao CPO-D em relação à dentição decídua, mas inclui só os dentes cariados (c), com extração indicada (e) e obturados (o), excluindo os extraídos devido às dificuldades em separar os que o foram por causa de cárie dos perdidos pelo processo natural de esfoliação dentária. (wikipedia.org)