Glucosamine is a natural compound found in the body, often used as a dietary supplement for treating osteoarthritis by helping to repair and regenerate cartilage tissue.
Derivado N-acetil da glucosamina.
Ácido Vanilmandélico (VMA) é um metabólito da catecolamina, normalmente usado como marcador na urina para avaliar a função da medula adrenal e detectar doenças relacionadas ao sistema nervoso simpático, como feocromocitoma.
Ácido homovanílico (HVA) é um metabólito urinário que é produzido durante o processamento da dopamina no cérebro, e sua medição pode ser usada como um biomarcador para avaliar a função dopaminérgica em estudos clínicos e de pesquisa.
Trabalhos que contêm artigos de informação em assuntos em todo campo de conhecimento, normalmente organizado em ordem alfabética, ou um trabalho semelhante limitado a um campo especial ou assunto.
Peptidoglicano é um polímero macromolecular composto por peptídeos e açúcares que forma a parede celular em bactérias, fornecendo suporte estrutural e proteção contra a pressão osmótica.
Camada mais externa de uma célula na maioria das PLANTAS, BACTÉRIAS, FUNGOS e ALGAS. Geralmente é uma estrutura rígida externa à MEMBRANA CELULAR, e oferece uma barreira protetora contra agentes físicos e químicos.
Derivados do ácido fenilacético. Sob este descritor está incluída uma ampla variedade de formas de ácidos, sais, ésteres e amidas que contêm a estrutura do ácido benzenoacético. Note-se que esta classe de compostos não deve ser confundida com os derivados do fenilacetato, que contêm o éster FENOL do ÁCIDO ACÉTICO.
Serviços da NATIONAL LIBRARY OF MEDICINE para profissionais e usuários da área da saúde. Integra extensa informação do National Institutes of Health e de outras fontes de informações sobre determinadas doenças e anormalidades.

Glucosamine é um composto natural encontrado em grande parte no corpo humano, especialmente nos tecidos conjuntivos como cartilagens, tendões e ligamentos. É um importante constituinte da matriz extracelular e desempenha um papel crucial na formação e reparo dos tecidos conjuntivos.

A glucosamina é frequentemente utilizada em suplementos dietéticos e medicamentos para tratar doenças ortopédicas, como a osteoartrose (doença degenerativa das articulações), pois se acredita que possa ajudar a reduzir a dor articular e melhorar a mobilidade. Embora existam algumas evidências de seu efeito benéfico no alívio da dor articular, os resultados dos estudos clínicos são inconsistentes e ainda é necessário realizar mais pesquisas para confirmar sua eficácia e segurança.

A glucosamina pode ser derivada de fontes naturais, como o exoesqueleto de crustáceos (como camarões e lagostas), ou produzida em laboratório por síntese química. A forma mais comumente utilizada nos suplementos é a glucosamina sulfato ou a glucosamina cloridrato.

Embora geralmente considerada segura quando usada em doses recomendadas, a glucosamina pode causar efeitos secundários leves, como náuseas, diarréia, constipação ou erupções cutâneas. Além disso, as pessoas com alergias a crustáceos devem evitar os suplementos derivados dessas fontes. Antes de começar a tomar qualquer suplemento contendo glucosamina, é recomendável consultar um médico ou farmacêutico para obter conselhos sobre sua segurança e eficácia.

A acetilglucosamina é um monossacarídeo derivado da glucose, que se apresenta na forma de N-acetil-D-glicosamina em soluções fisiológicas. É um componente fundamental dos glicanos e proteoglicanos, estruturas complexas formadas por carboidratos que desempenham funções importantes em diversos processos biológicos, como a adesão celular, reconhecimento de moléculas e sinalização celular.

A acetilglucosamina é um açúcar hexosa com uma estrutura química que inclui um grupo acetilo (-COCH3) ligado ao nitrogênio do anel de furanose da molécula. Essa modificação confere à acetilglucosamina propriedades únicas, como a capacidade de formar ligações glicosídicas com outras moléculas de açúcar e proteínas, o que é fundamental para a formação de estruturas complexas de carboidratos.

Em resumo, a acetilglucosamina é um importante componente dos glicanos e proteoglicanos, desempenhando funções essenciais em diversos processos biológicos. Sua estrutura química única permite que ela seja usada como um bloco de construção para a formação de complexas estruturas de carboidratos envolvidas em uma variedade de funções celulares importantes.

O Ácido Vanilmandélico (VMA) é um metabólito da epinefrina (adrenalina) e norepinefrina (noradrenalina), hormônios do sistema nervoso simpático e do sistema endócrino. É o principal metabólito excretado na urina após a quebra dos catecolaminas no fígado e rins.

A medição da concentração de VMA na urina é uma forma comumente usada para avaliar a função da glândula adrenal e o equilíbrio dos hormônios catecolaminas no corpo. É particularmente útil no diagnóstico e monitoramento do tratamento de tumores que produzem excesso de catecolaminas, como o feocromocitoma, um tipo raro de tumor da glândula adrenal.

Em resumo, o Ácido Vanilmandélico é uma substância química importante usada na avaliação médica para diagnosticar e monitorar certas condições relacionadas ao sistema nervoso simpático e à glândula adrenal.

O ácido homovanílico (HVA) é um metabolito da dopamina, um neurotransmissor importante no cérebro. A dopamina é quebrada down em HVA como parte do processo normal de seu metabolismo. O nível de HVA no líquido cerebrospinal ou urina pode ser medido para avaliar a atividade da dopamina no cérebro, o que pode ser útil no diagnóstico e monitoramento de condições como doença de Parkinson e transtornos mentais.

'Enciclopedias as a Subject' não é uma definição médica em si, mas sim um tema ou assunto relacionado ao campo das enciclopédias e referências gerais. No entanto, em um sentido mais amplo, podemos dizer que esta área se concentra no estudo e catalogação de conhecimento geral contido em diferentes enciclopédias, cobrindo uma variedade de tópicos, incluindo ciências médicas e saúde.

Uma definição médica relevante para este assunto seria 'Medical Encyclopedias', que se referem a enciclopédias especializadas no campo da medicina e saúde. Essas obras de referência contêm artigos detalhados sobre diferentes aspectos da medicina, como doenças, procedimentos diagnósticos, tratamentos, termos médicos, anatomia humana, história da medicina, e biografias de profissionais médicos importantes. Algumas enciclopédias médicas são direcionadas a um público especializado, como médicos e estudantes de medicina, enquanto outras são destinadas ao grande público leigo interessado em conhecimentos sobre saúde e cuidados médicos.

Exemplos notáveis de enciclopédias médicas incluem a 'Encyclopedia of Medical Devices and Instrumentation', 'The Merck Manual of Diagnosis and Therapy', ' tabulae anatomicae' de Vesalius, e a 'Gray's Anatomy'. Essas obras desempenharam um papel importante no avanço do conhecimento médico, fornecendo uma base sólida para o estudo e prática da medicina.

Peptidoglicano é um tipo específico de polímero presente nas paredes celulares de bactérias. É composto por longas cadeias de aminoácidos e açúcares, formando uma estrutura reticulada resistente que fornece suporte e proteção à célula bacteriana.

A parte proteica do peptidoglicano é derivada de pequenos péptidos cruzados, enquanto a parte sacarídea é composta principalmente por N-acetilglucosamina (GlcNAc) e ácido N-acetilmurâmico (MurNAc). Estes açúcares estão ligados entre si por ligações glicosídicas, formando longas cadeias lineares.

A estrutura do peptidoglicano varia entre diferentes espécies bacterianas, mas geralmente inclui uma camada densa e rígida na parede celular gram-positiva e uma camada mais fina e flexível em bactérias gram-negativas.

Devido à sua importância estrutural e unicidade em bactérias, o peptidoglicano é um alvo importante para muitos antibióticos, como a penicilina, que interferem no processo de síntese da parede celular bacteriana.

Na biologia celular, a parede celular é uma estrutura rígida e porosa que serve de proteção a muitos tipos de células, especialmente as encontradas em plantas, fungos e bacterias. Ela se localiza imediatamente fora da membrana plasmática e desempenha diversas funções importantes, como dar suporte estrutural à célula, protegê-la de lesões mecânicas, regular seu crescimento e divisão, e participar do reconhecimento e sinalização celular.

A composição da parede celular varia consideravelmente entre diferentes grupos de organismos. Por exemplo, a parede celular das plantas é composta principalmente por celulose, um polissacarídeo complexo formado por unidades de glicose, enquanto que as bactérias gram-positivas possuem uma parede celular rica em peptidoglicano, um polímero hibrido de açúcares e aminoácidos. Já as bactérias gram-negativas apresentam uma parede celular mais fina e complexa, contendo duas membranas externas e uma camada intermediária de peptidoglicano.

Em fungos, a parede celular é composta por diversos polissacarídeos, como a quitina, o manano e o β-glucano, que lhe conferem rigidez e proteção. Além disso, a composição da parede celular pode variar entre diferentes espécies de fungos e em diferentes estágios do seu ciclo de vida.

Em resumo, a parede celular é uma estrutura fundamental para a integridade e funcionamento das células de diversos organismos, sendo sua composição e propriedades únicas a cada grupo.

Na medicina, fenilacetatos referem-se a um grupo de compostos orgânicos que contêm um grupo funcional fenilacetato. Este grupo é derivado do ácido fenilacético e consiste em um grupo carboxila (-COOH) unido a um anel benzênico (fenil).

Embora os compostos fenilacetatos tenham vários usos industriais, um deles, o fenilacetato de sódio, é às vezes usado no tratamento de intoxicação por salicilatos (por exemplo, overdoses de ácido acetilsalicílico ou aspirina). O fenilacetato de sódio age ao combinar-se com a glicina no corpo para formar um composto chamado fenilacetilglicina, que pode então ser excretado na urina. Isso ajuda a remover o excesso de salicilatos do corpo e ajudar a prevenir danos aos órgãos.

É importante notar que os fenilacetatos não são usados como tratamento de primeira linha para intoxicação por salicilatos e sua utilização é geralmente reservada para casos graves ou em combinação com outros tratamentos. Além disso, o uso de fenilacetatos em medicina requer cuidadosa monitorização médica, pois eles também podem causar efeitos colaterais indesejáveis.

MedlinePlus é um serviço de informações de saúde online oferecido gratuitamente pela Biblioteca Nacional de Medicina dos Estados Unidos. Ele fornece informações confiáveis e imparciais sobre condições de saúde, sintomas, diagnósticos, tratamentos, ensaios clínicos, intervenções de saúde, medicamentos, produtos naturais e suplementos, novidades em saúde, assuntos relacionados a saúde da criança, saúde do idoso, saúde das mulheres e outros tópicos relevantes.

MedlinePlus é uma fonte confiável de informação sobre saúde porque seus conteúdos são revisados por especialistas em saúde e baseados em evidências científicas sólidas. Além disso, o serviço está disponível em vários idiomas, incluindo inglês e espanhol, e pode ser acessado gratuitamente via internet ou por meio de dispositivos móveis.

MedlinePlus também fornece acesso a recursos adicionais, como enciclopédias médicas, dicionários de termos médicos, gráficos anatômicos, vídeos educacionais e ferramentas interativas para ajudar os usuários a entender melhor sua saúde e tomar decisões informadas sobre seu cuidado.

É formado por dois tipos de açúcares (o ácido N-acetilmurâmico e a N-acetilglucosamina) e alguns aminoácidos. O peptidoglicano ... Estas cadeias são constituídas por resíduos alternados de N-acetilglucosamina e ácido N-acetilmurâmico associados por ligações ... acetilmurâmico e a N-acetilglucosamina na cadeia de glicano podem ser rompidas pela ação da lisozima, levando a bactéria à ...
... ácido N-acetilmurâmico e N-acetilglucosamina. É um constituinte estrutural da parede celular de procariontes. Outro exemplo são ...
A resistência é devida à alterações da estrutura do N-ácido acetilmuramico e N-acetilglucosamina, que nessa forma têm afinidade ... Ela bloqueia a incorporação no peptidoglicano das subunidades N-ácido acetilmuramico e N-acetilglucosamina, ao se ligar ...
Papel da O-glicosilação com N-acetil-glucosamina (O-GlcNAc) no influxo e recaptação de cálcio pelo retículo sarcoplasmático em ...
No peptidioglicano, o MurNAc está covalentemente ligado à N- acetilglucosamina, podendo se ligar a amina da L-alanina pela ... acetilglucosamina (GlcNAc) e do ácido N- acetilmurâmico (MurNAc). Essa estrutura em camadas é chamada de peptidoglicano. ...
Da mesma forma, a formação de cicatrizes gliais foi significativamente reduzida nos ratinhos de N-acetilglucosamina 6-O- ... No entanto, nos murganhos deficientes em N-acetilglucosamina 6-O-sulfotransferase-1, a expressão de sulfato de queratano ...
... acetilglucosamina). Este oligossacarídeo é transferido do doador de dolicol para certos resíduos de asparagina (para uma ...
A N-acetilglicosamina ou N-acetilglucosamina (GlcNAc ou NAG) ou, mais exatamente, N-acetil-D-glicosamina, é um derivado da ...
É formado por dois tipos de açúcares (o ácido N-acetilmurâmico e a N-acetilglucosamina) e alguns aminoácidos. O peptidoglicano ... Estas cadeias são constituídas por resíduos alternados de N-acetilglucosamina e ácido N-acetilmurâmico associados por ligações ... acetilmurâmico e a N-acetilglucosamina na cadeia de glicano podem ser rompidas pela ação da lisozima, levando a bactéria à ...
Seu teor de fibras compreende aproximadamente um terço de confetes (N-acetilglucosamina) e dois terços β-glucanos (1,3-glucano ...
Vitamina C oral enzimática complexada a peptídeos de colágeno marinho, ácido hialurônico e acetil glucosamina. Extraída das ...
A lisozima provoca a lise bacteriana através da quebra da ligação entre o ácido n-acetil-murâmico e o n-acetil-glucosamina na ...
... que normalmente hidrolisa 1-4 ligações entre resíduos de N-acetilglucosamina (GlcNAc) e D-glucuronato (GlcA) ...
Acetilglucosamina Acetilglucosaminidase Acetilmetadol use Acetato de Metadil Acetilmetadol alfa use Acetato de Metadil ...
Acetilglucosamina Acetilglucosaminidase Acetilmetadol use Acetato de Metadil Acetilmetadol alfa use Acetato de Metadil ...
Acetilglucosamina Acetilglucosaminidase Acetilmetadol use Acetato de Metadil Acetilmetilcarbinol use Acetoína Acetilmuramil- ...
Anti-inflamatório N-acetil glucosamina para tratamento de artrite. * Anti-inflamatório N-acetil D-glucosamina para tratamento ...
Acetilglucosamina - Conceito preferido Identificador do conceito. M0000189. Nota de escopo. Derivado N-acetil da glucosamina. ...
Acetilglucosamina Acetilglucosaminidase Acetilmetadol use Acetato de Metadil Acetilmetadol alfa use Acetato de Metadil ...
No caso, uma delas é o ácido glucurônico, enquanto a outra é o N-acetilglucosamina. ...

No FAQ disponível com os "acetilglucosamina"