• Ao final, se apresenta um sistema de classificação ainda pouco difundido no Brasil: GOS, que é uma sistematização dos tipos de transtornos alimentares infantis e seus sintomas, baseada em achados de investigações. (bvsalud.org)
  • Várias alterações do apetite e perturbações da imagem corporal podem ocorrer nas crianças em idade escolar, embora os quadros mais típicos de transtornos alimentares sejam mais raros. (scielo.br)
  • Em seguida, é feita uma explanação acerca dos transtornos subclínicos que, apesar de serem de difícil detecção, também prescindem de um diagnóstico precoce. (bvsalud.org)
  • O modelo etiológico mais aceito atualmente para explicar a gênese e a manutenção dos transtornos alimentares é o modelo multifatorial que baseia-se na hipótese de que vários fatores biológicos, psicológicos e sociais estejam envolvidos, interrelacionando-se. (scielo.br)