Teoria da Mente: Habilidade de atribuir estados mentais (ex.: crenças, desejos, sentimentos, intenções, pensamentos etc.) para si e para os outros, permitindo que um indivíduo entenda e infira comportamento na base dos estados mentais. A diferença ou déficit na teoria da mente está associada com a SÍNDROME DE ASPERGER, TRANSTORNO AUTÍSTICO e ESQUIZOFRENIA etc.Teoria Psicológica: Princípios aplicados à análise e explicação dos fenômenos psicológicos ou comportamentais.Teoria de Enfermagem: Conceitos, definições e proposições aplicados ao estudo de vários fenômenos pertencentes à enfermagem e à pesquisa na enfermagem.Teoria da Informação: Estudo interdisciplinar que lida com a transmissão de mensagens ou sinais, ou a comunicação de informação. Teoria da informação não está diretamente ligada ao significado ou conteúdo, mas sim com as representações físicas que têm significado ou conteúdo. Coincide consideravelmente com teoria da comunicação e CIBERNÉTICA.Teoria Quântica: Teoria segundo a qual a emissão (radiation) e a absorção de energia ocorrem em quantidades variáveis [porém] definidas, chamadas quanta (E), [podendo] ser calculadas pela equação E=hv em que h é a constante de Planck e v a frequência da radiação.Teoria de Sistemas: Princípios, modelos, e leis que se aplicam a inter-relações complexas e interdependências de conjuntos de componentes ligados que formam um todo funcional, um sistema. Qualquer sistema pode ser composto de componentes que são sistemas em seu próprio contexto (subsistemas), como vários órgãos dentro de um organismo individual.Psicofisiologia: O estudo das bases fisiológicas do comportamento animal e humano.Teoria da Construção Pessoal: Teoria psicológica baseada nas dimensões ou categorias utilizadas por uma determinada pessoa para descrever ou explicar a personalidade ou o comportamento dos outros ou os próprios. A ideia básica é que pessoas diferentes utilizam-se de categorias consistentemente diferentes. A teoria foi formulada nos anos cinquenta por George Kelly. Dois testes elaborados por ele são o teste de repertório de constructos de papéis e o teste de grade de repertório.Teoria da Decisão: Técnica teórica que usa um grupo de conceitos relacionados para descrever ou predizer como os indivíduos ou grupos de pessoas escolhem um curso de ação quando se deparam com várias alternativas e com uma quantidade variável de conhecimento sobre o que determina o resultado daquelas alternativas.Teoria do Jogo: Construção teórica usada em matemática aplicada para analisar determinadas situações em que há uma interação entre as partes que podem ter interesses semelhantes, opostos ou mistos. Em um jogo típico, "jogadores" que tomam decisões, cada um com suas próprias metas, tentam ganhar vantagem sobre os outros jogadores antecipando a decisão do oponente. O jogo, finalmente é resolvido em consequência das decisões dos jogadores.Pensamento: Atividade mental, que não é predominantemente perceptiva, através da qual se apreende algum aspecto de um objeto ou situação com base no aprendizado e experiência anteriores.Modelos Teóricos: Representações teóricas que simulam o comportamento ou atividade dos sistemas, processos ou fenômenos. Eles incluem o uso de equações matemáticas, computadores e outros equipamentos eletrônicos.Modelos Biológicos: Representações teóricas que simulam o comportamento ou a actividade de processos biológicos ou doenças. Para modelos de doença em animais vivos, MODELOS ANIMAIS DE DOENÇAS está disponível. Modelos biológicos incluem o uso de equações matemáticas, computadores e outros equipamentos eletrônicos.Modelos Psicológicos: Representações teóricas que simulam processos psicológicos e/ou sociais. Envolvem o uso de equações matemáticas, computadores e outros equipamentos eletrônicos.Percepção Social: A percepção dos atributos, características e comportamentos dos próprios colegas ou grupo social.Teoria Ética: Conjunto filosoficamente coerente de proposições (por exemplo, utilitarismo) que tenta prover normas gerais para orientação e avaliação de conduta moral. (Tradução livre do original: Beauchamp and Childress, Principles of Biomedical Ethics, 4th ed)Relações Metafísicas Mente-Corpo: A relação entre a mente e o corpo em um contexto religioso, social, espiritual, comportamental e metafísico. Este conceito é significativo no campo da medicina alternativa. Difere do relacionamento entre processos fisiológicos e comportamento, onde a ênfase está na fisiologia do corpo (=PSICOFISIOLOGIA).Cognição: Processo intelectual ou mental por meio do qual um organismo obtém conhecimento.Evolução Biológica: Processo de alterações acumuladas ao longo de gerações sucessivas através das quais os organismos adquirem características morfológicas e fisiológicas distintas.Processos Mentais: As funções conceituais ou o pensamento em todas as suas formas.Comportamento Social: Qualquer comportamento que é causado por um outro indivíduo, ou que afeta outro indivíduo, em geral da mesma espécie.Filosofia: Amar ou perseguir a sabedoria. Uma busca das causas subjacentes e dos princípios da realidade.Simulação por Computador: Representação feita por computador de sistemas físicos e fenômenos como os processos químicos.História do Século XIX: Período de tempo a partir de 1801 até 1900 da era comum.Formação de Conceito: Processo cognitivo envolvendo a formação de ideias a partir da generalização do conhecimento que se tem sobre as qualidades, aspectos e relações dos objetos.Princípios Morais: Padrões de conduta que distinguem o certo do errado.História do Século XVII: Período de tempo a partir de 1601 até 1700 da era comum.Julgamento: O processo de descobrir ou afirmar uma relação objetiva ou intrínseca entre dois objetos ou conceitos; uma capacidade ou poder que permite que a pessoa realize julgamentos; o processo de esclarecer e afirmar o significado implícito de um conceito; uma avaliação crítica de uma pessoa ou situação.Emoções: Aqueles estados afetivos que podem ser experimentados e que têm a propriedade de excitar e motivar o indivíduo.Matemática: Estudo dedutivo de forma, quantidade e dependência. (Tradução livre do original: McGraw-Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 6th ed)Empatia: A compreensão profunda e objetiva dos sentimentos e do comportamento de outra pessoa. Deve ser diferenciada de simpatia, que é geralmente não objetiva e acrítica. Inclui o ato de se importar com o outro, que é uma demonstração de uma consciência e de preocupação com o bem-estar do outro. (Tradução livre do original: Bioethics Thesaurus, 1992)Adenosina Trifosfatases: Grupo de enzimas que catalisa a hidrólise de ATP. A reação de hidrólise é geralmente acoplada com outra função, como transporte de Ca(2+) através de uma membrana. Estas enzimas podem ser dependentes de Ca(2+), Mg(2+), ânions, H+ ou DNA.Encéfalo: A parte do SISTEMA NERVOSO CENTRAL contida no CRÂNIO. O encéfalo embrionário surge do TUBO NEURAL, sendo composto de três partes principais, incluindo o PROSENCÉFALO (cérebro anterior), o MESENCÉFALO (cérebro médio) e o ROMBENCÉFALO (cérebro posterior). O encéfalo desenvolvido consiste em CÉREBRO, CEREBELO e outras estruturas do TRONCO ENCEFÁLICO (MeSH). Conjunto de órgãos do sistema nervoso central que compreende o cérebro, o cerebelo, a protuberância anular (ou ponte de Varólio) e a medula oblonga, estando todos contidos na caixa craniana e protegidos pela meninges e pelo líquido cefalorraquidiano. É a maior massa de tecido nervoso do organismo e contém bilhões de células nervosas. Seu peso médio, em um adulto, é da ordem de 1.360 g, nos homens e 1.250 g nas mulheres. Embriologicamente, corresponde ao conjunto de prosencéfalo, mesencéfalo e rombencéfalo. Seu crescimento é rápido entre o quinto ano de vida e os vinte anos. Na velhice diminui de peso. Inglês: encephalon, brain. (Rey, L. 1999. Dicionário de Termos Técnicos de Medicina e Saúde, 2a. ed. Editora Guanabara Koogan S.A. Rio de Janeiro)Imaginação: Padrão novo de material perceptivo ou ideativo, originado na experiência passada.Neurociências: Disciplinas científicas interessadas na embriologia, anatomia, fisiologia, bioquímica, farmacologia, etc., do sistema nervoso.Neuropsicologia: Um ramo da psicologia que investiga a correlação entre a experiência ou o comportamento e os processos neurofisiológicos básicos. O termo neuropsicologia enfatiza o papel dominante do sistema nervoso. É uma área com uma definição mais restrita que a psicologia fisiológica ou psicofisiologia.Compreensão: Ato ou fato de captar o significado, natureza ou importância de [alguma coisa]; entendimento. (Tradução livre do original: American Heritage Dictionary, 4th ed). Inclui o entendimento, por um paciente (ou objeto de pesquisa), sobre informação fornecida oralmente ou por escrito.Apego ao Objeto: Apego emocional a uma pessoa ou objeto presente no ambiente.Imagem por Ressonância Magnética: Método não invasivo de demonstração da anatomia interna baseado no princípio de que os núcleos atômicos em um campo magnético forte absorvem pulsos de energia de radiofrequência e as emitem como ondas de rádio que podem ser reconstruídas nas imagens computadorizadas. O conceito inclui técnicas tomográficas do spin do próton.Modelos Químicos: Representações teóricas que simulam o comportamento ou a atividade de processos ou fenômenos químicos; compreende o uso de equações matemáticas, computadores e outros equipamentos eletrônicos.Relações Interpessoais: A interação recíproca de duas ou mais pessoas.Cultura: Expressão coletiva para todos os modelos de comportamento adquiridos e transmitidos socialmente através de símbolos. Cultura inclui costumes, tradições e linguagem.Filosofia MédicaComportamento: A resposta observável de uma pessoa ou de um animal frente a uma situação.Intenção: O que uma pessoa tenciona fazer ou provocar.Intuição: Conhecimento ou compreensão que ocorrem sem o uso consciente do raciocínio.Teoria da Probabilidade: A ramificação da matemática que lida com as propriedades puramente lógicas da probabilidade. Seus teoremas são o suporte da maioria dos métodos estatísticos.História do Século XVIII: Período de tempo a partir de 1701 até 1800 da era comum.Existencialismo: Filosofia baseada na análise da existência do indivíduo no mundo, a qual propõe que a existência humana não pode ser completamente descrita em termos científicos. O existencialismo também enfatiza a liberdade e responsabilidade do indivíduo, como caráter único das experiências religiosas e éticas e a análise de fenômenos subjetivos, como a ansiedade, culpa e sofrimento. (Tradução livre do original: APA, Thesaurus of Psychological Index Terms, 8th ed.)Tomada de Decisões: O processo de realizar um julgamento intelectual seletivo quando se é apresentado a várias alternativas complexas consistindo de diversas variáveis, e que geralmente leva à definição de um modo de agir ou de uma ideia.Aprendizagem: Mudança de comportamento relativamente duradoura que resulta da experiência passada ou da prática. O conceito inclui a aquisição de conhecimento.História do Século XVI: Período de tempo a partir de 1501 até 1600 da era comum.Atenção: Ato de focalizar certos aspectos da experiência atual e excluir outros. É o ato de levar em consideração, de notar ou de se concentrar.Teste de Realidade: A avaliação objetiva que o indivíduo faz do mundo externo e a capacidade em diferenciar adequadamente entre o mundo externo e o mundo interno; é considerado função primária do ego.Algoritmos: Procedimento constituído por uma sequência de fórmulas algébricas e/ou passos lógicos para se calcular ou determinar uma dada tarefa.Conscientização: O ato de levar em conta um objeto ou estado de coisas. Não implica em avaliação das qualidades ou da natureza do objeto, nem em atenção às mesmas.Modelos Neurológicos: Representações teóricas que simulam o comportamento ou a atividade dos sistemas, processos ou fenômenos neurológicos; inclui o uso de equações matemáticas, computadores, e outros equipamentos eletrônicos.Termodinâmica: Análise matemática rigorosa das relações [entre grandezas] energéticas (calor, trabalho, temperatura e equilíbrio). Descreve sistemas [e processos] cujos estados são caracterizados (determined) por parâmetros térmicos como a temperatura, além de parâmetros mecânicos e eletromagnéticos.Inteligência Emocional: Habilidade de entender e gerenciar emoções e de usar o conhecimento emocional para melhorar o pensamento e lidar efetivamente com desafios. Os componentes da inteligência emocional incluem empatia, automotivação, autoconhecimento, autorregulação e habilidade social. A inteligência emocional é uma medida da habilidade de alguém em se socializar ou se relacionar com os outros.Mapeamento Encefálico: Técnicas de imagem usadas para colocalizar os sítios das funções ou atividades fisiológicas do encéfalo com suas respectivas estruturas.Proteínas de Escherichia coli: Proteínas obtidas de ESCHERICHIA COLI.Testes Neuropsicológicos: Testes projetados para a avaliação da função neurológica associada a certos comportamentos. São utilizados no diagnóstico de disfunção ou dano cerebral e dos transtornos ou lesões do sistema nervoso central.Estado de Consciência: Conhecimento de si mesmo e do ambiente.Modelos Estatísticos: Representação de um sistema, processo ou relação através de uma fórmula matemática em que se usam as equações para inferir ou estimar seu funcionamento ou inter-relação.Fatores de Tempo: Elementos de intervalos de tempo limitados, contribuindo para resultados ou situações particulares.Modelos Moleculares: Modelos usados experimentalmente ou teoricamente para estudar a forma das moléculas, suas propriedades eletrônicas ou interações [com outras moléculas]; inclui moléculas análogas, gráficos gerados por computador e estruturas mecânicas.Desenvolvimento Humano: Mudanças sequenciais contínuas que ocorrem nas funções fisiológicas e psicológicas durante a existência do indivíduo.Modelos Genéticos: Representações teóricas que simulam o comportamento ou a atividade de processos ou fenômenos genéticos. Envolvem o uso de equações matemáticas, computadores e outros equipamentos eletrônicos.Linguagem: Meio, verbal ou não verbal, de comunicar ideias ou sentimentos.Conhecimento: Corpo [constituído] por verdades ou fatos acumulados com o passar do tempo, soma de informações acumuladas, seu volume e natureza, em qualquer civilização, período ou país.Comportamento de Escolha: O ato de fazer uma seleção entre duas ou mais alternativas, geralmente após um período de deliberação.Psicologia Social: O ramo da psicologia que trata dos efeitos do grupo no comportamento, nas atitudes e nas crenças de um indivíduo a ele pertencente.Saúde Holística: Saúde segundo a perspectiva de que os seres humanos e outros organismos funcionam como unidades completas e integradas e não um agregado de partes separadas.Memória: Função mental complexa que tem quatro fases distintas: (1) memorização ou aprendizagem, (2) retenção, (3) rememoração e (4) reconhecimento. Clinicamente, a memória é, em geral, subdividida em imediata, recente, e remota.Percepção Visual: A seleção e organização dos estímulos visuais com base na experiência anterior do indivíduo.Motivação: Aqueles fatores que levam um organismo a se comportar ou a agir de modo a atingir um objetivo ou alguma satisfação. Podem ser influenciados por impulsos psicológicos ou por estímulos externos.Seleção Genética: Reprodução diferencial (e não casual) de genótipos diferentes, resultando em (operating to) alteração das frequências gênicas dentro de uma população.Tempo de Reação: Tempo desde o início de um estímulo até que uma resposta seja observada.Percepção: O processo pelo qual a natureza e o significado dos estímulos sensoriais são reconhecidos e interpretados.Rede Nervosa: Estrutura emaranhada composta de células nervosas que se interconectam. Estas células podem estar separadas na fenda sináptica ou juntas a outras células pelos processos citoplasmáticos. Em invertebrados, por exemplo, a rede nervosa permite que os impulsos nervosos se espalhem sobre uma área ampla da rede uma vez que as sinapses podem passar informação em qualquer direção.Reprodutibilidade dos Testes: Propriedade de se obter resultados idênticos ou muito semelhantes a cada vez que for realizado um teste ou medida. (Tradução livre do original: Last, 2001)Teoria do Germe da Doença: Dogma fundamental da medicina moderna de que certas doenças são causadas por microrganismos. Foi confirmada pelo trabalho de Pasteur, Lister e Koch.Amor: Afeição; em psiquiatria, geralmente refere-se ao prazer, particularmente no que se aplica às experiências gratificantes entre indivíduos.Estimulação Luminosa: Técnica de pesquisa usada durante a ELETROENCEFALOGRAFIA em que uma série de flashes de luz brilhante ou padrões visuais são usados para induzir a atividade cerebral.Neurofisiologia: Disciplina científica voltada para a fisiologia do sistema nervoso.Questionários: Conjunto de perguntas previamente preparadas utilizado para a compilação de dados.Ego: A porção consciente da estrutura da personalidade, que serve como mediadora entre as exigências dos impulsos instintivos primitivos (o id), das proibições parentais e sociais internalizadas ou consciência (o superego), e da realidade.Filho Único: Criança que não tem irmãos.Autonomia Pessoal: Liberdade de dirigir a si mesmo e especialmente independência moral. Um princípio ético defende que a autonomia de pessoas deve ser respeitada. (Tradução livre do original: Bioethics Thesaurus)Desempenho Psicomotor: A coordenação de um processo (cognitivo) sensorial ou ideacional e uma atividade motora.Psicanálise: Separação ou resolução da psique em seus elementos constituintes. O termo tem dois significados separados: 1. um procedimento criado por Sigmund Freud para a investigação dos processos mentais através da livre associação, interpretação de sonhos e interpretação das manifestações da resistência e transferência; e 2. uma teoria psicológica desenvolvida por Freud a partir de sua experiência clínica com pacientes histéricas. (Tradução livre do original: Campbell, Psychiatric Dictionary, 1996)Biofísica: Estudo dos FENÔMENOS FÍSICOS e PROCESSOS FÍSICOS aplicáveis aos seres vivos.Aptidão: Capacidade de adquirir conhecimentos ou habilidades gerais ou específicas.Escherichia coli: Espécie de bactérias Gram-negativas, facultativamente anaeróbicas, em forma de bastão (BACILOS GRAM-NEGATIVOS ANAERÓBIOS FACULTATIVOS) comumente encontrada na parte mais baixa do intestino de animais de sangue quente. Geralmente não é patogênica, embora algumas linhagens sejam conhecidas por produzir DIARREIA e infecções piogênicas. As linhagens patogênicas (virotipos) são classificadas pelos seus mecanismos patogênicos específicos como toxinas (ESCHERICHIA COLI ENTEROTOXIGÊNICA), etc.Desenvolvimento Infantil: Maturação sequencial contínua (fisiológica e psicológica) desde o nascimento de um indivíduo, mas não inclui a ADOLESCÊNCIA.Córtex Pré-Frontal: Parte rostral do lobo frontal, delimitado pelo sulco pré-central inferior nos humanos, o qual recebe fibras de projeção do NÚCLEO MEDIODORSAL DO TÁLAMO. O córtex pré-frontal recebe fibras aferentes de numerosas estruturas do DIENCÉFALO, MESENCÉFALO e SISTEMA LÍMBICO, bem como também de aferências corticais de origem visual, auditivas e somáticas.Senso de Humor e Humor como Assunto: A faculdade de expressar o divertido, inteligente ou cômico ou a percepção aguda e expressão inteligentemente hábil de conexões entre ideias que despertam diversão e prazer. (Tradução livre do original: Random House Unabridged Dictionary, 2d ed)Testes Psicológicos: Testes padronizados projetados para medir habilidades, como nos testes de inteligência, aptidão, e realização, ou para avaliar traços de personalidade.Individualidade: Aquelas características psicológicas que diferenciam os indivíduos entre si.Zoologia: Estudo dos animais - sua morfologia, crescimento, distribuição, classificação e comportamento.Resolução de Problemas: Situação de aprendizagem que envolve a seleção de uma alternativa, entre várias, para se atingir um objetivo específico.História Antiga: Período da história antes [do ano] 500 da era comum.Pesquisa Qualitativa: Qualquer tipo de pesquisa que empregue informação não numérica para explorar características individuais ou de grupo, que produz achados não acessíveis por procedimentos estatísticos ou outro meio quantitativo. (Tradução livre do original: Qualitative Inquiry: A Dictionary of Terms Thousand Oaks, CA: Sage Publications, 1997)Hostilidade: Tendência a sentir raiva de uma pessoa ou grupo e de procurar prejudicar esta pessoa ou grupo.Fenômenos Biofísicos: Processos e características físicas dos sistemas biológicos.Behaviorismo: Teoria psicológica desenvolvida por John Broadus Watson, que trata do estudo e mensuração dos comportamentos observáveis.Psicometria: A avaliação de variáveis psicológicas através da aplicação de procedimentos matemáticos.Comunicação: A troca ou transmissão de ideias, atitudes ou crenças entre indivíduos ou grupos.Rememoração Mental: O processo através do qual uma representação da experiência passada é evocada.Autoimagem: A visão que a pessoa tem de si mesma.Metas: O resultado final ou objetivo, que pode ser especificado ou requisitado com antecipação.História do Século XX: Período de tempo a partir de 1901 até 2000 da era comum.Sinais (Psicologia): Sinais para uma ação; a porção específica do campo perceptivo ou do padrão de estímulos aos quais o indivíduo aprendeu a responder.Psicologia do Esquizofrênico: O estudo dos processos e do comportamento dos esquizofrênicos.Evolução Cultural: O processo de desenvolvimento contínuo de uma cultura de formas simples a complexas e de qualidades homogêneas a heterogêneas.História da MedicinaTerapias Mente-Corpo: Métodos ou técnicas de tratamento baseados no conhecimento das interações entre mente e corpo. Estas técnicas podem ser usadas para reduzir a sensação de tensão e o efeito do estresse, e para aumentar o bem-estar fisiológico e psicológico de um indivíduo.Conflito (Psicologia): A luta interna individual entre as necessidades, impulsos ou exigências internas e externas opostas ou incompatíveis. Nas interações de grupo, refere-se à competição, ou oposição, entre partes incompatíveis: estado ou ação antagonística (de ideias, interesses ou pessoas divergentes).Função Executiva: Conjunto de funções cognitivas que controla os complexos pensamentos e comportamentos direcionados a objetivos. A função executiva envolve vários domínios, como FORMAÇÃO DE CONCEITO, gerenciamento de objetivos, flexibilidade cognitiva, controle da INIBIÇÃO e MEMÓRIA OPERACIONAL. O comprometimento da função executiva é observado em uma série de distúrbios, como ESQUIZOFRENIA e TRANSTORNO DO DEFICIT DE ATENÇÃO COM HIPERATIVIDADE.Comunicação não Verbal: A transmissão de emoções, ideias e atitudes entre indivíduos, de maneiras outras que não através da linguagem falada.Esquizofrenia: Transtorno emocional grave de profundidade psicótica caracteristicamente marcado por um afastamento da realidade com formação de delírios, ALUCINAÇÕES, desequilíbrio emocional e comportamento regressivo.Processos Estocásticos: Processos que incorporam algum elemento aleatório usado particularmente para referir-se a uma "série de tempo" de variáveis aleatórias.Altruísmo: Consideração e preocupação pelos outros (em contraposição a amor-próprio ou egoísmo), os quais podem ser uma influência motivadora.Adaptação Psicológica: Estado de harmonia entre as necessidades internas e as exigências externas, e os processos usados na conquista desta condição. (Tradução livre do original: APA Thesaurus of Psychological Index Terms, 8th ed).Projetos de Pesquisa: Plano para se coletar e utilizar dados de forma que a informação desejada seja obtida com precisão suficiente, ou de forma que uma hipótese seja testada adequadamente.Dinâmica Populacional: Qualquer processo ou inter-relação de fenômenos que provocam mudanças em uma população.Incerteza: Situação em que o conhecimento racional sobre riscos, benefícios ou o futuro não está disponível.Difusão: Tendência de um gás ou de um soluto a passar de um ponto de pressão ou concentração maior para um ponto de pressão ou concentração menor, e de distribuir-se no espaço disponível. A difusão, especialmente a DIFUSÃO FACILITADA, é um mecanismo importante de TRANSPORTE BIOLÓGICO.Cinética: Taxa dinâmica em sistemas químicos ou físicos.Meio Ambiente: Elementos e condições externos que envolvem, influenciam e afetam a vida e o desenvolvimento de um organismo ou população.ArteHistória do Século XXI: Período de tempo a partir de 2001 até 2100 da era comum.Mutação: Qualquer mudança detectável e hereditária que ocorre no material genético causando uma alteração no GENÓTIPO e transmitida às células filhas e às gerações sucessivas.Comportamento Cooperativo: A interação de duas ou mais pessoas ou organizações, que é direcionada para um objetivo comum, mutuamente benéfico. Uma situação de trabalho ou de atuação em conjunto com um propósito ou benefício comum, i. é, uma ação conjunta.Recognição (Psicologia): O conhecimento ou percepção que alguém ou algo presente tenha sido encontrado anteriormente.Análise de Variância: Técnica estatística que isola e avalia a contribuição dos fatores incondicionais para a variação na média de uma variável dependente contínua.Reprodução: O processo total pelo qual organismos geram a prole. (Stedman, 25a ed)Desenvolvimento da Personalidade: Evolução dos padrões habituais de comportamento durante a infância e adolescência.Felicidade: Emoção altamente prazerosa que se caracteriza por manifestações externas de gratificação; alegria.Evolução Molecular: Processo de mudanças cumulativas em relação ao DNA, RNA e PROTEÍNAS, ao longo de sucessivas gerações.Mecanismos de Defesa: Processo inconsciente utilizado por um indivíduo ou grupo de indivíduos para lidar com impulsos, ideias e sentimentos que não são aceitos conscientemente; os vários tipos incluem formação reativa, projeção e reversão para si mesmo.Valores Sociais: Padrões abstratos ou variáveis empíricas da vida social, que são considerados importantes e/ou desejáveis.Memória de Curto Prazo: Lembrança de informação por poucos segundos a horas.Ciúmes: Reação irracional composta de pesar, de perda da autoestima, de inimizade em relação ao rival e de autocrítica.Eletricidade Estática: Acúmulo de uma carga elétrica em um objeto.Historiografia: A escritura da história; os princípios, teoria e história da escritura histórica; o produto da escritura histórica.Transtornos Cognitivos: Distúrbios do processo mental relacionados com o aprendizado, pensamento, o raciocínio e o julgamento.Receptores Notch: Família de receptores de superfície celular conservados que possuem repetições do FATOR DE CRESCIMENTO EPIDÉRMICO em seu domínio extracelular e repetições de ANQUIRINA nos seus domínios citoplasmáticos. O domínio citoplasmático dos receptores notch é liberado com a ligação do ligante e translocado para o NÚCLEO CELULAR, no qual atua como fator de transcrição.Água: Líquido transparente, inodoro e insípido que é essencial para a maioria dos animais e vegetais, além de ser um excelente solvente para muitas substâncias. A fórmula química é óxido de hidrogênio (H2O). (Tradução livre do original: McGraw-Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 4th ed)Afeto: O tom emocional que acompanha uma ideia ou representação mental. É o derivado psíquico mais direto do instinto e o representante das várias transformações corporais através do qual os instintos se manifestam.Semântica: As relações ente símbolos e seus significados.Transtorno Autístico: Transtorno que tem o seu início na infância. É caracterizado pela presença de um desenvolvimento acentuadamente anormal ou prejudicado nas interações sociais e na comunicação social, e de um repertório de atividades e interesses restritos. As manifestações do distúrbio variam enormemente dependendo do nível de desenvolvimento e idade cronológica do indivíduo. (Tradução livre do original: DSM-V)Estados UnidosComportamento Competitivo: A disputa entre os indivíduos por suas necessidades básicas ou por um objetivo comum.Síndrome de Asperger: Transtorno de início na infância cujas principais características são prejuízo persistente da comunicação social recíproca e interação social e padrões repetitivos restritos de comportamento, interesses ou atividades. Esses sintomas podem limitar ou prejudicar o funcionamento cotidiano. (Tradução livre do original: DSM-V)Probabilidade: O estudo dos processos de chance ou a relativa frequência que caracteriza os processos de chance.Comportamento Imitativo: A imitação, por um indivíduo, do comportamento de outro.Processamento de Imagem Assistida por Computador: Técnica de entrada de imagens bidimensionais em um computador e então realçar ou analisar a imagem em uma forma que é mais útil ao observador humano.Ubiquitina-Proteína Ligases: Classe diversa de enzimas que interagem com as ENZIMAS DE CONJUGAÇÃO DE UBIQUITINA e substratos proteicos específicos da ubiquitinação. Cada membro deste grupo de enzimas tem sua própria especificidade distinta para um substrato e enzima de conjugação de ubiquitina. As ubiquitina-proteína-ligases existem como proteínas monoméricas e como complexos multiproteicos.Especificidade da Espécie: Restrição de um comportamento característico, estrutura anatômica ou sistema físico, como resposta imunológica, resposta metabólica ou gene ou variante gênico dos membros de uma espécie. Refere-se às propriedades que diferenciam uma espécie de outra, mas também se usa para níveis filogenéticos superiores ou inferiores ao nível de espécie.Lobo Temporal: Parte lateral inferior do hemisfério cerebral responsável pelo processamento auditório, olfatório e semântico. Está localizado em posição inferior à fissura lateral e anterior ao LOBO OCCIPITAL.Inteligência: Habilidade para aprender e manejar novas situações e desempenhar eficientemente tarefas que envolvam abstração.Dinâmica não Linear: Estudo de sistemas que respondem desproporcionalmente (não linearmente) a condições iniciais ou a estímulos perturbadores. Os sistemas não lineares podem exibir "caos", classicamente caracterizado pela dependência sensível às condições iniciais. Os sistemas caóticos, diferentes dos sistemas periódicos mais ordenados, não são casuais. Quando seu comportamento temporal é adequadamente apresentado (no "espaço de fase"), são evidentes as restrições descritas por "atratores estranhos". As representações do espaço de fase de sistemas caóticos, ou atratores estranhos, geralmente revelam autossimilaridade fractal (FRACTAIS) em escalas de tempo. Os sistemas naturais, inclusive os biológicos, frequentemente apresentam dinâmica e caos não linear.Reconhecimento Visual de Modelos: Processo mental para perceber visualmente um número crítico de fatos (o modelo), como caracteres, formas, exposições ou desenhos.Comportamento Verbal: Inclui tanto a produção de palavras como as respostas a elas, sejam escritas ou faladas.Ecossistema: 1) Sistema funcional que inclui os organismos de uma comunidade natural junto a seu ambiente. (MeSH/NLM)(Tradução livre do original: McGraw Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 4th ed) 2)Sistema aberto integrado pelos organismos vivos (inclusive o homem) e os elementos não vivos de um setor ambiental definido no tempo e no espaço, cujas propriedades globais de funcionamento e autorregulação derivam da interação entre seus componentes, tanto pertencentes aos sistemas naturais como aqueles modificados ou organizados pelo próprio homem. 3) Complexo constituído pelo biótopo e pela biocenose (Material III - Ministério da Ação Social, Brasília, 1992)Conformação Molecular: Forma característica tridimensional de uma molécula.Entrevistas como Assunto: Conversações com indivíduos ou com grupo de pessoas a fim de obter informações acerca da formação pessoal e outros dados biográficos, suas atitudes e opiniões, etc. Inclui entrevistas de admissão em escolas ou em empregos.Política: Atividades relacionadas com políticas governamentais, funções governamentais, etc.Pesquisa: Investigação crítica e exaustiva ou experimentação, tendo por objetivo a descoberta de fatos novos e sua interpretação correta, a revisão de conclusões, teorias ou leis aceitas, à luz de fatos recentemente descobertos, ou a aplicação prática dessas conclusões, teorias ou leis novas ou revisadas.Atitude Frente à Saúde: Atitudes do público em relação à saúde, doença e sistema de atendimento médico.Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde: Conhecimento, atitudes e comportamentos associados, que fazem parte dos tópicos relacionados com a saúde, como doenças e PROCESSOS PATOLÓGICOS, sua prevenção e tratamento. Este termo refere-se a trabalhadores da área da saúde (PESSOAL DE SAÚDE) ou não.Vias Neurais: Tratos neurais que conectam partes distintas do sistema nervoso.Adaptação Fisiológica: Mudanças biológicas não genéticas de um organismo em resposta a exigências do MEIO AMBIENTE.Religião: Qualquer doutrina que demanda interpretação, compromisso e fé, que permite uma prática com objetivos éticos, estéticos e emocionais. Uma religião se caracteriza por uma filosofia e um corpo de princípios morais que dela derivam e que devem ser seguidos pelos fiéis.Sociologia: Ciência social que estuda as relações de grupo, os padrões coletivos de comportamento e a organização social.Redação: O ato ou prática de composição literária, a ocupação do escritor ou produção e ocupação em trabalho literário como uma profissão.Análise e Desempenho de Tarefas: O exame detalhado da atividade e comportamento observáveis associados à execução ou término de uma função necessária ou de uma unidade de trabalho.Ciências Sociais: Disciplinas voltadas para as inter-relações dos indivíduos em um ambiente social, incluindo as organizações sociais e as instituições.Meio Social: O agregado de instituições sociais e culturais, formas, padrões e processos que influenciam a vida de um indivíduo ou comunidade.Transtornos Psicofisiológicos: Grupo de transtornos caracterizado por sintomas físicos que estão afetados por fatores emocionais e envolvem um único sistema orgânico, geralmente sob controle do SISTEMA NERVOSO AUTÔNOMO. (Tradução livre do original: American Psychiatric Glossary, 1988).Ecologia: Ramo da ciência voltado para as inter-relações de organismos e seu AMBIENTE, especialmente as manifestadas por ciclos e ritmos naturais, desenvolvimento e estrutura da comunidade, interações entre espécies de organismos diferentes, distribuições geográficas e alterações populacionais. (Tradução livre do original: Webster's, 3d ed)Interpretação Estatística de Dados: Aplicação de procedimentos estatísticos para analisar fatos observados ou presumidos de um estudo particular.LeituraMúsica: Som que expressa emoção por meio do ritmo, melodia, harmonia e timbre.Teoria Gestáltica: Sistema que enfatiza o fato de que a experiência e o comportamento contêm padrões e relações básicas que não podem ser reduzidos a componentes mais simples; ou seja o todo é maior que a soma das partes.Atitude: Predisposição adquirida e duradoura que age sempre do mesmo modo diante de uma determinada classe de objetos, ou um persistente estado mental e/ou neural de prontidão para reagir diante de uma determinada classe de objetos, não como eles são, mas sim como são concebidos.PinturasMeditação: Estado de consciência no qual o indivíduo elimina os estímulos ambientais da consciência, fazendo com que a mente possa focar em uma única coisa, produzindo um estado de relaxamento e alívio de tensão. São utilizadas uma ampla variedade de técnicas para limpar a mente de interferências externas estressantes. Inclui terapia de meditação.Entropia: A medida da parte do calor ou energia de um sistema que está disponível para realizar trabalho; a entropia aumenta em todos os processos naturais (espontâneos e irreversíveis. Símbolo S. (Dorland, 28a ed)Proteínas de Bactérias: Proteínas encontradas em qualquer espécie de bactéria.Ética Médica: Princípios de conduta profissional própria relativos aos direitos e deveres do médico, relações com os pacientes e médicos da mesma categoria, assim como ações do médico no cuidado ao paciente e as relações interpessoais com a família do paciente.Psiquiatria: A ciência médica que estuda a origem, o diagnóstico, a prevenção e o tratamento dos transtornos mentais.Punição: O uso de um estímulo desprazeroso ou de uma penalidade, com o intuito de eliminar ou corrigir um comportamento indesejável.Lobo Parietal: Parte superior central do hemisfério cerebral. Está localizada posteriormente ao sulco central, anteriormente ao LOBO OCCIPITAL e superiormente ao LOBO TEMPORAL.Elétrons: Partículas elementares estáveis tendo a menor carga negativa conhecida, presentes em todos os elementos; também denominados negatrons. Elétrons positivamente carregados são chamados pósitrons. Os números, as energias e o arranjo dos elétrons em torno do núcleos atômicos determinam a identidade química dos elementos. Feixes de elétrons são chamados RAIOS CATÓDICOS.Fenótipo: Aparência externa do indivíduo. É o produto das interações entre genes e entre o GENÓTIPO e o meio ambiente.Vida: Estado que distingue organismos de matéria inorgânica, manifestado por crescimento, metabolismo, reprodução e adaptação. Inclui o curso de existência, a soma de experiências, o modo de existir ou o fato de ser. Através dos séculos, indagações sobre a natureza da vida têm cruzado os limites da filosofia a biologia, medicina forense, antropologia etc., tanto em literatura de ficção quanto em literatura científica. (Tradução livre do original: Random House Unabridged Dictionary, 2d ed; Dr. James H. Cassedy, NLM History of Medicine Division)Dados de Sequência Molecular: Descrições de sequências específicas de aminoácidos, carboidratos ou nucleotídeos que apareceram na literatura publicada e/ou são depositadas e mantidas por bancos de dados como o GENBANK, European Molecular Biology Laboratory (EMBL), National Biomedical Research Foundation (NBRF) ou outros repositórios de sequências.Proteínas de Ciclo Celular: Proteínas que controlam o CICLO DE DIVISÃO CELULAR. Esta família de proteínas inclui uma ampla variedade de classes, entre elas as QUINASES CICLINA-DEPENDENTES, quinases ativadas por mitógenos, CICLINAS e FOSFOPROTEÍNAS FOSFATASES, bem como seus supostos substratos, como as proteínas associadas à cromatina, PROTEÍNAS DO CITOESQUELETO e FATORES DE TRANSCRIÇÃO.Inconsciente (Psicologia): As forças e conteúdo mentais que não estão comumente disponíveis à percepção consciente ou à lembrança imediata.