Loading...


Cesárea: Extração do FETO por meio de HISTEROTOMIA abdominal.Anestesia Obstétrica: Variedade de métodos anestésicos, como a ANESTESIA EPIDURAL, usada para controlar as dores do parto.Recesariana: Extração de feto por histerotomia abdominal após uma cesariana anterior.Gravidez: Estado durante o qual os mamíferos fêmeas carregam seus filhotes em desenvolvimento (EMBRIÃO ou FETO) no útero (antes de nascer) começando da FERTILIZAÇÃO ao NASCIMENTO.Apresentação Pélvica: Má apresentação do FETO no fim da gravidez ou durante o TRABALHO DE PARTO com o polo cefálico fetal no fundo do ÚTERO. Há três tipos de apresentações pélvicas: a completa com os quadris e joelhos flexionados, a incompleta com um ou ambos os quadris parcial ou totalmente estendidos e a verdadeira (frank) com os quadris flexionados e os joelhos estendidos.Parto Obstétrico: Expulsão do FETO e PLACENTA sob os cuidados de um obstetra ou profissional da saúde. Os partos obstétricos podem envolver intervenções físicas, psicológicas, clínicas ou cirúrgicas.Raquianestesia: Procedimento em que um anestésico é injetado diretamente na medula espinal.Sofrimento Fetal: Estado fetal preocupante (NRFS, Nonreassuring Fetal Status), indicando que o FETO está comprometido (segundo o American College of Obstetricians and Gynecologists, 1988). Pode ser identificado pelos valores subótimos de FREQUÊNCIA CARDÍACA FETAL, oxigenação do SANGUE FETAL e outros parâmetros.Nascimento Vaginal Após Cesárea: Nascimento de uma criança através da vagina em uma mulher que teve uma cesárea anterior.Prova de Trabalho de Parto: Permitir que o TRABALHO DE PARTO de uma mulher se prolongue por tempo suficiente para determinar se se pode esperar o parto vaginal.Trabalho de Parto Induzido: CONTRAÇÃO UTERINA induzida artificialmente. Geralmente o TRABALHO DE PARTO é induzido com a intenção de provocar a expulsão do feto e término da gravidez.Complicações do Trabalho de Parto: Problemas médicos associados com TRABALHO DE PARTO, como APRESENTAÇÃO PÉLVICA, TRABALHO DE PARTO PREMATURO, HEMORRAGIA ou outros. Estas complicações podem afetar o bem-estar da mãe, do FETO ou de ambos.Distocia: TRABALHO DE PARTO (ou NASCIMENTO) lento ou difícil.Anestesia Epidural: Procedimento em que um anestésico é injetado no espaço epidural.Ruptura Uterina: Separação completa ou remoção na parede do ÚTERO com ou sem expulsão do FETO. Pode ser devido a lesões, múltiplas gravidez, fetos grandes, cicatrizes prévias ou obstrução.Resultado da Gravidez: Resultados da concepção e subsequente gravidez, incluindo NASCIMENTO VIVO, NATIMORTO, ABORTO ESPONTÂNEO, ABORTO INDUZIDO. A evolução pode seguir de inseminação natural ou artificial, ou quaisquer das várias TÉCNICAS REPRODUTIVAS ASSISTIDAS, como TRANSFERÊNCIA EMBRIONÁRIA ou FERTILIZAÇÃO IN VITRO.Trabalho de Parto: Contração uterina repetitiva durante o parto, associada com a dilatação progressiva do COLO DO ÚTERO. Um trabalho de parto bem sucedido resulta na expulsão do FETO e PLACENTA. O trabalho de parto pode ser espontâneo ou induzido (TRABALHO DE PARTO INDUZIDO).Índice de Apgar: Método, desenvolvido pela Dra. Virginia Apgar, para avaliar a adaptação de um recém-nascido à vida extrauterina. Cinco itens são avaliados: frequência cardíaca, esforço respiratório, tônus muscular, irritabilidade reflexa e coloração. Estes aspectos são avaliados 60 segundos após o nascimento e novamente após cinco minutos, numa escala de 0 - 2 (sendo 0 o mais baixo e 2 o normal). A soma dos cinco números compõe a contagem de Apgar. Uma contagem de 0-3 representa dificuldade intensa, 4-7 indica dificuldade moderada e uma contagem de 7-10 prognostica uma ausência de dificuldades de adaptação à vida extrauterina.Recém-Nascido: Criança durante o primeiro mês após o nascimento.Paridade: Quantidade dos descendentes que uma mulher ou fêmea pariu. É diferente de NÚMERO DE GESTAÇÕES, que descreve quantas gestações a mulher teve, não importando o resultado.Complicações na Gravidez: Afecções ou processos patológicos associados com gravidez. Podem ocorrer durante ou após a gravidez e variam de pequenos mal-estares a graves doenças que requerem cuidados médicos. Incluem doenças em mulheres grávidas e gravidez de mulheres com doenças.Complicações Cardiovasculares na Gravidez: Coocorrência de gravidez e doença cardiovascular. A doença pode preceder ou seguir a FERTILIZAÇÃO e pode ou não, ter um efeito deletério na mulher grávida ou no FETO.Extração Obstétrica: Extração do feto por meio de instrumentos obstétricos.Ocitócicos: Fármacos que estimulam a contração do miométrio. São usados para induzir o TRABALHO DE PARTO a termo, impedir ou controlar a hemorragia pós-parto ou pós-aborto e acessar o estado fetal na gravidez de alto risco. Também podem ser usados sozinhos ou com outras drogas para induzir abortos (ABORTIVOS). Os ocitócicos, clinicamente utilizados incluem o hormônio neuro-hipofisário OCITOCINA e certas prostaglandinas e alcaloides do ergot. (Tradução livre do original: AMA Drug Evaluations, 1994, p1157)Analgesia Obstétrica: Eliminação da DOR, sem perda de CONSCIÊNCIA durante o TRABALHO DE PARTO, parto obstétrico ou PERÍODO PÓS-PARTO, geralmente através da administração de ANALGÉSICOS.Placenta Prévia: Formação anormal da PLACENTA que se fixa no segmento inferior do ÚTERO (zona de dilatação), e pode recobrir parte ou toda a abertura do COLO. Frequentemente é associada com sangramento importante antes do parto e TRABALHO DE PARTO PREMATURO.Monitorização Fetal: Monitoração fisiológica ou bioquímica do feto. Geralmente é feita durante o TRABALHO DE PARTO e pode ser realizada junto com a monitoração da atividade uterina. Pode também ser feita no pré-natal, quando a mãe está sofrendo a cirurgia.Cicatriz: Tecido fibroso que substitui o tecido normal durante o processo de CICATRIZAÇÃO de feridas.Apresentação no Trabalho de Parto: Posição ou orientação do FETO no fim da gravidez ou durante o TRABALHO DE PARTO, determinada por sua relação com a COLUNA VERTEBRAL da mãe e o canal do nascimento. A posição normal é uma apresentação vertical e cefálica com o vértex fetal flexionado sobre o PESCOÇO.Secções Congeladas: Secções de cortes finíssimos de tecido congelado de amostras preparadas com um criostato ou micrótomo de congelamento.Bupivacaína: Anestésico local utilizado amplamente.Forceps Obstétrico: Instrumento cirúrgico feito para extrair o recém-nascido da passagem materna pela cabeça sem lesão a ele ou à mãe.Unidade Hospitalar de Ginecologia e Obstetrícia: Serviço hospitalar responsável pela administração e direção dos cuidados prestados a pacientes de obstetrícia e ginecologia.Idade Gestacional: A duração da gestação é medida a partir do primeiro dia do último período menstrual normal. A idade gestacional é expressa em dias ou semanas completas (por ex.: eventos que ocorrem de 280 a 286 dias após o início do último período menstrual normal são considerados como ocorridos na marca de 40 semanas de gestação). A idade gestacional é frequentemente uma fonte de confusão quando os cálculos são baseados em datas menstruais. Para os propósitos de cálculos da idade gestacional a partir da data do primeiro dia do último período menstrual normal e a data do parto, deve-se ter em mente que o primeiro dia é zero e não o dia um; os dias 0-6 correspondem então à "semana zero completa", os dias 7-13 à "semana completa um", e a quadragésima semana da gravidez atual é sinônimo de "semana completa 39". Quando a data do último período menstrual normal não é disponível, a idade gestacional deve ser baseada na melhor estimativa clínica. Para evitar confusão, as tabulações devem indicar tanto semanas quanto dias. (CID-10, vol.2, 8a ed., rev. e ampl. 2008)Hemorragia Pós-Parto: Excesso na perda de sangue por sangramento uterino associado com TRABALHO DE PARTO ou nascimento da criança. Definida como perda de sangue maior que 500 ml ou como uma quantidade que afeta adversamente a fisiologia materna (como PRESSÃO SANGUÍNEA e HEMATÓCRITO). É dividida em duas categorias: imediata (até 24 horas após o nascimento) ou tardia (24 horas pós-parto).Transtornos Puerperais: Transtornos ou doenças associadas com o PUERPÉRIO, período de 6-8 semanas imediatamente após o PARTO em humanos.Gravidez Prolongada: Termo utilizado para descrever gestações que excederam o limite superior do período gestacional normal. Em humanos, uma gravidez prolongada é definida como aquela que se estende além de 42 semanas (294 dias) após o primeiro dia do último período menstrual (MENSTRUAÇÃO) ou nascimento com idade gestacional de 41 semanas ou mais.Desproporção Cefalopélvica: Situação em que a CABEÇA do FETO é maior que a PÉLVIS da mãe e é através dela que a cabeça fetal deve passar durante o parto vaginal.Primeira Fase do Trabalho de Parto: Período inicial do verdadeiro TRABALHO DE PARTO à completa dilatação do COLO DO ÚTERO.Parto: Processo de nascimento de um ou mais filhos.Parto Normal: Trabalho de parto e parto sem intervenção médica, geralmente envolvendo TERAPIA DE RELAXAMENTO.Analgesia Epidural: Alívio da dor sem perda da consciência através da introdução de um agente analgésico no espaço epidural do canal vertebral. É diferente de ANESTESIA EPIDURAL que se refere ao estado de insensibilidade à sensação.Infecção Puerperal: Infecção que ocorre no PUERPÉRIO, no período de 6-8 semanas após o parto.Idade Materna: Idade da mãe na GRAVIDEZ.Início do Trabalho de Parto: Início do verdadeiro TRABALHO DE PARTO é caraterizado pelas contrações uterinas cíclicas de frequência, duração e força crescentes, causando de início a DILATAÇÃO DO COLO (PRIMEIRA FASE DO TRABALHO DE PARTO).Gravidez de Gêmeos: Situação de carregar GÊMEOS simultaneamente.Adjuvantes Anestésicos: Agentes administrados em associação com os anestésicos para aumentar sua eficiência, melhorar sua liberação, ou diminuir a dosagem necessária.Procedimentos Cirúrgicos Eletivos: Cirurgia que poderia ser adiada ou não ser realizada sem perigo ao paciente. A cirurgia eletiva inclui procedimentos para corrigir problemas médicos que não ameaçam a vida e também para aliviar afecções causadoras de estresse psicológico ou outro risco potencial a pacientes, por exemplo, cirurgia estética ou contraceptiva.Endometrite: Inflamação do ENDOMÉTRIO, geralmente causada por infecções intrauterinas. Endometrite é a causa mais comum de febre pós-parto.Efedrina: Fenetilamina encontrada em EPHEDRA SÍNICA. A PSEUDOEFEDRINA é um isômero. É um agonista alfa e beta-adrenérgico que pode também aumentar a liberação de norepinefrina. Foi utilizada no tratamento de muitas patologias, inclusive asma, insuficiência cardíaca, rinite, incontinência urinária, e por seus efeitos estimulantes no sistema nervoso central. Foi utilizada no tratamento da narcolepsia e depressão. Foi se tornando menos utilizada com o aparecimento de agonistas mais seletivos.Esterilização Reprodutiva: Procedimentos que bloqueiam ou removem todo ou parte do trato genital, a fim de tornar os indivíduos estéreis, incapazes de reprodução. Geralmente, os procedimentos mais usados são de esterilização cirúrgica. Há também os procedimentos que envolvem meios químicos ou físicos.Morte Fetal: Morte do ser em desenvolvimento no útero. O NASCIMENTO de um FETO morto é NATIMORTO. (MeSH/NLM) Óbito fetal é a morte de um produto da concepção, antes da expulsão ou da extração completa do corpo da mãe, independentemente da duração da gravidez; indica o óbito o fato do feto, depois da separação, não respirar nem apresentar nenhum outro sinal de vida, como batimentos do coração, pulsações do cordão umbilical ou movimentos efetivos dos músculos de contração voluntária. (CID-10, vol.2, rev. e ampl. 2008, p.155) Para fins estatísticos, comparação internacional, e o uso da CID, se o produto da concepção, nesta ordem, (1) pesa menos que 500 g, tem (2) idade gestacional de menos de 22 semanas completadas ou (3) comprimento coroa-calcanhar de menos de 25 cm, é definido como um ABORTO. Se o produto da concepção pesa pelo menos 500 g ou tem idade gestacional de pelo menos 22 semanas completadas ou tem comprimento coroa-calcanhar de pelo menos 25 cm, é definido como NATIMORTO.Obstetrícia: Especialidade médico-cirúrgica voltada para a administração e para o cuidado com as mulheres durante a gravidez, parto, e puerpério.Medicina na Literatura: Trabalhos literários escritos ou de outra natureza cujo assunto é medico ou sobre a profissão da medicina e áreas relacionadas.Vácuo-Extração: Remoção do feto do útero ou vagina no parto ou perto do fim da gravidez com um gorro de tração de metal que é fixado à cabeça do feto. Pressão negativa é aplicada e é feita tração numa corrente passada através do tubo de sucção.Ultrassonografia Pré-Natal: Visualização dos tecidos durante a gestação através do registro dos ecos das ondas ultrassônicas dirigidas para o corpo. O procedimento pode ser aplicado com referência à mãe ou ao feto e com referência aos órgãos ou à detecção de doença materna ou fetal.Placenta Acreta: Aderência anormal de parte ou toda a PLACENTA ao MIOMÉTRIO devida à ausência parcial ou completa da DECÍDUA. Está associada com HEMORRAGIA PÓS-PARTO devido a um defeito da separação da placenta.Segunda Fase do Trabalho de Parto: Período do TRABALHO DE PARTO compreendido entre a dilatação completa do COLO DO ÚTERO até a expulsão do FETO.Anestésicos Locais: Fármacos que bloqueiam a condução nervosa quando aplicados localmente (no tecido nervoso) em concentrações adequadas. Atuam em qualquer parte do sistema nervoso e em todos os tipos de fibras nervosas. Em contato com um tronco nervoso, estes anestésicos podem causar paralisia sensitiva e motora na área inervada. Sua ação é totalmente reversível. (Tradução livre do original: Gilman AG, et. al., Goodman and Gilman's The Pharmacological Basis of Therapeutics, 8th ed). Quase todos os anestésicos locais atuam diminuindo a tendência para a ativação dos canais de sódio dependentes de voltagem.Mortalidade Materna: Óbitos decorrentes de complicações na gravidez, parto, puerpério e abortos.Hospitais com menos de 100 LeitosPeso ao Nascer: Massa ou quantidade de peso de um indivíduo no nascimento, expresso em unidades de quilogramas ou libras. (MeSH/NLM) É a primeira medida de peso do feto ou recém-nascido obtida após o nascimento. Para nascidos vivos, o peso ao nascer deve ser medido preferivelmente durante a primeira hora de vida antes que ocorra significativa perda de peso pós-natal. Embora as tabulações estatísticas incluam agrupamentos de 500 g para o peso ao nascer, os pesos não devem ser registrados nesses agrupamentos. O peso real deve ser registrado com o grau de exatidão resultante de sua medida. As definições de peso ao nascer "baixo", "muito baixo" e "extremamente baixo" não constituem categorias mutuamente exclusivas. Abaixo dos limites estabelecidos, elas são totalmente inclusivas e portanto se superpõe (isto é, "baixo", inclui "muito baixo" e "extremamente baixo", enquanto "muito baixo" inclui "extremamente baixo". (CID-10, vol.2, rev. e ampl., 2008, p.155)Ocitocina: Hormônio nonapeptídeo liberado da NEURO-HIPÓFISE. Difere da VASOPRESSINA por dois aminoácidos nos resíduos 3 e 8. A ocitocina atua nas CÉLULAS DE MÚSCULO LISO, causando CONTRAÇÃO UTERINA e EJEÇÃO LÁCTEA.Serviços de Saúde Materna: Prestação de cuidados de acompanhamento de gravidez e preparação para o parto.Mundo Árabe: Entidade histórica e cultural espalhada através de uma extensa área geográfica sob dominação administrativa, intelectual, social e cultural do império árabe. O mundo árabe, sob impulso do Islã, por volta do século oito d.C., estendeu-se da Arábia no Oriente Médio a todo o norte da África, sul da Espanha, Sardenha e Sicília. Um contato mais próximo foi mantido com as culturas grega e hebraica. Enquanto o principal serviço prestado pelos árabes à Medicina foi a preservação da cultura grega; os próprios árabes deram origem a álgebra, química, geologia e a muitos dos refinamentos da civilização. (Tradução livre do original: A. Castiglioni, A History of Medicine, 2d ed, p260; from F. H. Garrison, An Introduction to the History of Medicine, 4th ed, p126)Hemorragia Uterina: Hemorragia dos vasos sanguíneos do ÚTERO, às vezes, manifestada como sangramento vaginal.Anestesia Geral: Procedimento em que os pacientes são induzidos a um estado de inconsciência por meio do uso de vários medicamentos, a fim de que não sintam dor durante a cirurgia.Hipotensão: PRESSÃO ARTERIAL anormalmente baixa que pode resultar em fluxo de sangue inadequado para o encéfalo e outros órgãos vitais. O sintoma comum é a VERTIGEM, mas impactos negativos maiores no corpo ocorrem quando há depravação prolongada de oxigênio e nutrientes.Doenças Uterinas: Processos patológicos envolvendo qualquer parte do ÚTERO.Maternidades: Hospitais especializados que prestam assistência às mulheres durante a gestação e parto.Emergências: Situações ou condições que requerem intervenção imediata para evitar resultados adversos sérios.Centros de Assistência à Gravidez e ao Parto: Unidades independentes que provêem cuidados relativos ao pré-natal, ao parto e puerpério e, habitualmente, incorporam conceitos e práticas de cuidados maternos centrados em medicina da família.Parede Abdominal: Margem externa do ABDOME que se estende da cavidade torácica osteocartilaginosa até a PELVE. Embora sua maior parte seja muscular, a parede abdominal consiste em pelo menos sete camadas: PELE, gordura subcutânea, FASCIA profunda; MÚSCULOS ABDOMINAIS, fascia transversa, gordura extraperitoneal e o PERITÔNIO parietal.Terceiro Trimestre da Gravidez: Último terço da GRAVIDEZ humana [que vai] do início da 29a até a 42a semana completa (197 a 294 dias) de gestação.Hospitais Públicos: Hospitais controlados pelos diferentes tipos de governo municipal, estatal ou federal.Eclampsia: Início de HIPER-REFLEXIA, CONVULSÕES ou COMA em um paciente previamente diagnosticado como pré-eclâmptico (PRÉ-ECLÂMPSIA).Seguro de Responsabilidade Civil: Seguro contra perdas resultantes de responsabilidade civil por traumatismos ou danos a pessoas.Gravidez de Alto Risco: Gravidez em que a mãe e/ou o FETO correm risco de MORBIDADE ou MORTALIDADE maior que o normal. Entre as causas estão a falta de CUIDADO PRÉ-NATAL inadequado, antecedentes obstétricos (ABORTO ESPONTÂNEO), doença materna pré-existente, doença induzida pela gravidez (hipertensão gestacional) e GRAVIDEZ MÚLTIPLA, bem como idade materna avançada (maior que 35 anos).Pré-Eclâmpsia: Complicação de GRAVIDEZ, caracterizada por um complexo de sintomas incluindo HIPERTENSÃO materna e PROTEINURIA com ou sem EDEMA patológico. Os sintomas variam de brandos a graves. A pré-eclâmpsia ocorre após a 20a semana de gestação, porém pode se desenvolver antes deste tempo, na presença de doença trofoblástica.Mortalidade Infantil: Óbitos ocorridos desde o NASCIMENTO até 365 dias após o nascimento em uma dada população. Mortalidade pós-neonatal representa as mortes ocorridas entre 28 e 365 dias após o nascimento (conforme definição do National Center for Health Statistics). Mortalidade neonatal representa as mortes ocorridas até 27 dias após o nascimento.Complicações Neoplásicas na Gravidez: Coocorrência de gravidez e NEOPLASIAS. A doença neoplásica pode preceder ou seguir a FERTILIZAÇÃO.Deiscência da Ferida Operatória: Processo patológico constituído por ruptura completa ou parcial das camadas de uma ferida cirúrgica.Versão Fetal: Alteração artificial da posição do feto para facilitar o nascimento.Dor Pós-Operatória: Dor durante o período após a cirurgia.Metilergonovina: Homólogo da ERGONOVINA que contém mais um grupo CH2.Nascimento a Termo: NASCIMENTO ao final da duração normal da GRAVIDEZ , entre 37 a 40 semanas de gestação ou cerca de 280 dias a partir do primeiro dia do último período menstrual da mãe.Cardiotocografia: Monitoração da frequência cardíaca fetal para avaliar a iminência de prematuridade em relação ao padrão ou intensidade da CONTRAÇÃO UTERINA.Período Pós-Parto: Em fêmeas, [comprende] o período logo após se dar o nascimento (PARTO).Miométrio: A capa de músculos lisos do útero, que forma a massa principal do órgão.Inércia Uterina: Falência do ÚTERO em contrair com força, duração e intervalos normais durante o TRABALHO DE PARTO. Também é chamada de atonia uterina.Trichosanthes: Espécie de plantas (família CUCURBITACEAE) que são fonte de TRICOSANTINA (uma proteína inativadora de ribossomos).Pelvimetria: Medida das dimensões e da capacidade da pélvis. Inclui a cefalopelvimetria (medida do tamanho da cabeça do feto em relação à capacidade pélvica materna), uma orientação prognóstica para o TRABALHO DE PARTO associado com desproporção.Náusea e Vômito Pós-Operatório: A emese e náusea ocorrendo após a anestesia.Anestesia por Condução: Injecção de um anestésico nos nervos para inibir a transmissão nervosa em determinada parte do corpo.Sufentanil: Analgésico opioide utilizado como adjunto em anestesia, anestesia equilibrada e como anestésico principal.Histerectomia: Excisão do útero.Procedimentos Desnecessários: Procedimentos de diagnóstico, terapêuticos e investigativos prescritos e executados por profissionais de saúde cujos resultados não justificam os benefícios ou perigos e custos para o paciente.Cuidado Pré-Natal: Pré-natal inclui a prevenção, a promoção da saúde e o tratamento dos problemas que possam ocorrer durante o período gestacional e após o parto. A adesão das mulheres ao pré-natal está relacionada com a qualidade da assistência prestada pelo serviço e pelos profissionais de saúde, fator essencial para redução dos elevados índices de mortalidade materna e perinatal. (Assistência Pré-Natal - Ministério da Saúde, 2000)Feto: Filhote por nascer de um mamífero vivíparo no período pós-embrionário, depois que as principais estruturas foram delineadas. Em humanos, [a idade gestacional] do filhote por nascer vai [é definida como sendo] do final da oitava semana após a CONCEPÇÃO até o NASCIMENTO, diferente do EMBRIÃO DE MAMÍFERO prematuro.Descolamento Prematuro da Placenta: Separação prematura da PLACENTA implantada normalmente no ÚTERO. Entre os sinais com grau variável de gravidade estão sangramento uterino (HEMORRAGIA UTERINA), HIPERTONIA MUSCULAR uterina e SOFRIMENTO FETAL ou MORTE FETAL.Embolia Amniótica: Bloqueio da circulação materna pelo LÍQUIDO AMNIÓTICO (próximo ao final da gravidez), que é forçado por forte CONTRAÇÃO UTERINA para o interior das VEIAS uterinas. Caracterizada pelo início súbito de desconforto respiratório grave e HIPOTENSÃO (que pode levar a MORTE materna).Estudos Prospectivos: Estudos planejados para a observação de eventos que ainda não ocorreram.Tocologia: A prática de assistir as mulheres no parto.Placenta: Órgão materno-fetal de mamíferos, altamente vascularizado, sendo o principal local de transporte de oxigênio, nutrientes e resíduos fetais. Na placenta há uma porção fetal (VILOSIDADES CORIÔNICAS, provenientes dos TROFOBLASTOS) e uma porção materna (DECÍDUA, proveniente do ENDOMÉTRIO uterino). A placenta produz uma série de hormônios esteroides, proteicos e peptídicos (HORMÔNIOS PLACENTÁRIOS).Doenças Fetais: Afecções fisiológicas do FETO no ÚTERO. Algumas doenças fetais podem ser tratadas com TERAPIAS FETAIS.Fatores de Risco: Aspecto do comportamento individual ou do estilo de vida, exposição ambiental ou características hereditárias ou congênitas que, segundo evidência epidemiológica, está sabidamente associado a uma condição relacionada com a saúde considerada importante de ser prevenida.Traumatismos do Nascimento: Trauma anóxico ou mecânico, provocado no recém-nascido durante o trabalho de parto ou nascimento.Membranas Extraembrionárias: Camadas finas de tecido que envolvem o embrião em desenvolvimento. Há quatro membranas extraembrionárias, geralmente encontradas em VERTEBRADOS, como RÉPTEIS, AVES e MAMÍFEROS. São: SACO VITELINO, ALANTOIDE, ÂMNIO e CÓRION. Estas membranas oferecem proteção e meios para o transporte de nutrientes e resíduos.Gravidez Múltipla: Gestação de dois ou mais FETOS simultaneamente.Mortalidade Perinatal: Mortes que ocorrem da vigésima oitava semana de GESTAÇÃO ao vigésimo oitavo dia após o nascimento em uma dada população.Gestantes: Mulheres que estão grávidas, como entidades culturais, psicológicas ou sociológicas.Sangue Fetal: Sangue do feto. A troca de nutrientes e de resíduos entre o sangue fetal e o materno ocorre através da PLACENTA. O sangue do cordão é o sangue contido nos vasos umbilicais (CORDÃO UMBILICAL) no momento do parto.Prurido: Sensação de coceira intensa que produz a necessidade de friccionar ou coçar a pele para obter alívio.Estudos Retrospectivos: Estudos nos quais os dados coletados se referem a eventos do passado.Analgésicos Opioides: Compostos com atividade semelhante as dos ALCALOIDES OPIÁCEOS, atuando como RECEPTORES OPIOIDES. Entre as propriedades estão ANALGESIA ou ESTUPOR.Histerotomia: Incisão no útero, feita através do abdômen ou da vagina.Trabalho de Parto Prematuro: Início de TRABALHO DE PARTO antes do NASCIMENTO A TERMO, mas geralmente após o FETO ter-se tornado viável. Nas mulheres ocorre em algum momento entre a 29a e a 38a semana de GRAVIDEZ. A TOCÓLISE inibe o trabalho de parto prematuro e pode impedir o NASCIMENTO de PREMATUROS.Contração Uterina: Contração do MÚSCULO UTERINO.Assistência Perinatal: Cuidados com a mulher parturiente e com um feto ou recém-nascido, antes, durante e após o nascimento, da vigésima oitava semana de gestação ao sétimo dia após o nascimento.Útero: Órgão muscular oco (de paredes espessas), na pelve feminina. Constituído pelo fundo (corpo), local de IMPLANTAÇÃO DO EMBRIÃO e DESENVOLVIMENTO FETAL. Além do istmo (na extremidade perineal do fundo), encontra-se o COLO DO ÚTERO (pescoço), que se abre para a VAGINA. Além dos istmos (na extremidade abdominal superior do fundo), encontram-se as TUBAS UTERINAS.Burundi: República na África oriental limitada ao norte por RUANDA e ao sul pela TANZÂNIA. Sua capital é Bujumbura.Anestésicos Combinados: Dois ou mais compostos químicos usados simultânea ou sequencialmente para induzir anestesia. Essas drogas não precisam estar na mesma forma de dosagem.Pré-Medicação: Administração preliminar de um medicamento que antecede um procedimento diagnóstico, terapêutico ou cirúrgico. Os tipos mais comuns de pré-medicação são antibióticos (PROFILAXIA DE ANTIBIÓTICOS) e agentes ansiolíticos. Não abrange MEDICAÇÃO PRÉ-ANESTÉSICA.Gravidez em Diabéticas: Estado de GRAVIDEZ em mulheres com DIABETES MELLITUS. Isto não inclui nem o diabetes sintomático e nem a INTOLERÂNCIA À GLUCOSE induzida pela gravidez (DIABETES GESTACIONAL), mas que é dissipada no final da gestação.Método Duplo-Cego: Método de estudo sobre uma droga ou procedimento no qual ambos, grupos estudados e investigador, desconhecem quem está recebendo o fator em questão. (Tradução livre do original: Last, 2001)Complicações Intraoperatórias: Complicações que afetam pacientes durante a cirurgia. Podem estar ou não associadas à doença para a qual a cirurgia é realizada ou, dentro do mesmo procedimento cirúrgico.Troca Materno-Fetal: Troca de substâncias entre o sangue materno e o fetal na PLACENTA, através da CIRCULAÇÃO PLACENTÁRIA. A barreira placentária exclui a transmissão de micróbios ou vírus.Líquido Amniótico: Líquido claro, amarelado que envolve o FETO dentro do saco do ÂMNIO. No primeiro trimestre é semelhante a um transudado do plasma materno ou fetal. No segundo trimestre, o líquido amniótico deriva principalmente do rim e pulmão fetal. Células ou substâncias neste líquido podem ser retiradas para testes de diagnóstico pré-natal (AMNIOCENTESE).Bem-Estar Materno: Esforços organizados por comunidades ou organizações para melhoria da saúde e do bem-estar da mãe.Fentanila: Potente analgésico narcótico que leva ao hábito ou vício. É principalmente um agonista do receptor opioide mu. A fentanila é também usada como adjunto na anestesia geral e como anestésico para indução e manutenção. (Tradução livre do original: Martindale, The Extra Pharmacopoeia, 30th ed, p1078)Nascimento Vivo: Evento em que um FETO é nascido vivo com batimentos cardíacos ou RESPIRAÇÃO indiferentemente da IDADE GESTACIONAL. Tal nativivo é chamado de RECÉM-NASCIDO. (Tradução livre do original: MeSH/NLM) Nascimento vivo é a expulsão ou extração completa do corpo da mãe, independentemente da duração da gravidez, de um produto de concepção que, depois da separação, respire ou apresente qualquer outro sinal de vida, tal como batimentos do coração, pulsações do cordão umbilical ou movimentos efetivos dos músculos de contração voluntária, estando ou não cortado o cordão umbilical e estando ou não desprendida a placenta. Cada produto de um nascimento que reúna essas condições se considera como uma criança viva. (CID-10, vol.2, rev. e ampl. 2008; Fundação Nacional de Saúde, Brasil. Manual de Instruções para o Preenchimento da Declaração de Nascido Vivo: Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos, 2001 http://portal.saude.gov.br/portal/arquivos/pdf/declaracao_nasc_vivo.pdf) Produto de concepção expulso pela mãe ou dela extraído, independente da duração da gravidez, e que respira ou mostra algum outro sinal de vida (batimento cardíaco, pulsação do cordão umbilical ou movimentos claros dos músculos voluntários) tanto antes como depois do corte do cordão umbilical; nado-vivo. (Dic. Eletrônico Houaiss da Língua Portuguesa, 2002)Cordão Umbilical: Estrutura flexível semelhante à corda, que conecta um FETO em desenvolvimento à PLACENTA, em mamíferos. O cordão contém vasos sanguíneos que transportam oxigênio e nutrientes da mãe ao feto e resíduos para longe do feto.Cuidado Pós-Natal: Cuidados prestados à mulher e ao RECÉM-NASCIDO pelos primeiros poucos meses após o PARTO.Gravidez Ectópica: Afecção com risco de morte materna na qual a IMPLANTAÇÃO DO EMBRIÃO ocorre fora da cavidade do ÚTERO. A maioria das gestações ectópicas (mais de 96 por cento) ocorre nas TUBAS UTERINAS e é conhecida como GRAVIDEZ TUBÁRIA. Podem ocorrer em outros locais, como no COLO DO ÚTERO, OVÁRIO e cavidade abdominal (GRAVIDEZ ABDOMINAL).Microtomia: Técnica que utiliza um micrótomo para cortar secções finas ou ultrafinas de tecidos embebidos em uma substância de sustentação. O micrótomo é um instrumento de aço que prende uma lâmina de vidro ou diamante em grampos a um ângulo do bloco de tecido preparado, que ele corta em secções de espessuras iguais.Doenças do Recém-Nascido: Doenças dos recém-nascidos que se apresentam no nascimento (congênitas) ou se desenvolvem no primeiro mês de vida. Não incluem doenças hereditárias que não se manifestam no nascimento ou nos primeiros 30 dias de vida, tampouco incluem erros inatos do metabolismo. Tanto DOENÇAS HEREDITÁRIAS e ERROS INATOS DO METABOLISMO estão disponíveis como conceitos gerais.Hipertensão Induzida pela Gravidez: Afecção em uma mulher grávida com pressão sanguinea sistólica (maior que 140 mm Hg) e diastólica (maior que 90 mm Hg) registrada em pelo menos dois momentos com 6 h de intervalo entre as medidas. A HIPERTENSÃO complica 8 a 10 por cento de todas as gestações, geralmente após 20 semanas de gestação. A hipertensão gestacional pode ser dividida em várias amplas categorias de acordo com a complexidade e os sintomas associados, como EDEMA, PROTEINÚRIA, CONVULSÕES, anormalidades na COAGULAÇÃO SANGUÍNEA e funções hepáticas.Injeções Espinhais: Introdução de agentes terapêuticos na região espinal usando agulha e seringa.Âmnio: Saco membranoso mais interno que envolve e protege o embrião em desenvolvimento, banhado pelo LÍQUIDO AMNIÓTICO. As células amnióticas são CÉLULAS EPITELIAIS secretoras e contribuem para o líquido amniótico.Amidas: Compostos orgânicos que contêm o radical -CO-NH2. As amidas são derivadas de ácidos pela substituição dos grupos -OH por grupos -NH2 ou então a partir da amônia, pela substituição do H por um grupo acila.Relações Materno-Fetais: Vínculo ou ausência de vínculo entre mulher grávida e o FETO.Infecção da Ferida Operatória: As infecções que ocorrem no local da incisão cirúrgica.Brasil: A República Federativa do Brasil é formada por 5 regiões (norte, nordeste, centro-oeste, sudeste e sul), 26 Estados e o Distrito Federal (Brasília). A atual divisão político-administrativa é de 1988, quando foi criado o estado do Tocantins, a partir do desmembramento de parte de Goiás, e os territórios de Amapá e Roraima foram transformados em estados. Quinto país do mundo em área total, superado por Federação Russa, Canadá, China e EUA, e maior da América do Sul, o Brasil ocupa a parte centro-oriental do continente. São 23.089 km de fronteiras, sendo 7.367 km marítimas e 15.719 km terrestres. A orla litorânea estende-se do cabo Orange, na foz do rio Oiapoque, ao norte, até o arroio Chuí, no sul. Todos os países sul-americanos, com exceção de Equador e Chile, fazem fronteira com Brasil. Pouco mais de 70 km tornam a extensão norte-sul do país superior ao sentido leste-oeste. São 4.394,7 km entre os extremos leste e oeste. Ao norte, o ponto extremo do Brasil é a nascente do rio Ailã, no monte Caburaí, em Roraima, fronteira com a Guiana. Ao sul, o arroio Chuí, na divisa do Rio Grande do Sul com o Uruguai. A leste, a ponta do Seixas, na Paraíba. E a oeste, as nascentes do rio Moa, na serra da Contamana, no Acre, fronteira com o Peru. O centro geográfico fica na margem esquerda do rio Jarina, em Barra do Garça em Mato Grosso. (Almanaque Abril. Brasil, SP: Editora Abril S.A., 2002). Existe grande contraste entre os estados em relação aos aspectos físicos e demográficos e aos indicadores sociais e econômicos. A área do Amazonas, por exemplo, é maior do que a área somada dos nove estados da região nordeste. Enquanto Roraima e Amazonas têm cerca de um a dois habitantes por km2, no Rio de Janeiro e no Distrito Federal esse índice é superior a 300 (a média para o país é de 20,19 IBGE 2004). A população brasileira estimada para 2006 é de 186 milhões de habitantes distribuída em uma área de 8.514.215,3 km2 (média de 46 hab/km2). A mortalidade infantil média para o país é de 26,6 óbitos de crianças menores de um ano por 1000 nascidos vivos, variando de 47,1 para o estado de Alagoas (IBGE 2004) e 13,5 para o estado de São Paulo (SEADE 2005). A esperança (ou expectativa) de vida do brasileiro ao nascer é de 71,7 anos (IBGE 2004). A taxa de fecundidade é de 2,3 filhos por mulher menor de 20 anos (IBGE 2004). Em relação à economia, apenas três estados do Sudeste - São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais - respondem por cerca de 60 por cento do PIB brasileiro.Meperidina: Analgésico narcótico que pode ser utilizado para o alívio da maioria dos tipos de dor (moderada a severa) incluindo dor pós-operatória e dor de parto. O uso prolongado pode levar a dependência do tipo da morfina. Os sintomas da abstinência aparecem mais rapidamente do que com a morfina e são de menor duração.Fatores de Tempo: Elementos de intervalos de tempo limitados, contribuindo para resultados ou situações particulares.Natimorto: Evento em que um FETO é nascido morto (ou natimorto). (Tradução livre do original: MeSH/NLM) Óbito Fetal Tardio ou Nascido Morto ou Natimorto é o óbito com 28 semanas ou mais de geração. (IBGE: http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/registrocivil/obito_fetal.shtm)Maturidade Cervical: Alteração no COLO DO ÚTERO em relação a sua prontidão para relaxar. O colo, normalmente se torna mais mole, mais flexível, mais dilatável e mais curto nas últimas semanas de GRAVIDEZ. Estas alterações cervicais podem também ser induzidas quimicamente (TRABALHO DE PARTO INDUZIDO).Artérias Umbilicais: Vasos arteriais especializados no cordão umbilical. Transportam resíduos e sangue desoxigenado do FETO à mãe (via PLACENTA). Em humanos, geralmente há duas artérias umbilicais, raramente uma.Modelos Logísticos: Modelos estatísticos de risco de um indivíduo (probabilidade de contrair uma doença) em função de um dado de fator de risco. O modelo logístico é um modelo linear para a logística (logaritmo natural dos fatores de risco) da doença como função de um fator quantitativo e é matematicamente equivalente ao modelo logístico.

*  Parto Humanizado: Abril 2015
... a mulher não tinha cesárea prévia (3 romperam sem trabalho de parto e 17 em trabalho de parto). Das 139 mulheres com cesárea ... A taxa de ruptura uterina em mulheres planejando um parto vaginal tendo uma cesárea prévia (VBAC) foi de 21 casos a cada 10.000 ... Como em qualquer discussão sobre VBAC, é preciso lembrar que os riscos associados se iniciam na PRIMEIRA CESÁREA e não na ... Em 21 casos, a mulher tinha cesárea prévia e teve ruptura sem entrar em trabalho de parto ou tentar indução - 14% destas ...
  http://partohumanizadob.blogspot.com.br/2015/04/
*  Saúde Pública - Fatores associados a taxas de cesárea em hospital universitário Fatores associados a taxas de cesárea em...
As taxas de cesárea foram mais elevadas entre as mulheres com mais de 30 anos e entre as primíparas e multíparas com cesárea ... Em nosso estudo, cesárea prévia aumentou em até quatro vezes a probabilidade na ocorrência de uma nova cesárea, ... Uma queda relativa no risco de cesárea entre as mulheres com mais de uma cesárea prévia apareceu com a entrada das variáveis de ... Beiswenger et al7 (2002) apontaram também a associação entre dilatação na admissão e taxas de cesárea. A taxa de cesárea entre ...
  https://scielosp.org/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S0034-89102009000300011&lng=en&nrm=iso&tlng=en
*  A Caminho de um Sonho - FIV: Julho 2014
... porque umas das complicações também pode ser o parto prematuro e o bebê só pode nascer através de Cesárea e meu desejo sempre ...
  http://fivaesperadomeubebe.blogspot.com.br/2014/07/
*  Matão AMHMA Saúde | A saúde mais perto de você: Parto normal ou cesárea?
Parto normal ou cesárea?. Página Inicial » Dicas de Saúde » Parto normal ou cesárea?. ... Em caso de risco à vida da mãe ou do bebê, o médico indicará a cesárea, que é uma cirurgia de grande porte. Por isso deve ser ... O Brasil ocupa um dos primeiros lugares entre os países com maior número de cesáreas. ...
  http://www.mataoclinicas.com.br/parto-normal-ou-cesarea/
*  Como requerer uma cesárea eletiva no SUS | eHow Brasil
A cesárea eletiva (também chamada de 'cesariana a pedido') refere-se a qualquer operação cesariana realizada antes do parto sem ... Para algumas mulheres, solicitar uma sessão de cesárea eletiva é pura conveniência. Para outras, trata-se de dor. Uma mulher ... Como requerer uma cesárea eletiva no SUS. Como requerer uma cesárea eletiva no SUS. Escrito por april sanders , Traduzido por ... As cesáreas eletivas raramente são concedidas no Sistema Único de Saúde (SUS), mas não há nenhuma regra que diz que você não ...
  http://www.ehow.com.br/requerer-cesarea-eletiva-sus-como_118474/
*  Quais são as principais indicações de cesárea? | Gravidez e Saude da Mulher
Como a cesárea surgiu?. A primeira indicação de cesárea na história foi a cesárea post-morten, na tentativa de salvar o ... Cesárea prévia - a presença de cesárea prévia há menos de 2 anos indica que o parto subsequente também seja por cesárea, devido ... Tags:Cesárea, cicatriz de cesárea, complicações cirúrgicas, Descolamento de Placenta, doença hipertensiva, Gestação Gemelar, ... Quais são as principais indicações de cesárea?. dremersonbatista / 05/06/2014 A cesárea revolucionou a prática obstétrica ...
  https://gravidezesaudedamulher.com/2014/06/05/quais-sao-as-principais-indicacoes-de-cesarea/
*  Cesariana - Wikipedia
O parto cirúrgico ou cesariana (também denominada cesárea) é uma técnica cirúrgica utilizada para retirar um feto de dentro do ... Dentre os motivos de indicação para realização da cirurgia cesárea no lugar do parto vaginal ou parto normal, estão situações ... "epidemia de cesáreas". A Organização Mundial da Saúde sugere com base em evidência científica que cerca de 15% dos partos ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Cesariana
*  Sacra Cesárea Católica Real Majestade - Wikipedia
Sacra Cesárea Católica Real Majestade (abreviatura SCCRM), foi um tratamento exclusivo ostentado pelo imperador Carlos V, que ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Sacra_Ces%C3%A1rea_Cat%C3%B3lica_Real_Majestade
*  Gravidez na adolescência - Wikipedia
Maior possibilidade de parto prematuro (menos de 37 semanas); Maior possibilidade de cesárea; Maiores possibilidades de aborto ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Gravidez_na_adolesc%C3%AAncia
*  Parto humanizado - Wikipedia
Cesárea humanizada: saiba tudo sobre». Consultado em 12 de dezembro de 2017 Jovem Pan (17 de fevereiro de 2015). «Impor à ... obrigando os planos de saúde a preencherem o partograma e a divulgarem os números de cesáreas em hospitais credenciados, e do ... que foi forçada a se submeter a uma cirurgia cesárea contra a sua vontade. Em protesto, foi organizado nacionalmente um ... Partograma passa a ser obrigatório para evitar cesárea desnecessária - Notícias - Saúde». Saúde Brasil, Portal. «Novas ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Parto_humanizado
*  Parto - Wikipedia
... das mulheres que tiveram uma a três cesáreas e pode representar risco de morte para mãe e bebê; O pulmão do bebê não é ... Aumenta as chances de sofrer novas cesáreas nos nascimentos seguintes; O útero fica com uma cicatriz em seu músculo que é ... A criança que nasce de cesárea passa por mais intervenções como aspiração nasogástrica, reanimação, entubação e respiração ... Aumenta a probabilidade de outra cesárea; Riscos da anestesia (por exemplo, choque anafilático); Morbidade materna (sete a ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Parto
*  Manobra de Kristeller - Wikipedia
Pode também ser utilizada durante a cirurgia cesárea. É importante ressaltar que "A Manobra de Kristeller é reconhecidamente ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Manobra_de_Kristeller
*  Obesidade infantil - Wikipedia
... entre os nascidos por parto natural e os nascidos por cesárea, já que os nascidos por cesárea têm uma maior incidência de ... Cesárea pode dobrar risco de obesidade infantil, diz estudo». Editora Abril. Veja. 24 de maio de 2012. Consultado em 14 de ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Obesidade_infantil
*  Félix de Avelar Brotero - Wikipedia
Academia Cesarea de Bona, e outras. Acabou por falecer aos 83 anos de idade em casa, na Calçada do Galvão, em Belém (registo de ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/F%C3%A9lix_de_Avelar_Brotero
*  Paulo de Tebas - Wikipedia
Prefazione alla traduzione delle Cronache di Eusebio di Cesarea. Continuazione delle Cronache di Eusebio di Cesarea. Gli uomini ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Paulo_de_Tebas
*  Claudio Monteverdi - Wikipedia
Dedicata alla Sacra Cesarea Maesta dell' Imperatrice Eleonora Gonzaga. Con Licenza de Superiori & Priuilegio. In Venetia ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Claudio_Monteverdi
*  Ortelle - Wikipedia
Faz fronteira com Castro, Diso, Poggiardo, Santa Cesarea Terme, Spongano. «Statistiche demografiche ISTAT» (em italiano). Dato ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Ortelle
*  Consistório Ordinário Público de 1973 - Wikipedia
... titular de Cesarea di Cappadocia, secretário da S.C. do Clero; Luis Aponte Martínez, arcebispo de San Juan; Raúl Francisco ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Consist%C3%B3rio_Ordin%C3%A1rio_P%C3%BAblico_de_1973
*  Consistórios de Paulo VI - Wikipedia
... titular de Cesarea di Cappadocia, secretário da S.C. do Clero; Luis Aponte Martínez, arcebispo de San Juan; Raúl Francisco ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Consist%C3%B3rios_de_Paulo_VI
*  Francisco de Quevedo - Wikipedia
... cesárea, real Majestad..., onde era denunciada a política do Conde Duque, foi detido, confiscaram-lhe os livros e é levado para ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Francisco_de_Quevedo
*  Otranto - Wikipedia
Faz fronteira com Cannole, Carpignano Salentino, Giurdignano, Melendugno, Palmariggi, Santa Cesarea Terme, Uggiano la Chiesa. ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Otranto
*  Consistórios de João XXIII - Wikipedia
Os purpurados publicados foram: Luigi Traglia, arcebispo-titular de Cesarea di Palestina, vice-gerente de Roma; Peter Tatsuo ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Consist%C3%B3rios_de_Jo%C3%A3o_XXIII
*  Violência obstétrica - Wikipedia
Os hospitais deverão respeitar o limite de 15% de cesáreas, recomendado pela Organização Mundial da Saúde. PLS 8/2013, do ex- ...
  https://pt.wikipedia.org/wiki/Viol%C3%AAncia_obst%C3%A9trica

Fast Future Generation: Fast Future Generation é um "rockumentary" sobre os Good Charlotte noAnestesia espinhalDistócia de ombroPlacenta préviaBupivacaína: A bupivacaína é um anestésico local do tipo amino-amida de longa duração com efeitos anestésico e analgésico. A administração de altas doses produz anestesia cirúrgica, enquanto que em baixas doses, produz bloqueio sensitivo (analgesia) com bloqueio motor menor.Idade gestacional: A idade gestacional é o tempo, medido em semanas ou em dias completos, decorrido desde o início da última menstruação (ou data da última menstruação - DUM) da mulher grávida.Ministério da saúde brasileiro- definições da OMSHemorragia obstétricaArgumentum ad verecundiam: O argumentum ad verecundiam ou argumentum magister dixit é uma expressão em latim que significa apelo à autoridade ou argumento de autoridade, é uma falácia lógica que apela para a palavra de alguma autoridade a fim de validar o argumento. Este raciocínio é absurdo quando a conclusão se baseia exclusivamente na credibilidade do autor da proposição e não nas razões que ele apresentou para sustentá-la.Efedrina: A efedrina é um composto químico cristalino, encontrada em certas plantas da família das efedráceas, dotados de folhas escamiformes, ramos delgados e articulados, e floração dióica, ou sintetizada, que possui mais de 40 espécies distribuídas em regiões de clima temperado e subtropical. É empregada como medicamento e também empregado em doping.Obstetrícia (medicina): #REDIRECT ObstetríciaHamnet Shakespeare: Hamnet Shakespeare (2 de fevereiro de 1585—11 de agosto de 1596, data do sepultamento) era o único filho homem de William Shakespeare e Anne Hathaway, irmão gêmeo de Judith Quiney.Chambers, I.Anestésico local: ==Introdução==Local de nascimento: As expressões Local de nascimento, lugar de nascimento ou naturalidade indicam o local onde uma pessoa nasceu. É um dado usado frequentemente em documentos, juntamente com o nome e a data de nascimento, para identificar uma pessoa de forma inequívoca.HipotensãoEclampsia: Eclampsia ou Eclâmpsia ou da , nos dois casos com origem ; a pronúncia corrente, contudo, é eclâmpsiaDicionário Aurélio, verbete eclampsia}}}} é a hipertensão específica da gravidez. Produz uma série de complicações da gravidez e é precedida da pré-eclâmpsia.Deiscência (medicina): Na medicina, deiscência é a abertura de suturas.Página do Hospital Mount Sinai: Definição de "Wound Dehiscence".Uterotónico: é um agente farmacológico usado para induzir contrações uterinas ou dar maior tonicidade ao útero. Os uterotónicos são usados para induzir o parto e para reduzir hemorragias pós-parto.Cardiotocografia: A cardiotocografia (CTG) é um método biofísico não invasivo de avaliação do bem estar fetal. Consiste no registro gráfico da frequência cardíaca fetal e das contrações uterinas.MiométrioSufentanilaDescolamento prematuro da placenta: Descolamento prematuro da placenta, desprendimento prematuro da placenta ou placenta abrupta (latim:abruptio placentae) é uma complicação da gravidez obstétrica em que ocorre separação inopinada, intempestiva e prematura da placenta, normalmente inserta após a vigésima ou vigésima primeira semana de gestação. Gera alterações fisiopatológicas uterinas, decoagulação, renais e hipofisárias.

  • Crescer
  • Em entrevista à CRESCER, o ginecologista Alessandro Scapinelli, membro Associação de Obstetrícia e Ginecologia do Estado de São Paulo e da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia, listou algumas situações que podem inviabilizar o nascimento por via vaginal quando a mulher já está em trabalho de parto, e que acabam levando à uma cesárea como desfecho. (globo.com)
  • muitas
  • Embora tenham índices mais baixos que os brasileiros, os Estados Unidos também enfrentam desafios semelhantes para baixar o patamar de 32,8% de cesáreas, já que muitas das razões que fizeram esse índice subir por lá são as mesmas que temos aqui. (bbc.com)
  • O estudo "Listening to Mothers" (Ouvindo as Mães, em tradução livre), feito com mais de 2.400 grávidas nos EUA pela organização Childbirth Connection, concluiu que muitas das cesáreas estavam ligadas ao acesso restrito ao VBAC. (bbc.com)
  • Para realização da cesárea a pedido, passa a ser obrigatória a elaboração de um termo de consentimento livre e esclarecido pelo médico para que seja registrada a decisão da gestante, já implementada por muitas maternidades. (globo.com)
  • melhor
  • Esta metanálise procurou identificar qual o melhor momento para reintrodução de dieta após cesárea pensando no adequado funcionamento do trato gastrintestinal. (medicinanet.com.br)
  • Este dado aparece em alguns estudos e, especificamente no que será apresentado a seguir, os autores realizaram uma revisão sistemática com metanálise para verificar qual o melhor momento para reintrodução de dieta após cesárea. (medicinanet.com.br)
  • Em algumas condições, como placenta prévia e diminuição do líquido amniótico, a cesárea antecipada é a melhor solução e isso continua valendo. (globo.com)
  • mulher
  • É inaceitável pressionar uma mulher a ter outra cesárea desnecessária diante da quantidade de evidências que temos hoje mostrando que VBACs podem ser seguros. (bbc.com)
  • Este dado deve impactar nas práticas de todo obstetra, pensando na recuperação mais rápida da paciente no pós-cesárea, uma situação que é delicada frente à mudança de status da mulher, a necessidade de adaptação à condição de amamentação e administração do desconforto natural de um pós-operatório. (medicinanet.com.br)
  • Mas, às vezes, é preciso recorrer à cesárea para garantir que a mulher e o bebê voltem bem para casa. (globo.com)
  • A mulher que não entrasse em trabalho não teria partograma e, em consequência, seria obrigada a arcar com os custos de sua cesárea eletiva - numa lógica parecida com o que já ocorre com cirurgias plásticas. (globo.com)
  • motivos
  • Dentre os motivos de indicação para realização da cirurgia cesárea no lugar do parto vaginal ou parto normal, estão situações de sofrimento fetal agudo, placenta prévia, lesão por herpes ativa no momento do trabalho de parto, prolapso de cordão, feto em posição transversal no momento do parto (mas um feto em apresentação pélvica não é necessariamente motivo de cesariana) e falha de indução quando há indicação de interrupção de gravidez. (wikipedia.org)
  • eletivas
  • RIO - Em janeiro, a Agência Nacional de Saúde (ANS) aprovou uma resolução que tirava dos planos a obrigatoriedade de pagar por cesáreas eletivas - aquelas feitas sem indicação médica. (globo.com)
  • pedido
  • A cesárea feita a pedido continuará existindo, mas, agora, aumentaremos a informação para que a gestante tome essa decisão ciente do que está fazendo. (globo.com)
  • trabalho
  • Formada pela Ufba, seu interesse pela área surgiu após a leitura de um trabalho sobre parto de cócoras do médico curitibano Moysés Paciornik, que a ajudou a entender que este era o caminho para não se tornar mais uma obstetra a aumentar o número escandaloso de cesáreas realizados no país. (uol.com.br)
  • feito
  • O Conselho Federal de Medicina divulgou nesta segunda (20/6) uma nova regra que determina o parto cesárea só poderá ser feito a partir da 39ª semana. (globo.com)
  • Foram
  • Foram exatamente esses empecilhos que a enfermeira e professora da Universidade Federal de Brasília (UnB) Mônica Chiodi de Campos enfrentou ao ter seus três primeiros filhos - todos por cesárea - até conseguir ter seu quarto filho por parto normal, um VBA3C. (bbc.com)
  • passado
  • Hoje, 99 anos depois, ela continua, segundo especialistas, sendo tirada de contexto e usada para alimentar o tabu de que mulheres não poderiam ter um parto normal se já tiverem passado por uma cesárea. (bbc.com)
  • perigo
  • Minha saúde e a saúde dos meu bebês estavam em perigo, então eu tive uma cesárea de emergência", desabafa. (d24am.com)
  • seria
  • Na terceira gestação, achei que seria diferente, mas, ao ser atendida na maternidade por uma médica plantonista e por ter duas cesáreas, minha sentença já estava decretada. (bbc.com)
  • pois
  • Os resultados do estudo demonstraram que há uma tendência de diminuição na vitalidade nos bebês, imediatamente após o nascimento, quando nascidos por cesárea, pois apresentaram escore de Apgar entre 4 e 6 no primeiro minuto de vida em maior proporção do que os nascidos de parto normal. (ufrgs.br)
  • partir
  • Se é detectado que ele está em sofrimento (ou seja, com a vitalidade diminuída), recomenda-se partir para uma cesárea. (globo.com)
  • Nesses casos, não adianta insistir no parto normal e a solução é partir para a cesárea. (globo.com)
  • Brasil
  • Um desses pontos em comum é justamente o tabu do parto normal após cesárea ou VBAC - sigla em inglês para Vaginal Birth after Cesarean Section (parto vaginal após uma cesárea), que também é usada no Brasil. (bbc.com)
  • teve
  • Este estudo teve por objetivo comparar o escore de Apgar do primeiro e do quinto minuto de vida entre recém-nascidos de parto normal e de cesárea, bem como, com o sexo e com o peso ao nascimento. (ufrgs.br)