Complicações Pós-Operatórias: Processos patológicos que afetam pacientes após um procedimento cirúrgico. Podem ou não estar relacionados à doença pela qual a cirurgia foi realizada, podendo ser ou não resultado direto da cirurgia.Resultado do Tratamento: Estudos conduzidos com o fito de avaliar as consequências da gestão e dos procedimentos utilizados no combate à doença de forma a determinar a eficácia, efetividade, segurança, exequibilidade dessas intervenções.Estudos Retrospectivos: Estudos nos quais os dados coletados se referem a eventos do passado.Complicações Intraoperatórias: Complicações que afetam pacientes durante a cirurgia. Podem estar ou não associadas à doença para a qual a cirurgia é realizada ou, dentro do mesmo procedimento cirúrgico.Tempo de Internação: Período que um paciente permanece confinado em um hospital ou outra instituição de saúde.Laparoscopia: Procedimento em que um laparoscópio (LAPAROSCÓPIOS) é inserido através de uma pequena incisão próxima ao umbigo para examinar os órgãos abdominais e pélvicos na CAVIDADE PERITONEAL Se necessário, pode ser realizado biópsia ou cirurgia durante a laparoscopia.Infecção da Ferida Operatória: As infecções que ocorrem no local da incisão cirúrgica.Seguimentos: Estudos nos quais indivíduos ou populações são seguidos para avaliar o resultado de exposições, procedimentos ou efeitos de uma característica, por exemplo, ocorrência de doença.Procedimentos Cirúrgicos do Sistema Digestório: Cirurgia feita no sistema digestório ou suas partes.Cuidados Pré-Operatórios: Cuidados dispensados no período anterior à cirurgia, quando os preparativos psicológicos e físicos são feitos, de acordo com as necessidades especiais e individuais do paciente. Este período compreende o intervalo entre a admissão ao hospital e o início da cirurgia.Fatores de Tempo: Elementos de intervalos de tempo limitados, contribuindo para resultados ou situações particulares.Reoperação: Operação refeita para a mesma doença, no mesmo paciente, devido à evolução ou recidiva da doença, ou como acompanhamento de cirurgia anterior que não atingiu seu objetivo.Grampeamento Cirúrgico: Técnica de fechar incisões e ferimentos, ou de ligar e conectar tecidos, na qual grampos são utilizados como suturas.Estudos Prospectivos: Estudos planejados para a observação de eventos que ainda não ocorreram.Perda Sanguínea Cirúrgica: Perda de sangue durante um procedimento cirúrgico.Cuidados Pós-Operatórios: Período de cuidados que se inicia quando o paciente é removido da cirurgia, e que visa satisfazer as necessidades psicológicas e físicas do paciente logo após uma cirurgia.Procedimentos Cirúrgicos Eletivos: Cirurgia que poderia ser adiada ou não ser realizada sem perigo ao paciente. A cirurgia eletiva inclui procedimentos para corrigir problemas médicos que não ameaçam a vida e também para aliviar afecções causadoras de estresse psicológico ou outro risco potencial a pacientes, por exemplo, cirurgia estética ou contraceptiva.Anastomose Cirúrgica: União cirúrgica ou passagem entre ductos, tubos ou vasos. Pode ser extremidade com extremidade, extremidade com borda, borda com extremidade ou borda com borda.Fatores de Risco: Aspecto do comportamento individual ou do estilo de vida, exposição ambiental ou características hereditárias ou congênitas que, segundo evidência epidemiológica, está sabidamente associado a uma condição relacionada com a saúde considerada importante de ser prevenida.Pneumonectomia: Excisão de tecido do pulmão, incluindo a lobectomia pulmonar parcial ou total.Técnicas de Sutura: Técnicas para juntar as bordas de uma ferida com alças de fio ou materiais semelhantes (SUTURAS).Toracotomia: Incisão cirúrgica na parede do tórax.Pancreaticoduodenectomia: Excisão da cabeça do pâncreas e da alça envolvendo o duodeno, ao qual está conectado.Gastrectomia: Excisão de todo (g. total) ou parte (g. subtotal, g. parcial, ressecção gástrica) do estômago. (Dorland, 28a ed)Alvéolo Seco: Afecção que às vezes ocorre após extração dentária, particularmente após extração traumática, resultando em um aspecto seco do osso exposto no alvéolo devido à desintegração ou perda do coágulo sanguíneo. É basicamente uma osteomielite focal sem supuração e é acompanhada por dor severa (alveolalgia) e mau odor. (Dorland, 28a ed)Deiscência da Ferida Operatória: Processo patológico constituído por ruptura completa ou parcial das camadas de uma ferida cirúrgica.Duração da Cirurgia: Duração de um procedimento cirúrgico em horas e minutos.Hepatectomia: Excisão de todo (h. total) ou parte (h. parcial ou subtotal) do fígado. (Dorland, 28a ed)Drenagem: Remoção de líquidos ou descarga do corpo, como de uma ferida, úlcera ou cavidade.Procedimentos Cirúrgicos Operatórios: Operações conduzidas para correção de deformidades e defeitos, reparos de lesões e diagnóstico e cura de certas doenças.Período Pós-Operatório: Período que se segue a uma operação cirúrgica.Colectomia: Excisão de uma parte do colo ou de todo o colo. (Dorland, 28a ed)Procedimentos Cirúrgicos em Ginecologia: Cirurgia executada na genitália feminina.Procedimentos Cirúrgicos Reconstrutivos: Procedimentos utilizados para reconstruir, restaurar ou melhorar estruturas defeituosas, danificadas ou perdidas.Telas Cirúrgicas: Qualquer material tecido ou tricotado de textura aberta usado em cirurgia para reparo, reconstituição ou substituição de tecido. A tela é usualmente um tecido sintético feito de vários polímeros. É ocasionalmente feita de metal.Eletrocoagulação: Procedimentos que utilizam fio ou bisturi aquecido eletricamente para tratar hemorragias (por exemplo, sangramento de úlceras) e remover tumores, lesões de mucosas e arritmias refratárias. É diferente de ELETROCIRURGIA, que é usada mais para cortar tecido do que para destruí-lo e em que o paciente faz parte do circuito elétrico.Procedimentos Cirúrgicos Minimamente Invasivos: Procedimentos que evitam o uso de cirurgia aberta, invasiva, em favor de cirurgia fechada ou local. Esses geralmente envolvem o uso de dispositivos laparoscópicos e manipulação de instrumentos por controle remoto com observação direta do campo cirúrgico através de um endoscópio ou dispositivo similar.Retalhos Cirúrgicos: Pedaços de pele e tecido subcutâneo, às vezes incluindo músculos retirados de partes subjacentes, porém frequentemente ainda presas a uma extremidade. Eles retêm a própria microvasculatura que também é transferida para o novo local. São utilizados em cirurgias plásticas para reparar um defeito em região vizinha.Laparotomia: Incisão lateral no abdome entre as costelas e a pelve.Fístula Anastomótica: Rompimento da conexão e o vasamento subsequente de efluentes (fluidos, secreções, ar) a partir de uma ANASTOMOSE CIRÚRGICA dos sistema digestório, respiratório, genitourinário e cardiovascular. Os vazamentos mais comuns provêm de rompimento das linhas de sutura na anastomose gastrointestinal ou intestinal.Procedimentos Cirúrgicos Torácicos: Cirurgia feita nos órgãos torácicos, mais comumente nos pulmões e coração.Procedimentos Cirúrgicos Obstétricos: Cirurgia feita na mulher grávida para doenças associadas à gravidez, trabalho de parto ou puerpério. Não incluem cirurgias do recém-nascido.Gastroenterostomia: Variedade dos procedimentos cirúrgicos reconstrutivos planejados para restaurar a continuidade gastrointestinal. As duas principais classes de procedimentos de reconstrução são a Billroth I (gastroduodenostomia) e a Billroth II (gastrojejunostomia).Medição de Risco: Métodos e técnicas aplicadas para identificar os fatores de risco e medir a vulnerabilidade aos perigos potenciais causados por desastres e substâncias químicas.Assistência Perioperatória: Intervenções para prover cuidado antes, durante e imediatamente após uma cirurgia.Hemorragia Pós-Operatória: Hemorragia seguida a qualquer procedimento cirúrgico. Pode ser imediata ou tardia e não se restringe ao ferimento cirúrgico.Apendicectomia: Remoção cirúrgica do apêndice vermiforme. (Dorland, 28a ed.)Procedimentos Cirúrgicos Vasculares: Procedimentos cirúrgicos para o tratamento de distúrbios vasculares.Hemorroidas: Veias intumescidas na parte mais baixa do RETO e ÂNUS. As hemorroidas podem ser dentro do ânus (interna), sob a pele em torno do ânus (externa), ou protraindo de dentro para fora do ânus. As pessoas com hemorroidas podem ou não exibir sintomas que incluem sangramento, coceira e dor.Abscesso Abdominal: Abscesso localizado na cavidade abdominal, i. é, a cavidade separada pelo diafragma da cavidade torácica acima, e pelo plano do estreito pélvico superior da cavidade pélvica abaixo, e revestida por uma membrana serosa, o peritônio. (Dorland, 28a ed)Instrumentos Cirúrgicos: Ferramentas ou implementos manuais usados por profissionais de saúde para o desempenho de tarefas cirúrgicas.Procedimentos Cirúrgicos Cardíacos: Cirurgias feitas no coração.Colostomia: Construção cirúrgica de uma abertura entre o cólon e a superfície do corpo.Distribuição de Qui-Quadrado: Distribuição na qual a variável está distribuída como a soma dos quadrados de qualquer variável dada independente e aleatória, tendo cada qual uma distribuição normal com média zero e desvio um. O teste de Qui-quadrado é um teste estatístico baseado na comparação de uma estatística e uma distribuição de Qui-quadrado. Os testes mais antigos se usam para detectar se duas ou mais distribuições da população diferem entre si.Grampeadores Cirúrgicos: Aparelhos de fixação compostos de ligas aço-tântalo usados para fechar ferimentos operativos, especialmente da pele, que minimiza infecções por não introduzir um corpo estranho que conectaria regiões externas e internas do corpo.Tomografia Computadorizada por Raios X: Tomografia utilizando transmissão por raio x e um computador de algoritmo para reconstruir a imagem.Colecistectomia Laparoscópica: Excisão da vesícula biliar através de uma incisão utilizando um laparoscópio.Esofagectomia: Excisão de parte (parcial) ou todo (total) do esôfago. (Dorland, 28a ed)Período Intraoperatório: Período durante uma operação cirúrgica.Suturas: Materiais usados no fechamento de uma ferida cirúrgica ou traumática com pontos. (Dorland, 28a ed)Taxa de Sobrevida: Proporção de sobreviventes de um grupo em estudo acompanhado por determinado período. (Tradução livre do original: Last, 2001)Implantes para Drenagem de Glaucoma: Dispositivos, que geralmente incorporam válvulas unidirecionais, que são inseridos cirurgicamente na esclera para manter a pressão intraocular normal.Mortalidade Hospitalar: Registro ou coleta de dados referentes à mortalidade por quaisquer causas em grupos de indivíduos hospitalizados.Endoscopia: Procedimentos em que se empregam ENDOSCÓPIOS para diagnóstico e tratamento de doenças. A endoscopia envolve a passagem de um instrumento óptico através de pequena incisão na pele, isto é, percutânea; ou através de orifícios naturais e ao longo de vias naturais do corpo, como o trato digestório; e/ou através de incisão na parede de órgão ou estrutura tubular, isto é, transluminal, para examinar ou realizar cirurgia em partes interiores do corpo.Vitrectomia: Remoção total ou de parte do corpo vítreo no tratamento de endoftalmite, retinopatia diabética, descolamento de retina, corpos estranhos intraoculares e alguns tipos de glaucoma.Extração de Catarata: Remoção de um CRISTALINO cataratoso do olho.Período Perioperatório: Períodos de tempo imediatamente antes, durante e que se segue a uma operação cirúrgica.Incidência: Número de casos novos de doenças ou agravos numa determinada população e período.Remoção de Dispositivo: Remoção de um dispositivo terapêutico ou protético implantado.Procedimentos Cirúrgicos Urológicos: Cirurgias executadas no trato urinário ou seus órgãos em indivíduos do sexo masculino ou feminino. Para cirurgia da genitália masculina está disponível o termo PROCEDIMENTOS CIRÚRGICOS UROLÓGICOS MASCULINOS.Transplante de Fígado: Transferência de uma parte do fígado ou do fígado inteiro, de um ser humano ou animal a outro.Hérnia Inguinal: Hérnia abdominal com uma saliência externa na região da VIRILHA. Pode ser classificada de acordo com a localização da herniação. As hérnias inguinais indiretas ocorrem através do anel inguinal interno. As hérnias inguinais diretas ocorrem através de defeitos na PAREDE ABDOMINAL (fáscia transversal) no triângulo de Hesselbach. O primeiro tipo, normalmente é observado em crianças e adultos jovens, o segundo em adultos.Acuidade Visual: Clareza ou nitidez da VISÃO OCULAR ou a habilidade dos olhos de enxergar detalhes finos. A acuidade visual depende das funções da RETINA, da transmissão nervosa e da habilidade interpretativa do encéfalo. A acuidade visual normal (humana) é expressa como 20/20, que indica que uma pessoa pode enxergar a 20 pés (aproximadamente 6,1 m) o que normalmente deve ser visto a esta distância. A acuidade visual também pode ser influenciada por brilho, cor e contraste.Pancreatectomia: Remoção cirúrgica do pâncreas. (Dorland, 28a ed)Cuidados Intraoperatórios: Procedimentos de cuidados ao paciente feitos durante a operação, que são auxiliares à cirurgia efetiva. Abrange monitorização, terapia líquida, medicação, transfusão, anestesia, radiografia e testes de laboratório.Trabeculectomia: Qualquer procedimento cirúrgico para tratamento de glaucoma, por meio de punção ou remodelagem da rede trabecular. Abrange goniotomia, trabeculotomia e perfuração a laser.Fístula do Sistema Respiratório: Passagem anormal de comunicação entre qualquer componente do trato respiratório ou entre qualquer parte do sistema respiratório e órgãos vizinhos.Herniorrafia: Procedimentos cirúrgicos realizados para consertar aberturas anormais por meio das quais tecidos ou partes de órgãos podem protruir ou já estão protruídas.Implante de Prótese: Inserção cirúrgica de uma prótese.Dor Pós-Operatória: Dor durante o período após a cirurgia.Apendicite: Inflamação aguda do APÊNDICE. Apendicite aguda é classificada como simples, gangrenosa ou perfurada.Cirurgia Torácica Vídeoassistida: Cirurgia endoscópica da cavidade pleural feita com visualização através da transmissão por vídeo.Histerectomia: Excisão do útero.Microcirurgia: Execução de procedimentos cirúrgicos com auxílio de um microscópio.Estudos de Viabilidade: Estudos para determinar as vantagens ou desvantagens, praticabilidade ou capacidade de executar um plano projetado, um estudo ou um projeto.Complicações do Diabetes: Afecções ou processos mórbidos associados com diabetes melito. Devido ao controle deficiente do nível de GLICEMIA em pacientes diabéticos, desenvolvem-se processos doentios em vários tecidos e órgãos, incluindo o OLHO, RIM, VASOS SANGUÍNEOS e TECIDO NERVOSO.Aneurisma da Aorta Abdominal: Balão anormal ou dilatação semelhante a um saco na parede da AORTA ABDOMINAL que dá origem às ramificações parietais, e terminais (ilíaca) abaixo do hiato aórtico no diafragma.Implante de Lente Intraocular: Inserção de um cristalino artificial para substituir o CRISTALINO natural depois da EXTRAÇÃO da CATARATA ou para suplementar o cristalino natural que é deixado no lugar.Modelos Logísticos: Modelos estatísticos de risco de um indivíduo (probabilidade de contrair uma doença) em função de um dado de fator de risco. O modelo logístico é um modelo linear para a logística (logaritmo natural dos fatores de risco) da doença como função de um fator quantitativo e é matematicamente equivalente ao modelo logístico.Anastomose em-Y de Roux: Anastomose cirúrgica em forma de Y de qualquer parte do sistema digestório, que inclua o intestino delgado como um eventual local de drenagem.Excisão de Linfonodo: Excisão cirúrgica de um ou mais linfonodos. Seu uso mais comum é em cirurgia de câncer.Espaço Retroperitoneal: Área que ocupa a região mais posterior da CAVIDADE ABDOMINAL. Esta área limita-se lateralmente pelas bordas dos músculos quadrados lombares e se estende do DIAFRAGMA à borda da PELVE verdadeira, continuando então como espaço extraperitoneal pélvico.Hérnia Ventral: Hérnia causada por fraqueza da PAREDE ABDOMINAL anterior devido a defeitos da linha média, incisões prévias ou aumento da pressão intra-abdominal. As hérnias ventrais incluem a HÉRNIA UMBILICAL e as hérnias incisional, epigástrica e spigeliana.Morbidade: Qualquer alteração, subjetiva ou objetiva, na condição de bem-estar fisiológico ou psicológico. (Tradução livre do original: Last, 2001)Abdome: Região do corpo que se localiza entre o TÓRAX e a PELVE.Toracoscopia: Exame, terapia ou cirurgia endoscópica da cavidade pleural.Fixação Interna de Fraturas: Utilização de dispositivos internos (placas metálicas, pregos, hastes, etc.) para sustentar a posição de uma fratura no alinhamento apropriado.Obstrução Intestinal: Qualquer prejuízo (parada ou reversão) no fluxo do CONTEÚDO INTESTINAL no sentido do CANAL ANAL.Procedimentos Ortopédicos: Procedimentos utilizados para tratar e corrigir deformidades, doenças e lesões do SISTEMA MUSCULOSQUELÉTICO, articulações e estruturas associadas.Recidiva: Retorno de um sinal, sintoma ou doença após uma remissão.Colecistectomia: Remoção cirúrgica da VESÍCULA BILIAR.Ponte de Artéria Coronária: Tratamento cirúrgico da doença isquêmica da artéria coronária pelo enxerto de uma secção da veia safena, uma artéria torácica interna, ou outro substituto entre a aorta e a artéria coronária obstruída distante da lesão obstrutiva.Pancreaticojejunostomia: Anastomose cirúrgica do canal pancreático, ou da extremidade dividida do pâncreas transecionado, com o jejuno. (Dorland, 28a ed)Hemorragia Vítrea: Hemorragia para dentro do CORPO VÍTREO.Procedimentos Cirúrgicos Urológicos Masculinos: Cirurgias executadas na genitália masculina.Complicações na Gravidez: Afecções ou processos patológicos associados com gravidez. Podem ocorrer durante ou após a gravidez e variam de pequenos mal-estares a graves doenças que requerem cuidados médicos. Incluem doenças em mulheres grávidas e gravidez de mulheres com doenças.Implante de Prótese Vascular: Inserção cirúrgica de PRÓTESE VASCULAR para reparar vasos sanguíneos danificados ou doentes.Hemostasia Cirúrgica: Controle do sangramento durante ou após procedimentos cirúrgicos.Facoemulsificação: Procedimento para remoção do cristalino na cirurgia de catarata na qual uma capsulectomia é feita por meio de uma agulha inserida diretamente em uma pequena incisão no limbo temporal, permitindo que o conteúdo do cristalino diminua através da pupila dilatada na câmara anterior, onde são desintegrados pelo uso de ultrassom e aspirados para fora do olho através da incisão. (Tradução livre do original: Cline, et al., Dictionary of Visual Science, 4th ed & In Focus 1993;1(1):1)Obesidade Mórbida: Situação em que o peso é duas, três ou mais vezes acima do peso ideal, sendo assim chamada porque está associada com vários transtornos sérios e com risco de morte. Em relação ao ÍNDICE DE MASSA CORPORAL, a obesidade mórbida é definida por um IMC acima de 40,0 kg/m2.Fístula Cutânea: Passagem ou comunicação anormal entre um órgão interno e a superfície do corpo.Doadores Vivos: Provedores não cadavéricos de órgãos para transplante para receptores aparentados ou não.Laringectomia: Excisão total ou parcial da laringe.Fatores Etários: Idade como um elemento ou influência que contribui à produção de um resultado. Pode ser aplicável à causa ou efeito de uma circunstância. É usado com os conceitos humano e animal, mas devem ser diferenciados de ENVELHECIMENTO, um processo fisiológico, e FATORES DE TEMPO que se refere somente ao transcurso do tempo.Fístula Pancreática: Via anormal comunicando com o PÂNCREAS.Fusão Vertebral: Imobilização ou ancilose operatória de duas ou mais vértebras, por fusão dos corpos vertebrais com um curto enxerto ósseo ou muitas vezes com discectomia ou laminectomia.Doenças Biliares: Doenças de qualquer parte do TRATO BILIAR incluindo VIAS BILIARES e VESÍCULA BILIAR.Placas Ósseas: Dispositivos implantáveis para a fixação de fraturas que se unem aos fragmentos ósseos com parafusos para fazer uma ponte que una o intervalo da fratura e proteja o local do estresse, como as cicatrizações ósseas. (Tradução livre do original:UMDNS, 1999)Perfuração Intestinal: Abertura ou penetração através da parede do INTESTINO.Glaucoma Neovascular: Forma de glaucoma secundário que se desenvolve como consequência de outra doença ocular e é atribuída à formação de novos vasos no ângulo da câmara anterior.Transfusão de Sangue: A introdução de sangue total ou componente de sangue diretamente dentro da corrente sanguínea. (Dorland, 28a ed)Anestesia Geral: Procedimento em que os pacientes são induzidos a um estado de inconsciência por meio do uso de vários medicamentos, a fim de que não sintam dor durante a cirurgia.Traqueostomia: Formação cirúrgica de um orifício na traqueia através do pescoço, ou do orifício criado.Ponte Cardiopulmonar: Desvio do fluxo sanguíneo da entrada do átrio direito diretamente para a aorta (ou artéria femoral) através de um oxigenador, desviando desse modo o coração e os pulmões.Comorbidade: Presença de doenças coexistentes ou adicionais com relação ao diagnóstico inicial ou com relação à doença índice que é o objetivo do estudo. A comorbidade pode afetar o desempenho de indivíduos afetados e até mesmo a sua sobrevivência. Pode ser usado como um indicador prognóstico para a duração da hospitalização, fatores de custos e de melhoria ou sobrevivência.Hidratação: Terapia cujo objetivo básico é restaurar o volume e a composição dos líquidos corporais aos níveis normais, relacionados ao EQUILÍBRIO HIDROELETROLÍTICO. Os líquidos podem ser administrados por via intravenosa, oral, gavagem intermitente ou por HIPODERMÓCLISE.Current Procedural Terminology: Termos descritivos e códigos de identificação para relatar serviços e procedimentos clínicos realizados por MÉDICOS. É produzida pela AMERICAN MEDICAL ASSOCIATION e utilizada para solicitações junto a companhias de seguro sob as rubricas MEDICARE, MEDICAID e programas privados de seguro de saúde (Tradução livre do original: CPT 2002).Procedimentos Neurocirúrgicos: Cirurgia feita no sistema nervoso ou suas partes.Monitorização Intraoperatória: Verificação constante do estado ou condição de um paciente durante o curso de uma cirurgia (por exemplo, verificação dos sinais vitais).Stents: Dispositivos que dão suporte a estruturas tubulares que estão sendo anastomosadas ou para cavidades do corpo durante enxerto de pele.Estimativa de Kaplan-Meier: Método não paramétrico de compilação de TÁBUAS DE VIDA ou tábuas de sobrevivência. Combina as probabilidades calculadas de sobrevida e as estimativas para permitir que as observações ocorram além de um limiar, assumido randomicamente. Os intervalos de tempo são definidos como final de cada tempo de um evento, sendo portanto desigual. (Tradução livre do original: Last, A Dictionary of Epidemiology, 1995)Hospitais com Alto Volume de Atendimentos: Hospitais com uma média muito maior de utilização por médicos e um grande número de procedimentos.Procedimentos Cirúrgicos Ambulatórios: Cirurgia feita em paciente externo. Pode ser feita num hospital, consultório ou centro cirúrgico.Estudos de Coortes: Estudos em que os subconjuntos de uma certa população são identificados. Estes grupos podem ou não ser expostos a factores hipotéticos para influenciar a probabilidade da ocorrência de doença em particular ou outros desfechos. Coortes são populações definidas que, como um todo, são seguidos de uma tentativa de determinar as características que distinguem os subgrupos.Procedimentos Cirúrgicos do Sistema Biliar: Qualquer procedimento cirúrgico feito no sistema biliar.Desenho de Prótese: Planejamento e delineamento de próteses em geral ou de uma prótese específica.Hematoma: Acúmulo de sangue fora dos VASOS SANGUÍNEOS. O hematoma pode estar localizado em um órgão, espaço ou tecido.Esternotomia: Incisão no ESTERNO.Estatísticas não Paramétricas: Classe de métodos estatísticos aplicáveis a um grande grupo de distribuição de probabilidades utilizado para testes de correlação, localização, independência, etc. Na maioria dos testes não paramétricos, o escore original ou as observações são substituídas por outra variável contendo menos informação. Uma classe importante de testes utiliza informação sobre se uma observação está acima ou abaixo de algum valor fixado, tal como uma mediana, e uma terceira classe é baseada na frequência de ocorrência dos períodos no dado.Procedimentos Cirúrgicos Cardiovasculares: Cirurgias feitas no coração ou vasos sanguíneos.Pinos Ortopédicos: Bastões de osso, metal ou outro material usados para fixação de fragmentos ou extremidades de ossos fraturados.Lasers de Gás: Lasers em que um meio gasoso é estimulado e emite luz por meio de uma corrente elétrica ou um oscilador de alta frequência.Ileostomia: Criação cirúrgica de um orifício externo no ÍLEO para desvio ou drenagem fecal. A substituição do RETO é criada normalmente em pacientes com ENTEROPATIAS INFLAMATÓRIAS graves. Os procedimentos em alça (continentes) ou tubo (incontinentes) são empregados com maior frequência.Prognóstico: Predição do provável resultado de uma doença baseado nas condições do indivíduo e no curso normal da doença como observado em situações semelhantes.Índice de Gravidade de Doença: Níveis dentro de um grupo de diagnósticos estabelecidos por vários critérios de medição aplicados à gravidade do transtorno de um paciente.Robótica: Aplicação de sistemas computadorizados de controle eletrônico a dispositivos mecânicos projetados para realizar funções humanas. Anteriormente estava restrita à indústria, mas hoje em dia aplica-se a órgãos artificiais controlados por dispositivos biônicos (bioeletrônicos), como bombas de insulina automatizadas e outras próteses.Trombose Venosa Profunda de Membros Superiores: Trombose de Veias Profundas de uma veia da extremidade superior (ex.: VEIA AXILAR, VEIA SUBCLÁVIA e VEIAS JUGULARES). Está associada com fatores mecânicos (trombose venosa profunda primária de membros superiores) secundários a outros fatores anatômicos (trombose venosa profunda secundária de membros superiores). Os sintomas podem incluir estabelecimento repentino de dor, calor, pele avermelhada ou azulada, e inchaço no braço.Artroplastia de Quadril: Substituição da articulação do quadril.Cardiopatias: Afecções que envolvem o CORAÇÃO, inclusive anomalias estruturais e funcionais.Úlcera Péptica Perfurada: Penetração da ÚLCERA PÉPTICA pela parede do DUODENO ou ESTÔMAGO que permite o vazamento do conteúdo do lúmen dentro da CAVIDADE PERITONEAL.Histerectomia Vaginal: Remoção do útero através da vagina.Gastrostomia: Criação de um orifício artificial externo no estômago para suporte nutricional ou compressão gastrointestinal.Reto: Segmento distal do INTESTINO GROSSO, entre o COLO SIGMOIDE e o CANAL ANAL.Prolapso Retal: A protrusão da membrana da mucosa retal através do ânus. Há graus variados: incompleto sem deslocamento do músculo do esfíncter anal; completo com deslocamento do músculo do esfíncter anal, mas sem herniação intestinal e completo interno com intussuscepção do retossigmoide ou reto superior para dentro do reto inferior.Procedimentos Cirúrgicos Oftalmológicos: Cirurgia feita no olho ou qualquer de suas partes.Fístula Intestinal: Passagem anatômica anormal entre o INTESTINO e qualquer segmento do intestino ou outro órgão. A fístula intestinal externa está conectada à PELE (fístula enterocutânea). A fístula intestinal interna pode estar conectada a vários órgãos, como ESTÔMAGO (fístula gastrocólica), TRATO BILIAR (fístula colecistoduodenal) ou BEXIGA URINÁRIA do TRATO URINÁRIO (fístula colovesical). Entre os fatores de risco estão os processos inflamatórios, câncer, tratamento por radiação e acidentes cirúrgicos (ERROS MÉDICOS).Anestesia: Estado caracterizado pela perda dos sentidos ou sensações. Esta depressão da função nervosa geralmente é resultante de ação farmacológica e é induzida para permitir a execução de cirurgias ou outros procedimentos dolorosos.Custos Hospitalares: Despesas que o hospital tem com a provisão de cuidados. Os custos hospitalares, atribuídos ao cuidado de um paciente em particular, incluem os custos diretos mais uma quantia proporcional às despesas gerais com administração, pessoal, manutenção do prédio, equipamento, etc. Os custos hospitalares são um dos fatores que determinam os PREÇOS HOSPITALARES (preço que o hospital fixa para os seus serviços).Dente Serotino: O dente permanente localizado mais posteriormente em cada lado da maxila e mandíbula.Trismo: Contração espasmódica do músculo masseter resultando no fechamento forçado da mandíbula. Pode ser visto em uma variedade de doenças, incluindo TÉTANO, como uma complicação de radioterapia, trauma ou em associação com neoplasias.Análise Multivariada: Conjunto de técnicas usadas quando a variação em diversas variáveis deve ser estudada simultaneamente. Em estatística, a análise multivariada se interpreta como qualquer método analítico que permita o estudo simultâneo de duas ou mais variáveis dependentes. Análise e interpretação das inter-relações entre três ou mais variáveis.Período Pré-Operatório: Período antes de uma operação cirúrgica.Hemorragia: Sangramento ou escape de sangue [a partir] de um vaso.Fixadores Internos: Dispositivos internos usados na osteossíntese para manter a posição da fratura no alinhamento apropriado. Pela aplicação dos princípios de engenharia biomédica, o cirurgião utiliza placas de metal, pregos, barras, etc., para a correção dos defeitos do esqueleto.Recuperação de Função Fisiológica: Retorno parcial (ou completo) ao normal (ou a atividade fisiológica adequada) de um órgão (ou parte) após doença ou trauma.Catarata: Opacidade, parcial ou completa, do cristalino ou cápsula de um ou ambos os olhos que compromete a visão ou causa cegueira. Os muitos tipos de catarata são classificados pela sua morfologia (tamanho, forma, localização) ou etiologia (causa e época de ocorrência). (Dorland, 28a ed)Desenho de Equipamento: Métodos de criação de máquinas e dispositivos.Cirurgia Colorretal: Especialidade cirúrgica voltada para o diagnóstico e o tratamento de doenças e anormalidades do COLO, do RETO e do CANAL ANAL.Fraturas do Quadril: Fraturas de CABEÇA DO FÊMUR, COLO DO FÊMUR (FRATURAS DO COLO FEMORAL), trocânteres ou das regiões inter ou subtrocantéricas. Estão excluídas as fraturas do acetábulo e do eixo femoral abaixo da região subtrocantérica (FRATURAS DO FÊMUR).Neoplasias Retais: Tumores ou câncer do RETO.Traumatismos do Nervo Trigêmeo: Lesões traumáticas no NERVO TRIGÊMEO. Pode resultar em dor extrema, sensação anormal em áreas inervadas pelo nervo na face, maxilas, gengiva e língua e pode causar dificuldade com a fala e na mastigação. Algumas vezes está associada com vários tratamentos dentários.Artroplastia do Joelho: Substituição da articulação do joelho.Extração Dentária: A remoção cirúrgica de um dente. (Dorland, 28a ed)Esplenectomia: Procedimento cirúrgico que envolve a extirpação parcial ou inteira do baço.Jejunostomia: Formação cirúrgica de uma abertura através da PAREDE ABDOMINAL, no JEJUNO, geralmente para hiperalimentação enteral.Pneumopatias: Processos patológicos que envolvem qualquer parte do PULMÃO.Próteses e Implantes: Substitutos artificiais para partes do corpo, e materiais inseridos em tecidos para propósitos funcionais, cosméticos ou terapêuticos. As próteses podem ser funcionais, como no caso de braços e pernas artificiais, ou cosméticas, como no caso de um olho artificial. Os implantes, todos cirurgicamente inseridos ou enxertados no corpo, tendem a ser utilizados terapeuticamente. IMPLANTES EXPERIMENTAIS estão disponíveis para aqueles usados experimentalmente.Seroma: Acúmulo de soro estéril semelhante a tumor de em um tecido, órgão ou cavidade. Resulta de um tecido lesado e é produto de uma inflamação tecidual. Frequentemente ocorre após MASTECTOMIA.Parafusos Ósseos: Dispositivos especializados usados em cirurgia em ORTOPEDIA para reparar fraturas ósseas.Osteotomia: Corte cirúrgico de um osso. (Dorland, 28a ed)Cirurgia Endoscópica por Orifício Natural: Procedimentos cirúrgicos executados através de uma abertura natural do corpo, como a boca, nariz, uretra ou ânus, e ao longo das cavidades corporais naturais com as quais são contínuas.Doenças do Colo: Processos patológicos na região do COLO do INTESTINO GROSSO.Equinococose Hepática: Doença hepática causada por infecção com tênias parasitas do gênero ECHINOCOCCUS, como "Echinococcus granulosus" ou "Echinococcus multilocularis". Os ovos ingeridos do Echincoccus se alojam na mucosa intestinal. A migração das larvas para o fígado através da VEIA PORTA produz vesículas aquosas (Cistos Hidatídicos).Constrição Patológica: Afecção em que uma estrutura anatômica é contraída além das dimensões normais.Neoplasias Esofágicas: Tumores ou câncer do ESÔFAGO.Hiperidrose: Sudorese excessiva. No tipo localizado, os sítios mais frequentes são as palmas, solas, axilas, pregas inguinais e a área perineal. Acredita-se que a causa principal seja emocional. A hiperidrose generalizada pode ser induzida por um ambiente úmido, quente, por febre ou por exercício vigoroso.Terapia a Laser: Uso dos efeitos fototérmicos de LASERS para coagular, cortar (ou incindir), vaporizar, extirpar (ou ressecar), dissecar ou reconstituir tecidos.Fraturas do Colo Femoral: Fraturas da porção curta, contraída do osso da coxa, entre a cabeça do fêmur e o trocanter. Estão excluídas as fraturas intertrocantéricas que são FRATURAS DO QUADRIL.Razão de Chances: É uma aproximação do risco relativo, característica de estudos de casos e controles, dada pela proporção entre a probabilidade de adoecer e não adoecer mediante a exposição e não exposição ao fator de risco em estudo.Nefrostomia Percutânea: Inserção de um cateter através da pele e paredes do corpo na pélvis renal, principalmente para proporcionar drenagem de urina onde o ureter não é funcional. É também usada para remover ou dissolver cálculos renais e no diagnóstico de obstrução do ureter.Gastroenteropatias: Doenças em qualquer segmento do TRATO GASTROINTESTINAL desde o ESÔFAGO ao RETO.Doenças Faríngeas: Processos patológicos envolvendo a FARINGE.Seleção de Pacientes: Critérios e padrões usados para se determinar a conveniência de incluir pacientes com doenças específicas em propostas de planos de tratamento e os critérios usados para a inclusão dos indivíduos em vários ensaios clínicos e outros protocolos de pesquisa.Nefrectomia: Excisão de um rim.Pancreatopatias: Processos patológicos do PÂNCREAS.Cistectomia: Utilizado para excisão da bexiga urinária.Curva de Aprendizado: Trajetória do aprendizado de um indivíduo ou um grupo. É uma medida do desempenho ao longo do tempo.Prótese Vascular: Dispositivo feito de material sintético ou biológico usado para reparo de vasos sanguíneos danificados ou defeituosos.Hérnia: Protrusão de tecido, estrutura ou parte de um órgão através do osso, tecido muscular ou da membrana na qual normalmente é inserida. A hérnia pode envolver tecidos, como PAREDE ABDOMINAL ou DIAFRAGMA respiratório. As hérnias podem ser internas, externas, congênitas ou adquiridas.Anestesia Local: Bloqueio da condução nervosa para uma área específica pela injeção de um agente anestésico.Valor Preditivo dos Testes: O valor preditivo de um teste diagnóstico é a probabilidade de um resultado positivo (ou negativo) corresponder a um indivíduo doente (ou não doente). Depende da sensibilidade e especificidade do teste (adaptação e tradução livre do original: Last, 2001)

*  Complicações pós-operatórias - Wikipedia
Complicações pós-operatórias, em geral, podem ser: POI (Pós operatório imediato): POT (Pós operatório tardio): As complicações ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Complica%C3%A7%C3%B5es_p%C3%B3s-operat%C3%B3rias
*  Incidência e fatores de complicações pulmonares pós-operatórias em pacientes submetidos à cirurgias de tórax e abdome - CBC -...
A incidência de complicações pulmonares pós-operatórias foi de 11,5%. As complicações mais comuns foram a insuficiência ... as complicações pós-operatórias continuam a afetar a recuperação de pacientes cirúrgicos1. Entre as complicações cirúrgicas, as ... CONCLUSÃO: as complicações pulmonares pós-operatórias são frequentes e os fatores associados a maior risco foram diabetes, ... A variável de desfecho foi a ocorrência de complicações pulmonares pós-operatórias.. RESULTADOS: foram estudados 314 pacientes ...
  http://revistadocbc.org.br/detalhes/230/incidencia-e-fatores-de-complicacoes-pulmonares-pos-operatorias-em-pacientes-submetidos-a-cirurgias-de-torax-e-abdome
*  Torrington and Henderson and Epstein risk assessment scales: applicability and effectiveness in lung resection
A incidência de complicações pulmonares pós-operatórias observada na nossa amostra populacional foi de 42% e está acima da ... Descritores: Complicações pós-operatórias; Cuidados pré-operatórios; Procedimentos cirúrgicos torácicos; Neoplasias pulmonares/ ... Entretanto, isto comprometeu a análise de um número maior de variáveis que poderiam predizer complicações pós-operatórias na ... Outros autores elaboraram uma escala para estimar ocorrência de complicações pós-operatórias após ressecção pulmonar, a qual ...
  http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1806-37132005000400005&script=sci_arttext
*  Age influences outcomes in 70-year or older patients undergoing isolated coronary artery bypass graft surgery
As complicações pós-operatórias analisadas foram: infarto agudo do miocárdio (IAM) não-fatal diagnosticado de acordo com as ... 18], observaram incidência maior de outras complicações pós-operatórias: AVE de 11,5% vs. zero, FA de 30,8% vs. 12,8%, IRA 19,2 ... Os desfechos analisados foram morte hospitalar por qualquer origem e outras complicações pós-operatórias ocorridas durante a ... outras complicações pós-operatórias foram semelhantes. Assim, a incidência de IAM foi 3,4% vs. 2,8%, AVE 0% vs. 4%, assistência ...
  http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-76382012000100008&lng=en&nrm=iso
*  Gold weight implantation: premature and late complications
Dentre os 20 pesos de ouro colocados, ocorreram complicações pós-operatórias em 40% dos casos. As complicações foram divididas ... Descritores: Ouro; Implante de prótese; Paralisia facial; Doenças palpebrais; Complicações pós-operatórias; Humano; Masculino; ... O seguimento pós-operatório era de 4 anos e 7 anos. Outras complicações que tivemos e que acreditamos estarem relacionadas com ... Algumas complicações descritas do implante do peso de ouro são: blefaroptose no pós-operatório, implante visível esteticamente ...
  http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0004-27492007000400008&lng=en&nrm=iso&tlng=pt
*  Ruiter Cunha - Wikipedia
Consultado em 1 de novembro de 2017 Nunes, Rosana (1 de novembro de 2017). «Ruiter não resiste a complicações pós-operatórias e ... Na madrugada de 1º de novembro, Cunha não resistiu a complicações no pós-operatório e morreu. Pela manhã, o vice-prefeito tomou ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Ruiter_Cunha
*  Prefeitura de Caruaru - PE
Pré e pós-operatório em cirurgias eletivas e de urgência/emergência. Complicações cirúrgicas trans e pós-operatórias. ... Complicações cirúrgicas trans e pós operatórias 25. Atendimento ao politraumatizado: traumatismo crãnio-encefálico e ... Diabetes tipo 1 e complicações agudas (cetoacidoses e estado hipermolar); complicações crônicas 3. Fisiologia da regulação do ... Pré e pós-operatório em cirurgias eletivas e de urgência/emergência 12. Choque 13. Traumatismo abdominal, síndrome ...
  https://www.pciconcursos.com.br/concurso/prefeitura-de-caruaru-pe-263-vagas
*  Prefeitura e Câmara de Rolim de Moura - RO
Pré e pós-operatório em cirurgias eletivas e de urgência/emergência. Complicações cirúrgicas trans e pós-operatórias. Parede ... A literatura do pós-guerra. Tendências contemporâneas Literatura e memória recentes. Literatura no século XXI 9 - LITERATURA ... Expressões contemporâneas da Literatura Brasileira Panorama literário do pós-guerra até os anos 70. Poesia e prosa recentes. O ... Fazer acompanhamento do paciente, controlando as perturbações no decurso da anestesia e no pós-operatório imediato. Instalar ...
  https://www.pciconcursos.com.br/concurso/prefeitura-e-camara-de-rolim-de-moura-ro-165-vagas
*  Prefeitura de Anápolis - GO
Pré e pós-operatório em cirurgias eletivas e de urgência/emergência. Complicações cirúrgicas trans e pós-operatórias. Anatomia ... Tratamento das urgências e emergências em odontologia: hemorragias, abscessos e outros quadros infecciosos, complicações pós ... Infecções pós-natais. Terapêutica neonatal. Sinais clínicos e neurológicos do RN. Desenvolvimento pondo-estatural do RN e ... Choque; infecções e complicações em cirurgia. Cicatrização das feridas e cuidados com drenos e curativos. Hemorragia interna: ...
  https://www.pciconcursos.com.br/concurso/prefeitura-de-anapolis-go-499-vagas
*  Ressecção transuretral de próstata - Wikipedia
As complicações pós-operatórias incluem sangramento (mais comum), coagulação e hiponatremia. Biópsia de próstata Prostatectomia ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Ressec%C3%A7%C3%A3o_transuretral_de_pr%C3%B3stata
*  Updating on diagnosis and treatment of chondral lesion of the knee
Nenhuma reação adversa ou complicações pós-operatórias foram encontradas. Cartilagem picada (minced cartilage) ... A histologia no pós-operatório mostrou tecido regenerado em vários graus de remodelação, embora nenhum destes pacientes ... Em contrapartida, outros estudos demonstraram que a melhora clínica começa a diminuir em cerca de dois anos de pós-operatório, ... Os pacientes foram avaliados pelo escore de Cincinnati no pré e no pós-operatório e concluíram que houve uma melhora ...
  http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-36162012000100001&lng=en&nrm=iso
*  Revista Médico Repórter 106 by Alexandre Almeida - issuu
e menos complicações pós-operatórias. Albert Einstein, um dos três centros do ... Uso na Osteoporose pós-menopausa: A eficácia não foi estabelecida nesta população de pacientes. Interações medicamentosas: ... O procedimento traz menor sangramento, menos dor pós-operatória e internação de apenas 48 horas. A miastenia afeta mais ... Disciplina de Ginecologia e Obstetrícia da Faculdade de Medicina do ABC (FMABC), professor colaborador da Pós-Graduação em ...
  https://issuu.com/medicoreporter/docs/mr_106_digital
*  Televisão em Alagoas - Wikipedia
Juca faleceu aos 50 anos, em São Paulo, em decorrência de complicações pós-operatórias. Dois programas saíram da grade de ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Televis%C3%A3o_em_Alagoas
*  Tratamentos que oferecemos em Departamento de Ginecologia e Obstetricia.CUN
... menor possibilidade de aderências pós-operatórias e de complicações infecciosas; cicatrizes invisíveis e diminuição da dor pós- ... A histerectomia vaginal produz menos complicações relativamente a outros tipos de histerectomia e é uma forma muito segura de ... É utilizada anestesia geral e apresenta uma taxa de complicações muito menor que na cirurgia convencional ginecológica. ... Esta situação pode acontecer aproximadamente em 5% de todas as laparoscopias operatórias. ...
  https://www.cun.es/pt/os-nossos-profissionais/servicos-medicos/ginecologia-obstetricia/tratamentos
*  contraste em pacientes: Topics by WorldWideScience.org
RESULTADOS: As complicações pós-operatórias ocorreram em 58% dos casos e a mortalidade foi de 22%. As principais complicações ... Não ocorreram complicações pós-operatórias no grupo HVAL, ao passo que no grupo HA houve 2 casos de deiscência de sutura e 1 ... Foram analisadas a mortalidade e as complicações pós-operatórias. Para avaliar se havia diferença de resultados com a maior ... com foco na redução das complicações pulmonares pós-operatórias. Nesta revisão, são descritos os benefícios de estratégias ...
  https://worldwidescience.org/topicpages/c/contraste+em+pacientes.html
*  Actinic cheilitis: aesthetic and functional comparative evaluation of vermilionectomy using the classic and W-plasty techniques
As peças operatórias foram submetidas a exame histopatológico. As complicações pós-operatórias analisadas foram infecção, ... Avaliaram-se complicações pós-operatórias como presença de crostas, lábios secos, parestesia e deiscência de sutura. Não houve ... As possíveis complicações pós-operatórias são: hematoma, deiscência da sutura e hipoestesias.10 ... Não houve associação estatisticamente significante entre as complicações pós-operatórias (presença de crostas, lábios secos, ...
  http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0365-05962011000100008
*  Arterial blood gas analysis in two different intra-hospital transport methods for postoperative cardiac surgery patients
Complicações pós-operatórias de pacientes com dissecção de aorta ascendente tratados cirurgicamente. Rev Bras Ter Intensiva. ... resultados com eventos adversos ou desfechos como complicações pós-operatórias ou mortalidade. Embora tenha havido randomização ... Gasometria arterial em dois diferentes métodos de transporte intra-hospitalar no pós-operatório imediato de cirurgia cardíaca ... Complicações e tempo de internação na revascularização miocárdica em hospitais públicos no Rio de Janeiro. Rev Bras Ter ...
  http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-507X2012000200011&lng=en&nrm=iso
*  Outras condições médicas - Problemas Respiratórios - Usos e Aplicações
... reduziu a incidência de complicações pulmonares pós-operatórias e tempo de internação pós-operatória em pacientes com alto ... Complicações pulmonares pós-operatórias. Um estudo concluiu que o pré-operatório treinamento muscular inspiratório (TMI) ... 10 pré-operatório intensivo treinamento muscular inspiratório para prevenir complicações pulmonares pós-operatórias em ... complicações pulmonares pós-operatórias e estridor inspiratório.. Leia Mais ...
  http://www.powerbreathebrasil.com.br/uso-do-produto/breathing-problems/other-medical-conditions
*  Relaparotomia - Wikipedia
As complicações pós-operatórias incluem abscessos intra-abdominais, infecção do ferimento, fístula anastomótica e obstrução ... O local da incisão, os órgãos afetados, a inflamação pós-operatória e a dor no local da cirurgia comprometem a função pulmonar ... Estas são frequentes por ser uma intervenção de urgência.Infecções de parede,íleo prolongado,sepse, complicações pulmonares e ... Principais fatores predisponentes à complicações que necessitam de reoperação são trauma de vários órgãos e sistemas, trauma ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Relaparotomia
*  Ranieri Mazzilli - Wikipedia
Mazzilli faleceu em São Paulo, em 21 de abril de 1975, vítima de complicações pós-operatórias. Segundo sobrinho de Ranieri, o ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Ranieri_Mazzilli
*  Postoperative analgesia: comparing continuous epidural catheter infusion of local anesthetic and opioid and continuous wound...
Além disso, também se evidenciou diminuição das complicações pulmonares pós-operatórias, infecções e falência respiratória. Tal ... pós-operatórias. CONCLUSÕES: A analgesia pós-operatória com opioide e anestésico local via PCEA mostrou-se superior ao uso de ... A intensidade da dor pós-operatória foi menor para o primeiro grupo em todas as avaliações, até a 24ª hora pós-operatória, ... diminuição da morbidade pós-operatória 2. No entanto, embora incomuns, algumas complicações graves são descritas, como a ...
  http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-70942011000300004&lng=en&nrm=iso&tlng=pt
*  Tipos de anestesia
O maior caso de complicações anestésicas ou pós-operatórias imediata ocorre neste período. já que o paciente passa por um ... de maior segurança ao paciente e também a seus familiares e redução de possíveis acidentes e complicações pós-operatórias e ... há benefícios tais como: reduções da mortalidade pós-anestésica e pós-operatória. . ... UNIDADE DE RECUPERAÇÃO PÓS-ANESTÉSICA .. pressão arterial invasiva e não invasiva. nas quais todos os pacientes submetidos a ...
  https://pt.scribd.com/doc/39078113/Tipos-de-anestesia
*  Câncer de pulmão - Wikipedia
... é igualmente efetiva quando comparada com a lobectomia aberta convencional e apresenta menos complicações pós-operatórias. No ... É na fase, pós-tratamentos, que a vacina é aplicada para ajudar a controlar o crescimento do tumor, com a vantagem de não ... Radioterapia torácica pós-operativa geralmente não deve ser utilizada após cirurgias de carcinoma não pequenas células com ... Estadiamento patológico: geralmente, uma avaliação ou intra- ou pós-operatória e baseada nos resultados combinados dos achados ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/C%C3%A2ncer_de_pulm%C3%A3o
*  Hematoma subdural - Wikipedia
As complicações pós-operatórias incluem aumento da pressão intracraniana, o edema cerebral, novo ou recorrente sangramento, ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Hematoma_subdural

Toracotomia: Por toracotomia compreende-se qualquer abertura da cavidade torácica visando examinar as estruturas expostas cirurgicamente, seja para a coleta de material para diagnóstico laboratorial ou remoção/correção de partes lesadas.Duodenopancreatectomia: Duodenopancreatectomia ou procedimento de Whipple é uma cirurgia que envolve o pâncreas, duodeno e estômago. É usada no tratamento de tumores na cabeça do pâncreas.Gastrectomia: Gastrectomia é uma técnica cirúrgica em que é retirado parte do estômago (gastrectomia parcial) ou todo o estômago (gastrectomia total).Osteíte alveolar: A osteíte alveolar, alvéolo seco ou alveolite fribinolítica é uma complicação local e dolorosa, que pode ocorrer após a extração dentária, logo no terceiro ou quarto dia, podendo alongar por até 15 dias, isso ocorre devido a ausência parcial ou total do coágulo intra alveolar, as paredes do alvéolo são claras e muito sensíveis ao toque; podendo apresentar halitose, tendo ou não exposição de tecido ósseo. Entretanto, pode ocorrer edema gengival e linfoadenopatia regional, a dor se torna severa, podendo esta irradiar para o ouvido e pescoço e, dificilmente, ocorrerá edema extraoral, febre ou formação de pus.Deiscência (medicina): Na medicina, deiscência é a abertura de suturas.Página do Hospital Mount Sinai: Definição de "Wound Dehiscence".Rede de drenagem: Rede de drenagem ou rede hidrográfica designa os sistemas naturais ou artificiais capazes de drenar água superficial, em geral proveniente das chuvas; são compostos de canais conectados entre si, e a este conjunto de canais conectados dá-se o nome de rede de drenagem.Colectomia: Colectomia consiste na ressecção cirúrgica de uma parte ou da totalidade do intestino grosso (cólon).Ooforectomia: Ooforectomia ou ovariectomia é a remoção cirúrgica de um (unilateral) ou ambos ovários (bilateral). É efetuada para tratar quistos ováricos ou cancros/cânceres ovárico.Laparotomia: Laparotomia é uma manobra cirúrgica que envolve uma incisão através da parede abdominal para aceder à cavidade abdominal. É também conhecida como celiotomia.ApendicectomiaHemorroidaInstrumento cirúrgicoColostomia: Colostomia consiste na exteriorização do intestino grosso, mais comummente do cólon transverso ou sigmóide, através da parede abdominal, para eliminação de gases ou fezes.Esofagectomia: Esofagectomia é retirada cirúrgica do esôfago.Kessler: ==Pessoas==GlaucomaCirurgia de catarata: A cirurgia de catarata ou facectomia é a remoção do cristalino do olho que tornou-se opaco, referenciado como catarata.Incidência: Usada em estatística e em epidemiologia, a Incidência pode referir-se a:EverolimoHérniaPancreatectomiaApendiciteCirurgia torácica videoassistida: Cirurgia torácica videoassistida é a técnica cirúrgica que utiliza um toracoscópio acoplado a um sistema de microcâmera e monitor de vídeo para a visualização da cavidade pleural. Por este método é possível a realização de procedimentos diagnósticos e terapêuticos na esfera das doenças intratorácicas (pleurais, pulmonares, etc.Aneurisma de aorta abdominalRoux: Roux (do francês vermelho alaranjado ou ruivo ”). Significado de “roux, rousse” no Dicionário Michelis de Francês) é uma preparação originária da culinária da França utilizada como base para molhos, sopas ou guisados; consiste em cozinhar farinha de trigo em manteiga derretida, até formar um creme espesso e homogéneo.Retroperitônio: O retroperitônio (adj. retroperitonial) é um espaço anatômico atrás (retro) da cavidade abdominal.


  • foram
  • As complicações mais comuns foram a insuficiência respiratória, o derrame pleural e a pneumonia. (revistadocbc.org.br)
  • Os desfechos analisados foram letalidade hospitalar, infarto agudo miocárdio (IAM), acidente vascular encefálico (AVE), reoperação para revisão de hemostasia (RRH), necessidade de balão intra-aórtico (BIA), complicações respiratórias, insuficiência renal aguda (IRA), mediastinite, sepse, fibrilação atrial (FA) e bloqueio atrioventricular total (BAVT). (scielo.br)
  • As complicações foram divididas em precoces, possivelmente relacionadas à impureza do material, e complicações tardias, devido à evolução do quadro da paralisia facial que apresenta diminuição do tônus muscular. (scielo.br)
  • MÉTODOS: Prospectivamente foram realizados testes de sensibilidade ao contraste com o uso da tabela Pelli-Robson e teste de acuidade estereoscópica com emprego do Titmus Stereo Test, em 20 pacientes com implante bilateral de lente intra-ocular multifocal Acrysof Restor®, no pós-operatório de 1 a 2 meses e sem uso de qualquer correção óptica. (worldwidescience.org)
  • Após aprovação deste estudo prospectivo e aleatório pelo Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos e da obtenção do consentimento esclarecido dos pacientes, foram estudadas duas técnicas de analgesia pós-operatória em pacientes submetidos a cirurgias abdominais eletivas sob anestesia geral. (scielo.br)
  • pode
  • Como uma significativa proporção dessas complicações pode ser evitada através de medidas adequadas, deve-se procurar identificar suas causas e desenvolver métodos para previni-la ou reduzir seus efeitos. (worldwidescience.org)
  • A circulação extracorpórea (CEC) pode causar disfunção pulmonar no pós-operatório de cirurgias cardíacas, contribuindo para o aumento da morbidade desses pacientes, seja por modificações fisiológicas no equilíbrio ácido-base e metabólico, aumento da resposta inflamatória, aumento da permeabilidade vascular e aumento do shunt pulmonar, ou por redução da complacência pulmonar e da troca gasosa. (scielo.br)
  • Historicamente, o tratamento da dor tem baixa prioridade médica 1 e o controle inadequado desse sintoma, além de trazer desconforto para o paciente, pode aumentar a morbidade pós-operatória e a incidência de dor crônica pós cirúrgica 2 . (scielo.br)
  • sido
  • A infusão contínua de anestésicos locais na ferida cirúrgica vem sendo investigada como um método no controle da dor pós-operatória, tendo sido demonstrada sua eficácia em relação à infusão de solução fisiológica. (scielo.br)
  • Recentemente, a infusão contínua de anestésicos locais diretamente na ferida cirúrgica vem sendo investigada como uma técnica alternativa no controle da dor pós-operatória, tendo sido comprovada sua eficácia em relação à infusão de soro fisiológico 7-9 . (scielo.br)
  • outras
  • Desde então outras escalas surgiram em decorrência do aumento da complexidade e da demanda de certos procedimentos específicos, e também da necessidade de se reduzir custos hospitalares oriundos do prolongamento do tempo de internação ocasionado pela ocorrência de complicações pós-operatórias. (scielo.br)
  • estudo foi
  • O objetivo deste estudo foi comparar a qualidade da analgesia pós-operatória, o uso de opioides como analgesia de resgate, a satisfação dos pacientes e a incidência de complicações entre a utilização de anestésico local e opioide via cateter peridural, com a infusão contínua de anestésico local na ferida operatória. (scielo.br)
  • O objetivo deste estudo foi comparar a qualidade da analgesia pós-operatória, o uso de opioides como analgesia de resgate, a satisfação dos pacientes e a incidência de complicações entre a infusão contínua de anestésicos locais e opioides em cateter peridural, técnica mundialmente estabelecida, com a infusão contínua de anestésicos locais na ferida operatória, uma técnica mais recente. (scielo.br)
  • maior
  • 0,05) no GI em todos os intervalos avaliados, bem como maior grau de satisfação na sala de recuperação pós-anestésica (SRPA). (scielo.br)
  • embora
  • No entanto, embora incomuns, algumas complicações graves são descritas, como a depressão respiratória, o hematoma e abscesso peridural, além de eventuais injúrias neurológicas 4-6 . (scielo.br)
  • outros
  • A histerectomia vaginal produz menos complicações relativamente a outros tipos de histerectomia e é uma forma muito segura de extrair o útero. (cun.es)
  • local
  • A analgesia pós-operatória com opioide e anestésico local via PCEA mostrou-se superior ao uso de anestésico local em infusão contínua e controlada pelo paciente na ferida operatória. (scielo.br)