Radioisótopos de Cério: Isótopos de cério instáveis que se decompõem ou desintegram emitindo radiação. Átomos de cério com pesos moleculares 132-135, 137, 139 e 141-148 são radioisótopos de cério.Cério: Elemento químico da família de terras-raras. Possui símbolo atômico Ce, número atômico 58 e peso atômico 140,12. O cério é um metal maleável com aplicações industriais.Radioisótopos: Isótopos que exibem radioatividade e que sofrem decomposição radioativa.Radioisótopos de Zinco: Isótopos de zinco instáveis que se decompõem ou desintegram emitindo radiação. Átomos de zinco com pesos atômicos de 60-63, 65, 69, 71 e 72 são radioisótopos de zinco.Isótopos de Cério: Átomos de cério estáveis que possuem o mesmo número atômico que o elemento cério, porém diferem em relação ao peso atômico. Ce-136, 138 e 142 são isótopos de cério estáveis.Nanopartículas Metálicas: Nanopartículas produzidas de metais cuja utilização estão os biossensores, ópticos e catalizadores. Nas aplicações biomédicas, as partículas geralmente são envolvidas em metais nobres, especialmente ouro e prata.Metais Terras Raras: Grupo de elementos que incluem escândio, ítrio e os ELEMENTOS DA SÉRIE DOS LANTANOIDES. Historicamente, os metais terrosos raros foram assim denominados por não serem encontrados em sua forma elementar pura, mas como óxidos (além disso, sua purificação era muito difícil). Eles não são realmente raros e compreendem cerca de 25 por cento dos metais na crosta terrestre.Técnica de Diluição de Radioisótopos: Método para avaliar fluxo através de um sistema pela injeção de uma quantidade conhecida de radionuclídeo dentro deste sistema e monitorar sua concentração ao longo do tempo em um ponto específico no sistema.Radioisótopos de Estrôncio: Isótopos de estrôncio instáveis que se decompõem ou desintegram espontaneamente emitindo radiação. Sr 80-83, 85 e 89-95 são radioisótopos de estrôncio.Esteróis: Esteróis com um grupo hidroxila no carbono 3, e a maior parte do esqueleto do colestano. Átomos de carbono adicionais podem estar presentes na cadeia lateral.Propriedade: Relação legal entre uma entidade (indivíduo, grupo, corporação, com fins lucrativos, laica, governo) e um objeto. O objeto pode ser corpóreo, como um equipamento, ou uma criação do direito, como uma patente; pode ser móvel, como um animal, ou imóvel, como um edifício.Praseodímio: Praseodímio. Um elemento da família de terras raras (lantanídeos). Possui símbolo atômico Pr, número atômico 59 e peso atômico 140,91.Metais Leves: Metais com baixa densidade, normalmente menor que 5, caracterizados por uma única valência (1, 2 ou 3). Compostos incolores, com um espectro simples e intensa força eletromotora (positiva).Enciclopédias como Assunto: Trabalhos que contêm artigos de informação em assuntos em todo campo de conhecimento, normalmente organizado em ordem alfabética, ou um trabalho semelhante limitado a um campo especial ou assunto.Alcaloides de Claviceps: Alcaloides originalmente isolados do fungo da espécie Claviceps purpurea (Hypocreaceae). Entre eles estão os compostos estruturalmente relacionados com a ergolina (ERGOLINAS) e a ergotamina (ERGOTAMINAS). Muitos dos alcaloides de Claviceps agem como antagonistas alfa-adrenérgicos.Elementos: Substâncias que compõem toda a matéria. Cada elemento é formado de átomos que são idênticos em número de elétrons, prótons e carga nuclear, mas podem ser diferentes em massa ou número de nêutrons.Microscopia de Força Atômica: Tipo de microscopia de varredura por sonda, na qual uma sonda montada sistematicamente na superfície da amostra que está sendo varrida em um padrão rastreado. A posição vertical é registrada como uma mola fixada a uma sonda que sobe e cai em resposta aos picos e vales da superfície. Estas deflexões produzem um mapa topográfico da amostra.Plutônio: Plutônio. Um elemento radioativo natural da série dos actinídeos metálicos. Seu símbolo atômico é Pu, seu número atômico 94 e seu peso atômico 242. Plutônio é utilizado como combustível natural, na produção de radioisótopos para pesquisa, em baterias radionuclídicas de marca-passos e como agente de fissão em armamentos nucleares.Plutão: Nono planeta [contado] na ordem a partir do sol. É um dos cinco planetas externos do sistema solar. Seu único satélite natural é Charon.Urânio: Urânio. Um elemento radioativo da série dos actinídeos metálicos. Seu símbolo atômico é U, seu número atômico 92, e seu peso atômico 238,03. U-235 é utilizado como combustível de fissão nuclear em armas e reatores nucleares.PortugalPoluentes Radioativos: Substâncias radioativas que agem como poluentes. Incluem compostos químicos cuja radiação é liberada via lixo radioativo, acidentes nucleares, sobras de explosões nucleares e similares.Lantânio: Lantânio. O elemento protótipo da família de terras raras (lantanídeos). Possui símbolo atômico La, número atômico 57 e peso atômico 138,91. O íon lantanídeo é utilizado experimentalmente em biologia como um antagonista do cálcio; o óxido do lantânio melhora as propriedades ópticas do vidro.Silicatos: O termo genérico para os sais derivados da sílica ou do ácido silícico. Contêm silício, oxigênio e um ou mais metais, além de poderem conter hidrogênio. (Tradução livre do original: McGraw-Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 4th Ed)Cristalização: Formação de substâncias cristalinas a partir de soluções ou fusões. (tradução livre do original: McGraw-Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 4th ed)Compostos de Alúmen: Compostos de sulfato de alumínio metálico usados medicamente como adstringente além de outros propósitos industriais. São usados em medicina veterinária no tratamento de estomatite ulcerativa, leucorreia, conjuntivite, faringite, metrite e ferimentos leves.Silicatos de Magnésio: Termo genérico para uma variedade de compostos que contêm silício, oxigênio, magnésio e que podem conter hidrogênio. São exemplos de silicatos de magnésio o TALCO e alguns tipos de ASBESTOS.Cimento de Silicato: Material para restaurações, relativamente duro, translúcido, usado basicamente nos dentes anteriores.Evolução Fatal: Morte resultante da presença de uma doença em um indivíduo, como mostrado por um único caso relatado ou um número limitado de pacientes. Deve ser diferenciado de MORTE, a interrupção fisiológica da vida e de MORTALIDADE, um conceito epidemiológico ou estatístico.Água: Líquido transparente, inodoro e insípido que é essencial para a maioria dos animais e vegetais, além de ser um excelente solvente para muitas substâncias. A fórmula química é óxido de hidrogênio (H2O). (Tradução livre do original: McGraw-Hill Dictionary of Scientific and Technical Terms, 4th ed)Ouro: Elemento metálico amarelo, cujo símbolo atômico é Au (número atômico 79 e massa atômica 197). É utilizado em joias, para banhar outros metais, como moeda e em restaurações dentárias. Em muitas de suas aplicações clínicas, por exemplo como ANTIRREUMÁTICOS, encontra-se na forma de sais.I Guerra Mundial: Conflito global, principalmente pelejado no continente Europeu, ocorrido entre 1914 e 1918.II Guerra Mundial: Conflito global que envolveu países da Europa, África, Ásia e América do Norte ocorrido entre 1939 e 1945.História do Século XX: Período de tempo a partir de 1901 até 2000 da era comum.GréciaPapelBizâncio: Uma antiga cidade, o local da moderna Istambul. Do século IV ao século XV o império estendeu-se do sudoeste da Europa até a Ásia ocidental, alcançando sua maior extensão sob o domínio de Justiniano (527-565). Por volta de aproximadamente 1000 d.C. incluiu os Bálcãs meridionais, Grécia, Ásia Menor e partes da Itália meridional. A captura de Constantinopla em 1453 marcou o fim formal do Império Bizantino.Ácido VanilmandélicoÁcido HomovanílicoPropanoDermatite das Fraldas: Tipo de dermatite irritante localizada na área de contato com uma fralda e ocorrendo principalmente como uma reação ao contato prolongado com urina, fezes, ou sabão ou detergente retido.Bibliometria: O uso de métodos estatísticos na análise de um corpo de literatura para revelar o desenvolvimento histórico de campos de assuntos e padrões de autoria, publicação e uso. Antigamente chamada bibliografia estatística.Nanotecnologia: Desenvolvimento e emprego de técnicas para estudar fenômenos físicos e estruturas construídas em escala nanométrica ou menor.Resinas Acrílicas