Cistos Ovarianos: Termo geral para CISTOS e doenças císticas do ovário.Cistos: Qualquer cavidade ou saco fechado preenchido por líquido, revestido por EPITÉLIO. Os cistos podem ser normais ou anormais com tecidos neoplásicos ou não neoplásicos.Líquido Cístico: Material líquido encontrado nas cavidades ou sacos fechados revestidos por epitélio.Cisto Folicular: O cisto devido à oclusão de um duto de um folículo ou de uma glândula pequena.Cisto Dermoide: Tumor que consiste em estruturas ectodérmicas deslocadas ao longo de linhas de fusão embrionária, sendo a parede formada de tecido conjuntivo revestido de epitélio, anexos cutâneos e contendo ceratina, sebo e pelos. (Stedman, 25a ed)Cisto Epidérmico: Estrutura em forma de saco intradérmico ou subcutâneo, cuja parede é de epitélio estratificado contendo grânulos de ceratoialina.Doenças Ovarianas: Processos patológicos do OVÁRIO.Puberdade Precoce: Desenvolvimento da MATURIDADE SEXUAL em meninos e meninas de uma população (no início da PUBERDADE), em idade cronológica com 2,4 desvios padrão abaixo da idade média. A maturidade precoce do eixo hipotalâmico-hipófise-gonadal resulta na precocidade sexual, níveis sérico elevados de GONADOTROPINAS e HORMÔNIOS ESTEROIDES GONADAIS, como ESTRADIOL e TESTOSTERONA.Anormalidade Torcional: Torção ou rotação anormal de uma parte ou membro do corpo em seus eixos.Cisto Mediastínico: Cistos de uma das partes do mediastino: a parte superior, contendo a traqueia, esôfago, duto torácico e timo; a parte média inferior, contendo o pericárdio; a parte anterior inferior contendo alguns gânglios linfáticos e a parte posterior inferior, contendo o duto torácico e esôfago.Endometrite: Inflamação do ENDOMÉTRIO, geralmente causada por infecções intrauterinas. Endometrite é a causa mais comum de febre pós-parto.Endometriose: Afecção na qual o tecido endometrial funcional está presente exteriormente ao ÚTERO. Frequentemente está restrito a PELVE envolvendo OVÁRIO, ligamentos, fundo-de-saco e o peritônio útero-vesical.Cisto Sinovial: Lesão não neoplásica (semelhante a um tumor) nas articulações que se desenvolve da MEMBRANA SINOVIAL de uma articulação, através da CÁPSULA ARTICULAR nos tecidos periarticulares. São preenchidas com LÍQUIDO SINOVIAL com uma aparência regular e translúcida. Um cisto sinovial pode se desenvolver em qualquer articulação, mas aparece mais frequentemente na porção posterior dos joelhos, onde são conhecidos como CISTO POPLITEAL.Ovário: Órgão reprodutor (GÔNADAS) feminino. Nos vertebrados, o ovário contém duas partes funcionais: o FOLÍCULO OVARIANO, para a produção de células germinativas femininas (OOGÊNESE), e as células endócrinas (CÉLULAS GRANULOSAS, CÉLULAS TECAIS e CÉLULAS LÚTEAS) para produção de ESTROGÊNIOS e PROGESTERONA.Cistos Ósseos: Áreas líticas uniloculares benignas na extremidade proximal de um osso longo com margens endosteais estreitas e bem definidas. Os cistos contêm líquido e as paredes contêm algumas células gigantes. Os cistos ósseos, normalmente ocorrem em meninos entre as idades de 3 a 15 anos.Cisto Broncogênico: Cisto normalmente esférico, surgindo a partir de uma bolsa protruída de origem embrionária do intestino anterior ou traqueia. É geralmente encontrado no mediastino ou pulmão e é normalmente assintomático, a não ser venha a ficar infectado.Cistadenoma: Neoplasia histologicamente benigna, derivada do epitélio glandular, no qual se formam acúmulos císticos de secreções retidas. Em alguns casos, consideráveis porções da neoplasia, ou até mesmo toda a massa, podem ser císticas. (Stedman, 25a ed)Neoplasias Ovarianas: Tumores ou câncer de OVÁRIO. Estas neoplasias podem ser benignas ou malignas. São classificadas de acordo com o tecido de origem, como EPITÉLIO superficial, células endócrinas do estroma e CÉLULAS GERMINATIVAS totipotentes.Cisto Parovariano: CISTO próximo ao OVÁRIO, proveniente de anomalias das TUBAS UTERINAS ou do LIGAMENTO LARGO. O tipo paramesonéfrico é formado por células ciliadas semelhantes às do epitélio do oviducto. O tipo mesonéfrico é formado por um epitélio com superfície minimamente estruturada. Podem ser encontrados no oviducto delgado (cistos paratubais) ou próximos à sua terminação fimbriada (hidatídeos de Morgagni).Remissão Espontânea: Diminuição ou anulação espontânea de uma doença com o passar do tempo, sem tratamento formal.Sucção: Remoção de secreções, gases ou líquidos de um órgão vazado ou tubular ou de cavidades, por meio de um tubo e um dispositivo que atua sob pressão negativa.Laparoscopia: Procedimento em que um laparoscópio (LAPAROSCÓPIOS) é inserido através de uma pequena incisão próxima ao umbigo para examinar os órgãos abdominais e pélvicos na CAVIDADE PERITONEAL Se necessário, pode ser realizado biópsia ou cirurgia durante a laparoscopia.Antígeno Ca-125: Antígeno glicosídico observado com mais frequência nos tumores de ovário, ocasionalmente nos tumores de mamas, rins e trato gastrointestinal, e também no tecido normal. O CA 125 está claramente associado aos tumores, mas não é específico dos tumores.Procedimentos Cirúrgicos em Ginecologia: Cirurgia executada na genitália feminina.Hormônios Liberadores de Hormônios Hipofisários: Peptídeos, naturais ou sintéticos, que estimulam a liberação de HORMÔNIOS HIPOFISÁRIOS. Foram isolados pela primeira vez de extratos do HIPOTÁLAMO, EMINÊNCIA MEDIANA, PEDÍCULO HIPOFISÁRIO e NEURO-HIPÓFISE. Além disso, alguns hormônios hipofisiotrópicos controlam a diferenciação e proliferação das células hipofisárias e a síntese dos hormônios. Alguns podem agir em mais de um hormônio hipofisário.Leiomioma: Tumor benigno derivado de tecido muscular liso, também conhecido como um tumor fibroide. Raramente ocorre fora do ÚTERO e do TRATO GASTROINTESTINAL, mas pode ocorrer na PELE e nos TECIDOS SUBCUTÂNEOS, originando-se nesses tecidos provavelmente a partir de músculo liso de vasos sanguíneos pequenos.Ultrassonografia: Visualização de estruturas profundas do corpo por meio do registro dos reflexos ou ecos dos pulsos das ondas ultrassônicas direcionadas ao interior dos tecidos. A utilização de ultrassom para imagens ou fins diagnósticos usa frequências que variam de 1,6 a 10 mega-hertz.Cistos Odontogênicos: Os cistos encontrados na região maxilomandibular e que têm origem a partir do epitélio envolvido na formação do dente. Eles incluem os cistos foliculares (p.ex., cisto primordial, cisto dentígero, cisto multilocular), cistos periodontais laterais e cistos radiculares. Eles podem ficar queratinizados (queratócitos odontogênicos). Os cistos foliculares podem dar origem a ameloblastomas e, em casos raros, passarem por uma transformação maligna.

*  Cisto ovariano - Wikipedia

Cistos ovarianos complexos que não desaparecem. Cistos que estejam a causar sintomas e que não desaparecem. Cistos ovarianos ... A maioria dos cistos ovarianos são funcionais e inofensivos (benignos). Nos Estados Unidos, os cistos ovarianos são encontrados ... Alguns cistos ovarianos causam problemas como sangramento e dor. Pode ser necessária uma cirurgia para remover cistos maiores ... Estes medicamentos podem reduzir o risco de novos cistos ovarianos. Estas pílulas não diminuem o tamanho dos cistos existentes ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Cisto_ovariano

*  Esteroide anabolizante - Wikipedia

A alteração da fertilidade e os cistos ovarianos também podem ocorrer em mulheres. Quando tomado durante a gravidez, os ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Esteroide_anabolizante

*  Dismenorreia - Wikipedia

Algumas causas da dismenorreia secundária são endometriose, inflamação pélvica, fibroma, adenomiose, cistos ovarianos e ... Stress e ansiedade Doença inflamatória pélvica Adenomiose Histórico de abuso físico ou sexual Miomatose Cistos ovarianos ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Dismenorreia

*  Patologia do ovário - Wikipedia

Conjunto de inúmeros cistos foliculares e bilaterais caracterizam a síndrome de Stein-Leventhal: cistos foliculares, ... Os tumores surgem em um dos três componentes ovarianos: Podem ser pequenos ou volumosos, benignos, de malignidade limítrofe e ... Cistos contém pelos e sebo, dentes e calcificação na parede. Imaturos: são malignos, e mais comuns em mulheres jovens. ... Ovários grandes com numerosos cistos subcorticais e espessamento da córtex. Os tumores mais comuns tem crescimento lento e com ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Patologia_do_ovário

*  Síndrome do ovário policístico - Wikipedia

... cistos ovarianos. Estes "cistos" são na verdade folículos imaturos, não cistos. Os folículos se desenvolveram a partir de ... Os cientistas concluíram que o nome atual, que incide sobre um critério - cistos ovarianos - causa confusão e é uma barreira ... a inexistência de cistos ovarianos não descaracteriza, necessariamente, a síndrome, podendo chegar-se ao diagnóstico de que ... nem todas as mulheres com cistos ovarianos podem ser automaticamente diagnosticadas como portadoras da síndrome. Embora o exame ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Síndrome_do_ovário_policístico

*  Hospital Dr. Roberto Arnizaut Silvares - Wikipedia

... retirada de cistos ovarianos, cistos sebáceos, hérnias, varizes, fimoses, cravos e nódulos. http://cnes.datasus.gov.br/ ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/Hospital_Dr._Roberto_Arnizaut_Silvares

*  CID-10 Capítulo XIV: Doenças do aparelho geniturinário - Wikipedia

Outros cistos ovarianos e os não especificados (N83.3) Atrofia adquirida do ovário e da trompa de Falópio (N83.4) Prolapso e ...
https://pt.wikipedia.org/wiki/CID-10_Capítulo_XIV:_Doenças_do_aparelho_geniturinário

*  12 motivos para tomar a pílula anticoncepcional | Variedades Femininas

Cistos ovarianos. "Segundo a pesquisa austríaca, houve redução de 49% nesse tipo de alteração em mulheres que tomavam ... Dessa forma, a ocorrência de cistos - comparáveis a folículos que não se desenvolveram direito durante o ciclo - é menor. E os ...
https://variedadesfemininas.wordpress.com/2010/10/08/12-motivos-para-tomar-a-pilula-anticoncepcional/

*  Saúde Abaetetuba, Pará - Saúde, Abaetetuba, Pará Sintomas, Abaetetuba, Pará Médicos, Abaetetuba, Pará Doenças, Abaetetuba,...

Tratamento para Cistos Ovarianos Abaetetuba, Pará Procurando por Tratamento para Cistos Ovarianos em Abaetetuba? Encontre aqui ... Cistos Ovarianos Abaetetuba, Pará Procurando por mais informações sobre Cistos Ovarianos em Abaetetuba? Encontre aqui endereços ... Aproveite para conseguir dicas e mais informações sobre Tratamento para Cistos Ovarianos com nossos artigos educativos. ... e telefones de hospitais e médicos em Abaetetuba que podem esclarecer suas dúvidas sobre Tratamento para Cistos Ovarianos em ...
guialocal.boaspraticas.net/Saude_Abaetetuba_PA-t14667_Abaetetuba PA.html

*  FLUIR - Bula FLUIR

Um aumento na incidência de cistos ovarianos e células tumorais benignas da teca e da granulosa foi também observado; são ...
medicinanet.com.br/bula/2575/fluir.htm


tratamento


  • Os cistos ovarianos funcionais geralmente não precisam tratamento. (wikipedia.org)
  • Um excelente tratamento para prevenir e combater os cistos no ovário é feito com as plantas uxi-amarelo e unha-de-gato. (blogspot.com)

podem


  • Se apresentam-se cistos frequentes, o médico ou o pessoal de enfermaria podem prescrever pílulas contraceptivas (contraceptivos orais). (wikipedia.org)
  • Estes medicamentos podem reduzir o risco de novos cistos ovarianos. (wikipedia.org)
  • Os tumores surgem em um dos três componentes ovarianos: Podem ser pequenos ou volumosos, benignos, de malignidade limítrofe e malignos. (wikipedia.org)
  • Teratoma (do grego, terato- monstro, -oma tumor) é um tumor germinativo, formado por um ou mais tecidos embrionários, geralmente encontrado no ovário ou testículos em adultos e na região sacrococcígea em crianças e que podem ser cistos, maduros, dermoides, bem diferenciados (benignos) ou sólidos indiferenciados (maligno). (wikipedia.org)

Alguns


  • Alguns cistos ovarianos causam problemas como sangramento e dor. (wikipedia.org)
  • Alguns cistos dermóides parecem um atlas de histologia normal pela variedade de aspectos. (wikipedia.org)

benignos


  • A maioria dos cistos ovarianos são funcionais e inofensivos (benignos). (wikipedia.org)

mulheres


  • Nos Estados Unidos, os cistos ovarianos são encontrados em aproximadamente todas as mulheres pré-menopáusicas, e em até 14,8% das mulheres pós-menopáusicas. (wikipedia.org)
  • Os cistos ovarianos afetam mulheres de todas as idades. (wikipedia.org)
  • Os cistos no ovário são um problema sério que pode atingir as mulheres desde a fase inicial da puberdade até a menopausa. (blogspot.com)

risco


  • No entanto, o risco de surgirem cistos no ovário depois da menopausa é baixíssimo. (blogspot.com)

tamanho


  • Estas pílulas não diminuem o tamanho dos cistos existentes. (wikipedia.org)
  • Mais comuns, frequentemente múltiplos, tamanho variável, contendo líquido seroso, revestido por células da granulosa são chamados cistos foliculares. (wikipedia.org)
  • Entao fiz unm check-up geral com meu medico e pedimos um exame de ultrasound: batata… cistos de ovarios, varios… total… tamanho de uma maça media e outros 3 fibroides do tamanho de azeitona media cada ,outra medica tbem avaliou e disse um monte de termos medicos e somente me confundiu a cabeca. (blog.br)
  • Mas dia 04 / agosto 2008, fiz outro ultrasound, e o medico nao soube explicar como os cistos desapareceram completamente e os fibroides estao apenas do tamanho de um 1/2 feijao. (blog.br)

Tumores


  • As principais patologias do ovário são os cistos e tumores. (wikipedia.org)
  • Se classificam em: Tumores serosos: um ou mais cistos com tamanhos variados, contendo líquido seroso. (wikipedia.org)
  • Tumores ovarianos e fibromas. (wordpress.com)

comuns


  • Os cistos ovarianos são mais comuns desde a puberdade até a menopausa, período que se conhece como nos anos férteis de uma mulher. (wikipedia.org)
  • Estes cistos são menos comuns após a menopausa. (wikipedia.org)

granulosa


  • Este tumor origina-se do estroma especializado do ovário, mais especificamente das células da camada granulosa, que circundam o ovócito nos folículos ovarianos. (wikipedia.org)

grandes


  • Tomar drogas para a fertilidade pode causar a formação de múltiplas cistos grandes nos ovários e denomina-se-lhe síndrome de hiperestimulação ovariana. (wikipedia.org)
  • Ovários grandes com numerosos cistos subcorticais e espessamento da córtex. (wikipedia.org)