Sal sulfato de cobre. É um emético potente e utilizado como antídoto ao envenenamento por fósforo. Também pode ser usado para prevenir o crescimento de algas.
Oligoelemento de metal pesado com símbolo atômico Cu, número atômico 29 e peso atômico 63,55.
Agentes que provocam vômito. Podem agir diretamente no trato gastrointestinal provocando êmese através de um efeito irritante local ou, indiretamente, atuando sobre a zona de disparo do quimioreceptor na área postrema próximo à medula.
Família de CRUSTÁCEOS (ordem DECAPODA, gêneros Macrobráquio, Palaemon e Palaemonetes) contendo o camarão palaemonida, cuja regulação osmótica é realizada pelas guelras.
Gênero de bactérias cocoides Gram-positivas que são isoladas principalmente do leite e seus derivados. Estas bactérias também são encontradas em plantas e alimentos secos e congelados não estéreis. Anteriormente considerado membro do gênero STREPTOCOCCUS (grupo N), atualmente é reconhecido como um gênero separado.
Transtorno causado por movimento, como de mar, trem, carro, altitude ou ENJOO DEVIDO AO MOVIMENTO EM VOO ESPACIAL. Pode incluir náusea, vômito e vertigem.
Zeolitas: grupo de silicatos de álcali-alumínio hidratado e cristalino. Existem naturalmente em pedras sedimentares e rochas vulcânicas, basaltos modificados, minérios e depósitos de argila. Atualmente, 40 diferentes tipos de minerais de zeolita e uma grande quantidade de zeolitas sintéticas encontram-se disponíveis comercialmente.
Anti-infeccioso sulfanilamida. Possui um espectro antimicrobiano similar a outras sulfonamidas.
TETRACICLINA com uma substituição na posição 7-cloro.
Sais inorgânicos do ácido sulfúrico.
Heteropolissacarídeo cuja estrutura é semelhante a HEPARINA. Acumula em indivíduos que têm mucopolissacaridose.
Derivado hidroxilado do aminoácido LISINA presente em certos colágenos.
Adstringente suave e protetor tópico com algumas ações antissépticas. É também utilizado em curativos, pastas, unguentos, cimentos dentais e como protetor solar.
Qualquer elemento presente ou formado no sangue, principalmente em invertebrados.
Enzima da classe das oxidorredutases, que catalisa a reação entre L-tirosina, L-dopa e oxigênio, para fornecer L-dopa, dopaquinona e água. É uma proteína de cobre que age nos catecóis, catalisando algumas das mesmas reações que a CATECOL OXIDASE. EC 1.14.18.1.
Enzima que oxida peptidil-lisil-peptídeo na presença de água e oxigênio molecular para dar peptidil-al-lisil-peptídeo mais amônia e peróxido de hidrogênio. EC 1.4.3.13.
Expulsão forçada de conteúdos do ESTÔMAGO através da BOCA.
Substituição, geralmente gradual, do leite humano por outros alimentos na dieta da criança, levando a completa interrupção da amamentação no peito. Pode, em alguns casos, ocorrer abruptamente quando a criança é afastada do seio antes do término da secreção de leite.
Produtos alimentícios usados para animais domésticos, de laboratório ou para o gado.
Glicosaminoglicana que ocorre na natureza mais frequentemente encontrada na pele e tecido conjuntivo. Difere do SULFATO DE CONDROITINA A (veja SULFATOS DE CONDROITINA) por conter ÁCIDO IDURÔNICO no lugar do ácido glucurônico, seu epímero, no átomo de carbono 5. (Tradução livre do original: Merck, 12th ed)
Qualquer animal da família Suidae, compreendendo mamíferos onívoros, robustos, de pernas curtas, pele espessa (geralmente coberta com cerdas grossas), focinho longo e móvel, e cauda pequena. Compreendem os gêneros Babyrousa, Phacochoerus (javalis africanos) e o Sus, que abrange o porco doméstico (ver SUS SCROFA)
Macromoléculas onipresentes associadas à superfície celular e matriz extracelular de uma ampla variedade de células de tecidos de vertebrados e invertebrados. São cofatores essenciais nos processos de adesão da célula à matriz, nos sistemas de reconhecimento de célula-célula, bem como nas interações entre fatores de crescimento e seus receptores.
Processo envolvendo a probabilidade usada em ensaios terapêuticos ou outra investigação que tem como objetivo alocar sujeitos experimentais, humanos ou animais, entre os grupos de tratamento e controle, ou entre grupos de tratamento. Pode também ser aplicado em experimentos em objetos inanimados.
Relação entre a quantidade (dose) de uma droga administrada e a resposta do organismo à droga.
Grupo de compostos que são derivados do metoxibenzeno e que contém a fórmula geral R-C7H7O.
Aminoácido essencial necessário para a produção de HISTAMINA.
Enzima que catalisa a descarboxilação de histidina para histamina e dióxido de carbono. Requer fosfato de piridoxal em tecidos animais, mas não em micro-organismos. EC 4.1.1.22.
Ramo da engenharia que estuda os projetos, a construção e manutenção de instalações ambientais ligadas à saúde pública ex. abastecimento de água e disposição de resíduos.
Instrumentos usados para injetar ou retirar líquidos. (Stedman, 25a ed)
Pesticidas usados para destruir a vegetação indesejada, especialmente vários tipos de ervas daninhas, gramas (POACEAE) e plantas lenhosas. Algumas plantas desenvolvem RESISTÊNCIA A HERBICIDA.
Tocoferol natural com menor atividade antioxidante que o alfa-tocoferol. Exibe atividade antioxidante pela presença do hidrogênio fenólico no núcleo 2H-1-benzopirano-6-ol. Como o BETA-TOCOFEROL, também apresenta três grupos metil no núcleo 6-cromanol, mas em posições diferentes.
Grupo de vertebrados aquáticos de sangue frio que possuem brânquias, nadadeiras, endoesqueleto ósseo ou cartilaginoso e corpos alongados cobertos com escamas.
Ciência voltada para os corpos celestes, e [também] para a observação e interpretação das radiações recebidas das diferentes partes do universo nas vizinhanças da Terra.
Estudo da estrutura, preparação, propriedades e reações dos compostos de carbono (Tradução livre do original: McGraw-Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 6th ed)
Dispositivos mecânicos que sobem e descem carregando objetos e/ou pessoas.
Propriedade dos meios não isotrópicos (como são os cristais) pela qual um feixe único de luz incidente atravessa o meio [comportando-se] como [se houvesse] dois feixes, cada qual polarizado planarmente, sendo os planos perpendiculares entre si.
Desenvolvimento e emprego de técnicas para estudar fenômenos físicos e estruturas construídas em escala nanométrica ou menor.