A primeira coisa que deve ser esclarecida, é que jamais deve ser usado o termo homossexualismo como alguns ainda se referem. O sufixo "ismo" indica doença, o que comprovadamente pela ciência, não é o caso da homossexualidade. O sufixo "idade" das palavras heterossexualidade, homossexualidade, bissexualidade indica identidade. Investigações científicas mostraram que a homossexualidade, por si só, não está associada a transtornos mentais ou problemas emocionais ou sociais. No passado, os estudos sobre gays, lésbicas e bissexuais incluíram apenas aqueles em terapia, criando assim uma tendência nas conclusões resultantes. Quando os pesquisadores examinaram dados sobre essas pessoas que não estavam em terapia, descobriu-se rapidamente que a idéia de que a homossexualidade era uma doença mental não era verdade. Em 1973, a American Psychiatric Association retirou a homossexualidade do manual oficial detalhando os transtornos mentais e emocionais. Dois anos mais tarde, a American ...
Eu li num blog na internet onde o blogueiro comenta sobre homossexualismo... O blog trata de saúde mental, então foi feita comparação entre Doença Mental e Homossexualismo... Lendo esta postagem acabei dando razão pra ele pelo sentido que ele põe nas explicações... Ele fala que quem nasce Bipolar, obviamente não escolhe ser Bipolar... Assim como quem nasce Homossexual também não escolhe ser Homossexual... Então entende-se que os dois casos são de origem genética (não hereditário no caso do homossexualismo). Mas lendo mais sobre o assunto em seus blogs eu vi que ele não acredita que nem homossexualismo nem doença mental têm origem genética... Então por ironia do destino eu acabei ouvindo num programa de rádio que cientistas conseguiram provar que Homossexualismo realmente é genético... Mas como o programa passou de madrugada eu dormi e não consegui ouvir a reportagem completa... Então comecei a pesquisar na Internet e encontrei algumas coisas e inclusive a pesquisa, que ...
Assim como a heterossexualidade, a homossexualidade um estado mental. N o h nenhuma doen a ou desvio de comportamento ou pervers o, como se pretendeu at a algum tempo atr s. Mas n o raro encontrar pessoas que insistam nisso mesmo no meio dos profissionais de sa de. Em dezembro de 1973 - a APA (Associa o Psiqui trica Americana), prop e e aprova a retirada da homossexualidade da lista de transtornos mentais (passa a n o ser mais considerada uma doen a). 1985 - O Conselho Federal de Medicina do Brasil (CFM) retira a homossexualidade da condi o de desvio sexual. Nos anos 90 - o Manual Diagn stico e Estat stico de Transtornos Mentais (DSM-IV) onde s o identificados por c digos todos os dist rbios mentais, que serve de orientador para classe m dica, principalmente, para os psiquiatras, tamb m retirou a homossexualidade da condi o de dist rbio mental . importante lembrar que sob o ponto de vista legal, a homossexualidade n o classificada como doen a tamb m no Brasil. Sendo assim, os psic logos n o ...
Our analysis draws a comparative profile of older homosexually active men. For an Australian national telephone survey (Project Male‐Call), 2,583 homosexually active men were interviewed. Questions about demographics, types of sexual partners, attachment to gay community, HIV/AIDS, and sexual practices were asked. About 10% (n = 256) of the Male‐Call men were over 49years. These older men were likely to live alone (52.7%), to be or have been married (62.9%), to have children (56.4%), and to have lived at their present address for more than five years (67.5%). Relatively few (12.4%) lived in gay areas, but a significant number (29.2%) lived in rural regions. They were generally less likely than younger men to have disclosed their sexual orientation (p , .00005). Although their attachment to gay community was quite strong, it was less than younger mens in terms of social attachment (p , .00001), cultural involvement (p , .001), and sexual involvement (p ,. 00005). As a group, they were less ...
Acho meio ridículo que todas as religiões que se posicionam contra a homossexualidade utilizem de argumentos velhos, teóricos e totalmente incondizentes com a realidade. Partindo do conservador argumento de que a homossexualidade não é natural, não agrada a Deus, não está em harmonia com o universo e que se trata de uma OPÇÃO comportamental, não deveria, de modo algum, existir homossexualidade. Mas como eu disse, isso não condiz com a realidade; já que a própria natureza nos dá inúmeros exemplos de comportamento homossexual, bissexual, assexual, incestual etc, nos próprios animais, ou até mesmo entre as plantas (que podem ter sexo ou ser hermafrodita). É também importante ressaltar que não existem homossexuais que escolheram essa condição. O indivíduo pode escolher, ou não, praticar a homossexualidade, ou a bissexualidade, mas não pode escolher sentir-se ou não sentir-se atraído pelo mesmo sexo. Outro argumento muito utilizado pelos conservadores é o de que a ...
É necessário averiguar se Jung está se referindo à homossexualidade como uma orientação sexual externa que conduz a uma atividade genital, ou a uma versão latente deste aspecto, ou a uma tendência do mundo interno. Há pouca dúvida de que ele via a prática homossexual como anormal, embora reconhecesse a necessi-dade psicológica de algumas pessoas de passar por um período ho-mossexual. Por outro lado, a homossexualidade, como tal, é reco-nhecida como um componente da sexualidade. Jung comentava que não necessitaríamos de uma concepção dinâmica tal como libido ou energia psíquica se a sexualidade consistisse simplesmente em um quantum fixo de heterossexualidade. A homossexualidade pode ser um resíduo de sexualidade infantil polimorfa, porém, como um fator de mundo interior, é inevitável e, em potencial, psicologicamente va-liosa.. Considerando as causas da homossexualidade, Jung parecia adotar perspectivas estruturais e de desenvolvimento, embora estas se superponham. Do ...
A questão da homossexualidade e presbiterianismo é tratada de forma diferente e a partir de diferentes pontos de vista pelas igrejas presbiterianas ao redor do mundo. A Igreja da Escócia, "igreja mãe" para presbiterianos ao redor do mundo, tem estado dividida quanto ao assunto da homossexualidade. Em 1994, a Assembleia Geral recebeu para apreciação dois relatórios, um da Board of Social Responsibility sobre sexualidade humana ("fazendo questionamentos sobre sexualidade para pessoas com...deficiências, pessoas velhas e homossexualidade nos contextos das ciências humanas e da Escritura"; na versão original: "placing questions of sexuality for people with...disabilities, elderly people, and homosexuality in the contexts of human sciences and Scripture."), e outro do Panel on Doctrine on marriage (concluindo, "dentre outras coisas, que casais que vivem juntos, sejam heterossexuais ou homossexuais, podem apresentar todas as marcas de uma relação amorosa e fiel, e não devem ser tomados ...
Na Antiguidade, a homossexualidade era vista como um hábito cultural. Na Idade Média, era tida como um estado de pecado. Na Idade Moderna, virou crime e patologia, a partir do final do século 19, na Europa, vista como doença mental, e sendo classificada como "desvio" ou "perversão". Somente em 1990 é que a OMS (Organização Mundial de Saúde) "libertou" a homossexualidade da condição de patologia. O termo "homossexualidade" foi criado pelo médico austro-húngaro Karoly Maria Benkert, e designava qualquer forma de relação carnal entre pessoas do mesmo sexo.. Com a famigerada "cura gay" proposta, absurdamente, pelo presidente da Comissão dos Direitos Humanos, José Feliciano, esquecendo-se dos danos causados pelas "terapias de reversão" aos pacientes homossexuais, tempos atrás, a homossexualidade tomou as ruas e a mídia, pondo a público toda a sua história, na maioria das vezes toldada pela incompreensão humana, que exigia que todos os homens usassem a mesma forma para a sua ...
Na passada semana, na revista Visão, vinha um artigo muito interessante acerca de mulheres que foram casadas, ou que são, com homossexuais,etc,etc. Até aqui, tudo bem. Mas depois, leio isto: "A homossexualidade é um complexo, um transtorno da identidade sexual. É uma doença e tem recuperação", Margarida Coito, 46 anos, terapeuta familiar. Primeiro, pensei que teria lido mal. E voltei a ler e a reler e re-reler... não, afinal, parece que de acordo com esta nossa amiga, a Guida, (Margarida, posso tratá-la por Guida, é para rimar com amiga. Ou também será uma doença, um transtorno?), os homossexuais estão mas é todos doentes. E o melhor, a doença deles tem cura! Não tarda, haverá uma revolução total na indústria farmacêutica, para desenvolver medicamentos para a homossexualidade...vacinas, comprimidos, a pílula anti-homossexual, pastilhas, enfim, todo um vasto leque de produtos para a marota da homossexualidade, que agora virou (peço desculpa, mas tinha que colocar este ...
Da filosofia como modo superior de dar o cu ou Deleuze e a "homossexualidade molecular".. Paul Beatriz Preciado.*. Só há uma sexualidade, a homossexual … Só há uma. sexualidade, a feminina.. Félix Guattari, 1979. A homossexua1idade é a verdade do amor.. Gilles Deleuze, 1964. A noção de "homossexualidade molecular" de Deleuze continua sendo um conceito periférico raramente analisado pelos comentaristas deleuzianos, apesar da posição estratégica que esta ocupa na estrutura de O Anti-Édipo e da frequência com a qual Deleuze e Guattari se afirmam "homossexuais moleculares" durante os anos setenta: "Somos heterossexuais estatisticamente ou molarmente, mas homossexuais pessoalmente, quer o saibamos ou não, e, por fim, transexuados elementarmente, molecularmente."[1]. A "homossexualidade molecular", ou local, materializada através de um coming-out que não se deixa reduzir nem à identidade nem à evidência das práticas, pertence indubitavelmente ao conjunto de traços com que ...
O termo "homossexual" foi criado em 1869 pelo escritor e jornalista austro-húngaro Karl-Maria Kertbeny. Deriva do gr. homos, que significa "semelhante", "igual". Há alguns anos a Organização Mundial de Saúde e o Conselho Regional de Psicologia excluiu o "homossexualismo" do hall das doenças. Assim, pode-se pensar que o sufixo "ismo", como em alcoolismo, atribui a palavra um caráter de doença. Atualmente a palavra "homossexualidade" é vista como um atributo, a característica ou a qualidade de um ser - humano ou não - que é homossexual (grego homos = igual + latim sexus = sexo) e, lato sensu, define-se por atração física, emocional, estética e espiritual entre seres do mesmo sexo ...
A posição da Santa Sé em favor da descriminalização da homossexualidade em todo mundo significa, no horizonte histórico, uma enorme mudança. A Igreja que no passado julgou e condenou à morte os homossexuais, agora exorta todas as nações, mesmo as muçulmanas, a eliminarem todas as medidas penais contra eles. E defende que os atos sexuais livres entre pessoas adultas não devem ser considerados um delito pela autoridade civil. Esta posição destoa inclusive do pontificado de Wojtyla. O argumento de que não há direitos à homossexualidade, e que os direitos humanos podem ser restringidos pelo Estado em caso de desordem objetiva de conduta externa, poderia justificar a criminalização da homossexualidade, ainda mais ao se considerar as uniões homossexuais como nocivas à sociedade. Mesmo que aqueles documentos da Cúria tenham a assinatura do então cardeal Ratzinger, ele como papa não está mais sob as ordens do seu antecessor, e tem mais liberdade de ação ...
Carlos por sua vez concorda com João J. e diz achar a homossexualidade algo "estranho" e que nunca poderia vir a gostar de homens. Para o cabeleireiro, ser gay é mesmo uma "doença sexual"!. Esta hipótese de se passar a gostar de homens, quando se gostava antes de mulheres, foi lançada pela afirmação de Ricardo que daqui a 20 anos tudo será diferente a nível de constituição de casais.. O tema salta para os filhos e Miguel explica que a homossexualidade, segundo esudos académicos, tem a ver com uma alteração do ADN. Para ele, ter um filho gay seria motivo de tristeza. Já Carlos, que parece ser contra esta "doença", prefere que o seu sucessor seja homossexual a toxicodependente.. No meio desta conversa cheia de testosterona, Daniela S. interrompe argumentando que a homossexualidade não faz parte de nenhum Segredo e que tal conversa não devia sequer existir.. ...
A pesquisa e a literatura clínica demonstram que atração sexual e romântica pelo mesmo sexo, são sentimentos e comportamentos normais e variações positivas da sexualidade humana. O consenso de longa data das ciências comportamentais e sociais e dos profissionais de saúde e saúde mental é que a homossexualidade, por si só, é uma variação normal e positiva da orientação sexual humana.[166] A homossexualidade era listada naCID-9 (1977) da Organização Mundial de Saúde como um doença mental, mas foi retirada no CID-10, aprovada pela Quadragésima Terceira Assembléia Mundial da Saúde em 17 de maio de 1990.[167][168] Tal como o DSM-II, a CID-10 adicionou a orientação sexual egodistônica na lista, o que se refere a pessoas que querem mudar suas identidades de gênero ou orientações sexuais por causa de um distúrbio psicológico ou comportamental (F66.1). A Sociedade Chinesa de Psiquiatria retirou a homossexualidade da Classificação Chinesa de Transtornos Mentais em 2001, ...
Atualmente existe uma busca para compreender e mesmo explicar a suposta origem da homossexualidade. Várias hipóteses são levantadas desde uma origem genética, perpassando por uma questão de psicologia até mesmo uma questão de caráter. Contudo diante desse panorama faz-se necessário estimular algumas reflexões dentre elas as de porque encontrar uma origem para a homossexualidade? Essa busca por uma explicação não estaria nas bases de um padrão de valor heteronormativo na qual tenta entender esse suposto "desvio" comportamental? Outras perguntas podem enriquecer o debate como as de qual seria então a explicação para a socialmente aceita heterossexualidade? Ambas, homossexualidade e heterossexualidade, não poderiam compor a natureza humana sem discriminação de uma por outra ...
Research by social scientists, although not definitive, suggests that children reared by openly homosexual parents are far more likely to engage in homosexual behavior than children raised by others. Studies thus far find between 8% and 21% of homosexually parented children ultimately identify as non-heterosexual. For comparison purposes, approximately 2% of the general population are nonheterosexual. Therefore, if these percentages continue to hold true, children of homosexuals have a 4 to 10 times greater likelihood of developing a non-heterosexual preference than other children." → Pro-Homosexual Researchers Conceal Findings: Children Raised by Openly Homosexual Parents More Likely to Engage in Homosexuality ...
A homossexualidade na América do Norte é majoritariamente tratada de forma positiva, já que dentre os onze países e territórios das regiões geográficas das Américas do Norte e Central, apenas um possui legislação que criminaliza as relações homossexuais, enquanto três países reconhecem o casamento igualitário, dois sendo em todo o território (Canadá, que legalizou em 2005 e Estados Unidos, que legalizou em 2015) e um em partes de seu território (México). Canadá - Estados Unidos da América - Groelândia - México Ver artigo principal: Homossexualidade no Canadá Pune? Não. União civil? Casamento homossexual. Protege de discriminação? Pela Carta Canadense de Direitos e Liberdades desde 1995, através do episódio conhecido por Egan versus Canadá; pelo código de direito civil de todas as cidades e províncias, desde 1998, através do episódio Vriend versus Alberta. Observação: Em 1999, vários direitos típicos de casais héteros foram estendidos aos homossexuais. Em ...
Claro que este argumento, para além de ignorar o que a pessoa em questão disse sobre a sua própria vida, ignora o facto de que a alegada "perseguição" que os homossexuais recebem "do mundo" é muito subjectiva.. Embora os homossexuais sejam alvo de genuínos atentados aos direitos humanos nos países islâmicos, no ocidente eles de forma alguma são "perseguidos" de uma forma que lhes impeça de "sair do armário".. Para além disso, é difícil acreditar que alguém que se identifique como homossexual sofra "perseguição" em Hollywood ou Nova York. Se isto fosse assim, provavelmente a própria Cynthia faria todos os esforços para manter as suas novas escolhas sexuais em segredo.. No entanto, como ela sabia que não sofreria qualquer tipo de perseguição no seu meio artístico, ela anunciou ao mundo que agora decidiu ser lésbica. Dado isto, o argumento da Joy Behar é invalido.. Nixon questionou o porquê da homossexualidade não poder ser uma escolha ...
Mas isso é pouco na visão de Cezar Xavier, coordenador de comunicação da APOGLBT -associação que coordena a Parada Gay em São Paulo. Para ele, a pesquisa mostrou que a luta contra o preconceito é um desafio maior do que se intuía.. "Vivemos um estado homofóbico. A televisão tem personagens fixos para fazer chacota da homossexualidade. Para o movimento homossexual isso é algo perverso. Afeta desde a criança na escola até o adulto", afirma. Ele lamenta existir preconceito entre os próprios homossexuais, em relação a si mesmos ou entre grupos.. Para Xavier, existe também uma matriz religiosa forte por detrás da homofobia, que reforça uma visão já existente de que a homossexualidade é uma opção. Ele afirma que essa matriz influi inclusive na falta de leis.. "Temos um lobby religioso no Congresso que dificulta a aprovação da lei do crime de homofobia. Ela é essencial. Vivemos num país de grande violência contra homossexuais.". Religião. Além da ideia de pecado, o ...
AMARAL, S. M. M. do. União homossexual como direito de família. Migalhas. 2008. Disponível em: , https://www.migalhas.com.br/dePeso/16,MI70205,41046-Uniao+homossexual+como+Direito+de+Familia, Acesso em: 27 fev. 2017. BORGES, K. Mitos e verdades sobre a homossexualidade. Disponível em: ,http://www.clicfilhos.com.br/site/display_materia.jsp?titulo=Mitos+e+verdades+sobre+a+homossexualidade,. Acesso em: 04 de mar. de 2017. BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil, de 05 de outubro de 1988. 20. ed. Brasília: Câmara dos Deputados, Coordenação de Publicações, 2017. CARNEIRO, S. B. Os homossexuais e o direito. 2011. Disponível em:, http://congressoemfoco.uol.com.br/opiniao/colunistas/os-homossexuais-e-o-direito//,. Acesso em: 06 de fev. 2017. CAVALIERI FILHO, S. Programa de Sociologia Jurídica. 11. ed. Rio de Janeiro: Forense, 2005. CHIARINI JÚNIOR, E. C. A união homoafetiva sob o enfoque dos direitos humanos. Jus Navigandi, Teresina, ano 8, n. 235, 28 fev. 2004. ...
13. Incluir a «tendência homossexual» entre as reflexões, na base das quais é ilegal discriminar, pode facilmente levar a afirmar que a homossexualidade é uma fonte positiva de direitos humanos, por exemplo, no que se refere aos chamados direitos de acção afirmativa ou ao tratamento preferencial no que se refere à admissão ao trabalho. Isto é ainda mais deletério se considerarmos que não existe um direito à homossexualidade (cf. Ibid., 10), o que não deveria, portanto, constituir a base para reivindicações jurídicas. A passagem do reconhecimento da homossexualidade como factor, na base do qual é ilegal discriminar, pode facilmente levar, se não de modo automático, à protecção legislativa e à promoção da homossexualidade. A homossexualidade de uma pessoa seria invocada em oposição a uma discriminação declarada e, assim, o exercício dos direitos seria defendido exactamente mediante a afirmação da condição homossexual, em vez de em termos de uma violação dos ...
Segundo o Talmude, tais eunucos se caracterizavam pelos modos frágeis e femininos. Clemente de Alexandria, um dos pais da Igreja (século II), reafirmou que a visão judaica sobre tais eunucos os associava a homens que naturalmente se afastavam das mulheres. Esse "afastar-se naturalmente das mulheres" não indica apenas a falta de libido puramente, mas indica a falta de libido POR MULHERES. O contexto da fala de Jesus é o casamento heterossexual. O Novo Testamento judaico (Editora Vida) se refere aos eunucos de nascença como homens que nasceram sem o desejo deste casamento, ou seja, entre homem e mulher. Parece-me bastante claro que os eunucos do sol também incluíssem os homossexuais, ou melhor, se refiram a eles já que estes são bem mais numerosos que homens congenitamente incapazes. Sendo assim, a homossexualidade torna-se inata e isenta de pecado. Sabe-se que a homossexualidade pode ter vários fatores em sua constituição, porém, a experiência dos homossexuais a situam ainda na ...
Especialistas contestaram seus argumentos nesta terça (13).. Autoridades, médicos e movimentos de defesa de grupos homossexuais no Chile pediram ao secretário de estado do Vaticano, Tarcisio Bertone, que prove as ligações da homossexualidade com a pedofilia, como afirmou na véspera em Santiago.. Eu não tenho essa opinião, gostaria de conhecer os estudos científicos que ele diz ter. Tenho uma grande estima pelo Cardeal Bertone, mas tenho a sensação que neste caso ele está equivocado, afirmou o senador democrata-cristão Patricio Walker.. Estudei o tema, não sou psiquiatra, mas advogado. No entanto, já apresentei muitos projetos contra a pedofilia, que agora viraram lei. A pedofilia é um transtorno mental de caráter sexual que afeta tanto homossexuais como heterossexuais, comentou.. Essa ligação foi desacertada. O celibato causa mais danos a um ser humano que a condição de homossexualidade, opção tomada livremente. Estou constrangido com as palavras deste alto dignatário ...
Isso tem implicações enormes. Significa que todo esse debate sobre a questão de se a homossexualidade é algo que já nasce com o individuo, ou é resultado de como você foi criado, na verdade, não importa no final. O que importa não é como você recebeu sua orientação, mas o que você faz com ela. Alguns defensores da homossexualidade anseiam em provar que seus genes, e não sua criação, é que determinam se você é homossexual, porque então o comportamento homossexual seria normal e correto. Mas essa conclusão não se segue de jeito algum. Só porque você é geneticamente pré-disposto a algum comportamento, não significa que tal comportamento é moralmente correto. Para exemplificar, alguns pesquisadores suspeitam que haja um gene que predispõe algumas pessoas ao alcoolismo. Isso significa que é correto para as pessoas com tal pré-disposição ir em frente e beber e se tornar um alcoólico? Óbvio que não! Se serve para qualquer coisa, serve para alertá-lo que deve se ...
Para a militância LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transexuais), tal opinião contribui para o preconceito e a negação do homossexualismo tanto pela pessoa quanto pela família, ao postular que existe cura. "Esse tratamento é charlatanismo, pois tanto OMS quanto o Conselho Internacional de Psiquiatria declaram que o homossexualismo não é doença nem transtorno mental. Mesma coisa dizer que vai curar a Aids", fala Igo. "O sofrimento vem da pessoa não aceitar sua condição, não viver bem consigo mesma. Os homossexuais sofrem ainda mais por conta de profissionais como essa senhora e de religiosos que dizem que isso é pecado. Essa postura contribui para que cada vez mais pessoas não saiam do armário", continua. ...
As carreiras diplomáticas foram vistas, durante muitos anos, como acolhendo mais homossexuais do que outras profissões. Sem preocupações estatísticas, mas a avaliar apenas pelos casos que conheço, tenho hoje a ideia de foi sempre demasiado exagerada essa perceção pública ou, provavelmente, um certo estilo mais cosmopolita de vida terá conduzido os colegas de profissão com essa orientação sexual a serem menos preocupados em ocultarem as suas tendências. Mas já vai muito longe o tempo em que se considerava que a homossexualidade de um diplomata o expunha a chantagens e, de certo modo, podia convertê-lo num risco de segurança. O que não significa que a homossexualidade não possa ainda tornar-se num "caso" diplomático, como se verificou recentemente, com a não aceitação pela Santa Sé de um embaixador francês casado com outro homem. Mas, nesta circunstância, a questão religiosa, onde a evolução no tratamento do tema tem sido mais lenta, é a razão de ser ...
Qual é o principal problema desses óbices? Cria-se um "padrão" não definido na relação entre o psicólogo e a homossexualidade. Esses dois trechos são tão estupidamente subjetivos que se torna possível enquadrar um profissional - e puni-lo - com base no simples achismo, na mera opinião de um eventual adversário. Abrem-se as portas para a caça às bruxas. Digam-me cá: um psicólogo que resolvesse, sei lá, recomendar a abstinência sexual a um compulsivo (homo ou hétero) como forma de livrá-lo da infelicidade - já que as compulsões, segundo sei, tornam infelizes as pessoas -, poderia ou não ser enquadrado nesse texto? Um adversário intelectual não poderia acusá-lo de estar propondo "a cura"? Podemos ir mais longe: não se conhecem - ou o Conselho Federal já descobriu e não contou pra ninguém? - as causas da homossexualidade. Se um profissional chega a uma determinada terapia que homossexuais, voluntariamente, queiram experimentar, será o conselho a impedir? Com base em ...
Portanto, faz-se necessário a partir do momento que uma pessoa entre em contato com os seus desejos mais profundos e perceba uma orientação para a sua homossexualidade, que busque informações a cerca do assunto com profissionais competentes (por competência entendo aqueles que agem guiados pelo conhecimento e pela sabedoria e não pautados no pré-conceito e na opinião) para que o ajude nesse processo de descoberta e desenvolvimento sexual. Essa busca de conhecimento e autoconhecimento deverá se feita através do contato com o saber acumulado de geração em geração (existem ótimas bibliografias) e também através do contato com os próprios sentimentos, pois estas duas diretrizes levarão o homossexual, quase que naturalmente, ao tripé necessário a sua realização pessoal: assumir, aceitar e administrar a sua homossexualidade. E com isso livrando-se da hipocrisia que assola nossa sociedade dita pós-moderna em algumas direções e tão retrógrada em outras, pois força a ...
O assunto é espinhoso para as igrejas. O homossexualismo é condenado em versículos de Levítico, contrariando a lei mosaica. Reforçando isso, o apóstolo Paulo em diversas epístolas afirma o caráter pecaminoso do comportamento homossexual. Os católicos romanos, com sua doutrina aristotélico-tomista, na qual o sexo só tem sentido de ser caso objetive a reprodução, não admitem o homossexualismo há bastante tempo. No entanto, o espraiamento de uma teologia liberal em alguns segmentos protestantes e a secularização cada vez maior nos países desenvolvidos têm influenciado o posicionamento das igrejas em relação ao assunto ...
A. BÊNÇÃO DOS CASAIS DO MESMO SEXO - É o celibato única opção para os gays e lésbicas se desejarem ser cristãos? Aqui as vozes dos bispos são claramente sim e não. Podemos identificar alguns padrões de conduta sexual para gays e lésbicas que pudessem ser considerados santos? Mais uma vez, as vozes são contraditórias em suas respostas. Nesta questão não há uma concordância á vista. Portanto, procuramos só descrever os pontos de vista conflitantes.. Há claramente membros dedicados de nossa Igreja, inclusive os que têm sido escolhidos para ser nossos bispos, que consideram a homossexualidade, quando expressa em conduta humana, não só pecaminosa e errônea, mas também não-natural. Eles apontam para a interdependência dos órgãos sexuais masculinos e femininos, para o pa-pel necessário de ambos os sexos para a reprodução e concluem que uma orientação sexual direcionada para o seu próprio gênero viola a ordem criada. E sugerem que, visto que a homossexualidade, na ...
A cassação de Rozângela, que atende no centro do Rio, foi pedida por associações gays e endossado por 71 psicólogos de diferentes conselhos regionais.. Segundo Rozângela, que já foi condenada a censura pública no conselho regional do Rio no final de 2007, "o movimento pró-homossexualismo tem feito alianças com conselhos de psicologia e quer implantar a ditadura gay no país".. "É por isso que o conselho de psicologia, numa aliança, porque tem muito ativista gay dentro do conselho de psicologia, criou uma resolução para perseguir profissionais", afirma.. No Rio, Rozângela participa do Movimento Pela Sexualidade Sadia, conhecido como Moses, ligado a igrejas evangélicas.. A almoxarife Cláudia Machado, 34, diz que recebeu de Rozângela a apostila "Saindo da homossexualidade para a heterossexualidade", que prega meios para a mudança de orientação sexual. "Hoje vivo a minha homossexualidade tranquila, essa história de cura não existe, o que houve foi um condicionamento. Reprimi ...
No entanto mãe de 11 de dezembro de 2012, podes sim adentrar no universo íntimo de teu filho. Ignorar não é a melhor forma de enfrentar a situação. Deves primeiro conquistar verdadeiramente a confiança de teu filho, a ponto do mesmo poder se abir contigo a respeito de sua homossexualidade. Após esse contata tão necessário, é preciso mostrar, de forma sutil, porém decidida, as consequências de suas escolhas para o presente e futuro. Aconselho a não adentrar no campo religioso, apesar de crucial, num primeiro momento tal abordagem é motivo de desconfiança, revolta e quebra de laços de afetividade. O mais importante é não abandonar o jovem nessa situação a própria sorte e como bem diz o anônimo de 22 de dezembro de 2012, a oração pode muito em seus efeitos, principalmente de uma mãe que não quer ver um filho seu se autodestruir no mundo da promiscuidade e aberração sexual. Apesar de não me considerar livre do homossexualismo (já faz dez anos que não faço sexo com ...
No entanto mãe de 11 de dezembro de 2012, podes sim adentrar no universo íntimo de teu filho. Ignorar não é a melhor forma de enfrentar a situação. Deves primeiro conquistar verdadeiramente a confiança de teu filho, a ponto do mesmo poder se abir contigo a respeito de sua homossexualidade. Após esse contata tão necessário, é preciso mostrar, de forma sutil, porém decidida, as consequências de suas escolhas para o presente e futuro. Aconselho a não adentrar no campo religioso, apesar de crucial, num primeiro momento tal abordagem é motivo de desconfiança, revolta e quebra de laços de afetividade. O mais importante é não abandonar o jovem nessa situação a própria sorte e como bem diz o anônimo de 22 de dezembro de 2012, a oração pode muito em seus efeitos, principalmente de uma mãe que não quer ver um filho seu se autodestruir no mundo da promiscuidade e aberração sexual. Apesar de não me considerar livre do homossexualismo (já faz dez anos que não faço sexo com ...
Mesmo que todo mundo nos diga que a homo e a bissexualidade são naturais, é difícil muitas vezes aceitar isso. Parei para refletir sobre o porquê desse nosso desconforto com essa questão e cheguei a algumas conclusões.. A primeira coisa é que existe uma hipocrisia muito grande em relação a "aceitar" de fato a homossexualidade na sociedade. É politicamente correto dizer: "eu não tenho preconceito contra gays, desde que não deem cima de mim". Amigo ou amiga, desculpem, mas ninguém vai sair por aí te agarrando, tá? Um heterossexual sai por aí agarrando qualquer pessoa? Desde que seja uma pessoa "normal", não.. Outra prova de desmascarar o preconceito é ouvir gente dizendo que beijo gay em novela não pode. "Há crianças assistindo", é o que muitos dizem. Os pais julgam que um beijo gay vai influenciar os filhos a fazer igual. Ou seja, esse "fazer igual" denota um extremo preconceito. Com essa atitude, é fato que essa pessoa não julga a homossexualidade algo "normal". Se a ...
O conselho questionou o argumento de Campos ao dizer que os trechos da resolução qualificam a atuação do profissional e coíbem o surgimento das "terapias de reversão", que propõem a cura da homossexualidade. "Essa resolução é um marco e representa um obstáculo concreto ao avanço das terapias de reversão", disse a vice-presidente do conselho, Clara Goldman, para quem o tratamento "carece de justificativa científica e é eticamente inaceitável". "Existem grupos que dizem que a orientação sexual pode ser revertida. Mas funcionam ao arrepio da resolução. No momento em que parte da resolução cair, não haverá obstáculos éticos e técnicos para o avanço dessas terapias e das propostas de cura da homossexualidade ...
Não dominarão o mundo. Na verdade ninguém domina. Quer dizer, quem domina é a diversidade. E que existão heteros e gays e bi. Garotas, quem é bi não sai catando todo mundo. Ser bi quer dizer que você pode curtir ambos os sexos, apenas isso. Dizem que não existe bissexualidade, mas isso é lorata. Se existem hetero e homo porque não pode existir o bi. Eu sou gay, mas ás vezes é tão gostoso ficar com garotas. Esses dias eu catei a Selena Gomez (A garota é ideêntica rrsrsrs). Viva a diversidade sexual. E por favor, arrumem o título do post. Substituam homossexualismo, que denota doença, por homossexualidade, que denota vida sexual, ou homoafetividade, que denota afeto sexual entre pessoas de mesmo sexo.Fica mais bonito. Você é muito criativa. Beijos. ...
Um texto interessante que fala sobre a homossexualidade no Espiritismo. É meio grande, mas vale a pena ler! Toda paixão que aproxima o homem da natureza animal o distancia da natureza espiritual.Paixão é todo excesso, abuso da vontade.O homem poderia sempre vencer suas más tendências pelos seus próprios esforços, porém é a vontade que lhe falta.O meio mais eficaz de se combater a predominância da natureza corporal sobre a espiritual é praticando a abnegação de si mesmo.(o livro dos espíritos, questões:908,909 e 912).Tudo me é permitido, mas nem tudo me é lícito; nem tudo me convém.(Paulo, cap.5,v:12). Homossexualidade. Obrigado Pai celestial, obrigado Jesus - governador deste orbe. É gratificante e consolador entender a justiça divina realizada através do processo das vidas sucessivas - a reencarnação. O rabino, Jesus de Nazaré, veio encarnado a 2000 anos atrás para nos mostrar e ensinar as variadas formas de expressar o Amor a Deus e ao próximo como a nós mesmos, ...
HOMOSSEXUALIDADE TENDÊNCIA A TRABALHAR OU A SUBLIMAR ? (*). Homossexualidade designa as relações de homens e mulheres que sentem atração sexual, exclusiva ou predominantemente, por pessoas do mesmo sexo. Situação complexa quer na explicação da sua origem, quer na aceitação de suas conseqüências psíquicas e sociais. Desde 1960…
Há notícias que me deixam indignado, e esta que transcrevo de seguida é uma delas, mas consegue indignar-me duplamente... Pela posição do Vaticano e pela hipocrisia de ver o meu país apoiar a iniciativa, mas cá dentro, não abolir a discriminação de que actualmente somos alvo. Fica então a notícia e que cada um tire as suas conclusões:. A posição do Vaticano foi hoje divulgada pela Ecclesia - Agência de Notícias da Igreja Católica em Portugal, segundo a qual a Santa Sé manifestou o seu apreço em relação ao apelo deixado por 66 países pedindo a despenalização universal da homossexualidade, posição assumida num comunicado, publicado pelo sítio oficial do Vaticano. Na quinta-feira, 66 países, incluindo Portugal, apelaram a que as Nações Unidas (ONU) aprovem a despenalização universal da homossexualidade. O apelo tem como base o princípio da universalidade dos Direitos Humanos, consagrados na Declaração Universal que este ano completa sessenta anos e que ...
Este post é dedicado a todos os cientistas e pesquisadores [da homossexualidade] que ao longo do seu trabalho, provaram que a homossexualidade é genética. Para os que são do contra [fanáticos religiosos] seria bom estudarem e se destacarem no mundo da ciência como estes heróis abaixo: Obs: Para saber mais sobre o pesquisador, clique no…
Artigo sobre a Homossexualidade no reino animal, qual o comportamento de alguns animais acerca da homossexualidade, entre outras informações.
A polêmica declaração foi contextualizada dentro do discurso de que a homossexualidade não é escolha: "Na perspectiva da fé, quando a gente olha para a homossexualidade, a gente não pode dizer que é opção. Opção é uma coisa que livremente você escolhe, e orientação ninguém escolhe […] Escolha será a maneira como você vai viver a sua orientação, se de uma forma digna, ética, ou de uma forma promíscua. Mas, promiscuidade pode se viver em qualquer uma das orientações que se tem", pontuou. ...
A homossexualidade, tal como toda as suas vertentes de gêneros, não podem vir a ser qualificada como doença, por, até o momento, não se conhecer danos que a homossexualidade causa à saúde do…
Defendendo os direitos de pacientes e de terapeutas de lidar com a questão da homossexualidade segundo o respeito á ética da liberdade e da autonomia individuais. ...
A homossexualidade é uma ilha cercada de preconceitos e ignorância por todos os lados. Qual a ideia as pessoas que se opõem a homossexualidade fazem dela.
Encontre frases de Homossexualidade. Com estas frases você saberá um pouco mais sobre Homossexualidade, através de pensamentos e das mais conhecidas e interessantes citações.
O anúncio foi feito a pedido da Igreja evangélica Casa de Oração e traz citações bíblicas, entre elas uma do livro de Levítico contrárias ao homossexualismo. O pastor da igreja, Antônio Hernandes Lopes, disse que o outdoor foi posto para "denunciar o pecado da homossexualidade ...
Não deveria ser surpresa alguma o fato dos estudos apurarem que as crianças que são educadas em ambientes homossexuais são elas mesmas mais susceptíveis de se envolverem em comportamentos homossexuais. (16,9,17) visto que pesquisas levadas a cabo de modo extensivo em todo o mundo, revelam que o homossexualismo é primariamente induzido pelo ambiente. De modo específico, fatores sociais e/ou familiares, bem como ambientes permissivos que afirmam o homossexualismo como normal, desempenham um papel fulcral no desenvolvimento do comportamento homossexual. (18,19,20,21). Não há qualquer dúvida que a sexualidade humana é fluída e moldável (22); levemos em conta a Grécia antiga e Roma antiga - entre outras civilizações antigas - onde o homossexualismo masculino e o bissexualismo eram ubíquos. Isto não era o resultado do "gene homossexual" mas sim do fato da sexualidade ser maleável e socialmente influenciável ...
Juliana Bormio de Sousa[1]tação. A homossexualidade está longe de ser novidade - acompanha toda a história da humanidade, estando presente nas mais diversas civilizações e culturas. No entanto, embora notória sua existência desde os primórdios, a homossexualidade nunca foi pacificamente aceita, mas apenas tolerada.. A Igreja sempre repreendeu a homossexualidade, tendo sido grande e notória a perseguição aos homossexuais pelo Tribunal da Santa Inquisição. O assunto gera confabulações nas mais variadas áreas do saber humano. Na ciência médica a homossexualidade já foi vista como doença que afetava as faculdades mentais do indivíduo, contagiosa e decorrente de defeitos genéticos. A Classificação Internacional das Doenças (CID) indicava que o homossexualismo era um desvio ou transtorno sexual. Com o passar dos anos o sufixo "ismo", indicativo de doença, deu lugar ao sufixo "idade", que indica modo de ser. No campo da Genética busca-se comprovar a existência de um gene ...
Há quem eleve esta obra como sendo a primeira obra a abordar o tema da homossexualidade na literatura portuguesa. Outros preferem fazer apontar para o facto que o tema em destaque é a crítica à pedofilia e que a obra de Mário de Sá-Carneiro "A Confissão de Lúcio", escrita mais de 20 anos depois, é que é a primeira a incluir o tema da homossexual objetivamente. É uma discussão com pontos de validade para ambas as reivindicações. Por um lado é um facto de que o tema da homossexualidade está presente no Barão de Lavos; acontece que no século XIX a homossexualidade era indissociável da pederastia e da pedofilia, uma das razões pela qual era fortemente criticada e perseguida. Por outro lado a obra é uma crítica à homossexualidade em si, vista como uma doença patológica e uma degeneração do individuo que só pode ter como fim a sua própria destruição. É, no fundo, uma obra que trata o tema sob o ponto de vista de um objetor da homossexualidade e que a ...