Composto tóxico, isolado da mosca espanhola ou de besouro formador de bolhas (Lytta (Cantharis vesicatoria) e outros insetos. É um inibidor potente e específico das fosfatases de proteína 1 (PP1) e 2A (PP2A). Este composto pode produzir inflamação severa na pele e é extremamente tóxico se ingerido oralmente.
INSETOS (ordem Coleoptera) compreendem mais de 350.000 espécies em 150 famílias. Possuem corpos duros e suas estruturas bucais estão adaptadas para a mastigação.
Inibidor específico da proteína fosfosserina/treonina fosfatase 1 e 2a. É também um importante promotor tumoral.
Grupo de enzimas que removem os grupos fosfato ligados a SERINA ou TREONINA de uma vasta amplitude de fosfoproteínas, incluindo inumeras enzimas que foram fosforiladas sob a ação de uma quinase (Tradução livre do original: Enzyme Nomenclature, 1992).
União sexual entre macho e fêmea em espécie não humana.
Proteínas mais abundantes no veneno da NAJA; são polipeptídeos básicos de 57 a 62 aminoácidos com quatro pontes dissulfetos e massa molecular menor que 7.000. Causam contratura dos músculos esqueléticos e cardíacos, interferem na transmissão neuromuscular e ganglionar, despolarizam as membranas de nervos, músculos e de eritrócitos causando hemólise.

A cantaridina é uma substância tóxica derivada do besouro Cantharis vesicatoria, também conhecido como "besouro-canário" ou "vespa-d'água". Tradicionalmente, esta substância tem sido utilizada em medicina popular para tratar diversas condições, incluindo a doença de Reiter e o prurido. No entanto, seu uso clínico é bastante limitado devido aos seus efeitos adversos graves e potencialmente perigosos.

A cantaridina possui propriedades rubefacientes, vesicantes e irritantes, o que significa que pode causar vermelhidão, inflamação e bolhas na pele ao ser aplicada. Estes efeitos são devidos à ativação dos receptores de dor e inflamação no corpo. Além disso, a cantaridina também pode ser absorvida pelo organismo e causar sintomas sistêmicos, como náuseas, vômitos, diarréia, aumento da frequência cardíaca e insuficiência renal, quando ingerida ou aplicada em grandes quantidades ou em áreas extensas de pele.

Devido aos seus efeitos adversos graves e à falta de evidências sólidas sobre sua eficácia terapêutica, o uso da cantaridina é desencorajado pela maioria das autoridades reguladoras de saúde, incluindo a Food and Drug Administration (FDA) dos Estados Unidos. Em vez disso, são preferidos tratamentos alternativos e mais seguros para as condições que historicamente eram tratadas com cantaridina.

"Besouro" não é um termo médico. Ele se refere a um tipo específico de inseto, geralmente da ordem Coleoptera, que inclui uma variedade de espécies com exoesqueletos duros e cascos protetores. Alguns besouros podem ser considerados pragas em certas situações, como o besouro-da-farinha, enquanto outros podem ter importância ecológica ou mesmo serem utilizados em benefício humano, como o besouro-de-Saint-Gilles. Não há nenhuma condição médica ou doença conhecida que seja especificamente associada a besouros.

O ácido okadáico é um composto orgânico que pertence à classe dos ácidos grasos poliinsaturados. Ele possui 30 átomos de carbono e cinco ligações duplas conjugadas, o que lhe confere propriedades tóxicas. É produzido naturalmente por algumas espécies de microalgas e dinoflagelados, podendo acumular-se em organismos aquáticos que se alimentam deles, como ostras e peixes. A intoxicação alimentar causada pelo ácido okadáico é conhecida como síndrome diarréica paralítica (SDP) ou intoxicação por fitotoxinas marinhas, caracterizada por sintomas gastrointestinais severos e, em casos graves, pode levar a insuficiência renal e morte.

Fosfoproteínas fosfatases (PPP) são enzimas que desfosforilam outras proteínas, removendo grupos fosfato ligados a resíduos de aminoácidos específicos. Este processo regula uma variedade de funções celulares, incluindo sinalização celular, transcrição genética, tradução e controle do ciclo celular. As fosfoproteínas fosfatases desempenham um papel importante na manutenção do equilíbrio entre a fosforilação e a desfosforilação de proteínas, o que é crucial para a regulação adequada das vias bioquímicas nas células.

Existem várias classes e tipos diferentes de fosfoproteínas fosfatases, cada uma com suas próprias especificidades substrato e funções regulatórias. Algumas dessas enzimas estão envolvidas em processos fisiológicos normais, enquanto outras podem contribuir para doenças ou desordens quando sua atividade está alterada. Por exemplo, a disregulação da atividade de fosfoproteínas fosfatases tem sido associada a várias condições patológicas, como câncer, diabetes e doenças neurodegenerativas.

Em resumo, as fosfoproteínas fosfatases são enzimas que desempenham um papel crucial na regulação de diversas vias bioquímicas nas células ao remover grupos fosfato de outras proteínas. Sua atividade está frequentemente associada a processos fisiológicos normais, mas também pode contribuir para doenças quando sua regulação está alterada.

Em termos médicos, a copulação refere-se ao ato sexual entre dois indivíduos, geralmente realizado com o objetivo de reprodução ou prazer sexual. Durante a relação sexual, os órgãos genitais dos parceiros se encontram, permitindo a transferência de espermatozoides da pessoa masculina para a feminina. Este contato pode levar ao orgasmo em ambos os parceiros, resultando em sensações intensas de prazer. Além disso, a copulação também desempenha um papel importante na ligação emocional e afetiva entre as pessoas envolvidas. No entanto, é importante ressaltar que a atividade sexual deve ser praticada com consentimento mútuo, respeitando as preferências e limites de cada indivíduo, e tomando medidas para prevenir doenças sexualmente transmissíveis e gravidezes indesejadas.

As proteínas cardiotóxicas de elapídeos, também conhecidas como proteínas básicas de veneno de serpente, pertencem a uma classe de proteínas encontradas no veneno de algumas espécies de serpentes da família Elapidae, que inclui cobras e taipans. Essas proteínas são capazes de se ligar às membranas musculares cardíacas e interromper a função normal do coração, levando à parada cardíaca e morte.

A cardiotoxicidade dessas proteínas é atribuída à sua capacidade de se inserir na membrana celular e formar canais iônicos que alteram o fluxo de íons, particularmente cálcio, através da membrana. Isso leva a contrações cardíacas descoordenadas e anormalidades elétricas no coração, resultando em insuficiência cardíaca aguda.

A proteína cardiotóxica de elapídeos mais conhecida é a 3FTx (Three-Finger Toxin), que possui três dedos distintos na sua estrutura e pode ser subdividida em vários subtipos, incluindo as proteínas cardiovascularmente ativas, como a crotoxina e a calciseptina.

A compreensão dos mecanismos de ação das proteínas cardiotóxicas de elapídeos é importante para o desenvolvimento de antivenenos e terapias específicas para tratar envenenamentos por serpentes dessa família.

Historicamente, a cantaridina fora reputada como afrodisíaco, provavelmente induzido pela observação de congestão pélvica e ... Os élitros desta espécie são particularmente ricos em cantaridina, substância que é utilizada para preparar a cantárida, um ... Intoxicação por Cantaridina». Consultado em 5 de junho de 2022 Lytta vesicatoria - Biodiversity Heritage Library - Bibliografia ...
O líquido amarelo que segregam como defesa, rico em cantaridina, é fortemente vesicante, produzindo bolhas na pele humana por ... Como ocorre com outros grupos da família Meloidae, estes escaravelhos produzem cantaridina, um terpenóide tóxico capaz de matar ... Sua secreção cáustica contém 25% de cantaridina. Também chamados de burrinho-da-batatinha e cantárida-do-brasil. Epicauta ... rico em cantaridina, que em contacto com a pele humana causa irritação cutânea com formação de bolhas. A forma adulta alimenta- ...
... "cantaridina". Seu epíteto específico, por sua vez, deriva do latim magister, que significa 'professor', 'mestre'. Os adultos ...
... "cantaridina". Seu epíteto específico, por sua vez, deriva do latim aenea, que significa 'feito de bronze', em referência à ...
Muitos membros da família são atraídos pela cantaridina, que parecem acumular e que impedem possíveis predadores. Sinônimos da ...
Alguns insectos, como a cantárida, secretam substâncias cáusticas para a pele humana (no caso, a cantaridina). Também a seiva ...
... libera uma substância chamada cantaridina que, em contato com a pele humana, produz bolhas. Se um animal maior comê-lo, será ...
Cantaridina é um composto venenoso que provoca a formação de bolhas cutâneas quando em contacto com a pele da maioria dos ... Um preparado rico em cantaridina, conhecido pela designação tradicional de cantárida (em inglês "Spanish fly"), era feito com ... Neste preparado, também vendido como afrodisíaco, a cantaridina é o principal composto activo, sendo o produto quase ... A família caracteriza-se por conter numerosas espécies que segregam cantaridina, um composto corrosivo e vesicante, como ...
Os coleópteros deste género são ricos em cantaridina, uma substância tóxica e vesicante muito usada na medicina tradicional ...
... como a cantaridina produzida por insectos, são também agentes vesicantes. A furanocoumarina, outra substância de ocorrência ...
... os besouros machos de Neopyrochroa flabellata secretam pelas glândulas anteriores uma substância rica em cantaridina ( C 10 H ...
... por arsênico ou cantaridina. O presidente Chávez, no entanto, afirmou que continuava a acreditar na hipótese de assassinato. Em ...
Historicamente, a cantaridina fora reputada como afrodisíaco, provavelmente induzido pela observação de congestão pélvica e ... Os élitros desta espécie são particularmente ricos em cantaridina, substância que é utilizada para preparar a cantárida, um ... Intoxicação por Cantaridina». Consultado em 5 de junho de 2022 Lytta vesicatoria - Biodiversity Heritage Library - Bibliografia ...
Nomes de medicamentos: genérico e comercial - Aprenda sobre causas, sintomas, diagnóstico e tratamento nos Manuais MSD - Versão Saúde para a Família.
Cantaridina - Conceito preferido Identificador do conceito. M0003285. Nota de escopo. Composto tóxico, isolado da mosca ...
Int J Pharm ; 535(1-2): 180-193, 2018 Jan 15. ...
Outras op es para aplica o t pica s o o cido salic lico, o hidr xido de pot ssio, a tretino na e a cantaridina, entre outros. ...
A cantaridina tópica (Ycanth) foi aprovada como o primeiro tratamento específico para o molusco contagioso1, anunciou a Food ... O novo tratamento é uma combinação de medicamento-dispositivo que contém uma formulação de solução de cantaridina (0,7%), ...
A aplicação de citostáticos, sendo os mais usados o podofilino, a cantaridina e o 5-fluoruracilo, medicamentos que impedem a ...
Cantaridas use Cantaridina Cantaridina Cantaxantina Cantharidinum Cantharis vesicatoria Canulação use Cateterismo Canyon ...
Cantaridas use Cantaridina Cantaridina Cantaxantina Cantharidinum Cantharis vesicatoria Canto Canto Animal use Vocalização ...
Cantaridas use Cantaridina Cantaridina Cantaxantina Cantharidinum Cantharis vesicatoria Canulação use Cateterismo Canyon ...
Cantaridas use Cantaridina Cantaridina Cantaxantina Cantharidinum Cantharis vesicatoria Canulação use Cateterismo Canyon ...
Cantaridas use Cantaridina Cantaridina Cantaxantina Cantharidinum Cantharis vesicatoria Canto Canto Animal use Vocalização ...
Cantaridas use Cantaridina Cantaridina Cantaxantina Cantharidinum Cantharis vesicatoria Canulação use Cateterismo Canyon ...
Cantaridas use Cantaridina Cantaridina Cantaxantina Cantharidinum Cantharis vesicatoria Canulação use Cateterismo Canyon ...
Cantaridas use Cantaridina Cantaridina Cantaxantina Cantharidinum Cantharis vesicatoria Canulação use Cateterismo Canyon ...
Cantaridas use Cantaridina Cantaridina Cantaxantina Cantharidinum Cantharis vesicatoria Canto Canto Animal use Vocalização ...
Se a cantaridina entrar em contato com a córnea, pode causar cicatrização. A cantaridina deve ser lavada com água e sabão em 6 ... A cantaridina não é recomendada para a face ou perto dos olhos, pois a formação de bolhas é imprevisível; se entrar em contato ... A cantaridina é efetiva e segura, mas pode causar bolhas. Aplica-se 1 gota diretamente na lesão causada pelo molusco. Áreas que ... Menos de 15 lesões devem ser tratadas em uma sessão, porque pode ocorrer infecção após a aplicação da cantaridina. Os pais ...
Cantaridas use Cantaridina Cantaridina Cantaxantina Cantharidinum Cantharis vesicatoria Canto Canto Animal use Vocalização ...
Cantaridina - Esse agente vesicante tópico causa irritações ou bolhas que podem ajudar a remover as verrugas. Uma metanálise ...
Cantaridas use Cantaridina Cantaridina Cantaxantina Cantharidinum Cantharis vesicatoria Canulação use Cateterismo Canyon ...
Cantaridas use Cantaridina Cantaridina Cantaxantina Cantharidinum Cantharis vesicatoria Canulação use Cateterismo Canyon ...
Cantaridas use Cantaridina Cantaridina Cantaxantina Cantharidinum Cantharis vesicatoria Canto Canto Animal use Vocalização ...
Cantaridas use Cantaridina Cantaridina Cantaxantina Cantharidinum Cantharis vesicatoria Canto Canto Animal use Vocalização ...
Cantaridas use Cantaridina Cantaridina Cantaxantina Cantharidinum Cantharis vesicatoria Canulação use Cateterismo Canyon ...
Cantaridas use Cantaridina Cantaridina Cantaxantina Cantharidinum Cantharis vesicatoria Canulação use Cateterismo Canyon ...

No FAQ disponível com os "cantaridina"