Um novo vírus tem causado doença respiratória pelo agente coronavírus, com casos recentemente registrados na China. Importante saber que os coronavírus são uma grande família viral, conhecidos desde meados de 1960, que causam infecções respiratórias em seres humanos e em animais. Geralmente, infecções por coronavírus causam doenças respiratórias leves a moderadas, semelhantes a um resfriado comum. Alguns coronavírus podem causar doenças graves com impacto importante em termos de saúde pública, como a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS), identificada em 2002 e a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (MERS), identificada em 2012.. Continue a leitura no Blog do SESI Ceará.. Blogs corporativos. O SESI Ceará, SENAI Ceará e o IEL Ceará contam com mais um instrumento de ligação com a sociedade. Os blogs corporativos oferecem ao público o conhecimento e expertise em Saúde e Segurança e qualificação profissional para a Indústria; e Tecnologia e Inovação, ...
Marcellus William Janes / Assessoria de Comunicação da FSP. A USP abriu em 2012 a graduação em Saúde Pública, na Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP, com duração de oito semestres. O curso confere o Grau de Bacharel em Saúde Pública e tem como objetivo formar um profissional apto a atuar na dimensão coletiva da saúde, inserindo-se em um campo de trabalho amplo e interdisciplinar.. Os eixos integrados, como ciências da vida, ciências sociais, epidemiologia, gestão e saúde ambiental compõe o currículo do egresso. Segundo Leidmar, graduanda em Saúde Pública, "O curso nasce no território da transdisciplinariedade e busca formar um profissional que se encaixe na demanda atual, com condições de transitar na diversidade da saúde e dos aspectos sociais.". A Saúde Pública orienta-se para a atenção aos agravos sobre a saúde das populações e, por isso, está intimamente relacionada com as disciplinas que estudam a saúde enquanto um fenômeno coletivo, constituído por ...
SAN DIEGO , 12 de agosto de 2015/ PRNewswire / - No seu livro "Silent Spring" de 1962, Rachel Carson chamou a atenção para as consequências não intencionais do uso de herbicidas e pesticidas, e lançou o movimento ambientalista moderno. Há agora evidências crescentes de uma nova grave persistente ameaça à saúde pública ambiental global, que não foi registada na literatura científica. A queima de carvão por centrais eléctricas concentra as impurezas em "cinzas volantes", partículas finas que costumavam sair pela chaminé, mas são agora capturadas por causa dos seus perigos tóxicos ambientais e e para a saúde pública. Num recente artigo no Jornal Internacional de Pesquisa do Meio Ambiente e de Saúde Pública, o geocientista, J. Marvin Herndon apresenta "fortes evidências experimentais de que as cinzas volantes de carvão são as partículas em aerossóis pulverizadas na troposfera por aviões tanque para a geoengenharia, manipulação e modificação do clima ...
Você já pensou em fazer um curso de graduação em gestão em saúde pública? É uma ótima área e que precisa de muitos profissionais competentes para salvar vidas. Se você tem facilidade de trabalhar com as pessoas e sempre quis trabalhar na área da saúde é uma ótima carreira.. A saúde pública precisa de pessoas que realmente queiram ajudar. A qualidade de vida das pessoas é a principal coisa com a qual o governo deveria se preocupar. Mas isso não acontece. A qualidade de vida do brasileiro está entre uma das piores do planeta, e isso não é motivo para orgulho.. O que preocupa é que bilhões são usados para construir estruturas para a Copa do Mundo de Futebol, para o PanAmericano, etc. Nada contra esses eventos, claro. Mas tudo contra ao destino que esse dinheiro poderia ter, como a saúde pública. Ele poderia ser usado para construção de hospitais, contratação de profissionais, leitos, UTIs e várias melhorias em um dos setores mais problemáticos da política do ...
Há um facto raramente considerado pelas autoridades de saúde pública: a vacinação não é uma intervenção que elimina a exposição à doença pelos indivíduos. A vacinação substitui a exposição natural pela exposição artificial e não é a mesma coisa. Estamos há muitas décadas em campanhas de vacinação em massa e é alarmante que, em vez da comunidade médica e científica recuar para examinar o impacto geral na saúde pública e individual para ver se as estratégias actuais devem ser reavaliadas, o foco está naqueles que questionam ou recusam a vacinação.. Os especialistas reconheceram que a actual vacina contra o sarampo não pode erradicar o sarampo por causa de falhas primárias e secundárias. [1] Estudos descobriram que a concentração e a duração da protecção dos anticorpos maternos para bebés com mães vacinadas é menor do que a proteção providenciada pelas mães não vacinadas [2], e verificou-se que uma terceira dose da tríplice viral [MMR] não pode ...
Há uma preocupação crescente com o impacto do Ruído sobre a Saúde e a Qualidade de Vida da população. Estudos recentes publicados pela Organização Mundial de Saúde apontam a exposição das populações urbanas a níveis elevados de ruído como um dos principais fatores de stress ambientais em termos do seu impacte na saúde pública, através de indicadores como o DALY - disability-adjusted life-years (anos de vida perdidos ajustados por incapacidade). Só na União Europeia vários estudos estimam que anualmente se perdem cerca de 1,6 milhões de anos de vida ajustados por incapacidade devido ao ruído ambiental.. Perante este cenário, as autoridades dos vários países têm vindo a definir um conjunto de políticas e de medidas concretas destinadas, por um lado, a quantificar estes problemas (mediante a obrigatoriedade de realizar monitorizações de ruído e ensaios acústicos) e, por outro, a atenuá-los (através da introdução de legislação impondo valores limite de ruído ...
Denize Cristina de Oliveira é graduada em Enfermagem e Obstetrícia pela Faculdade de Enfermagem São José da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo (1980) e Habilitação em Enfermagem de Saúde Pública pela Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (1981); especialização em Saúde Materno-Infantil pela Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (1982); mestrado em Saúde Pública pela Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (1991), doutorado em Saúde Pública pela Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (1996); Pós-doutorado na Universidade de Paris VIII e na École des Hautes Études en Sciences Sociales (EHESS)-França (1999 e 2004). Professora Titular da Área de Metodologia de Pesquisa na Faculdade de Enfermagem/UERJ desde 2001; Professora do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem/UERJ desde 1999 e do Programa Pós-graduação em Psicologia Social/UERJ desde 2006. Atua na área de graduação como ...
Graduação em Ciencias Biológicas (licenciatura e bacharelado) pela Faculdade Souza Marques. Possui Mestrado em Biologia Celular e Molecular pela Fundação Oswaldo Cruz (1997). Atualmente é Pesquisadora em Saúde Pública do Laboratório de Pesquisa e Serviços em Saúde Pública do Depto de Ciências Biológicas da ENSP - FIOCRUZ. É professora adjunta de Imunologia Veterinária do Centro Universitário Plínio Leite - UNIPLI , professora colaboradora do Curso de Especialização em Enfermagem Dermatológica da Universidade Gama Filho e do Curso de Especialização em Análises Clínicas da Faculdade Souza Marques. Tem experiência na área de Imunologia, com ênfase em Imunoparasitologia, atuando principalmente nos seguintes temas: Ensaios imunoenzimáticos, identificação de fontes alimentares de insetos hematófagos, diagnóstico sorológico, diagnóstico da leishmaniose, doença de chagas e epidemiologia de doenças transmissíveis por vetore: http://lattes.cnpq.br/0975478115473265
Como disse um analista da indústria farmacêutica em entrevista ao jornal International Herald Tribune, citado pelo médico: "O primeiro desastre é se você mata pessoas. O segundo é se você as cura. As boas drogas de verdade são aquelas que você pode usar por longo e longo tempo". (A reportagem, em inglês, pode ser lida aqui.) O preço dos remédios é cinco vezes maior para que a indústria farmacêutica pague indenizações nos processos em que é condenada ...
A proteção da população contra produtos químicos tóxicos exige a intervenção do Estado. Os impactos na saúde pública associados a produtos químicos tóxicos - cancro, asma, obesidade, diabetes, problemas de conceção e de manutenção da gravidez e muitos outros - cifram-se, numa estimativa prudente, em centenas de milhares de milhões de euros por ano, suportados, não pelos fabricantes desses produtos, mas pelo público, pelas autoridades, pelas empresas.. Em contraste com o fraco sistema federal norte-americano de gestão dos produtos químicos, a União Europeia (UE) começou a aplicar políticas mais firmes, e a sua liderança é acompanhada pelos principais parceiros comerciais asiáticos. Estes esforços, a nível interno e internacional, têm efeitos tangíveis na proteção dos europeus contra produtos químicos tóxicos, ao contrário do que ocorre com o sistema permanentemente defeituoso dos Estados Unidos.. Ao longo de todo o processo de adoção de medidas mais estritas ...
29/09/2015 08:51 , Saúde Como frear o consumo de drogas e reduzir o impacto provocado na saúde pública foram os principais questionamentos da quinta edição do Fórum dos Grandes Debates, promovido ontem pela Assembleia Legislativa em comemoração aos seus 180 anos.. leia mais ...
No «Consultório» da semana passada [1], iniciei a descrição das funções atribuídas ao médico de saúde pública, utilizando, para esse efeito, o esquema publicado recentemente pelos Centros para o Controlo e Prevenção de Doenças norte-americanos, abreviadamente designados pela sigla CDC. Este esquema identifica dez actividades essenciais que competem ao médico de saúde pública, das quais cinco já foram descritas na semana passada.. No consultório de hoje, concluirei este tema, abordando as cinco actividades restantes; e começo pela função de autoridade de saúde. O médico de saúde pública, no papel de autoridade de saúde, é responsável por garantir o cumprimento das leis e dos regulamentos que protegem a saúde e garantem a segurança dos cidadãos. Para isso, cabe ao médico de saúde pública: informar e educar a população a respeito do quadro legal existente; propor e advogar a criação de novos documentos legais, sempre que necessário; apoiar os cidadãos e as ...
Eixos integrados, como ciências da vida, ciências sociais, epidemiologia, gestão e saúde ambiental compõe o currículo do egresso. Segundo Leidmar, graduanda em Saúde Pública, "O curso nasce no território da transdisciplinariedade e busca formar um profissional que se encaixe na demanda atual, com condições de transitar na diversidade da saúde e dos aspectos sociais.". A Saúde Pública orienta-se para a atenção aos agravos sobre a saúde das populações e, por isso, está intimamente relacionada com as disciplinas que estudam a saúde enquanto um fenômeno coletivo, constituído por aspectos históricos, demográficos, epidemiológicos, sociais, políticos e ambientais. Sua atuação é voltada para ações preventivas e para a promoção da saúde.. Para Caroline, aluna da primeira turma de Graduação, "É uma oportunidade excelente de melhorar as condições de vida e saúde de coletividades".. Mercado de Trabalho. O profissional formado neste curso poderá atuar em análise de ...
O aumento de miopia causará um impacto negativo na saúde pública e na economia, a não ser que ações sejam tomadas para prevenir e corrigir o problema.
É em maio que entra em vigor a legislação que deixa os donos de estabelecimentos comerciais decidir se os animais podem ou não entrar nos seus espaços
A presidenta Dilma Rousseff disse hoje (7), durante café da manhã com jornalistas no Palácio do Planalto, que a aprovação da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) é questão de "saúde pública". "Não é questão só de reequilíbrio fiscal, mas também é questão de saúde pública. Aprovar a CPMF pode ajudar a resolver o problema da saúde pública no país", afirmou.. A presidenta também comentou que o país precisará de reformas, como a administrativa e a da Previdência. "O Brasil vai ter que encarar a reforma da Previdência", disse.. Perguntada sobre denúncias de corrupção em seu governo, ela disse que foi "virada do avesso". "Podem continuar me virando do avesso. Não paira sobre mim nenhum embaçamento".. Dilma também afirmou que sua relação com o vice-presidente Michel Temer está "ótima".. Fonte: EBC. ...
O MedUBI organizou, no passado dia 4 de novembro, uma palestra alusiva ao tema "Doenças Infeciosas e Saúde Pública". O evento, que contou com a intervenção do especialista José Manuel Calheiros, professor na Faculdade de Ciências da Saúde, tinha como objetivo alertar os alunos para os problemas que existem atualmente com a saúde pública.. Esta iniciativa surge no âmbito de um conjunto de atividades que o departamento de saúde pública do MedUBI criou. Até aqui têm sido feitos rastreios à comunidade, mas agora pretende-se desenvolver outras atividades "com o objetivo de dar a conhecer o que é a saúde pública e de que é que trata porque existe pouca informação a esse respeito", refere Paulo Pinheiro, estudante de Medicina e colaborador do MedUBI.. No início da palestra, José Calheiros começou por chamar à atenção para o facto de atualmente as populações dos países desenvolvidos pensarem que as doenças infeciosas estão controladas ou até que se extinguiram. Em ...
Terminou no último sábado (30/07) em Matinhos, o 3º Congresso Paranaense de Saúde Pública/Coletiva, que reuniu no Litoral do Paraná mais de 1.200 pessoas, vindas de 132 municípios paranaenses, além de participantes de outros 13 Estados e do Distrito Federal.. Promovido pelo Inesco - Instituto de Estudos em Saúde Coletiva e SESA/ Escola de Saúde Pública (Centro Formador de Recursos Humanos), o Congresso teve o patrocínio do Ministério da Saúde, Fundação Araucária, UFPR e prefeituras dos sete municípios do litoral paranaense e o apoio de diversas instituições e órgãos nacionais de ensino superior e da saúde.. Para os organizadores, o evento atingiu plenamente os objetivos. Foram discussões sobre como estão os serviços de saúde pública e o que é possível fazer para melhorar. Apontamentos de experiências inovadoras que estão modificando a gestão e a realidade do atendimento na atenção básica aos usuários. Reflexões sobre como esses novos olhares vão fazer com ...
Mais de 40 mil pessoas se identificaram com esse relato sobre as dificuldades de uma médica em atendimento na saúde pública. Confira!
Estão abertas, até terça-feira (dia 3 de novembro), as inscrições para o III Curso de Campo em Saúde Pública Harvard-Brasil. O evento, que será realizado em Salvador, no período de 4 a 20 de janeiro de 2010, é organizado pelo Centro de Pesquisas Gonçalo Moniz, unidade da Fiocruz na Bahia, pela Escola de Saúde Pública da Universidade de Harvad (HSPH) e por demais instituições de excelência em saúde pública do Brasil. O curso conta também conta com o apoio do Programa de Estudos do Brasil do Centro David Rockefeller para Estudos da América Latina, da Universidade de Harvard. Centrado no estudo de diversas doenças infecciosas, a exemplo da dengue, esquistossomose, leishmaniose, leptospirose e HIV/AIDS, o curso tem como objetivo a análise crítica de fatores socioeconômicos e ambientais que estão associados com a alta prevalência e a distribuição geográfica destas enfermidades, além de procurar identificar as características da população, seu estado nutricional, ...
Prefeitos e secretários de saúde dos 184 municípios cearenses se reúnem, pela primeira vez, com o secretário da saúde do Estado. Programada para começar às 9h, a reunião se estenderá até o fim da tarde desta terça-feira (10), no Auditório da Escola de Saúde Pública do Ceará. De acordo com o Governo, no momento, serão apresentadas diretrizes da política de saúde do Estado. Dentre elas, deve se destacar o atendimento integral e humanizado para todos aqueles que dependem do Sistema de Saúde Pública. A confirmação de centenas de casos de sarampo também deve ser debatida durante o encontro. Anteriormente, o secretário da Saúde do Estado, Carlile Lavor, se reuniu com o governador Camilo Santana e o ministro da Saúde, Arthur Chioro para discutir sobre as verbas a serem destinadas à área de Saúde. Na reunião, que aconteceu em Brasília, no último dia 3 deste mês, Lavor disse que os municípios de Caucaia e Fortaleza estão em estado de alerta contra o sarampo e chamou a ...
É muito difícil formar uma mensagem única, pois uma coisa não serve para todos aqui, e a mensagem de saúde pública tem de ser bastante conservadora", disse Dr. Arthur L. Klatsky, cardiologista em Oakland, Califórnia, autor de um estudo significativo no começo da década de 1970 que descobriu que membros da Kaiser Permanente (a maior organização nos Estados Unidos para serviços de saúde abrangentes) que bebiam com moderação tinham menos probabilidade de serem hospitalizados devido a ataques cardíacos, em comparação aos abstêmios. Desde então, ele tem recebido bolsas de pesquisa financiadas por uma fundação da indústria de bebidas alcoólicas, apesar de observar que pelo menos um de seus estudos descobriu que o álcool aumenta o risco de hipertensão ...
SAN DIEGO , 12 de agosto de 2015/ PRNewswire / - No seu livro "Silent Spring" de 1962, Rachel Carson chamou a atenção para as consequências não intencionais do uso de herbicidas e pesticidas, e lançou o movimento ambientalista moderno. Há agora evidências crescentes de uma nova grave persistente ameaça à saúde pública ambiental global, que não foi registada na literatura científica. A queima de carvão por centrais eléctricas concentra as impurezas em "cinzas volantes", partículas finas que costumavam sair pela chaminé, mas são agora capturadas por causa dos seus perigos tóxicos ambientais e e para a saúde pública. Num recente artigo no Jornal Internacional de Pesquisa do Meio Ambiente e de Saúde Pública, o geocientista, J. Marvin Herndon apresenta "fortes evidências experimentais de que as cinzas volantes de carvão são as partículas em aerossóis pulverizadas na troposfera por aviões tanque para a geoengenharia, manipulação e modificação do clima ...
O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) promoveu, no último dia 18, debates sobre a Saúde Pública no Estado. Ligia Bahia, professora da UFRJ e integrante da Comissão de Política, Planejamento e Gestão em Saúde da Abrasco, foi uma das palestrantes. O evento, realizado pelo Instituto de Educação e Pesquisa (IEP/MPRJ), é parte do #MUDARIO: Um outro olhar, uma nova direção, uma série de discussões realizadas pelo órgão a fim de gerar um documento de propostas para os candidatos ao governo do Estado. Leia trechos da cobertura do MPRJ e assista ao vídeo, abaixo:. Financiamento e papel do Estado. O primeiro painel do dia foi sobre financiamento. O mediador da mesa, promotor de Justiça Daniel Lima Ribeiro, lembrou que o financiamento é elemento central na discussão em torno de mudanças. Na avaliação do promotor, a área da saúde é a que tem pago a conta mais alta dentro do cenário de crise. "Isso mostra uma dimensão muito expressiva da crise institucional. Ao ...
BENEVIDES, Regina y PASSOS, Eduardo. A humanização como dimensão pública das políticas de saúde. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2005, vol.10, n.3, pp.561-571. ISSN 1413-8123. http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232005000300014.. No momento em que se assume a humanização como aspecto fundamental nas políticas de saúde urge que o conceito de humanização seja reavaliado e criticado para que possa efetuar-se como mudança nos modelos de atenção e de gestão. Tal urgência se configura pela banalização com que o tema vem sendo tratado, assim como pela fragmentação das práticas ligadas a programas de humanização. Trata-se de um mesmo problema em uma dupla inscrição teórico-prática, daí a necessidade de redefinição do conceito de humanização, bem como dos modos de construção de uma política pública e transversal de humanização da/na saúde. Este segundo aspecto apontou para o debate sobre a dimensão pública das políticas de saúde em sua relação com o Estado. O ...
O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde, discute, nesta segunda-feira (1º), às 14h, o movimento nacional em defesa da saúde pública "Saúde + 10". O encontro vai acontecer no auditório de Fisioterapia do Centro de Ciências de Saúde da UFPB e vai reunir prefeitos, secretários de Saúde e gerentes Regionais de Saúde. O movimento tem o objetivo de reunir 1,5 milhão de assinaturas em todo o país em prol do projeto de lei de iniciativa popular que pretende assegurar o repasse efetivo e integral de 10% da receita corrente bruta da União para a saúde pública brasileira... ...
As irregularidades dizem respeito às ações e serviços destinados à saúde ambiental; saúde do trabalhador e vigilância sanitária; laboratório central; controle de doenças transmissíveis por vetores e zoonoses e doenças transmissíveis e não transmissíveis; e gestão da vigilância em saúde.. Segundo Maria Roseli de Almeida Pery, Promotora de Justiça responsável pelo procedimento de acompanhamento dessas políticas públicas, as inconformidades expõem os riscos à saúde da população, colocam o Estado do Tocantins abaixo dos parâmetros da Organização Mundial da Saúde em relação a algumas doenças e agravos e aumentam o fluxo de pacientes na rede de urgência e emergência.. Ainda de acordo com a Promotora de Justiça, as irregularidades causam prejuízo à sociedade, oneram o sistema público de saúde e o sistema previdenciário, impedem a mudança do modelo de atenção à saúde e não contribuem para a qualidade de vida da população.. O próximo passo é o início ...
De 19 a 21 de agosto, o Campus II da Faculdade de Jaguariúna - FAJ vai ser palco de várias minipalestras voltadas à área de saúde pública.. O serviço é realizado em conjunto com a Prefeitura de Jaguariúna e Governo do Estado, e vem como um alerta sobre questões que envolvem a saúde e o bem-estar do público, especialmente dos jovens na faixa etária entre 15 e 25 anos da Região Metropolitana de Campinas (RMC) e região da Baixa Mogiana.. Para que os estudantes possam prestigiar o evento e se beneficiar das informações que serão apresentadas, nos dias e horários das explanações - citados abaixo - ocorrerá a liberação das turmas dos respectivos cursos para que se dirijam ao Anfiteatro a fim de assistir às palestras.. As turmas dispensadas às 20h00 retornam após o intervalo normalmente para as aulas. Já as dispensadas às 21h00, ficam liberadas em razão do horário.. ...
Políticas e Práticas de Comunicação e Saúde Pesquisador em Saúde Pública Prova Discursiva 1. Você recebeu do fiscal o seguinte material: INSTRUÇÕES a) Este Caderno de Questões contendo o enunciado das
1 INTRODUÇÃO. A avaliação das necessidades foi feita tendo em vista os equipamentos para os serviços oficiais de saúde pública, aqui representados pelas unidades sanitárias. O seu dimensionamento refere-se ao Município de São Paulo e as necessidades serão projetadas para cada uma das áreas das unidades definidas pelo estudo de estrutura urbana do Plano Urbanístico Básico de São Paulo (PUB). Os padrões propostos serão a médio e a longo prazo, ou seja, em 1975 e 1990, respectivamente.. 2 PADRÕES PROPOSTOS. As unidades de saúde deverão sempre obedecer a critérios de integração física e funcional, em unidades polivalentes. Toda a assistência médica oficial, preventiva e curativa, prestada pelos órgãos de saúde estadual e municipal deverá ser estabelecida em íntima coordenação, para evitar dispersão de esforços, dualidade de serviços e baixo rendimento quantitativo e qualitativo.. Na proposição dos novos padrões para os diferentes tipos de unidades sanitárias, ...
Sobraram elogios pela organização da I Conferência Regional de Vigilância em Saúde, realizada na manhã e tarde desta quinta-feira, 28, em Guamaré. A atenção básica de qualidade, vigilância eficiente em saúde pública e a oferta de serviços de média complexidade nas unidades de saúde do município receberam aprovação dos gestores que conheceram de perto as experiências bem sucedidas que Guamaré exporta na saúde pública para outros municípios potiguares ...
I. Informações gerais Ministério da Saúde Secretaria de Vigilância em Saúde Gabinete Permanente de Emergências de Saúde Pública Emergência de Saúde Pública de Importância Internacional ESPII Ocorrências
O novo regime de pagamento de taxas moderadoras - que obriga os utentes a revalidarem os atestados de incapacidade para terem direito a isenção - fez disparar os pedidos de juntas médicas. Por isso, o tempo de espera para a obtenção daquele comprovativo chega a ultrapassar os seis meses, quando o prazo legal de notificação para junta médica não deve ir além dos 60 dias. Segundo dados da Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS), no primeiro semestre de 2012 foram realizadas 31.718 juntas médicas, o que representa um acréscimo expectável de 145% face ao período homólogo de 2011. Em 30 de Junho passado, estavam por realizar 14.400 juntas médicas.. «Os centros de saúde não estão a despachar atestados em menos de seis meses», denuncia ao SOL Paulo Pereira, presidente da TEM - Associação Todos com a Esclerose Múltipla. «Os médicos de saúde pública estão sobrecarregados e os atestados, que deveriam ser dados em 60 dias, na maioria dos casos estão a demorar seis ...
A irregularidade de uso foi o problema mais freqüente (54%), explicitando dificuldades para o estabelecimento de uma rotina necessária à sua utilização. Este uso irregular foi atribuído à própria natureza do método: "ter que levantar para colocar", "senti preguiça de colocar", "não tinha programado a relação", "estava muito cansada", "não deu tempo", "ele não queria esperar". Entre as mulheres que faziam uso alternado do diafragma com outras práticas, foram identificados quatro padrões: restrição do diafragma ao período que consideravam fértil (27,9%) e não-uso de proteção nos outros dias; alternância de uso com o coito interrompido (47,1%); com o condom e uso concomitante da pílula. Os dois primeiros são particularmente complicados, do ponto de vista da eficácia, quando se constata que apenas 39,7% eram capazes de identificar corretamente o período fértil e que 38,7% acreditavam que poderiam ficar grávidas durante a menstruação e/ou nos dias próximos a ela. O ...
APRESENTAÇÕES EM PAINÉIS E MESAS REDONDAS. Vigilância Epidemiológica, Sanitária e em Saúde Pública. A discussão de novas propostas de reorganização das estruturas. Eliseu Alves Waldman. Professor Doutor do Departamento de Epidemiologia da Faculdade de Saúde Pública da USP. A discussão de propostas de implantação de novas estruturas para a área de vigilância epidemiológica deve ser precedida de uma análise mais cuidadosa das experiências de implementação das diversas reformas administrativas da Secretaria Estadual da Saúde de São Paulo, promovidas desde a segunda gestão do Professor Leser (1975-1979). Sem entrar em detalhes, que fugiriam aos objetivos dessa reunião, o que mais nos chama a atenção é que elas nunca foram efetivamente implementadas e, por outro lado, refletiram propostas, muitas vezes , sem coerência entre si, fato que determinou a perda das políticas institucionais de longo prazo determinando, por conseqüência, o enfraquecimento técnico e ...
O Curso Livre de Educação Popular em Saúde compõe uma ação do Programa de Qualificação de Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Vigilância em Saúde da Secretaria de Gestão Participativa - SGEP/Ministério da Saúde, em parceria com a Escola Nacional de Saúde Pública e a Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio/FIOCRUZ, e tem como o propósito de sensibilizar profissionais das equipes de Atenção Básica em Saúde (em especial os Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Controle às Endemias - ACS e ACE), em relação às práticas educativas de mobilização social e comunitária e de promoção da saúde e da equidade, tendo como referencial político-pedagógico a política nacional de Educação Popular em Saúde ...
O Curso de Pós-graduação em Saúde Pública com ênfase em PSF do IPESSP forma profissionais com capacidade para atuar na elaboração de estratégias na área da saúde na modalidade de especialização em Saúde Pública. Adota formas inovadoras e diversificadas de atividades de ensino-aprendizagem, o que contribui para uma ação próativa voltada a criação das condições necessárias e das alternativas possíveis para um desempenho técnico, ético e político. Considera as circunstâncias particulares e as situações contextuais concretas em que programas e projetos deste campo são concebidos e implementados.. Público-alvo - Profissionais com curso superior (graduação) completo reconhecido pelo Conselho Nacional de Educação (CNE).. ...
O Campus Virtual de Saúde Pública (CVSP) é uma rede de pessoas e instituições que compartilham o propósito de facilitar a gestão da informação e comunicação para desenvolver competências individuais e capacidades institucionais em saúde pública.
Artigo sobre o conceito de Saúde Pública, quem deve promover a saúde da população, como é a Saúde Pública no Brasil, entre outras informações.
Pós graduação a distância gestão pública. I67506. Saúde pública e vigilância sanitária. objetivo do curso. o curso de pós graduação em saúde pública...
A verdade é que o mundo inteiro ainda está aprendendo a lidar com o coronavírus, porque dia após dia os cientistas fazem uma nova descoberta. Não se sabe com precisão se uma pessoa que já contraiu o vírus pode ou não se infectar novamente. É necessário uma rede ampla de pesquisas e novos testes para poder gerar mais informações para a população em geral e, se for necessário, adotar novas políticas de saúde pública ...
A maioria dos brasileiros acredita que dar acesso a um sistema público de saúde é um dever do Estado. Contudo, essa concepção é relativamente nova no país. Até 1988, o acesso à saúde dividia os cidadãos em três grupos: os que podiam pagar por serviços privados, os que tinham vínculo empregatício com carteira assinada e direito à saúde pública (o INAMPS) e, num terceiro grupo, 80% da população que não possuía direito algum a um sistema público de saúde. A Constituição de 1988 tornou a saúde um
O Campus Virtual de Saúde Pública (CVSP) é uma rede de pessoas e instituições que compartilham o propósito de facilitar a gestão da informação e comunicação para desenvolver competências individuais e capacidades institucionais em saúde pública.
Por: Bruno Patrocinio No imaginário popular, sabe-se que a saúde pública ocupa um terreno complexo. O problema é que, na prática, esse terreno parece ser ainda mais extenso e obscuro. As questões de saúde pública são aquelas que devem ser amparadas pelo Estado por meio de medidas sociais, políticas e econômicas que promovam a garantia da…
As doenças bucais ainda são qualificadas como um grande problema de saúde pública no Brasil, sendo a cárie, uma doença multifatorial e infecto-contagiosa, a doença de maior incidência e prevalência. A saúde bucal foi inserida na Estratégia Saúde da Família em 2000, objetivando-se mudar os serviços prestados na área, fundamentando-os na promoção e na prevenção a partir de ferramentas como a epidemiologia. O objetivo foi realizar um estudo descritivo, baseado no índice CPO-D a partir de dados secundários produzidos pela equipe de saúde bucal, relativos aos atendimentos realizados em usuários do serviço de saúde bucal da UBS Saúde Esperança, situado em Cruzília, MG, atendidos no período de março de 2010 a março de 2011 e correlacionar as variáveis adotadas no estudo: gênero, idade, dentes cariados, perdidos e obturados. A amostra foi constituída por 357 prontuários. Os dados foram analisados através do software SPSS 17.0. O método da correlação de Pearson foi ...
Este estudo objetiva descrever como o diafragma foi incorporado ao cotidiano de 194 mulheres que o escolheram como contraceptivo, em cinco serviços públicos da região de Osasco, Grande São Paulo, no período de agosto de 1989 a agosto de 1991. O seguimento dessa coorte foi realizado por meio de entrevistas domiciliares semestrais. Constatou-se que o diafragma pode ser uma escolha viável, pois as mulheres, mesmo as de baixa renda, interessam-se por inovações que possam representar alternativas às suas práticas contraceptivas. No entanto, a taxa acumulada de continuidade de uso aos 12 meses foi de 25,7%; após 365 dias, 39 mulheres mantiveram o seu uso contínuo. Do total de mulheres que escolheram o diafragma, 37,1% referiram usá-lo em todas as relações durante o período de observação. Os resultados mostram a necessidade de os serviços readequarem a atividade de planejamento familiar, no sentido de dar um maior suporte às mulheres que optaram pelo diafragma, envolvendo seus ...
... Educação em saúde é a melhor forma de prevenir doenças. Pensando disso, a Unidade de Saúde da Família (USF) Niceu Dantas realizou uma ação educativa de promoção à saúde para mães atendidas pela Pastoral da Criança. A programação aconteceu na Igreja Nossa Senhora da Conceição, no bairro Mosqueiro. Cerca de 25 mães participaram da ação.. A programação enfatizou a questão da saúde bucal. A Pastoral da Criança, fundada em setembro de 1983 pela Drª. Zilda Arns, tem por objetivo livrar crianças, gestantes e idosos de condições de vulnerabilidade. Em Aracaju, a pastoral conta com o apoio da UFS Niceu Dantas, que mensalmente coordena reuniões com mães e crianças da pastoral para esclarecer dúvidas comuns sobre cuidados com a saúde.. ...
Como sabemos intuitivamente, e comprova a professora Maria Assunção, professora da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP e coordenadora do Laboratório LABVERDE: "A proximidade às áreas verdes promove a saúde física, emocional e mental das pessoas". O que ainda não se imaginava, e foi recentemente descoberto pelo Barcelona Institute for Global Health, é que as áreas verdes estão também relacionadas com o tamanho da nossa massa cerebral.. Segundo pesquisa publicada na Environmental Health Perspectives, crianças que crescem em vizinhanças com maior concentração de áreas verdes tem mais massa branca e cinzenta no córtex pré-frontal (que é responsável pelo pensamento complexo) - e isso acontece em ambos os hemisférios do cérebro.. O estudo é a continuação de uma pesquisa realizada no ano passado, na qual mais de 2.500 crianças receberam testes cognitivos ao longo de 12 meses e identificou-se que aquelas com maior acesso a áreas verdes e atividades ao ar livre tinham ...
Mestrado Em Saúde Pública at Bastyr University , . Consiga todas as informações sobre as escolas aqui. Entre em contato com o escritório de admissão com um clique.
A missão do Gabinete de Saúde é trabalhar de forma integrada e complementar para cuidar do bem mais precioso da vida: a saúde e o bem-estar de cada pessoa. Neste sentido, para além de uma oferta clínica que integra os saberes da Medicina Convencional Clássica e das Medicinas alternativas/complementares, o Gabinete de Saúde oferece outras áreas de atuação, como a Fisioterapia, a Medicina Estética, o Fitness e Wellness, que complementam e promovem a saúde e a qualidade de vida.. Social Media Links: G+, Facebook. ...