No próximo 17 de maio comemora-se o Dia Mundial de luta contra a Homofobia. Homofobia é um termo em voga que denota uma hostilidade contra homossexuais - ou, dito de outro modo, contra pessoas que não encampam a heterossexualidade. Com o passar dos anos e com a crescente violência contra transexuais e pessoas transgênero, mais e mais o dia 17 de maio é tratado como Dia Mundial contra a Homofobia e a Transfobia (em inglês, IDAHOT ou International Day Against Homophobia and Transphobia). A mensagem é que não apenas devemos nos mobilizar (como sociedade civil) no combate à homofobia nas múltiplas dimensões do social, como também precisamos nos atentar às outras formas de discriminação relacionadas à sexualidade, como a bifobia (aversão a bissexuais), transfobia (intolerância a pessoas trans) ou lesbofobia (aversão a lésbicas). Como nos ensinou Daniel Borillo (2010, p. 14), a "homossexualidade é uma forma de sexualidade tão legítima quanto a heterossexualidade", visto que ela ...
... Pornô é educação sexual? O quanto que vemos em filmes pornográficos tem a ver com o sexo na vida real? Dá para aprender algo sobre sexo no pornô? No vídeo de hoje, Edson Castro faz uma pequena reflexão sobre sexo, pornô e educação sexual. Confira.. Curtiu esse vídeo? Você também vai gostar desses ...
Caderno 3 4 Sum á r i o Apresentação... 8 Introdução Desfazendo a confusão Gênero: as desigualdades entre as mulheres e os homens Diversidade sexual Homofobia A luta pela
Nesse quinta-feira, 17 de Maio é comemorado o dia Dia Internacional Contra a Homofobia, uma luta que ainda gera muita polêmica em toda a parte do mundo.
Será que estas duas passagens realmente condenam a homossexualidade? Se olharmos para as Escrituras em hebraico, veremos uma condenação diferente. Em parte de Levítico 20:13, lê-se o seguinte: E quando um homem se deita com um macho assim como alguém se deita com uma mulher (...). Se o escritor pretendesse dizer que a homossexualidade estava aqui a ser condenada, ele provavelmente preferiria utilizar a palavra hebraica iysh, que significa homem, ou mais precisamente, pessoa do sexo masculino. Ao invés, o autor utiliza uma palavra hebraica muito mais complicada, zakar, que traduzida literalmente significa uma pessoa digna de reconhecimento ...
A Deputada Iara Bernardi, autora do projeto, argumenta que o objetivo da proposta é garantir o que determina o art. 5º da Constituição Federal, segundo o qual "todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade".Inicialmente distribuído a esta Comissão e, também, à de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), o PLC nº 122, de 2006, por força da aprovação de requerimento, foi encaminhado à apreciação da Comissão de Assuntos Sociais (CAS), onde recebeu parecer favorável nos termos de substitutivo apresentado pela relatora, Senadora Fátima Cleide ...
Um menino de apenas oito anos, chamado Alex, que gostava de dança do ventre, lavar louça, forró e brincar de carrinhos, teve seu fígado destroçado pelas repetidas sessões de espancamento que o pai aplicava como corretivo para a criança aprender a ser homem. Um menino de apenas oito anos sucumbiu por intolerância do pai. Um…
ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre o uso de cookies. ...
Fonte: A Capa Por Marcelo Hailer* O cantor carioca de rap, MV Bill, 35, surpreendeu muita gente quando, no dia 17 de dezembro de 2008, foi publicado no site "Não Homofobia" uma declaração sua em defes ... ...
Venho observando, não é de hoje; todo grupo que se mobiliza contra a homossexualidade ou a favor de sua cura, é vinculado a alguma religião cristã,ou utiliza os preceitos bíblicos como base.Ainda não vi diferente, em mais de 20 anos de pesquisa. Quando entro em sites que pregam a cura da homossexualidade, dos menos aos mais radicais, todos sem exceção, mesmo aqueles que tem por trás de si uma teoria científica a embasar suas idéias, possuem essa vinculação cristã. Mesmo quando essa vinculação não é aparente, ao verificar o currículo do pesquisador citado, geralmente kilométrico, tem lá alguma relação com uma ou outra religião cristã. É bom que fique claro, a posição da ciência sobre o fenômeno da homossexualidade, em especial da Psicologia, está longe de propor a cura. Propõe, sim, uma forma construtiva de viver a sexualidade, aceitando o desejo como um fato natural da vida. O que é destrutivo na vida de uma homossexual, não é a homossexualidade, mas o ...
O preço da liberdade de expressão é que às vezes temos que lidar com opiniões censuráveis e ofensivas. Do mesmo modo que as pessoas tem o direito de criticar a religião, as pessoas de fé têm que ter o direito de criticar a homossexualidade". (Peter Tatchell, activista homossexual inglês) ...
A educação sexual se faz no dia-a-dia, desde o nascimento até a morte. Existem dois tipos: a informal e a formal. Na informal, são os pais e pessoas de referencia do cotidiano da criança e do adolescente que atuam transmitindo seus valores e crenças. Já na educação sexual formal (ou dirigida) atuam os profissionais de saúde e educação, numa temática específica, contribuindo para o pleno desenvolvimento do sujeito e acesso aos seus direitos sexuais e reprodutivos. Nessa aula, entenda a diferença de papéis e como é importante inserir o trabalho de educação sexual no ensino fundamental II. ...
O preço da liberdade de expressão é que às vezes temos que lidar com opiniões censuráveis e ofensivas. Do mesmo modo que as pessoas tem o direito de criticar a religião, as pessoas de fé têm que ter o direito de criticar a homossexualidade". (Peter Tatchell, activista homossexual inglês) ...
O crescente número de manifestações homofóbicas por meio de agressões ocorridas nos últimos meses principalmente em São Paulo foi tema do último Documento da Semana de 2010. Os repórteres do CQC foram a campo para saber o que celebridades e cidadãos comuns pensam sobre a homofobia e Rafael Cortez acompanhou o Beijaço Gay em São Paulo, um protesto pelas recorrentes agressões a homossexuais na cidade e para o pedido da aprovação do Projeto de Lei que criminaliza a Homofobia (PLC-122 ...
Diversidade Sexual, Identidade de Gênero, Orientação Sexual e Homofobia - Estereótipo, Preconceito e Discriminação. Educação para Diversidade.
A palavra normal significa algo natural, comum, que segue as regras conforme as normas. O contrário disso seria definido como diferente irregular e fora da naturalidade. Os LGBTS perante a sociedade seguem a segunda definição. São denominados como pessoas anormais, pervertidas e, segundo a religião são seres abominantes. Já a Biologia considera a homossexualidade completamente…
3 - E o tal "kit-gay"? Perceba Fulano de Tal que a própria estigmatização do material como um "kit gay" (não é esse o nome do material!) já nos impede de tratar a questão de forma racional, pois de saída já está banhada em preconceitos. Mas eu diria, como alguém que estudou e debateu o programa Brasil sem Homofobia do governo federal, que o objetivo da cartilha não é doutrinário. Também não é impor uma homonormatividade, isto é, não é substituir a heterossexualidade pela homossexualidade. Não é fazer discípulos gays. O objetivo da cartilha é combater o preconceito frente a diversidade sexual, que todos nós aprendemos na infância. É fazer frente à naturalização da heterossexualidade. Repito: num estado sem normatividade religiosa, isso é perfeitamente possível. Sei que os embates são inevitáveis, por conta da cultura de nossa sociedade, que a espelho da cultura das igrejas, é abertamente preconceituosa. Mas, tomados os devidos caminhos dos mecanismos ...
Bem, concordei com uma parte. Mas esta lei que esta a ponto de se tornar vigente tem como princípio colocar um fim definitivo às ameaças de agressão verbal, moral e física que estão ocorrendo no tempo decorrente. A lei não está tentando obrigar ninguém a ver o homossexualismo como algo comum ou normal, ou seja, tornar excessão em regra; pelo contrário a lei só está prestes a ser aprovada para existir uma base constitucional, um artigo de lei, para a acusação e condenação dos atos de intolerancia contra os individuos homossexuais sem ser apenas o artigo 5 da constituição (todos são iguais perante a lei). Vivemos em uma sociedade Laica como foi citado anteriormente e os valores religiosos são independentes da constituição, visto que no Brasil existe uma variedade religiosa enorme e isso tornaria as leis ou inflexiveis ou flexiveis demais, por tanto é de acordo geral que as leis sejam baseadas em principios humanos e sociais, baseados na ética e nas necessidades do contexto ...
Que muitos dos professores envolvidos nessas sessões de formação vivam em paz com eles próprios. Com os seus valores, os seus afectos, com a forma como vivem o amor, a vida. E, se calhar, muitos deles não vivem assim, reduzem as aulas de educação sexual ao ensino da fisiologia sexual e dos métodos contraceptivos. E já não é mau. Porque eu fico assustado quando vejo o número de alunos, génios iluminados que entraram para aqui [Faculdade de Medicina] com 19 e não conseguem identificar a altura certa de uma ovulação. E isto é educação sexual igual a zero. Dir-me-à que educação sexual não é só isto. Mas, sem isto, não há educação sexual. Podemos falar sobre os afectos, a ternura, a fidelidade, o crescimento a dois, mas de que educação sexual estamos a falar se uma mulher não sabe identificar a ovulação? ...
Todas as formas de preconceito já foram criminalizadas, menos esta. Além disso, existe um componente genético na homossexualidade. O simples fato de uma pessoa nascer diferente não permite a você discriminá-la, da mesma forma que não é correto discriminar pessoas negras, pessoas do nordeste, estrangeiros, e até mesmo por conta da religiosidade. Como homossexualidade tem base genética e hormonal definida ainda no útero, ela não é uma opção, e sim uma condição biológica (como qualquer outra forma de mutação cerebral ou física ...
Segundo o Instituto Datafolha, 54% da população apoia a educação sexual e 62% apoia a abordagem política em sala de aula no Brasil.
A Califórnia implementou um currículo progressista de educação sexual, sem o conhecimento ou consentimento dos pais. Leia mais na Gazeta do Povo!
A Ilha dos Amores é um projecto de educação sexual com workshops, experiências e uma boutique erótica com uma visão hedonista do mundo e sempre com uma atitude sex-positive.
Deputado disse em programa de TV em 2011 que nunca lhe passou pela cabeça ter um filho gay porque os seus tiveram boa educação e um pai presente ...
Dois mil anos atrás, as normas morais que asseguravam o convívio do grupo eram muito diferentes que as que temos hoje. Boa parte dessa mudança ocorreu devido a um maior conhecimento sobre o universo e sobre nós mesmos. A ciência contribuiu muito nesse processo. Uma compreensão maior sobre nosso modesto lugar no cosmos, sobre a sutileza da vida, sobre nossa base biológica comum com todos os seres vivos nos fez compreender que somos parte de um mesmo grupo (Homo sapiens), sem povos escolhidos nem raças superiores. Nos fez também entender que existe uma base neural para nossas diferenças individuais, o que nos permite aceitar e respeitar diversos comportamentos e opções ...
Todos sabemos o que é o amor, não sendo, no entanto, pelo menos para mim, possível defini-lo por palavras… Mas afinal o que será este sentimento (se o for) que nos torna parcialmente dependentes das pessoas que nos são mais próximas (e que amamos), ao ponto de, ao estarmos longe delas, nos tornemos altamente infelizes e angustiosos? Robert…
O mais completo material sobre homofobia no futebol disponível em português na internet. Reportagem de Breno França para o Puntero Izquierdo.
Comissão tentou fugir de polêmica, mantendo aborto e posse de droga como crime, mas plenário optou por incluir discriminação no texto
Um esclarecedor texto do rev. Hernandes Dias Lopes sobre a verdadeira face da homofobia, mas que não querem que você entenda isso.
Belo texto! Porém, infelizmente, a maioria dos grupos que se denominam e usam o visual skin, são homofóbicos. Ao menos, é a regra entre os que eu já vi, conheci e conversei em São Paulo. Até os Rude Boys jamaicanos, já tinham uma violenta homofobia na sua origem. É claro, a sociedade evolui, e espero que a tolerância predomine cada vez mais, entre skins, punks e qualquer ser humano. ...
Mais recentemente, ainda em nossa cultura, com a diminuição da taxa de natalidade e o aumento da probabilidade de sobrevivência, resultado dos avanços sócias e das condições de saúde, os filhos das classes sociais com algum poder aquisitivo, deixaram de ser importantes na composição do orçamento doméstico. A concepção de criança foi sendo pouco a pouco "infantilizada". Com os avanços das teorias psicológicas, passou-se a enxergar os primeiros anos de vida como uma etapa diferenciada no desenvolvimento das pessoas, com repercussões duradouras sobre o restante de suas vidas ...
Doença cardíaca congênita ocorre em 8 de cada 1.000 crianças nascidas. Considerando-se que a taxa de natalidade na Turquia a cada ano 15.000 crianças nasceram com cardiopatia congênita anomalia g
Pela primeira vez em quatro anos, a taxa de natalidade subiu. Nos primeiros seis meses do ano nasceram mais mil crianças do que no ano passado. Vila Real, Braga e Portalegre foram os distritos com maior aumento
A Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transsexuais (ABGLT) divulgou nota oficial lamentando a decisão do governo de suspender o kit educativo do projeto Escola Sem Homofobia. Este episódio infeliz traz à tona uma tendência maléfica crescente e preocupante na sociedade brasileira. O Decreto nº 119-A, de 17 de janeiro de 1890, estabeleceu…
Depois da estreia de Sex Education, muita gente descobriu que ela é muito mais do que mais uma produção que fala sobre a vida de adolescentes na puberdade. A série da Netflix realmente expõe questões reais que rolam com jovens a respeito de sexo. Por isso, o Purebreak resolveu te mostrar quais foram...
O Dia Internacional Contra a Homofobia é comemorado no dia 17 de maio, mas, para quem sofre com o esse tipo de situação diariamente, a data não é motivo par...
O trabalho de oferecer educação sexual aos filhos deverá ser entendido como uma ação da família, algo que já foi implantado desde quando os pais decidiram tê-los
A primeira coisa que deve ser esclarecida, é que jamais deve ser usado o termo homossexualismo como alguns ainda se referem. O sufixo "ismo" indica doença, o que comprovadamente pela ciência, não é o caso da homossexualidade. O sufixo "idade" das palavras heterossexualidade, homossexualidade, bissexualidade indica identidade. Investigações científicas mostraram que a homossexualidade, por si só, não está associada a transtornos mentais ou problemas emocionais ou sociais. No passado, os estudos sobre gays, lésbicas e bissexuais incluíram apenas aqueles em terapia, criando assim uma tendência nas conclusões resultantes. Quando os pesquisadores examinaram dados sobre essas pessoas que não estavam em terapia, descobriu-se rapidamente que a idéia de que a homossexualidade era uma doença mental não era verdade. Em 1973, a American Psychiatric Association retirou a homossexualidade do manual oficial detalhando os transtornos mentais e emocionais. Dois anos mais tarde, a American ...
Acho meio ridículo que todas as religiões que se posicionam contra a homossexualidade utilizem de argumentos velhos, teóricos e totalmente incondizentes com a realidade. Partindo do conservador argumento de que a homossexualidade não é natural, não agrada a Deus, não está em harmonia com o universo e que se trata de uma OPÇÃO comportamental, não deveria, de modo algum, existir homossexualidade. Mas como eu disse, isso não condiz com a realidade; já que a própria natureza nos dá inúmeros exemplos de comportamento homossexual, bissexual, assexual, incestual etc, nos próprios animais, ou até mesmo entre as plantas (que podem ter sexo ou ser hermafrodita). É também importante ressaltar que não existem homossexuais que escolheram essa condição. O indivíduo pode escolher, ou não, praticar a homossexualidade, ou a bissexualidade, mas não pode escolher sentir-se ou não sentir-se atraído pelo mesmo sexo. Outro argumento muito utilizado pelos conservadores é o de que a ...
Assim como a heterossexualidade, a homossexualidade um estado mental. N o h nenhuma doen a ou desvio de comportamento ou pervers o, como se pretendeu at a algum tempo atr s. Mas n o raro encontrar pessoas que insistam nisso mesmo no meio dos profissionais de sa de. Em dezembro de 1973 - a APA (Associa o Psiqui trica Americana), prop e e aprova a retirada da homossexualidade da lista de transtornos mentais (passa a n o ser mais considerada uma doen a). 1985 - O Conselho Federal de Medicina do Brasil (CFM) retira a homossexualidade da condi o de desvio sexual. Nos anos 90 - o Manual Diagn stico e Estat stico de Transtornos Mentais (DSM-IV) onde s o identificados por c digos todos os dist rbios mentais, que serve de orientador para classe m dica, principalmente, para os psiquiatras, tamb m retirou a homossexualidade da condi o de dist rbio mental . importante lembrar que sob o ponto de vista legal, a homossexualidade n o classificada como doen a tamb m no Brasil. Sendo assim, os psic logos n o ...
Em 17 de maio de 1990, a assembleia geral da Organização Mundial de Saúde retirou o termo "homossexualismo" da Classificação Internacional de Doenças, declarando que "as relações entre pessoas do mesmo sexo não constituem doença, nem distúrbio e nem perversão". Desde então, foi adotado o termo "homossexualidade", que se refere ao comportamento, e não mais o termo "homossexualismo" que passa a ideia de doença. Em alusão ao Dia Nacional de Combate à Homofobia, a Coordenadoria Especial de Políticas Públicas LGBT, inicia nesta segunda-feira (12) a Semana Ceará sem Homofobia, às 10 horas, no Auditório Murilo Aguiar, da Assembleia Legislativa do Ceará (AL-CE). A programação prossegue até sábado (17) com palestras, exibição de filme, seminários e uma série de atividades.. Para marcar essa data histórica na luta pela diversidade sexual, o dia 17 de maio foi escolhido como o Dia Internacional de Combate a Homofobia. Em 2010, a comunidade LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, ...
A experiência fundante da religião A experiência fundante ou modificadora da religião, chamada na filosofia e na história das religiões de hierofania, foi magistralmente trabalhada por Mircea Eliade. É um tema considerado por ele em toda a sua vasta obra, mas o principal está em Tratado de história das religiões (1970). Eliade pretende, nesse trabalho, chegar normalmente à definição do fenômeno da religião sem a necessidade de começar pelos a priori da essência da religião. O estudo da hierofania, ou dos grupos de hierofanias, nos leva a refletir sobre a morfologia do sagrado. Cada tipo de hierofania, entendida esta como a irrupção do sagrado, cada uma ao seu modo, permite uma dada e diferente aproximação do sagrado. A hierofania, com poucas exceções, é um epifenômeno que se apresenta a um indivíduo e constitui nele uma experiência fundante ou transformadora, ou mesmo mantenedora de uma forma de religião. No primeiro caso, temos os indivíduos fundadores de ...
O beneficiario do Titulo Emerito em Antropologia da Religião recebe credencial e diploma de membro válido em todo o Território Nacional e Internacional.. Titulo Emerito em Antropologia da Religião é reconhecido em convenções e igrejas no Brasil, EUA, Japão, Inglaterra e outros 200 países. Sendo Titulo Emerito em Antropologia da Religião premiado com a nota máxima pela sua qualidade de filiados.. A Filiação traz a você muitos benefícios.. O maior dos benefícios Titulo Emerito em Antropologia da Religião é de estar fazendo parte de um grupo seleto de lideres e cooperando para unidade pastoral do Corpo de Cristo, não seja um sozinho, seja um conosco, temos que ser um como o Pai em Cristo para que o mundo creia que o Pai nos enviou.. Através de um modelo estratégico de gestão, prioriza a valorização dos filiados, Titulo Emerito em Antropologia da Religião investe na formação e no treinamento periódico de seus membros.. Titulo Emerito em Antropologia da Religião prima ...
Uma religião afirma coisas. O ateísmo, em geral, nega coisas. Poderíamos dizer que religiões são positivas e o ateísmo é negativo. Ele não se define por valores próprios mas pela negação dos valores das religiões. Para que o ateísmo se torne positivo (ou afirmativo) é preciso mostrar que há vantagens em não se ter um deus e uma crença religiosa. De modo geral, a escolha certa é aquela que nos faz feliz ou, pelo menos, nos ajuda a enfrentar a vida. Uma religião pode não ter nenhuma base lógica mas adotá-la se justifica se seus efeitos em nossa vida são positivos. Religiões nos trazem esperança, nos convencem de que há justiça no universo. Seremos um dia recompensados pelo bem que fizermos e o mal será punido. A morte não é mais o fim, apenas a passagem para uma vida melhor. Por outro lado, religiões nos trazem o medo da punição, a culpa por termos feito ou deixado de fazer alguma coisa que, na verdade, não prejudica nem beneficia ninguém. Elas nos levam a nos ...
Na passada semana, na revista Visão, vinha um artigo muito interessante acerca de mulheres que foram casadas, ou que são, com homossexuais,etc,etc. Até aqui, tudo bem. Mas depois, leio isto: "A homossexualidade é um complexo, um transtorno da identidade sexual. É uma doença e tem recuperação", Margarida Coito, 46 anos, terapeuta familiar. Primeiro, pensei que teria lido mal. E voltei a ler e a reler e re-reler... não, afinal, parece que de acordo com esta nossa amiga, a Guida, (Margarida, posso tratá-la por Guida, é para rimar com amiga. Ou também será uma doença, um transtorno?), os homossexuais estão mas é todos doentes. E o melhor, a doença deles tem cura! Não tarda, haverá uma revolução total na indústria farmacêutica, para desenvolver medicamentos para a homossexualidade...vacinas, comprimidos, a pílula anti-homossexual, pastilhas, enfim, todo um vasto leque de produtos para a marota da homossexualidade, que agora virou (peço desculpa, mas tinha que colocar este ...
Alain de Botton - É, acho que você disse tudo: uma mente insana. Quer dizer, acho que seria um perigo se eu estivesse dizendo que há uma verdade, uma maneira apenas de pertencer, que devemos nos agrupar ao redor de uma ideologia ou algo assim. Haveria perigo de o que eu sugiro ser visto como uma religião se eu estivesse empurrando uma ideologia, uma religião realmente distinta, mas não, não estou de fato olhando para o conteúdo da religião, mas sim para a forma. É isso que me interessa: como a religião nos reúne, não como ela ensina, mas o que ela ensina, como ela usa a arte, como ela usa rituais, como usa viagens, como usa a arquitetura, como ela reúne pessoas. Isso pode ser usado em várias áreas da vida, não apenas para criar uma religião, que não é o que quero fazer, mas se você é um artista, se está envolvido em ensinar pessoas, se é um terapeuta, um escritor, um administrador. Há muitas aplicações, e não apenas para substituir a religião. Não acho que isso vá ...
O quarto discute-se assim. - Parece que quem fez voto de entrar em religião está obrigado a nela permanecer perpetuamente.. 1. - Pois, é melhor não entrar em religião que, depois de ter entrado, sair, segundo aquilo da Escritura: Melhor lhes era não ter conhecido o caminho da verdade, do que, depois de o ter conhecido, tornar para trás. E, noutra parte: Nenhum que mete a sua mão ao arado e olha para trás é apto para o reino de Deus. Ora, quem se obrigou por voto a entrar em religião tem que nela entrar, como se disse. Logo, também tem que aí permanecer perpetuamente.. 2. Demais. - Todos devem evitar aquilo de que resulta escândalo e serve de mau exemplo aos outros. Ora, quem sai da religião em que entrou e volta ao século dá mau exemplo e é causa de escândalo para os outros, que se dissuadem de entrar em religião e ficam animados a sair dela. Logo, parece que quem entrou em religião para cumprir um voto, que anteriormente fez, tem que ficar nela perpetuamente.. 3. Demais. - ...
Religião, no verdadeiro sentido da palavra, não trás separação. Mas, que acontece quando você é muçulmano e eu cristão, ou quando eu creio numa coisa e você nela não crê? Nossas crenças nos separam; portanto, nossas crenças nada tem a ver com religião. O fato de crermos ou não em Deus tem pouca significação; porque aquilo em que cremos ou em que deixamos de crer é determinado por nosso condicionamento. A sociedade em torno de nós, a cultura em que somos criados, imprime em nossas mentes certas crenças, certos medos e superstições a que chamamos religião; mas que nada tem a ver com religião. O fato de você crer de um modo e eu de outro depende, em grande parte, de onde tenhamos nascido, se nascemos na Inglaterra, na Índia ou na América. Assim sendo, crença não é religião, é apenas o resultado de um condicionamento. ...
Depende do que você quer dizer com evolucionismo, religião, e andar juntos.. Se…. - evolucionismo = aceitação da teoria da evolução e entusiasmo pelo uso de seu poder explicativo em diversas áreas,. - religião = conjunto de ideias dogmáticas sobrenaturalistas em torno das quais existem tradições e ritos,. - e andar juntos = não contradizerem um ao outro em métodos, valores cognitivos e justificações epistemológicas,. então a resposta é:. não podem andar juntos, principalmente por causa da questão referente a métodos.. Evolucionismo tem a ver com apreciação de uma teoria científica (vinculada a uma justificação correspondentista), e religião tem a ver com a persistência de uma tradição fundada em sistemas de inferência da mente humana trabalhando sem compromissos de correspondência (vide Religion Explained, de Pascal Boyer).. Inclusive, Pascal Boyer diz que não é objetivo da religião explicar qualquer coisa, não no mesmo sentido de explicação que ...
Em "O que é religião", Rubem Alves escreveu uma introdução interessante. Ele "apenas" desbanca - ousadia! - Weber. Não lhe cita. Mas não precisa. Em três blocos, ele constrói o seguinte argumento: a) a religião era a dona do mundo; b) surge a ciência e empurra a religião para a periferia; c) na verdade, a ciência é religião metamorfoseada, de forma que a religião nunca deixou de ser a dona do mundo, apenas parte dela mudou de aparência. Rubem Alves diz, então, que, no fundo, não houve secularização ...