A Congregação das Irmãs do Imaculado Coração de Maria é uma congregação religiosa católica, de vida apostólica e comunitária, protagonizada pela beata Bárbara Maix (1818-1873) e, que embora tenha as suas origens em Viena d´Áustria em 8 de maio de 1843, foi fundada depois aos 8 de maio de 1849 na cidade do Rio de Janeiro. É uma congregação religiosa feminina católica que atua nas áreas de Educação Formal e Popular; Obras Sociais, Promoção Humana e Social mediante projetos, ações e atividades; na Saúde Hospitalar, Comunitária e Preventiva; na Pastoral e missões. Tem como missão atuar na Educação, Saúde, Pastoral e Assistência Social, defendendo e promovendo a vida, a inclusão social e o exercício da cidadania. A Congregação está no Brasil organizada em cinco sedes provinciais. Atualmente as religiosas encontram-se, além do Brasil, também no Haiti, Paraguai, Venezuela, Bolívia, Itália e Moçambique. Beata Bárbara Maix Site da Congregação das Irmãs do ...
Apesar de a sociedade chinesa ter profundas tradições religiosas, décadas de regime comunista instalaram um materialismo ateu generalizado que ainda surpreende muitos visitantes.. A posição da Suécia como uma das nações menos religiosas do mundo também é surpreendente. O país escandinavo tem se tornado cada vez mais laico nos últimos anos e os observadores têm notado uma desconexão entre a popularidade de tradições religiosas como o Natal ou a Páscoa e verdadeiro compromisso religioso. Apenas oito por cento dos suecos frequentam regularmente serviços religiosos, de acordo com o governo sueco.. Com seu alto número de cidadãos ateus, China e Hong Kong parecem ser exceções na Ásia. A Europa Ocidental e a Oceania são as únicas regiões onde cerca de 50% da população ou mais ou se consideram ateus ou não religiosos.. Na Europa Ocidental, o Reino Unido e os Países Baixos lideram o ranking, seguidos pela Alemanha, Suíça, Espanha e Áustria. Na França, cerca de metade da ...
O Observatório Transdisciplinar das Religiões no Recife é, na Universidade Católica de Pernambuco, UNICAP, um espaço de extensão acadêmica criado pela equipe de pesquisa do professor Gilbraz Aragão, articulando conteúdos e atividades, presenciais e na internet, com o objetivo de analisar os fatos relacionados com os encontros e desencontros entre as religiões na região, procurando promover o diálogo…
A tradição religiosa mórmon se fundamenta sobre o conceito de uma apostasia de todas as denominações cristãs e sua consequente falta de autoridade divina, de onde vem a afirmação de constituir a "única igreja viva e verdadeira". Por outro lado, a mesma tradição enfatiza a mais ampla liberdade religiosa, assim como a necessidade, por parte de seus aderentes, de reconhecer e buscar toda verdade, a partir de qualquer fonte, inclusive outras tradições religiosas. Essa dualidade de tendências que excluem e incluem crenças, práticas e instituições tem criado ao longo da história um rico e complexo diálogo entre mórmons e não-mórmons. No Brasil, a tradicional existência do sincretismo e a cada vez maior diversidade religiosa tornam de extrema importância o entendimento dessa dicotomia para o estudo do mormonismo em nossa realidade. ...
A Congregação das Irmãs Mestras de Santa Doroteia, filhas dos Sagrados Corações, é uma congregação religiosa católica, de direito pontíficio, são conhecidas popularmente por Doroteias de Vicenza, sua sigla é SDVI. A congregação foi fundada pelo padre italiano Giovanni Antonio Farina (1803-1888), o futuro bispo de Treviso, em 11 de novembro de 1836, formou na escola de caridade da paróquia de São Pedro, em Vicenza, uma comunidade com três jovens destinadas a seguir os passos de Santa Doroteia e abraçar a vida religiosa. O instituto recebeu o decreto papal de louvor pelo Papa Gregório XVI, em 1º de março de 1839, a sua constituição, foi aprovada em 2 de maio de 1905. Entre seus membros ilustres deve-se lembrar Maria Bertilla Boscardin, canonizado em 1961 pelo Papa João XXIII, em 2001 o fundador foi beatificado pelo Papa João Paulo II. As Irmãs Doroteias dedicam-se à educação e à educação cristã da juventude, servindo também no seminário de Vicenza. Além de ...
E assim é, sempre que se cumpre mais uma Romaria a Cavalo, uma antiga tradição religiosa, de contornos únicos e singulares que, nos dias de hoje, reúne cada vez mais participantes. A agitação em torno dos cavalos, charretes e atrelagens deixa adivinhar que se aproxima a hora da partida. O dia amanhece bem cedo junto à zona envolvente ao Pavilhão Municipal de Exposições, na Moita, no dia da partida da romaria. É necessário ultimar a preparação dos animais e preparar o estômago para o caminho. Grande parte dos participantes da Romaria a Cavalo Moita - Viana do Alentejo chega no dia anterior, para não perder a bênção e a cerimónia de partida. Vêm de vários pontos do país e até do estrangeiro, e muitos deles cumprem esta tradição desde que foi retomada, em 2001. Além de invocar a tradição religiosa e a memória de antigos lavradores que levavam os seus animais a Viana do Alentejo para que fossem benzidos durante a procissão em honra de N.ª Sr.ª DAires (padroeira dos ...
Foi divulgado, nesta terça-feira (24/03), o vídeo especial do Papa Francisco que convida a rezar pelo fim da pandemia de coronavírus.. O Santo Padre pede para rezar pelos doentes e os que sofrem, e agradece também a "todos os homens e mulheres de boa vontade que rezam por este momento, todos unidos, sem distinção de tradição religiosa a que pertençam".. O Santo Padre quis partilhar uma mensagem de oração particular, nesta edição especial de O Vídeo do Papa, iniciativa da Rede Mundial de Oração do Papa.. Num contexto marcado pela pandemia de COVID-19, Francisco pronunciou-se na quarta-feira, 11 de março, agradecendo a todos os que rezam nestes momentos difíceis, sem distinção de tradições religiosas. Fazendo uma referência especial aos doentes e aos que mais sofrem, pediu que juntos rezemos à Virgem Maria a oração "À vossa proteção", implorando a sua proteção:. "À vossa proteção recorremos, Santa Mãe de Deus.. Não desprezeis as nossas súplicas em nossas ...
Comumente esses templos babilônicos repousam suas crenças nas suas tradições religiosas. Tais tradições, por eles equiparadas às regras bíblicas e que outrora derrubaram o povo de Israel lá no período do antigo testamento, são o motivo da queda de muitos hoje em dia. Não é à toa que os antigos Doutores das Lei judeus haviam criados centenas de regrinhas (as coisas mais loucas e absurdas do mundo!) além daquelas dadas por Moisés séculos antes no monte Sinai, tudo em nome da exaltada tradição religiosa resumida pelo chavão: temos por pai Abraão!. Com certeza, com passar dos séculos, novos Doutores da Lei foram surgindo e esses, para fazer valer o espírito de seus pais, também adicionaram outras regras e hoje vemos no que a igreja se transformou. Raça de víboras, hipócritas, filhos do diabo é o que são. O bom disso tudo é que há um fim. Há um basta! A igreja-mãe E SUAS FILHAS já estão com os seus dias contados. E quem quiser conhecer o fim delas basta abrir lá ...
Por que sou pós-darwinista? Porque já fui evolucionista de carteirinha. Hoje, sou cético da teoria macroevolutiva como verdade científica. Contudo, meu ceticismo ao dogma central darwinista não é baseado em relatos da criação de textos sagrados. Foi a séria e conflituosa consideração do debate que ocorre intramuros e nas publicações científicas há muitos anos sobre a insuficiência epistêmica da teoria geral da evolução. Eu fui ateu marxista-leninista. Hoje, não tenho mais fé cega no ateísmo. Não creio mais na interpretação literal dos dogmas de Darwin aceitos a priori e defendidos ideologicamente com unhas e dentes pela Nomenklatura científica. A Ciência me deu esta convicção. Aprendi na universidade: quando uma teoria científica não é apoiada pelas evidências, ela deve ser revista ou simplesmente descartada. Sou pós-darwinista me antecipando à iminente e eminente ruptura paradigmática em biologia evolutiva. Chegou a hora de dizer adeus a Darwin. Mestre ...
Vale do Amanhecer É uma religião espiritualista cristã, criada para abrigar a Doutrina do Amanhecer, fundada em 1959 pela médium clarividente Tia Neiva. Essa espiritualidade foi trazida pelo espírito de Francisco de Assis, conhecido nessa doutrina como Pai Seta Branca, e por sua equipe espiritual, contendo elementos de várias outras religiões. O Vale do…
A quinta tem uma história complexa e multifacetada. Foi comprada pelo Barão do Resgate ainda no século XIX e depois transformou-se em Viveiro Nacional de Mafra, na época do combate à filoxera. Sucederam-se os arrendatários até 1954, ano em que o conjunto foi adquirido e transformado em Seminário de S. Vicente de Paulo. As construções efetuadas por aquela congregação religiosa dotaram o equipamento das estruturas que hoje conhecemos, incluindo uma capela edificada em 1965.. Finda a ocupação religiosa, o edifício foi adaptado a Escola Preparatória e Secundária de Mafra, que funcionou até 1990, data em que foi adquirido pela Câmara Municipal de Mafra.. Na atualidade, este espaço multifuncional alberga os serviços técnicos de Turismo e Cultura, para além dos serviços cedidos a entidades exteriores: CPCJ - Comissão de Proteção de Crianças e Jovens, USEMA - Universidade Sénior de Mafra e Conservatório de Música de Mafra. Integra, ainda, a Casa da Música Francisco Alves ...
Em um mundo em que diversas formas de tirania moderna tentam suprimir a liberdade religiosa, ou reduzi-la a uma subcultura sem direito a voz e voto na praça pública, ou utilizar a religião como pretexto para o ódio e a brutalidade, é necessário que os fiéis das diversas tradições religiosas unam as suas vozes para clamar pela paz, pela tolerância, pelo respeito pela dignidade e pelos direitos dos demais", afirmou. ...
O aclamado escritor e estudioso de religião Reza Aslan desafia o ponto de vista dominante a respeito da nossa relação com o mundo espiritual. Com um texto claro, envolvente e desafiador, ele faz aqui um relato sobre o modo como o conceito de Deus se desenvolveu ao longo da história - das pinturas ancestrais nas cavernas até os dias de hoje. A história da religião é vista por Aslan como uma busca surpreendentemente coesa de entender o sagrado dando a ele traços e emoções humanas. Esse desejo inato de humanizar Deus está arraigado em nossos cérebros, diz o autor, tornando-se uma característica central de quase todas as tradições religiosas. Para Aslan, Deus é que foi feito à imagem do homem, e não o contrário. Independentemente de acreditarmos ou não, o que a grande maioria de nós pensa quando pensamos em Deus é uma versão divina de nós mesmos . Mas isso tem consequências. Nós conferimos a Deus não apenas tudo o que é bom na natureza humana, como a compaixão ou a sede ...
Entre os destaques que poderíamos trazer para a reflexão e para a necessária tomada de posição, quero dar ênfase às palavras do papa Francisco, líder espiritual católico que mantém uma relação mais do que cordial com as demais denominações cristãs e com as grandes tradições religiosas. Na ocasião dos assassinatos dos jornalistas e cartunistas do jornal Charlie Hebdo, o papa declarou: "A liberdade religiosa e a liberdade de expressão são direitos humanos fundamentais. Todo mundo tem não só a liberdade e o direito, mas a obrigação de dizer o que pensa para o bem comum. Nós temos o direito de ter essa liberdade abertamente, sem ofender". E completou: "Você não pode fazer das religiões dos outros um brinquedo". Abrindo um pouco a lente para uma visão mais abrangente, disse: "Vamos considerar nossa própria história. Quantas guerras de religião nós tivemos? Você não pode matar em nome de Deus. Isso é uma aberração" (cf. agência Reuters ...
A origem da religião na vida de uma pessoa actualmente é explicada facilmente pela teoria dos memes (Dawkins Richard, 1976): existe uma espécie de hereditariedade - as ideias, as concepções culturais passam de geração em geração através dos pais e não só - de todos os que nos são próximos durante o desenvolvimento - professores, catequistas, amigos (sub-entenda-se pais dos amigos). No entanto estas são modificadas cruzando informação e raciocinando sobre o assunto, permitindo que as concepções evoluam em cada indivíduo, sem ser possível excluir a influência hereditária das concepções religiosas individuais (quando me refiro a concepções religiosas incluo o ateísmo e o agnosticismo, apesar destes representarem a ausência de crença religiosa). Deste modo, a origem da religião nos dias actuais não está notavelmente relacionada com fenómenos semelhantes aos que associamos a crianças no estádio pré-operatório (classificação de Piaget). Mas quanto á sua ...
Em termos gerais, os participantes do Congresso se esforçaram em legitimar a Umbanda como uma religião altamente evoluída, por exemplo, afirmando que a Umbanda já existia como uma religião organizada há bilhões de anos estando então a frente de todas as outras religiões. Como parte desses esforços em definir a Umbanda como uma religião original e altamente evoluída, os participantes procuraram remover suas raízes africanas e afro-brasileiras, a origem da Umbanda foi rastreada até o Oriente, de onde disse ter se espalhado para Lemúria e subsequentemente para a África. No continente africano, a Umbanda teria se degenerado em fetichismo, e nessa forma foi trazida ao Brasil pelos escravos. A influência africana na Umbanda não foi de todo rejeitada mas causada por uma corrupção da tradição religiosa original, como uma fase de retrocesso em sua evolução; a Umbanda foi exposta ao barbarismo na forma de costumes vulgares e praticada por pessoas com "costumes rudes e defeitos ...
Por Ahmed Ismail. O fenômeno do sectarismo sempre se fez presente na história das grandes tradições religiosas. Por diversas razões e transformações históricas, sociais e políticas o surgimento de seitas e cismas religiosos sempre refletiram conflitos ideológicos e tendências desenvolvidas nas sociedades, tendências estas que se manifestavam como sintomas das mudanças pelas quais as sociedades e as culturas passavam. O sectarismo e o pensamento sectário não se restringem ao âmbito da religião, existem com a mesma intensidade no pensamento político, e esse sectarismo, quer seja religioso ou político, possui características bastante evidentes que o definem como tal.. O objetivo deste trabalho é realizar uma análise do sectarismo religioso especificamente no mundo moderno; em vista da complexidade do assunto. Pretendemos pois, possibilitar ao leitor um correto discernimento sobre o que seja seita e pensamento sectário e em que medida isso possa ser compreendido, desfazendo-se ...
Sempre que se fala numa revisão curricular, inúmeras ansiedades saltam para o palco da reflexão. É natural colocar nesse acto recriador uma dor imensa de um parto que se julga sempre vir a resultar em milagre. Contudo, revisão após revisão, vamos desejando mais uma revisão, como se a espiral de revisitar e rever apenas nos criasse a vontade de nunca achar o processo digno desse nome.. Áreas de Projecto, Formação Cívica, para não falar na mais que célebre Educação Sexual, são campos de conteúdos de um mapa de sabes e de sabores que temos construído no nosso passado recente como o campo de conhecimentos e de preocupações que queremos deixar às nossas gerações mais novas.. Hoje em dia, e seguindo o que muitos paises europeus têm feito, o campo do chamado «Fenómeno Religioso» não pode ficar ao largo de uma reforma ou revisão curricular. Ultrapassada que está a época neo-positivista em que se achava que a Religião apenas importava aos religiosos, urge comprender ...
Leia New theories and the old faith. A course of lectures on religious topiecs of the day, delivered in St. Thomass square chapel, Hackney de J. Allanson (James Allanson) Picton com a Rakuten Kobo.
Segundo Durkeim (1858-1917), "não existem religiões falsas". Conforme o sociólogo, "todas são verdadeiras, todas respondem, mesmo que de diferentes formas, as condições dadas da existência humana". Com efeito, encontramos uma ordem hierárquica nas religiões, onde é visível uma natureza religiosa. Mas, as religiões (ou credos, doutrinas, seitas) se consideram superiores às demais quanto aos seus aspectos particulares e singulares. Quanto a isso, não podemos classifica-las, apesar de sua complexidade e sua composição de ideias (idealidade), como superiores ou inferiores. Por isso, devemos respeitá-las (as religiões) e não ignorá-las. As religiões, servem ao homem (alguns!) como um instrumento de manifestar e resolver os problemas da vida cotidiana. Para compreendermos, "as religiões mais recentes", é necessário recorrer (também!) a História, através do método de análise histórica, é possível entender a natureza da vida religiosa. Através desta ciência, assim como ...
MINI CURSO RITOS NAS TRADIÇÕES RELIGIOSAS E NÃO RELIGIOSAS RITO: Origem no latim = ritus. No grego = artus, ararisko e artmos. No sânscrito = ar. De raiz indo-européia = ri. No iraniano = arta. (VILHENA. 2005, p. 20) Maria José Torres Holmes 2013
Surgiu pois na Alemanha, pela primeira vez, esta tradição religiosa do mundo cristão que se difundiu depois em França, Itália e chegou a Roma onde é encontrada desde 1350. Em Portugal, parece que remonta ao século XVIII, tendo-se instituído no país como tantas outras crenças e tradições religiosas que a Religião dominante (do Vaticano) cultiva no Mundo Ocidental ...
O Dia Mundial de Oração é realizado a cada ano, na primeira sexta-feira do mês de março, em mais de 170 países. A proposta é que cristãos e cristãs do mundo inteiro possam afirmar a própria fé e compartilhar suas experiências. Esse movimento foi iniciado por mulheres em 1887 e, desde então, reúne cristãs de diferentes raças, culturas e tradições religiosas de todo mundo, para orarem em conjunto e compartilharem esperanças e temores, alegrias e tristezas. Em muitos países esse contato tem continuidade em reuniões de oração e trabalho. ...
No mesmo dia em que juremeiros e juremeiras de todo o Brasil estarão se reunindo em Pernambuco no VII KIPUPA DO REI MALUNGUINHO; na Paraíba, em Alhandra, ocorrerá o II ENCONTRO DE JUREMEIROS E KARDECISTAS - organizado pelo Guardião da Jurema Sagrada Pai Beto de Xangô. Ambos os encontros ocorrerão no dia 23 de setembro. São eventos muito importantes por diversos motivos: esclarecem diversas pessoas sobre a história e os valores do Culto à Jurema, parte relevante da História e Cultura do Brasil; unem parentes juremeiros e catimbozeiros de diversos estados brasileiros, fortalecendo nossa Fé; proporcionam ecumenismos, pluralismo religioso, respeito entre membros de diversas Tradições religiosas; contribuem com o resgate e a valorização das religiões de matriz afroameríndia e brasileira ...
O nome Umbanda é carregado de significação. É composto de OM (o som originário do universo nas tradições orientais) e de BANDHA (movimento inecessante da força divina). Sincretiza de forma criativa elementos das várias tradições religiosas de nosso pais criando um sistema coerente. Privilegia as tradições do Candomblé da Bahia por serem as mais populares e próximas aos seres humanos em suas necessidades. Mas não as considera como entidades, apenas como forças ou espíritos puros que através dos Guias espirituais se acercam das pessoas para ajudá-las. Os Orixás, a Mata Virgem, o Rompe Mato, o Sete Flechas, a Cachoeira, a Jurema e os Caboclos representam facetas arquetípicas da Divindade. Elas não multiplicam Deus num falso panteismo mas concretizam, sob os mais diversos nomes, o único e mesmo Deus. Este se sacramentaliza nos elementos da natureza como nas montanhas, nas cachoeiras, nas matas, no mar, no fogo e nas tempestades. Ao confrontar-se com estas realidades, o fiel ...
O nome Umbanda é carregado de significação. É composto de OM (o som originário do universo nas tradições orientais) e de BANDHA (movimento inecessante da força divina). Sincretiza de forma criativa elementos das várias tradições religiosas de nosso pais criando um sistema coerente. Privilegia as tradições do Candomblé da Bahia por serem as mais populares e próximas aos seres humanos em suas necessidades. Mas não as considera como entidades, apenas como forças ou espíritos puros que através dos Guias espirituais se acercam das pessoas para ajudá-las. Os Orixás, a Mata Virgem, o Rompe Mato, o Sete Flechas, a Cachoeira, a Jurema e os Caboclos representam facetas arquetípicas da Divindade. Elas não multiplicam Deus num falso panteismo mas concretizam, sob os mais diversos nomes, o único e mesmo Deus. Este se sacramentaliza nos elementos da natureza como nas montanhas, nas cachoeiras, nas matas, no mar, no fogo e nas tempestades. Ao confrontar-se com estas realidades, o fiel ...
O nome Umbanda é carregado de significação. É composto de OM (o som originário do universo nas tradições orientais) e de BANDHA (movimento incessante da força divina). Sincretiza de forma criativa elementos das várias tradições religiosas de nosso país criando um sistema coerente. Privilegia as tradições do Candomblé da Bahia por serem as mais populares e próximas aos seres humanos em suas necessidades. Mas não as considera como entidades, apenas como forças ou espíritos puros que através dos Guias espirituais se acercam das pessoas para ajudá-las. Os Orixás, a Mata Virgem, o Rompe Mato, o Sete Flechas, a Cachoeira, a Jurema e os Caboclos representam facetas arquetípicas da Divindade. Elas não multiplicam Deus num falso panteísmo, mas concretizam, sob os mais diversos nomes, o único e mesmo Deus. Este se sacramentaliza nos elementos da natureza como nas montanhas, nas cachoeiras, nas matas, no mar, no fogo e nas tempestades. Ao confrontar-se com estas realidades, o fiel ...
O nome Umbanda é carregado de significação. É composto de OM (o som originário do universo nas tradições orientais) e de BANDHA (movimento incessante da força divina). Sincretiza de forma criativa elementos das várias tradições religiosas de nosso país criando um sistema coerente. Privilegia as tradições do Candomblé da Bahia por serem as mais populares e próximas aos seres humanos em suas necessidades. Mas não as considera como entidades, apenas como forças ou espíritos puros que através dos Guias espirituais se acercam das pessoas para ajudá-las. Os Orixás, a Mata Virgem, o Rompe-Mato, o Sete Flechas, a Cachoeira, a Jurema e os Caboclos representam facetas arquetípicas da Divindade. Elas não multiplicam Deus num falso panteísmo mas concretizam, sob os mais diversos nomes, o único e mesmo Deus. Este se sacramentaliza nos elementos da natureza como nas montanhas, nas cachoeiras, nas matas, no mar, no fogo e nas tempestades. Ao confrontar-se com estas realidades, o fiel ...
O nome Umbanda é carregado de significação. É composto de OM (o som originário do universo nas tradições orientais) e de BANDHA (movimento inecessante da força divina). Sincretiza de forma criativa elementos das várias tradições religiosas de nosso pais criando um sistema coerente. Privilegia as tradições do Candomblé da Bahia por serem as mais populares e próximas aos seres humanos em suas necessidades. Mas não as considera como entidades, apenas como forças ou espíritos puros que através dos Guias espirituais se acercam das pessoas para ajudá-las. Os Orixás, a Mata Virgem, o Rompe Mato, o Sete Flechas, a Cachoeira, a Jurema e os Caboclos representam facetas arquetípicas da Divindade. Elas não multiplicam Deus num falso panteismo mas concretizam, sob os mais diversos nomes, o único e mesmo Deus. Este se sacramentaliza nos elementos da natureza como nas montanhas, nas cachoeiras, nas matas, no mar, no fogo e nas tempestades. Ao confrontar-se com estas realidades, o fiel ...
Uma das marcas da tradição da Lavagem da Escadaria da Igreja de São Boaventura é a participação livre e democrática, com a presença de diversos grupo políticos presentes ao cortejo. "É uma festa que tem origem na tradição religiosa e que deve contar com todos os segmentos da população e dos visitantes, sem distinção e com o máximo de representatividade", cita Almir Melo.. Cortejo de São Boaventura com o cantor Tatau. Foto: Wagnevilton Ferreira. ...
Universal: Para que no Próximo Oriente, no qual diversas tradições religiosas partilham o mesmo espaço de vida, nasça um espírito de diálogo, de encontro e de reconciliação. ...
Paulo de Tarso Lima, do Hospital Albert Einstein: energia e religião no caminho da cura. Não é habitual ouvir um médico respeitável, de uma instituição de saúde modelar, falar sobre o papel da energia do corpo humano e da religião no caminho para a cura. É justamente o caso do cirurgião Paulo…
Ora, é na própria tragédia de Jó - citada nesta postagem por um comentarista - que cai por terra esse paradigma religioso. Homem íntegro e reto, temente a Deus e que se desviava do mal(Jó 1.1b). O que significa que Jó não era, nem de longe, um desviado e, no entanto, experimentou toda sorte de desventura que se possa imaginar. Então, sua história nos aponta para a velha pretensão do homem em querer julgar (e condenar) o outro e querer advogar as causas de Deus, como aconteceu com seus mui amigos com seus discursos teológicos distorcidos e incompletos, conforme suas próprias experiências, suas crenças, suas tradições religiosas. (Nada de novo há...) Os amigos, em vez de perguntarem se ele estava precisando de alguma ajuda, ficaram questionando seu caráter e dizendo de Deus o que não era correto. Contra estes, sim, a ira de Deus se acendeu. Estes que questionavam - diante de um doente tremendamente sofrido - sobre as razões de Deus para permitir aflições. Caramba, não ...
No Nordeste, onde a tradição religiosa é muito forte, as novenas acontecem praticamente durante todo o ano. Entre os mais festejados, estão São Sebastião, São José, Santo Antônio, Santa Luzia, Nossa Senhora de Lourdes. O repertório tocado são os benditos, as rezas, muitas vezes acompanhando pelas beatas e devotos cantando em latim. Nas novenas a banda é de uma importância muito grande e está desde o momento da abertura - na colocação do mastro da bandeira até o final dos nove dias. As festas religiosas ajudam na salvaguarda das bandas de pífanos e até mesmo no orçamento familiar dos músicos. "Uma novena sem banda de pife é quase um velório", diz José Cesário, da banda de pífanos Frei Damião, de Tabira no sertão de Pernambuco. São nove dias tocando pela manhã bem cedinho, depois ao meio-dia, e finalizando às sete da noite com outra reza. Depois é deixado o lado religioso e começa o forró, botando o povo para dançar. Infelizmente já se pode perceber algumas ...
Não é por acaso que os Antigos recitavam mantras durante horas a fio, não é por acaso que existem palavras de poder, palavras que assustam e que têm uma força interior enorme. As várias tradições religiosas e místicas atestam isso, ao longo dos vários séculos. A própria tradição cristã reflecte um pouco esse ideal, através das inúmeras rezas e orações que enchem a vida dos fiéis: o terço, as missas aos defuntos, etc. Tentamos com o poder da nossa voz influir no destino de uma só pessoa. Sabe-se que, antigamente, rezavam-se aos mortos para ajudar na purificação da sua alma que, provavelmente, ainda estaria no purgatório. Tais vozes, tais orações eram mantras e tinham o poder que as vozes lhes conferiam ...
A principal vantagem de ter amigos de diferentes etnias e culturas é promover o multiculturalismo entre os indivíduos. O multiculturalismo é o acesso e a aceitação das diferenças entre as raças, culturas e tradições religiosas. Ter amigos culturalmente diferentes permite que você desenvolva uma melhor visão de suas vidas e costumes, mostra como as práticas e crenças deles são diferentes das suas, e assim, eles levam você ao crescimento como indivíduo. Essas amizades lhe ensinam a aceitar as diferenças e entender que nenhuma religião ou cultura é melhor do que a outra, mas que cada uma tem suas características únicas e particulares. Um tem que aprender com o outro e saber respeitar as diferenças que existem entre eles. O multiculturalismo é um conceito importante no mundo de hoje, da globalização, onde mais do que nunca, as chances de pessoas vivendo e interagindo com as pessoas racialmente e culturalmente diferentes são intensificadas ...
A religião, a moralidade; elas querem proibir o sexo. Mas as únicas coisas que conseguem com isso é a prostituição, a homossexualidade, a pedofilia, o adultério e coisas parecidas. O desejo sexual está no homem, está na mulher, está em você - é natural! Mas os conceitos de moralidade, as tradições religiosas, são imposições antinaturais - não podem conter a natureza. Então o que se pode fazer?! A menos que você se torne espiritual, você não conseguirá vencer o sexo. Enquanto sua natureza for sexual, você não deixará de ser escrevo do sexo. Torne-se espiritual e o sexo não será mais um problema ...
Beatriz se tornou um nome famoso na Europa do século 14 graças ao sucesso de A Divina Comédia Humana, escrita por Dante Alighieri. Ora, a musa inspiradora do poema era Beatrice Portinari. Além disso, o nome possui uma tradição religiosa, tendo a santa Beatriz, fundadora da Ordem da Imaculada Conceição, como referência. A santa é festejada dia 12 de agosto.. ...
Criticar dogmas religiosos, dentre eles seus personagens, é bem diferente de ofender o direito de fé das pessoas. Obviamente é de se esperar que nos sintamos incomodados de algum modo quando nossos dogmas são alvejados por críticas muitas vezes duras. Aí o problema é de quem se ofendeu com as críticas aos dogmas e não de quem critica os dogmas dessa fé. Pois se a crítica deixar se levar pelas reclamações dos carolas, pela sensibilidade da paixão dos religiosos, como quer o papa Francisco, o pensamento crítico simplesmente irá se atrofiar. Portanto, é fundamental que insistamos: criticar os dogmas religiosos, seja por meio de argumentos sisudos, seja por meio do humor, é diferente de insultar o direito de fé dos religiosos. E se estes se sentirem ofendidos com as críticas sisudas ou sarcásticas aos dogmas da sua religião, o problema é do religioso que ainda não se preparou psicologicamente para viver numa sociedade pluralista. O que é inaceitável é que os religiosos ...
Ao contrário do que muitos pensam, aquele que teme ao Senhor e anda nos seus caminhos é feliz e abençoado. Mas, é importante observar que essa felicidade é resultado de temer a Deus e viver em obediência à sua vontade. Todos querem uma vida abençoada, próspera e sadia. O que nem todos querem é viver na obediência a Deus. Uma vida abençoada por Deus não resulta da prática de ritos, tradições religiosas, ou ensinamentos de homens que não condizem com a Palavra de Deus. Essa vida feliz procede de um relacionamento consciente e obediente ao Evangelho a partir de uma convicção interior por obra regeneradora do Espírito Santo ...
Ele é Capixaba e Cafuzo (mistura de índio Guarani com negro) nasceu na região de mangues do antigo aldeamento dos Índios Aribiris, Guarani de Vitória do Espírito Santo e Tukumbó Dyeguaká é o seu nome indígena, que quer dizer "Benção de Deus", seu nome aportuguesado é Robson Miguel sendo em 1999 eleito CACIQUE na Aldeia Guarani de Itaóca em Mongaguá - São Paulo tendo como seu vice cacique Karay Basílio e hoje é cacique Presidente da Nova Confederação dos Tamoyos e Cacique Eleito representante dos Índios Tikuna em São Paulo. É de grande importância saber que na tradição indígena Tupi-Guarani sendo uma vez eleito cacique jamais este deixará de ser; assim como em algumas tradições religiosas que um padre ou pastor uma vez ordenado não deixará de ser, mesmo este não tendo sua própria paróquia ou igreja.. ...
O texto de hoje relata a terceira duma série de controvérsias com vários grupos judaicos, iniciada em Mc 2,1. Talvez, surpreendentemente, a discussão de hoje se deu não somente com os fariseus, mas com os discípulos de João Batista. Marcos fala disso porque os discípulos de João formavam uma comunidade que sobreviveu à morte do Batista, sem dúvida até o segundo século da nossa era (cf. Jo 3,25). O motivo foi porque os discípulos de Jesus não davam grande importância ao jejum - uma prática que, ao lado da oração e da esmola, era muita cara às tradições religiosas dos judeus. Aliás, práticas também que continuavam - e continuam - a ter muito sentido para os cristãos de então, e de hoje, se bem com ênfases e expressões diferentes ...
A Semana Santa, tradição religiosa cristã é celebrada pela nossa Comunidade com uma programação especial. Convidamos você e sua família a percorrer com Jesus o caminho que leva ao calvário, mas também à Ressurreição ...
A festa em honra de S. Gonçalo para além de ser considerada a primeira festa religiosa do ano, no concelho da Trofa, afigura-se como uma das mais originais tradições religiosas, etnográficas e culturais do concelho, atraindo à freguesia milhares de forasteiros que a pé, a cavalo, de charrete, de bicicleta e de automóvel invadem a localidade. ...
A origem da religião na vida de uma pessoa actualmente é explicada facilmente pela teoria dos memes (Dawkins Richard, 1976): existe uma espécie de hereditariedade - as ideias, as concepções culturais passam de geração em geração através dos pais e não só - de todos os que nos são próximos durante o desenvolvimento - professores, catequistas, amigos (sub-entenda-se pais dos amigos). No entanto estas são modificadas cruzando informação e raciocinando sobre o assunto, permitindo que as concepções evoluam em cada indivíduo, sem ser possível excluir a influência hereditária das concepções religiosas individuais (quando me refiro a concepções religiosas incluo o ateísmo e o agnosticismo, apesar destes representarem a ausência de crença religiosa). Deste modo, a origem da religião nos dias actuais não está notavelmente relacionada com fenómenos semelhantes aos que associamos a crianças no estádio pré-operatório (classificação de Piaget). Mas quanto á sua ...
A origem da religião na vida de uma pessoa actualmente é explicada facilmente pela teoria dos memes (Dawkins Richard, 1976): existe uma espécie de hereditariedade - as ideias, as concepções culturais passam de geração em geração através dos pais e não só - de todos os que nos são próximos durante o desenvolvimento - professores, catequistas, amigos (sub-entenda-se pais dos amigos). No entanto estas são modificadas cruzando informação e raciocinando sobre o assunto, permitindo que as concepções evoluam em cada indivíduo, sem ser possível excluir a influência hereditária das concepções religiosas individuais (quando me refiro a concepções religiosas incluo o ateísmo e o agnosticismo, apesar destes representarem a ausência de crença religiosa). Deste modo, a origem da religião nos dias actuais não está notavelmente relacionada com fenómenos semelhantes aos que associamos a crianças no estádio pré-operatório (classificação de Piaget). Mas quanto á sua ...
Um feriado de muitas tradições religiosas aqui em Minas Gerais. Um tanto quanto modificado no ritmo das celebrações e principalmente na duração dos "dias de guarda", ou seja, de oração e penitência, pois há décadas atrás o feriado se compunha da 4ª feira santa ao domingo de páscoa, mas atualmente se limita à 6ª feira santa porque o comércio e a indústria não podem parar ...
Conforme Jesus ensina, a Escritura é o modelo. Ele julgou as tradições religiosas comparando-as com a Escritura e quando estas contradiziam a Escritura, Jesus as condenava. Vejamos Marcos 7:1-13: "E ajuntaram-se a ele os fariseus, e alguns dos escribas que tinham vindo de Jerusalém. E, vendo que alguns dos seus discípulos comiam pão com as mãos impuras, isto é, por lavar, os repreendiam.Porque os fariseus, e todos os judeus, conservando a tradição dos antigos, não comem sem lavar as mãos muitas vezes; e, quando voltam do mercado, se não se lavarem, não comem. E muitas outras coisas há que receberam para observar, como lavar os copos, e os jarros, e os vasos de metal e as camas. Depois perguntaram-lhe os fariseus e os escribas: Por que não andam os teus discípulos conforme a tradição dos antigos, mas comem o pão com as mãos por lavar? E ele, respondendo, disse-lhes: Bem profetizou Isaías acerca de vós, hipócritas, como está escrito: Este povo honra-me com os lábios, Mas ...
A dança dos Dervixes chama-se Sema, ou Samá, e faz parte de um ritual religioso da tradição sufi. Ao executar o ritual, os dervixes entram em transe, conseguindo girar por horas sem perder o equilíbrio. É um espetáculo impressionante. Simboliza a conquista do equilíbrio interno, o domínio do homem sobre o ego e a perfeita comunhão com a natureza. Uma prática mística na busca do conhecimento e auto-conhecimento ...
Segundo informam os pesquisadores franceses Jean Chevalier e Alain Cherbrant no livro Dicionário de Símbolos, na China antiga não havia elogio melhor para uma cortesã do que ser chamada de "lótus de ouro". Explica-se assim porque entre os chineses a planta é associada ao nascimento e a criação. Mesmo assim o lótus não deixa de contribuir religiosamente para a tradição religiosa daquele país. A deusa do amor e da compaixão Kuan Yin - a mais venerada entre as divindades chinesas femininas, é representada com flores de lótus ainda fechadas nas mãos e nos pés. Como o botão da flor tem o formato de coração, os fiéis acreditam que a planta teria o dom de aflorar os sentimentos amorosos. Os chineses acrescentam ainda outras qualidades preciosas à lótus. Segundo eles, a haste dura simboliza a firmeza, a opulência de sementes estaria relacionada a fertilidade e prosperidade, as folhas - como nascem juntas - indicariam felicidade conjugal. O passado, presente e o futuro também ...