Comportamento Infantil: Toda resposta ou ação observável de uma criança de 2 a 12 anos de idade. Para neonatos ou crianças com menos de 24 meses de idade, o termo COMPORTAMENTO DO LACTENTE está à disposição.Transtornos do Comportamento Infantil: Transtornos considerados patológicos de acordo com a adequação para a idade e o nível de desenvolvimento, por exemplo, distúrbios de conduta e depressão anaclítica. Este conceito não inclui as psiconeuroses, psicoses ou transtornos de personalidade com padrões fixos de comportamento.Poder Familiar: Ato de fazer o papel de pai ou mãe ao dar cuidado, alimento e proteção ao filho, realizado pelos pais biológicos ou substitutos. Os pais apoiam as crianças através do exercício da autoridade e através da resposta comportamental, constante, enfática e apropriada, às necessidades da criança. Difere de EDUCAÇÃO INFANTIL pelo fato de que na educação infantil a ênfase está no ato de treinar e formar a criança e na interação entre pais e criança, enquanto em PODER FAMILIAR, a ênfase está na responsabilidade dos pais e no fato do seu comportamento servir de exemplo para a criança. (Fonte: Lei 10.406 de 2002. Livro IV Do Direito de Família. Título I Do Direito Pessoal. Subtítulo II Das Relações de Parentesco. Capítulo V Do Poder Familiar. Disponível em http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/2002/l10406.htm#poderfamilia)Relações Pais-Filho: As interações entre pais e filhos.Mães: Genitores do sexo feminino, humanos ou animais.Pais: Pessoas que atuam como pais naturais, adotivos, ou substitutos. O descritor inclui o conceito de paternidade/maternidade, bem como o da preparação para a paternidade.Relações Mãe-Filho: Interação entre uma mãe e seu filho.Lista de Checagem: Auxílio para registro consistente de dados tais como tarefas realizadas e observações anotadas.Comportamento Animal: A resposta observável de um animal diante de qualquer situação.Filho de Pais Incapacitados: Criança com um ou mais pais atormentados por um transtorno físico ou mental.Psicologia da Criança: O estudo do comportamento infantil normal e anormal.Bem-Estar da Criança: Esforços organizados ou organizações para melhoria da saúde e bem-estar da criança.Educação Infantil: O treinamento e a formação das crianças pelos pais ou por substitutos dos pais. Também é usado para práticas de educação infantil nas diferentes sociedades, em diferentes níveis econômicos, em diferentes grupos étnicos, etc. Difere de PODER FAMILILAR pelo fato de que, na educação infantil, a ênfase está no ato de treinar e formar a criança e na interação entre pais e criança, enquanto em PODER FAMILIAR, a ênfase está na responsabilidade dos pais e no fato do seu comportamento servir de exemplo para a criança.Comportamento Social: Qualquer comportamento que é causado por um outro indivíduo, ou que afeta outro indivíduo, em geral da mesma espécie.Determinação da Personalidade: Determinação e avaliação das características da personalidade através de entrevistas, observações, testes e escalas. Os artigos voltados para a medida da personalidade fazem parte do escopo deste termo.Comportamento Alimentar: Respostas comportamentais ou sequenciais associadas ao ato de alimentar-se, maneira ou modos de se alimentar, padrões rítmicos da alimentação (intervalos de tempo - hora de comer, duração da alimentação).Crianças com Deficiência: Crianças com deficiência mental ou física, que interfere nas atividades habituais da vida diária e isso pode requerer adaptação ou intervenção.Controle Interno-Externo: Construção da personalidade, referente à percepção de um indivíduo sobre o local dos eventos, como sendo determinado internamente pelo próprio comportamento frente a destino, sorte ou forças externas (Tradução livre do original: ERIC Thesaurus, 1996).Transtornos de Deficit da Atenção e do Comportamento Disruptivo: Inclui dois distúrbios semelhantes: distúrbio da oposição desafiante e TRANSTORNO DA CONDUTA. Os sintomas que ocorrem em crianças com esses distúrbios incluem: desafio das figuras de autoridade, explosões de raiva e outros comportamentos antissociais.Agressão: Comportamento que pode ser manifestado por ações destrutivas e de ataque, verbais ou físicas, por atitudes dissimuladas de hostilidade ou por obstrucionismo.Comportamento: A resposta observável de uma pessoa ou de um animal frente a uma situação.Questionários: Conjunto de perguntas previamente preparadas utilizado para a compilação de dados.Temperamento: Predisposição para reagir ao seu próprio ambiente de um certo modo; usualmente refere-se a mudanças de humor; condição que assegura sinais fisiológicos e tendências mórbidas gerais condicionando manifestações psíquicas secundárias.Comportamento Materno: Os padrões de comportamento característicos da mãe.Terapia Comportamental: A aplicação de teorias modernas de aprendizagem e de condicionamento para o tratamento dos transtornos do comportamento.Cuidados no Lar de Adoção: Famílias que cuidam de crianças abandonadas ou pacientes incapazes de cuidarem de si próprios.Comportamento do Adolescente: Toda resposta ou ação observável de um adolescente.Transtorno do Deficit de Atenção com Hiperatividade: Transtorno comportamental que tem origem na infância e cujas características essenciais são sinais de desatenção inconsistentes com o nível de desenvolvimento, impulsividade e hiperatividade. Embora muitos indivíduos tenham sintomas tanto de desatenção como de hiperatividade-impulsividade, um ou outro padrão podem ser predominantes. O transtorno é mais frequente em indivíduos do sexo masculino do que feminino. O início se dá na infância. Os sintomas geralmente são atenuados no fim da adolescência, embora uma minoria experimente o quadro completo de sintomas até o meio da idade adulta. (Tradução livre do original: DSM-V)Comportamentos Saudáveis: Comportamentos através dos quais os indivíduos protegem, mantém e promovem o próprio estado de saúde. Por exemplo, dieta e exercícios apropriados são vistos como atividades que influenciam o estado de saúde. O estilo de vida está intimamente relacionado com a comportamento saudável e é, por sua vez, influenciado por fatores socioeconômicos, educacionais e culturais.Punição: O uso de um estímulo desprazeroso ou de uma penalidade, com o intuito de eliminar ou corrigir um comportamento indesejável.Sintomas Afetivos: Humor ou repostas emocionais dissonantes ou inapropriadas ao comportamento e/ou estímulo.Intervenção Precoce (Educação): Procedimentos e programas que facilitam o desenvolvimento ou aquisição de habilidades nas crianças pequenas e crianças jovens que têm inaptidão, que correm o risco de desenvolver inaptidão ou que são talentosas. Inclui programas que são projetados para prevenir condições difíceis em programas centrados em crianças pequenas, crianças jovens e na família, projetados para afetar o funcionamento de crianças pequenas e crianças com necessidades especiais.Transtorno Reativo de Vinculação na Infância: Modo de se relacionar acentuadamente perturbado e inadequado ao nível de desenvolvimento, com início anterior aos 5 anos de idade e que está associado ao recebimento de cuidados extremamente patológicos. A criança fracassa persistentemente em iniciar interações sociais e em responder a elas de modo apropriado ao seu nível de desenvolvimento (tipo inibido) ou pode haver um padrão de vinculações difusas com uma sociabilidade indiscriminada (tipo desinibido). (Tradução livre do original: DSM-V)Efeitos Tardios da Exposição Pré-Natal: Consequências da exposição do FETO no útero a certos fatores, como FENÔMENOS FISIOLÓGICOS DA NUTRIÇÃO, ESTRESSE FISIOLÓGICO, DROGAS, RADIAÇÃO e outros fatores físicos ou químicos. Estas consequências são observadas tardiamente na prole após o NASCIMENTO.Transtorno da Conduta: Padrão repetitivo e persistente de comportamento, em que os direitos básicos dos outros, ou as principais normas ou regras sociais, válidas para a idade são violadas. Entre os comportamentos estão a conduta agressiva que causa, ou ameaça causar, danos físicos para outro povo ou animais, conduta não agressiva que causa perda ou prejuízo de propriedade, falsidade ou roubo e sérias violações das regras. Inicia-se antes da idade de 18 anos. (Tradução livre do original: DSM-IV, 1994)Desenvolvimento Infantil: Maturação sequencial contínua (fisiológica e psicológica) desde o nascimento de um indivíduo, mas não inclui a ADOLESCÊNCIA.Estudos Longitudinais: Estudo no qual as variáveis relacionadas a um indivíduo ou grupo de indivíduos são acompanhadas por anos e com contato a intervalos regulares.Relações Familiares: Relações comportamentais, psicológicas e sociais entre os vários membros da família nuclear e da família estendida.Transtornos do Comportamento Social: Comportamentos que estão em discrepância com a norma social esperada e que afetam outros indivíduos.Meio Social: O agregado de instituições sociais e culturais, formas, padrões e processos que influenciam a vida de um indivíduo ou comunidade.Cuidado da Criança: Cuidados prestados à CRIANÇA em casa ou instituições.Adaptação Psicológica: Estado de harmonia entre as necessidades internas e as exigências externas, e os processos usados na conquista desta condição. (Tradução livre do original: APA Thesaurus of Psychological Index Terms, 8th ed).Ajustamento Social: Adaptação de uma pessoa ao ambiente social. O ajuste pode ocorrer por adaptação do indivíduo (self) ao ambiente ou por transformação do ambiente (Tradução livre do original: Campbell, Psychiatric Dictionary, 1996).Comportamento Sexual: Atividades sexuais dos humanos.Pai: Genitores do sexo masculino, humanos ou animais.Maus-Tratos Infantis: Abuso de crianças na família ou demais instituições.Estresse Psicológico: Quadro mórbido característico, de natureza basicamente psíquica, onde inexistem causas orgânicas capazes de serem evidenciadas pelos meios usuais de exame médico, que aparece em condições especiais, de trabalho ou de guerra. Apresenta quadro predominante psíquico acompanhado de repercussões orgânicas. A sintomatologia é múltipla e polimorfa com cefaleias, tonturas, anorexia, tremores de extremidades, adinamia, dificuldades de concentração, crises de choro.Socialização: O treinamento ou moldagem de um indivíduo por vários relacionamentos, agências educacionais e controles sociais que permitem a ele se tornar um membro de uma sociedade em particular.Inteligência: Habilidade para aprender e manejar novas situações e desempenhar eficientemente tarefas que envolvam abstração.Comportamento Sexual Animal: Atividades sexuais dos animais.Testes Psicológicos: Testes padronizados projetados para medir habilidades, como nos testes de inteligência, aptidão, e realização, ou para avaliar traços de personalidade.Ansiedade de Separação: Ansiedade experimentada por um indivíduo quando se separa de uma pessoa ou objeto que lhe é particularmente significativo.Fatores de Risco: Aspecto do comportamento individual ou do estilo de vida, exposição ambiental ou características hereditárias ou congênitas que, segundo evidência epidemiológica, está sabidamente associado a uma condição relacionada com a saúde considerada importante de ser prevenida.Psicometria: A avaliação de variáveis psicológicas através da aplicação de procedimentos matemáticos.Família: Grupo social que consiste de pais ou pais substitutos e crianças.Transtorno Autístico: Transtorno que tem o seu início na infância. É caracterizado pela presença de um desenvolvimento acentuadamente anormal ou prejudicado nas interações sociais e na comunicação social, e de um repertório de atividades e interesses restritos. As manifestações do distúrbio variam enormemente dependendo do nível de desenvolvimento e idade cronológica do indivíduo. (Tradução livre do original: DSM-V)Estudos Transversais: Estudos epidemiológicos que avaliam a relação entre doenças, agravos ou características relacionadas à saúde, e outras variáveis de interesse, a partir de dados coletados simultaneamente em uma população. (Tradução livre do original: Last, 2001)Conflito Familiar: Conflitos e desavenças entre pais, pai e filho ou outros membros de uma família.Fatores Socioeconômicos: Fatores sociais e econômicos que caracterizam o indivíduo ou o grupo dentro da estrutura social.Serviços de Saúde da Criança: Serviços organizados para proporcionar assistência integral à saúde da criança, abrangendo seus aspectos físico, psíquico e social.Cuidadores: Pessoas que proveem cuidado para aqueles que precisam de supervisão ou assistência no estado de doença ou incapacidade. Podem prestar a assistência em casa, em um hospital ou em uma instituição. Apesar do termo cuidador incluir médicos, enfermeiros e outros profissionais de saúde, o conceito também se refere a pais, cônjuges ou outros familiares, amigos, clérigos, professores, assistentes sociais, colegas pacientes.Fatores Etários: Idade como um elemento ou influência que contribui à produção de um resultado. Pode ser aplicável à causa ou efeito de uma circunstância. É usado com os conceitos humano e animal, mas devem ser diferenciados de ENVELHECIMENTO, um processo fisiológico, e FATORES DE TEMPO que se refere somente ao transcurso do tempo.Seguimentos: Estudos nos quais indivíduos ou populações são seguidos para avaliar o resultado de exposições, procedimentos ou efeitos de uma característica, por exemplo, ocorrência de doença.Depressão: Estados depressivos, geralmente de intensidade moderada quando comparados à depressão maior, presentes nos transtornos neuróticos e psicóticos.Adoção: Aceitação voluntária de uma criança de outros pais como filho próprio, normalmente com confirmação legal.Relações Interpessoais: A interação recíproca de duas ou mais pessoas.Jogos e Brinquedos: Atividades recreacionais espontâneas ou voluntárias procuradas para divertimento e acessórios ou equipamentos usados nas atividades; inclui jogos, brinquedos, etc.Comportamento Exploratório: A tendência a explorar ou investigar um ambiente novo. É considerada uma motivação não se distingue claramente da curiosidade.Reforço Social: O fortalecimento de uma resposta com uma recompensa social, tal como um gesto de aprovação, o amor ou atenção de um dos pais.Criança Institucionalizada: Paciente infantil que está recebendo serviços de longa duração ou que reside em um ambiente institucional.Gravidez: Estado durante o qual os mamíferos fêmeas carregam seus filhotes em desenvolvimento (EMBRIÃO ou FETO) no útero (antes de nascer) começando da FERTILIZAÇÃO ao NASCIMENTO.Transtornos Globais do Desenvolvimento Infantil: Distorções severas no desenvolvimento de várias funções psicológicas básicas que não são normais em nenhuma fase do desenvolvimento. Estas distorções se manifestam através de prejuízo social duradouro, anormalidades da fala e movimentos peculiares.Escalas de Graduação Psiquiátrica: Procedimentos padronizados baseados em escalas de avaliação ou roteiros de entrevistas conduzidos por profissionais da saúde para a avaliação do grau de doença mental.Prevalência: Número total de casos de uma dada doença em uma população especificada num tempo designado. É diferenciada de INCIDÊNCIA, que se refere ao número de casos novos em uma população em um dado tempo.Ansiedade: Sensação ou emoção de pavor, apreensão e desastre iminente, porém não incapacitante como nos TRANSTORNOS DE ANSIEDADE.Comportamento do Lactente: Toda reposta ou ação observável de um neonato ou lactente até a idade de 23 meses.Análise Fatorial: Conjunto de métodos estatísticos para analisar as correlações entre diversas variáveis, no sentido de estimar o número, as dimensões fundamentais que sustentam os dados observados e para descrever e medir aquelas dimensões. É usado frequentemente no desenvolvimento de sistemas de contagem para avaliar escalas e questionários.Encoprese: Incontinência de fezes não devido a um defeito orgânico ou doença.Desenvolvimento da Personalidade: Evolução dos padrões habituais de comportamento durante a infância e adolescência.Logro: Aqueles fatores que levam um organismo a se comportar ou a agir de modo a atingir um objetivo ou alguma satisfação. Podem ser influenciados por impulsos psicológicos ou por estímulos externos.Incesto: Intercurso sexual entre pessoas tão proximamente aparentadas que são proibidas por lei de se casarem.Fatores de Tempo: Elementos de intervalos de tempo limitados, contribuindo para resultados ou situações particulares.Psicopatologia: O estudo das causas e processos significativos para o desenvolvimento da doença mental.Assistência Odontológica para Crianças: Dar atenção à necessidade odontológica especial das crianças, incluindo a prevenção das doenças dos dentes e instrução em higiene e saúde dentária. A assistência odontológica pode incluir os serviços prestados por especialistas odontológicos.Apego ao Objeto: Apego emocional a uma pessoa ou objeto presente no ambiente.Instituições Acadêmicas: Instituições educacionais.Recém-Nascido: Criança durante o primeiro mês após o nascimento.Crianças Órfãs: Crianças que perderam os pais através de morte ou deserção.Análise de Variância: Técnica estatística que isola e avalia a contribuição dos fatores incondicionais para a variação na média de uma variável dependente contínua.Transtornos Mentais: Doenças psiquiátricas que se manifestam por rupturas no processo de adaptação expressas primariamente por anormalidades de pensamento, sentimento e comportamento, produzindo sofrimento e prejuízo do funcionamento.Estados UnidosComportamento Estereotipado: Modo de comportamento relativamente invariável, eliciado ou determinado por uma situação particular; pode ser verbal, postural ou expressivo.Emoções: Aqueles estados afetivos que podem ser experimentados e que têm a propriedade de excitar e motivar o indivíduo.Estudos Prospectivos: Estudos planejados para a observação de eventos que ainda não ocorreram.Pobreza: Inadequação dos meio econômicos do indivíduo ou família para sua realização na sociedade, frequentemente decorrente de mecanismos e práticas de exploração econômica, social e cultural.Fatores Sexuais: Usado quando sexo é discutido como um fator em relação a algum assunto ou problema específico.Relações Pai-Filho: Interação entre o pai e os filhos.Assistência Pública: Assistência financeira para pessoas pobres para garantir as necessidades básicas através de programas governamentais-federais, estatais ou locais.Modelos Psicológicos: Representações teóricas que simulam processos psicológicos e/ou sociais. Envolvem o uso de equações matemáticas, computadores e outros equipamentos eletrônicos.Deficiências do Desenvolvimento: Distúrbios nos quais há um atraso do desenvolvimento em relação ao esperado para uma determinada idade ou estágio de desenvolvimento; estes distúrbios incluem fatores biológicos e não biológicos.Choro: Ato de proferir um som inarticulado típico, para comunicar ou expressar um sentimento ou um desejo de atenção.Características da Família: Composição e tamanho da família.Testes de Inteligência: Testes padronizados que medem a habilidade ou aptidão para realizar tarefas intelectuais em um determinado momento.Transtornos Reativos da Criança: Reações a um evento, ou a um conjunto de eventos, que são consideradas de um grau patológico, mas que não evoluiram para uma neurose, psicose ou transtorno de personalidade com padrões fixos de comportamento.Educação: Aquisição de conhecimento como resultado de instrução em um curso formal de estudo.Educação de Pessoa com Deficiência Intelectual: O ensino ou treinamento daqueles indivíduos com funcionamento intelectual abaixo do normal.Relação entre Gerações: As interações entre indivíduos de diferentes gerações. Estas interações incluem a comunicação, o cuidado, a responsabilidade, a fidelidade e até os conflitos entre indivíduos com ou sem parentesco.Transtornos de Ansiedade: ANSIEDADE persistente e incapacitante.População Urbana: Habitantes de uma cidade ou município, inclusive áreas metropolitanas ou suburbanas.Saúde da Família: Estado de saúde de uma família como unidade incluindo o impacto causado pela saúde de um membro sobre a unidade e sobre cada um dos membros; inclui o impacto causado pela alteração ou não do estado de saúde de seus membros.Cognição: Processo intelectual ou mental por meio do qual um organismo obtém conhecimento.Pais Solteiros: Pais naturais, adotivos ou substitutos de uma criança dependente que vive somente com um dos pais. Os pais solteiros podem viver com/ou visitar a criança. O conceito inclui os nunca casados, bem como, divorciados e viúvos.Atenção: Ato de focalizar certos aspectos da experiência atual e excluir outros. É o ato de levar em consideração, de notar ou de se concentrar.Controle Comportamental: Manipulação do comportamento de pessoas ou animais por meio biomédico, físico, psicológico ou social, inclusive por razões não terapêuticas.Sintomas Comportamentais: Manifestações observáveis de funcionamento psicológico prejudicado.Transtornos de Aprendizagem: Afecções caracterizadas por discrepância significativa entre nível intelectual percebido de um indivíduo e sua capacidade em adquirir novas habilidades de linguagem e outras cognitivas. Estes transtornos podem resultar de condições psicológicas ou orgânicas. Os subtipos relativamente comuns incluem DISLEXIA, DISCALCULIA e DISGRAFIA.Reprodutibilidade dos Testes: Propriedade de se obter resultados idênticos ou muito semelhantes a cada vez que for realizado um teste ou medida. (Tradução livre do original: Last, 2001)Linguagem Infantil: A linguagem e os sons utilizados pela criança em um determinado estágio de maturação.Fenômenos Fisiológicos da Nutrição Infantil: Fisiologia nutricional de crianças de idade dos 2-12 anos.Transtornos da Nutrição Infantil: Transtornos causados por desequilíbrio nutricional, supernutrição ou subnutrição, ocorrendo em crianças entre os 2 e 12 anos de idade.Reforço (Psicologia): O fortalecimento de uma resposta condicionada.Comportamento de Escolha: O ato de fazer uma seleção entre duas ou mais alternativas, geralmente após um período de deliberação.Cariótipo XYY: Constituição genética anormal em homens, caracterizada por um cromossomo Y adicional.Índice de Gravidade de Doença: Níveis dentro de um grupo de diagnósticos estabelecidos por vários critérios de medição aplicados à gravidade do transtorno de um paciente.Televisão: A transmissão e reprodução de imagens transitórias de objetos fixos ou móveis. Um sistema eletrônico para transmissão de tais imagens junto com som por um fio ou através do espaço por aparato que converte luz e som em ondas elétricas e os reconverte em raios claros visíveis e som audível.Análise de Regressão: Procedimentos para encontrar a função matemática que melhor descreve a relação entre uma variável dependente e uma ou mais variáveis independentes. Na regressão linear (v. MODELOS LINEARES) a relação é construída para ser uma linha reta e usa-se a ANÁLISE DOS MÍNIMOS QUADRADOS para determinar o melhor ajuste. Na regressão logística (v. MODELOS LOGÍSTICOS) a variável dependente é qualitativa em vez de uma variável contínua e são usadas FUNÇÕES VEROSSIMILHANÇA para encontrar a melhor relação. Na regressão múltipla, considera-se que a variável dependente pende mais que uma única variável independente.Psicologia: A ciência voltada para o estudo dos processos mentais e do comportamento dos homens e animais.Assunção de Riscos: Incumbência de uma tarefa envolvendo um desafio para realização de um objetivo desejado no qual existe incerteza ou medo de fracasso. Pode também incluir a exibição de certos comportamentos cujos resultados podem apresentar risco ao indivíduo ou aqueles ligados a ele ou ela.Atividade Motora: Atividade física de um humano ou de um animal como um fenômeno comportamental.Odontopediatria: Prática da odontologia voltada para os problemas dentais das crianças, com manutenção e tratamento adequados [a elas]. O cuidado odontológico pode incluir os serviços de especialistas odontológicos.Apoio Social: Sistemas de suporte que proporcionam assistência e encorajamento para os indivíduos com inaptidão física ou emocional para que eles possam melhor superá-la. Apoio social informal que normalmente é providenciado por amigos, parentes ou semelhantes, enquanto ajuda formal é providenciada por igrejas, grupos, etc.Comportamento Cooperativo: A interação de duas ou mais pessoas ou organizações, que é direcionada para um objetivo comum, mutuamente benéfico. Uma situação de trabalho ou de atuação em conjunto com um propósito ou benefício comum, i. é, uma ação conjunta.Saúde Mental: É o estado de bem-estar no qual o indivíduo percebe as próprias habilidades, pode lidar com os estresses normais da vida, é capaz de trabalhar produtivamente e está apto a contribuir com sua comunidade. É mais do que ausência de doença mental. (WHO 2001)Comportamento Agonístico: Todo comportamento relativo ao conflito entre dois indivíduos.Docentes: Professores e membros do corpo administrativo com grau acadêmico em instituição de ensino.Países Baixos: País localizado na EUROPA. Faz fronteira com o Mar do Norte, BÉLGICA e ALEMANHA. Áreas ultramarinas são Aruba, Curaçao, São Martinho, antigamente incluído nas ANTILHAS HOLANDESAS.Resultado do Tratamento: Estudos conduzidos com o fito de avaliar as consequências da gestão e dos procedimentos utilizados no combate à doença de forma a determinar a eficácia, efetividade, segurança, exequibilidade dessas intervenções.BaltimoreMortalidade da Criança: Número de mortes de crianças [entre um a doze anos de idade] de uma determinada população.Transtorno da Personalidade Antissocial: Transtorno de personalidade cuja característica principal é um padrão global de desrespeito e violação dos direitos dos outros, que tem início na infância ou no começo da adolescência e persiste até a vida adulta. O indivíduo deve ter ao menos 18 anos e deve ter uma história de alguns sintomas de TRANSTORNO DA CONDUTA anteriores à idade de 15 anos.Modelos Lineares: Modelos estatísticos nos quais os valores dos parâmetros são linearmente proporcionais às variáveis dependentes, ex. y = a + bx, onde y é a resposta, x é o fator de interesse e a & b são os parâmetros.Comportamento de Nidação: Comportamento animal relacionado com o ninho. Inclui a construção e os efeitos do tamanho e do material; comportamento do animal adulto durante o período de nidação e os efeitos do ninho no comportamento dos mais jovens.Modelos Logísticos: Modelos estatísticos de risco de um indivíduo (probabilidade de contrair uma doença) em função de um dado de fator de risco. O modelo logístico é um modelo linear para a logística (logaritmo natural dos fatores de risco) da doença como função de um fator quantitativo e é matematicamente equivalente ao modelo logístico.Violência: Comportamento agressivo individual ou grupal que não é aceitável socialmente, turbulento e muitas vezes destrutivo. Ele é precipitado por frustrações, hostilidade, preconceito, etc.Análise Espacial: Técnicas que estudam as entidades por meio do uso de suas propriedades topológicas, geométricas ou geográficas.Testes Neuropsicológicos: Testes projetados para a avaliação da função neurológica associada a certos comportamentos. São utilizados no diagnóstico de disfunção ou dano cerebral e dos transtornos ou lesões do sistema nervoso central.Terapia Familiar: Forma de psicoterapia de grupo. Envolve o tratamento simultâneo de mais de um membro da família na mesma sessão.Entrevistas como Assunto: Conversações com indivíduos ou com grupo de pessoas a fim de obter informações acerca da formação pessoal e outros dados biográficos, suas atitudes e opiniões, etc. Inclui entrevistas de admissão em escolas ou em empregos.Comportamento Autodestrutivo: Ato de se machucar ou de fazer mal a si mesmo sem que haja intenção de suicídio ou perversão sexual.Estudos de Casos e Controles: Estudos epidemiológicos observacionais nos quais grupos de indivíduos com determinada doença ou agravo (casos) são comparados com grupos de indivíduos sadios (controles) em relação ao histórico de exposição a um possível fator causal ou de risco. (Tradução livre do original: Last, 2001)Deficiência Intelectual: Funcionamento intelectual subnormal que se origina durante o período de desenvolvimento. Possui múltiplas etiologias potenciais, incluindo defeitos genéticos e lesões perinatais. As pontuações do quociente de inteligência (QI) são comumente utilizadas para determinar se um indivíduo possui deficiência intelectual. As pontuações de QI entre 70 e 79 estão na margem da faixa de retardo mental. As pontuações abaixo de 67 estão na faixa de retardo. (Tradução livre do original: Joynt, Clinical Neurology, 1992, Ch55, p28)Autoimagem: A visão que a pessoa tem de si mesma.Entrevista Psicológica: Conversação direta com o objetivo de obter informação para o diagnóstico e avaliação psiquiátrica, planejamento do tratamento, etc. A entrevista pode ser conduzida por um assistente social ou psicólogo.Afro-Americanos: Pessoas que vivem nos Estados Unidos e que têm origem em qualquer dos grupos negros da África.Intenção: O que uma pessoa tenciona fazer ou provocar.Atitude Frente à Saúde: Atitudes do público em relação à saúde, doença e sistema de atendimento médico.Classe Social: Estrato da população com mesma posição e prestígio, inclui estratificação social. Classe social é definida por critérios tais como educação, ocupação, renda.Transtornos do Sono: Transtornos caracterizados por alterações nos padrões ou comportamentos normais do sono. Os transtornos do sono podem ser divididos em três categorias principais: DISSONIAS (i. é, transtornos caracterizados por insônia ou hiperssonia), PARASSONIAS (comportamentos anormais do sono) e transtornos do sono secundários a transtornos médicos ou psiquiátricos. (Tradução livre do original: Thorpy, Sleep Disorders Medicine, 1994, p187)Transtorno Depressivo: Transtorno afetivo que se manifesta tanto por um humor disfórico como pela perda de interesse ou prazer nas atividades usuais. O distúrbio do humor é predominante e relativamente persistente.Análise Multivariada: Conjunto de técnicas usadas quando a variação em diversas variáveis deve ser estudada simultaneamente. Em estatística, a análise multivariada se interpreta como qualquer método analítico que permita o estudo simultâneo de duas ou mais variáveis dependentes. Análise e interpretação das inter-relações entre três ou mais variáveis.Comportamento Apetitivo: Comportamento animal de busca. A fase variável de introdução de um padrão ou sequência instintivos de comportamento, como por exemplo, a busca por comida ou os padrões sequenciais de corte anteriores ao acasalamento.Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias: Transtornos relacionados ao abuso de substâncias.Grupo Associado: Grupo composto de associados da mesma espécie, aproximadamente da mesma idade e, geralmente, de mesma posição ou nível social.Comportamento Impulsivo: Ato em resposta a um estímulo, que é executado sem demora, reflexão, direção voluntária ou controle evidente.Comportamento Predatório: Padrão instintivo de comportamento em que o alimento é obtido pelo abatimento e consumo de outras espécies.Distribuição Espacial da População: Arranjo físico e localização de populações ou fatores ligados a elas.Escolaridade: Período de frequência à escola ou nível de aprendizado adquirido.Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde: Conhecimento, atitudes e comportamentos associados, que fazem parte dos tópicos relacionados com a saúde, como doenças e PROCESSOS PATOLÓGICOS, sua prevenção e tratamento. Este termo refere-se a trabalhadores da área da saúde (PESSOAL DE SAÚDE) ou não.Distribuição de Qui-Quadrado: Distribuição na qual a variável está distribuída como a soma dos quadrados de qualquer variável dada independente e aleatória, tendo cada qual uma distribuição normal com média zero e desvio um. O teste de Qui-quadrado é um teste estatístico baseado na comparação de uma estatística e uma distribuição de Qui-quadrado. Os testes mais antigos se usam para detectar se duas ou mais distribuições da população diferem entre si.Transtornos Relacionados ao Uso de Cocaína: Transtornos relacionados ou resultantes do uso de cocaína.Variações Dependentes do Observador: Falha do observador ao medir ou identificar um fenômeno, que resulta num erro. Pode ser causado por omissão do observador ao não constatar alguma anormalidade, ou a utilização de técnicas inadequadas que resultem em medição equivocada, ou a interpretação equivocada dos dados. Existem dois tipos de variação, interobservador (o valor identificado pelos observadores varia de um para o outro) e intraobservador (o valor identificado por um mesmo observador varia entre observações quando relatadas mais de uma vez sobre o mesmo material).Ensino: O processo educacional de instrução.Doenças em Gêmeos: Transtornos afetando GÊMEOS (um ou ambos) em qualquer idade.Comportamento Aditivo: A atividade observável, mensurável e, muitas vezes, patológica de um organismo, que representa a sua incapacidade de superar um hábito resultante em um desejo insaciável por uma substância ou pela realização de certos atos. O comportamento aditivo inclui a dependência excessiva, física e emocional, pelo objeto do hábito em quantidade ou frequência cada vez maiores.Avaliação de Programas e Projetos de Saúde: Processo cuja finalidade é a determinação sistemática e objetiva da relevância, efetividade e impacto de políticas públicas, programas e projetos de saúde. O objetivo da avaliação é o de aperfeiçoar os programas e projetos, no sentido de orientar a distribuição de recursos humanos e financeiros. (tradução livre do original: OPAS/OMS-Evaluación de los programas de Salud; normas fundamentales. 1981, para Avaliação de Programas e Projetos de Saúde) Estudos projetados para avaliar a eficácia de programas. Incluem a avaliação de custo-eficácia e do alcance ou impacto dos objetivos cumpridos. (tradução livre do original: MeSH, para Program Evaluation)Transtornos do Humor: Aqueles transtornos que têm como principal característica o distúrbio do humor.Maus-Tratos Conjugais: Dano deliberado, grave e repetitivo, causado por um dos parceiros domésticos ao outro.Cocaína: Éster de alcaloide extraído de folhas de plantas incluindo a coca. É um anestésico local e vasoconstritor, clinicamente usado para esse propósito, particularmente no olho, orelha, nariz e garganta. Também tem efeitos potentes no sistema nervoso central similares aos das anfetaminas, e é uma droga que vicia. A cocaína, como as anfetaminas, age por mecanismos múltiplos nos neurônios catecolaminérgicos do cérebro. Considera-se que o mecanismo dos seus efeitos de reforço envolvam a inibição da captação da dopamina.Estatística como Assunto: A ciência e arte de coletar, resumir e analisar dados que são sujeitos à variação aleatória. O termo é também usado para os próprios dados e para o resumo desses dados.Gêmeos: Dois indivíduos originados de dois FETOS que foram fertilizados ao mesmo tempo ou em momentos muito próximos, desenvolveram-se simultaneamente no ÚTERO e nasceram da mesma mãe. Os gêmeos podem ser monozigóticos (GÊMEOS MONOZIGÓTICOS) ou dizigóticos (GÊMEOS DIZIGÓTICOS).Comportamento de Ingestão de Líquido: Comportamentos associados à ingestão de água e de outros líquidos. Inclui padrões rítmicos de ingestão de líquidos (intervalos de tempo - início e duração), frequência e saciedade.Comportamento de Doença: Conjunto de respostas comportamentais não específicas a um transtorno não psiquiátrico. Estas podem incluir perda de APETITE ou LIBIDO; desinteresse em ATIVIDADES DA VIDA DIÁRIA; ou distanciamento do convívio social.Nível de Saúde: Grau em que se encontra um indivíduo ou população quanto às funções físicas e mentais, independentemente do sistema de saúde local. (Tradução livre do original: Last, 2001)Comportamento de Redução do Risco: Redução das opções de alto risco e adoção de alternativas de baixo risco, em termos de quantidade e frequência.Estudos Retrospectivos: Estudos nos quais os dados coletados se referem a eventos do passado.Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais: Classificação categórica de TRANSTORNOS MENTAIS baseada nos grupos de critérios com características definidas. É produzido pela American Psychiatric Association. (DSM-IV, página xxii)Comportamento Compulsivo: O comportamento de realizar uma ação de modo persistente e repetitivo, sem que ela leve a uma recompensa ou ao prazer. A ação geralmente envolve um comportamento menor e delimitado, quase ritualístico, mas não chega a ser patologicamente perturbadora. Exemplos de comportamento compulsivo incluem torcer o cabelo, checar alguma coisa constantemente, não aceitar centavos como troco, endireitar quadros tortos, etc.Estudos de Coortes: Estudos em que os subconjuntos de uma certa população são identificados. Estes grupos podem ou não ser expostos a factores hipotéticos para influenciar a probabilidade da ocorrência de doença em particular ou outros desfechos. Coortes são populações definidas que, como um todo, são seguidos de uma tentativa de determinar as características que distinguem os subgrupos.Custódia da Criança: Tutela autorizada formalmente ou ter a CRIANÇA sob custódia.Medição de Risco: Métodos e técnicas aplicadas para identificar os fatores de risco e medir a vulnerabilidade aos perigos potenciais causados por desastres e substâncias químicas.Comportamento Verbal: Inclui tanto a produção de palavras como as respostas a elas, sejam escritas ou faladas.População Rural: Habitantes da área rural ou de pequenos municípios classificados como rurais.Comorbidade: Presença de doenças coexistentes ou adicionais com relação ao diagnóstico inicial ou com relação à doença índice que é o objetivo do estudo. A comorbidade pode afetar o desempenho de indivíduos afetados e até mesmo a sua sobrevivência. Pode ser usado como um indicador prognóstico para a duração da hospitalização, fatores de custos e de melhoria ou sobrevivência.Comportamento Paterno: Os padrões de comportamento característicos de um pai.Comportamento Consumatório: Ato que constitui o término de um determinado padrão ou sequência instintivos de comportamento.Transtorno Bipolar: Transtorno afetivo importante caracterizado por graves oscilações do humor (episódios de mania ou de depressão significativa) e por uma tendência à remissão e à recorrência.Pediatria: Especialidade médica voltada para a manutenção da saúde e para a oferta de cuidados médicos às crianças desde o nascimento até a adolescência.Transtornos Cognitivos: Distúrbios do processo mental relacionados com o aprendizado, pensamento, o raciocínio e o julgamento.Comportamento Imitativo: A imitação, por um indivíduo, do comportamento de outro.Motivação: Aqueles fatores que levam um organismo a se comportar ou a agir de modo a atingir um objetivo ou alguma satisfação. Podem ser influenciados por impulsos psicológicos ou por estímulos externos.Infecções por HIV: Incluem o espectro das infecções pelo vírus da imunodeficiência humana que vão desde o estado soropositivo assintomático, passando pelo complexo relação-AIDS até a síndrome de imunodeficiência adquirida (AIDS).

*  Estímulo é tudo! | Pais&Filhos
Especialistas em comportamento infantil nos contaram sobre a importância de estimular as crianças, mas tudo na hora certa e sem ... Especialistas em comportamento infantil nos contaram sobre a importância de estimular as crianças, mas tudo na hora certa e sem ... No início, busque músicas curtas, que falem sobre o universo infantil. Claro, nada impede que você ouça Led Zepellin ou Chico ... 6 problemas de comportamento do seu filho que você não deve ignorar ...
  http://paisefilhos.com.br/crianca/estimulo-e-tudo/
*  COMPORTAMENTO INFANTIL - UOL Blog
Infelizmente a televis o exerce influ ncias negativas no Comportamento Infantil. As crian as ficam at tarde assistindo televis ... A educadora no come o acatou a ordem, mas dias depois voltou a ter o mesmo comportamento. A coordenadora ficou inconformada com ...
  http://lincy.blog.uol.com.br
*  Atenção ao comportamento infantil
É sabido em teoria filosófica, que a criança nasce, como uma "tabua rasa" e que o comportamento passa ser aprendido, porém, ... Pais fiquem atentos, o comportamento das crianças sempre nos fala algo e se você não consegue enxergar, ou mesmo compreender, ... O seu espaço de troca e busca por novos aprendizados no campo do comportamento humano.. Entre em contato: psicologiasdobrasil@ ... Não sofra e não deixe o seu filho sofrer, negligenciar os extremos no comportamento da criança pode trazer consequências ...
  http://www.psicologiasdobrasil.com.br/atencao-ao-comportamento-infantil/
*  Pedagogia e Arte: Comportamento Infantil
Material bem interessante sobre comportamento infantil, eu mesma scaneei. Foi retirado de um livro que eu tirei xerox no meu ... http://rapidshare.com/files/232890899/Comportamento_infantil__.doc.html. * Para quem nao sabe baixar por esse site:. Quando vc ...
  http://vivipedagoga.blogspot.com/2009/05/comportamento-infantil.html
*  Comportamento Infantil
Indicação de Livros, Autismo, Comportamento Infantil. Indicação de Leitura!. Autismo: abordagem neurobiológica reúne o trabalho ...
  http://blog.cicloceap.com.br/category/infancia-e-adolescencia/comportamento-infantil/
*  Peso ao nascer e cuidado parental percebido pela mãe : interações pré e pós-natais sobre o comportamento infantil aos 18 meses...
Peso ao nascer e cuidado parental percebido pela mãe : interações pré e pós-natais sobre o comportamento infantil aos 18 meses ... Peso ao nascer e cuidado parental percebido pela mãe : interações pré e pós-natais sobre o comportamento infantil aos 18 meses ... Peso ao nascer e cuidado parental percebido pela mãe : interações pré e pós-natais sobre o comportamento infantil aos 18 meses ... deste trabalho foi avaliar a interação entre nascer PIG e o cuidado parental percebido pela mãe sobre o comportamento infantil ...
  http://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/67519
*  A medicalização do comportamento infantil - Pediatria IntegralPediatria Integral
A medicalização do comportamento infantil. 13.01.2013. criança e natureza, curas alternativas, doenças, medicalização, natureza ...
  http://pediatriaintegral.com.br/a-medicalizacao-do-comportamento-infantil/
*  Pequeno travesso: 17 perguntas e respostas sobre o comportamento infantil
Decifrar o comportamento infantil não é tarefa fácil para os pais. A busca por respostas costuma esbarrar na maneira como eles ... Para ajudar os pais a agir nesses momentos difíceis, procuramos especialistas em educação e comportamento infantil, que sugerem ... Atenção: nunca dizer que você está contra ela, mas que o comportamento dela é errado, que você não aprova a maneira de ela agir ... Isso não significa que o comportamento não vá se repetir, mas todas as vezes em que isso ocorrer é necessário deixar clara sua ...
  http://samukatraquina.blogspot.com/2013/04/17-perguntas-e-respostas-sobre-o.html
*  Arquivos comportamento infantil - OsFraldinhas - Para quem já nasce com estilo!
... "comportamento infantil". Tag: comportamento infantil. Publicado em 4 de maio de 2017. Gêmeos: comportamento dos irmãos gêmeos. ... comportamento do bebê, comportamento dos irmãos gêmeos, comportamento infantil, gemeos, gestação de gêmeos, irmãos gêmeos ... Muitos mitos existem sobre o comportamento dos irmãos gêmeos, se são iguais em tudo, se sentem as mesmas coisas… E também por ...
  http://osfraldinhas.com.br/tag/comportamento-infantil/
*  Construir e Incluir: Escola de pais: um programa de modificação do comportamento infantil
A Escola de Pais e Mães consiste num programa de treino de técnicas de modificação do comportamento infantil, utilizando ... assim como mudanças muito importantes no comportamento infantil. Finalmente, a alta taxa de participação semanal dos pais e a ... A Educação Infantil de 0 a 3 anos, ao longo das três últimas décadas, estabeleceu um desenvolvimento elevado nos fazeres ... Procura-se, fundamentalmente, modificar a interação pais-filhos com o duplo fim de fomentar o comportamento socialmente aceito ...
  http://construireincluir.blogspot.com/2011/05/escola-de-pais-um-programa-de.html
*  Fred Jossias indignado com o comportamento infantil da Nayla Cumbe, e diz que Dygo Boy tem razão - MOZ NEWS
Fred Jossias indignado com o comportamento infantil da Nayla Cumbe, e diz que Dygo Boy tem razão Loading... ... Fred Jossias indignado com o comportamento infantil da Nayla Cumbe, e diz que Dygo Boy tem razão. ...
  https://moznews.co.mz/2017/10/19/fred-jossias-indignado-com-o-comportamento-infantil-da-nayla-cumbe-e-diz-que-dygo-boy-tem-razao/
*  DIGA NÃO À VIOLÊNCIA INFANTIL: COMPORTAMENTO: 8 razões para não bater no seu filho
DIGA NÃO À VIOLÊNCIA INFANTIL. Jorge silva sousa GRADUADO EM PEDAGOGIA PELA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS (UEG). PÓS-GRADUADO ... EM FORMAÇÃO DE PROFESSORES: EDUCAÇÃO INFANTIL (PUC-GOIÁS). CRIADOR E ADMINISTRADOR DO BLOG DIGA NÃO À VIOLÊNCIA INFANTIL.. ... COMPORTAMENTO: 8 razões para não bater no seu filho. 2013. Disponível em: http://www.blogger.com/blogger.g?blogID= ...
  http://jorgessousa.blogspot.com/2013/09/comportamento-8-razoes-para-nao-bater.html
*  Comportamento
Matemática na Educação Infantil *Benefícios da natação para crianças *Amoeba magnética *De onde vem a chuva? ... Comportamento Incentive a aprendizagem de crianças autistas 31 de Janeiro de 2018. 31 de Janeiro de 2018. Caroline Svitras 0 ...
  http://educacaoinfantil.uol.com.br/category/comportamento/
*  Eu Amo O Ministério Infantil: Bom Comportamento!
Regrinhas de Comportamento (2) Retiro Soldados do Reino (2) Selinhos (2) Armadura de Deus (1) Artesanato em tecido (1) Bebês (1 ... Sou serva de Deus, mãe de três filhos lindos que Deus me deu, artesã nas horas vagas e Lider do Ministerio Infantil na minha ... Sugestões de livros para auxiliar no Ministério Infantil (1) Trabalhinhos com rolos de papel (1) Versículos Bíblicos ilustrados ...
  http://ministerioinfantilalebohrerferreira.blogspot.com/2011/10/bom-comportamento.html
*  Comportamento | Revista Educação Infantil - Part 2
Comportamento Ensino Fundamental Conheça as lendas urbanas para trabalhar o medo infantil 30 de agosto de 2017. Evelyn Cristine ... Comportamento Ensino Fundamental O que as crianças fazem durante o intervalo? 4 de agosto de 2017. Evelyn Cristine 0 Comentário ... Comportamento Conscientize alunos sobre a importância das árvores 25 de julho de 2017. 19 de dezembro de 2017. Caroline Svitras ... Comportamento Ensino Fundamental Entrevista Especialista esclarece dúvidas sobre bullying e suicídio 10 de agosto de 2017. ...
  http://educacaoinfantil.uol.com.br/category/comportamento/page/2/
*  Nutrição, escolhas e comportamento alimentares | Obesidade Infantil
Capítulo - Nutrição, escolhas e comportamento alimentares *Períodos delicados e determinantes na formação inicial de escolhas ...
  http://ebook.ecog-obesity.eu/pt/nutricao-escolhas-comportamento-alimentares/
*  Evangelização Infantil: Mudança de Comportamento
Evangelização Infantil Acabo de criar mais este espaço, que se destinará a todos os trabalhadores de Jesus, pais, crianças e ... E reagir ao comportamento do filho de modo igualmente bravo -colocar de castigo, punir, reclamar- tem sido bem comum. ... E o modo que ela tem de expressar o que sente, mesmo sem entender muito bem, é mudando seu comportamento. Muitas ficam bravas ... Por que isso acontece? Entender o contexto desse momento do desenvolvimento infantil talvez melhore o relacionamento entre pais ...
  http://blogevangelizacao.blogspot.com/2011/07/mudanca-de-comportamento.html
*  Alimenta o Omn vora
Comportamento infantil e alimenta o. Nas crian as, a hiperactividade, a falta de aten o, a dislexia e o comportamento anti- ... Alimenta o Infantil. Alimenta o Omn vora. Despensa Tradicional. Alimenta o Vegana. Despensa Vegana. Alimenta o Vegetariana. ...
  https://www.centrovegetariano.org/Cat-8-Alimentacao-tradicional-omnivora.html
*  Sa de infantil
Comportamento infantil e alimenta o. Nas crian as, a hiperactividade, a falta de aten o, a dislexia e o comportamento anti- ... Categoria: Sa de > Sa de infantil. Sub-categorias: Alimenta o e Sa de. Anorexia. Cancro. Diabetes. Obesidade e Colesterol. ... Leite e diabetes infantil. O leite, tantas vezes definido como "o alimento perfeito", est longe de o ser. Basta lembrar que n o ...
  https://www.centrovegetariano.org/Cat-34-Sa-de-infantil.html
*  Mortalidade infantil no município de São Paulo: análise do seu comportamento nos últimos 15 anos
Mortalidade infantil no município de São Paulo. Análise do seu comportamento nos últimos 15 anos1 ... MORTALIDADE INFANTIL TARDIA. A queda que vinha se observando na mortalidade infantil, como já foi dito, deveu-se exclusivamente ... A partir de 1950, a queda sofrida pelo coeficiente de mortalidade infantil foi exclusivamente à custa da mortalidade infantil ... A queda verificada na mortalidade infantil na Município da Capital desde 1950 foi devida exclusivamente à mortalidade infantil ...
  http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89101967000100007&lng=en&nrm=iso
*  Comportamento
... infantil Como devem atuar os pais segundo o temperamento das crianças. É difícil saber exatamente o que é o ... Causas da conduta agressiva infantil O comportamento agressivo é normal e deve ser vivido pela criança. Na infância, são ... Teimosia infantil Meninos y meninas teimosas. Teimosia infantil. Como lidar com a teimosa das crianças. Meninos e meninas ... Timidez infantil A timidez se caracteriza pela dificuldade nas relações interpessoais e uma tendência acentuada de fuga do ...
  https://br.guiainfantil.com/educacao/comportamento/
*  Lista de personagens de The Powerpuff Girls - Wikipedia
Tem comportamento infantil (anacletismo). Seu alimento preferido é picles. Na nova série das Meninas Super-Poderosas, ele ... É gordinho e sua personalidade é retratada como ingênuo e infantil, Ri como louco e às vezes quando dorme, Ronca. Sedusa é uma ... Lindinha é definida por sua inocência, ingenuidade e comportamento gentil. Ela exibe a capacidade de entender e falar línguas ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Lista_de_personagens_de_The_Powerpuff_Girls
*  Sociologia do Crime e do Desvio by Alisson Soares on Prezi
Criminoso como comportamento infantil. Psicopatia. Tratamento dos pobres. http://vimeo.com/27659191. A criminalização do ... Isto levaria ao comportamento criminoso. Foi chamado de 'cromossomo do crime'. Foi descoberta em 1961 por Sandberg, nos EUA. ... O comportamento humano é instável: Não é simplesmente determinado biologicamente, nem determinado pela socialização (ter 'boa ... aumento do comportamento agressivo. aumento da vulnerabilidade. diminuição da capacidade de decisão. dificuldade em controlar ...
  https://prezi.com/bvzix6cvv8kp/sociologia-do-crime-e-do-desvio/
*  Gente Que Educa!: Sobre o comportamento da professora da Educação Infantil.
1. A Educação Infantil bem organizada contribui para a formação harmônica da criança em seus aspectos biológico e psíquico.. 2 ... 5. As atividades na Educação Infantil devem ser tão bem conduzidas que a criança ao sair dela deve recordar com saudade.. 6. A ... 4. No período em que a criança freqüenta a Educação Infantil ela deve ignorar que está sendo educada e aprendendo, deve pensar ... A Professora deve possuir sólidos conhecimentos de psicologia infantil e de didática especial.. 3. A missão da Professora não é ...
  http://gimenes-gentequeduca.blogspot.com/2008/05/sobre-o-comportamento-da-professora-do.html
*  Comportamento Archives - Pompeinha Escola de Educação Infantil
Comportamento, Psicologia Infantil. Por Amanda Greco Psicóloga Morder é uma forma de expressão, uma fase passageira Mais do que ...
  http://www.pompeinha.com.br/category/comportamento/

Mothers Talk: “Mothers Talk” é uma canção de 1984 da banda britânica Tears for Fears. Escrita por Roland Orzabal e Ian Stanley, e interpretada por Orzabal, foi o sétimo single lançado (o primeiro do álbum Songs from the Big Chair) e quinto single a alcançar o UK Top 40.Beagle harrierJenna Boyd: Jenna Michelle Boyd (Bedford, Texas, 4 de março de 1993) é uma atriz norte-americana.Driven to Distraction: Driven to Distraction (Tendência à Distração em português) é um livro de 1994 sobre o distúrbio do déficit de atenção (DDA), escrito pelos psiquiatras americanos Edward Hallowell e John Ratey.Comportamento: O comportamento é definido como o conjunto de reações de um sistema dinâmico face às interações e renovação propiciadas pelo meio onde está envolvido. Exemplos de comportamentos são: comportamento social, comportamento humano, comportamento informacional (o que o indivíduo faz com relação à informação), comportamento animal, comportamento atmosférico etc.Pena (Direito): A Pena (do grego poiné, pelo latim poena) é o modo de repressão, pelo poder público, à violação da ordem social. Consiste numa punição imposta pelo Estado ao delinquente ou contraventor, em processo judicial de instrução contraditória, por causa de crime ou contravenção que tenham cometido, com o fim de exemplificá-los e evitar a prática de novas infrações.Agência Brasileira de InteligênciaInstinto materno: O termo instinto materno se refere às reações instintivas de uma mãe com sua cria, notável nos mamíferos. O laço físico e emocional pode ser criado ainda na gravidez ou nas horas, dias ou até meses subsequentes.Taxa de mortalidade padronizada para a idade: Taxa de mortalidade padronizada para a idade é uma taxa de mortalidade que foi padronizada de modo a eliminar os efeitos da diversidade da estrutura etária nas populações a comparar.Curiosidade: A curiosidade é a capacidade natural e inata da inquiribilidade, evidente pela observação de muitas espécies animais, e no aspecto dos seres vivos que engendra a exploração, a investigação e o aprendizado. A curiosidade faz parte do instinto humano, pois faz com que um ser explore o universo ao seu redor compilando novas informações às que já possui.Fast Future Generation: Fast Future Generation é um "rockumentary" sobre os Good Charlotte noSomnifobia: Somnifobia é um distúrbio das pessoas que tem um medo pavoroso de dormir. Algumas acham que os pesadelos a atormentarão, outras acham que jamais irão acordar, e podem até ter doenças crônicas.Incesto: Incesto é quando se possue uma relação sexual ou marital entre parentes próximos ou alguma forma de restrição sexual dentro de determinada sociedade. É condenado em quase todas as culturas humanas.Transtorno mental: upright=1.1|thumb|A loucura, de [[Angelo Bronzino.Memória emocional: Memória emocional é a lembrança de algo baseado principalmente em uma emoção sentida no passado. Incluindo tanto as memórias boas quanto as ruins, é a que deixa as mais fortes marcas no cérebro.


  • anos
  • A Educação Infantil de 0 a 3 anos, ao longo das três últimas décadas, estabeleceu um desenvolvimento elevado nos fazeres pedagógicos e ten. (blogspot.com)
  • Procurando verificar quais as causas responsáveis por êste curso desfavorável da mortalidade infantil nos últimos anos, os autores chegaram à conclusão que apenas as doenças infecciosas e parasitárias não tiveram seu coeficiente aumentado neste período, tendo as demais causas sofrido um aumento que variou de 2,5% a 87,5% em relação ao ano de 1961. (scielo.br)
  • 3 períodos, dentro daqueles 15 anos: o biênio 1950-61, o ano de 1961, que foi o de mais baixa mortalidade infantil no período e o biênio 1963-64. (scielo.br)
  • Para se avaliar a magnitude do coeficiente de mortalidade infantil na Capital são apresentados na Tabela 1 os coeficientes de algumas capitais brasileiras e de alguns países nos últimos anos. (scielo.br)
  • A SAP foi originalmente desenvolvida como uma explicação para o aumento do número de relatos de abuso infantil nos anos 1980. (wikipedia.org)
  • Pais
  • E importante salientar o que que é entendido pelos pais, como características normais, qualquer comportamento ao extremo existente é preciso a busca por orientação. (psicologiasdobrasil.com.br)
  • A Criança que não socializar permanece um bom tempo em um local isolado, ou seja, no seu "mundinho", não reage quando é chamada pelo nome, não consegue sair da rotina, não imita o comportamento do outro, não brinca de faz de conta, não reage emocionalmente aos apelos de outras pessoas a não ser da família, não conseguem se comunicar, pedindo atenção dos pais através de choro ou birras. (psicologiasdobrasil.com.br)
  • Pais fiquem atentos, o comportamento das crianças sempre nos fala algo e se você não consegue enxergar, ou mesmo compreender, procure ajuda de um profissional que trabalha com crianças, psicólogos, psiquiatras, neuropediatra, neuropsicologo, entre outros. (psicologiasdobrasil.com.br)
  • Decifrar o comportamento infantil não é tarefa fácil para os pais. (blogspot.com)
  • Para ajudar os pais a agir nesses momentos difíceis, procuramos especialistas em educação e comportamento infantil, que sugerem alguns caminhos. (blogspot.com)
  • Os pais têm de deixar claro que não aprovam o comportamento porque, mesmo elas não tendo noções claras de certo e errado, não podem fazer tudo que querem", diz ela. (blogspot.com)
  • geralmente
  • Quando esta não funciona, outra "solução" comumente adotada é uma "regressão" (inconsciente, consciente ou simulacra) a um comportamento infantil e mimado, geralmente visando comover ou sensibilizar terceiros através de algum tipo de apelação emocional. (wikipedia.org)
  • nasce
  • É sabido em teoria filosófica, que a criança nasce, como uma "tabua rasa" e que o comportamento passa ser aprendido, porém, existem teorias que especificam as características da personalidade da criança, que esta, vai sendo moldada, mas não retirada. (psicologiasdobrasil.com.br)
  • dias
  • 28 dias) 3 , que depois se manteve estacionária até 1964 e a mortalidade infantil tardia subiu a partir de 1963. (scielo.br)
  • tendo
  • A queda verificada na mortalidade infantil na Município da Capital desde 1950 foi devida exclusivamente à mortalidade infantil tardia, tendo a mortalidade neo-natal sofrido apenas ligeiras oscilações. (scielo.br)
  • aumento
  • Êste aumento, até 1964, foi devido tanto a um aumento na mortalidade neo-natal (10,6% em relação ao valor de 1961) como a um aumento na mortalidade infantil tardia (13,2% em relação ao valor de 1961). (scielo.br)
  • idade
  • Introdução: Evidências sugerem uma associação entre nascer pequeno para idade gestacional (PIG) e o risco aumentado de desenvolver problemas de comportamento. (ufrgs.br)
  • seja
  • Frustração é um estado emocional que acompanha a interrupção de um comportamento motivado, ou seja é um estado psiquico que resultam do bloqueio da motivação provocada por qualquer barreira que impede de alcançar um projecto ou um objectivo tendente. (wikipedia.org)