A Tetraclorodibenzodioxina (TCDD) é um composto organoclorado altamente tóxico e persistente no ambiente. É a forma mais conhecida e uma das mais tóxicas de dioxinas. A TCDD é o resultado do processo de cloração industrial e da queima incompleta de resíduos sólidos ou líquidos contendo compostos orgânicos clorados, como os pesticidas policlorados bifenilos (PCBs).

A TCDD é classificada como um carcinógeno humano confirmado pelo Centro Internacional de Pesquisas sobre Câncer (CIRC) e pela Agência de Proteção Ambiental dos EUA (EPA). A exposição à TCDD pode causar uma variedade de efeitos adversos na saúde, incluindo dermatites, alterações no sistema imunológico, hormonal e reprodutivo, e aumento do risco de câncer.

A TCDD é absorvida pelo corpo através da ingestão de alimentos contaminados, especialmente carnes gordas, leite e peixes, bem como pela inalação de partículas contaminadas no ar ou exposição direta à pele. Uma vez no corpo, a TCDD é armazenada nos tecidos adiposos e pode permanecer lá por anos, aumentando a exposição ao longo do tempo.

Embora a exposição à TCDD seja geralmente baixa em populações gerais, grupos específicos podem ter níveis mais altos de exposição, como trabalhadores em indústrias que utilizam cloro e pessoas que vivem perto de incineradores ou outras fontes de poluição do ar. É importante minimizar a exposição à TCDD e outras dioxinas para reduzir os riscos para a saúde.