Sementes: Embriões encapsulados de plantas com florescência. São usados como são, ou como ração animal, por causa do alto conteúdo de nutrientes concentrados, como amido, proteínas e lipídeos. Sementes de colza, de algodão e de girassol são também produzidas por causa dos óleos que produzem.Dispersão de Sementes: Vários métodos físicos, que incluem vento, insetos e outros animais, tensão e água, por meio dos quais uma planta dispersa suas sementes para longe da planta-mãe.Germinação: Estágios iniciais do crescimento de SEMENTES na PLÂNTULA. O broto embrionário (plúmula) e as RAÍZES DE PLANTAS (radícula) embrionárias emergem crescendo para cima e para baixo, respectivamente. As reservas alimentares para a germinação vêm do tecido endospérmico dentro da semente e/ou das folhas das sementes (COTILÉDONES). (Tradução livre do original: Concise Dictionary of Biology, 1990)Extrato de Sementes de Uva: Exsudato de sementes da parreira Vitis vinifera, composto de óleos e metabólitos secundários de plantas (BIOFLAVONOIDES e polifenóis) aos quais se atribuem propriedades medicinais importantes.Proteínas de Armazenamento de Sementes: Um ou mais tipos de proteínas de sementes (vegetais) que proporcionam as grandes quantidades de AMINOÁCIDOS utilizadas para GERMINAÇÃO e crescimento da PLÂNTULA. Como as sementes constituem a principal fonte de alimento proveniente das SAFRAS AGRÍCOLAS, as proteínas de armazenamento de sementes constituem a principal fonte de PROTEÍNAS NA DIETA.Dormência de Plantas: Estado ou falha em iniciar e completar o processo de crescimento, reprodução ou germinação de plantas ou estruturas vegetativas que seriam normais.Proteínas de Plantas: Proteínas encontradas em plantas (flores, ervas, arbustos, árvores, etc.). O conceito não inclui proteínas encontradas em vegetais para os quais PROTEÍNAS DE VERDURAS estão disponíveis.Regulação da Expressão Gênica de Plantas: Qualquer dos processos pelos quais os fatores nucleares, citoplasmáticos ou intercelulares influem no controle diferencial da ação gênica nas plantas.Plântula: Plantas muito jovens após GERMINAÇÃO das SEMENTES.Arabidopsis: Gênero de plantas (família BRASSICACEAE) contendo PROTEÍNAS DE ARABIDOPSIS e PROTEÍNAS DE DOMÍNIO MADS. A espécie 'A. thaliana' é utilizada em experimentos em genética vegetal clássica, bem como em estudos de genética molecular em fisiologia, bioquímica e desenvolvimento de plantas.Plantas Geneticamente Modificadas: PLANTAS (ou seus descendentes) cujo GENOMA foi alterado por ENGENHARIA GENÉTICA.Brassica napus: Espécie de plantas (família BRASSICACEAE) mais conhecidas pelas raizes comestíveis.Ácido Abscísico: Substância do crescimento vegetal aceleradora da abscisão isolada a partir do fruto jovem do algodão, folhas de plátano, bétula e outras plantas, além da batata, do limão, do abacate e outras frutas.Fabaceae: Grande família de plantas caracterizadas por vagens. Algumas são comestíveis, enquanto outras causam LATIRISMO ou FAVISMO e outras formas de envenenamento. Outras espécies produzem materiais úteis, como as gomas da ACÁCIA e várias LECTINAS, como as FITOHEMAGLUTININAS do PHASEOLUS. Muitas delas abrigam bactérias FIXADORAS DE NITROGÊNIO em suas raizes. Muitas, mas nem todas, as espécies de feijão pertencem à esta família.Cotilédone: Parte do embrião numa semente vegetal. O número de cotilédones é uma característica importante na classificação das plantas. Em sementes sem endosperma, os cotilédones estocam alimento que é usado na germinação. Em algumas plantas, eles emergem acima da superfície do solo e se tornam as primeiras folhas fotossintetizantes.Proteínas de Arabidopsis: Proteínas que se originam de espécies de plantas do gênero ARABIDOPSIS. A espécie de Arabidopsis mais intensamente estudada é a Arabidopsis thaliana, comumente utilizada como modelo experimental.Giberelinas: Classe de hormônios de crescimento de plantas isolados de cultura de Gibberella fujikuroi, um fungo que causa a doença Bakanae no arroz. Existem muitos membros diferentes assim como as misturas de múltiplos membros; todos são ácidos diterpenoide do esqueleto de giberelana.Genes de Plantas: Unidades hereditárias funcionais de PLANTAS.Feijão de Soja: Legume anual. As SEMENTES dessa planta são comestíveis e usadas para a produção de uma variedade de ALIMENTOS DE SOJA.Proantocianidinas: Dímeros e oligômeros de unidades de flavanas-3-ol (análogos da CATEQUINA) unidos principalmente através das ligações C4 a C8 das leucoacantocianidinas. São estruturalmente similares às ANTOCIANINAS, mas são o resultado de uma bifurcação diferente das vias biossintéticas.Endosperma: Tecido nutritivo das sementes de angiospermas que envolve os EMBRIÕES. É produzido por um processo paralelo de fertilização em que um segundo gameta masculino do grão de pólen se fusiona a dois núcleos femininos dentro do saco embrionário. O endosperma varia em ploidia e contém reservas de amido, óleos e proteínas, o que o configura como uma fonte nutricional importante para o ser humano.GlobulinasÓleos Vegetais: Óleos derivados de plantas ou produtos vegetais.Extratos Vegetais: Preparações farmacêuticas concentradas de plantas obtidas pela remoção dos constituintes ativos com um solvente adequado (que é eliminado por evaporação) e ajuste do resíduo [seco] a um padrão prescrito.Pólen: Elemento fertilizador de plantas que contém os GAMETÓFITOS masculinos.Chenopodiaceae: Família das plantas quenopodiáceas (ordem Caryophyllales, subclasse Caryophyllidae, classe Magnoliopsida) que incluem a beterraba e acelga (BETA VULGARIS), bem como, ESPINAFRE e plantas resistentes ao sal.Plantas Medicinais: Plantas cujas raizes, folhas, sementes, cascas ou outros constituintes possuem atividades terapêuticas, tônicas, purgativas, curativas ou outros atributos farmacológicos quando administradas a humanos ou outros animais.Polinização: Transferência dos grãos de PÓLEN (gametas masculinos) para o óvulo da planta (gameta feminino).Angiospermas: Membros do grupo de plantas vasculares que possuem flores. São diferenciadas das GIMNOSPERMAS por sua produção de sementes dentro de câmaras (OVÁRIO VEGETAL). A divisão de Angiospermas é composta por duas classes: as monocotiledôneas (Liliopsida) e as dicotiledôneas (Magnoliopsida). As angiospermas representam aproximadamente 80 por cento de todas as plantas vivas conhecidas.Flores: Órgão reprodutivo das plantas.Helianthus: Gênero de ervas americanas altas e eretas das Asteraceae. As SEMENTES produzem óleo e são usadas como alimento e ração animal; as raizes de Helianthus tuberosum (alcachofra de Jerusalém) são comestíveis.Ervilhas: Vinha leguminosa anual variável (Pisum sativum), que é cultivada por suas sementes arredondadas, lisas ou rugosas, que são comestíveis e ricas em proteína, a semente da ervilha e as vagens imaturas com suas sementes incluídas.Sesamum: Gênero de plantas (família PEDALIACEAE), fonte de sementes comestíveis e ÓLEO DE GERGELIM.Dessecação: Perda de água pelos poros, dos sedimentos, devida à compactação ou à evaporação causada pelo ar.Plantas Daninhas: Planta que cresce em local não desejável, frequentemente competindo com plantas cultivadas.Árvores: Plantas superiores, perenes, lenhosas e geralmente altas (Angiospermas, Gimnospermas e alguns Pterófitos), que possuem geralmente um tronco principal e numerosos ramos.Enciclopédias como Assunto: Trabalhos que contêm artigos de informação em assuntos em todo campo de conhecimento, normalmente organizado em ordem alfabética, ou um trabalho semelhante limitado a um campo especial ou assunto.Retratos como Assunto: Representações gráficas, especialmente da face, de pessoas reais, normalmente posadas, vivas ou mortas.MedlinePlus: Serviços da NATIONAL LIBRARY OF MEDICINE para profissionais e usuários da área da saúde. Integra extensa informação do National Institutes of Health e de outras fontes de informações sobre determinadas doenças e anormalidades.Artrópodes: Membros do filo Arthropoda, composto por organismos que possuem um exoesqueleto duro articulado e pernas pareadas articuladas. Inclui a classe dos INSETOS e a subclasse dos ARACNÍDEOS, das quais muitas espécies são importantes na medicina como parasitas ou vetores de organismos capazes de causar doença no ser humano.Distamicinas: Antibiótico oligopeptídico do Streptomyces distallicus. Ligam-se ao DNA, inibindo a síntese de ácidos nucleicos.Fósseis: Restos, impressões ou traços de animais ou plantas de eras geológicas passadas que se mantêm preservados na crosta terrestre.Amor: Afeição; em psiquiatria, geralmente refere-se ao prazer, particularmente no que se aplica às experiências gratificantes entre indivíduos.Tempo de Protrombina: Tempo de coagulação do PLASMA recalcificado na presença de excesso de TROMBOPLASTINA TECIDUAL. Os fatores medidos são FIBRINOGÊNIO, PROTROMBINA, FATOR V, FATOR VII e FATOR X. É utilizado para monitorar terapia anticoagulante com CUMARÍNICOS.Viscum album: Espécie de planta da família VISCACEAE, ordem Santales, subclasse Rosidae. É o tradicional visco da literatura e do Natal. Os membros contêm viscotoxina (5 kDa de polipeptídeos básicos relacionados às tioninas), lectina II específica de beta-galactosídeo e N-acetil-galactosamina (60 kDa) e polissacarídeos. A lectina I do visco é uma proteína inativadora de ribossomo do tipo 2. Entre os extratos comerciais estão Plenosol, Eurixor, Helixor Isorel, Iscador e NSC 635089 (ANTINEOPLÁSICOS FITOGÊNICOS).Música: Som que expressa emoção por meio do ritmo, melodia, harmonia e timbre.Neurobiologia: Estudo da estrutura, crescimento, atividades e funções dos NEURÔNIOS e do SISTEMA NERVOSO.Plágio: Tomar como seu próprio o trabalho de outro sem dar-lhe crédito.Conferências de Consenso como Assunto: Apresentações de declarações resumidas que representam o acordo da maioria dos médicos, cientistas e outros profissionais que concordam com a finalidade de alcançar um consenso -- frequentemente com descobertas e recomendações -- em um assunto de interesse. A Conferência, que consiste de participantes que representam os pontos de vista científicos e leigos, é um meio significante de avaliar o pensamento médico atual e reflete os mais recentes avanços em pesquisa para o respectivo campo a que se dirige.Técnica Delfos: Questionário iterativo que busca avaliar consenso entre respostas individuais. Na abordagem clássica Delfos não há interação entre o consultado e o entrevistador.Planejamento de CardápioDrogas em Investigação: Drogas que já receberam aprovação do FDA (Abrev. de Federal Drug Administration) para teste em humanos, mas que ainda precisam ser aprovadas para propaganda comercial. Inclui drogas usadas em tratamentos, enquanto ainda estão sendo submetidas a ensaios clínicos (Treatment IND). O item principal inclui drogas sob investigação em países estrangeiros.Internet: A confederação livre de redes de comunicação de computadores ao redor do mundo. As redes que compõem a Intenet são conectadas através de várias redes centrais. A internet proveio do projeto ARPAnet do governo norte-americano e foi projetada para facilitar a troca de informações.Nomes: Nomes pessoais, determinados ou apelidados, como características culturais, como etnologia ou padrões religiosos, como indicações da distribuição geográfica de famílias e endogamia, etc. Análise de isonímia, a qualidade de ter os mesmos ou semelhantes nomes, é útil no estudo da genética da população. NOMES também são usados para a história de nomes ou mudanças de nome de pessoas jurídicas como sociedades médicas, universidades, hospitais, agências governamentais, etc.Autoria: A profissão de escrever. Também a identidade do escritor como o criador de uma produção literária.Congressos como Assunto: Conferências, convenções ou outros encontros formais geralmente reunindo pessoas que representam uma área específica de interesse.