O ásaro (Asarum europaeum), é uma planta medicinal da família das Aristolochiaceae. É uma planta rasteira de até 15 cm de altura, que forma colônias nos bosques. As folhas são grandes e de cor verde-escura,com forma aproximada de um rim humano. Suas flores são solitárias, vermelhas ou esverdeadas. Toda a planta exala um cheiro semelhante ao da terebentina e tem um sabor picante e nauseante. O principal habitat desta planta é nos bosques de árvores frondosas da Europa. Toda a planta contém asarina, um poderoso irritante das mucosas digestivas, óleo essencial, taninos, resinas e flavonoides. É indicado para provocar vômito em casos de intoxicação, induzir diarreias para purgar o gado e eliminar muco nasal através de espirros. Apesar de ser também expectorante e diurético, seu uso vem sendo evitado, pois em doses altas se torna abortivo e provoca hemorragia gástrica ou intestinal. A planta fresca é mais irritante que a seca. É usado desde a antiguidade romana. Plínio, o ...
A Aristolochia gigantea pertencente a família botânica Aristolochiaceae é uma bela espécie trepadeira muito vigorosa e de flores nada convencionais. No Brasil ficou conhecida por diversos nomes populares diferentes, Papo-de-peru, Aristolóquia, Cipó-mil-homens, Jarra-açu, Jarrinha, Mil-homens, Papo-de-peru-babada ou Papo-de-peru-grande. Originária da América do Sul, a bela trepadeira possui caule volúvel, lenhoso e ramificado, com casca espessa e sulcada. Suas folhas são simples, verdes, glabras, de disposição alternada e formato de coração, com nervuras marcadas ...
A erva-bicha (Aristolochia longa) é uma espécie botânica pertencente ao género Aristolochia e à família aristolochiaceae. Esta planta que tem como nomes comuns os de Erva-bicha, estrelamim, ou Aristolóquia, é em muitos casos considerada como uma infestante.. Esta planta distribui-se principalmente pela Europa Ocidental e Mediterrânica Planta Vivaz, com caules de 20 a 80 cm, grosso e erecto, apresenta folhas cordiformes-triangulares, obtusas e emarginadas. As plantas desta família contêm um composto toxico chamado ácido aristolóquico, que era dado às mulheres para expulsarem a placenta, em vitude disso muitas mulheres morreram. Também há quem afirme que este ácido possa curar mordeduras de serpentes, ou feridas, em virtude do mesmo aumentar a produção de globulos brancos, acelerando assim o processo de cura. Cancerígena. Beliz, J. Malato - Catalgo das Plantas Infestantes das Searas de Trigo- Lisboa 1978 Portal da ...
Para chegar a este modelo, os pesquisadores combinaram proteínas brilhantes de Renilla reniformis com proteínas fluorescentes coletadas de medusas e corais. O resultado do experimento foi uma proteína capaz de produzir uma luz até 20 vezes mais poderosa do que as proteínas brilhantes convencionais, conforme informado pelo jornal Japan Times ...
O Grupo Bimbo É a maior companhia de alimentos no México e líder indiscutível de panificação no país, assim como em vários países da América Latina.
Alguns sorotipos de E. coli, são simbiontes e compõem a microbiota intestinal normal, porém outras linhagens podem ser potenciais patógenos.