• Estão presentes na superfície externa dos linfócitos T (células T) mas diferem, entretanto, das imunoglobulinas: Imunoglobulinas são tetrâmeros, formadas por quatro cadeias polipeptídicas (duas cadeias leve e duas cadeias pesadas) e possuem dois sítios de reconhecimento de antígeno. (wikipedia.org)
  • O receptor TCR convencional, ou TCR alfa/beta é expresso pela maioria dos linfócitos T e consiste de duas cadeias polipeptídicas glicosiladas (alfa e beta) mantidas juntas por ligações dissulfeto. (wikipedia.org)
  • Um segundo tipo de TCR, chamado de TCR gama/delta, é composto pelas respectivas cadeias polipeptídicas gama e delta, também associadas a CD3, todas na superfície externa de linfócitos T. As células T gama/delta CD4- CD8- reconhecem antígenos de maneira independente de MHC de classe I ou de classe II. (wikipedia.org)
  • Nesse órgão, os linfócitos T adquirem os receptores de membrana específicos CD4 ou CD8, além de um TCR, dos quais a maioria possuem cadeias αβ (95%) e alguns poucos cadeia γδ. (wikipedia.org)
  • Nos linfócitos B que exprimem imunoglobulinas de membrana e nos plasmócitos produtores de anticorpos, onde a síntese de cadeias leves é bastante ativa, um gene V é contíguo a um gene J : esta junção V-J resulta num rearranjo de seqüências de DNA correspondentes que se acompanha da deleção do fragmento inicialmente presente entre estas duas seqüências V e J ( figura 2 ). (imgt.org)
  • As células inflamatórias na glândula produzem interferon gama e outras citocinas, que induzem a expressão de novo, aberrante, de moléculas HLA da classe II sobre as células endócrinas. (ciencianews.com.br)
  • O receptor de células T (em inglês T-cell receptor, sigla TCR) é uma molécula encontrada na superfície das células T, ou linfócitos T, responsável pelo reconhecimento de fragmentos de antígeno como peptídeos ligados a moléculas do complexo principal de histocompatibilidade (MHC). (wikipedia.org)
  • A educação de células T, tornando-as aptas ao reconhecimento de moléculas MHC do próprio corpo (MHC próprio) ocorre no timo. (wikipedia.org)
  • Tais células T alfa/beta estão implicadas no reconhecimento de antígenos exógenos como peptídeos de microrganismos ligados a MHC de classe II e são, em sua maioria, T CD4+ auxiliadores. (wikipedia.org)
  • Tais células estão envolvidas no reconhecimento de proteínas induzidas por estresse por choque térmico (oriundas de bactérias ou de células autólogas) e também antígenos de micobactérias. (wikipedia.org)
  • A expressão de L-selectina, uma selectina, e de receptores de quimiocinas como CCR7, nos linfócitos virgens (ou seja, ainda não ativados com antígeno), permite o reconhecimento de adressinas expressas pelas células dos vasos sanguíneos em linfonodos (células das HEV). (wikipedia.org)
  • Essa ligação promove a migração da célula T para o parênquima do órgão, onde, na região paracortical, o contato com células apresentadoras de antígeno, permite que se inicie uma resposta imune a partir do reconhecimento de um antígeno. (wikipedia.org)
  • Na maior parte dos casos, essa detecção é feita por meio de um instrumento especializado no reconhecimento de antígenos nas células do sistema imune e através de um sistema complexo de "educação" cuja função é eliminar ou suprimir o reconhecimento de autoantígenos. (medicinanet.com.br)
  • A interação dos merozoítos com o eritrócito envolve o reconhecimento de receptores específicos. (blogspot.com)
  • Assim como as imunoglobulinas (Ig) ou anticorpos, são receptores antígeno-específicos essenciais para a resposta imune. (wikipedia.org)
  • Imunoglobulinas podem estar ancoradas na superfície dos linfócitos B (células B) ou secretadas nos fluídos corpóreos, principalmente no plasma sangüíneo. (wikipedia.org)
  • Os TCRs existem somente como proteínas ancoradas na superfície externa dos linfócitos T. Imunoglobulinas reconhecem antígenos solúveis e antígenos na sua forma nativa. (wikipedia.org)
  • A síntese das imunoglobulinas necessita dos rearranjos dos genes dos loci IGH, IGK e IGL durante a diferenciação dos linfócitos B. (imgt.org)
  • Amadurecem no timo, por isso se chamam linfócitos T. São originados a partir de linfoblastos na medula óssea, mesma célula que dá origem aos linfócitos B e linfócitos NK, e passam pela maturação no timo. (wikipedia.org)
  • Após a maturação no timo, os linfócitos são enviados para a circulação. (wikipedia.org)
  • Existem dois grupos principais de linfócitos: as células T (também chamadas de linfócitos derivados do timo ou linfócitos T) e as células B (também chamadas de linfócitos derivados da medula óssea ou linfócitos B). As células T e B constituem entre 80 e 95% dos linfócitos do sangue periférico. (medicinanet.com.br)
  • Caso contrário, as células T e os anticorpos atacariam constantemente as células autólogas, componentes dos tecidos ou até bactérias comensais. (medicinanet.com.br)
  • 1 Quando a tolerância imunológica não funciona, os anticorpos e as células sensibilizadas (reativas para antígenos) que são direcionadas contra autoantígenos provocam as doenças autoimunes [ver Tolerância imunológica e autoimunidade ]. (medicinanet.com.br)
  • A ligação de combinações de anticorpos monoclonais aos receptores de superfície é atualmente a técnica mais específica usada para identificar os principais subconjuntos destas células. (medicinanet.com.br)
  • Entre essas tecnologias, a imunoterapia antitumoral obteve progressos excepcionais, com destaque para a modalidade terapêutica fundamentada na produção de anticorpos monoclonais dirigidos contra receptores transmembrana. (biologiadocancer.com.br)
  • As células T gama/delta representam 1-10% dos linfócitos T periféricos maduros humanos, expressam a proteína CD3, mas não CD4 ou CD8. (wikipedia.org)
  • As células T reguladoras (Treg) são uma subpopulação de células T com desenvolvimento e função distintas, que expressam o fator de transcrição forkhead box P3 (FOXP3) e são indispensáveis para a manutenção da tolerância imunitária ao próprio e da homeostasia. (wikipedia.org)
  • As células T maduras expressam os receptores de células T alfa-beta (TCR-alfa-beta) ou gama-delta (TCR-gama-delta) num complexo com as proteínas CD3. (medicinanet.com.br)
  • Na imunidade inata, os glicolipídeos e macromoléculas com padrões repetidos que são únicas nos organismos infecciosos são identificadas pelos receptores de superfície de células presentes nos macrófagos, células dendríticas, exterminadoras naturais (natural killers - NK) e células T NK (NKT), assim como pelo sistema complemento. (medicinanet.com.br)
  • Para o P. falciparum , o principal receptor são as glicoforinas (glicoproteínas presentes no eritrócito) e para o P. vivax , a glicoproteína do grupo sanguíneo Duffy. (blogspot.com)
  • São capazes de estimular a resposta imune humoral através de ligação direta com linfócitos B, ativados através da expressão de MHC de classe II carregado com antígeno, que interagem com o TCR. (wikipedia.org)
  • (1-3) A característica principal da infecção pelo HIV é a progressiva destruição dos linfócitos T CD4 + , que possuem uma função crucial na resposta imune ao M. tuberculosis e no diagnóstico imunológico da TB. (scielo.br)
  • Na imunidade adquirida, os linfócitos usam receptores de antígeno muito específicos para identificar agentes infecciosos e outros antígenos, de forma direta ou quando processados pelas células apresentadoras de antígenos (CAP), como as células dendríticas. (medicinanet.com.br)
  • Os TCRs só reconhecem antígenos que tenham sido previamente processados em peptídeos, os quais têm que estar ligados a moléculas de MHC (complexo principal de histocompatibilidade), na superfície das células apresentadoras de antígenos ou APCs (macrófagos, monócitos, linfócitos B e células dendríticas). (wikipedia.org)
  • Ver artigo principal: Linfócito Os linfócitos são muito mais comuns no sistema linfático do que no sangue. (wikipedia.org)
  • O linfócito T citotóxico, CD8+, tem como função principal a eliminação de células infectadas por parasitas intracelulares, nominalmente os vírus. (wikipedia.org)
  • O TCR alfa/beta é por sua vez associado fisicamente (mas não por ligação covalente) a uma proteína chamada CD3, formando o complexo funcional TCR-CD3 na superfície dos linfócitos T. O TCR alfa/beta deve discriminar os diferentes peptídeos não-próprios apresendados pelas moléculas de MHC na superfície das APCs. (wikipedia.org)
  • O linfócito T auxiliar, CD4+, tem a função de coordenar a função de defesa imunológica contra vírus, bactérias e fungos, principalmente através da produção e liberação de citocinas e interleucinas. (wikipedia.org)
  • Entre os exemplos desses tipos de drogas destaca-se o Tamoxifeno que atua como modulador seletivo de receptores de estrogênio, hormônio importante para o desenvolvimento das células glandulares da mama, normais ou tumorais. (biologiadocancer.com.br)
  • Linfócitos T ou células T são um grupo de glóbulos brancos(leucócitos) responsáveis pela defesa do organismo contra agentes desconhecidos (antígenos). (wikipedia.org)
  • Linfócitos T ou células T são células do sistema imunológico e também um grupo de glóbulos brancos (leucócitos) responsáveis pela defesa do organismo contra agentes desconhecidos ( antígenos ). (wikipedia.org)
  • Essas categorias mais amplas podem ser divididas em cinco tipos principais: neutrófilos, eosinófilos, basófilos, linfócitos e monócitos,sendo que o primeiro e o último grupo são constituídos por células fagocíticas. (wikipedia.org)
  • E Suas Relações Em Mutisieae S.L. Uberlândia Filé De Peito De Frangos De Corte Submetido À Fundação de Ensino e Atmosfera Modificada E Radiação Gama Tecnologia de Alfenas Componentes Nutracêuticos No Leite De Vacas Mestiças Empresa Brasileira de Pesquisa Em Pastagens Tropicais Sob Lotação Rotacionada: Efeito Agropecuária - Centro Nacional Do Intervalo De Desfolha (Fixo Vs. Variável) E Da de Pesquisa Gado de Leite-Juiz Adubação Nitrogenada. (ptdocz.com)
  • cada grupo inclui vários subgrupos que podem ser diferenciados pela região constante dos seus receptores, por conjuntos específicos de marcadores de superfícies expressos de maneira desenvolvida, sua localização nos órgãos linfoides e sua função. (medicinanet.com.br)
  • Utilizou-se a equação y(t = (y0 -- q/k e-kt + q/k onde, y(t é a concentração isotópica no tempo desejado, y0 a concentração isotópica inicial existente no tecido , k é uma constante de troca isotópica com unidade 1/tempo, t é unidade de tempo e q é a taxa de entrada de metabólitos que contém carbono, com valores de delta‰/tempo. (worldwidescience.org)
  • A priori os mecanismos podem ser redundantes, no entanto existe uma gama de sutilezas entre a interação hospedeiro-parasita que define o estabelecimento ou não de doença. (docplayer.com.br)
  • Os genes que codificam esses antígenos estão localizados na região de diferença 1 do M. tuberculosis , M. africanum e M. bovis , mas estão ausentes no M. bovis (BCG) e na maioria das micobactérias do meio ambiente. (scielo.br)
  • uma família de células T de genes variáveis com apenas uma leve capacidade mais limitada. (medicinanet.com.br)
  • As células T alfa/beta CD8+ (aproximadamente 30% das células T alfa/beta) reconhecem peptídeos gerados por processamento endógeno e ligados a moléculas de MHC de classe I. São os chamados linfócitos T citotóxicos e responsáveis pela destruição de células infectadas e células cancerosas. (wikipedia.org)