• Kefalomax não deve ser usado por pacientes com histórico de reação alérgica a penicilinas, derivados da penicilina, penicilamina ou a outras cefalosporinas. (consultaremedios.com.br)
  • Antes de iniciar a terapia com Zinnat devem ser tomadas as precauções necessárias para verificar primeiramente se o paciente apresenta reações de hipersensibilidade às cefalosporinas, penicilinas e outras beta-lactamases. (medicinanet.com.br)
  • Keflaxina® é contraindicada a pacientes alérgicos às penicilinas, e a outros antibióticos betalactâmicos e às cefalosporinas. (medicinanet.com.br)
  • Antes de ser instituída a terapêutica com Keflaxina®, deve-se pesquisar cuidadosamente quanto a reações anteriores de hipersensibilidade às cefalosporinas e às penicilinas. (medicinanet.com.br)
  • Há alguma evidência clínica e laboratorial de alergenicidade cruzada parcial entre as penicilinas e as cefalosporinas. (medicinanet.com.br)
  • Foi relatada colite pseudomembranosa com praticamente todos os antibióticos de amplo espectro (incluindo os macrolídeos, penicilinas semissintéticas e cefalosporinas). (medicinanet.com.br)
  • As cefalosporinas diferem das penicilinas na estrutura do sistema bicíclico de anéis. (medicinanet.com.br)
  • O cefaclor é contra-indicado para uso por pacientes alérgicos às penicilinas, a qualquer componente da formulação, a outros antibióticos betalactâmicos (Ex: imipenem, aztreonam) e às cefalosporinas. (drconsulta.com)
  • Gerais: Antes de ser instituída a terapêutica com a cefalexina, devem-se pesquisar cuidadosamente reações prévias de hipersensibilidade às cefalosporinas e às penicilinas. (medicinanet.com.br)
  • Foram relatados casos de indivíduos com história de hipersensibilidade a penicilinas que apresentaram reações graves quando tratados com cefalosporinas. (drentrega.com.br)
  • Antes da terapia com penicilinas, deve ser feita pesquisa cuidadosa com relação a reações prévias de hipersensibilidade a penicilinas, cefalosporinas e outros alérgenos. (drentrega.com.br)
  • Policlavumoxil BD é contraindicado para pacientes com hipersensibilidade a betalactâmicos, como penicilinas e cefalosporinas. (medicinanet.com.br)
  • Antes de iniciar o tratamento com policlavumoxil BD, deve-se fazer uma pesquisa cuidadosa sobre reações prévias de hipersensibilidade a penicilinas e cefalosporinas ou a outros alérgenos. (medicinanet.com.br)
  • MAXCEF é contra-indicado para pacientes que tenham demonstrado reações prévias de hipersensibilidade a algum componente da formulação, a antibióticos da classe das cefalosporinas, a penicilinas ou a outros antibióticos beta-lactâmicos. (4medic.com.br)
  • Não é ativa contra a maioria das cepas 2 de Enterobacter spp, Morganella morganii e Proteus vulgaris. (med.br)
  • Infecções complicadas de pele e tecidos moles causadas por isolados sensíveis de Staphylococcus aureus (incluindo cepas resistentes à meticilina), Streptococcus pyogenes, Streptococcus agalactiae, Streptococcus anginosus (inclui S. anginosus, S. intermedius, e S. constellatus), Streptococcus dysgalactiae, Escherichia coli, Klebsiella pneumoniae, Klebsiella oxytoca e Morganella morganii. (buladeremedio.com.br)
  • A ligação à PLP 2 ocorre com afinidade significativamente mais alta do que com outras cefalosporinas parenterais, o que pode aumentar sua atividade antibacteriana. (med.br)
  • Os estafilocos meticilino-resistentes e a maioria das cepas 2 de enterococos (Enterococcus faecalis) são resistentes às cefalosporinas incluindo a Cefalexina . (med.br)
  • A cefepima tem amplo espectro de atividade contra grande variedade de bactérias Gram-positivas e Gram-negativas, incluindo a maioria das cepas 1 resistentes aos aminoglicosídeos ou às cefalosporinas de terceira geração. (med.br)
  • NOTA: A maioria das cepas 1 de enterococos, por exemplo Enterococcus faecalis, e estafilococos resistentes à metilcilina, são resistentes à maioria das cefalosporinas, inclusive à cefepima. (med.br)
  • Uni Cefalexin não deve ser usado por pacientes com histórico de reação alérgica a penicilinas, derivados da penicilina, penicilamina ou a outras cefalosporinas. (drconsulta.com)
  • Antes de iniciar o tratamento com cefalexina, verifique cuidadosamente se você já apresentou reações anteriores de hipersensibilidade (alergia) às cefalosporinas e às penicilinas. (drconsulta.com)
  • Informe ao seu médico se você já teve alguma reação alérgica a antibióticos do tipo das penicilinas ou cefalosporinas. (drconsulta.com)
  • Há evidências clínicas e laboratoriais que apontam que os pacientes que já são alérgicos às penicilinas e a outras drogas apresentem grande possibilidade de desencadear reação alérgica também as cefalosporinas como a cefalexina. (drconsulta.com)
  • Houve relatos sobre graves danos ao tecido do cólon intestinal (colite pseudomembranosa) com pacientes em tratamento com antibióticos de amplo espectro (ampla ação) incluindo as cefalosporinas como a cefalexina e outros antibióticos como os macrolídeos, penicilinas semissintéticas. (drconsulta.com)
  • Claforan não deve ser utilizado em casos de alergia ou intolerância às cefalosporinas e às penicilinas. (drconsulta.com)