Unidades de hospital equipadas para parto.
Subespecialidade de Pediatria [preocupada com] voltada para a criança recém-nascida.
A restauração à vida ou consciência de alguém aparentemente morto; inclui medidas tais como respiração artificial e massagem cardíaca. (Dorland, 28a ed)
Lactente humano que nasceu antes de 28 semanas de GESTAÇÃO.
Criança durante o primeiro mês após o nascimento.
Insuficiência respiratória no recém-nascido. (Dorland, 28a ed)
Cuidado e monitorização constantes de recém-nascidos com afecções que ameaçam a vida, em qualquer situação.
Lactente humano nascido antes de 37 semanas de GESTAÇÃO.
Método, desenvolvido pela Dra. Virginia Apgar, para avaliar a adaptação de um recém-nascido à vida extrauterina. Cinco itens são avaliados: frequência cardíaca, esforço respiratório, tônus muscular, irritabilidade reflexa e coloração. Estes aspectos são avaliados 60 segundos após o nascimento e novamente após cinco minutos, numa escala de 0 - 2 (sendo 0 o mais baixo e 2 o normal). A soma dos cinco números compõe a contagem de Apgar. Uma contagem de 0-3 representa dificuldade intensa, 4-7 indica dificuldade moderada e uma contagem de 7-10 prognostica uma ausência de dificuldades de adaptação à vida extrauterina.
Recém-nascido cujo peso ao nascer é menor que 1.000 gramas (2,2 lbs) indiferente da idade gestacional.
Técnica de terapia respiratória, tanto em pacientes com respiração espontânea como em pacientes ventilados mecanicamente, em que é mantida a pressão nas vias respiratórias acima da pressão atmosférica durante o ciclo respiratório mediante pressurização do circuito ventilatório. (Tradução livre do original: On-Line Medical Dictionary [Internet]. Newcastle upon Tyne(UK): The University Dept. of Medical Oncology: The CancerWEB Project; c1997-2003 [cited 2003 Apr 17].
Lactente cujo peso ao nascer é menos que 1500 gramas (3,3 lb), independentemente da idade gestacional.
Doença pulmonar crônica desenvolvida após OXIGENOTERAPIA ou VENTILAÇÃO MECÂNICA em certas crianças prematuras (PREMATUROS) ou recém-nascidos com síndrome do desconforto respiratório (SÍNDROME DO DESCONFORTO RESPIRATÓRIO DO RECÉM-NASCIDO). É caracterizada histologicamente por anormalidades incomuns dos bronquíolos, como a METAPLASIA, número reduzido de alvéolos e formação de CISTOS.
Instalações equipadas para executar procedimentos cirúrgicos.
Procedimento que envolve a colocação de um tubo na traqueia através da boca ou do nariz a fim de proporcionar oxigénio e anestesia ao paciente.
Inalação de oxigênio objetivando o restabelecimento para a normalidade de qualquer alteração patofisiológica nas trocas gasosas do sistema cardiopulmonar, seja pelo uso de respirador, cateter nasal, tenda, câmara ou máscara. (Tradução livre do original: Dorland, 27a ed)
Afecção do recém-nascido caracterizada por DISPNEIA com CIANOSE, anunciada por sinais prodrômicos, como dilatação das asas do nariz, grunhido expiratório e retração da incisura supraesternal ou margens costais. Frequentemente ocorrem mais em lactentes prematuros, crianças de mães diabéticas e lactentes extraídos por cesariana e, às vezes, sem nenhuma causa predisponente evidente.
Sistema de liberação de medicamentos para atingir locais de ação farmacológica. Entre as tecnologias empregadas estão a preparação do medicamento, via de administração, local-alvo, metabolismo e toxicidade.
Unidades hospitalares que proveem assistência intensiva e contínua a recém-nascidos em estado grave.
Estado durante o qual os mamíferos fêmeas carregam seus filhotes em desenvolvimento (EMBRIÃO ou FETO) no útero (antes de nascer) começando da FERTILIZAÇÃO ao NASCIMENTO.
A duração da gestação é medida a partir do primeiro dia do último período menstrual normal. A idade gestacional é expressa em dias ou semanas completas (por ex.: eventos que ocorrem de 280 a 286 dias após o início do último período menstrual normal são considerados como ocorridos na marca de 40 semanas de gestação). A idade gestacional é frequentemente uma fonte de confusão quando os cálculos são baseados em datas menstruais. Para os propósitos de cálculos da idade gestacional a partir da data do primeiro dia do último período menstrual normal e a data do parto, deve-se ter em mente que o primeiro dia é zero e não o dia um; os dias 0-6 correspondem então à "semana zero completa", os dias 7-13 à "semana completa um", e a quadragésima semana da gravidez atual é sinônimo de "semana completa 39". Quando a data do último período menstrual normal não é disponível, a idade gestacional deve ser baseada na melhor estimativa clínica. Para evitar confusão, as tabulações devem indicar tanto semanas quanto dias. (CID-10, vol.2, 8a ed., rev. e ampl. 2008)
Expulsão do FETO e PLACENTA sob os cuidados de um obstetra ou profissional da saúde. Os partos obstétricos podem envolver intervenções físicas, psicológicas, clínicas ou cirúrgicas.
Veículo equipado para transportar os pacientes que necessitam de cuidados de emergência.
Pessoal paramédico treinado para prover cuidados básicos de socorro e manutenção da vida sob a supervisão de médicos e/ou enfermeiras. Estes cuidados podem ser prestados no local da ocorrência, na ambulância ou em uma instituição de saúde.
Grupo de ilhas do Oceano Índico, a leste da Tanzânia. A capital delas é Victoria. Foram reivindicadas primeiro pelos franceses em 1744, mas tomadas pelos ingleses em 1794 e transformadas em uma dependência de MAURÍCIO em 1810. Tornaram-se uma colônia da coroa em 1903 e uma república dentro da Commonwealth em 1976. Foram denominadas em homenagem ao ministro francês das finanças, Jean Moreau de Sechelles, mas o nome foi modificado pelos ingleses em 1794.
Aviões ou helicópteros equipados para transporte aéreo de pacientes.
Uso de sistemas de comunicação como ex. telecomunicações, para transmissão de informação de emergência aos serviços de saúde adequados para a prestação dos cuidados necessários.
O dobramento de uma molécula de DNA de um micro-organismo em uma estrutura compacta e ordenada que cabe no espaço limitado de uma CÉLULA ou de uma PARTÍCULA VIRAL.
Serviços especialmente preparados (recursos humanos e equipamento) para prestar cuidados de emergência a pacientes.
A área geográfica da América Latina em geral e quando não são indicados o país específico ou países. Normalmente inclui a América Central, América do Sul, México e as ilhas do Caribe.
Medida do volume de ar inspirado ou expirado pelo pulmão.
Espécie de vírus (gênero BUNYAVIRUS, família BUNYAVIRIDAE), anteriormente considerado um amplo grupo de sorotipos; atualmente, na maioria, as espécies são consideradas distintas.
Gênero de ALGAS PARDAS da família Fucaceae. Encontrado em áreas marinhas intermarés temperadas ao longo de costas rochosas e é uma fonte de ALGINATOS. Algumas espécies de Fucus são denominadas KELP.
A ciência voltada para o estudo comparativo do homem.
Doença obstrutiva crônica de fluxo difuso e irreversível. Entre as subcategorias da DPOC estão BRONQUITE CRÔNICA e ENFISEMA PULMONAR.
Esporte praticado por duas pessoas no qual os punhos são habilidosamente utilizados para atacar e defender.
Trabalhos que contêm artigos de informação em assuntos em todo campo de conhecimento, normalmente organizado em ordem alfabética, ou um trabalho semelhante limitado a um campo especial ou assunto.
Grupo étnico com laços históricos à terra de ISRAEL e à religião JUDAÍSMO.
A religião dos judeus caracterizada por convicção em um Deus e na missão dos judeus de ensinar a Paternidade de Deus como revelado nas Escrituras Hebreias.
Ciência social que estuda as relações de grupo, os padrões coletivos de comportamento e a organização social.
País da América do Sul localizado na parte meridional do continente. Atualmente a Argentina está dividida em 24 jurisdições (23 províncias e mais a Cidade Autônoma de Buenos Aires, sede do governo nacional).
Dias para eventos comemorativos. Dias de feriados também incluem períodos de férias.
Organização dos cuidados médicos e de enfermagem segundo a gravidade da doença e cuidados requeridos no hospital. Os elementos são terapia intensiva, cuidados intermediários, autocuidado, cuidados a longo prazo e cuidados domiciliares organizados.
Aspectos de saúde e de doença relacionados a viagens.
Manutenção de certos aspectos do ambiente dentro de um espaço definido para facilitar o desempenho da função daquele espaço; os aspectos controlados incluem temperatura e movimento do ar, nível de calor radiante, umidade e concentração de poluentes como pó, micro-organismos e gases.