Vocabulário: A soma ou a ação de palavras usadas por uma linguagem, um grupo ou um indivíduo.Vocabulário Controlado: Lista definida de termos com um significado fixo e inalterável, e da qual uma seleção é feita para a CATALOGAÇÃO, RESUMOS E INDEXAÇÃO, ou para pesquisa em LIVROS, REVISTAS COMO ASSUNTO e outros documentos. O controle tem a intenção de evitar a dispersão de assuntos relacionados entre DESCRITORES diferentes. A lista pode ser alterada ou estendida apenas pelo editor ou agência emissora. (Tradução livre do original: Harrod's Librarians' Glossary, 7th ed, p163)Desenvolvimento da Linguagem: A expansão gradual, em complexidade e significado, dos símbolos e sons conforme percebidos e interpretados pelo indivíduo através do processo de maturação e aprendizagem. Os estágios de desenvolvimento incluem o balbucio, o arrulho, a imitação de palavras com cognição e o uso de sentenças curtas.Linguagem Infantil: A linguagem e os sons utilizados pela criança em um determinado estágio de maturação.Unified Medical Language System: Programa de pesquisa e desenvolvimento iniciado pela NATIONAL LIBRARY OF MEDICINE para construir fontes de conhecimento para auxiliar o desenvolvimento de sistemas que ajudem aos profissionais da saúde a recuperar e integrar as informações biomédicas. As fontes do conhecimento podem ser utilizadas para integrar informações discrepantes para compensar os problemas de recuperação devidos a diferenças de terminologia e dispersão das informações relevantes nos diversos bancos de dados. As três fontes de conhecimento são: o Metathesaurus, o Semantic Network e o Specialist Lexicon.Terminologia como Assunto: Os termos, expressões, designações ou símbolos usados em uma ciência particular, disciplina ou área de assunto especializada.Descritores: Termos ou expressões que provêm os meios principais de acesso por assunto para a unidade bibliográfica.Testes de Linguagem: Testes projetados para avaliar o comportamento e as capacidades verbais. Incluem testes de vocabulário, compreensão, gramática e utilização prática da linguagem, como por exemplo, Development Sentence Scoring, Receptive-Expressive Emergent Language Scale, Parsons Language Sample, Utah Test of Language Development, Michigan Language Inventory and Verbal Language Development Scale, Illinois Test of Psycholinguistic Abilities, Northwestern Syntax Screening Test, Peabody Picture Vocabulary Test, Ammons Full-Range Picture Vocabulary Test, e Assessment of Children's Language Comprehension.Linguística: A ciência da linguagem, inclusive fonética, fonologia, morfologia, sintaxe, semântica, pragmática e linguística histórica.Transtornos do Desenvolvimento da Linguagem: Afecções caracterizadas por capacidade de linguagem (compreensão e expressão de fala e escrita) abaixo do nível esperado para uma determinada idade, geralmente na ausência de uma deficiência intelectual. Estas afecções podem estar associadas com SURDEZ, DOENÇAS CEREBRAIS, TRANSTORNOS MENTAIS ou fatores ambientais.Aprendizagem Verbal: Ato de aprender a responder verbalmente a um sinal de estímulo verbal.Multilinguismo: Habilidade para falar, ler ou escrever várias linguagens ou muitas linguagens com alguma facilidade. Bilinguismo é a forma mais comum.Semântica: As relações ente símbolos e seus significados.Processamento de Linguagem Natural: Processamento por computador de uma linguagem com regras que refletem e descrevem costumes atuais em lugar de costumes prescritos.Armazenamento e Recuperação da Informação: Atividades organizadas relacionadas com a estocagem, localização, busca e recuperação de informação.Registros Médicos Orientados a Problemas: Sistema de registro, no qual a lista dos problemas do paciente, todo o histórico, dados físicos, dados laboratoriais, etc. pertinente a cada problema é colocada sob este cabeçalho.Enfermagem: Campo da enfermagem voltado para a promoção, manutenção e restauração da saúde.Systematized Nomenclature of Medicine: Vocabulário controlado de termos clínicos produzido pelo International Health Terminology Standards Development Organisation (IHTSDO).Linguagem: Meio, verbal ou não verbal, de comunicar ideias ou sentimentos.Fala: Comunicação através de um sistema convencional de símbolos vocais.Resumos e Indexação como Assunto: Atividades realizadas para identificar conceitos e aspectos de informações e relatórios de pesquisa publicados.Sistemas de Informação em Laboratório Clínico: Sistemas de informação, normalmente assistidos por computador, projetados para armazenar, manipular e recuperar informações para planejamento, organização, direção e controle de atividades administrativas e clínicas associadas com a provisão e utilização de serviços de laboratórios clínicos.LeituraInterface Usuário-Computador: A parte de um programa de computador interativo que emite mensagens para um usuário e recebe comandos de um usuário.Integração de Sistemas: Procedimentos envolvidos em combinar módulos, componentes ou subsistemas desenvolvidos separadamente, de forma que eles trabalhem (juntamente) como um sistema completo.Comportamento Verbal: Inclui tanto a produção de palavras como as respostas a elas, sejam escritas ou faladas.National Library of Medicine (U.S.): Agência do NATIONAL INSTITUTES OF HEALTH (U.S.) envolvida com o planejamento global, promoção e administração de programas pertinentes ao avanço das ciências médicas e relacionadas. A maioria de suas atividades inclui a coleção, disseminação e troca de informação importante para o progresso da medicina e da saúde, pesquisa em informática médica e apoio para o desenvolvimento de biblioteca médica.Ontologias Biológicas: Vocabulário estruturado que descreve conceitos nas áreas da biologia e relações entre conceitos.Linguagem de Sinais: Sistema de gestos manuais utilizados para comunicação por surdos ou indivíduos falando diferentes línguas.Sistemas Computadorizados de Registros Médicos: Sistemas baseados em computadores para admissão, estoque, demonstração, recuperação e impressão de informação contida em um registro médico do paciente.Aplicação de Informática Médica: Sistemas automáticos aplicados ao processo de cuidados ao paciente, inclusive diagnose, terapia e sistemas de comunicação de dados médicos dentro do cenário de cuidados de saúde.Estudos de Linguagem: Habilidades no uso de linguagem que conduz a proficiência em comunicação escrita ou falada.MEDLINE: Principal base de dados bibliográficos da NATIONAL LIBRARY OF MEDICINE (U.S.). MEDLINE® (MEDLARS Online) é o principal subgrupo do PUBMED e pode ser encontrado no site NLM's Web no PubMed ou no NLM Gateway. As referências do MEDLINE são indexadas por MEDICAL SUBJECT HEADINGS (MeSH).Compreensão: Ato ou fato de captar o significado, natureza ou importância de [alguma coisa]; entendimento. (Tradução livre do original: American Heritage Dictionary, 4th ed). Inclui o entendimento, por um paciente (ou objeto de pesquisa), sobre informação fornecida oralmente ou por escrito.Internet: A confederação livre de redes de comunicação de computadores ao redor do mundo. As redes que compõem a Intenet são conectadas através de várias redes centrais. A internet proveio do projeto ARPAnet do governo norte-americano e foi projetada para facilitar a troca de informações.Surdez: Termo geral para perda completa da habilidade em ouvir por ambas as orelhas.Educação de Pessoas com Deficiência Auditiva: Ensino ou treinamento de indivíduos com dificuldade de audição ou deficiência auditiva.Sistemas de Gerenciamento de Base de Dados: Software planejado para armazenar, manipular, gerenciar e controlar dados para usos específicos.Transtornos da Linguagem: Afecções caracterizadas por deficiências da compreensão ou expressão das formas de linguagem escrita e falada. Incluem transtornos adquiridos e desenvolvidos.Redes de Comunicação de Computadores: Sistema que contém qualquer combinação de computadores, terminais de computador, impressoras, dispositivos de exibição auditivos ou visuais ou telefones interconectados por equipamento de telecomunicações ou cabos: usados para transmitir ou receber informação.Bases de Dados Factuais: Coleções extensivas, supostamente completas, de fatos e dados armazenados do material de uma área de assunto especializada posto à disposição para análise e aplicação. A coleção pode ser automatizada através de vários métodos contemporâneos para recuperação. O conceito deve ser diferenciado de BASES DE DADOS BIBLIOGRÁFICAS que é restringida a coleções de referências bibliográficas.Software: Programas e dados operacionais sequenciais que instruem o funcionamento de um computador digital.Medical Subject Headings: Dicionário de vocabulário controlado produzido pela NATIONAL LIBRARY OF MEDICINE. Consiste em conjuntos de termos chamados descritores (estruturados hierarquicamente) que permitem pesquisar em vários níveis de especificidade.Medida da Produção da Fala: Medida dos parâmetros da produção da fala, tais como timbre vocal, altura, entonação, qualidade da voz, articulação, ressonância, fonação, estrutura fonética e prosódia.Fonética: A ciência ou estudo dos sons da fala e a sua produção, transmissão, recepção e sua análise, classificação e transcrição.Dicionários MédicosAmerican Nurses' Association: Sociedade profissional que representa o campo da enfermagem.Informática Médica: O campo da ciência de informação preocupado com a análise e disseminação de dados médicos através da aplicação de computadores para vários aspectos dos cuidados de saúde e da medicina.Computação em Informática Médica: Operações matemáticas e lógicas de procedimentos exatos utilizadas no estudo de informação médica que pertence a cuidados de saúde.Gestos: Movimento de uma parte do corpo visando a comunicação.Linguagens de Programação: Linguagens específicas usadas para preparar programas de computador.Abreviaturas como Assunto: Formas encurtadas de palavras ou frases escritas usadas para abreviar.Desenvolvimento Infantil: Maturação sequencial contínua (fisiológica e psicológica) desde o nascimento de um indivíduo, mas não inclui a ADOLESCÊNCIA.Transtornos da Articulação: Transtornos na qualidade da fala caracterizados pela substituição, omissão, distorção e adição de fonemas.Sistemas de Informação: Grupo integrado de arquivos, procedimentos e equipamentos para o armazenamento, manipulação e recuperação de informações.Gestão da Informação: Gestão da aquisição, organização, armazenamento, recuperação e disseminação de informação. (Tradução livre do original: Thesaurus of ERIC Descriptors, 1994)Percepção da Fala: O processo pelo qual uma fala é decodificada em uma representação em termos de unidades linguísticas (sequencias de segmentos fonéticos que se combinam formando morfemas léxicos e gramaticais)Classificação: O arranjo sistemático de entidades em qualquer campo em classes de categorias baseado em características comuns como propriedades, morfologia, assunto ou tema, etc.Dicionários como Assunto: Listas de palavras, normalmente ordenadas alfabeticamente, informando a forma, pronuncia, etimologia, gramática e significados.Cognição: Processo intelectual ou mental por meio do qual um organismo obtém conhecimento.Bases de Dados Genéticas: Bases de dados destinadas ao conhecimento sobre genes e produtos gênicos específicos.Tradução: Conversão de uma linguagem para outra linguagem.Logical Observation Identifiers Names and Codes: Vocabulário da base de dados de identificadores universais para resultados de testes laboratoriais e clínicos. Seu objetivo é facilitar a troca e armazenamento de resultados referentes aos cuidados clínicos, resultados de tratamento e de pesquisa. É gerado pelo Instituto Regenstrief. (Tradução livre do original: LOINC and RELMA [Internet]. Indianapolis: The Regenstrief Institute; c1995-2001 [citado em 2002 Apr 2]. Disponível de http://www.regenstrief.org/loinc)Testes de Inteligência: Testes padronizados que medem a habilidade ou aptidão para realizar tarefas intelectuais em um determinado momento.Aptidão: Capacidade de adquirir conhecimentos ou habilidades gerais ou específicas.Antropologia: A ciência voltada para o estudo comparativo do homem.United States Agency for Healthcare Research and Quality: Agência do PUBLIC HEALTH SERVICE estabelecida em 1990 para prover indexação, resumo, tradução, publicação e outros serviços que resultem na disseminação mais rápida e eficiente de informação sobre pesquisa, projetos de demonstração e avaliações referentes à assistência à saúde para indivíduos e entidades (públicas e privadas) envolvidos na melhoria da divulgação da assistência à saúde. Ela substitui o National Center for Health Services Research. A United States Agency for Health Care Policy and Research foi renominada como Healthcare Research and Quality (AHRQ) sob o Healthcare Research and Quality Act, de 1999.Anatomia: Ramo da biologia que lida com a estrutura dos organismos.Redação: O ato ou prática de composição literária, a ocupação do escritor ou produção e ocupação em trabalho literário como uma profissão.Bases de Conhecimento: Coleções de fatos, suposições, opiniões e heurísticas que são usadas em combinação com bases de dados para atingir os resultados desejados, como um diagnóstico, uma interpretação, ou uma solução para um problema. (Tradução livre do original: McGraw Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 6th ed)Pessoas com Deficiência Auditiva: Pessoas com qualquer grau de perda de audição que tem um impacto em suas atividades de vida diárias ou que requerem ajuda especial ou intervenção.Documentação: Organização, armazenamento, recuperação e disseminação sistemáticas de informação especializada, em particular de natureza científica ou técnica (Tradução livre do original: de ALA Glossary of Library and Information Science, 1983). Envolve, com frequência, autenticação e validação da informação.Hospitais de Prática de Grupo: Hospitais organizados e controlados por um grupo de médicos que praticam juntos e prestam ajuda mútua.Escalas de Wechsler: Testes projetados para medir o funcionamento intelectual em crianças e adultos.Inteligência: Habilidade para aprender e manejar novas situações e desempenhar eficientemente tarefas que envolvam abstração.Dislexia: Transtorno cognitivo caracterizado pela capacidade deficiente em compreender palavras ou frases escritas e impressas, apesar da visão estar intacta. Esta afecção pode ser decorrente do desenvolvimento ou adquirida. A dislexia do desenvolvimento é marcada por realização de leitura que decai substancialmente abaixo do esperado, dada a idade cronológica do indivíduo, medida de inteligência e educação apropriada à idade. O distúrbio da leitura interfere significativamente com êxito acadêmico ou com atividades da vida diária que necessitam habilidades de leitura. (Tradução livre do original: DSM-IV)Mineração de Dados: Uso de ferramentas de análise sofisticada para classificar, organizar, examinar e combinar grandes conjuntos de informação.Implantes Cocleares: Dispositivos auditivos eletrônicos tipicamente usados em pacientes cuja função das orelhas externa e média é normal, mas a da orelha interna está comprometida. Na CÓCLEA, as células ciliadas (CÉLULAS CILIADAS VESTIBULARES) podem estar ausentes ou danificadas, porém há fibras nervosas residuais. O dispositivo estimula eletricamente o NERVO COCLEAR para criar sensação sonora.Biologia Computacional: Campo da biologia voltado para o desenvolvimento de técnicas para coleta e manipulação de dados biológicos e o uso desses dados para fazer descobertas ou predições biológicas. Este campo envolve todos os métodos e teorias computacionais para resolver problemas biológicos, inclusive a manipulação de modelos e de conjuntos de dados.Informação de Saúde ao Consumidor: Informação planejada para usuários potenciais de serviços médicos e assistência à saúde. Há uma ênfase nas condutas preventivas e de autocuidado, como informações para usuário e disseminação ampla a comunidade.Testes Neuropsicológicos: Testes projetados para a avaliação da função neurológica associada a certos comportamentos. São utilizados no diagnóstico de disfunção ou dano cerebral e dos transtornos ou lesões do sistema nervoso central.Intervenção Precoce (Educação): Procedimentos e programas que facilitam o desenvolvimento ou aquisição de habilidades nas crianças pequenas e crianças jovens que têm inaptidão, que correm o risco de desenvolver inaptidão ou que são talentosas. Inclui programas que são projetados para prevenir condições difíceis em programas centrados em crianças pequenas, crianças jovens e na família, projetados para afetar o funcionamento de crianças pequenas e crianças com necessidades especiais.Comunicação não Verbal: A transmissão de emoções, ideias e atitudes entre indivíduos, de maneiras outras que não através da linguagem falada.Registros de Enfermagem: Apontamentos feitos por enfermeiras relativos aos cuidados de enfermagem prestados ao paciente incluindo avaliação dos progressos deste.Hipermídia: Compilações computadorizadas de unidades de informações (texto, som, gráficos e/ou vídeo) interconectadas por encadeamentos lógicos não lineares que permitem que os usuários sigam ótimos caminhos através do material e também dos sistemas usados para criar e exibir esta informação.Bases de Dados como Assunto: Coleções organizadas de registros de computador, unificadas em formato e conteúdo que são armazenadas em qualquer de uma variedade de modos legíveis por computador. Eles são grupos básicos de dados dos quais são criados arquivos legíveis por computador.Evolução Cultural: O processo de desenvolvimento contínuo de uma cultura de formas simples a complexas e de qualidades homogêneas a heterogêneas.Inteligência Artificial: Teoria e desenvolvimento de SISTEMAS DE COMPUTAÇÃO que realizam tarefas que normalmente exigiriam a inteligência humana. Tais tarefas podem incluir reconhecimento de fala, APRENDIZAGEM, PERCEPÇÃO VISUAL, COMPUTAÇÃO MATEMÁTICA, raciocínio, RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS, TOMADA DE DECISÕES e tradução de idioma.Aprendizagem: Mudança de comportamento relativamente duradoura que resulta da experiência passada ou da prática. O conceito inclui a aquisição de conhecimento.Sistemas de Informação em Atendimento Ambulatorial: Sistemas de informação normalmente assistidos por computador projetados para armazenar, manipular e recuperar informações para planejar, organizar, dirigir e controlar atividades administrativas associadas com a provisão e utilização de serviços de cuidados de ambulatório e instalações.Algoritmos: Procedimento constituído por uma sequência de fórmulas algébricas e/ou passos lógicos para se calcular ou determinar uma dada tarefa.Distúrbios da Fala: Afecções adquiridas ou desenvolvidas, caracterizadas por habilidade deficiente em compreender ou gerar formas da linguagem falada.Terapia da Linguagem: Reabilitação de indivíduos com distúrbios de linguagem ou treinamento de crianças com distúrbios de desenvolvimento da linguagem.Psicolinguística: Disciplina voltada para as relações entre mensagens e as características dos indivíduos que as selecionam e as interpretam. Trata diretamente dos processos de codificação (fonética) e decodificação (psicoacústica) na medida em que eles relacionam a condição das mensagens à condição dos comunicadores.Estudos de Avaliação como Assunto: Estudos que determinam a efetividade ou o valor dos processos, pessoal e equipamento, ou o material na condução destes estudos. Para medicamentos e dispositivos estão disponíveis os ENSAIOS CLÍNICOS COMO ASSUNTO, AVALIAÇÃO DE MEDICAMENTOS e AVALIAÇÃO PRÉ-CLÍNICA DE MEDICAMENTOS.Estudos Longitudinais: Estudo no qual as variáveis relacionadas a um indivíduo ou grupo de indivíduos são acompanhadas por anos e com contato a intervalos regulares.PubMed: Base de dados bibliográficos que inclui o MEDLINE como seu principal subgrupo. É gerado pelo National Center for Biotechnology Information (NCBI), parte do NATIONAL LIBRARY OF MEDICINE. O PubMed, acessível pelo 'web site' da NLM, também permite acesso a citações adicionais em determinadas revistas científicas não incluídas no MEDLINE, assim como links para outras fontes, como textos completos de artigos nos Web sites das editoras participantes, base de dados em biologia molecular da NCBI e Central do PubMed.Patologia: Especialidade voltada para a natureza e causa das doenças, conforme observações de alterações na estrutura e/ou na função de células e tecidos causadas pelo processo patológico.Sistemas de Computação: Sistemas compostos de um computador ou computadores, equipamento periférico como discos, impressoras e terminais, e capacidade de telecomunicações.Individualidade: Aquelas características psicológicas que diferenciam os indivíduos entre si.Doença: Processo patológico definido com um quadro característico de sinais e sintomas. Pode afetar o corpo inteiro ou quaisquer de suas partes. Sua etiologia, patologia e prognóstico podem ser conhecidos ou desconhecidos.Gravação de Videodisco: A armazenagem de sinais visuais e normalmente sonoros em discos para posterior reprodução em uma tela de televisão ou monitor.MEDLARS: Armazenamento bibliográfico biomédico computadorizado e sistema de recuperação operados pela NATIONAL LIBRARY OF MEDICINE. O termo MEDLARS provém de Medical Literature Analysis and Retrieval System (Sistema de Análise e Recuperação da Literatura Médica), que foi introduzido pela primeira vez em 1964 e evolui para um sistema online em 1971, denominado MEDLINE (MEDLARS Online). Como outras bases de dados online foram desenvolvidas, MEDLARS tornou-se o nome para todo o sistema NLM de informações, enquanto MEDLINE é o nome da principal base de dados. O MEDLARS foi utilizado para gerar o primeiro Index Medicus Acumulativo impresso e o Index Medicus mensal até Dezembro de 2004 quando a publicação foi interrompida.Escolaridade: Período de frequência à escola ou nível de aprendizado adquirido.Tecnologia: A aplicação de conhecimento científico para propósitos práticos em qualquer campo. Inclui métodos, técnicas e instrumentação.Sistemas Especialistas: Programas de computador baseados em conhecimento desenvolvido de consultas com peritos em um problema, e o processamento e/ou formalização deste conhecimento usando estes programas de tal maneira que os problemas possam ser resolvidos.Gagueira: Distúrbio dos padrões normais de tempo e fluência da fala sendo inapropriado para a idade do indivíduo. Este distúrbio é caracterizado por repetições frequentes ou prolongações de sons ou sílabas. Vários outros tipos de disfluências de fala podem também estar envolvidos incluindo interjeições, palavras quebradas, bloqueio silencioso ou audível, circunlocuções, palavras produzidas com excesso de tensão física e repetições monossilábicas da palavra toda. A gagueira pode ocorrer como afecção do desenvolvimento na infância ou como transtorno adquirido que pode estar associado a INFARTOS CEREBRAIS e outras DOENÇAS CEREBRAIS. (Tradução livre do original: DSM-IV, 1994)Bases de Dados Bibliográficas: Coleções extensas, supostamente completas, de referências e citações para livros, artigos, publicações, etc., geralmente em um único assunto ou área especializada. Bases de dados podem operar através de arquivos automatizados, bibliotecas ou discos de computador. O conceito deve ser diferenciado de BASES DE DADOS FACTUAIS que é usado para coleções de dados e fatos à parte de referências bibliográficas para eles.Farmácia: Prática de compor e dispensar preparações medicinais.Anotação de Sequência Molecular: Adição de informação descritiva sobre a função ou estrutura de uma sequência molecular ao seu registro de DADOS DE SEQUÊNCIA MOLECULAR.Implante Coclear: Inserção cirúrgica de um dispositivo auditivo eletrônico (IMPLANTES COCLEARES) com os eletrodos no NERVO COCLEAR da orelha interna para criar uma sensação sonora em pacientes com fibras nervosas residuais.Registros Médicos: Registros de informações referentes às doenças dos pacientes.Modelos Teóricos: Representações teóricas que simulam o comportamento ou atividade dos sistemas, processos ou fenômenos. Eles incluem o uso de equações matemáticas, computadores e outros equipamentos eletrônicos.Transtornos Cognitivos: Distúrbios do processo mental relacionados com o aprendizado, pensamento, o raciocínio e o julgamento.Toxicogenética: Estudo dos conhecimentos genéticos existentes e geração de novos dados genéticos para compreender e, portanto, evitar TOXICIDADE DE DROGAS e os efeitos adversos de substâncias ambientais tóxicas.Navios: Largas embarcações impulsionadas por energia ou velas usadas para transporte em rios, mares, oceanos ou outras águas navegáveis. Barcos são embarcações menores impulsionadas por remos, pás, velas ou energia; eles podem ou não ter um convés.Auxiliares de Audição: Dispositivos utilizáveis para amplificar o som que se deseja para compensar a audição comprometida. Esses dispositivos genéricos incluem auxiliares para a condução aérea e auxiliares para a condução óssea (UMDNS, 1999).Processamento Automatizado de Dados: Processamento de dados em grande parte executados através de meios automáticos.Serviços de Informação: Serviços organizados para prover informação sobre qualquer questão que um indivíduo poderia ter usando bancos de dados e outras fontes.Sistemas em Linha: Sistemas onde os dados entrantes são inseridos no computador diretamente do ponto de origem (normalmente um terminal ou estação de trabalho) e/ou no qual são transmitidos dados de saída diretamente àquele ponto terminal de origem.Estados UnidosControle de Formulários e Registros: Função administrativa na qual padrões e diretrizes são desenvolvidos para o desenvolvimento, manutenção e manuseio de formulários e registros.Síndrome de Williams: Transtorno causado por microdeleção hemizigótica com cerca de 28 genes no cromossomo 7q11.23, envolvendo o gene ELASTINA. Entre as manifestações clínicas estão ESTENOSE AÓRTICA SUPRAVALVULAR, RETARDO MENTAL, faces de Elfo, capacidades construtivas visual e espacial deficientes e HIPERCALCEMIA transitória na infância. A afecção afeta ambos os sexos, e tem início ao nascimento ou na primeira infância.Fonoterapia: Tratamento para indivíduos com distúrbios da fala e que envolve aconselhamento e uso de vários exercícios e recursos auxiliares para o desenvolvimento de novos hábitos de fala.Dano Encefálico Crônico: Afecção caracterizada por disfunção ou dano encefálico de longa duração, geralmente com duração de três meses ou mais. Entre as etiologias potenciais estão: INFARTO ENCEFÁLICO, certos TRANSTORNOS NEURODEGENERATIVOS, TRAUMATISMOS CRANIOCEREBRAIS, ANÓXIA ENCEFÁLICA, ENCEFALITE, certas síndromes de NEUROTOXICIDADE, transtornos metabólicos (ver DOENÇAS ENCEFÁLICAS METABÓLICAS) e outras afecções.Prática (Psicologia): Realização de uma ação uma ou mais vezes, com vistas à sua fixação ou aperfeiçoamento; qualquer ação ou comportamento que leve à aprendizagem.Desenho de Programas de Computador: Especificações e instruções aplicadas aos programas de computador.Correção de Deficiência Auditiva: Procedimentos para corrigir TRANSTORNOS DA AUDIÇÃO.Fluxo de Trabalho: Descrição do padrão de funções ou procedimentos recorrentes frequentemente encontrado em processos organizacionais, como notificação, decisão e ação.Testes de Discriminação da Fala: Testes da habilidade de ouvir e entender a fala, determinada pela contagem do número de palavras em uma lista de palavras repetidas corretamente.Estireno: Líquido tóxico e incolor com forte odor aromático. É utilizado para fazer borrachas, polímeros e copolímero e plásticos poliestirenos.Relações Mãe-Filho: Interação entre uma mãe e seu filho.Memória: Função mental complexa que tem quatro fases distintas: (1) memorização ou aprendizagem, (2) retenção, (3) rememoração e (4) reconhecimento. Clinicamente, a memória é, em geral, subdividida em imediata, recente, e remota.Sistemas de Informação Hospitalar: Sistema integrado assistido por computador planejado para armazenar, manipular e recuperar informação relativa aos aspectos administrativos e clínicos do fornecimento de serviços médicos no hospital.Rememoração Mental: O processo através do qual uma representação da experiência passada é evocada.Logro: Aqueles fatores que levam um organismo a se comportar ou a agir de modo a atingir um objetivo ou alguma satisfação. Podem ser influenciados por impulsos psicológicos ou por estímulos externos.Modelos Psicológicos: Representações teóricas que simulam processos psicológicos e/ou sociais. Envolvem o uso de equações matemáticas, computadores e outros equipamentos eletrônicos.